Introdução ao Protocolo IPv6 <br />  Rodrigo Salvo<br />Senac - TI<br />Maio 2011<br />
Agenda<br />IPv6 no Brasil e no Mundo<br />ConceitosBásicossobreIPv6<br />ImplementandoumaRede IPv6 <br />Treinamentose Re...
IPv6 no Brasil e no Mundo<br />
IPv6 no Brasil e no Mundo<br /><ul><li>Como está  a  alocação de  endereços IPv4?
Em fevereiro deste  ano foram atribuídos os últimos 05  blocos /8  de endereços IPv4 aos RIRs .</li></ul>ARIN<br />RIPENCC...
IPv6 no Brasil e no Mundo<br /><ul><li>Como está  a  alocação de endereços IPv4?
O estoque  de endereços IPv4 dos RIRs deve durar  em torno de  02 à 03 anos.
 Relatório da LACNIC  de fevereiro deste ano informa que estoque de endereços IPv4 está previsto para acabar  em maio de 2...
Poucos blocos de endereços IPv6 alocados.</li></li></ul><li>IPv6 no Brasil e no Mundo<br /><ul><li> Como está a implementa...
6.2% dos ASs trabalham sobre IPv6;
8 dos 13 root DNS servers são acessíveis via IPv6;
0,32% de clientes do Google possuem IPv6 ativado.</li></li></ul><li>IPv6 no Brasil e no Mundo<br /><ul><li> Como está a im...
IPv6 no Brasil e no Mundo<br /><ul><li>Dia mundial do IPv6
O Internet Society (ISOC) irá conduzir em 08 de junho de 2011 um tipo de       “test drive” de  24 horas utilizando simult...
Este teste tem como objetivo incentivar as organizações em todo o setor (provedores de serviços de Internet, fabricantes d...
ConceitosBásicossobre IPv6<br />
ConceitosBásicossobre IPv6<br /><ul><li>Em 1992 a Internet EngineeringTask Force (IETF) cria o grupo IPng para criação de ...
Motivação principal: Esgotamento de endereços IPv4.
Protocolo precisava atender questões como:
Melhor tratamento de pacotes;
Aumento de escalabilidade e longevidade;
Mecanismos de QoS;
Segurança integrada.</li></li></ul><li>ConceitosBásicossobre IPv6<br /><ul><li>Em 1998 o IPv6 foi definido na RFC 2460
Redes IPv6 demandam um novo conjunto de aplicações: DHCPv6, RIPng, OSPFv3...
O IPv6 oferece:
Grande espaço de endereçamento  (hierárquico de 128 bits);
Simplificação do formato do cabeçalho;
Melhor suporte para extensões;
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Introdução ao Protocolo IPv6

10,987

Published on

Apresentação do protocolo IPv6 utilizado em uma palestra on-line realizada em 03 de Maio de 2011. O objetivo desta palestra foi mostrar como está a alocação de endereços IPv6 no Brasil e no Mundo, entender a importância deste novo protocolo e de como é realizado o seu endereçamento e aplicação.
Maiores informações acesse: http://www.ti-redes.com/ipv6/intro

Published in: Technology
0 Comments
4 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
10,987
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
71
Comments
0
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Introdução ao Protocolo IPv6

