Manuscrito Fundamentos Final
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Manuscrito Fundamentos Final

on

  • 2,407 views

 

Statistics

Views

Total Views
2,407
Views on SlideShare
2,390
Embed Views
17

Actions

Likes
0
Downloads
10
Comments
0

2 Embeds 17

http://fc-hardware.blogspot.com 14
http://www.fc-hardware.blogspot.com 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft Word

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Manuscrito Fundamentos Final Document Transcript

  • 1. Componentes básicos do computador: configurando a máquina ideal Ernane Rezende de Sá Everiline Bispo Jorge Araujo 79 9809-6047 79 8815-6787 79 9986-8989 Ernane.sa@gmail.com Ve_sagara@hotmail.com Jorge.araujo.kgb@hotmail.com Kevin Filipe Thiago Emanuel 79 8826-7503 79 8807-4788 Kevin_filipe@hotmail.com Thiago.emanuel@hotmail.com aparelhos que deram origem ao que hoje se conhece por computador. RESUMO Este trabalho tem como principal objetivo estudar os componentes básicos de um computador, sua evolução e demonstrar de forma detalhada e de fácil entendimento ao Na seção 2 serão apresentados os componentes de maior usuário a melhor maneira de configurar sua máquina. Para tanto, importância de um computador e em suas subseções suas foram traçados os seguintes objetivos: expor o que é e para que definições e utilidades. Na seção 3, será visto o estudo de caso, serve o computador, detalhar os componentes e ajudar a que mostrará ao usuário como configurar sua máquina. Já na escolher a configuração mais adequada às necessidades do seção 4, será apresentada a conclusão do trabalho e por fim, na usuário. A metodologia usada para este estudo foi o método seção 5 as referências utilizadas. exploratório, com base em pesquisas bibliográficas e documentais. 1.1 A história do computador Em 1854 o matemático inglês George Boole descreve o seu Palavras-chave: sistema de raciocínio lógico (base para a programação de Computador, configuração, componentes. computador), onde as variáveis assumem apenas valores 0 e 1. A lógica booleana foi usada na implementação dos circuitos elétricos internos a partir do século XX. Em 1945 surgiu, na Universidade da Pennsilvânia, o primeiro ABSTRACT computador eletrônico, o Eniac – Eletrical Numerical Integrator This work has as main objective to study the basic components and Calculator. Com mais de 18 mil válvulas e pesando cerca de of a computer, its evolution and show a detailed and easy to 30 toneladas, ele dispendia o equivalente a 200 quilowatts de understand the user the best way to configure your machine. For calor. Sua manutenção era complicada, pois esquentava both, were outlined the following objectives: explain what is and rapidamente e era obrigado a usar custosos sistemas de what use the computer, detailing the components and help refrigeração. As válvulas começavam a queimar em dois choose the configuration best suited to the needs of the user. The minutos depois de o Eniac ser ligado. methodology used for this study was the exploratory method, Em 1947, um grupo de Standford inventou o transistor. Usando based in bibliographic and documentary research. semicondutores, os transistores poderiam substituir as válvulas, sendo menores, mais rápidos e mais duradouros. Além de não Keywords: esquentarem tanto nem consumirem tanta energia. Computer, configuration, components. 1.2 Evolução 1. INTRODUÇÃO 1.2.1 Gerações de computadores Até o século XIX, a palavra computador era utilizada para designar a pessoa que tinha a função de fazer contas e problemas Os computadores de primeira geração (1945-1959) usavam que envolvessem números. A aplicação do termo ao moderno válvulas eletrônicas, quilômetros de fios, eram lentos, enormes e computador só apareceu em 1944, quando o jornal inglês esquentavam muito. London Times fez uma matéria sobre os equipamentos que no futuro poderiam substituir o esforço humano. Não houve um A segunda geração (1959-1964) substituiu as válvulas inventor do computador, mas o aperfeiçoamento de vários eletrônicas por transistores e os fios de ligação por circuitos impressos. Isso tornou os computadores mais rápidos, menores e de custo mais baixo.
