Permacultura Urbana

1,906 views
1,723 views

Published on

Apresentação na campanha cívica das Cidades Pela Retoma através de Francisco Florido do Terra Solta.

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,906
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
34
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide
  • As cidades ocupam 11% dos solos de boa qualidade na Terra.
  • Permacultura Urbana

    1. 1. Permacultura Urbana Movimento Terra Solta Porto, 21 de Outubro de 2010
    2. 2. Indice • Permacultura • Permacultura Urbana • Cidades pela Retoma • Presente Envenenado - Futuro Desesperado • Movimento Terra Solta • Imagens
    3. 3. Permacultura • A palavra permacultura originou-se da expressão “permanent agriculture“, porém hoje, devido a sua maior abrangência, pode-se dizer que deriva da expressão “cultura permanente” • A definição formal apresentada há muito tempo atrás pelo próprio Bill Mollison, que juntamente com David Holmgren desenvolveram a permacultura, desde o início dos anos 1970, na Austrália, unindo culturas ancestrais sobreviventes com os conhecimentos da ciência moderna • Permacultura é um sistema de design para a criação de ambientes humanos sustentáveis e produtivos em equilíbrio e harmonia com a natureza
    4. 4. Permacultura • A permacultura não se enquadra em nenhuma disciplina académica, sendo na prática um conhecimento transdisciplinar, abrangendo desde agricultura, arquitectura, ciências naturais, economia solidária… • Como elementos do design, a permacultura trata de plantas, animais, edificações e infra-estruturas (água, energia, comunicações), bem como, dos relacionamentos que podemos criar entre eles conforme sua composição num espaço para criar ambientes humanos em harmonia com a natureza
    5. 5. Permacultura Urbana • Criar aglomerados humanos (residência, condomínio, cidade, escola, hospital, empresa, indústria, etc.) sustentáveis, utilizando recursos locais na sua implantação; • Deve imitar a Natureza; • Deve criar um sistema em ciclo fechado, com múltiplas conexões Não deve gerar resíduos de qualquer espécie – na Natureza não existem resíduos; • Deve economizar e, se possível, gerar energia; • Deve ser uma sociedade cooperativa (e não competitiva) entre pessoas e com a Natureza. As cidades ocupam 11% dos solos de boa qualidade na Terra.
    6. 6. Cidades pela Retoma • Criação de emprego/ocupação • Produção de parte dos alimentos • União/compreensão da natureza da qual nos distanciamos dado o ritmo de vida citadino • Aprendizagem das formas de cultivo/recuperação de tradições e de cultivos naturais e orgânicos • União familiar - desde sempre as famílias uniam-se nas colheitas, no tratamento dos campos
    7. 7. Cidades pela Retoma • Mais tempo passado na natureza, mais energia, melhor saúde, menos tempo fixados e hipnotizados pela televisão, futebol, Centros Comerciais e meios de distracção, que facilitam o controlo das massas • Compreensão e orientação do nosso calendário biológico, respeitando as estações e as suas transições, re-introdução de um ritmo de vida mais natural/holístico • Percepção da nossa alimentação - comer o que a terra nos dá nessa estação • Cultivo de plantas medicinais e abandono progressivo de fármacos
    8. 8. Cidades pela Retoma • Melhoria da qualidade de vida nas cidades • Educar as nossas crianças para a importância da terra, do cultivo • Ocupar os mais idosos nestas tarefas, que vivem enfiados em “asilos” à espera de um fim sofrido e triste • Produção e consumo de proximidade. “Agricultura convencional é um sistema destrutivo e finito”
    9. 9. Presente Envenenado - Futuro Desesperado • Crise Financeira • Crise Económica • Crise Social • Crise Ambiental O que é a Segurança Alimentar? O que é a Soberania Alimentar? Deixar as pessoas cultivarem e criarem a sua própria comida, energia, abrigos é perder o controlo económico e político sobre eles.
    10. 10. Movimento Terra Solta • O Movimento Terra Solta, nasce de um encontro de amigos que partilham de ideais, de uma sociedade mais justa, mais próxima da terra que pode e deve usufruir da tecnologia • E se na aldeia global, existissem pequenas aldeias comunitárias onde se possa viver de forma mais igualitária, em que todo o homem e mulher é dotado de capacidades positivas não auto-destrutivas. E se essas pequenas aldeias que podem ser urbanas, fossem geridas por palavras tão simples, como: SOLIDARIEDADE E COOPERATIVISMO
    11. 11. Movimento Terra Solta Será que podemos viver de forma mais saudável e mais feliz? O Movimento Terra Solta, não tem duvidas disso! Tem a certeza que o regresso à terra, à produção de bens de forma próxima, a reutilização, a negação do excesso podem criar pessoas mais felizes num ambiente equilibrado e sustentável. Basta acrescentar mais umas palavras simples: PERMACULTURA, AGRICULTURA BIOLÓGICA E BIODINÂMICA EM MEIO URBANO E RURAL, COMUNIDADES URBANAS PARTILHADAS, ECO-ALDEIAS
    12. 12. Movimento Terra Solta • O Movimento Terra Solta, tem por base ser apolítico. Mas até aqui falamos de Sociedade, Economia, porque um Homem é um ser Politico. E o Movimento acredita em palavras politicas revolucionárias: ANARCO-ECOLOGISMO • Ao vermos o miolo dos centros urbanos ao abandono. As aldeias sem gentes. Essa forma de viver está a dar lugar a “Megalópis” sem sentido e sem necessidade • As cidades deixaram-nos réstias de uma cultura de proximidade, com os seus quintais, o pequeno comercio, o pequeno produtor, em que cada Rua era uma Aldeia, e as Aldeias eram comunitárias
    13. 13. Movimento Terra Solta • E se reocuparmos e dermos vida a esses espaços, e se as Aldeias voltarem a ter gente e se os Quintais, lojas, pequenas industrias locais voltarem a ter gente? • E se as casas abandonadas voltarem a ter gente? E se recuperamos tantos e tantos métodos tradicionais em fase de desaparecerem? • O MOVIMENTO TERRA SOLTA, objectiva uma atitude de OKUPAR os espaços abandonados, e poder praticar as ideias aqui escritas para uma sociedade mais justa, mais livre em comunhão com o ambiente.
    14. 14. Movimento Terra Solta • Fim progressivo da dependência do estado, evolução para uma sociedade cooperativa e não competitiva e concorrencial • Compreensão que o ser humano não só se alimenta de comida, mas sim do ar que respira, das interacções que realiza no dia a dia • Aumento da consciência individual/global • União das “Tribos”, ambientais, medicinas naturais • Ensino e divulgação de material • Pressão para ocupação de terrenos abandonados nas cidades • Cultivo no topo dos prédios • Fortalecimento dos grupos de pressão sobre estas questão
    15. 15. Terraço e Telhado
    16. 16. Horta Social
    17. 17. Agricultura Urbana
    18. 18. BioKintal

    ×