  1. 1. Introdução ao Protocolo IPv6 <br /> Rodrigo Salvo<br />Senac - TI<br />Maio 2011<br />
  2. 2. Agenda<br />IPv6 no Brasil e no Mundo<br />ConceitosBásicossobreIPv6<br />ImplementandoumaRede IPv6 <br />Treinamentose Referências<br />Perguntas e Respostas<br />
  3. 3. IPv6 no Brasil e no Mundo<br />
  4. 4. IPv6 no Brasil e no Mundo<br /><ul><li>Como está a alocação de endereços IPv4?
  5. 5. Em fevereiro deste ano foram atribuídos os últimos 05 blocos /8 de endereços IPv4 aos RIRs .</li></ul>ARIN<br />RIPENCC<br />APNIC<br />AFRINIC<br />LACNIC<br />
  6. 6. IPv6 no Brasil e no Mundo<br /><ul><li>Como está a alocação de endereços IPv4?
  7. 7. O estoque de endereços IPv4 dos RIRs deve durar em torno de 02 à 03 anos.
  8. 8. Relatório da LACNIC de fevereiro deste ano informa que estoque de endereços IPv4 está previsto para acabar em maio de 2014.</li></li></ul><li>IPv6 no Brasil e no Mundo<br /><ul><li> Como está a implementação do IPv6 no Mundo?
  9. 9. Poucos blocos de endereços IPv6 alocados.</li></li></ul><li>IPv6 no Brasil e no Mundo<br /><ul><li> Como está a implementação de IPv6 no Mundo?
  10. 10. 6.2% dos ASs trabalham sobre IPv6;
  11. 11. 8 dos 13 root DNS servers são acessíveis via IPv6;
  12. 12. 0,32% de clientes do Google possuem IPv6 ativado.</li></li></ul><li>IPv6 no Brasil e no Mundo<br /><ul><li> Como está a implementação do IPv6 no Brasil?</li></ul>Os blocos IPv6 atribuídos para o LACNIC correspondem<br />apenas 0,4% dos blocos atribuídos Mundialmente<br />Deste 0,4%39,60% <br />estão alocados para o Brasil<br />Apenas 30% dos blocos<br />alocados para o Brasil estão<br />sendo efetivamente utilizados<br />México 5,40%<br />Outros33,65<br />Argentina13,33%<br />Brasil 41.59%<br />
  13. 13. IPv6 no Brasil e no Mundo<br /><ul><li>Dia mundial do IPv6
  14. 14. O Internet Society (ISOC) irá conduzir em 08 de junho de 2011 um tipo de “test drive” de 24 horas utilizando simultaneamente endereçamento IPv4 e IPv6, uma série de grandes sites da Internet como Google, Facebook, Yahoo, Akamai e Limelight Networks irão fornecer os seus conteúdos nestes dois protocolos.
  15. 15. Este teste tem como objetivo incentivar as organizações em todo o setor (provedores de serviços de Internet, fabricantes de hardware, fornecedores de sistemas operacionais e empresas de web) para oferecerem os seus serviços em IPv6 e assegurar uma transição bem sucedida quando os endereços IPv4 acabarem.</li></ul>México 5,40%<br />Uruguai 6,03%<br />
  16. 16. ConceitosBásicossobre IPv6<br />
  17. 17. ConceitosBásicossobre IPv6<br /><ul><li>Em 1992 a Internet EngineeringTask Force (IETF) cria o grupo IPng para criação de um novo protocolo.
  18. 18. Motivação principal: Esgotamento de endereços IPv4.
  19. 19. Protocolo precisava atender questões como:
  20. 20. Melhor tratamento de pacotes;
  21. 21. Aumento de escalabilidade e longevidade;
  22. 22. Mecanismos de QoS;
  23. 23. Segurança integrada.</li></li></ul><li>ConceitosBásicossobre IPv6<br /><ul><li>Em 1998 o IPv6 foi definido na RFC 2460
  24. 24. Redes IPv6 demandam um novo conjunto de aplicações: DHCPv6, RIPng, OSPFv3...
  25. 25. O IPv6 oferece:
  26. 26. Grande espaço de endereçamento (hierárquico de 128 bits);
  27. 27. Simplificação do formato do cabeçalho;
  28. 28. Melhor suporte para extensões;
  29. 29. Capacidade de identificação de fluxo (QoS);
  30. 30. Autenticação e privacidade (IPsec Nativo);
  31. 31. Fragmentação e remontagem (apenas na origem/destino);
  32. 32. Não requer NAT! (Permite conexões fim-a-fim);
  33. 33. Autoconfiguração;
  34. 34. Mobilidade;
  35. 35. Não utiliza Broadcast! Utiliza Multicast.</li></li></ul><li>ConceitosBásicossobre IPv6<br /><ul><li> IPv6 no Modelo OSI:</li></ul>IPv6, IPv4<br />IPX, DECnet, AppleTalk<br />
  36. 36. ConceitosBásicossobre IPv6<br /><ul><li>Cabeçalho IPv6 x IPv4:</li></ul>Tamanho: De 20 à 60 bytes<br />Tamanho: 40 bytes fixos<br />Mantêm os mesmos nomes IPv4 e IPv6<br /><ul><li>Hop-by-hop
  37. 37. Destination options
  38. 38. Routing header
  39. 39. Fragment header
