0
PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO EDUARDO LUIZ
Fogo É um fenômeno químico denominado combustão que ocorre com a produção de Luz e Calor. Incêndio - É a propagação rápida...
TRIÂNGULO DO FOGO comburente combustível calor Reação em cadeia TETRAEDRO DO FOGO
ELEMENTOS ESSENCIAIS DO FOGO Combustível :  é toda a substância capaz de queimar e alimentar a combustão. É o elemento que...
Energia Química Energia Nuclear Energia Elétrica Energia Mecânica
ELEMENTOS ESSENCIAIS DO FOGO Comburente :  é o elemento que possibilita vida às chamas e intensifica a combustão, o mais c...
REAÇÃO EM CADEIA A reação em cadeia torna a queima auto-sustentável. O calor irradiado das chamas atinge o combustível e e...
COMBUSTÃO Reação química, combinada com oxigênio, suficiente para desenvolver energia luminosa, produzindo mais calor.  PO...
FASES DO FOGO FLASHOVER E  BACKDRAFT FASE INICIAL QUEIMA LIVRE QUEIMA LENTA
 
 
 
 
 
 
FASES DO FOGO Backdraft <ul><li>As condições a seguir podem indicar uma situação de Backdraft; </li></ul><ul><li>Fumaça so...
PRODUTOS DA COMBUSTÃO FUMAÇA VAPOR D’AGUA CALOR CARVÃO CINZAS
FUMAÇA DE INCÊNDIO <ul><li>Num incêndio, além das chamas ocorre o desenvolvimento da fumaça. </li></ul><ul><li>Fatores que...
TIPO DE COMBUSTÃO Combustão completa: Quando todos os elementos do combustível possíveis de se combinarem com o oxigênio r...
QUANTO Á VELOCIDADE A velocidade da combustão depende do grau de divisão da matéria. <ul><li>Lenta; </li></ul><ul><li>Viva...
FORMA DE PROPAGAÇÃO DO CALOR <ul><li>O calor pode ser propagado de três diferentes maneiras: </li></ul><ul><li>Condução; <...
FORMA DE PROPAGAÇÃO DO CALOR
EFEITOS DO CALOR O calor é uma forma de energia que produz efeitos físicos e químicos nos corpos e efeitos fisiológicos no...
MÉTODOS DE EXTINÇÃO DO FOGO Os métodos de extinção de fogo baseiam-se na eliminação de um ou mais do elementos essenciais ...
MÉTODOS DE EXTINÇÃO DO FOGO Retirada do Material:  Forma mais simples de extinguir um incêndio, retirada do material combu...
MÉTODOS DE EXTINÇÃO DO FOGO Resfriamento:  Método mais utilizado, diminuição da temperatura do combustível que esta queima...
MÉTODOS DE EXTINÇÃO DO FOGO Abafamento:  Método mais difícil, consiste em diminuir ou impedir o contato do oxigênio com o ...
MÉTODOS DE EXTINÇÃO DO FOGO Quebra da Reação em Cadeia:  Certos agentes extintores, quando lançados sobre o fogo, sofrem a...
CLASSES DOS INCÊNDIOS Classificamos os incêndios de acordo com o material combustível envolvido. Classe “A” Combustíveis s...
CLASSES DOS INCÊNDIOS Classe “B” Líquidos inflamáveis, gases combustíveis, graxas, queima em superfície, não deixam resídu...
CLASSES DOS INCÊNDIOS Classe “C” Materiais ligados à parte elétrica, ou seja, energizados eletricamente.
CLASSES DOS INCÊNDIOS Classe “D” Metais combustíveis pirofóricos (magnésio, alumínio em pó, zinco e etc).
CLASSIFICAÇÃO DOS INCÊNDIOS QUANTO À PROPORÇÃO <ul><li>Esta classificação visa definir as dimensões e a intensidade de um ...
<ul><li>ÁGUA </li></ul><ul><li>ESPUMA QUÍMICA </li></ul><ul><li>PÓ QUÍMICO SECO – PQS </li></ul><ul><li>GÁS CARBÔNICO – CO...
APARELHOS EXTINTORES <ul><li>Para uso automotivo; </li></ul><ul><li>Para uso náutico; </li></ul><ul><li>Para uso geral; </...
EXTINTORES PORTÁTEIS <ul><li>Dimensionamento; </li></ul><ul><li>Classe ocupacional de risco; </li></ul><ul><li>Área de pro...
TIPO DE APARELHOS EXTINTOR PORTÁTEIS ÁGUA CO 2 PQS ESPUMA
TIPO DE APARELHOS EXTINTOR PORTÁTEIS Água Pressurizada Capacidade 10 litros Aplicação Classe “A” Alcance do Jato 10 metros...
