Turismo cultural em portugal continental

4,514 views
4,202 views

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
4,514
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
80
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Turismo cultural em portugal continental

  1. 1. O QUE É O TURISMO CULTURAL? • O Turismo Cultural é um segmento do Turismo direcionado para a: • Cultura • Arte nacional e regional • Religião • Festas e romarias populares
  2. 2. O QUE É O TURISMO CULTURAL? • O Turismo Cultural ou Touring, gera 30% das viagens em Portugal. • Está inserido no Plano Estratégico Nacional de Turismo – PENT, o qual se encontra atualmente em revisão. • É uma estratégia utilizada para fazer face à sazonalidade, contribuindo para a diferenciação dos destinos. • Encontra-se associado ao património cultural das cidades/localidades. • É considerado um importante fator de preservação e valorização do património cultural e artístico. • Os museus e os monumentos são ofertas importantes, inseridas neste tipo de turismo.
  3. 3. PONTOS DE INTERESSE CULTURAL EM PORTUGAL CONTINENTAL Porto e Norte Centro Lisboa Alentejo Algarve
  4. 4. PONTOS DE INTERESSE CULTURAL EM PORTUGAL CONTINENTAL • Neste trabalho serão referenciados: • 27 museus e monumentos, de grande valor patrimonial e cultural em Portugal continental, das várias regiões representadas no mapa, retirados do Guia Técnico “Museus e Monumentos”, lançado pelo Turismo de Portugal. • Será mencionado um pequeno resumo, do que cada um oferece aos seus visitantes. • Os museus e monumentos foram escolhidos aleatoriamente sem qualquer critério de preferência ou importância.
  5. 5. PORTO E NORTE A zona Norte do País é dotada de uma cultura muito rica em tradições, associada a crenças religiosas, onde história, cultura e natureza se conjugam na perfeição.
  6. 6. PORTO E NORTE Mosteiro de S. Martinho de Tibães – Situado a 6 km da cidade de Braga. O mosteiro oferece aos seus visitantes: • Visitas livres; • Visitas guiadas com ou sem marcação; • Um vasto leque de atividades de promoção do conhecimento do passado, direcionadas para públicos específicos, nomeadamente escolas.
  7. 7. PORTO E NORTE Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa – Implantado no centro histórico de Braga. O museu oferece aos seus visitantes: • Coleções de peças provenientes de sítios arqueológicos da região; • Cinco salas de exposição (permanente e temporária); • Serviços educativos (nomeadamente uma Biblioteca); • Jardim de acesso gratuito.
  8. 8. PORTO E NORTE Centro de Arte Contemporânea Graça Morais – Situado no centro histórico de Bragança. O centro de arte oferece aos seus visitantes: • Exposição em sete salas, das obras da pintora transmontana Graça Morais, coleção renovada duas vezes por ano; • Exposições temporárias de artistas nacionais e internacionais; • Livraria; • Jardim; • Salas de serviço educativo.
  9. 9. PORTO E NORTE Museu de Alberto Sampaio – Situado no centro histórico de Guimarães. O museu oferece aos seus visitantes: • Exposições de obras primas de mestres ourives; • Exposições de arte contemporânea; • Visitas noturnas nos meses de julho e agosto (o único museu nacional com horário noturno).
  10. 10. PORTO E NORTE Paço dos Duques de Bragança – Situado em Guimarães. O palácio oferece aos seus visitantes: • Visita a um Museu (1º piso); • Visita a uma ala destinada à Presidência da República (fachada principal, 2º piso); • Uma vasta área direcionada para diversas iniciativas culturais.
  11. 11. PORTO E NORTE Centro Português de Fotografia – Situado na cidade do Porto. O centro oferece aos seus visitantes: • Pograma de exposições; • Núcleo Museológico; • Biblioteca; • Loja; • Serviço de visitas guiadas.
  12. 12. CENTRO Na zona Centro de Portugal, existem ótimos pontos de partida, para conhecer uma região de contrastes, entre o norte do Rio Douro e o Sul do Tejo, contando também com diversos pontos de interesse cultural.
  13. 13. CENTRO Museu Judaico de Belmonte – Situado em Belmonte, vila do distrito de Castelo Branco. O museu oferece aos seus visitantes: • Loja do museu; • Auditório; • Sala de exposição permanente (2º piso), retratando a vida quotidiana, atividades profissionais, comércio e artesanato judaicos; • Núcleo dedicado à história e cultura judaica em Portugal; • Sala de exposições temporárias (3º piso); • Arquivo de documentação histórica; • Biblioteca especializada.
