Artigo odontologia computadorizada

3,057 views
2,852 views

Published on

1 Comment
1 Like
Statistics
Notes
  • Thiago, gostei demais do seu trabalho.... os alunos vão participar de uma mesa redonda de discussões e o tema é justamente o seu: A Odontologia Computadorizada ( sist. Cad Cam.... etc.)
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
3,057
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
40
Actions
Shares
0
Downloads
78
Comments
1
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Artigo odontologia computadorizada

  1. 1. Modelos digitais e Sistema CAD/CAM: O futuro da odontologiaArthur Nunes Rios Vicente¹; Gabriela Sampaio Campos¹; Leonardo Barreto de Araujo²;Christiano Dutra² ¹ Alunos de Graduação de Odontologia da Universidade Estadual de Feira de Santana. E-mail: anrvrios@hotmail.com; gaby_sampayo@hotmail.com 2 Professores do curso de Odontologia da Universidade Estadual de Feira de Santana.RESUMO viabilizando menor tempo clínico eOs avanços na tecnologia digital resultados estéticos satisfatórios.causaram um impacto significante na PALAVRAS-CHAVE: Sistema CAD-Odontologia. O sistema CAD-CAM tem CAM; Odontologia moderna.sido utilizado na produção derestaurações indiretas, coroas, pontes INTRODUÇÃOe facetas, e também são usadas parafabricação de próteses totais e A Odontologia, denominada em seuspróteses sobre implantes. Este sistema primórdios como Arte Dentária, nasceude alta tecnologia se baseia em três na Pré-História, porém seus registroscomponentes fundamentais: sistema de mais antigos datam de 3500 a.C., naleitura da preparação dentária Mesopotâmia, onde é possível(scanning), software de desenho da observar, nas inscrições da época, umarestauração protética (CAD) e sistema menção do que seria o vermede fresagem da estrutura protética responsável pela destruição da(CAM ou milling). O progresso estrutura dentária, o gusano dentáriotecnológico CAD/CAM leva a (ROSENTHAL E, 2001). Tentativas deodontologia moderna a um momento reposição dentária que ocorreram nossublime de excelência do serviço, séculos dezesseis e dezessete envolveram dentes artificiais feitos à base de marfim, ouro, latão e até
  2. 2. mesmo madeira (Johnson WW, 1956). administrativos genéricos e depois osInclusive existem relatos de implantes específicos para a área odontológica,dentários feitos a partir de conchas que desenvolvidos também no Brasil, e queforam encontrados inseridos na surgiram por volta de 1980 (BIDEGAINcavidade oral de múmias (Anusavice C, 2009). Essa ferramenta se proliferouKJ, Phillips RW, 2003). com importante aplicação na clínica eA odontologia vai evoluindo e vários muitas especialidades têm hojemarcos são observados, a citar: a sistemas específicos para suas áreas.utilização do ouro como material A crescente busca pela excelência norestaurador em forma de coroas (Pierre diagnóstico e tratamento dasMouton-1746), a porcelana fundida em alterações do complexo buço-maxilo-dentadura totais, o uso do articulador, facial tem se tornado um grandeinventado por J.B. Gariot (1805) e os desafio para os cirurgiões-dentistas.instrumentos de extração eram Nesse sentido, a incorporação deaperfeiçoados. Ainda há a descoberta tecnologias modernas tem assumidoda anestesia por Horace Wells, em uma posição de destaque no ramo da1844, e os estudos específicos em biotecnologia (SAFIRA, LC et al.,dentísteria restauradora. Entre muitas 2010).outras descobertas, os dentistas se Nesta perspectiva, o objetivo desteespecializaram e se diversificaram em trabalho é mostras como se encontra aperiodontistas, endodontistas, odontologia atualmente, embasada naprotesistas, odontopediatras, sofisticação da robótica dos sistemastraumatologistas, etc. CAD-CAM.Segundo Pinto (2000), o século XXvivenciou o desenvolvimento de uma REVISÃO DE LITERATURAodontologia capaz de oferecer, comqualidade, alternativas técnicas de Sistema CAD-CAMcrescente sofisticação e praticidade Os rápidos avanços em tecnologiapara solucionar os problemas de saúde digital causaram um impactobucal. significante na Odontologia. ANovos caminhos e tecnologias foram prototipagem Rápida é um processoalcançados até hoje. As primeiras aditivo construtivo utilizado paranovidades de informática na obtenção de protótipos diretamente deOdontologia foram os softwares
