• Like
  • Save
Climatologia
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Climatologia

on

  • 4,382 views

 

Statistics

Views

Total Views
4,382
Views on SlideShare
2,799
Embed Views
1,583

Actions

Likes
10
Downloads
0
Comments
0

11 Embeds 1,583

http://geocontexto.blogspot.com.br 1301
http://www.geocontexto.blogspot.com.br 239
http://geocontexto.blogspot.com 18
http://geocontexto.blogspot.ru 8
http://www.geocontexto.blogspot.ca 4
http://geocontexto.blogspot.pt 4
http://www.geocontexto.blogspot.com 3
http://antesdepublicar.blogspot.com.br 3
http://www.geocontexto.blogspot.ru 1
http://www.geocontexto.blogspot.pt 1
https://www.google.pt 1
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Climatologia Climatologia Presentation Transcript

    • O uso de tecnologia (satélites, principalmente), a climatologia moderna, associada à meteorologia, vem fornecendo dados e informações cada vez mais precisos sobre os diversos fenômenos climáticos que afetam diretamente a vida na Terra, tais como: Chuvas Secas Furacões Tornados Geadas, etc
    • Clima Sucessão habitual dos estados do tempo em um lugar Tempo Estado momentâneo da atmosfera em um determinado lugar
    • Elementosdoclima Atributos básicos que servem para definir o tipo climático de uma determinada região (temperatura, umidade, chuvas, pressão atmosférica e massas de ar) Fatoresdoclima Provocam alterações nos elementos formadores do clima (Incidência da radiação solar, altitude, continentalidade e maritimidade, correntes marítimas) Elementosefatoresinteragem
    • FATORESCLIMÁTICOS Atuamsobre ELEMENTOSCLIMÁTICOS Queformao TEMPO Quedefineo CLIMA
    • Temperatura Decorrência direta da atuação do sol no planeta Radiação solar e a irradiação terrestre determinam a temperatura Aquecimento apresenta variações devido ao ângulo de incidência dos raios solares sobre o solo
    • Umidade Presença de água na atmosfera Umidade absoluta Volume de vapor d’água presente em uma quantidade específica de ar Ponto de saturação é quando o ar recebe a quantidade máxima de vapor de água Umidade relativa, expressa em porcentagem 100% - atmosfera saturada, precipitação
    • Chuvas Convectivas Deslocamento vertical do ar (dias quentes), que se condensa ao entrar em contato com ar mais frio das camadas superiores da atmosfera São rápidas, torrenciais e com raios e trovões
    • Chuvas Frontal Encontro de massa de ar fria (frente fria) com uma massa de ar quente (frente quente) Menos torrenciais e duradouras
    • Chuvas Orográfica ou de relevo Deslocamento horizontal do ar que se condensa a partir de sua ascensão, impulsionado pelo relevo Umidade se torna elevada Precipitação com maior volume do lado da vertente (barlavento) Vertente oposta (sotavento)
    • Pressão atmosférica Peso que uma coluna de ar exerce sobre a superfície Alta pressão Dispersor de ar Inibe formação de nuvens e precipitação movimento subsidente Anti-horário Anticiclônica Descida de ar frio Baixa pressão Favorece formação de nebulosidade e precipitação Movimento convergente e ascendente Horário Ciclônica Elevação do ar quente
    • Massas de ar Ar está em constante movimento em razão das variações de pressão (o ar desloca-se das regiões de baixa pressão para as de alta pressão) Recebem o nome da região de onde se originam, adquirem características relativas à temperatura, pressão e umidade Formadas sobre os continentes são secas (exceto florestas úmidas), e sobre os oceanos são úmidas. Considerando a latitude podem ser equatoriais, tropicais e polares. Quanto a superfície, podem ser continentais ou oceânicas
    • FATORES DO CLIMA Incidência da radiação solar Altitude Continentalidade Maritimidade Correntes marítimas
    • INCIDÊNCIADARADIAÇÃO SOLAR Mais intensa no equador Em direção as altas latitudes a inclinação dos raios aumenta – diminui a intensidade da radiação e da temperatura
    • ALTITUDE altura em referência ao nível do mar Quanto maior a altitude, menor a temperatura. Menor força da gravidade Moléculas ficam distantes Ar rarefeito Gases se deformam com a gravidade Se concentram
