Your SlideShare is downloading. ×
0
Separação de materiais!
Separação de materiais!
Separação de materiais!
Separação de materiais!
Separação de materiais!
Separação de materiais!
Separação de materiais!
Separação de materiais!
Separação de materiais!
Separação de materiais!
Separação de materiais!
Separação de materiais!
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Separação de materiais!

1,630

Published on

Published in: Travel, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
1,630
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
22
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. SEPARAÇÃO DE MATERIAIS!
  • 2. INTRODUÇÃO:-FILTRAÇÃO SIMPLES E A VÁCUO-DECANTAÇÃO LIQUÍDO/LIQUÍDO E LIQUÍDO/SOLIDO-CENTRIFUGAÇÃO-EXTRAÇÃO COM SOLVENTES-DESTILAÇÃOSIMPLES E FRACIONADA-CROMATOGRAFIA DE PAPEL, DE COLUNA, GASOSA
  • 3. Filtração:– consiste em fazer passar a mistura por uma parede ou superfície porosa. O sólido fica retido. Esse processo tem largo emprego doméstico; é usado para coar café ou coalhada, para coar um suco através do pano, etc.Filtração comum, mostrando a utilização do papel de filtro. O bastão junto ao béquer, na mão do operador, facilita a transferência da mistura sem derrame.
  • 4. Filtração a vácuoSubstituindo-se o funil de Buchner por um cadinho de porcelana com fundo perfurado temos a filtração com cadinho de Gooch. É portanto, efetuada com sucção e o meio filtrante é polpa de papel de filtro quantitativo ou amianto.Para a confecção do meio filtrante de amianto ou polpa de papel filtro, deve-se colocar o cadinho na alonga e adicionar com muito cuidado o amianto misturado com água (ou polpa de papel filtro com água). Bate-se levemente com a bagueta é deixa-se escorrer toda a água através de sucção. O meio filtrante não deve ser muito espesso.
  • 5. A decantação: é um processo de separação que permite separar misturas heterogêneas.Utilizada principalmente em misturas bifásicas, como sólido-líquido (areia e água), sólido-gás (poeira-gás), líquido-líquido (água e óleo) e líquido-gás (vapor d’água e ar). Sendo esse processo fundamentado nas diferenças existentes entre as densidadesdos componentes da mistura, e na espera pela sua decantação. A mistura é colocada em repouso num recipiente, de preferência fechado. Após a separação visual (fases), o processo pode ser feito através de vários métodos, que podem mudar o nome Decantação para Sifonação ou Funil de Decantação.
  • 6. CENTRIFUGAÇÃO:A centrifugação pode ser comparada a uma decantação acelerada, e pode ser usada quando a partícula sólida for pouco densa, o que tornaria a decantação muita lenta. As máquinas de lavar roupas utilizam esse processo para retirar a água dos tecidos.
  • 7. Extração com Solventes:A extração líquido-líquido é uma técnica em que uma solução aquosa é colocada em contato com um segundo solvente orgânico imiscível com o primeiro solvente, a fim de colocar a transferência de um ou de mais de um soluto para o segundo solvente.As separações que se podem fazer são simples, limpas, rápidas, convenientes, em muitos casos a separação pode ser efetuada pela agitação durante alguns minutos, num funil de separação.Esse tipo de extração é utilizado na química orgânica, para separação, purificação e concentração de certas substâncias de misturas que ocorrem na natureza. Esse método está baseado na propriedade física da substância: a solubilidade.Pode-se usar o método da extração com solventes para se extrair cafeína do café e das folhas de chá, essências aromáticas das flores ou o açúcar da cana de açúcar.Os solventes mais utilizados na extração são: clorofórmio, acetona, dissulfeto de carbono, álcool e água. 
  • 8. Destilação simples: método utilizado para separar misturas homogêneas do tipo sólido-líquido. Um exemplo de mistura homogênea de sólido + líquido  é uma mistura de sal + água. Na destilação simples, a mistura é aquecida e os vapores produzidos no balão de destilação passam pelo condensador, onde são resfriados pela passagem de água  corrente. Os vapores então, condensam e são recolhidos no erlenmeyer. A parte sólida da mistura fica no balão, pois a temperatura que se atnge no sistema  não é necessária nem para derreter o sólido, quem dirá vaporizá-lo. Simplificando, o sólido não é volátil e fica retido no balão e o líquido mais volátil é retirado no erlenmeyer. 
  • 9. Destilação fracionada: método utilizado para  separar misturas homogêneas, do tipo líquido-líquido. Exemplo de mistura deste tipo é o petróleo, ou uma simples mistura de água e álcool.Na destilação fracionada os líquidos são separados através de seus pontos de ebulição, desdes que eles não sejam muito próximos. Durante o aquecimento da mistura, é separado, primeiramente o líquido de menor P.E. (ponto de ebulição), depois o líquido de P.E. intermediário e sucessivamente até o líquido de P.E. maior.Utiliza-se uma coluna de fracionamento acoplada na aparelhagem de destilação simples. 
  • 10. Cromatografia em Papel (CP):Fases da Cromatografia em Camada Delgada.Ou PC, do inglês "paperchromatography". É uma técnica de adsorção, utiliza um líquido e um sólido. Ocorre a retenção das substâncias devido a absorção sofrida na superfície da fase estacionária. Utiliza-se papel normal ou papel de filtro (mais utilizado) como fase estacionária.Exemplificando: a mistura é aplicada no papel (fase estacionária), a placa de vidro é colocada em um cuba contendo a fase móvel. Esta fase móvel (solvente) sobe por capilaridade e arrasta a substância menos adsorvida separando-a das substâncias mais adsorvidas. Como a maioria das substâncias separadas são incolores, utiliza-se um revelador. As manchas podem ser reveladas por meio de luz UV, vapores de iodo, soluções de cloreto férrico e tiocianoferrato de potássio, fluorescências, radioatividade, etc.Cromatografia em Coluna:É a técnica de separação cuja fase estacionária acontece dentro de um tubo. Utiliza-se uma coluna de vidro aberta na parte superior e munida de uma torneira na extremidade inferior, por onde sai o líquido (eluído). Dentro da coluna encontra-se a fase estacionária constituída por um enchimento sólido no caso da cromatografia de adsorção, ou por uma fase líquida no caso da cromatografia de partição. A fase móvel é líquida em ambos os casos.A ordem das substâncias dependerá da sua polaridade
  • 11. EM PAPELEM COLUNA
  • 12. EQUIPE:SUELEN RODRIGUES LOPESDANIELA DELL’ AGNOLOMICHELI DE SOUZA SAMANDA MARINHO RAISER

×