Programas de auditorio
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Like this? Share it with your network

Share
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
3,282
On Slideshare
3,282
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
13
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Programas de auditório. E a MPB...
  • 2. Os programas de Auditório.
    • A partir de meados dos anos quarenta até o início dos anos cinquenta, o rádio no Brasil atingiria seu ponto culminante com os programas de auditório. Seria a Rádio Nacional a mais importante nesse período. Entre os programas de maior prestígio esteve "O Trem da Alegria", que tinha como radialista Heber de Boscoli. O quadro principal do programa era "O Trio do Osso", formado por Lamartine Babo, Yara Sales e Heber de Boscoli e assim denominado devido ao fato de serem magros todos os seus componentes.
  • 3. Os programas de auditório.
    • Nessa fase gloriosa dos programas de rádio, vale ressaltar a figura do grande apresentador César de Alencar.
    • Seu programa tinha seu nome e também foi tão famoso que os ingressos para o auditório se esgotavam, via de regra, com duas semanas de antecedência. Outro importante apresentador do rádio foi Renato Murce, que deu valiosa contribuição nessa fase histórica. O programa liderado por ele chamava-se "Papel Carbono" e foi o de mais longa duração em todos os tempos.
  • 4. Os programas de auditório.
    • O maior deles foi o da Rádio Nacional, esta responsável pela produção de mais de 5000 discos. Como grandes programas desta época também são dignos de nota: "A Hora do Pato", mais tarde denominado "Aí vem o Pato", da Rádio Nacional; "Pescando Estrelas", da Rádio Clube, apresentado por Renato Amaral e o famoso "Buzina do Chacrinha", também da Rádio Clube.
  • 5. E a MPB?
    • A introdução da MPB aos programas de auditório veio a partir dos anos 50 com a estréia da televisão brasileira.
  • 6. E a MPB?
    • A TV Record foi inaugurada em 27 de setembro de 1953 com os mais modernos equipamentos de televisão existentes até então. Pertencente ao grupo empresarial radiofônico de Paulo Machado de Carvalho, a emissora foi a terceira na capital paulista, depois da TV Tupi e da TV Paulista. Desde seu início, dedicou-se intensamente à produção de programas musicais. O primeiro grande show da Record foi o Grandes Espetáculos União, sob o comando de Blota Jr. e Sandra Amaral.
  • 7. E a MPB?
    • A partir de 1966, a Record passou a produzir programas de valorização da música brasileira. A emissora aproveitou sua experiência em atrações musicais, a popularidade ascendente dos programas de auditório e os novos talentos revelados em 1965 pelo I Festival de Música Popular Brasileira , realizado pela TV Excelsior. O primeiro programa a ser realizado foi O Fino da Bossa , sob o comando de Elis Regina, cantora que havia conquistado o público com sua maneira personalíssima de interpretação, e de Jair Rodrigues, que despontava para o sucesso.
  • 8. E a MPB?
    • A partir de 1966, a Record passou a produzir programas de valorização da música brasileira. A emissora aproveitou sua experiência em atrações musicais, a popularidade ascendente dos programas de auditório e os novos talentos revelados em 1965 pelo I Festival de Música Popular Brasileira , realizado pela TV Excelsior. O primeiro programa a ser realizado foi O Fino da Bossa , sob o comando de Elis Regina, cantora que havia conquistado o público com sua maneira personalíssima de interpretação, e de Jair Rodrigues, que despontava para o sucesso.
    • O Fino da Bossa exibia Baden Powell, Vinicius de Moraes, Silvinha Teles, Agostinho dos Santos, Maysa, Elza Soares, Nara Leão, Alaíde Costa, Geraldo Vandré, Wilson Simonal, Claudete Soares e Edu Lobo, além de lançar artistas como Chico Buarque de Holanda, Gilberto Gil, Milton Nascimento, Caetano Veloso, Toquinho, Maria Bethânia, Theo de Barros, Zimbo Trio e tantos outros.
  • 9. E a MPB?
    • No grande show de inauguração da TV, que foi ao ar em 18 de setembro de 1950, chamado "TV na Taba", a apresentação humorística foi um grande sucesso e, apenas dois dias depois, a TV Tupi estreava o primeiro programa humorístico da televisão brasileira: Rancho Alegre. Protagonizado por Mazzaropi, Geni Prado e João Restiff o programa estreou dia 20 de setembro e marcou também a estréia de Chacrinha na TV. A estréia dele no programa ocorreu em 1957, onde ele interpretou um xerife, numa paródia do wester americano. O sucesso de Chacrinha foi tão grande que, no mesmo ano, a TV Tupi colocou-o na apresentação da Discoteca do Chacrinha.
  • 10. E a MPB?
    • Seus programas de calouros e de divulgação da MPB, como a Discoteca do Chacrinha, a Buzina do Chacrinha e o Cassino do Chacrinha foram sucesso em todas as emissoras nas quais Chacrinha trabalhou: TV Tupi, TV Rio, TV Bandeirantes e TV Globo.
    • A "Buzina do Chacrinha" foi criada por ele em 1968, na TV Globo, quando comandava os programas de calouros aos domingos. Às quartas-feiras era o dia da "Discoteca do Chacrinha", programa que lançou muitos ídolos da MPB e que tinha como atração as chacretes, que se transformaram em verdadeiras musas da televisão na década de 70.
  • 11. Os programas de auditório.
    • Bem, acho que é isso. Os programas de auditório deviam ser extremamente engraçados e divertidos. E ate hoje são lançados nomes pelos programas de auditório, mas geralmente ídolos pop’s.
    • “ Alo, alo TEREZINHAAA!”