• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Conhecendo Melhor O Linux
 

Conhecendo Melhor O Linux

on

  • 6,351 views

Esta apresentação foi feita primeiro pensando no meu local de trabalho (uma escola), e o público-alvo, que são professores resistentes ao pinguim. Portanto, há a necessidade de cortar alguns ...

Esta apresentação foi feita primeiro pensando no meu local de trabalho (uma escola), e o público-alvo, que são professores resistentes ao pinguim. Portanto, há a necessidade de cortar alguns slides, que não tem sentido.
Aceito sugestões de como melhorar, e/ou organizar melhor a apresentação.

Esse é o meu retorno à comunidade, peguei umas 10 apresentações aqui e montei essa. Espero que gostem!

Statistics

Views

Total Views
6,351
Views on SlideShare
6,340
Embed Views
11

Actions

Likes
1
Downloads
315
Comments
2

1 Embed 11

http://www.slideshare.net 11

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as OpenOffice

Usage Rights

CC Attribution-NonCommercial LicenseCC Attribution-NonCommercial License

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel

12 of 2 previous next

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Essa é uma area que estou inserido, inclusive eu faço um curso muito bom sobre linux, o curso é online, ótimo pra quem trabalha na area, eu recomendo porque gostei demais vou deixar
    o link: http://bit.ly/formacaolinux
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
  • Muito boa apresentação. bom para começar mesmo... parabéns.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Conhecendo Melhor O Linux Conhecendo Melhor O Linux Presentation Transcript

