• Save
Hardware 3
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Like this? Share it with your network

Share

Hardware 3

on

  • 1,515 views

 

Statistics

Views

Total Views
1,515
Views on SlideShare
1,491
Embed Views
24

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

3 Embeds 24

http://supportinfo.blogspot.com 22
http://www.supportinfo.blogspot.com 1
http://supportinfosolutions.blogspot.com.br 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Hardware 3 Document Transcript

  • 1. Gabinete e Fonte Autor: Edilane Ibiapina de Melo
  • 2. FIP – FACULDADE DE PORTO VELHO GABINETE E FONTE PORTO VELHO – 2005 2
  • 3. FIP – FACULDADE DE PORTO VELHO GABINETE E FONTE Pesquisa sobre Gabinete e Fonte, elaborado pelos acadêmicos Edilane Ibiapina de Melo, Evelin Calegario, Eliomar S. Farias, Gregori Nando U. Pereira, Mayara Ribeiro e Rafaiel Nando U. Pereira, como requisito parcial para aprovação na disciplina INTRODUÇÃO À INFORMÁTICA ministrada pelo Profº Osvaldo Canizares da FACULDADE DE PORTO VELHO - FIP MARÇO 2005 3
  • 4. Não se mede o valor de umhomem pelas suas roupas ou pelosbens que possui. O verdadeirovalor do homem é o seu caráter,suas idéias e a nobreza de seusideais...!Charles Chaplin 4
  • 5. SUMÁRIO Pág.INTRODUÇÃO....................................................................................................................5FUNCIONALIDAE..............................................................................................................6HISTÓRIA............................................................................................................................7MODELOS DE GABINETE................................................................................................8TIPOS DE BABINETE.......................................................................................................10PREÇOS DE GABINETE...................................................................................................12FONTE DE ALIMENTAÇÃO............................................................................................14CONECTORES PARA FONTE DE ALIMENTAÇÃO.....................................................17SUBSTITUIÇÃO DA FONTE DE ALIMENTAÇÃO.......................................................18DESCRIÇÃO DOS SINAIS DA FONTE ATX..................................................................20PREÇOS DE FONTE..........................................................................................................22CONCLUSÃO.....................................................................................................................24REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS................................................................................25 5
  • 6. INTRODUÇÃONeste trabalho abordaremos Gabinete e Fonte, trabalhando os aspectos relativos a história,modelos, funcionalidade, diferenças e funções. Citando o que mudou e por que a mudança,descrevendo suas particularidades para um melhor entendimento de quanto é necessário oaprimoramento das máquinas citando desde os modelos mais antigos até os de últimageração.Teremos noção do que aconteceu e o que acontece no mundo da informática em relação agabinete e fonte, vendo causas e soluções para alguns problemas que possam ocorrer.Finalizando o trabalho mostraremos o que existe por enquanto de mais moderno e dequanto é a diferença de preço local para nacional. 6