  14. 14. CENTRO Museu Monográfico de Conímbriga – Situado em Condeixa-a-Velha, a 16 Km de Coimbra. O museu oferece aos seus visitantes: • Exposição de coleções de objetos que foram encontrados nas escavações, distribuídos por trinta e um temas distintos, ilustrando a vitalidade desta cidade.
  15. 15. CENTRO Museu de Lanifícios da Universidade da Beira Interior – Situado na Covilhã, perto da Serra da Estrela. O museu oferece aos seus visitantes: • Núcleo da real fábrica de panos; • Núcleo das râmolas de sol; • Núcleo da real fábrica Veiga; • Exposições com coleções de máquinas, equipamentos, utensílios, do cumentos textuais, cartográficos e iconográficos e produtos têxteis relativo ao período manufatureiro e industrial dos lanifícios.
  16. 16. CENTRO Museu da Guarda – Situado no centro da cidade da Guarda. O museu oferece aos seus visitantes: • Exposição de coleções de arqueologia, numismática (moedas e medalhas), armaria (depósito de armas), escultura e pintura sacras.
  17. 17. CENTRO Mosteiro de Santa Clara-a-Velha – Situado em Coimbra. O mosteiro oferece aos seus visitantes: • Visita às ruínas; • Exposição de espólio arqueológico conventual; • Exibição de filmes e modelação virtual.
  18. 18. CENTRO Museu Marítimo de Ílhavo – Situado na cidade de Ílhavo, no distrito de Aveiro. O museu oferece aos seus visitantes: • Exposições de objetos relacionados com a pesca longínqua do bacalhau nos mares da Terra Nova; • Exposições com as fainas agro- marítimas da Ria de Aveiro; • Exposições de etnografia marítima (trajes dos pescadores); • Exposição da maior colecção de malacologia (conchas) do país.
  19. 19. LISBOA Capital de Portugal, Lisboa é uma cidade com muito para oferecer, a nível cultural, contando com um património vasto, digno de ser visitado.
  20. 20. LISBOA Mosteiro dos Jerónimos – Situado junto ao Rio Tejo, na cidade de Lisboa. O mosteiro oferece aos seus visitantes: • Visitas temáticas; • Visita a sepulturas de reis e poetas; • Contemplação de uma notável peça de arquitetura portuguesa, referenciada como parte integrante da nossa cultura e identidade.
  21. 21. LISBOA Museu Nacional dos Coches – Situado na cidade de Lisboa. O museu oferece aos seus visitantes: • Exposição de uma coleção de viaturas de gala e de passeio dos séculos XVII a XIX; • Exposição de uma coleção de arreios de tiro e de cavalaria, acessórios de viatura, fardamentos, instrumentos musicais e armas; • Exposição de uma coleção de retratos a óleo dos monarcas da Dinastia de Bragança.
  22. 22. LISBOA Panteão Nacional / Igreja de Santa Engrácia – Situado na freguesia de S. Vicente de Fora, em Lisboa. A igreja oferece aos seus visitantes: • Um terraço onde se pode desfrutar de uma perspetiva única da cidade de Lisboa e do rio Tejo; • Visita a sepulturas no seu interior, nomeadamente os Presidentes da República, Manuel de Arriaga, Teófilo Braga, Sidónio Pais e Óscar Carmona, os escritores Almeida Garrett, Aquilino Ribeiro, Guerra Junqueiro e João de Deus, a fadista Amália Rodrigues e o Marechal Humberto Delgado.
  23. 23. LISBOA Palácio da Pena – Situado em Sintra. O palácio oferece aos seus visitantes: • A observação, em torno do palácio, do mais importante arvoredo existente em Portugal, com espécies vindas de todo o mundo; • Visita a 26 dependências decoradas com estilo romântico, nomeadamente os aposentos da Rainha D. Amélia e os do Rei D. Carlos, sendo uma das raras casas portuguesas que ainda hoje mantém intacto o seu espólio, mobiliário e adereços originais.
  24. 24. LISBOA Palácio Nacional de Queluz – Situado em Queluz, no concelho de Sintra. O palácio oferece aos seus visitantes: • Exposição permanente de uma valiosa coleção, de artes decorativas portuguesas e europeias, de mobiliário, pintura, cerâmica, escultura, t êxtil e ourivesaria; • Jardins e espaços interiores de grande beleza, retratando a evolução do gosto da corte nos séculos XVIII e XIX , com influências francesas e italianas, espelhadas nos espaços interiores assim como nos jardins.
