Uml Diagramas Estruturais

13,346 views

Published on

Apresentação sobre diagramas estruturais UML.

Published in: Technology
0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
13,346
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
361
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Uml Diagramas Estruturais

  1. 1. UML: Diagramas Estruturais Jéssica Pires Priscila de Ávila Rafaela Priscila Thaise Delfino CEA486 - Engenharia de Software II
  2. 2. UML: Diagramas Estruturais Introdução• Modelagem de Software CEA486 - Engenharia de Software II
  3. 3. UML: Diagramas Estruturais Introdução• A UML (Unified Modeling Language) CEA486 - Engenharia de Software II
  4. 4. UML: Diagramas Estruturais Introdução• Fácil Visualização• Obtém a especificação desejada• Facilita na comunicação entre pessoas CEA486 - Engenharia de Software II
  5. 5. UML: Diagramas Estruturais História do UML• Início do paradigma da Orientação à Objetos• Vários métodos surgiram• Destaque para três métodos: – OOSE de Ivar Jacobson. Voltado para casos de uso – Booch’93 de Grady Booch. Voltado para fase de projeto – OMT-2 de James Rumbaugh. Voltado para análise de sistemas de informação CEA486 - Engenharia de Software II
  6. 6. UML: Diagramas Estruturais História do UML• Em 1995 surgiu o “Método unificado”• Versão unificada foi batizada de UML• Surgimento de outras versões CEA486 - Engenharia de Software II
  7. 7. UML: Diagramas Estruturais 2005 2004 UML 2.0 2003 UML 1.5 2002 UML 1.4 2001 2000 UML 1.3 1999 1998 1997 UML 1.1 1996 UML 0.9 e 1.0 1995 1994 1993 1992 1991 1990 OMT OOSE Booch Method UML CEA486 - Engenharia de Software II
  8. 8. UML: Diagramas Estruturais História do UML• Contribuição da OMG3• Passou a responsabilizar pelas revisões• Adotou a UML como linguagem padrão. CEA486 - Engenharia de Software II
  9. 9. UML: Diagramas Estruturais Os diagramas UML 2• A linguagem UML chegou a sua versão 2 em 2003• A linguagem UML 2 é composta por 13 diagramas Diagrama Diagrama de Diagrama Estrutural Comportamento CEA486 - Engenharia de Software II
  10. 10. UML: Diagramas Estruturais Diagramas Estruturais CEA486 - Engenharia de Software II
  11. 11. UML: Diagramas Estruturais Diagramas Estruturais• Os diagramas estruturais são aspectos estáticos do sistema. Diagramas estruturais Diagrama de Diagrama de Diagrama de Diagrama de Diagrama de Diagrama de estrutura classes objetos pacotes componentes implementação composta CEA486 - Engenharia de Software II
  12. 12. UML: Diagramas EstruturaisDiagramas de Classes CEA486 - Engenharia de Software II
  13. 13. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Classe• É o principal diagrama• É o diagrama que chega mais próximo do código• Fácil visualização CEA486 - Engenharia de Software II
  14. 14. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Classe• O que é uma linguagem Orientada a Objetos? – Abstrações de conceitos do mundo real. Exemplo: Locadora de Filmes: Objetos: CD’s e Fitas, Clientes, etc. CEA486 - Engenharia de Software II
  15. 15. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Classe• Um exemplo Real: CEA486 - Engenharia de Software II
  16. 16. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Classe• Atributos físicos: – é grande, – sua cor principal é castanha, – olhos pretos, orelhas grandes e caídas, rabo grande.• Ações que ele costuma fazer: – balança o rabo quando chego em casa, – late quando ouve um barulho estranho, – trás a bola pra mim quando quer brincar. CEA486 - Engenharia de Software II
  17. 17. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Classe Objeto: ThorPropriedades: Cor do corpo: castanha, Cor dos olhos: preto,Altura: 30 cm Comprimento: 80 cm, Largura: 24 cm.Métodos: Balançar o rabo, Brincar, Latir, Deitar. CEA486 - Engenharia de Software II