  • 7. GABINETEO gabinete é considerado a estrutura do PC porque é nele que todos componentesinternos são instalados e fixados. Portanto a escolha de um gabinete adequado aoscomponentes que serão integrados é de extrema importância, pois uma escolhainadequada irá prejudicar a instalação e fixação dos componentes. Outro fator nautilização de um gabinete inadequado é a má refrigeração, o que aumenta a suatemperatura interna, prejudicando o funcionamento do PC com constantes“travamentos” do processador, e em alguns casos, até sua queima ou de outroscomponentes.O gabinete é projetado para proteger as placas e todos os componentes eletrônicos doaquecimento excessivo, na frente dos gabinetes existem entradas de ar que tem a funçãode possibilitar a circulação do ar quente gerado pelas placas do sistema que é retiradode dentro do gabinete para fora pelo Cooler (Ventilador) da fonte. Ele tem medidaspadronizadas que devem ser obedecidas para o correto encaixe das placas, fonte,conectores, etc. FUNCIONALIDADEA placa de CPU padrão ATX é presa à chapa do gabinete, de forma parecida como erafeita nos modelos AT. Existem furos para fixação através de parafusos, além de fendaspara fixação através de espaçadores plásticos. A diferença aqui é que nos modelos AT, 7
  • 8. eram usados 2 ou 3 parafusos, diversos espaçadores. Nos modelos ATX, a quantidadede furos para fixação por parafusos, tanto no gabinete como na placa de CPU é bemmaior. Desta forma a placa de CPU é fixada de forma mais rígida. HISTÓRIA GABINETES AT E ATXAte um tempo, os gabinetes usados nos PC`s eram similares aos utilizados nos PC`s doinício dos anos 80. Surgiram modernidades, como o painel de LEDs e botões, o displaydigital, o formato torre, mas a função interna e a disposição mecânica das placas edrives era a mesma dos PC`s antigos. Convencionou-se usar para esses gabinetes (etambém para as placas de CPU que o utilizavam ), o nome”AT”, ou “BABY AT”.Todos os PC`s, 286, 386, 586 e praticamente todos baseados no Pentium, utilizavamplacas de CPU no formato AT, bem como os seus gabinetes. Já após o lançamento doPentium, o padrão ATX foi proposto como um melhoramento no antigo padrão,visando:• Melhor acesso ao microprocessador e às memórias, para facilitar expansões;• Distribuição inteligente de conectores;• Melhor ventilação;• Redução da quantidade de cabos internos;• Fonte inteligente, com a nova tensão de 3,3 volts.Poucos forma os modelos de PC`s Pentium que utilizam o padrão ATX, mas com olançamento do Pentium II, o padrão ATX tornou-se comum. Apenas algumas rarasplacas de CPU Pentium II ainda não ofereciam no formato AT. As diferenças sãomínimas. Uma delas é o velho botão Turbo LED, que já haviam caído em desuso háalguns anos, foram definitivamente el 8
  • 9. MODELOS DE GABINETEO mercado disponibiliza os seguintes modelos de gabinete para integração de PC`s:* Full Tower(fig.1) Torre grande* Midi Tower(fig.2) Torre Média* Mini Tower(fig.3) Torre Mini* Desktop(fig.4) Gabinete de mesa* Desktop Slim(fig.5) Gabinete de mesa finoExistem vários tipos de gabinetes que se diferenciam pela posição Vertical/Horizontal epelo tamanho: Baby, Mini torre (vertical), Torre, Slim, ou pelas dimensões que sãopadronizadas internacionalmente: Baby AT e ATX.Os modelos midi e mini tower são normalmente empregados na integração de PC´s paraaplicações profissionais ou domésticas. Para ambientes ao qual economia de espaço éfundamental.Geralmente os gabinetes desktops necessitam que um ventilador interno adicional sejainstalado para compensar o menor espaço interno, o que dificulta sua refrigeração.Outra desvantagem dos modelos desktops é a falta de espaço para instalação deperiféricos adicionais.O modelo full tower é empregado para integração de PC´s servidor, já que essesdisponibilizam espaço suficiente para integração de vários periféricos adicionais,motherboard´s com dimensões maiores e, também maior circulação de ar interno.Do ponto de vista externo, um gabinete ATX é bem parecido com o gabinete AT. Asdiferenças são mínimas. Uma delas é o velho botão Turbo, como o Turbo LED, que jáhaviam caído em desuso há alguns anos, foram definitivamente eliminados. Tambémexiste a diferença na disposição dos conectores na parte traseira do gabinete, comoveremos a seguir. 9