TIPO DE APARELHOS EXTINTOR PORTÁTEIS Extintor de Espuma Em desuso Capacidade 10 litros Aplicação Classe “A” e “B” Alcance ...
TIPO DE APARELHOS EXTINTOR PORTÁTEIS Extintor de pó químico Capacidade 1,2,3,4,6,8,10 e 12 kg Aplicação Classe A, B, C e D...
TIPO DE APARELHOS EXTINTOR PORTÁTEIS Extintor de pó químico, pressão injetada Capacidade 2,3,4,6,8,10 e 12 kg Aplicação Cl...
TIPO DE APARELHOS EXTINTOR PORTÁTEIS Extintor de CO 2 Capacidade 1, 2, 4 e 6 kg Aplicação Classe A, B e C Alcance do Jato ...
APARELHOS EXTINTORES *   Se for à base de Bicarbonato de Sódio não se deve utilizá-lo; se for especial, específico, deve-s...
SISTEMAS PREVENTIVOS FIXOS <ul><li>Canalização de preventivos e registros de passeio; </li></ul><ul><li>Caixas de incêndio...
SISTEMAS PREVENTIVOS FIXOS CORES DAS CANALIZAÇÕES EM UMA EDIFICAÇÃO; OBSERVAÇÃO:O  VERDE  É A COR DA SEGURANÇA COR TIPO DE...
SISTEMAS PREVENTIVOS FIXOS <ul><li>CHUVEIRO AUTOMÁTICO (SPRINKLERS) </li></ul><ul><li>Funcionamento; </li></ul><ul><li>Aba...
SISTEMAS PREVENTIVOS FIXOS <ul><li>Detectores de Incêndio </li></ul><ul><li>Detectores térmicos  </li></ul><ul><li>Detecto...
SISTEMA DE ALARME <ul><li>Sistema de alarme de incêndio quanto ao AVISO </li></ul><ul><li>- local </li></ul><ul><li>- seto...
SISTEMA DE ALARME <ul><li>Quanto a composição </li></ul><ul><ul><li>Detecção </li></ul></ul><ul><ul><li>Acionadores manuai...
SISTEMAS PREVENTIVOS FIXOS <ul><li>Iluminação de Emergência: </li></ul><ul><li>Conceito importantes; </li></ul><ul><li>Ins...
SISTEMAS PREVENTIVOS FIXOS <ul><li>Saída de Emergência: </li></ul><ul><li>Conceito importantes; </li></ul>
GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO - GLP <ul><li>Gás liquefeito de petróleo - GLP: </li></ul><ul><li>Conceito importantes; </li></...
GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO - GLP
GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO - GLP <ul><li>Riscos: </li></ul><ul><li>Válvula e mecanismo de segurança do P45 e do P90 ; </li...
GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO - GLP VERIFICAÇÃO DE VAZAMENTOS; Nunca vedar vazamento com Sabão ou Cera
GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO - GLP EXEMPLOS DE BLEVE;
GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO - GLP EXEMPLOS DE BLEVE;
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Material de incendio

18,201

Published on

Published in: Education
2 Comments
7 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
18,201
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
1,064
Comments
2
Likes
7
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Material de incendio"

  1. 1. PREVENÇÃO E COMBATE A INCÊNDIO EDUARDO LUIZ
  2. 2. Fogo É um fenômeno químico denominado combustão que ocorre com a produção de Luz e Calor. Incêndio - É a propagação rápida e violenta do fogo provocando danos materiais ou perda de vidas humanas. - Fogo que foge do controle do homem.
  3. 3. TRIÂNGULO DO FOGO comburente combustível calor Reação em cadeia TETRAEDRO DO FOGO
  4. 4. ELEMENTOS ESSENCIAIS DO FOGO Combustível : é toda a substância capaz de queimar e alimentar a combustão. É o elemento que serve de campo de propagação ao fogo, os combustíveis podem se sólidos, líquidos ou gasosos. Calor : é o elemento que inicia a combustão, forma de energia que eleva a temperatura. O calor é gerado por: Energia Química, Energia Elétrica, Energia Mecânica, Energia Nuclear.
  5. 5. Energia Química Energia Nuclear Energia Elétrica Energia Mecânica
  6. 6. ELEMENTOS ESSENCIAIS DO FOGO Comburente : é o elemento que possibilita vida às chamas e intensifica a combustão, o mais comum é o oxigênio. Atmosfera é composta por 21% de oxigênio , 78% de nitrogênio e 1% de outros gases. Outros gases Oxigênio Nitrogênio
  7. 7. REAÇÃO EM CADEIA A reação em cadeia torna a queima auto-sustentável. O calor irradiado das chamas atinge o combustível e este é decomposto em partículas menores, que se combinam com o oxigênio e queimam, irradiando outra vez calor para o combustível formando um ciclo constante.