    • Conhecendo melhor o Linux
      • Ricardo Jurczyk Pinheiro
    • O que é esse tal de Linux?
      • Sistema operacional de código aberto, baseado em Unix.
        • Kernel monolítico, mantido por Linus Torvalds e muitos outros ao redor do mundo (desde 1991).
        • Um conjunto de programas, cada vez maior!
      • Versão atual do kernel: 2.6.25.2 (12/05/2008)
      • Licença de uso – GPL.
      • ”O sistema do pinguim” (Tux).
    • Unix
      • 1965 – Desenvolvimento do Multics
        • Empresas e governo.
      • 1969 – Desenvolvimento do Unics, pelo Bell Labs, da AT&T
        • Ritchie e Thompson.
        • Assembly, depois B, e finalmente C.
      • 1973 – Unix forma forma, em C.
      • 1975 – Unix ganha o mundo, graças à lei anti-truste.
    • Filosofia do Unix
      • (Quase) tudo é arquivo.
      • Os programas devem ter uma função bem-definida e devem fazê-la bem.
      • Os programas devem aceitar a entrada-padrão (teclado) e a saída-padrão (tela).
      • Os programas devem poder ser ”conectados” entre si, por ”dutos” (pipes).
      • Há uma separação rigorosa entre o modo usuário e o modo kernel.
    • Exemplos de sistemas UNIX
      • Comerciais:
        • Sun Solaris, IBM AIX, HP-UX, SGI IRIX, Coherent, Mac OS X, etc.
      • Gratuitos:
        • ” Família” BSD: NetBSD, OpenBSD, FreeBSD, etc.
        • Tropix, Uzix, etc.
      • Muitos outros: Hoje em dia há mais de 50 sistemas ”padrão Unix” - seguem o padrão POSIX, determinado pela IEEE.
    • Projeto GNU
      • Richard M. Stallman
        • Pesquisador do MIT (Laboratório de IA)
        • Longa tradição hacker.
          • Trocar programas como se trocam receitas de bolo.
        • Insatisfeito com as mudanças (Brigas na Justiça pela propriedade do Unix, código fechado, etc)
      • 1983 - Manifesto GNU (GNU Not Unix)
        • Objetivo: Sistema operacional
        • completamente livre, baseado em Unix.
    • Linux:
      • Linus Torvalds
        • Aluno de Ciência da Computação
        • (Universidade de Helsinki).
      • 1991 (outubro) – kernel versão 0.02.
        • Primeira versão disponível a todos.
        • Objetivo: Only for fun (”Só de farra”).
        • Uso de ferramentas GNU – por isso GNU/Linux.
        • GPL - Licença de uso – ”(...) amarrei minhas próprias mãos para garantir a liberdade do Linux(...)”
    • Licenças
      • Toda produção intelectual é (ou deve ser) regida por uma licença de uso.
      • Define direitos e deveres.
        • Creative Commons - artes.
      • Com software, não poderia ser diferente:
        • Licenças comerciais (EULA)
        • Licenças do tipo shareware, freeware, ad-ware, etc.
        • Licenças open-source (quase 70!):
          • GPL, LGPL, Apache, MS-PL, MPL, Artística, etc.
    • Software Livre
      • Uma questão de liberdade, não de preço.
      • ”Free as in free speech , not as in free beer .”
      • Quatro liberdades:
        • Usar o programa para o que quiser.
        • Estudar o programa e aprender com ele.
        • Modificar o programa para os seus propósitos.
        • Distribuí-lo da mesma forma que você o recebeu.
      • As modificações feitas continuam livres.
    • Distribuições
      • Kernel Linux + ferramentas GNU + programas.
      • Feitas por empresas, uma pessoa ou um grupo de pessoas.
      • Personalização:
        • Empacotamento, suporte, preço, arquiteturas suportadas, público-alvo, etc.
      • Muitas centenas de distribuições.
      • Exemplos: Fedora, Ubuntu, Gentoo, Mandriva, Slackware, Debian, CentOS, openSUSE, Kurumin, Damn Small Linux, etc.
    • Algumas personalidades do SL Rasmus Lerdorf Dinamarca PHP Miguel de Icaza México GNOME/Mono Alan Cox Escócia Linux Kernel Brian Behlendorf EUA Apache Alexandre Oliva Brasil GCC Aurélio Vargas: Brasil Shell e sed Djalma Valois Brasil CIPSGA Augusto Campos: Brasil BR-Linux.org Júlio Cesar Neves Brasil Shell script
    • Onde tem Linux por aí?
      • Servidores e desktops
      • Clusters de alto desempenho
        • Top500.org – 85,2% dos supercomputadores rodam Linux.
      • Sistemas embarcados
        • Celulares, Internet tablets, smartphones
          • Android (Google), Motorola, OpenMoko