  18. 18. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Classe• Classes funcionam como “carimbos” CEA486 - Engenharia de Software II
  19. 19. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Classe CEA486 - Engenharia de Software II
  20. 20. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Classe• Atributos – Características de um objeto• Métodos – Ações de um objeto• Relacionamentos CEA486 - Engenharia de Software II
  21. 21. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Classe• Construindo um diagrama de classes: • Levantamento de pré-requisitos • Definição dos Objetos • Definição e detalhamento das Ações • Definição das classes • Definição dos Atributos CEA486 - Engenharia de Software II
  22. 22. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Classe Exemplo• Levantamento de pré-requisitos – Conversa com o gerente de uma clínica dentária• Definição dos Objetos – Paciente, agenda, dentista, serviço, consulta, pagamento, etc..• Definição e detalhamento das Ações – marcar e confirmar consultas, cadastrar pacientes, cadastrar serviços, etc.• Definição das classes – paciente, dentista, exame, agenda, serviço. CEA486 - Engenharia de Software II
  23. 23. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Classe CEA486 - Engenharia de Software II
  24. 24. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Classe• Quando usar o diagrama de classes? – Sempre que houver uma classe – É o diagrama primário de qualquer projeto OO! CEA486 - Engenharia de Software II
  25. 25. UML: Diagramas EstruturaisDiagramas de Objetos CEA486 - Engenharia de Software II
  26. 26. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Objeto• CEA486 - Engenharia de Software II
  27. 27. UML: Diagramas EstruturaisDiagramas de Pacotes CEA486 - Engenharia de Software II
  28. 28. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Pacotes• O Diagrama de pacotes mostra a relação de pacotes e dependências entre pacotes. Clientes Serviços Produtos CEA486 - Engenharia de Software II
  29. 29. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Pacotes CEA486 - Engenharia de Software II
  30. 30. UML: Diagramas EstruturaisDiagramas de Estrutura Composta CEA486 - Engenharia de Software II
  31. 31. UML: Diagramas Estruturais Diagrama de Estrutura Composta• O Diagrama de estrutura composta mostra a estrutura interna das classes. Computador Programa Impressora CEA486 - Engenharia de Software II
  32. 32. UML: Diagramas EstruturaisDiagrama de Estrutura Composta Médico Consulta Paciente Diagnóstico CEA486 - Engenharia de Software II
  33. 33. UML: Diagramas EstruturaisDiagramas deComponentes CEA486 - Engenharia de Software II
  34. 34. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Componentes• Mostra como as classes deverão se encontrar organizadas;• Apresentar a disposição dos componentes físicos de um sistema;• Pode ser um pedaço de software reutilizável, bem encapsulado e facilmente substituído. CEA486 - Engenharia de Software II
  35. 35. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Componentes Segundo MACORATTI, a UML reconhece cinco estereótipos de componentes:• Um executável: Um componente que pode ser executado (um programa).• Uma biblioteca: Uma biblioteca de classes ou funções, dinâmica ouestática.• Um tabela: Uma tabela de um banco de dados.• Um documento: Uma parte da documentação (texto livre, diagramas,documentos de ajuda, etc.)• Um arquivo: Outros arquivos, geralmente, se trata de um arquivo decódigo fonte, mas pode ser também um arquivo de dados, um “script” ououtros arquivos. CEA486 - Engenharia de Software II
  36. 36. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Componentes• Um componente pode ser tanto um código em linguagem de programação como um código executável já compilado: CEA486 - Engenharia de Software II