  8. 8. COMBUSTÃO Reação química, combinada com oxigênio, suficiente para desenvolver energia luminosa, produzindo mais calor. PONTOS DE COMBUSTÃO <ul><li>PONTO DE FULGOR; </li></ul><ul><li>PONTO DE COMBUSTÃO OU INFLAMAÇÃO; </li></ul><ul><li>PONTO DE IGNIÇÃO; </li></ul>
  9. 9. FASES DO FOGO FLASHOVER E BACKDRAFT FASE INICIAL QUEIMA LIVRE QUEIMA LENTA
  10. 16. FASES DO FOGO Backdraft <ul><li>As condições a seguir podem indicar uma situação de Backdraft; </li></ul><ul><li>Fumaça sob pressão, num ambiente fechado; </li></ul><ul><li>Fumaça escura, tornando-se densa, mudando de cor e saindo do ambiente em forma de lufadas; </li></ul><ul><li>Calor excessivo; </li></ul><ul><li>Pequenas chamas ou inexistência destas; </li></ul><ul><li>Resíduos da fumaça impregnando o vidro das janelas; </li></ul><ul><li>Pouco ruído; </li></ul><ul><li>Movimento de ar para o interior do ambiente quando alguma abertura é feita. </li></ul>
  11. 17. PRODUTOS DA COMBUSTÃO FUMAÇA VAPOR D’AGUA CALOR CARVÃO CINZAS
  12. 18. FUMAÇA DE INCÊNDIO <ul><li>Num incêndio, além das chamas ocorre o desenvolvimento da fumaça. </li></ul><ul><li>Fatores que afetam a formação da fumaça: </li></ul><ul><li>Q O M I T </li></ul><ul><li>Composição química do material; </li></ul><ul><li>A distribuição do material; </li></ul><ul><li>Duração do incêndio; </li></ul><ul><li>O estado físico do material. </li></ul>
  13. 19. TIPO DE COMBUSTÃO Combustão completa: Quando todos os elementos do combustível possíveis de se combinarem com o oxigênio reagirem com o mesmo, não restando nos produtos da combustão combustível nenhum, dizemos que a combustão é completa. Combustão incompleta: Quando a quantidade de oxigênio que entra na combustão é menor que a necessária, teoricamente, aparecem nos produtos da combustão combustíveis, tais como CO, H 2 e em casos de grande escassez de oxigênio até hidrocarbonetos de carvão em pó. Neste caso dizemos que a combustão e incompleta.
  14. 20. QUANTO Á VELOCIDADE A velocidade da combustão depende do grau de divisão da matéria. <ul><li>Lenta; </li></ul><ul><li>Viva; </li></ul><ul><li>Muito Viva; </li></ul><ul><li>Instantânea. </li></ul>
  15. 21. FORMA DE PROPAGAÇÃO DO CALOR <ul><li>O calor pode ser propagado de três diferentes maneiras: </li></ul><ul><li>Condução; </li></ul><ul><li>Convecção; </li></ul><ul><li>Irradiação. </li></ul>
  16. 22. FORMA DE PROPAGAÇÃO DO CALOR
  17. 23. EFEITOS DO CALOR O calor é uma forma de energia que produz efeitos físicos e químicos nos corpos e efeitos fisiológicos nos seres vivos. <ul><li>O Calor produz cinco efeitos, a saber: </li></ul><ul><li>Aumento de temperatura; </li></ul><ul><li>Aumento de volume; </li></ul><ul><li>Mudança do estado físico; </li></ul><ul><li>Efeito químico; </li></ul><ul><li>Efeito fisiológico. </li></ul>
  18. 24. MÉTODOS DE EXTINÇÃO DO FOGO Os métodos de extinção de fogo baseiam-se na eliminação de um ou mais do elementos essenciais que provocam o fogo.
  19. 25. MÉTODOS DE EXTINÇÃO DO FOGO Retirada do Material: Forma mais simples de extinguir um incêndio, retirada do material combustível.
  20. 26. MÉTODOS DE EXTINÇÃO DO FOGO Resfriamento: Método mais utilizado, diminuição da temperatura do combustível que esta queimando.
  21. 27. MÉTODOS DE EXTINÇÃO DO FOGO Abafamento: Método mais difícil, consiste em diminuir ou impedir o contato do oxigênio com o material combustível que esta queimando.
