• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Luxembourg RegiõEs E Cidades
 

Luxembourg RegiõEs E Cidades

on

  • 4,718 views

 

Statistics

Views

Total Views
4,718
Views on SlideShare
4,650
Embed Views
68

Actions

Likes
1
Downloads
0
Comments
0

2 Embeds 68

http://michelechristine.wordpress.com 65
http://www.slideshare.net 3

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Luxembourg RegiõEs E Cidades Luxembourg RegiõEs E Cidades Presentation Transcript

    • Foto: Esch-Sur-Süre (Ardennes) Parte 8 Regiões e Cidades Grão-Ducado de Luxembourg Lema: "Mir wëlle bleiwe wat mir sin" (Queremos ficar o que somos) Clicar
    • Regiões do Luxembourg - país
      • Luxembourg, capital e arredores
      • Ardennes
      • Mullerthal, a pequena Suiça luxemburguesa
      • Moselle
      • Terres rouges
      Foto: Troisvierges - Igreja Clicar
    • Foto: Vianden – uma pequenina cidade do Luxembourg na fronteira alemã com um jardim repleto de flores. Viajando pelo Luxembourg Um país romântico, salpicado de restos de fortificações e rios, pontes e vales... e flores.... muitas flores. Clicar
    • 1. Luxembourg, a capital e os arredores Clicar
    • Foto: Casematen - Luxembourg 1. Contos de fada podem ser reais Luxembourg teve seu início no ano de 963, quando Siegfried, duque de Ardenes adquiriu um velho forte romano que pertencia a uma congregação religiosa. Aquele velho forte romano tinha o nome de Lucilinburhuc. E o duque de Ardennes construiu ali o seu castelo e o denominou "Castelo de Luxembourg". Ao seu redor foi crescendo o povoado com o nome de Luxembourg. Durante a dinastia dos Siegfried, o ducado do Luxembourg forneceu grandes nomes para a história da Alemanha. E o ducado se manteve independente. Clicar
    • 2. Ardennes Clicar
    • Foto: Ardennes As Ardenas é uma região de extensas florestas, colinas onduladas e montanhas Ardenas Inclui a maior parte da província do Luxembourg. O terreno acidentado severamente limita a margem para a agricultura, com culturas arvenses e de produção leiteira em áreas desmatadas na base de economia agrícola... As extensas florestas têm uma abundante população de caça selvagem A beleza cênica da região e sua grande variedade de atividades ao ar livre, incluindo a caça, ciclismo, caminhada e canoagem a tornam um destino turístico popular. 2. A natureza é bela Clicar
    • Foto: Cervejaria Diekirch Diekirch está situada às margens do Rio Sûre, a 35 quilômetros ao norte da capital Luxembourg. É uma antiga cidade e hoje, totalmente modificada em zona para pedestres com cafés, antigas ruas com pequenas passagens, shoppings, e praça para concertos públicos de verão e apresentações folclóricas. A maior atração turista local é o boa e genuína cerveja Diekirch. Clicar
    • 3. Mullerthal, "a pequena Suiça luxemburguesa" Clicar
    • Foto: Eschternach - festa tradicional 3. Agitação, fé e tradição Echternach é uma cidade que cresceu junto das muralhas da Abadia de Echternach a qual foi fundada no ano de 698 por Santo Willibrord, um monge d Reino da Nortúmbria que se tornou o primeiro bispo e como tal dirigiu o monastério como abade até sua morte, em 739. É em sua honra que a procissão de Echternach ocorre anualmente no dia de Pentecostes. O rio Sauer atravessa a cidade e divide atualmente Luxemburgo da Alemanha. A pitoresca cidade, ainda cercada por muralhas medievais com as suas torres, foi danificada na Segunda Guerra Mundial e foi completamente restaurada e que tem sido o local de um maio e junho Festival Internacional de Música desde 1975. O Dancing Procissão de Echternach é um evento religioso, que atrai peregrinos de todo o Luxemburgo, bem como de países vizinhos (Alemanha, França, Bélgica, Holanda e mesmo), como uma expressão da fé católica, e uma celebração, cuja influência se estendeu muito além dos limites do atual Grão-Ducado. Clicar
