BND, RNOD, RODA, DigitArq, MIP, MEF, MatrizNet, MatrizPix,Plano Global Estratégico de Racionalização das TIC na Administra...
“Qualquer informação que possa ser gerada em, ou convertida para uma sequência dedígitos binários, armazenada e recuperada...
MatrizPix   RNOD                            Eliminam plataformas físicas                          Permitem a integração de...
1    7   Real Biblioteca Pública    9          da Corte    6        Biblioteca Nacional de               Portugal2002
Projeto para a modernização e o incremento da qualidade dos serviços da Biblioteca                     Experimentação e in...
PROJECTOSDicionários e enciclopédias em Portugal (séculos XVII/XIX)            Jornais portugueses do século XIX          ...
O Registo Nacional de Objectos Digitais é um agregador de conteúdos digitais e digitalizadosdisponibilizados em rede por e...
Serviço central da administração directa do Estado                 Organismo coordenador do sistema nacional de arquivos  ...
Necessidade de desenvolver a digitalização e a disponibilização em consulta,                         local ou remotamente,...
“O DigitArq procura ir de encontro às necessidades globais de um profissional de arquivo, permitindo   realizar tarefas di...
Arquivo Nacional Digitalcuja missão é a de recolher, preservar e facilitar o acesso a património arquivístico digital, atu...
FedoraO Fedora – Flexible Extensible Digital ObjectRepository Architecture – é uma plataformasobre a qual assenta a base d...
Programa “Administração Eletrónica e            Interoperabilidade Semântica”         “O Programa tem como objetivo geral ...
Catálogo online dos Museus tutelados pelo Instituto dos Museus e Conservação (2002)      Motor de busca incidente sobre 34...
Revolução digital na divisão da documentação fotográfica no IMC (2001)Sistema de informação para o inventário, gestão e di...
Plano global estratégico de racionalização e redução de custos nas                   TIC, na Administração Pública    As T...
Visão orientadora do plano global estratégico de racionalização e redução de custos nas TIC, na AP.
Delineado para o período entre 2012 e 2016, surge um mapaestratégico que permite a visualização conjunta da visão divulgad...
Visão geral da despesa TIC orçamentada e prevista mediante aplicaçãodas medidas descritas no Plano.
ConclusõesBibliotecas                   Arquivos          Museus   Evolução tecnológica significativa     Despreocupação c...
Projectos em Portugal
Projectos em Portugal
Projectos em Portugal
Projectos em Portugal
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Projectos em Portugal

308 views
250 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
308
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Projectos em Portugal