  22. 28. MÉTODOS DE EXTINÇÃO DO FOGO Quebra da Reação em Cadeia: Certos agentes extintores, quando lançados sobre o fogo, sofrem ação do calor, reagindo sobre a área das chamas, interrompendo assim a reação em cadeia.
  23. 29. CLASSES DOS INCÊNDIOS Classificamos os incêndios de acordo com o material combustível envolvido. Classe “A” Combustíveis sólidos que queimam em superfície e em profundidade, deixa resíduos.
  24. 30. CLASSES DOS INCÊNDIOS Classe “B” Líquidos inflamáveis, gases combustíveis, graxas, queima em superfície, não deixam resíduos.
  25. 31. CLASSES DOS INCÊNDIOS Classe “C” Materiais ligados à parte elétrica, ou seja, energizados eletricamente.
  26. 32. CLASSES DOS INCÊNDIOS Classe “D” Metais combustíveis pirofóricos (magnésio, alumínio em pó, zinco e etc).
  27. 33. CLASSIFICAÇÃO DOS INCÊNDIOS QUANTO À PROPORÇÃO <ul><li>Esta classificação visa definir as dimensões e a intensidade de um incêndio, bem como os meios necessários para sua extinção. São Classificados em cinco itens: </li></ul><ul><li>Princípio de Incêndio; </li></ul><ul><li>Pequeno Incêndio; </li></ul><ul><li>Médio Incêndio; </li></ul><ul><li>Grande Incêndio ; </li></ul><ul><li>Extraordinário; </li></ul>
  28. 34. <ul><li>ÁGUA </li></ul><ul><li>ESPUMA QUÍMICA </li></ul><ul><li>PÓ QUÍMICO SECO – PQS </li></ul><ul><li>GÁS CARBÔNICO – CO 2 </li></ul><ul><li>ESPECIAL </li></ul>AGENTE EXTINTORES
  29. 35. APARELHOS EXTINTORES <ul><li>Para uso automotivo; </li></ul><ul><li>Para uso náutico; </li></ul><ul><li>Para uso geral; </li></ul><ul><li>Uso do extintor correto; </li></ul><ul><li>Precauções de segurança; </li></ul><ul><li>Inspeção; </li></ul>Utilizados para a fase inicial do incêndio
  30. 36. EXTINTORES PORTÁTEIS <ul><li>Dimensionamento; </li></ul><ul><li>Classe ocupacional de risco; </li></ul><ul><li>Área de proteção de acordo com a classe ocupacional de risco; </li></ul><ul><li>Condições especificas; </li></ul><ul><li>Sinalização; </li></ul>
  31. 37. TIPO DE APARELHOS EXTINTOR PORTÁTEIS ÁGUA CO 2 PQS ESPUMA
  32. 38. TIPO DE APARELHOS EXTINTOR PORTÁTEIS Água Pressurizada Capacidade 10 litros Aplicação Classe “A” Alcance do Jato 10 metros Tipo de Jato Contínuo Distância de Uso 04 a 08 metros Funcionamento A pressão interna expele água quando acionado Obs: Não utilizar em Classe “C”
  33. 39. TIPO DE APARELHOS EXTINTOR PORTÁTEIS Extintor de Espuma Em desuso Capacidade 10 litros Aplicação Classe “A” e “B” Alcance do Jato 05 metros Tipo de Jato Contínuo Distância de Uso 02 a 04 metros
  34. 40. TIPO DE APARELHOS EXTINTOR PORTÁTEIS Extintor de pó químico Capacidade 1,2,3,4,6,8,10 e 12 kg Aplicação Classe A, B, C e D Alcance do Jato 05 metros Tipo de Jato Intermitente Distância de Uso 02 a 04 metros
  35. 41. TIPO DE APARELHOS EXTINTOR PORTÁTEIS Extintor de pó químico, pressão injetada Capacidade 2,3,4,6,8,10 e 12 kg Aplicação Classe A, B, C e D Alcance do Jato 05 metros Tipo de Jato Intermitente Distância de Uso 02 a 04 metros
  36. 42. TIPO DE APARELHOS EXTINTOR PORTÁTEIS Extintor de CO 2 Capacidade 1, 2, 4 e 6 kg Aplicação Classe A, B e C Alcance do Jato 2,5 metros Tipo de Jato Contínuo Distância de Uso 01 a 02 metros
  37. 43. APARELHOS EXTINTORES * Se for à base de Bicarbonato de Sódio não se deve utilizá-lo; se for especial, específico, deve-se usá-lo.   ÁGUA ESPUMA PQS CO 2 CLASSE A   SIM   SIM   SIM   SIM   CLASSE B   NÃO     SIM   SIM   SIM CLASSE C   NÃO     NÃO   SIM   SIM CLASSE D   NÃO   NÃO   * NÃO   NÃO  
