Your SlideShare is downloading. ×
Trabalho softwares de redes
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Trabalho softwares de redes

2,617
views

Published on

software's para gerencia de redes

software's para gerencia de redes


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,617
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
34
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Faculdade Jesus Maria José (FAJESU) Redes de computadores Anderson Lucas R de Oliveira Daniel Soares de Sousa Ismael Lima Pereira Leonard Keyzo Yamaoka Batista Luiz Eduardo Viana dos Santos Marcos Aurélio da S Cerqueira Marcelo dos Santos Sous Mario Victor Lucas Nogueira Rafael Neuhaus Thalmus rocha ribeiroSoftwares para Gerência de Redes BRASÍLIA-DF 2011
  • 2. Anderson Lucas R de Oliveira Daniel Soares de Sousa Ismael Lima Pereira Leonard Keyzo Yamaoka Batista Luiz Eduardo Viana dos Santos Marcos Aurélio da S Cerqueira Marcelo dos Santos Sous Mario Victor Lucas Nogueira Rafael Neuhaus Thalmus rocha ribeiroSoftwares para Gerência de Redes Trabalho apresentado à Faculdade Jesus Maria José como requisito da disciplina Redes de Computadores, orientado pelo Prof.Msc Jocênio Marquios Epaminondas. BRASÍLIA-DF 2011
  • 3. ÍndiceIntrodução …..................................................................................................4GBR..................................................................................................................5Motorola Canopy Prizm / Prism....................................................................6tabelas Capony.................................................................................................7EPICenter …....................................................................................................8Simplicidade Operacional...............................................................................9Extensibilidade de Serviço.............................................................................10Universal Port Manager..............................................................................11conclusão..........................................................................................................12bibliografia.......................................................................................................13
  • 4. INTRODUÇÃO Gerenciar uma rede sem o auxílio de instrumentação adequada é uma tarefabastante árdua e que muito provavelmente não oferecerá uma boa qualidade de gerência,por exemplo, não nos proporcionam uma boa visão dos principais elementos da rede – éo mesmo que ir para a guerra cego e sem armas. Tomemos uma analogia entre a Gerência de Redes e a Medicina. NaMedicina,podemos dar vários exemplos de que quando o médico não está beminstrumenta do fica bem mais difícil dar o diagnóstico ou prever doenças futuras. Com a gerência temos uma situação bastante semelhante. Quando não estamosbem instrumentados, não somos capazes de descobrir problemas e por consequência,não seremos capazes de solucioná-los. Isso nos afastará substancialmente de nossoobjetivo, que é manter o bom funcionamento da rede. As redes de computadores atuais são compostas por uma grande variedade dedispositivos que devem se comunicar e compartilhar recursos. Na maioria dos casos, aeficiência dos serviços prestados está associada ao bom desempenho dos sistemas darede. Para gerenciar esses sistemas e as próprias redes, um conjunto eficiente deferramentas de gerenciamento automatizadas é necessário, sendo fundamental autilização de técnicas padronizadas para a correta representação e o intercâmbio dasinformações obtidas. 4
  • 5. Gerenciador de Redes GRB O principal objetivo de um sistema de gerenciamento é estabelecer regras de usopara redecomputadores e ESTAR PRESENTE para dar suporte ao cliente.O suporte técnico remoto oferecido pelo Gerenciador de Redes GRB faz toda a diferença,e peque sua equipe de informática seja capaz de solucionar falhas com maior eficiência.Ao implantar o Gerenciador de Redes GRB, elimina-se problemas comuns, como: • pastas de compartilhamento de rede que demoram para abrir, • formatação frequente dos computadores da rede interna, • instabilidade e lentidão na conexão com a internet, • constante queda da conexão com a internet, • necessidade de aumento periódico da velocidade de conexão, • o jogo de empurra-empurra entre técnicos ou prestadores de serviço. Principais Funções do Gerenciador de Redes GRB • Firewall inteligente • Limitador de Velocidade dos Micros • Velocidade Máxima na LAN • Prioridade de acesso para computadores especiais • QOS • Bloqueio de Pornografia • Acesso pleno a computadores especiais • Limite de velocidade em conexões P2P • Bloqueio de portas não convencionais • Bloqueio de evasão via proxy externo • Rede segregada para visitantes • Encaminhamento de portas externas • Gateway Failover • Proxy Discreto 5