          • ”20% dos celulares terão Linux em 2013”
          • (IT Web, 24/04/08)
    • Exemplos de uso do Linux
      • Estimativa: 55% da Internet roda sobre Linux.
      • Prefeituras de Munique e Viena.
      • Sistema educacional suíço.
      • Governos francês, espanhol, etc.
      • Dell, HP, Asus – micros com Linux instalado.
      • Fórmula-1: McLaren, Ferrari, Renault.
      • IBM, Intel, AMD, Google, Oracle, Shell, Pixar, Boeing, Nokia, Motorola, Sony, Cisco, Novell, HP, NASA, etc.
    • Exemplos de uso no Brasil
      • Governo Federal
        • Programa ”Computador para Todos”
        • Ministérios, estatais, etc.
      • Governos estaduais
        • São Paulo – telecentros
      • Forças Armadas.
      • Empresas (alguns exemplos):
        • Casas Bahia, Ricardo Eletro, Itaú, HSBC, Saraiva, Cobra, Caixa Econômica, ABN, Carrefour, BB, etc.
    • Por que usar Linux?
      • Código disponível – aprendizado por exemplo.
      • Muitas aplicações.
        • Distribuição Debian - Mais de 15.000 pacotes disponíveis via Internet para serem instalados.
      • Seguro – o código-fonte está disponível.
        • ”Linux é preservado em evento onde Windows e Mac OS foram invadidos” (Br-Linux, 30/03/08)
      • Uso de padrões abertos.
      • Rápido e escalável.
    • Por que usar Linux? (cont.)
      • Confiável.
        • ”Bolsa Mercantil de Chicago movimenta US$ 1,2 quatrilhão usando 4000 servidores Linux” (Br-Linux, 23/04/08)
      • Custo do software: Zero.
      • Muitas opções para suporte, pago ou gratuito.
      • Cada vez mais fácil de instalar e de usar.
      • Farta documentação.
      • Alternativa crescente no mercado.
    • Por que (ainda) não usar Linux?
      • Nem tudo é perfeito.
      • Algumas aplicações não são tão completas como os seus equivalentes comerciais.
        • Área de design é a que tem mais carência.
        • Constante desenvolvimento e aperfeiçoamento.
      • Falta de aplicações populares nativas para Linux.
        • ”Photoshop tops "most wanted" Linux app list” (DesktopLinux, 01/02/2006)
    • Por que (ainda) não usar Linux? (cont.)
      • Falta de interesse de fabricantes de hardware de fazerem drivers para Linux.
          • ”Decola o projeto de desenvolvimento gratuito de drivers para Linux” (Br-Linux, 29/07/07)
      • Poucos jogos ditos populares .
    • ”Mas não tem programas...”
    • Por que o Linux não é tão popular no Brasil?
      • Cultura de ”pirataria”: Copie e seja ilegal.
        • Lei de Gérson?
      • Resistência à novidade.
      • Medo de fazer besteira no computador.
        • WUBI – Instalador do Ubuntu no Windows.
      • O pecado mortal da preguiça .
      • ”Se é gratuito, então não presta”.
    • Um pensamento sobre isso...
      • ”Usuário é engraçado... Usa Windows, com todos os seus problemas: vírus, spywares, falhas de segurança, travamentos e outros. Aí vai usar Linux. Na primeira dificuldade diz que Linux não presta e volta para o Windows!”
      • Piter Punk, da comunidade
      • Slackware-BR.
    • Movimentos no mercado
      • ”Adobe inicia abertura de formatos de arquivo do Flash” (Br-Linux, 2/05/08)
      • ”(...)Sun diz que Java vai ser completamente código aberto no final do ano” (Br-Linux, 29/04/08)
      • ”Adotamos Linux lentamente, admite governo” (Info, 18/04/2008)
      • ”Infraero anuncia adoção do BrOffice” (Br-Linux, 22/04/08)
    • Movimentos no mercado (cont.)
      • ”(...)Desenvolvedores e profissionais em software livre recebem até 40% mais” (Br-Linux, 20/04/08)
      • ”Ingex: o projeto multimídia de código aberto da BBC” (Br-Linux, 14/04/08)
      • ”Yahoo aposta suas fichas em estratégia de código aberto” (Computerworld, 12/05/08)
      • ”Linux avança no setor corporativo” (IT World, 2/05/08)
    • Futuro – alguns destinos
      • Mobilidade.
      • Cada vez mais aplicações web
        • Diminuição da importância do sistema operacional do cliente.
      • ”O futuro é livre” (IBM).
        • A ressureição dos mainframes – a IBM está trocando 3900 servidores por 33 mainframes internamente – tudo rodando Linux.
    • Afinal, como esse pessoal paga as contas?
      • Foco no serviço, e não no produto.
        • O software é livre, mas o suporte pode ser pago!