  • 2. A terceira geração de computadores (1964-1970) foi construída lançados). Inicialmente, pode-se considerar que existiam dois com circuitos integrados, proporcionando maior compactação, tipos De memórias RAM: redução dos custos e velocidade de processamento da ordem de SRAM – memória de Acesso Aleatório Estático. micro segundos. Tem início a utilização de avançados sistemas operacionais. DRAM – Memória de Acesso Aleatório Dinâmico. A quarta geração, de 1970 até hoje, é caracterizada por um No primeiro caso, que custava mais caro, Essas memórias eram aperfeiçoamento da tecnologia já existente, proporcionando uma mais velozes, e armazenavam mais dados por vez, porem otimização da máquina para os problemas do usuário, maior maiores fisicamente. Enquanto no segundo, eram Memórias grau de miniaturização, confiabilidade e velocidade maior, já da mais lentas, porem de preço acessível e menor fisicamente, por ordem de nanosegundos (bilionésima parte do segundo). isso esse tipo de memória se tornou padrão para Memória RAM dos Computadores. 2. CONCEITOS/TECNOLOGIAS Com o crescente ramo tecnológico, novos tipos de memórias Nessa seção será dada a definição e a utilidade de cada foram criadas. Hoje, por exemplo, as Memórias DDR- SDRAM componente básico de um PC. são classificadas da seguinte forma: SDRAM- (Memória de Acesso Aleatório Dinâmico Síncrono, 2.1 Memória que é capaz de acompanhar a velocidade de seu barramento, uma evolução das memórias DRAM). DDR- (Taxa de Transferência Dobrada, que conseguem Sabemos que a palavra Memória se traduz pela capacidade de transferir duas vezes mais que as memórias antecessoras, SDR.). Organizar, Manipular e Controlar informações. Quando se fala em memórias de computador, essa definição não sofre muitas Por exemplo: DDR 400 MHz. mudanças. Atualmente As Memórias RAM para computador, chegam Até 2.1.1 Tipos De Memórias DDR3 e possuem uma velocidade de transferência de até 12800 Mb/s, o que garante um maior desempenho para na maquina em conjunto com outros componentes. Em Computação, existem basicamente dois tipos de memórias: -RAM (Random Acces Memory – Memória de Acesso Aleatório); 2.1.2 Tecnologias e Módulos -ROM (Read Only Memory – Memória Somente Leitura); Aparentemente não notamos muita diferença em relação a esses dois assuntos, qeu na verdade, possuem definições e aplicações 2.1.1.1 Memória ROM bem distintas. As memórias ROM tem como principal característica o 2.1.2.1 Tecnologia “armazenamento” de dados que não serão perdidos após desligar ou reiniciar o Computador. Atualmente As Memórias ROM mais utilizadas são do Tipo flash EEPROM (Memória Somente Simplificando, a tecnologia se refere ao soquete que será de Leitura Programável Apagável Eletricamente, que pode ser encaixado (soldado) nos módulos, qual é o tipo deste soquete, apagada com uma carga elétrica e posteriormente que especificamente, trata-se da memória em si. Na maioria das reprogramada).Nesse tipo de memória, os dados podem ser vezes, este soquete, que é a própria memória, é de cor preta. inscritos de fabrica ou não, podem se atualizados via Sistema Operacional (Softwares) e, em casos mais atuais, reiniciados Exemplo: SDRAM, DDR-SDRAM, DDR2-SDRAM, etc. pela própria placa-Mãe. 2.1.2.2 Módulos 2.1.1.2 Memória RAM Enquanto o Módulo se refere ao lugar que serão encaixados Já as Memórias RAM, possuem a capacidade de (soldados) os soquetes de memória. Esse modulo é mais “armazenamento” (temporário) de dados que serão lidos ou conhecido como “pente”. E é esse “pente” tambem possui os processados. A Principal característica dessas memórias é que contatos para o encaixe na placa mãe. elas são voláteis, ou seja, após a desligar ou reiniciar o Exemplo: DIMM, SIMM, etc. computador, elas perdem os dados que estão “armazenados”. Esse tipo de memória sofreu varias evoluções e adaptações, para acompanhar o processo de modernização e tecnologia (novos componentes cada vez mais potentes e mais rápidos que eram 2.1.3 Dual Channel