  • 6. Demais Informações Relevantes A GranLabor escolheu o hardware da Mikrotik por ser o mais eficientee possuir sistema operacional LINUX de fábrica. Qualquer pessoa pode comprar umequipamento Mikrotik, nosso diferencial está na configuração personalizada que aGranLabor aplica ao equipamento e o suporte técnico personalizado.Hoje, nós utilizamosa marca Mikrotik. No futuro poderá ser outra marca, porque o Gerenciador de RedesGRB é 90% conhecimento técnico e apenas 10% equipamento. Motorola Canopy Prizm / Prism A Forma Rápida e de Preço Acessível de Aumentar a Eficiência da Rede CanopyO sistema de gestão de elementos Canopy Prizm permite que as operadoras de redessem fio Canopy de grande e pequeno porte ganhem maior controle, funcionalidade eflexibilidade aprimoradas e consigam grande eficiência em seus custos. O Prizm combinaferramentas de gestão de operações com autenticação de assinante e capacidade degestão de banda larga, em uma única plataforma servidora. O software de gestão ofereceuma visão total em tempo real do desempenho da rede, com informações críticasnecessárias para manter as redes Canopy operando com a máxima eficiência. Assimsendo, quer a rede sem fio Canopy sirva 100, 10.000 ou até 100.000 clientes, o Prizmoferece uma ampla gama de benefícios. FUNÇÃO DESCRIÇÃO Monitora o desempenho dos elementos da rede Canopy determinando o status atual e o desempenho. Todos os dados são trocados via SNMP para o controlador Motorola Prizm EMS. Os parâmetros de Coleta de Dados para todos osDesempenho do Monitoramentos de Desempenho (PM) podem ser configuradosElemento e para serem relatados ao EMS em intervalos de tempo definidosMonitoramento de pelo usuário — automaticamente, sem intervenção do usuário. AStatus coleta de dados pode ser realizada em 5 minutos ou em intervalos configurados pelo operador, independentes das classes de parâmetros. O PrizmEMS também pode coletar Endereços MAC e determinar o status de elementos que não sejam do Canopy. 6
  • 7. Monitora as associações da rede entre os módulos de Backhaul (BH), módulos de Ponto de Acesso (AP) e Módulos Transceptores (SM) em toda a rede Canopy. As operadoras de rede podem compreender facilmente as associações entre osGerenciamento de links de rede, desempenho de setores e assinantes específicosConfiguração de na rede.Elemento O sistema Canopy Prizm também realiza gerenciamento de configuração de todos os parâmetros de módulos Canopy, gerencia modelos de desempenho e comunica estes modelos de desempenho aos elementos de rede Canopy implantados na rede. Os usuários do Motorola Prizm EMS - Canopy receberão automaticamente um relatório de alarme quando as informações de performance excederem ou caírem abaixo dos limitesMonitoramento e definidos pelo usuário. Sinal de instabilidade no desempenho, oNotificação de Índice de Força de Sinal do Receptor (RSSI) em decibel (dBm)Evento e de Alerta estão entre os principais parâmetros monitorados. Os limites excedidos podem ser categorizados da seguinte forma: Informações, Sucesso, Atenção e Ação Urgente, a fim de ajudar os operadores de rede a priorizar os procedimentos de resposta. Os dados do sistema Prizm EMS da Canopy podem ser vistos viaExportação de Dados interface GUI da web ou podem também ser exportados em forma de tabela ou texto para a inclusão em formatos de relatório pré-definidos. Cada elemento da rede pode ter as informações de relatório de desempenho de histórico visualizadas para ajudar no gerenciamento daRegistros de Evento de rede. O registro de evento e alarme de cada elemento mostra a data e aElemento hora em que as condições foram relatadas e também a data e a hora em que as condições foram solucionadas. Estas informações vitais ajudam nos relatórios de manutenção de rede e garantia de serviço. As informações do banco de dados de clientes, tias como nome, endereço e informações de contato podem ser armazenadas noAcesso ao Banco de Motorola Prizm EMS, de modo que os clientes possam ser contatadosDados de Clientes prontamente quando necessário. A operadora pode usar o Prism EMS como depósito principal destas informações ou pode importar dados somente para leitura dos sistemas de Gerenciamento de Relacionamento com o Cliente (CRM). 7