        • Exemplo: Canonical (Ubuntu)
    • Afinal, como esse pessoal paga as contas? (cont.)
        • Não gostou dos preços? É só ir atrás de outra empresa que faça o mesmo.
      • Desenvolvimento
        • Desenvolvimento para ambientes específicos (aplicações embarcadas).
        • Customizações de aplicações e distribuições para clientes específicos.
        • Criação de software (livre ou proprietário) que funcione em cima de software livre.
      • Certificação e treinamento.
    • Interface gráfica
      • ”Ah, aqueles desenhos engraçados...”
        • Facilitar a interação entre o homem e a máquina.
        • Uso de mouse, ícones, janelas, entre outros elementos.
      • No Unix:
        • Modelo cliente-servidor
        • Servidor gráfico interage com um gerenciador de janelas
        • Conexões via TCP/IP – como se fosse numa rede.
    • KDE
      • Versão 4.04
      • Completo
      • Fácil de usar
      • Biblioteca Qt (TrollTech)
    • GNOME
      • Versão 2.22
      • Simples
      • Limpo
      • Biblioteca GTK+
    • Outros
      • Desktops
        • XFCE
      • Gerenciadores de janelas
        • Blackbox
        • IceWM
        • Enlightenment
        • FVWM
        • WindowMaker (made in Brazil)
        • Quase 100. É só escolher um.
    • Ubuntu
      • Mark Shuttleworth
        • África do Sul
        • Milionário
        • Primeiro africano no espaço.
      • Ubuntu = palavra zulu que significa ”humanidade através de outros”.
      • Canonical
        • Empresa que apóia o desenvolvimento do Ubuntu.
      • Objetivo: ” Linux para seres humanos ”
    • Ubuntu (cont.)
      • Uso do GNOME como interface gráfica.
      • 2 lançamentos por ano, suporte por 18 meses.
      • 1 CD-ROM, com o sistema e aplicações (SL) selecionadas.
      • Variações:
        • Kubuntu (KDE), Xubuntu (máquinas lentas), Edubuntu (educação), Ubuntu Studio (multimídia), Mythbuntu (media center), etc.
      • Atual: Ubuntu 8.04 (Hardy Heron)
    • Situação atual na ETER
      • Em torno de 40 programas instalados:
    • Uso de SL na escola - servidores
      • Atual (alguns exemplos):
        • Ubuntu Linux (sistema operacional)
        • Banco de dados (MySQL e PostgreSQL).
        • Servidor de arquivos para Windows (Samba).
        • Proxy para Internet (Squid).
        • Scripts de manutenção e automatização.
      • Futuro (algumas idéias):
        • Mensagem instantânea (Jabber).
        • Grupos de trabalho (eGroupware).
        • Wikis (dokuwiki, tikiwiki, phpwiki).
    • Uso de SL na escola – desktops
      • Atual (alguns exemplos)
        • Ubuntu Linux em todas as máquinas (dual-boot).
        • Live CD customizado para instalar as máquinas.
        • Vários SL na instalação do Windows -
        • o mais conhecido é o Firefox.
      • Futuro:
        • Aumentar o uso de SL para Windows, substituindo o que for possível.
        • Aumentar o uso do Linux como base para ferramenta de ensino.
    • Foco no ensino
      • Ensinemos o conceito, não a ferramenta.
        • Ensinar o aluno a ”pescar”, não a manejar um tipo de vara, anzol e molinete.
      • Suíça: ”(...) o motivo da mudança é a busca de melhores práticas para a educação.”
      • Distribuições específicas para educação: Edubuntu, Freeduc, MIL, etc.
      • Soluções ao redor do mundo:
        • Austrália: ComputerBank
        • México: RedScolar
    • E o que a gente faz?
      • Treinamento
      • Estudo
      • Pesquisa
      • Aprendizado – afinal, somos professores, né?
      • E como a gente começa?
    • Um último pensamento
      • ”Acredito que as pessoas com os ideais mais elevados estão interessadas em código aberto, e são essas pessoas que têm as maiores motivações para colocar seus talentos tecnológicos para trabalhar em benefício do mundo. (...) Mas também não significa que elas sejam contra fazer dinheiro.”
      • Steve Wozniak, co-fundador da Apple.
    • Sites úteis:
      • http://br-linux.org
      • http://www.ubuntubrasil.org
      • http://www.ibm.com/linux
      • http://www.iti.br
      • http://www.linuxalt.com/
      • http://www.vivaolinux.com.br
      • http://www.slideshare.net
    • Fim
      • Chega, né?