  3. 3. um modelo tridimensional (FOGGI- investimentos e maquinário disponível.ATTO, 2008). Ocorre em três etapas: scaneamento,Segundo Tinschert J (2006) e Liu ER usinagem e impressão por processos(2005) a tecnologia CAD-CAM tem sido de estereolitografia (técnica em que seutilizada na Odontologia principalmente depositam várias camadas de resinasna produção de restaurações de de forma controlada por processosprótese fixa como, por exemplo, CAD/CAM que são imediatamentecoroas, pontes e facetas. Várias polimerizadas).empresas têm desenvolvido sistemas De acordo Liu ER (2005) durante osCAD-CAM de alta tecnologia, que se últimos 20 anos, verificou-se umbaseiam em três componentes grande desenvolvimento da tecnologiafundamentais: sistema de leitura da CAD-CAM no que diz respeito à leiturapreparação dentária (scanning), das preparações dentárias (óptica,software de desenho da restauração contato e digitalização laser), aosprotética (CAD) e sistema de fresagem programas de desenho virtual, aosda estrutura protética (CAM ou milling). materiais (como, por exemplo, a alumina, a zircônia e o titânio) e àSegundo Giordano R (2006) CAD/CAM é maquinação das restauraçõesuma sigla na língua inglesa para protéticas.Computer-Aided Design e Computer-Aided Manufactoring que significam, Os materiais utilizados para a fresagemrespectivamente: desenho auxiliado por da estrutura protética são blocos pré-computação e manufatura auxiliada por fabricados dos seguintes materiais:computação. cerâmica de vidro reforçada comDesenvolvido na Universidade de leucita, alumina reforçada com vidro,Zurique, o sistema CEREC foi o alumina densamente sinterizada, Y-primeiro sistema CAD-CAM a alcançar TZP Zircônia (Yttrium-tetragonal zirco-êxito clínico e comercial. Por esse nia polycristal) com sinterizaçãosistema é efetuada uma leitura óptica (parcial ou total), titânio, ligassem contato com a preparação dentária preciosas, ligas não-preciosas e(CORREIA et al., 2006). acrílicos de resistência reforçada (McLaren EA, Giordano II RA, 2005).O sistema CAD/CAM são processosque podem ser realizados em ambiente Uma das grandes vantagens daclínico, laboratorial e industrial. utilização desses sistemas é aDependendo do profissional, dos possibilidade de trabalhar com
  4. 4. materiais muito resistentes, como a dentistas nos EUA e Europa estarázircônia, que, quanto à fabricação usando scanners digitais paramanual, é bastante limitada moldagens (BIRNBAUM N, 2009).(RAIGRODSKI AJ 2004). Como a No mercado existem duas modalidadesresistência do material é o fator de sistemas moldagens digitaisprimordial para determinar a indicação disponíveis: os sistemas CAD/CAM eda técnica assim como a preservação os sistemas de moldagem digitalda reabilitação ao longo do tempo, a tridimensional (3D) dedicados.necessidade de desenvolvimentos que Os sistemas dedicados de moldagemlevassem à possibilidade de execução digital 3D eliminam várias etapas dede reabilitações de maiores extensões atendimento em um consultóriolevou à busca pela tecnologia odontológico, incluindo seleção deCAD/CAM. (CORREIA et al., 2006). moldeiras, preparação e uso de materiais, desinfecção de moldagens eSistema digital de moldagem e envio dessas ao laboratório. Alémscanneamento disso, o laboratório reduz seu tempo deA aquisição de uma cópia de um dente trabalho, por não ter que vazar gessoou vários dentes preparados, de dentes nas moldagens, colocar pinos eíntegros adjacentes e antagonistas, e o réplicas, recortar e modelar troquéis ouestabelecimento de uma relação articular modelos. É um procedimentointeroclusal correta, assim como a feito em boca, possibilitando umconversão dessa informação em escaneamento direito das estruturasréplicas precisas da dentição são os intrabucais (POLIDO WD, 2010)objetivos da moldagem com finalidade Os sistemas CAD/CAM que estãoprotética e estética funcional. (POLIDO disponíveis atualmente são capazes deWD, 2010) alimentar dados obtidos através deOs sistemas digitais de moldagem e escaneamentos digitais precisos feitosescaneamento em Odontologia foram de modelos de gesso diretamente paraintroduzidos na metade dos anos 80, e sistemas de confecção capazes detêm evoluído tanto que artigos já esculpir restaurações em blocos depreveem que em 5 anos a maioria dos cerâmica ou resina, sem a necessidade de uma cópia física dos dentes preparados, dentes adjacentes e dentes antagonistas.
