Your SlideShare is downloading. ×
Natal que nos traz
Na alma a esperança
De sentirmos a Paz
De uma inocente criança.



Quando um ramo de doze badaladas
se ...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Poemas de natal-português

10,789

Published on

Published in: Education, Travel, Spiritual
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
10,789
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
12
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Transcript of "Poemas de natal-português"

  1. 1. Natal que nos traz Na alma a esperança De sentirmos a Paz De uma inocente criança. Quando um ramo de doze badaladas se espalhava nos móveis e tu vinhas solstício de mel pelas escadas de um sentimento com nozes e com pinhas, Natal de luz, De pureza e verdade, Onde és ó Jesus, Sol da humanidade. Dá ao mundo Senhor, Menino Celestial, Um eterno Natal, De muita Paz e Amor. Menino eras de lenha e crepitavas, porque do fogo o nome antigo tinhas, e em sua eternidade colocavas, o que a infância pedia às andorinhas. Pequenino e é euforia inebriante, O Natal, a Enorme e Grande Festa, Que no brinquedo novo e brilhante, Tem só Alegria que Deus empresta. Depois crescemos e como Amante, Bebemos o olhar da mulher lesta, Rasgando o laço rubro do diamante, Tão Feliz quando no dedo o testa.

×