  • 3. As memórias RAM hoje já possuem uma velocidade de Sendo uma variação dos dois modelos de placa citados transferência bastante razoável, porem para obter um anteriormente, o padrão micro ATX consiste em basicamente desempenho maior foi lançado há algum tempo, o modelo de uma placa ATX com o tamanho de uma placa AT. memórias Dual Channel, que se trata de dobrar a velocidade de Foi graças ao avanço das placas-mãe que hoje em dia se pode transferência teórica da memória, permitindo a troca de mais desligar o PC via software, novidade marcante na placa-mãe dados. Esse processo não modifica nenhuma das outras ATX,evitando que o usuário tenha que esperar o sistema características da memória (Freqüência, latência, etc.), apenas operacional finalizar para poder desligar seu micro fisicamente, dobra a taxa de transferência, como foi citado acima. ou seja, desligar a fonte de alimentação. Por exemplo: DDR – Taxa de Transferência 400 Mhz 3200 Mb/S 2.2.1 Componentes da placa-mãe (Sem Dual Channel) 400 Mhz 6400 Mb/S (Com Dual Channel) Independente do formato ou modelo, encontramos basicamente sempre os mesmos componentes numa placa-mãe. Temos: Slots Pci,Agp,placas de vídeo,modems,soquetes para o encaixe de Deve ser levado em consideração que o aumento em 100% da memória,fonte de alimentação,Bios ,Chipset, entre outros. taxa de transferência teórica da memória, não significa que o Computador vai melhorar 100% no seu desempenho, na verdade essa melhoria não passa dos 10% a 15%. 2.2.2 Chipset 2.1.2.3.1 Configuração compatível com Dual Channel; O chipset é o componente mais importante da placa-mãe, é ele quem comanda todo fluxo de dados entre o processador e, as memórias e os demais componentes. Para utilizar o Dual Channel você deve possuir os seguintes itens: Ele é composto internamente de vários outros pequenos chips,um para cada função que ele executa, daí o nome chipset, -Sua Placa-Mãe deve suportar a tecnologia; a palavra Set significa conjunto. -Em Placa-Mãe Intel o Chipset Norte deve também ter suporte a Dual Channel; O chipset também determina quais freqüências de barramento a -Em Placa-Mãe AMD O processador deve ter suporte a Dual placa-mãe irá suportar, e conseqüentemente, quais Channel. processadores poderão ser usados. - Possuir Dois módulos de memória Idênticos (Testes Com o lançamento do barramento PCI um novo conceito pôde comprovaram que essa opção não deve ser seguida a risca, pois ser empregado: a utilização de pontes. Era através do mesmo utilizando memórias de diferentes capacidades, modelos barramento PCI que essas “pontes” se comunicavam, estas e freqüência é possível habilitar o Modo Dual.). ficaram conhecidas com ponte norte e ponte sul. 2.2.3 Northbridge 2.2 Placa-mãe O chip ponte norte conhecido também como Memory controller hub, é conectado diretamente ao processador e suas funções são: A placa-mãe é uma a peça responsável por interligar os controlar memória, barramento AGP, barramento PCI Express e dispositivos de input e output, ou seja, de entrada e de saída de serve de interface para transferência de dados com a ponte sul. dados. No inicio, o barramento utilizado para conectar a ponte norte à ponte sul era o barramento PCI. Existem 3 tipos de placas-mãe: AT,ATX e a variação micro No entanto, devido a sua limitação na transferência de dados, o ATX.[5] barramento PCI foi posteriormente substituído por um O modelo mais antigo é o AT que tem como característica o barramento dedicado. menor porte em relação as placas ATX, porém, devido ao seu menor porte fazia com que alguns componentes ficassem amontoados dificultando a passagem do ar dentro do gabinete.Para resolver os problemas anteriores criou-se o padrão ATX, este sendo de maior tamanho, permite que os 2.2.4 Southbridge componentes fiquem mais organizados dentro do gabinete, fazendo com que a temperatura do PC se mantenha equilibrada. Também conhecida como “input/output controller hub” a ponte sul desempenha a função de controlar os dispositivos on-board