  5. 5. Com o desenvolvimento de novosmateriais restauradores com altaTabela 1. Resumo das partes envolvidas para funcionamento da tecnologia CAD/CAM aplicada às prótesesdentáriasTecnologias Escaneamento ou Fabricação Material Tipos deenvolvidas digitalização de (CAM) odontológico próteses/produto imagens (CAD) restaurador finalTipos Intraoral (ambiente Fresagem Metais (titânio, Unitárias clínico) Industrial CoCr) (metalocerâmicas ou cerâmicas puras) Extraoral Usinagem Cerâmicos Parciais (ambiente laboratorial Laboratorial (Dissilicato de (metalocerâmicas, ou industrial) Lítio, cerâmicas Zircônia/YZTP, puras, metaloplásticas Feldspáticas ou ambas) reforçadas) Tecnologias Acrílicos e ceras Totais diferentes da (metalocerâmicas, usinagem (podem cerâmicas ser industrial ou puras, laboratorial) metaloplásticas ou ambas)resistência e propriedades estéticas,tais como a zircônia, técnicas delaboratório têm sido desenvolvidas nas Desenho assistidoquais modelos mestres obtidos atravésde moldagens com materiais elásticos Depois de efetuada a digitalização dosão digitalmente escaneados para criar preparo dental, a imagem é transferidamodelos estereolíticos (prototipagens), para um programa de desenhosobre os quais as restaurações são assistido por computador, pelo qual orealizadas (POLIDO WD, 2010). operador pode então desenhar de
  6. 6. forma virtual a estrutura protética. com a subestrutura também emNesta fase, define-se as linhas de cerâmica, resultam em uma peçaacabamento, o espaçamento e a altamente estética.espessura da restauração a maquinar. Cada sistema existente no mercado(SAFIRA, et al., 2010) Apesar da evolução possui características diferentes dedos programas de desenho das tecnologia e materiais (zircônia) querestaurações protéticas para uma contemplam as mais diversas indica-concepção mais facilitada, sobretudo ções e desafios estéticos.pela introdução do 3D e das bases de A tecnologia CAD/CAM tambémdados de estruturas protéticas, oferece a possibilidade de se obterpresume-se que o operador tenha infraestruturas de prótese comalguns conhecimentos sobre diferentes materiais (Zircônia, Liga deinformática. Cobalto-Cromo, Titânio, entre outros) disponíveis atualmente com o uso doFresagem mesmo processo de fabricaçãoA partir de um comando, o técnico (fresagem) (POLIDO WD, 2010).manda a peça para impressão. Aimpressora em questão é uma unidade Vantagens da tecnologia CAD/CAMfresadora. O papel dessa impressora A tecnologia CAD/CAM permite osão os blocos pré-sinterizados de controle de qualidade a nívelzircônia. Na unidade fresadora existem micrométrico (POLIDO WD, 2010), obraços articulados com brocas que é de grande importância,especificas em sua extremidade que especialmente em infraestruturas deimprimem a peça desenhada no próteses parafusadas sobre implantes,computador no bloco de cerâmica. O pois essas exigem mais precisão deprocesso todo de fresagem tem a adaptação do que as prótesestemperatura e pressão controladas pelo cimentadas sobre dentes ou implantes,computador. Depois a peça é já que o cimento facilita na passividadesinterizada no laboratório em fornos da peça.específicos com controle digital da Segundo ABDUO J (2011) no caso dastemperatura e tempo. próteses implantossuportadas, estudosDepois dessa etapa, a peça recebe a já reportaram resultados de adaptaçãocerâmica de recobrimento, que junto
