Engenharia de qualidade

2,424 views
2,286 views

Published on

Uma das areas da engenharia da qualidade.

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,424
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
80
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Engenharia de qualidade

  1. 1. Trabalho de Introdução a Engenhariade Produção João Paulo João Pedro Paulo Henrique Rayssa Rodrigues
  2. 2. Introdução Gestão de Sistemas da Qualidade Planejamento e Controle da Qualidade Normalização, Auditoria e Certificação para a Qualidade Organização Metrológica da Qualidade Confiabilidade de Processos e Produtos
  3. 3. Gestão de Sistemas daQualidade
  4. 4. A série ISO 9000 A ISO ou International Organization for Standardization (Organização Internacional de Estandardização) é um grupo de normas técnicas criada para padronizar a gestão da qualidade. Isto é, os serviços e produtos oferecidos por empresas diversos setores, visando principalmente à maior satisfação dos clientes. Mas também melhorando os processos internos de cada empresa, supervisionando os diversos ambientes de trabalhos e a maior capitação de colaboradores.
  5. 5. Selos de qualidade INMETRO
  6. 6. OCP Relacionada à gestão da qualidade há o OCP (Organismos de Certificação de Produto) o OCP possui a função de conceder certificados de conformidade, dos produtos com base em regulamentos nacionais ou internacionais, podendo ainda ser embasado em regulamentos técnicos (ABNT ISO/IEC Guia 66), sendo assim, é de grande importância para juntamente com o INMETRO avaliar a qualidade dos produtos oferecidos pelas empresas nacionais.
  7. 7. Planejamento e Controle daQualidade
  8. 8. Planejamento Qualidade Todo projeto, para ser bem sucedido, precisa passar por um processo estruturado de planejamento, que defina metas a serem alcançadas ao longo do seu desenvolvimento. Um bom planejamento por si só não garante ganhos em qualidade para um projeto, mas aumenta significativamente as chances de haver alta qualidade. Esta qualidade não se refere apenas ao produto desenvolvido: envolvem também os processos executados, o fluxo de trabalho, produção, satisfação do cliente, maior concorrência e diferencial no mercado.
  9. 9. Controle da Qualidade Na fabricação, controle de qualidade esta envolvido no desenvolvimento de sistemas os quais asseguram que os produtos ou serviços são projetados e produzidos para ir ao encontro ou superar as expectativas dos usuários. Estes sistemas são freqüentemente desenvolvidos em conjunto com outras disciplinas de negócios e engenharia usando uma abordagem de referência cruzada.
  10. 10. Normalização, Auditoria eCertificação para a Qualidade
  11. 11. Normalização o Processo de estabelecer e aplicar regras para abordar ordenadamente uma atividade específica, com a participação de todos os interessados e, em particular, para promover a otimização da economia levando em consideração as condições funcionais e as exigências de segurança.
  12. 12. Auditoria As auditorias da qualidade são uma importante ferramenta para a gestão moderna da qualidade. Embora muitas empresas tenham desenvolvido esta função (algumas até possuem departamentos específicos para a sua execução), ainda não há uma total compreensão das vantagens advindas de sua aplicação.
  13. 13. Certificação Atualmente as empresas estão inseridas em um cenário altamente dinâmico e mutável; a globalização e a internet fazem com que as transformações sejam globais, atingindo todos os mercados e com uma celeridade nunca antes vista. Com a economia globalizada, concorrente não é apenas o vizinho ao lado, mas sim, todos daquele setor a nível mundial basta lembrarem-se das vendas virtuais. No âmbito organizacional, a competitividade é uma das principais preocupações, e, oferecer um produto, marca ou serviço com qualidade pode ser uma maneira de ter maior destaque, respeito e credibilidade
  14. 14. Organização Metrológica daQualidade
  15. 15. O que é ? Metrologia: ciência da medição que abrange todos os aspectos teóricos e práticos relativos às medições, qualquer que seja o grau de incerteza, em quaisquer campos da ciência ou da tecnologia.
  16. 16. Controle metrológico - Apreciação técnica de modelo - Verificação - Inspeção -Supervisão Metrológica -Perícia Metrológica Para exercer este controle o governo expede leis e regulamentos
  17. 17. A Metrologia Legal A metrologia legal tem como objetivo principal proteger o consumidor tratando das unidades de medida, métodos e instrumentos de medição, de acordo com as exigências técnicas e legais obrigatórias, criando regulamentos metrológicos.
  18. 18.  Os regulamentos técnicos metrológicos estabelecem os parâmetros necessários para definir as formas de controle metrológicos, realizados através de:- Aprovação de modelo junto a autoridade competente- Verificação inicial- Verificação periódica- Verificação eventual
  19. 19. Documentos e Marcas deMetrologia Portaria (Certificado) de aprovação de modelo(tipo). Certificado de verificação. Laudo de pericia metrológica Notificação de reprovação Documentação de um padrão de medição Marca de aprovação de modelo(tipo) Marca de selagem Marca de reprovação Marca de verificação
  20. 20. Confiabilidade de Processos eProdutos
  21. 21. Conceito de Confiabilidade Segundo FREITAS & COLOSIMO (1997), “A probabilidade de um item desempenhar satisfatoriamente a função requerida, sob condições de operações estabelecidas, por um período de tempo predeterminado”.
  22. 22. Porque estudar a Confiabilidade? O estudo da confiabilidade veio com a necessidade dos gestores em saber qual a probabilidade de determinado recurso estar ainda funcionando após certo período de sua instalação ou manutenção. Essa ferramenta gestional é importante na definição dos períodos entre manutenções.
  23. 23. Indicadores de Confiabilidade Tempo Médio de Falha Tempo Médio de Reparo Tempo médio entre Falhas

×