    • CONTINENTALIDADEeMARITIMIDADE Influencia da maior ou menor proximidade de grande quantidades de água
    • CORRENTES MARITIMAS Quentes – amenizam a temperatura em regiões frias, aumento da pluviosidade em áreas quentes Frias– reduzem a temperatura, aumento da pressão atmosférica, inibe nuvens e chuvas
    • Correntes frias de Benguela (Oeste da África), Humboldt (América do Sul) e da Califórnia (América do Norte) favorecem a formação de desertos litorâneos frios
    • EQUATORIAL Elevadas médias térmicas e precipitações Equador Pequenas amplitudes térmicas
    • TROPICAL Variações decorrentes da altitude e maritimidade divide-se: Tropical típico Temperatura alta durante todo o ano Estação seca e outra chuvosa Tropical semiárido Temperatura elevada Chuvas irregulares Tropical de altitude Temperaturas amenas durante o verão e baixas no inverno Tropical oceânica ou úmida Influência das massas líquidas oceânicas
    • TEMPERADO Médias latitudes Quatro estações bem definidas Marítimo: Sofre influencia dos oceanos, por isso as temperaturas são constantes. Continental: apresenta verões mais quentes e invernos mais frios e secos.
    • MEDITERRÂNEO Variante do clima temperado Inverno moderado e chuvoso e verão quente e seco ÁRIDO OU DESÉRTICO Grande amplitude térmica Precipitações inferior a 250 mm
    • SUBTROPICAL Temperaturas médias inferior a 18°C Chuvas regularmente distribuída Verões mornos e invernos com baixas temperaturas ocasionadas pela entrada de massa de ar frio Geadas e esporadicamente neve
    • POLAR Sempre abaixo de zero (-10° no verão e -50° inverno) sempre cobertas de neve e gelo SUBPOLAR Abaixo de 0° no inverno e pouco inferior a 10° no verão FRIODEMONTANHA Fator altitude, temperaturas decrescem à medida que nos elevamos
    • mEc Maior influência Quente e úmida Amazônia Chuvas de verão Avança pelo recuo da mPa Chuvas convectivas Ocorrem devido uma rápida evapotranspiração com chuvas torrenciais
    • mEa  Quente e úmida  Atlântico norte  Litoral daAmazônia e Nordeste  Chega até o interior do Brasil, perde umidade mTc  Quente e seca  Depressão do Chaco (ARG e PAR)  Atuação limitada  Sul do Centro-Oeste e oeste do Sudeste e Sul  Provoca períodos de tempo seco e quente
    • mTa  Quente e úmida  OceanoAtlântico, Trópico de Capricórnio  Influência litorânea, Sul ao Nordeste  Passa pelo litoral sudeste e sul se choca com elevações costeiras (Serra do Mar), provocando a chuva orográfica  Passa pelo litoral nordestino, entra em contato com a mPa (inverno) e provoca chuvas frontais
    • mPa  Frio e úmida  Próxima à Patagônia  Atua mais no inverno  Tomar três posições A . Pelas planícies centrais e chega a Amazônia, queda de temperatura, friagem B . Sobe pelos vales e serras do Sul, geada (camada de cristais de gelo na superfície) e neve C . Pelo litoral encontra a mTa, origina frentes frias e chuvas frontais
    • Clima equatorial Norte, parte do Centro-Oeste (MT) e oeste do Maranhão mEc, mEa 24°C a 28°C Amplitude térmica 4°C 1500 e 2500 mm/ano mPa, friagem no inverno
    • Clima tropical úmido Litoral oriental, RN a norte de SP mPa e mTa 19°C a 26°C Reduzida amplitude térmica Duas estações: úmida e menos úmida 1500 a 2500 mm/ano
    • Clima tropical típico/continental/semiúmido Centro-oeste, Sudeste, Nordeste (Maranhão, Piauí, Ceará, oeste da Bahia) Elevado índice pluviométrico Chuvoso no verão, mEc Inverno seco, recuo da mEc Duas estações: chuvosa e seca 20°C a 27°C 1500 mm/ano
    • Clima tropical semiárido Interior do Nordeste Polígono das Secas mEc e mTa (apresentapouca umidade) 27°C e 28°C Inferior 1000 mm/ano Chuvas irregulares
    • Clima subtropical úmido Abaixo do trópico de capricórnio Sul SP e região sul mPa Estações bem definidas Pontos mais altos do planalto, cidades mais frias (13°C): São Joaquim e Urupema, SC São José dosAusentes, RS 9°C a 13°C 1000 a 2000 mm/ano, bem distribuídas Geadas e nevadas