  • 10. Os gabinetes possuem seu painel frontal diversos LEDs indicadores e chaves decontrole:• Chave para trancar o teclado• Botão TURBO• Botão RESET• Botão ou chave para ligar computador• LED de POWER ON• LED de indicador de modo turbo• LED indicador de acesso ao disco rígido• Display digital para indicação de clock 10
  • 11. TIPOS DE GABINETE GABINETE ATAT é a sigla de Advanced Tecnology. Trata-se de um tipo de gabinete já antigo, sendo cadavez mais difícil de encontrar computadores novos que utilizem esse padrão. Seu uso foiconstante de 1982 a 1996. um dos fatos que contribuíram para o padrão AT deixasse de serusado, é o espaço interno pequeno, que com ajuda dos vários outros cabos do computador,dificultavam a circulação de ar, levando, em alguns casos, a danos na máquina. Isso exigiagrande habilidade do montador para aproveitar o espaço disponível da maior maneira. GABINETE ATX ATX é a sigla para Advanced Tecnology Extendend. Pelo nome é possível notar que trata-se do padrão AT melhorado. Um dos principais desenvolvedores do ATX foi a Intel. Como desde o início, o objetivo do ATX foi o de solucionar os problemas do padrão AT, o padrão apresenta uma série de melhoras em relação ao anterior, sendo portanto, amplamente usado atualmente 11
  • 12. O gabinete Padrão ATX é muito usado nos sistemas Pentium II é compatíveis (K6-2, K6-3, Circulação de ar ( ATX ) MII, etc), nele as dimensões são predefinidas internacionalmente para permitir uma melhor circulação do calor gerado dentro dele pelos componentes internos, além de permitir melhor facilidade no manuseio (encaixe) do processador, memórias e placas nos slots ISA, PCI e AGP. A fonte ATX permite o acionamento e desligamento da alimentação por toque ou software compatível com a função Control off (Ex: Botão desligar do Windows 95/98). Veja abaixo as características do gabinete ATX.• Dimensões predefinidas internacionalmente.• Aceita placas motherboard com dimensões padrão ATX.• A tomada que alimenta a motherboard tem 20 pinos.• Foi projetado para dissipar calor melhor que o gabinete Baby AT.• Possui saídas para os conectores (impressora, teclado, mouse, seriais, USB, etc.) fixados na própria placa motherboard ATX.• Possui chave Reset e chave Liga/Desliga que suporta acionamento e desligamento digital por toque ou software (função suspend/Shut down).• Verifique se o gabinete possui Led HDD (vermelho), Power (verde) e Turbo (amarelo). Circulação de ar ( Baby-AT ) 12
  • 13. Veja abaixo as características do gabinete Baby AT. • Dimensões predefinidas internacionalmente. • Aceita placas motherboard com dimensões padrão Baby AT. • O gabinete possui uma fonte de alimentação. • Sua fonte não permite acionamento ou desligamento eletrônico. • A tomada que alimenta a motherboard tem 12 pinos. • Apresenta um display de segmento configurado por jumper. • Tem chave Key Lock que permite habilita ou desabilita o teclado. • Possui chave Reset e Turbo usada em XT, 286, 386 e 486. • Possui chave liga/desliga com acionamento mecânico. • Possui Led HDD (vermelho), Power (verde) e Turbo (amarelo). PREÇOS E PRODUTOS www.mercadolivre.com.brPreço Fixo: R$ 3499.00 Especificações do produto: Processador: AMD Athlon 64 3000 BOX Placa Mãe: ASUS K8V-X VIA 8T800 HyperTrasporte 800Mhz Memória: 512RAM DDR 400 kingston Disco Rígido: SATA 80.0 7200RPM Gravação: Gravador de CD e DVD LG 4160B dupla camada Leitor: CD-ROM LG 52x e Drive de Disquete Mitsumi 13
  • 14. Rede: Gigabit LAN Modem: Fax/Modem 56K V92 Agere Som: Codec 6 canais + Caixa de Som com SubWoofer 1200W Gabinete: X-Blade ATX 4 Baias com 4 ventiladores + painel digital com controle de temperatura Teclado: ABNT multimídia com teclas de acesso rápido Mouse: Optico com Scroll 800DPI Video: 256MB DDR 8x Radeon 9250 ATI Captura: Pixelview Pro com TV e FM com controle remoto : www.mercadolivre.com.brPreço Fixo: R$ 6500.00Especificações do produto Placa Motherboard ASUS A7N8X-E-DELUXE Processador AMD Athlon XP 3.2 Ghz Memoria DDR 1.0 Ghz 400 HD SATA 80 GB Maxtor 7200 GRAVADOR DVD LG 24X16X32/8X 14