  37. 37. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Componentes• Exemplo de notação: CEA486 - Engenharia de Software II
  38. 38. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Componentes• Um componente, assim como as classes que ele possui, dependem funcionalmente das classes de outro componente.• Exemplo 1: CEA486 - Engenharia de Software II
  39. 39. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de Componentes <<HTML>>• Exemplo 2: <<Aplication>> Interface GerenteDeBusca.java Cliente.html Locadora. <<HTML>> <<HTML>> InterfaceDinamica InterfaceEstatica .html .html <<dataBase>> BancoDeVideos.mdb <<Aplication>> MontaApplet <<HTML>> InterfaceExibida .html <<Aplication>> Servidor.java <<Applet>> <<Aplication>> Cliente.java TransmissorAV.java CEA486 - Engenharia de Software II
  40. 40. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de ComponentesNormalmente é utilizado para:• Modelar os componentes do código-fonte, do códigoexecutável do software.• Destacar a função de cada módulo para facilitar a suareutilização. CEA486 - Engenharia de Software II
  41. 41. UML: Diagramas Estruturais Diagramas deImplementação CEA486 - Engenharia de Software II
  42. 42. UML: Diagramas Estruturais Diagramas de ImplementaçãoModela o mundo físico do sistema,considerando: FAX• Computadores Terminal 1• Dispositivos e Servidor Impressora Matricial• Suas interconexões Terminal 2 Impressora Laser CEA486 - Engenharia de Software II
  43. 43. UML: Diagramas Estruturais Comparativo CEA486 - Engenharia de Software II
  44. 44. UML: Diagramas Estruturais Comparativo entre os Diagramas• Classes – Mostra o conjunto de classes com seus atributos e métodos e os relacionamentos entre classes – Modelados a partir das classes, objetos e métodos• Objetos – Exemplificar diagramas complexos de classes – Objetos recebem nomes reais CEA486 - Engenharia de Software II
  45. 45. UML: Diagramas Estruturais Comparativo entre os Diagramas• Pacotes – grupo de classes e relações entre esses grupos• Estrutura Composta – relacionamentos entre os elementos• Componentes – Organização das classes• Implantação – modela o relacionamento entre recursos de infra-estrutura, de rede ou artefatos de sistemas CEA486 - Engenharia de Software II
  46. 46. UML: Diagramas Estruturais Aplicação- StarUML CEA486 - Engenharia de Software II
  47. 47. UML: Diagramas Estruturais Conclusões CEA486 - Engenharia de Software II
  48. 48. UML: Diagramas Estruturais Conclusões• Os diagramas UML partem do mesmo princípio;• Permite em si a construção de um sistema eficiente, setratando de linguagens orientadas a objeto;• Permite analisar os requisitos que beneficia outros aspectos,como a comunicação;• É considerada uma das linguagens mais expressivas noquesito modelagem.• A UML é um método satisfatório para construção de sistema. CEA486 - Engenharia de Software II
  49. 49. Referências• http://staruml.sourceforge.net• SILVA, R. P. e. UML 2 em Modelagem Orientada a Objetos. Florian : Visual Books, 2007.• VARGAS, Thânia Clair de Souza. A história de UML e seus diagramas .• BOOCH, G.; RUMBAUGH,J.; JACOBSON,I. UML Guia do Usuário.2.ed. Rio de Janeiro:Elsevier, 2006.• PFLEEGER, S.L.Engenharia de Software - Teoria e Prática. 2.ed. São Paulo: Prentice Hall,2004.• CRAIG, L. Utilizando UML e padrões - Uma introdução à análise e ao projeto orientados a objetos e ao desenvolvimento iterativo.• BEZERRA, Eduardo. Princípios de Análise e Projeto de Sistemas com UML. – Rio de Janeiro : Elsevier, 2003.• PENDER, Tom. UML A Bíblia – Rio de Janeiro:Elsevier, 2004.• BOOCH, Grady; RUMBAUGH, James; JACOBSON, Ivar. UML Guia do Usuário. – Rio de Janeiro : Elsevier, 2006.• MARTIN, James.; ODELL, James. Análise e Projeto Orientados a Objeto. 639 p. – São Paulo: Makron Books, 1995. CEA486 - Engenharia de Software II

×