  40. 40. AH e ESP (IPsec)
  41. 41. Upper-layer header</li></ul>Não foram mantidos no IPv6<br />Nomes e posição mudaram no IPv6<br />Cabeçalhos de Extensão<br />Novo campo em IPv6<br />Camada de Transporte<br />
  42. 42. ConceitosBásicossobre IPv6<br /><ul><li> O protocolo IPv6 oferece um grande espaço de endereçamento!
  43. 43. O endereço IPv6 é formado por 128 bits.</li></ul>128<br />2 = 340.282.366.920.938.463.463.374.607.431.768.211.456<br /><ul><li>~56 octilhões (5,6x10^28) de endereços IP por ser humano;
  44. 44. ~79 octilhões (7,9x10^28) de endereços a mais que o IPv4;
  45. 45. ~128 bits ou 16 bytes: 4x a mais de bits que o IPv4</li></li></ul><li>ConceitosBásicossobre IPv6<br /><ul><li> Endereçamento IPv6:
  46. 46. O endereçamento </li></ul>dos dispositivos utilizam <br />números hexadecimais.<br /><ul><li>Utiliza 08 octetos </li></ul>com 16 bits cada<br />(8x16 bits =128 bits)<br />
  47. 47. ConceitosBásicossobre IPv6<br /><ul><li> Endereçamento IPv6:
  48. 48. Utiliza 8 octetos com 4 dígitos hexadecimais;
  49. 49. Pode utilizar caracteres maiúsculos ou minúsculos;
  50. 50. Pode otimizar zeros à esquerda;
  51. 51. Pode representar os zeros contínuos por “::”</li></ul>Exemplo: <br />2001:db80:0000:0000:0000:000B:0000:120B<br />2001:db80:0:0:0:000B:0:120B<br />2001:db80::000B:0:120B<br />2001:db80::B:0:120B<br /> 2001:db80::B::120B <br /> 2001:db80::120B<br />
  52. 52. ConceitosBásicossobre IPv6<br /><ul><li>Endereços IPv6 especiais:</li></li></ul><li>ConceitosBásicossobre IPv6<br /><ul><li>Tipos de comunicação IPv6:
  53. 53. Unicast Comunicação de um-para-um
  54. 54. Global Unicast Address: Globalmente roteável, similar aos endereços IPv4 públicos (2000::/3)
  55. 55. Link Local Unicast Address: Utilizado apenas localmente e atribuído automaticamente (fe80::/64)
  56. 56. Multicast Comunicação de um-para-muitos(ff00::/8)
  57. 57. Anycast Comunicação de um-para-um de muitos (Faixa Unicast)</li></ul>Broadcast<br />
  58. 58. ConceitosBásicossobre IPv6<br /><ul><li> Transição IPv4 para IPv6</li></li></ul><li>ImplementandoumaRede IPv6 <br />
  59. 59. ImplementandoumaRede IPv6 <br /><ul><li>Exemplo de distribuição e configuração de rede IPv6 /32/64</li></ul>Prefixo Global da Rede IPv6: 2001:BD8::/32<br />Prefixo da sub-rede: 2001:BD8:0:2::/64<br /> ID da sub-rede: 0:2<br />
  60. 60. Treinamentose Referências<br />
  61. 61. Treinamentos<br />
  62. 62. Oficina IPv6 no Senac TI! <br /><ul><li>Valor: Gratuito
  63. 63. Dia:19 de Maio
  64. 64. Horário:Das 08:00 às 10:00
  65. 65. Vagas:15 participantes
  66. 66. Reservas:</li></ul>Raquel BavarescoLanzarin<br />Núcleo de Rel. Mercado <br />Email: raquel.lanzarin@sc.senac.br<br />Fone: (48) 3212-8100 <br />
  67. 67. Referências<br /><ul><li>Material disponível em: www.ti-redes.com/ipv6/intro
  68. 68. Apresentação;
  69. 69. Vídeo contendo a configuração da rede IPv6;
  70. 70. Download do arquivo de configuração da rede IPv6;
  71. 71. Atividade online;
  72. 72. Abertura para críticas e sugestões.
  73. 73. Material de consulta utilizado:
  74. 74. Implementing Cisco IP Routing (ROUTE) Foundation;
  75. 75. Cisco – CCNP, Building Scalable Cisco Internetworks (BSCI) V.5.0.3.0;
  76. 76. Cisco – CCNA Exploration V.4.0;
  77. 77. IANA — Internet Assigned Numbers Authority, site: http://www.iana.org;
  78. 78. LACNIC Latin America and some Caribbean Islands, site: http://http://www.lacnic.net;
  79. 79. gogoNET, site: http://gogonet.gogo6.com/;
  80. 80. IPv6.br, site: http://www.ipv6.br;
  81. 81. http://www.google.com/intl/en/ipv6/statistics/ ;
  82. 82. Apostila “Curso IPv6 Básico do NIC.br, disponível no sítio http://curso.ipv6.br ou através do e-mail ipv6@nic.br.</li></li></ul><li>Perguntas e Respostas<br />
  83. 83. Obrigado!<br /> Rodrigo Salvo<br />Senac – TI<br /> Telefone: +55(48) 3212-810<br /> Celular: +55(48) 8468-9784 <br />E-mail: rsalvo@prof.sc.senac.br<br /> msn: rodrigo-salvo@hotmail.com<br />Website: www.sc.senac.br / www.ti-redes.com<br />
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×