  • 15. DRIVE CDROM 52X LG DRIVE 1.44 Placa de Video RADEON 9600 256 MB Placa de Fax/Modem 56k Lucent Impressora HP Deskjet 5550 Scanner ColorPage-HR7X Slim Direçao para JOGO Logitech MOMO RACING FORCE FEEDBACK WHEEL CaseMod de ACRILICO TRANSPARENTE COM NEON E CABOS REAGENTE MONITOR LCD LG 15" FLATRON L1515S MOUSE WHEEL OPTICAL MICROSOFT Fone de Ouvido Clone Amplified Bass Vibration Controle Twin Shock para Game Clone FONTE DE ALIMENTAÇÃO A fonte de alimentação do microcomputador converte a tensão alternada AC220/110 nas tensões continuas (DC ou VDC) que alimentam as diversas placas e periféricos do computador. Especificações típicas de entrada VAC de uma fonte. mínimo normal máximoEntrada VAC 90 VAC 115VAC 135 VACEntrada VAC 180 VAC 230 VAC 265 VACFreq. Entrada 47Hz - 63HzCorrente máx. (115VAC) - 7A -Corrente máx. (230VAC) - 3,5 A -Tolerância - + - 10% - 15
  • 16. Gabinete Baby AT-Vertical Circulação de ar ( Baby-AT ) Veja abaixo as características do gabinete Baby AT.• Dimensões predefinidas internacionalmente.• Aceita placas motherboard com dimensões padrão Baby AT.• O gabinete possui uma fonte de alimentação.• Sua fonte não permite acionamento ou desligamento eletrônico.• A tomada que alimenta a motherboard tem 12 pinos.• Apresenta um display de segmento configurado por jumper.• Tem chave Key Lock que permite habilita ou desabilita o teclado.• Possui chave Reset e Turbo usada em XT, 286, 386 e 486.• Possui chave liga/desliga com acionamento mecânico.• Possui Led HDD (vermelho), Power (verde) e Turbo (amarelo). FONTE ATX Quando a Intel criou o padrão ATX também criou um novo sistema para substituir a antiga fonte AT. A fonte ATX permite p acionamento e desligamento da alimentação 16
  • 17. por toque ou software compatível com a função Control Off (Ex.: Botão desligar doWindows), veja as características do gabinete ATX.• Tomada que alimenta a motherboard tem 20 pinos.• Chave Liga/Desliga que suporta acionamento e desligamento digita por toque ousoftware (função Suspend/Shut Down).• Apresenta 3,3 Volts que torna a motherboard mais baratas, pois, a tensão dealimentação do processador é gerada pela fonte e não pela motherboard. POTÊNCIA A função da fonte é alimentar os diversos módulos que formam um computador(todas placas, discos, memórias, etc), bom, se a fonte não conseguir fornecer a tensão eacorrente elétrica necessária para permitir o funcionário correto dos circuitos e módulosseu sistema poderá travar ou ate mesmo danificar-se ou ate mesmo danificar-se , paraum microcomputador Pentium recomenda-se uma fonte 300 Watts de potencia, não queeleva consumir 300W mais é melhor que travar o sistema, outro detalhe é que o preçode uma fonte é muito baixo e a economia neste caso é cara, imagine que se seumicrocomputador deixar de funcionar o seu conserto será mais caro que uma fonte.Todos os gabinetes já vêem com uma fonte, ou seja, exija um gabinete com fonte de300 Watts, você também pode comprar uma fonte separada do gabinete.Como vimos a Potencia da fonte é muito importante, pois, se ela for baixa o seu sistemacom certeza não irá funcionar corretamente, podendo travar, rebitar sem aviso oudanificar-se. 17
  • 18. CONECTORES PARA FONTE DE ALIMENTAÇÃO Os conectores tem a função de alimentar as diversas partes do computador, podemos dividir estes conectores em três tipos:• Conector(es) de alimentação da placa motherboard que consome a maior parte da potência da fonte.