  25. 25. LISBOA Torre de Belém – Situada em Lisboa, junto ao Rio Tejo. A torre oferece aos seus visitantes: • Visita exterior pela escadaria; • Visita interior do baluarte, com entrada pela ponte levadiça; • Visita ao terraço do baluarte, rodeado por seis guaritas; • Visita às várias salas da torre: sala do Governador, sala dos Reis, sala das audiências e capela; • Visita ao terraço da torre, local mais elevado do monumento.
  26. 26. ALENTEJO Terra de planícies e de flores selvagens, com horizontes a perder de vista, reconhecida pelas suas cidades, vilas e aldeias hospitaleiras.
  27. 27. ALENTEJO Museu de Arte Contemporânea de Elvas – Instalado no edifício da Santa Casa de Misericórdia de Elvas. O museu oferece aos seus visitantes: • Exposição permanente de mais de quatrocentas peças da colecção António Cachola; • Exposição de obras de artistas portugueses contemporâneos, de pintura, desenho, escultura, gravura, fot ografia, etc .
  28. 28. ALENTEJO Museu da Luz – Situado junto ao lago de Alqueva, no “Polo da Memória” da nova Aldeia da Luz. O museu oferece aos seus visitantes: • Exposições e iniciativas sobre o processo de construção da barragem do Alqueva e da relocalização da Aldeia da Luz; • Espaço de interpretação das grandes alterações verificadas neste território, documentando o processo social conturbado da mudança, reativando as memórias para a reconstrução do local.
  29. 29. ALENTEJO Museu da Tapeçaria de Portalegre Guy Fino – Instalado no Palácio Castelo Branco, no centro histórico de Portalegre. O museu oferece aos seus visitantes: • Visita no piso térreo, com apresentação da história e técnica de execução das Tapeçarias de Portalegre; • Visita no 1º piso, com exposição de obras de tapeçaria de autores sonantes como Almada Negreiros, Júlio Pomar, Vieira da Silva, Eduardo Nery, Graça Morais, e tantos outros, os quais assinam as peças como obras suas; • Galeria com exposições temporárias e um auditório.
  30. 30. ALENTEJO Museu-Biblioteca da Casa de Bragança – Instalado no Paço Ducal e Castelo de Vila Viçosa. O museu oferece aos seus visitantes: • Visita ao Andar Nobre, com variadas dependências residenciais; • Visita à armaria; • Exposição da colecção de Porcelana Azul e Branco da China; • Visita ao Tesouro que alberga as Cruzes Relicário de Vila Viçosa e de Dona Catarina de Bragança, peças de ourivesaria, pintura, vidro, cerâmica, etc .; • Exposição de coleção de carruagens.
  31. 31. ALGARVE Um dos destinos portugueses mais conhecidos internacionalmente, de Portugal continental, estando associado ao conceito de férias, sol, mar e grande diversidade de praias. Contudo também detém alguns interesses de índole cultural.
  32. 32. ALGARVE Museu Municipal de Faro – Instalado no antigo convento de Nossa Senhora da Assunção, em Faro. O museu oferece aos seus visitantes: • Salas de exposições nos seus dois pisos; • Exposição de exemplares de pintura antiga e obras de Carlos Porfírio, no claustro, o qual exibe uma síntese das épocas romana e islâmica.
  33. 33. ALGARVE Villa romana de Milreu – Localizada na Aldeia de Estoi, a 8 Km de Faro. A villa romana oferece aos seus visitantes: • Exposição de um grande volume de achados arqueológicos, nomeadamente mosaicos sobre o mar, revestimentos em mármore, revestimentos cerâmicos, estuque pintado e escultura decorativa; • Visita às ruínas de uma residência, átrio e peristilo (corredor coberto e circundante), termas e lagares, permitindo imaginar os edifícios tal como eles se apresentavam; • Exposições e eventos na casa rural, erguida sobre a antiga casa romana.
  34. 34. ALGARVE Museu de Portimão – Localizado na margem direita do rio Arade, em Portimão. O museu oferece aos seus visitantes: • Exposição de património industrial, naval, arqueológico, etnográfi co e subaquático; • Exposição da colecção do ilustre portimonense Manuel Teixeira Gomes (Presidente da República entre 1923 e 1925), com arquivos documentais, fotográficos e testemunhos orais.
