Minicurso Comando Básicos

  • 1,292 views
Uploaded on

Minicurso ministrado por equipe Beagle Network TI. Contato: beaglenetwork.blogspot.com

Minicurso ministrado por equipe Beagle Network TI. Contato: beaglenetwork.blogspot.com

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
No Downloads

Views

Total Views
1,292
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
116
Comments
0
Likes
1

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. MINI CURSO DE COMANDOS BÁSICOS DE LINUX Uma produção do grupo Beagle Network TI Mini curso ministrado em 25/02/2010 – IFES, campus Serra Palestrantes:  Adriano Vieira (Entusiasta e tradutor da documentação do Nagios em pt_br)  Everton Bada (entusiasta Zeroshell NetServices)  Franzvitor Fiorim (ativista e entusiasta de software livre) Beagle Network TI www.beaglenetwork .blogspot.com
  • 2. Introdução Como vocês aprenderam na palestra ministrada anteriormente o GNU/Linux é um sistema operacional criado por Linus Torvalds, e é disponibilizado para a comunidade livremente, de forma gratuita e com o código fonte aberto. Todo o sistema é organizado em forma de arquivos e diretórios (pastas), cada diretório é responsável por armazenar um pedaço do sistema para que haja uma maior modularidade e segurança. Beagle Network TI www.beaglenetwork .blogspot.com
  • 3. Estrutura de diretório do LINUX Segundo o Guia FOCA Linux [1], o sistema GNU/Linux possui a seguinte estrutura básica de diretórios organizados segundo o FHS (Filesystem Hierarchy Standard): /bin - Contém arquivos programas do sistema que são usados com freqüência pelos usuários. /boot - Contém arquivos necessários para a inicialização do sistema. /cdrom- Ponto de montagem da unidade de CD-ROM. /media- Ponto de montagem de dispositivos diversos do sistema (rede, pen-drives, CD- ROM em distribuições mais novas). /dev- Contém arquivos usados para acessar dispositivos (periféricos) existentes no computador. /etc- Arquivos de configuração de seu computador local. /floppy- Ponto de montagem de unidade de disquetes /home- Diretórios contendo os arquivos dos usuários. /lib- Bibliotecas compartilhadas pelos programas do sistema e módulos do kernel. /lost+found- Local para a gravação de arquivos/diretórios recuperados pelo utilitário fsck.ext2. Cada partição possui seu próprio diretório lost+found. /mnt- Ponto de montagem temporário. /proc- Sistema de arquivos do kernel. Este diretório não existe em seu disco rígido, ele é colocado lá pelo kernel e usado por diversos programas que fazem sua leitura, verificam configurações do sistema ou modificar o funcionamento de dispositivos do sistema através da alteração em seus arquivos. /root- Diretório do usuário root. /sbin- Diretório de programas usados pelo superusuário (root) para administração e controle do funcionamento do sistema. /tmp- Diretório para armazenamento de arquivos temporários criados por programas. /usr- Contém maior parte de seus programas. Normalmente acessível somente como leitura. /var- Contém maior parte dos arquivos que são gravados com freqüência pelos programas do sistema, e-mails, spool de impressora, cache, etc. Beagle Network TI www.beaglenetwork .blogspot.com
  • 4. Para a manipulação dos arquivos e diretórios do sistema existe um conjunto de comandos que são disponibilizados pelo SHELL. Shell é o interpretador de comandos do Linux. Comandos Básicos Comandos são ordens que passamos ao sistema operacional para que ele realize uma tarefa. Este mini curso irá ensinar alguns dos comandos básicos, necessário para criar, remover e caminhar entre os diretórios e também criar, copiar, mover, e remover arquivos. Entre outros. É importante saber que cada comando tem uma função especifica, então é necessário conhecê-los bem para que os resultados obtidos correspondam as espectativas. Segue alguns comandos básicos: Caminhando entre os diretórios cd - comando utilizado para caminhar entre os diretórios exemplo : para entrar na pasta home. cd /home Para ir para o diretório anterior cd .. Criando um diretório mkdir - comando utilizado para criar um diretório exemplo: criar uma pasta para armazenar seus arquivos do minicurso. mkdir /home/aluno/arquivos Removendo um diretório rmdir - comando utilizado para remover um diretório, mas o diretório necessita estar vazio. exemplo: removendo a pasta que voce criou (caso ela esteje vazia) rmdir /home/aluno/arquivos Beagle Network TI www.beaglenetwork .blogspot.com
  • 5. Criando um arquivo vazio touch - comando utilizado para criar um arquivo vazio. exemplo: criar um arquivo para que posteriormente voce possa escrever nele. touch arquivo.txt Removendo um arquivo rm - comando utilizado para remover arquivos. exemplo: removendo o arquivo que voce criou. rm arquivo.txt Copiando um arquivo cp - comando utilizado para copiar arquivos. exemplo: copiar o arquivo que voce criou para a pasta dos seus arquivos. cp arquivo.txt /home/aluno/arquivos Movendo um arquivo mv - comando utilizado para mover arquivos. exemplo: mover o arquivo que voce criou para a pasta dos seus arquivos. mv arquivo.txt /home/aluno/arquivos renomear um arquivo mv - comando utilizado para renomear arquivos. exemplo: renomear o arquivo que voce criou. mv arquivo.txt meuarquivo Escrevendo uma mensagem echo - comando utilizado para escrever uma mensagem. exemplo: escrevendo uma mensagem na tela echo "Minha primeira mensagem no shell" Escrevendo no arquivo vazio que voce criou echo "esse arquivo não esta mais vazio" > arquivo.txt Beagle Network TI www.beaglenetwork .blogspot.com
  • 6. Lendo a mensagem que foi escrita cat- comando utilizado para listar um arquivo: exemplo: mostrando o que esta escrito no arquivo acima. cat arquivo.txt Procurando arquivos find- comando utilizado para procurar um arquivo/diretório: A estrutura do comando find: find [local de pesquisa] [nome do arquivo/diretório] exemplo: procurando o arquivo criado acima. find / arquivo.txt Criando um pequeno script em Shell Todo script em Shell deve começar com o nome do interpretador de comandos, os mais conhecidos são bash e o sh. Então inicia-se assim: !#/bin/bash echo “minha primeira mensagem” Um pouco mais sofisticado, utilizando condicionais, if e else; Exemplo: !#/bin/bash #isso é um comentário – comparando textos if($1 = $2) then echo “ valores são iguais” else echo “valores são diferentes” Beagle Network TI www.beaglenetwork .blogspot.com
  • 7. fi Referências [1]http://focalinux.cipsga.org.br/ Beagle Network TI www.beaglenetwork .blogspot.com