  • 4. de entrada e saída tais como: discos rígidos, portas USB, som, A sigla USB é a abreviação de Universal Serial Bus.Graças a ela rede, barramento PCI, barramento Isa, relógio de tempo real, pode-se hoje em dia trocar dados com o computador de forma memória de configuração e dispositivos antigos como simples como por exemplo transferir fatos de uma câmera controladores de interrupção e de DMA. digital para a memória de um computador. Atualmente o padrão mais utilizado é o USB 2.0 que é capaz de 2.2.5 BIOS transferir dados a uma velocidade de 480 Mbps, o equivalente a 60 MB por segundo,mas um novo padrão está chegando no mercado: o USB 3.0. Ele é capaz de transferir dados a 4,8 Gbps, A palavra propriamente dita significa Basic Input Output cerca de 600 MB por segundo, além de permitir a transferência System, em português “sistema básico de entrada e saída”. O simultânea de dados, ou seja, será possível enviar e receber um BIOS é responsável de reconhecer os dispositivos de hardware arquivo ao mesmo tempo. instalados , dar o boot, e prover informações básicas para o funcionamento do micro. 2.2.8 Disco Rígido Muitos dos recursos do BIOS podem ser configurados através de um pequeno programa, chamado de SETUP. A palavra HD deriva do inglês "Hard disk", o termo winchester também era muito popular pra designar o termo HD devido ao 2.2.6 Barramentos modelo 3340 lançado pela IBM em 1973, com dois pratos de 30 megabytes e tempo de acesso de 30 milissegundos. Assim criou- se o termo 30/30 Winchester (uma referência à espingarda São portas através das quais o processador pode comunicar-se Winchester 30/30). com os demais componentes do micro. Os discos rigidos foram criados originalmente para serem usados em computadores em geral. Mas no século 21 as 2.2.6.1 Barramento ISA(Industry stantard architeture) aplicações para esse tipo de disco foram expandidas e agora são usados em câmeras filmadoras, tocadores de música como Ipod, mp3 player, PDAs, videogames, e em celulares. O barramento ISA era muito utilizado para funcionar dispositivos que não requeriam de muita velocidade de transferência como modems e placas de som. 2.2.9 HD IDE Existiam o barramento ISA de 8 bits e de 16 bits ambos trabalhavam a uma freqüência de 8 MHz. Hoje em dia esse Abreviação de Intelligent Drive Electronics ou também barramento está presente apenas nos livros de informática já que Integrated Drive Electronics. esse dispositivo se tornou obsoleto devido a criação de A interface IDE é uma interface para drives de armazenamento barramentos mais eficazes. onde o controlador está integrado no disco rígido ou nos drives de cd. É um termo genérico, onde é coberto com mais tecnologia pelo ATA. 2.2.6.2 Barramento PCI 2.2.9.1 HD SATA O barramento PCI foi criado pela Intel em meados dos anos 90.Esse barramento tem como característica a capacidade de Abreviação de S-ATA que quer dizer Serial ATA, uma evolução transferir dados a 32 bits e clock de 33 MHz, ou seja, esse do PATA. É um link serial, e o cabo SATA cria uma conexão barramento se tornou capaz de transferir dados a uma taxa de até ponto a ponto entre os dispositivos, no caso, mobo e hd. A taxa 132 Mb por segundo. inicial de transferência é de 150MBps, daí o nome de SATA 150. Uma das vantagens é o cabo de dados (cabo serial) de Outra característica que marcou foi a sua compatibilidade com o dimensão super reduzida em relação aos antigos cabos para recurso chamado Plug and Play, esse recurso é capaz de ATA. reconhecer automaticamente os dispositivos que são conectados Cabos ATA podem ter extensão de até 40cm enquanto os cabos ao