  35. 35. ALGARVE Fortaleza de Sagres – Localizada na Ponta de Sagres A fortaleza oferece aos seus visitantes: • Observação de uma paisagem magnífica, integrada no Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, apresentando uma interessante biodiversidade de fauna e flora; • Visita a várias edificações históricas; • Visita à Igreja de N ª Srª da Graça; • Visita à gigantesca Rosa dos Ventos (traçada no solo por seixos irregulares).
  36. 36. ALGARVE Museu Municipal de Tavira – Instalado na antiga Casa do Despacho da Santa Casa de Misericórdia de Tavira. O museu oferece aos seus visitantes: • Visitas guiadas; • Exposições temporárias e de média duração; • Atividades educativas e de animação cultural; • Acesso às estruturas fenícias e às arquiteturas do Palácio da Galeria; • Acesso aos núcleos museológicos de Cacho-po, sobre a cultura e etnografia serranas, da Ermida de Santa Ana, com arte sacra; • Acesso aos Núcleos Expositivos de Abasteci-mento de Água, da Pesca do Atum e sobre o Bairro Almóada (Convento do Graça).
  37. 37. CONCLUSÃO • Portugal é um país muito rico em museus e monumentos, sendo esta área muito importante para o desenvolvimento cultural das populações, atraindo turistas que tenham interesse por este tipo de turismo. • O Turismo Cultural é, segundo o PENT – Plano Estratégico Nacional do Turismo, um dos dez produtos estratégicos para o desenvolvimento do turismo em Portugal.
  38. 38. CONCLUSÃO • Portugal é considerado um país adequado a este tipo de turismo, devido à sua pequena dimensão territorial, com uma concentração de grande variedade de atrações culturais, associadas a diferentes períodos da história e vários momentos da cultura portuguesa, inseridas num espaço acessível. • Tendo consciência que muito ficou por dizer e por mostrar, penso que foram referenciados de norte a sul, pontos de interesse cultural muito agradáveis, representados por museus e monumentos, dignos de serem visitados.
  39. 39. http://guiastecnicos.turismodeportugal.pt/pt/museus-monumentos http://www.mosteirodetibaes.org/pagina.aspx?mid=258 http://mdds.imc-ip.pt/pt-PT/museu/HighlightList.aspx http://centroartegracamorais.cm- braganca.pt/PageGen.aspx?WMCM_PaginaId=27552 http://masampaio.imc-ip.pt/pt-PT/museu/ContentList.aspx http://pduques.imc-ip.pt/pt-PT/Paco_Duques/ContentDetail.aspx http://www.cm-belmonte.pt/Museujudaico/museujudaco.html http://www.cpf.pt/ http://www.conimbriga.pt/portugues/museu.html http://www.museu.ubi.pt/?cix=2990&lang=1&v=167823 http://museudaguarda.imc-ip.pt/pt-PT/museu/HighlightList.aspx http://santaclaraavelha.drcc.pt/pages/historia.html http://www.lifecooler.com/edicoes/lifecooler/desenvRegArtigo.asp?reg=32 7515 http://www.mosteirojeronimos.pt/pt/index.php?s=quemsomos http://www.museudoscoches.pt/Museu/MuseuInfo/tabid/89/tekmoduleid/40 5/Default.aspx?tektag=Hist%C3%B3ria http://www.igespar.pt/pt/monuments/51/ http://www.visitportugal.com/brochures/PT/Itinerarios/index.html http://www.parquesdesintra.pt/index.aspx?p=parksIndex&MenuId=1&Menu0 Id=1 http://www.palaciodequeluz.imc-ip.pt/pt-PT/palacio/ContentDetail.aspx http://www.torrebelem.pt/pt/index.php?s=white&pid=168&identificador= http://www.cm-elvas.pt/page/museu-arte-instituicao http://www.cm-elvas.pt/page/locais-visitar-patrimonio-civil http://www.museudaluz.org.pt/index.htm?no=1020001 http://www.fcbraganca.pt/paco/paco.htm http://www.cm-faro.pt/349/museu-municipal-de-faro.aspx http://www.cultalg.pt/milreu/ http://www.cm-portimao.pt/portal_autarquico/portimao/v_pt- PT/menu_municipe/servicos_municipais/museu_municipal/ http://www.cultalg.pt/sagres/ http://museusdoalgarve.wordpress.com/about/museu-municipal-de-tavira/ http://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=3599370 http://www.turismodeportugal.pt/Portugu%C3%AAs/AreasAtividade/Produt oseDestinos/Pages/TouringCultural.aspx WEBGRAFIA CONSULTADA

×