• Conectores de periféricos e driver flexível de 3 ½ (1.44 MB) Conectores auxiliares, usados para alimentar o display do gabinete, conector de alimentação auxiliar ATX As placas de CPU possuem um conector, normalmente localizado na parte superior direita, próprio para conexão com a fonte de alimentação. Tradicionalmente as placas utilizam um conector de 12 vias, padrão AT. Placas de CPU mais modernas passaram a utilizar o padrão ATX, e possuem um conector para fonte desse tipo.Existem ainda as placas universais, que possuem dois conectores de fonte , sendo um do tipo AT e outro ATX. A fonte de alimentação padrão AT, tem dois conectores a serem ligados na placa-mãe, que deverão ser ligados lado a lado. Os conectores para alimentação da placa de CPU padrão AT merecem um cuidado especial. O usuário desavisado pode ligar esses conectores de forma invertida e isso acarreta o dano permanente a todas as placas do computador. Quase todas as fontes possuem uma chave seletora de voltagem (110 ou 220 volts), e também um ventilador interno que retira o ar quente do interior do computador e da própria fonte. O ar entra no computador por diversos orifícios e frestas existentes no gabinete e sai pela parte traseira da fonte. Em certos modelos de fonte, o percurso do ar 18
  • 19. é o inverso, ou seja, passa pela fonte e é empurrado para dentro do gabinete, expulsandoo ar quente.A fonte de alimentação possui diversos conectores para alimentação de placas, driversde disquete, disco rígido e drivers de CD-ROM e discos óticos em geral. SUBSTITUIÇÃO DA FONTE DE ALIMENTAÇÃOAlguns casos que necessitam substituir a Fonte de Alimentação:• Quando for anexado um componente à CPU que requeira uma quantidade maior deenergia.• Quando esporadicamente o Disco Winchester não inicializar.• Quando a fonte possui problemas de ventilação.• Quando o computador não inicializar.Para a substituição da fonte não basta selecionar uma quantidade de Watts requerida. Osrequisitos de qualidade, compatibilidade e o próprio aspecto físico para instalação dogabinete têm que ser considerada.• A retirada e instalação da fonte deverão do tipo de gabinete.• A fonte é identificada por uma caixa blindada e um ventilador voltado para a fonte.Na retirada, tomar alguns cuidados:• Desligar o computador• Desligar o cabo de alimentação• Eliminar a eletricidade estática 19
  • 20. • Retirar primeiramente os conectores da CPU e depois os restantes TENSÕES GERADAS PELA FONTEA tensão de 5 VOLTS de corrente continua alimenta principalmenteos processadores, memórias e alguns outros.A tensão de 12 VOLTS de corrente continua alimenta os motores dosacionadores de discos flexíveis, discos rígidos e outros motores.As tensões de 12 e -12 VOLTS de corrente continua alimentam os circuitosda interface de comunicação. Ex.: portas seriais.A tensão de -5 VOLTS é utilizada por alguns componentes periféricos ligados a CPU. DESCRIÇÃO DOS SINAIS DA FONTE ATXPWR_OK (Power Good Ok)PWR_OK ou Power Good é um sinal que quando alto "ativado" indica a existência dastensões +5VDC e +3.3VDC na saída da fonte. Quando este sinal é deixado ativado,deve haver tensão VDC suficiente para garantir a operação da fonte dentro dasespecificações técnicas. 20
  • 21. O sinal PWR_OK é deixado em estado baixo "desativado", quando as tensões +5VDC e +3.3VDC estão abaixo ou acima das especificações normais, ou quando as tensões forem removidas da motherboard por um tempo suficientemente longo de forma que a alimentação da tensão não seja garantida. PS_ON (Power Supply On) PS_ON é um sinal TTL que quando esta com nível lógico baixo "desligado" permite que a fonte forneça todas as cinco principais tensões DC de saída (3.3VDC, 5VDC, - 5VDC, 12VDC e -12VDC). Ele também permite que uma motherboard controle remotamente o suprimento de energia utilizando características como:• Soft on/off, liga e desliga a fonte por meio de software (ex.: Windows 95/98)• Wake-on-LAN, ativada a fonte por meio de uma placa de rede.