  1. 1. BND, RNOD, RODA, DigitArq, MIP, MEF, MatrizNet, MatrizPix,Plano Global Estratégico de Racionalização das TIC na Administração Pública Inês Andresen de Abreu ● Tito Silva
  2. 2. “Qualquer informação que possa ser gerada em, ou convertida para uma sequência dedígitos binários, armazenada e recuperada sob controlo de um computador e que étratada como uma unidade do ponto de vista da informação, contendo os elementosessenciais à sua preservação e acesso continuado” (PINTO, Maria Manuela)Designa-se por preservação digital, o conjunto de atividades ou processos responsáveispor garantir o acesso continuado a longo prazo à informação e restante patrimóniocultural existente em formatos digitais. Consiste então na capacidade de garantir que ainformação digital permaneça alcançável e com qualidades de autenticidadesuficientes para que possa ser utilizada mais tarde.
  3. 3. MatrizPix RNOD Eliminam plataformas físicas Permitem a integração de dadosMatrizNet RODA Inexistência de informação redundante Informação enquanto estratégia BND DigitArq
  4. 4. 1 7 Real Biblioteca Pública 9 da Corte 6 Biblioteca Nacional de Portugal2002
  5. 5. Projeto para a modernização e o incremento da qualidade dos serviços da Biblioteca Experimentação e inovação tecnológica Pesquisa Catálogo bibliográfico Índices da BND ContentE KIWI PAPAIA Mangas ARCO
  6. 6. PROJECTOSDicionários e enciclopédias em Portugal (séculos XVII/XIX) Jornais portugueses do século XIX Patrimonia
  7. 7. O Registo Nacional de Objectos Digitais é um agregador de conteúdos digitais e digitalizadosdisponibilizados em rede por entidades portuguesas. Objetiva a coordenação e difusãodesses recursos, a nível nacional e internacional, mais concretamente através do PortalEuropeana. “Europeana enables people to explore the digital resources of Europes museums, libraries, archives and audio-visual collections. It promotes discovery and networking opportunities in a multilingual space where users can engage, share in and be inspired by the rich diversity of Europes cultural and scientific heritage.”
  8. 8. Serviço central da administração directa do Estado Organismo coordenador do sistema nacional de arquivos OBJECTIVOS Qualificação da rede e dos sistemas de arquivo Preservação de documentos Salvaguarda e classificação de património Disseminação de informaçãoRede de arquivos disseminados em território nacional que custodia o património arquivístico 2 arquivos de âmbito nacional 16 arquivos de âmbito regional Arquivo Distrital do Porto
  9. 9. Necessidade de desenvolver a digitalização e a disponibilização em consulta, local ou remotamente, de originais, assim como a preparação do relacionamento com o público (fornecimento de reproduções digitais, guias de incorporação em formato digital ou serviço de assessoria com incorporação de documentos digitais. Desenvolvido pelo Arquivo Distrital do Porto, DGARQ e Universidade do MinhoFerramenta informática de descrição arquivística, através da norma ISAD (g) e do EAD (representante XML ) 1. Integração/descrição 3. Consulta em linha 2. Acessibilidade 4. Preservação Digital Centralização dos resultados num único repositório de dados Publicação de meio milhão de registos de metainformação descritiva do material custodiado
  10. 10. “O DigitArq procura ir de encontro às necessidades globais de um profissional de arquivo, permitindo realizar tarefas diversas como a descrição arquivística, gestão de projectos de digitalização, publicação de catálogo na Web, navegação e pesquisa, gestão de utilizadores e gestão de produtividade.” (FERROS, Luís Miguel, FERREIRA, Miguel, RAMALHO, José Carlos) Módulo de Descrição Arquivística Módulo de Gestão de Objectos DigitaisAPLICACIONAL Versão monoposto CONJUNTO MÓDULOS Módulo de Publicação de Objectos Digitais Versão cliente-servidor Módulo de Gestão de Utilizadores Versão código-fonte Módulo de Disseminação, Navegação e Pesquisa Módulo de Gestão de Produtividade
  11. 11. Arquivo Nacional Digitalcuja missão é a de recolher, preservar e facilitar o acesso a património arquivístico digital, atualizando- se no seio dos domínios técnicos e científicos num contexto de preservação digital Pesquisa e acesso a património arquivístico digital Preservação a longo prazo de objectos digitais OAIS METS
  12. 12. FedoraO Fedora – Flexible Extensible Digital ObjectRepository Architecture – é uma plataformasobre a qual assenta a base do repositórioRODA. É uma estrutura conceptual queconcede a base para sistemas de softwarecapazes de gerir informação digital por viade um conjunto de abstrações sobre esta. Esquema do Fedora (arquitectura interna)
  13. 13. Programa “Administração Eletrónica e Interoperabilidade Semântica” “O Programa tem como objetivo geral contribuir para o desenvolvimento daAdministração Eletrónica através do fomento e implementação da interoperabilidade semânticana Administração Pública (AP) e nas entidades públicas com que esta se relaciona e executemfunções de Estado.” Metainformação para a Interoperabilidade Macroestrutura Funcional normalização Elemento: “código de classificação”
  14. 14. Catálogo online dos Museus tutelados pelo Instituto dos Museus e Conservação (2002) Motor de busca incidente sobre 34 bases de dados (40 000 bens móveis) Três níveis de pesquisa (simples, orientada e avançada) Publicação simultânea do MatrizNet na Europeana
  15. 15. Revolução digital na divisão da documentação fotográfica no IMC (2001)Sistema de informação para o inventário, gestão e disponibilização de arquivo fotográfico Acesso online ao inventário fotográfico de museus (+30 000 imagens) Resultados de pesquisa em alta resolução Promoção do acesso ao Património Cultural no contexto da Sociedade de Informação
  16. 16. Plano global estratégico de racionalização e redução de custos nas TIC, na Administração Pública As TIC e os As TIC e a Seres Humanos mudança na AP As TIC e as As TIC e o Organizações poder na AP As TIC e a Administração Pública
  17. 17. Visão orientadora do plano global estratégico de racionalização e redução de custos nas TIC, na AP.
  18. 18. Delineado para o período entre 2012 e 2016, surge um mapaestratégico que permite a visualização conjunta da visão divulgada edos eixos de ação predefinidos.
  19. 19. Visão geral da despesa TIC orçamentada e prevista mediante aplicaçãodas medidas descritas no Plano.
  20. 20. ConclusõesBibliotecas Arquivos Museus Evolução tecnológica significativa Despreocupação com aPreocupação com a preservação digital preservação digital BND DigitArq MatrizNet RNOD RODA MatrizPix MIP/MEF

×