slot PCI. seriais (cabos de dados SATA) podem ter até um metro de comprimento. A tensão do sinal caiu de 5.0 volts para apenas 2.2.6.3 Barramento AGP 0.7 volts no SATA. Com isso, os controladores poderão ser menores, além de menor consumo de energia e menor dissipação de calor. Esse barramento foi criado para atender as necessidades das placas de vídeo quanto a transferência de dados. O AGP tem como principal característica a maior capacidade em relação ao barramento PCI, enquanto ele transfere dados a um clock de 2.2.10 Sistema de arquivos 66MHz o seu antecessor,PCI, se limita a um clock de 33 MHz. 2.2.7 USB 2.2.10.1 FAT (File Alocation Table) A função da FAT é servir como um índice, armazenando informações sobre cada cluster do disco. Através da FAT, o
  • 5. sistema operacional sabe se uma determinada área do disco está 30% na perda de energia em comparação aos processadores de ocupada ou livre, e pode localizar qualquer arquivo armazenado. gerações anteriores. Os últimos avanços da Intel em tecnologia de processadores 2.2.10.2 FAT16 conseguiram aumentar ao máximo seu rendimento, reduzir seu tamanho e o seu consumo de energia. Mais nem sempre foi assim, já que nos primórdios da era da informática os O sistema de arquivos utilizado pelo MS-DOS chama-se computadores eram, na verdade, grandes máquinas capazes FAT-16. Neste sistema existe uma Tabela de Alocação de apenas de realizar alguns poucos cálculos matemáticos. Arquivos (File Allocation Table, FAT) que na verdade é um mapa de utilização do disco. A FAT mapeia a utilização do Durante as décadas de 50 e 60 gerou-se outro grande avanço: os espaço do disco, ou seja, graças a ela o sistema operacional é computadores deixaram de funcionar á base de tubos a vácuo e capaz de saber onde exatamente no disco um determinado começaram a utilizar circuitos transistores.Os transistores são arquivo está armazenado. pequenos interruptores de transmissão elétrica. O O sistema FAT 16 é o sistema mais antigo, ele adota 16 bits desenvolvimento de circuitos integrados permitiu, em 1971, o quanto a forma de endereçamento no HD, e permite armazenar aparecimento do primeiro microprocessador, o 4004 da Intel,que no máximo 65526 clusters. O que seria esses clusters? é a menor continha 2000 transistores. parte reconhecida pelo sistema operacional, e que pode ser formado por vários setores. 2.3.2 Evolução histórica dos processadores 2.2.10.3 FAT 32 1937 O sistema de arquivos FAT 16 (File Allocation Table 16) não Aparece o primeiro suporta partições maiores do que 2 GB. Já o FAT 32 (File Allocation Table 32) suporta partições de até 32 GB. Outra microprocessador, o 4004 da limitação do FAT 32 está no tamanho máximo dos arquivos que Intel, com 2000 transistores. não pode ultrapassar 4 GB menos 1 byte. Essas duas limitações, 1947 especialmente a última, motivaram a Microsoft a desenvolver o formato NTFS que permite partições muito maiores e tamanhos Introdução dos de arquivo mais adequado ao uso de mídia e sistemas maiores. transistores Mesmo assim o sistema FAT 32 resultou em uma mudança significativa em relação ao FAT 16 devido ao melhor aproveito 1971 das informações evitando desperdício. Lançamento do processador 8088 da Intel, o primeiro 2.2.10.4 NTFS com 16 bits. O sistema NTFS foi criado para substituir o FAT32 devido ao 1981 seu maior nível de armazenamento, melhoria no sistema de Processador Intel 286, organização dos arquivos evitando ( mais ainda do que o sistema com 139.000 transistores FAT32) o desperdício de dados, sem contar na melhor segurança e recuperação de dados. 1982 Existem inúmeras partições, porém o Windows utiliza apenas Surgimento do Intel 386, o FAT32 e NTFS, sendo a segunda muito mais confiável. NTFS permite Ficheiros com mais de 4GB ao contrario do primeiro que permitiu a FAT32 que tem o limite de 4GB para um só ficheiro. execução de múltiplas tarefas. 