  • 8. EPICenter Simplicidade Operacional ·Visualização da Topologia integrada com os Alarmes · Relatórios Dinâmicos e Relatórios Detalhados da Rede · Gerenciamento de Firmware e Configuração · Macro Telnet e gerenciamento de script de CLI para o ExtremeXOS para facilitar a agilizar a configuração de múltiplos dispositivos simultaneamente Alta Disponibilidade • Sistemas de alarme inteligentes • Estatísticas em tempo real • Monitoramento e checagem de configuração do Ethernet Automatic Protection Switching (EAPS) Segurança Avançada • Gerenciamento de políticas • Suporte aos protocolos SNMPv3, SSH-2 e HTTPS • Localizador de endereço IP/MAC Extensibilidade de Serviço • Universal Port Manager para facilitar a criação de políticas de Universal Port do ExtremeXOS • Gerenciamento Wireless • ntegração com a plataforma Avaya e sistemas de gerenciamento • Gerenciamento de Políticas de QoSSuporte ao protocolo Link Layer Discovery Protocol (LLDP) O EPICenter é uma ferramenta de gerenciamento que simplifica a configuração,troubleshooting e monitoramento de status de redes IP. Com uma diversidade de opçõesde gerenciamento, o EPICenter é possui os requerimentos básicos de gerenciamento eao mesmo tempo possui ferramentas avançadas que ajudam a economizar tempo comtarefas dinâmicas. 8
  • 9. Simplicidade Operacional O EPICenter oferece uma visão de topologia que permite aos usuários visibilidadedos elementos da rede e conectividade nas Camadas 2 e 3. O Gerenciamento deConfiguração permite arquivar e carregar a configuração de dispositivos. OGerenciamento de Firmware obtém a versão de firmware e informações dedisponibilidade, realiza atualizações em um ou vários elementos simultaneamente. O macro telnet do EPICenter ajuda o usuário a configurar múltiplos switchessimultaneamente com a mínima intervenção de um administrador. Além disso, oEPICenter gerencia e permite personalizar scripts de CLI do ExtremeXOS. Isso permiteque os usuários definam modelos de script de CLI que, por exemplo, permitem aconfiguração do EAPS, resiliência ELSM, protocolos para monitoramento de link, NetworkLogin e outras configurações de segurança de rede em todas as portas do switch,reduzindo o tempo de configuração.A capacidade de trabalhar com empilhamento noEPICenter permite gerenciar uma pilha de dispositivos como se fosse um chassis egerenciar todas as portas em todos os dispositivos utilizando um único endereço IP.Osrelatórios Dinâmicos em HTML facilitam os acessos à relatórios via web. Syslog Unificadoe Gerenciador de Alarmes SNMP permitem uma única gerência para rodas asinformações dos dispositivos; permite a execução de scripts, macros e programas ouenvio de e-mails nos alarmes.A arquitetura cliente/servidor do EPICenter permite que oservidor seja acessado via web browser. É possível aumentar a escalabilidade doEPICenter com o suporte à servidores distribuídos. O EPICenter não possui licenças quelimitem acessos simultâneos de clientes ao servidor. Disponibilidade de Voz A disponibilidade do EPICenter é ampliada com o monitoramento do status da rede.O Gerenciamento de Firmware realiza uma busca por novas versões de software e podeautomaticamente receber estas versões da Extreme Networks. A ferramenta “Real-TimeStatistics” permite uma representação gráfica de utilização e estatísticas de erro paramúltiplas portas em um dispositivo, slot ou em um grupo de portas.. Segurança Avançada O EPICenter possui diversas ferramentas que controlam e monitoram ascaracterísticas de segurança nos produtos da Extreme Networks. O “VLAN Manager” criae gerencia VLANs facilmente na rede. As políticas de segurança de acesso do “PolicyManager” melhora a segurança por usuário. Regras de ACL são dinamicamente aplicadasou removidas em resposta aos eventos do Network Login e 802.1x. O EPICenter possuiuma ferramenta chamada “IP/MAC Address Finder” para localizar qualquer endereçoMAC na sua rede. Para proteger dados importantes de serem alterados ou visualizadospor um acesso não autorizado, os protocolos Secure Shell 2 (SSHv2) e HTTPS sãodisponibilidados. Estes protocolos fazem a encriptação do tráfego entre a porta degerenciamento do switch e o EPICenter. 9