  38. 44. SISTEMAS PREVENTIVOS FIXOS <ul><li>Canalização de preventivos e registros de passeio; </li></ul><ul><li>Caixas de incêndio e seus respectivos equipamentos: </li></ul><ul><li>Caixa D’água Subterrânea; </li></ul><ul><li>Caixa D’água Superior; </li></ul><ul><li>Dispositivo de Emergência para uso do corpo de Bombeiros (DEPUCB); </li></ul><ul><li>Cores das canalizações em uma Edificação; </li></ul><ul><li>Chuveiro Automático (SPRINKLERS); </li></ul>
  39. 45. SISTEMAS PREVENTIVOS FIXOS CORES DAS CANALIZAÇÕES EM UMA EDIFICAÇÃO; OBSERVAÇÃO:O VERDE É A COR DA SEGURANÇA COR TIPO DE CANALIZAÇÃO AZUL / VERDE ÁGUA POTÁVEL PRETO / MARRON ESGOTO CINZA FIAÇÃO ELÉTRICA AMARELO / LARANJA GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO (GLP) VERMELHO COMBATE A INCÊNDIO
  40. 46. SISTEMAS PREVENTIVOS FIXOS <ul><li>CHUVEIRO AUTOMÁTICO (SPRINKLERS) </li></ul><ul><li>Funcionamento; </li></ul><ul><li>Abastecimento do sistema de chuveiros automáticos; </li></ul><ul><li>Tipos de chuveiros automáticos (dilúvio/cortina) </li></ul><ul><li>Tipos de sistemas de chuveiros automático(seco/molhado) </li></ul><ul><li>Cor do Líquido na ampola dos Splinklers ; </li></ul>
  41. 47. SISTEMAS PREVENTIVOS FIXOS <ul><li>Detectores de Incêndio </li></ul><ul><li>Detectores térmicos </li></ul><ul><li>Detector à temperatura fixa </li></ul><ul><li>Detector termovelocimétrico </li></ul><ul><li>Detector de fumaça </li></ul><ul><li>Detector de chamas </li></ul><ul><li>Central de Alarme de incêndio </li></ul>
  42. 48. SISTEMA DE ALARME <ul><li>Sistema de alarme de incêndio quanto ao AVISO </li></ul><ul><li>- local </li></ul><ul><li>- setorizado </li></ul><ul><li>- geral </li></ul>
  43. 49. SISTEMA DE ALARME <ul><li>Quanto a composição </li></ul><ul><ul><li>Detecção </li></ul></ul><ul><ul><li>Acionadores manuais </li></ul></ul><ul><ul><li>Central de alarme </li></ul></ul><ul><ul><li>Rede elétrica </li></ul></ul><ul><ul><li>Sistema de aviso (visual ou sonoro) </li></ul></ul>Inspeção do brigadista
  44. 50. SISTEMAS PREVENTIVOS FIXOS <ul><li>Iluminação de Emergência: </li></ul><ul><li>Conceito importantes; </li></ul><ul><li>Inspeção em sistema de iluminação de emergência; </li></ul>
  45. 51. SISTEMAS PREVENTIVOS FIXOS <ul><li>Saída de Emergência: </li></ul><ul><li>Conceito importantes; </li></ul>
  46. 52. GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO - GLP <ul><li>Gás liquefeito de petróleo - GLP: </li></ul><ul><li>Conceito importantes; </li></ul><ul><li>Características dos gases derivados de petróleo </li></ul>
  47. 53. GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO - GLP
  48. 54. GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO - GLP <ul><li>Riscos: </li></ul><ul><li>Válvula e mecanismo de segurança do P45 e do P90 ; </li></ul><ul><li>Válvula e mecanismo de segurança do P-13 ; </li></ul><ul><li>Cuidados com o recipiente ; </li></ul><ul><li>Cuidados diversos. </li></ul><ul><li>Controle de vazamento de GLP com fogo </li></ul><ul><li>Precauções ao chegar ao local; </li></ul>
  49. 55. GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO - GLP VERIFICAÇÃO DE VAZAMENTOS; Nunca vedar vazamento com Sabão ou Cera
  50. 56. GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO - GLP EXEMPLOS DE BLEVE;
  51. 57. GÁS LIQUEFEITO DE PETRÓLEO - GLP EXEMPLOS DE BLEVE;
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×