1985 2.3 Processadores O triplo de transistores, com o Processador Intel Pentium® III 2.3.1 A história dos processadores 1999 Primeiros processadores de Segundo Gordon Moore, co-fundador da Intel e autor da lei que 90nm fabricados com Silício leva seu nome, os novos processadores Nehalem da Intel representam o maior avanço na tecnologia aplicada a 2001 transistores desde a década de 60. Estes processadores, com um tamanho menor que o da unha de um dedo, são o resultado de Processador Intel um avanço tecnológico que começou há alguns anos atrás com Core™2 Duo, computadores maiores e de menor capacidade. fabricado em 65nm Com a introdução de materiais totalmente novos, como os circuitos baseados em Háfnio,alcançaram uma redução de até 2006 ENIAC (Electronic Numerical
  • 6. Integrator Computer), primeiro As inovações na arquitetura da informática permitiram que um sem processos analógicos poder muito maior que o daquele enorme colosso ENIAC aparecesse em um microchip menor que a ponta de um dedo. 1946 Assim, os Processadores Intel de 45nm são a nova era dentro do Lançamento do Processador avanço tecnológico no qual a Intel continua fazendo história. Intel Pentium com 3 milhões de transistores 2.4 Periféricos 1991 Primeiro processador Os computadores são ferramentas essenciais em quase todos os multicore do mercado: o campos de nossas vidas, tendo sido integradas a ela para poder transformar tarefas complexas em tarefas mais fáceis de serem Intel Pentium D executadas, agilizar processos e também como ferramenta para 2005 diversão. Lançamento do Intel Core™2 Porém, qual seria a utilidade do computador se não fossem os periféricos? Quad, primeiro processador Sem os periféricos os computadores não seriam úteis, pois não com quatro núcleos teriam como se comunicar com os usuários. 2007 A era dos 45nm Então, o que são periféricos? Periférico é tudo aquilo que não é central. Em 1981 apareceu o processador 8088 da Intel. O mesmo era de E quem é o centro? 16 bits, trabalhava com um máximo de 10MHz e dispunha de 29.000 transistores. Um ano depois, o processador Intel 286, que A CPU (unidade central de processamento). contava com 39.000 transistores, foi lançado no mercado. Então, tudo aquilo que se conecta à CPU, ou num sentido mais A Intel desenvolveu em 1985 um processador que dispunha de amplo, ao computador pode ser chamado de periférico. 287.000 transistores, ou seja, cem vezes mais que o processador Entende-se como periféricos os dispositivos eletrônicos que, 4004 de quinze anos atrás: era o Intel 386, que com seus 32 bits conectados ao computador tem a capacidade de receber ou foi o primeiro que permitiu a execução de tarefas múltiplas. enviar informações para o usuário/CPU, ou seja, é a forma de o O Processador Intel Pentium foi lançado em 1991. Ocupava uma usuário se comunicar com o computador e o computador superfície de 0.8 micron e continha 3 milhões de transistores. responder ao estímulo do usuário. Oito anos depois a quantidade de transistores passou a ser três vezes maior (9.5 milhões) com o Processador Intel Pentium III. 2.4.1- Tipos de periféricos No começo do novo milênio, a Intel encontrava-se desenvolvendo processadores de 90nm que ofereciam um maior desempenho e um menor consumo de energia. Foram os Os periféricos servem para que possamos interagir com a primeiros máquina, sendo informando os dados (periféricos de entrada) ou obtendo uma resposta do que foi processado pela CPU processadores fabricados com Silício. (periféricos de saída). Em 2005 surgiu o primeiro processador multicore do mercado: o Os periféricos são formados por 3 grupos: Intel Pentium D. Foi o começo da tecnologia Dual-Core em microprocessadores, que um ano depois levou ao Periféricos de entrada desenvolvimento do processador Intel Core™2 Duo. Seu Os que recebem as informações do usuário e a enviam para