• Wake-on-modem, ativada a fonte por meio de um modem. Quando o sinal PS_ON está com nível lógico TTL alto ou aberto a motherboard é mantida em curto "aberta" e os cinco circuitos DC da fonte não entregam corrente na saída da fonte ficando com potencial zero em relação ao terra e mantendo a motherboard fora de funcionamento. O sinal PS_ON não tem nenhum efeito na tensão +5VSB que é habilitada sempre que a tensão VAC (110/220) está presente. +5VSB (Standby) O sinal +5VSB mantém uma fonte de energia para os circuitos que têm que permanecer operacionais quando os cinco circuitos de produção das tensões DC principais de saída (3.3VDC, 5VDC, -5VDC, 12VDC e -12VDC) estão com um estado inválido ou desligados (fonte ATX desligada em modo Standby) Exemplo de circuitos que usam está tensão:• Soft power control• Wake-on-LAN• Wake-on-modem• Intrusion detection• Suspend state activities. É necessário o sinal +5VSB para a implementação do sinal PS_ON. A produção de +5VSB deve ser capaz de entregar um mínimo de 720mA, 1A ou 1,5A com +5V e tolerância de ±5% para os circuitos externos. 21
  • 22. PRINCIPAIS DEFEITOS Para o usuário, a fonte de alimentação é um componente de difícil manutenção pela necessidade de um conhecimento eletrônico razoável. Os defeitos mais comuns são o fusível e o ventilador que por vezes gera ruídos ou não gira corretamente. RECOMENDAÇÕES Nunca abra uma fonte de alimentação de qualquer aparelho eletro-eletrônico pois ela pode provocar choques elétricos. A fonte do microcomputador deve ser testada pelo comerciante que lhe vendeu, sendo aberta somente por um técnico qualificado. Dicas de manutenção somente para um técnico qualificado.• Não abra a fonte com o corpo úmido ou molhado.• Desligue a fonte da tomada.• Não ligue a fonte sem uma carga, (sucata de HDD e placa mãe).• Use uma lâmpada em série com a fonte consertada, peça um e-mail com maiores detalhes.• Esteja sempre com um calçado de couro e isolado. 22
  • 23. PREÇOS Especificações do produto:Preço Fixo: R$400.00 unit. Janelas transparentes em forma de X e painéis laterais mutáveis: aprovado no texte EMI Duas Luzes: piscam em 7 cores X-blower com função VR para mudança de velocidade da ventoinha Manuseio de cabos inteligente Sensor de Temeratura: provem temperatura real da fonte, compativel com todos os produtos Thermaltake 2 Conectores Serial ATA (Advanced Technology Attachment PFC Ativo (W0019, W0020) Barulho : 17 dBA à 1300 rpm, 45 dB à 4800 rpm Fonte com duas Ventoinhas Dissipador de Alta Performance AL Blue 23
  • 24. SevenTeam 522HLPPreço Fixo: R$ 395.00 unit. Especificações do produto: Cable Tie - Malha de proteção em todos os cabos 8 conectores IDE e 4 conectores floppy 2 Fans com Grill dourada Free Voltage - 90V ~ 264V 2 Serial ATA Cabo com 60cm de comprimento Peso: 2,400 Kg. Provinding Fan Monitor Signal Connector - Connector para monitorar o RPM da fan da fonte Providing the "Active Power Factor Correction" function reduces energy wastage to an absolute minimun. +5VSB reaches 2 AMP,enable for system suspend to RAM Complied with the specification of intel ATX12V 1.2V (Pentium 4)and AMD Athlon 24
  • 25. CONCLUSÃONeste trabalho identificamos as variações de gabinete e fonte dando as descrições decada um e o que houve de melhora no segmento da informática.É importante ressaltar que como vimos no decorrer da pesquisa que a escolha dedeterminado gabinete ou fonte vai ser determinada, procurando saber para qual fim vaiser usado levando em conta a quantidade de periféricos no caso do gabinete e oconsumo médio quando se tratar da fonte, trazendo dicas para identificação deproblemas que possam chegar a ocorrer e citando as respostas para os problemas.Em suma, tudo o que foi encontrado sobre e fonte que poderá ser utilizadoposteriormente como fonte de pesquisa, inclusive citando preços, está descrito ao longodo trabalho. 25
  • 26. REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICASSITES:CURSO COMPLETO DE HARDWARE 4° EDIÇÃO GABRIEL TORRESEDITORA MAKVOM BOOKS ANO 2001COMO MONTAR O SEU PC 3ª EDIÇÃOLAERCIO DE VASCOMCELOSEDITORA MAKROM BOOKS ANO 2000WWW.DMWINFO.COM.BR/HARDWAREWWW.MERCADOLIVRE.COM.BR 26