Primeiros princípios do DxI por Bruce Tognazzini

  • 936 views
Uploaded on

 

More in: Design
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
936
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0

Actions

Shares
Downloads
27
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. http://www.asktog.com/images/NNGTog156.jpgPrimeiros princípios do DxI por Bruce Tognazzini Tersis Zonato 2011
  • 2. Bruce Tognazzini• Publica no site AskTog• 14 anos na Apple Computer• Umdos líderes do Nielsen Norman Group, junto com: • Jakob Nielsen • Donald A. Norman
  • 3. Antecipação• Asaplicações devem tentar anteceder as necessidades e desejos do usuário• Reduziro trabalho do usuário, trazendo as informações para ele
  • 4. Antecipação
  • 5. Autonomia•O computador, a interface e o ambiente da tarefa “pertencem” ao usuário• Fornecerinformações sobre o estado do sistema para manter os usuário informados. Essas informações devem estar visíveis.• As regras não devem ser esquecidas
  • 6. Autonomia
  • 7. Autonomia
  • 8. Daltonismo• Utilizar pistas secundárias para transmitir a informação a quem não consegue diferenciar cores• Formas diferentes ou legenda de texto ajudam
  • 9. Daltonismo
  • 10. Consistência• Conceito de unidade• Inconsistência pode ser utilizada quando os elementos agem de forma diferente• Expectativa dos utilizadores
  • 11. Consistência
  • 12. Padrões• Campos podem ser selecionados automaticamente• Utilizar máscaras em campos (data, CPF, CNPJ, etc)
  • 13. Padrões
  • 14. Eficiência do utilizador• Está relacionada à produtividade• Pensar em semântica• Posicionamento dos elementos, hotlinks, atalhos de teclado, etc• Eficiente: Inserir / imagem• Não eficiente: Editar / Inserir Imagem
  • 15. Eficiência do utilizador
  • 16. Interfaces exploráveis• Pontos de referência e caminhos visíveis• Permitir a navegação livre e oferecer uma saída• Disponibilizar ao usuário dicas para uma sensação de “estar em casa”• Fazer ações reversíveis (permitir o desfazer: undo)
  • 17. Lei de Fitts•O tempo para chegar a um objeto é uma função da distância ao objeto e o tamanho do alvo• Q1: Ícones + legendas (área de hit)• Q2: Disposição palheta 2x8 vs. 1x16. Com apenas uma coluna fica mais eficiente• Q3: Cinco locais de fácil acesso para o usuário?
  • 18. Lei de Fitts• Q4:mostrar taskbar: pode ser disparada por acidente• Q5: Apple registrou o menu bar• Q6: menus hierárquicos• Q7: menu circular• Q8:menus hierárquicos lineares, para acessar horizontalmente
  • 19. Lei de Fitts
  • 20. Capacidade de ser aprendido• Curva de aprendizagem• Tempo que o usuário leva até aprender a executar uma tarefa
  • 21. Capacidade de ser aprendido
  • 22. Redução do tempo latente• Reduzir os tempos de espera do usuário• Resposta visual, ampulheta, barra de progresso
  • 23. Redução do tempo latente
  • 24. Proteção do trabalho• Garantir que o trabalho não seja perdido em caso de erro
  • 25. Proteção do trabalho
  • 26. Monitorar o estado• Se é a primeira vez que um usuário esteve no sistema.• Onde o usuário está• Onde o usuário pode ir• Onde o usuário esteve durante a sessão• Ondeo usuário esteve quando saiu na última sessão
  • 27. Monitorar o estado
  • 28. Navegação visível•Amaioria dos usuários não constroem mapas mentais e ficam perdidos ou cansados• Uma má navegação pode causar abandono do software ou sistema em questão
  • 29. Navegação visível
  • 30. Metáforas de uso• Permitem aos usuários vislumbrar os detalhes• Cria uma linguagem (semiótica)
  • 31. Tecnologias do passado http://www.youtube.com/watch?v=2t4BmLJsT0w
  • 32. Muito obrigado! @tersis