processo de fabricação de 65nm permitiu que se chegasse a processamento. dispor de até 290 milhões de transistores. A forma mais comum de entrada de dados é pelo teclado, porém Os avanços na tecnologia multicore continuaram seu curso e os também é feita através do mouse, do scanner e caneta ótica. processadores de quatro núcleos Intel Core™2 Quad fizeram sua Teclado aparição em 2007. Desta forma, a liderança da Intel novamente O funcionamento do teclado se dá através de uma placa traduziu-se em um maior desempenho para o usuário, que agora eletrônica localizada embaixo das teclas que consta de um pode aproveitar ao máximo a experiência multimídia. “microcontrolador”.Quando se pressiona a tecla se gera um Finalmente, chegou a era dos 45nm em 2008, conhecidos sob o código de ativação e quando a mesma é solta gera-se outro código de Nehalem. Os menores processadores do mundo, que código chamado de repouso.Então o microcontrolador do usam o Háfnio como componente, foram implementados no teclado traduz esse toque do usuário para o código ASCII, que é desenvolvimento do Intel Core™ 2 Duo, Intel Core™2 Quad, o código que será utilizado pela máquina. Intel Xeon e também na linha mais recente de processadores, Intel Atom™, que representa a maior inovação dentro da eletrônica nos últimos 40 anos. Mouse
  • 7. O mouse é uma pequena peça deslizante que serve para USB flash driver ou chaveiro de memória é um dispositivopara movimentar o cursor na tela, servindo para selecionar um objeto armazenamento que geralmente utiliza memória flash e que da tela com um clique simples ,abrir ou executar um comando possui uma ligação USB,permitindo a sua conexão com o com duplo clique,arrastar um objeto ou apenas se movimentar computador.Memória flash é uma memória cujos chips são pela tela. parecidos com a memória RAM,permitindo que vários Já nos computadores portáteis (notebooks)eles são substituídos endereços sejam apagados ou escritos ao mesmo tempo,porém pelo Touchpad,um dispositivo sensível ao toque que utiliza ao contrário da memória RAM convencional ,a memória flash coordenadas X e Y para determinar onde o toque do dedo do preserva o seu conteúdo sem a necessidade de fonte de usuário teve início e assim transferi isso para o ponteiro,fazendo alimentação. com que ele se movimente pela tela. Periféricos de saída 3. ESTUDO DE CASO: CONFIGURE SUA MÁQUINA. Os que recebem os dados já processados e informam ao usuário o resultado do processamento. Quando se fala de configuração de computadores não se pode Já as formas mais comuns de saída são utilizando monitor, sugerir uma determinada configuração sem o conhecimento da impressora, caixas de som, data show, dentre outros. atividade que vai ser realizada. Sendo assim, analisa-se para que finalidade o usuário vai usar o computador e sugere-se sua configuração. Pode-se dividir os usuários em grupos visando Monitor uma sugestão mais fácil da configuração. Atualmente os monitores de tubo de raios de catódicos, ou A seguir encontram-se alguns grupos de usuários e as simplesmente CRT estão sendo substituídos pelos de LCD(tela configurações recomendadas a cada tipo. de cristal líquido),em parte pelo menor espaço que ocupa ,como também pela resolução que se tem numa de LCD e o peso do equipamento.No monitor podemos ver as informações do 3.1 Usuário convencional sistema operacional assim como os programas que estão sendo executados.O que define uma qualidade superior ou inferior de imagem é a quantidade de pixels que aparece na tela São os usuários que querem o computador para realizar simultaneamente ,a taxa de atualização da imagem, a área útil atividades básicas como acessar e-mail, navegar na internet, do monitor, além do tamanho do ponto. trabalhos escolares. Nada que necessite de uma máquina potente, então para este tipo de usuário recomenda-se uma maquina simples, com: Impressora A impressora é um dispositivo que serve para imprimir, geralmente em papel, imagens e textos.Dependendo da Monitor LCD 15’’ impressão ,a impressora pode ser classificada como matricial Processador Core Duo 1.73Ghz ,jato de tinta ou laser. Memória DDR2 1 Gb A qualidade da impressão é medida em dpi(pontos por polegada).Uma impressão realizada com qualidade de 300 dpi é HD 80 Gb considerada de baixa qualidade ,uma de qualidade normal Placa-Mãe GigaByte ou superior realiza uma impressão de 600 dpi,porém profissionais gráficos Gravador de DVD imprimem com qualidade que pode chegar a até 2.400 dpi.Além da qualidade observa-se também a velocidade da impressão ,que Caixas de som geralmente é medida em páginas por minuto, podendo ser Teclado e mouse óptico também medida por caracteres por segundo e até mesmo linhas por minuto.Antigamente as impressoras eram conectadas aos computadores por portas paralelas ou seriais ,sendo que atualmente boa parte se conecta utilizando tecnologia USB e algumas ainda tem a opção de conexão através de 3.2 Voltado para jogos rede,utilizando cabo com conector RJ-45 ou até mesmo rede sem fio. Já para os que gostam de jogar, o nível de processamento deve ser superior ao do usuário convencional, deve-se ter placa de Periféricos mistos vídeo dedicada e maior quantidade de memória. Então, recomenda-se: E os que podem fazer tanto a função de entrada dos dados como a função de saída. Já as formas mais comuns de periféricos mistos são Monitor LCD 19” gravadores/leitores de CD/DVD, pen drive, monitores Processador Core i7 940 LGA 1366 2.93 GHz/Core 2 Quad touchscreen e HUB. Q9550 LGA775(levando-se em conta o sistema operacional) Memória DDR3 1033 Mhz Pen drive HD 500 GB SATA
  • 8. Placa-Mãe ASUS P6T Deluxe LGA 1366 Intel X58 i7/ASUS [8]O que são exatamente periféricos? P5N-T Deluxe LGA 775 Tri-SLI http://parceiro.buscape.com.br/guia-de-compra- de-outros- Placa de vídeo ATI Radeon HD4870 512Mb GDDR5/nVidia perifericos.html#ancora01 GeFORCEn9800GT 512 MB [9]www.ufpa.br/dicas/mic/mic-e-s.htm Gravador de DVD [10]Dispositivos periféricos de entrada y salida de un Caixa de som computador Teclado e mouse óptico [10]www.monografias.com/trabajos34/dispositivos- perifericos/dispositivos-perifericos.shtml [11]http://www.guiadohardware.net/termos/r.html#rom 3.3 Profissional [12]Morimoto,Carlos Eduardo. Hardware,O guia definitivo, 2007. Já os profissionais que necessitam do computador para [13]http://pt.wikipedia.org/wiki/FAT_(sistema_de_ficheiros) trabalhar, não poderão ter uma máquina básica como o usuário convencional, porém não necessitarão de uma máquina equivalente à voltada para jogos. Recomenda-se então uma configuração que fica no meio termo, sendo esta: Monitor LCD 22” ProcessadorCore 2 Duo E6600 Memória 4GB Corsair XMS2 Dual Channel DDR2 HD Seagate 250GB SATA Placa-Mãe Asus Sriker Extreme Placa de vídeo XFX nVidia 8800GTS 320Mb Gravador de DVD Caixa de som Teclado e mouse óptico 4. Conclusão Concluímos que existem vários tipos de configurações para diversas finalidades diferentes, sendo necessário ter um bom conhecimento dos componentes do computador para um dimensionamento adequado à finalidade a que se destina. Desta forma, com este trabalho procuramos esclarecer os leitores do que é necessário para poder montar uma boa máquina, sem subdimensionar o equipamento ou gastar muito dinheiro sem necessidade. 5.REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS [1]http://www.guiadohardware.net/tutoriais/memoria-ram/ [2]http://www.guiadohardware.net/tutoriais/memoria-flash/ [3]http://forum.clubedohardware.com.br/1gb- ddr2-533/660563 [4]www.monografias.com/trabajos34/dispositivos- perifericos/dispositivos-perifericos.shtml [5]www.suprides.pt/comoescolheroseupc.php [6]www.mailxmail.com/curso-problemas-teclado/como- funciona-teclado [7]www.alegsa.com.ar/Dic/memoria%20usb.php