  7. 7. marginal de 3,7 μm em infraestruturas (subgengival), o escaneamento deusinadas de zircônia e de 3,6 μm em moldagens ou do modelo em gessoinfraestruturas usinadas de titânio. deve ser a primeira opção (POLIDOA qualidade da adaptação depende de WD, 2010).todos os passos envolvidos: preparo docaso, escaneamento, modelagem em DISCUSSÃOCAD, usinagem, controle de qualidade, A Odontologia atual exige padrões dechecagem e critério da prova em boca. qualidade muito superiores aosDesvantagens da tecnologia verificados no século passado, sob doisCAD/CAM níveis fundamentais: funcionalidade eDentre as limitações da tecnologia estética.CAD/CAM são uso de alguns softwares Bernardes SR et al. (2012) afirmamusados para desenho das que diferentes profissionais envolvidosrestaurações, assim como limitações (dentista e técnico em prótesedo hardware utilizado, como a câmera, dentária/TPD), os diversos tipos deo equipamento de escaneamento e as processamentos, materiaismáquinas de usinagem (CONRAD HJ et restauradores, indicações eal,. 2007) necessidades, associados ao nível deA experiência e conhecimento dos exigência clínica em relação àclínicos e técnicos de laboratório adaptação, estética, suporte,também são de extrema importância restabelecimento da função comquando sistemas CAD/CAM clínicos ou harmonia fisiológica e qualidade macrolaboratoriais forem utilizados. e micrométrica da prótese dentária,O material que será escaneado tornam essa especialidade(modelo de gesso, material de odontológica altamente complexa.moldagem ou a arcada dentária) pode Nesta percepção, exigências comapresentar vantagens e limitações de estética, eficácia e rapidez dos serviçosacordo com o processo escolhido. Os aumentaram grandemente.preparos subgengivais dificilmente são A implementação da tecnologia CAD-digitalizados com a tecnologia CAM, com seus diversos sistemas,disponível nos dias de hoje em ajudará a surtir esse efeito, não noprocessos de escanemento intra oral. sentido de uma “produção em série”Para este tipo de preparo (antes pelo contrário), mas sim num
  8. 8. aperfeiçoamento na produção das usados em coroas totais posteriores erestaurações, pela utilização do em próteses parciais.desenho e da confecção, assistidas por CONSIDERAÇÕES FINAIScomputador. O fato de serem tecno- A informatização de todos os setoreslogias essencialmente informatizadas da saúde e a constante busca pelasexige do clínico e do laboratório uma inovações tecnológicas é um caminhoadaptação das dinâmicas de trabalho que começamos a percorrer e ade forma a rentabilizar o investimento tecnologia CAD/CAM trouxe um avançoefetuado. incomparável para a Odontologia.A tecnologia CAD/CAM já estava Este avanço tecnológico transformoupresente na grande área da engenharia um trabalho artesanal em umamuito antes do que na área de saúde. produção automatizada, exata e comHá alguns anos, a fabricação de nível de qualidade e satisfação superiordiversos produtos industrializados já é ao já imaginado, levando a odontologiarealizada com auxílio da tecnologia moderna a um momento sublime deCAD/CAM. Desde a década de setenta, excelência do serviço, demandando dea aplicação desta técnica vem sendo menor tempo e favorecendosugerida na clínica odontológica com o principalmente a área de dentística,objetivo de simplificar, automatizar e prótese e implantes dentários.garantir níveis de qualidade comadaptações micrométricas das nossaspróteses dentárias (Wildgoose DG, REFERÊNCIASJohnson A, Winstanley RB, 2004; Liu 1. ANUSAVICE KJ, PHILLIPS