CMMI - UVV 2012

2,222 views
1,943 views

Published on

Published in: Education
1 Comment
2 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
2,222
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
6
Actions
Shares
0
Downloads
104
Comments
1
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

CMMI - UVV 2012

  1. 1. Alexandre Azevedo Rubens TadeuTiago Casagrande Wesley Rocha
  2. 2. CMMIO que é? O CMMI é um recente modelo de maturidade para desenvolvimento de software do SEI, um dos maiores influenciadores em gestão de processos de software do mundo. O modelo CMMI não define como um processo deve ser implementado, mas prescreve a estrutura, termos de objetivos e graus de qualidade com que o trabalho deve ser realizado. Projetado de forma que uma futura evolução fosse permitida. ( Integração com outros modelos )
  3. 3. CMMI – Estatísticas
  4. 4. CMMI – Estatísticas
  5. 5. CMMI – EstatísticasPontos importantesDesde 2002, 6808 avaliações foram reportadas ao SEI.Avaliações reportadas da Espanha, Brasil, China, Argentina e India estão crescendorapidamente.Mais de 61% das organizações avaliadas tem até 100 pessoasChina e Estados Unidos representam metade das avaliações CMMI do mundo.Tempo médio para atingir um nível de maturidade CMMI:CMMI 2: Entre 4 à 11 mesesCMMI 3: Entre 2 à 20 mesesCMMI 4: Entre 4 à 28 mesesCMMI 5: Entre 5 à 28 meses
  6. 6. CMMI: Termos ImportantesÁrea de processo: É um conjunto de práticas que, quando executadas coletivamente, satisfaz um conjunto de objetivos visando a melhoria.Objetivos específicos: Aplicados à área de processo, identificam características únicas que descrevem o que deve ser implementado.Práticas específicas: Atividades importantes para atingir um determinado objetivo específico. Cada prática específica é associada com um nível de maturidade.Objetivos genéricos: Cada nível de maturidade possui um único objetivo genérico que descreve o que uma organização deve fazer para atingir um nível determinado.Práticas genéricas: Asseguram que os processos associados com as áreas de processo serão efetivos e repetíveis. São categorizadas por nível de maturidade.
  7. 7. Disciplinas do CMMI
  8. 8. Disciplinas do CMMI1 - Engenharia de SistemasSeu objetivo é a obtenção bem sucedida de sistemas, envolvendo ou nãosoftware. Com base nas necessidades, restrições e expectativas apresentadaspelos clientes, os engenheiros de sistemas, propõem produtos e soluções pormeio da análise, projeto, validação, teste, implementação, treinamento, suporte.2 - Engenharia de SoftwareNão se dedica somente aos processos técnicos de desenvolvimento desoftware, mas também as atividades de gerenciamento de projetos,desenvolvimento de ferramentas, métodos e teorias que dêem apoio a produçãode software.
  9. 9. Disciplinas do CMMI3 - Desenvolvimento integrado ao produto e do processo.Uma abordagem sistemática que utiliza a colaboração dos stakeholders paramelhor satisfazer as expectativas e requisitos dos clientes.4 - Fontes de AquisiçãoA medida que os esforços de desenvolvimento tornam-se complexos, osprojetos podem precisar de fornecedores que realizem funções específicas ouadicionem modificações em produtos específicos do projeto.A disciplina, atua na aquisição de produtos nestas situações.
  10. 10. CMMI: RepresentaçõesCMMI existe em duas representações:Representação por Estágios – Mesma estrutura do SW-CMM, caracterizadopor níveis de maturidade. Maturidade é medida por um conjunto de processos,sendo necessário todos os processos possuírem o mesmo nível.Representação Contínua – Semelhante ao modelo ISO 15504, caracterizadopor níveis de capacidade. Capacidade é medida por processos separados,podendo ter níveis diferentes entre os processos.
  11. 11. CMMI: Representação por estágios• Nível 1 – Inicial: • Processos caóticos, não possui ambiente estável de desenvolvimento de software. Padrões não existem, ou se existem, não são seguidos. Problemas com prazos, custos e requisitos. Dependência de talentos individuais.• Nível 2 – Gerenciado: • Projetos possuem requisitos gerenciados e processos planejados, medidos e controlados. Práticas que auxiliam o cumprimento do projeto. Requisitos, processos e serviços são gerenciados.• Nível 3 – Definido: • Processos bem caracterizados e entendidos. Padronização de processos, possibilitando maior consistência nos produtos gerados. Uso de padrões, procedimentos, ferramentas e métodos bem definidos.
  12. 12. CMMI: Representação por estágios• Nível 4 – Gerenciado Quantitativamente: • Os processos são selecionados para contribuir com o desempenho geral dos demais processos. São controlados usando métodos estatísticos e outras técnicas quantitativas.• Nível 5 – Otimizado: • Processos são continuamente melhorados com base em um entendimento quantitativo das causas comuns de alterações de desempenho. Melhoria obtida por melhor uso de tecnologias e com inovações.
  13. 13. CMMI: Representação Contínua• Nível 0 – Incompleto: • Corresponde a ausência de qualquer modelo de processo de desenvolvimento tornando difícil prospectar desenvolvimentos futuros.• Nível 1 – Realizado: • Possuem um processo mínimo de desenvolvimento, capaz de orientar as macro-tarefas no nível operacional.• Nível 2 – Gerenciado: • Tem capacidade de gerenciar um ciclo de desenvolvimento, ou seja, um projeto. Costuma-se caracterizar o nível 2 pela capacidade de gerir projetos estando a grande maioria das empresas brasileiras em busca deste nível.
  14. 14. CMMI: Representação Contínua• Nível 3 – Definido: • São orientadas a processos. Além dos fluxos de atividades, gerenciam os aspectos organizacionais, técnicos e de integração de equipes e fornecedores em função da definição do processo.• Nível 4 – Gestão Quantitativa: • Gere o processo com métricas quantitativas através do tempo. Conseguem avaliar o processo de desempenho dos vários ciclos de desenvolvimento e comparar seus indicadores, obtendo previsibilidade.• Nível 5 – Otimização: • Controla e avalia o processo quantitativamente, podendo intervir em sua especificação para otimizá-lo de forma contínua. Este é o nível de maturidade mais alto do CMMI.
  15. 15. CMMI: Representações - Contínua X Estágio
  16. 16. Vantagens do CMMI• O modelo é reconhecido mundialmente e se tornou uma referencia nomercado. Empresas grandes de TI (como a Microsoft) adotaram estemodelo buscando uma forma de se tornarem um diferencial competitivo;• O desenvolvimento de software com qualidade, garantindo ocumprimento de prazos e atendendo as necessidades do cliente,deixando-o mais satisfeito com o produto entregue pela empresa;• Consistências com a norma ISO/IEC 15504;• Possui níveis de maturidade onde a certificação é feita de formagradual;
  17. 17. Desvantagens do CMMI• Não aborda aspectos operacionais te TI como: •Gerenciamento de Segurança; •Planejamento de Capacidade; •Diagnósticos e funções de Helpdesk• Estabelece metas, mas não diz como atingi-las;• Poucas referências e informações de organizações que adotaram omodelo CMMI.• O modelo é proprietário e envolve um grande investimento para obtera certificação. Geralmente o custo fica entre RS$ 220 mil a RS$ 1milhão a depender da complexidade do processo. Além de levar emmédia de 4 à 8 anos para obter a certificação em um nível alto.

×