Your SlideShare is downloading. ×
As Ilhas Diomedes!
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Introducing the official SlideShare app

Stunning, full-screen experience for iPhone and Android

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

As Ilhas Diomedes!

1,224
views

Published on

As ilhas Diomedes (por vezes escritas como Diómedes/Diômedes) são ilhas rochosas do tipo tuya (origem vulcânica) pertencentes à Rússia e aos Estados Unidos que ficam no estreito de Bering. …

As ilhas Diomedes (por vezes escritas como Diómedes/Diômedes) são ilhas rochosas do tipo tuya (origem vulcânica) pertencentes à Rússia e aos Estados Unidos que ficam no estreito de Bering.
O conjunto é formado por duas ilhas: A ilha de Ratmanov ou Diomedes Maior pertencente à Rússia, e a Diomedes Menor, posse dos Estados Unidos, distanciadas apenas 4 km uma da outra.
Um pouco da história e peculiaridades dessas ilhas.

Published in: Entertainment & Humor

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,224
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
25
Actions
Shares
0
Downloads
1
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. AS ILHAS DIÓMEDES
  • 2. Há um lugar no mundo que uma parte é território dos Estados Unidos e outra é território da Rússia; esses territórios estão separados por menos de 4 kms; contudo existe outra separação –a dos fusos horários. São as remotas e pouco conhecidas ilhas Diómedes, no Estreito de Bering, o qual separa o Alaska do
  • 3. Foi este lugar que, provavelmente, serviu de ligação aos primeiros povoadores do continente americano.
  • 4. RÚSSIA ILHAS DIÓMEDES ALASKA Ha neste lugar duas ilhas, conhecidas como Grande Diómedes e Pequena Diómedes, que estão separadas por um estreito de 3.700 metros que permanece gelado durante boa parte do ano, permitindo a passagem a pé entre elas.
  • 5. O curioso é que a Grande Diómedes é o ponto mais a Este da Rússia, e a Pequena Diómedes é o ponto mais a Oeste dos Estados Unidos..
  • 6. Durante a Guerra Fría, os nativos que habitavam as ilhas antes das colonizações russa e americana, estavam proibidos de circular entre elas, efectuar trocas comerciais ou qualquer outro tipo de informação; esta zona chegou a denominar-se “Muro de Gelo“.
  • 7. Ao terminar a 2ª Guerra Mundial, todos os nativos da ilha russa foram transportados para o continente, e o arquipélago ficou só com uma pequena povoação na ilha americana.
  • 8. Esta povoação tem actualmente cerca de 170 habitantes.
  • 9. O mais curioso é que entre as duas ilhas não só passa a fronteira entre Rússia e U.S.A. mas também a línha imaginária internacional de mudança de hora. Assim enquanto na Pequena Diómedes é “hoje” na Grande, já é “amanhã”.
  • 10. A diferença horária oficial entre ambas é de 21 horas. Assim, quando do lado russo são “12 horas-meio día”, quatro kilómetros a Este, são 3 horas da tarde do día anterior. Na realidade, pela lógica, a hora solar em ambas as ilhas é exactamente a mesma.
  • 11. No inverno, quando o mar congela, as duas ilhas ficam unidas pelo gelo; este troço do oceano converte-se no único lugar do mundo em que se pode passar a pé de ontem para hoje ou de hoje para amanhã.
  • 12. Em 1987, um acontecimento emblemático levou ás pequenas ilhas para as páginas dos periódicos do mundo inteiro. A nadadora americana Lynne Cox atravessou a nado o estreito entre as 2 ilhas irmãs num gesto de aproximação entre as superpotências que então se esforçavam por estreitar os laços de amizade.
  • 13. Hoje, em tempo de paz, há vários projectos para levantar monumentos simbólicos entre os dois países. Um é a chamada "Ponte da Memória", que uniría as duas ilhas convertemdo-se na primeira ligação física entre a Asia e América.
  • 14. Humberto Eco, na sua obra “A Ilha do día anterior", expressa magistralmente a realidade do que acontece nas Diómedes.
  • 15. "Meia Noite de sábado, aquí no barco, é meia noite de sexta-feira na ilha. Se viajas da América para Asia, perdes um día; se o fizeres em sentido contrário, ganhas um día."
  • 16. “O "Daphne" navegou até a Asia, e vocês, viajastes até a América. ¡Por esse motivo tu és agora um día mais velho que Eu! ¿ Não é engraçado?"