RW. Phillips’ science of dental materials. St. Louis, Mo.PR, Essig ME., 2008). Saunders, 2003.Liu PR (2008) confirma que essa nova 2. CALVIELLI, I. T. P.; MODAFFORE, P. M. Atécnica apresenta mais facilidade de validade dos arquivos digitais como meiouso, melhor qualidade, maior gama de de prova processual. Revista da APCD, v.57,aplicação e mais complexidade. Ela n.1, jan./fev., 2003.permite a aplicação de novos materiais 3. WATANABE, P. C. A.; TANAKA, E. E.;com mais segurança, que por sua vez PEREIRA, M. F.;PANELLA, J. Estado atual da arte da imagem digital em odontologia.podem ser mais estéticos, com Revista APCD, v.53, n.4, jul./ago., 1999.desgastes parecidos ao esmalte e 4. JOSÉ AGUIOMAR FOGGIATO. O uso daresistência suficiente para serem prototipagem rápida na área medico-
  9. 9. odontologica. Universidade tecnológica do technology for heath care, revised edition,Paraná. Division of Health Care Services, Institute of Medicine, National Academy of Sciece,5. WILDGOOSE DG, JOHNSON A,WINSTANLEY RB. Glass/ceramic/refractory Washington, D.C., D.C., USA; 1997.techniques, their development and 14. HAYASHI, JY. Desenvolvimento eintroduction into dentistry: A historical avaliação de um prontuário virtual daliterature review. J Prosthet Dent. disciplina de cirurgia da Faculdade de2004;91:136-43. Odontologia da Universidade de São Paulo.6. LIU PR, ESSIG ME. Panorama of dental São Paulo, 2009.CAD/CAM restorative systems. Compend 15. SAFIRA, et al., Aplicação dos biomodelosContin Educ Dent. 2008;29:482, 4, 6-8 passim. de prototipagem rápida na Odontologia, confeccionados pela técnica da impressão7. CORREIA et al. CAD-CAM: a informática a tridimensional. R. Ci. méd. biol. 2010;serviço da prótese fixa. Revista deOdontologia da UNESP. 2006; 35(2): 183-89. 9(3):240-246.8. LIU PR. A panorama of dental CAD/CAM 16. BIRNBAUM N, AARONSON HB,restorative systems. Compendium. STEVENS C, COHEN B. 3D digital2005;26:507-16. scanners: A high-tech approach to more9. MCLAREN EA, GIORDANO II RA. Zirconia- accurate dental impressions. Insidebased ceramics: material properties, Dentistry. 2009:5(4). Available from: http://esthetics, and layering techniques of a new www.insidedentistry.net.veneering porcelain, VM9. Quintessence Dent 17. POLIDO Waldemar D. Moldagens digitaisTechnol. 2005;28:99-111. e manuseio de modelos digitais: o futuro da10. AIGRODSKI AJ. Contemporary materials Odontologia. Dental Press J Orthod 18 2010and technologies for all-ceramic fixed partial Sept-Oct;15(5):18-22.dentures: a review of the literature. J 18. GIORDANO R. Materials for chairsideProsthet Dent. 2004;92:557-62. CAD/CAM-produced restorations. J Am Dent11. TINSCHERT J, NATT G, HASSENPFLUG Assoc. 2006;137 Suppl:14S-21S.S, SPIEKERMANN H. Status of current 19. ABDUO J, LYONS K, WADDELL N,CAD/CAM technology in dental medicine. Int BENNANI V, SWAIN M. A Comparison of FitJ Comput Dent. 2004;7(1):25-45. of CNC-Milled Titanium and Zirconia12. BERNARDES SR et al. Tecnologia Frameworks to Implants. Clin Implant DentCAD/CAM aplicada a prótese dentária e Relat Res. 2011.sobre implantes: o que é, como funciona,vantagens e limitações. Revisão crítica da 20. CONRAD HJ, SEONG WJ, PESUN IJ.literatura. Jornal ILAPEO. Volume 06 | nº 01 | Current ceramic materials and systems withJan. Fev. Mar,2012. clinical recommendations: a systematic13. INSTITUTE OF MEDICINE. The computer- review. J Prosthet Dent. 2007;98:389-404.based patient Record:na essencial

×