    • 4. Moselle Clicar
    • Foto: Um giro na região da Moselle – as uvas estão maduras. O Moselle tem 545 km de extensão, tornando-o o maior afluente do rio Reno. O sinuoso vale do rio, com seus íngremes declives pode ser descrito como um “anfiteatro natural ornamentado por videiras”. Com uma série de inacreditáveis curvas e voltas, o Moselle percorre o seu caminho, desde a sua nascente até o sul das montanhas Vosges, onde desemboca no Reno, no Deutsches Eck (Canto Alemão) em Koblez. Entre Hunsrück e Efiel, o vale do rio corre através de uma magnífica região de vinicultura, que é datada dos tempos romanos. Devido ao clima, praticamente mediterrâneo, e aos declives íngremes de ardósia, que retêm o calor, o frutoso Riesling cresce extremamente bem nesta região 4. Descanso refrescante e saudável Mondorf-les-bain Remich Clicar Clicar
    • 5. Terras Vermelhas Clicar
    • As “Terres Rouges” (Terras Vermelhas) se constituem de uma região natural no sul e sudeste do Grão-Ducado de Luxembourg. Uma região populosa com grandes cidades como Esch-sur-Alzette (fronteira com a França), Bettembourg, Differdange, Dudelange e Schifflange. É uma das regiões as mais prodigiosas em matéria de produção de ferro do oeste europeu, pois desenvolveram a indústria siderúrgica local que hoje está entregue à “Arcelor”, o segundo maior produtor mundial de aciaria. E, ao longo do declínio da indústria siderúrgia, as Terras Vermelhas diversificaram sua matéria prima para contrução civil, de engenharia e produtos químicos. Foto: Esch-sur-Alzette 5. Construir sempre Rodange Lamadelaine Esch-sur-Alzette Clicar
    • Schengen é uma pequena vila no sudeste do Luxembourg, próxima ao ponto onde confluem as fronteiras da Alemanha, França e Luxembourg. A vila tornou-se famosa em 14 de junho de 1985 quando o Acordo de Schengen foi assinado a bordo do barco Princesse Marie-Astrid no Rio Moselle. O Acordo de Schengen é uma convenção entre países europeus sobre uma política de livre circulação de pessoas no espaço geográfico da Europa. O Espaço Schengen permite a livre circulação de pessoas dentro dos países signatários, sem a necessidade de apresentação de passaporte nas fronteiras. Porém, é necessário ser portador de um documento legal como, por exemplo, o Bilhete de Identidade. Além do mais, o Espaço Schengen não se relaciona com a livre circulação de mercadorias (embargos, etc.) cuja entidade mediadora é a União Européia e os outros membros fora do bloco econômico. Uma informação básica Foto: Fronteira de Schengen. Clicar
    • Foto: Esch sur Alzette La Ville d'Esch-sur-Alzette, avec ses 27.000 habitants, est la deuxième ville du Grand-Duché. Située à la frontière française, au sud du pays, elle est le chef-lieu du canton d'Esch-sur-Alzette. Sa zône piétonne en fait un paradis commercial et culturel, avec son théâtre, ses galeries. Mais Esch est surtout une ville industrielle (ARBED), dotée d'une histoire de plus de 5000 ans.  Clicar
    • A cidade de Mullerthal recebeu o nome da região onde se encontra o que também se chama “A pequena Suiça Luxemburguesa”. Nas grandes alturas perto da localidade, encontramos as ruínas do “Heringerburg”, um antigo castelo-fortaleza. Ao sul de Mullerthal, abaixo de uma pequenina ponte, apreciamos o “Schiessentümpel”, que é a mais alta cascata do país. Foto: Mullerthal Castatas de Schiessentümpel Foto: Mullerthal – Entrada do Castelo Heringerburg Foto: Mullerthal - Castelo Heringerburg Foto: Mullerthal – vista geral Clicar
    • Foto: Ruínas do Castelo de Esch-sur-Sure Clicar
    • Foto: Lamadelaine - Vista geral Clicar
    • Foto: Capellen – Vista geral (arredores) F i m Continua na Parte 8 Créditos: Textos e fotos: pesquisa internet Arte e formatação: Michèle Christine Valerie Godefroid Música: Joe Dassin - Mélancolie Fechar