  • 10. Extensibilidade de Serviço A integração do EPICenter com o software Avaya Integrated Management (AIM)ajuda o usuário a iniciar o console do AIM e o Avaya Device Manager de dentro doEPICenter. Esta integração ajuda a descobrir dispositivos gerenciados pelo AIM noEPICenter. “Telnet macros” permitem a execução de comandos em múltiplos dispositivosem uma única operação e pode ser executado repetidamente. Qualquer dispositivorodando MIB-II que seja compatível com o agente SNMP pode ser descoberto peloGerenciamento de Inventário do EPICenter. Integração com dispositivos de terceirospermite o gerenciamento básico de qualquer equipamento (dos parceiros da ExtremeNetworks ou outros. O EPICenter suporta o protocolo LLDP para descobrir dispositivos daAvaya ou de terceiros. Projeto e Interface Intuitiva A simplicidade inicia-se com visibilidade detalhada da rede em tempo real. Aferramenta “Topology” do EPICenter permite um usuário visualizar a rede de dispositivos eos links entre eles em mapas. Estes mapas podem ser organizados em um conjunto desubmapas permitindo que a rede seja representada como um sistema hierárquico deandares, prédios, etc. Policy Manager O Policy Manager é uma funcionalidade adicional ao Epicenter permitindo controlesobre QoS, Listas de Controle de Acesso (ACLs) e monitoramento de acesso seguro àrede via Network Login/ 802.1x.Policy Manager (veja figura 1) permite aplicar políticas dinâmicas baseadas no usuário viaautenticação Network Login para acesso inteligente à rede. Baseado no login ecredenciais do usuário, configurações de ACLs e QoS podem ser dinamicamenteaplicadas na porta de acesso. O Policy Manager pode interagir com os diretórios LDAPpara obter informações de usuário. Além disso, permite configuração de QoS para suainfra-estrutura de rede VoIP. Integração com Avaya O EPICenter consegue descobrir a infra-estrutura VoIP da Avaya, importar oinventário e monitoramento do status da rede à partir do Gerenciamento Integrado daAvaya (AIM) e pode automaticamente encaminhar informações para ele (veja figura 2). Visualizador de Configuração e Monitoramento do EAPS O Ethernet Automatic Protection Switching (EAPS) permite resiliência de redeavançada e alta disponibilidade para redes corporativas. O EPICenter 6.0 ajuda amonitorar os anéis EAPS graficamente. Os elementos dos anéis, status do anel emudanças de topologia devido à falhas são descritos graficamente na figura 3. 10
  • 11. Universal Port Manager A funcionalidade de “Universal Port Manager” permite aos switches baseados noExtremeXOS simplificarem o desenvolvimento da rede de voz e políticas de segurançadinâmicas. A característica de “auto discovery” do Universal Port Manager ajuda nomonitoramento centralizado e perfis de gerenciamento de rede. O Universal Port Managerfacilita os usuários a desfrutarem da capacidade de Plug-and-Play com alguns perfis pré-definidos. 11
  • 12. Conclusão Com a utilização de redes de computadores em diversas organizações e aextensão contínua dessas, o gerenciamento de redes tornou-se indispensável.O gerenciamento de redes envolve o monitoramento (supervisão) e o controle de recursosdistribuídos em redes. Em essência o gerenciamento de redes visa garantir umacerta qualidade de serviços a usuários de redes. Este trabalho apresentou softwares que possibilitam esse recurso, visando umaboa apresentação de suas características e com isso facilitar o intendimento daqueles quepossam no futuro precisar de tais ferramentas. 12
  • 13. BibliografiaGRB disponível em:<http://granlabor.com/imagens/gerenciador%20de%20redes%20GRB%20-%202010.pdf>Acesso em: 02 out. 2011Canopy disponível em:<http://www.grupodharma.com.br/motorola/canopy/canopy_prizm.html>Acesso em: 02out. 2011Nagios disponível em:<http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Nagios-O-seu-gerenciador-de-redes/>Acesso em: 02out. 2011<Epi Center disponível em:http://www.extremenetworks.com.br/epicenter.asp>Acesso em: 02 out. 2011 13