• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Vegetação do brasil
 

Vegetação do brasil

on

  • 2,426 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,426
Views on SlideShare
1,306
Embed Views
1,120

Actions

Likes
1
Downloads
0
Comments
0

6 Embeds 1,120

http://geocontexto.blogspot.com.br 928
http://www.geocontexto.blogspot.com.br 158
http://geocontexto.blogspot.com 22
http://geocontexto.blogspot.pt 9
http://geocontexto.blogspot.ru 2
http://geocontexto.blogspot.in 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Vegetação do brasil Vegetação do brasil Presentation Transcript

    • Vegetação do Brasil geocontexto.blogspot.com
    • Extensão territorial e diversidade climática explicam essariqueza natural FORMAÇÕES ARBÓREAS Floresta amazônica Mata de cocais Mata tropical Mata atlântica Mata dos pinhais FORMAÇÕES ARBUSTIVAS E HERBÁCEAS Cerrado Caatinga Campos FORMAÇÕES COMPLEXAS E LITORÂNEAS Vegetação do pantanal Vegetação litorânea
    • Floresta Equatorial 5 milhões de km² Suriname, Bolívia, Guiana, Venezuela, Peru, Colômbia, Equador, Guiana Francesa e o Brasil (Amazônia legal, 60%)
    •  Equatorial úmido, chuvas bem distribuídas Latifoliada, heterogênea, hidrófila, higrófila, perene, densa, ombrófila e umbrófila
    • Três subgrupos vegetacionaisMata de Igapó Terrenos permanentemente alagados, próximos aos riosMata de várzea Áreas um pouco mais elevada nas planícies fluviais, inundações periódicasMata de terra firme Áreas que não estão sujeitas a inundações, árvores de grande porte, até 50m, não se desenvolve grande quantidade de plantas rasteiras
    • Solo pobreFina camada de nutrientesAlimentação da flora se dá por meio da formação, no solo, deuma fina camada de decomposição de folhas, galhos eanimais, rapidamente convertidos em nutrientes
    • Floresta tropical úmida ou mata atlântica Porção oriental Rio Grande do Norte ao Rio Grande do Sul Mais devastado (5%) Dividido em dois subgrupos: floresta tropical do interior e a floresta úmida de encosta
    • Mata dos Cocais Área de transição entre a Amazônia, a Caatinga e o Cerrado Domínio do clima tropical Maranhão, Piauí, Ceará e norte do Tocantins Predominam as Palmáceas, sendo a espécie mais conhecida o Babaçu, a Carnaúba
    • Caatinga Tropical semiárido Nordeste Arbóreo e arbustivo Caducifólia, xerófilas, caules grossos e raízes profundas Corresponde as Estepes Solos rasos e pedregosos Sofre processo de desertificação
    • Cerrado Central do Brasil Segundo ecossistema mais extenso 4400 endêmicas Corresponde as Savanas Inverno seco e verão úmido Folhas coriáceas Solos ácidos e pobres, corrigidos com calagem e adubação Atividades agropecuárias (soja, arroz e trigo) 20%
    • Diversas formações:
    • Pantanal Área de planícies de inundações (maior) Enchentes entre os meses de novembro e março (norte) Enchentes entre os meses de maio e agosto (sul) Fronteiras, cerrado e Amazônia Planícies, impróprias para agricultura, planaltos com situações favoráveis
    • Mata das Araucárias ou mata dos Pinhais Sul de São Paulo até o norte do Rio Grande do Sul Aciculifoliadas, pinheiros, entre eles a Araucária Solo com boa fertilidade (terra roxa) Sofre redução decorrente da pecuária, soja, trigo, exploração predatória de madeira
    • Campos Formação campestre Mais extensa no Sul, Pampa herbáceo composta por gramíneas Pastoreio, ocupadas pela criação de gado Pecuária de corte, compactação dos solos
    • Mangues Ecossistemas costeiros são frágeis Áreas tropicais e subtropicais Solo salino e deficiência de oxigênio Vegetais halófilos Raízes aéreas (pneumatóforas) que permitem maior fixação e absorção do oxigênio Reprodução e alimentação da fauna marinha 95% do alimento que o ser humano captura no mar Extrativismo animal