Your SlideShare is downloading. ×
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Tecnologias de informação e comunicação
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Tecnologias de informação e comunicação

918

Published on

Published in: Education, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
918
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
22
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. <br />13182601947545Tecnologias de Informação e Comunicação<br />Internet<br />26-03-2010<br /> Professor: Marco Antunes<br />Índice<br /> TOC o " 1-3" h z u Introdução PAGEREF _Toc256865219 h 3Como surgiu a internet PAGEREF _Toc256865220 h 4O que é a internet? PAGEREF _Toc256865221 h 6O que são IP? PAGEREF _Toc256865222 h 7Endereços IP (Internet Protocol): PAGEREF _Toc256865223 h 7Servidores na Internet PAGEREF _Toc256865224 h 8Hardware PAGEREF _Toc256865225 h 9Software PAGEREF _Toc256865226 h 10Fornecedor de serviço PAGEREF _Toc256865227 h 11Tipos de fornecedores de serviço PAGEREF _Toc256865228 h 11O que são motores de busca? PAGEREF _Toc256865229 h 12Vários motores de busca: PAGEREF _Toc256865230 h 12Conclusão PAGEREF _Toc256865231 h 13Bibliografia Web PAGEREF _Toc256865232 h 14<br />Introdução<br /> Este trabalho e baseado na disciplina de tecnologias de informação e comunicação (TIC). E com função ser realizado no Microsoft Word, para que facilite a melhor aprendizagem em trabalhar no Word. O professor Marco Antunes escolheu o tema da internet para realizarmos o nosso trabalho. Este trabalho também quer que ficamos a conhecer melhor os programas da internet e de onde vem e como apareceu a internet. <br />Como surgiu a internet<br /> Em meados da década de 60, o departamento de defesa dos EUA sentiu a necessidade de integrar os computadores militares para que fosse possível a troca de informações entre si e no caso de um ataque inimigo os dados guardados nesses computadores não seriam perdidos. Então surgiu a ARPANET, o antecessor da Internet. Com o sucesso desse novo sistema, foi permitido o acesso pelas universidades, propondo-se a promover pesquisas científicas. Daí a liberação desse sistema para redes livres, como é a Internet nos dias de hoje, foi inevitável. Contudo, a Internet como conhecemos hoje, com sua interactividade, só se tornou possível pela contribuição do cientista Tim Berners-Lee e ao CERN, (Centro Europeu de Pesquisas Nucleares), que criaram a World Wide Web. Inicialmente interligando sistemas de pesquisa científicas e mais tarde académicas. A partir dos anos 1990 a rede colectiva ganhou uma maior divulgação pública e em Agosto de 1991, Berners-Lee publicou seu novo projecto para a World Wide Web, dois anos depois de começar a criar o HTML e o HTTP. Por este motivo, em 23 de Agosto se comemora o Dia do Internauta.Em 1993 surge o primeiro navegador Mosaic, e no final de 1994 o interesse público na Internet já era grande. Até que em 1996 a palavra Internet já era de uso comum, principalmente nos países desenvolvidos. Actualmente, o seu crescimento é tamanho que se tornou um dos principais meios de comunicação existente. Interliga milhões de pessoas todos os dias, que trocam informações, cultura e conhecimento.<br />Figura 1 (ligação da internet) 190119058420 <br />Como funciona a internet<br /> Definimos a Internet como uma rede de redes de computadores. Como qualquer outra rede de comunicação, é um conjunto de equipamentos terminais (computadores) ligados por um meio de transmissão. Na Internet estão interligadas vários tipos de redes, quer quanto à cobertura geográfica (redes locais, redes de longa distância, etc.), quer quanto aos equipamentos que as compõem e a tecnologia utilizada. Para que isso seja possível, é necessários que existam regras comuns, designadas protocolos. <br /> O conjunto de protocolos (também designado família de protocolos) utilizados na Internet é o TCP/IP (Transmission Control Protocol/Internet Protocol). A família TCP/IP é composta por diversos protocolos, dos quais destacados (para além dos dois - TCP e IP- que dão o nome à família) o DNS, o SMTP, FTP e Telnet. A comunicação entre os diversos computadores interligados na Internet (garantindo que a informação não se " perca" pelo caminho, ou chegue ao destino errado) é assegurada pela atribuição de um endereço numérico a cada host, que o identifica. Esse endereço, chamado endereço IP, é formado por quatro campos, separados entre si por pontos é o endereço IP do computador onde estão hospedadas várias páginas.<br /> <br />190309580645 <br /> <br /> Figura 2 (meio de transmissão)<br />O que é a internet?<br /> A Internet é constituída por alguns milhões de computadores interligados entre si. Rede de computadores: uma rede de computadores é a interconexão de pelo menos dois ou mais computadores que podem comunicar uns com os outros.  <br /> Existem dois tipos de redes:   <br /> Local Area Network (" LAN" ) ou redes locais: nestas redes, os computadores possuem um elevado grau de proximidade geográfica encontrando-se interconectados por um cabo. Usualmente numa mesma rede existem uma série de computadores pessoais (clientes) e um ou mais servidores centrais responsáveis pela disponibilização de serviços. O processo de comunicação por parte dos computadores clientes é assegurado através dos servidores. Wide Area Network (" WAN" ): A interconexão entre várias redes LAN, que por vezes possuem um carácter muito distinto e residem em pontos geográficos remotos toma o nome de WAN. A interconexão entre LANs é feita através de nós computacionais devidamente identificados. Os computadores que estabelecem a ligação entre cada uma das LANs e a WAN tomam o nome de Gateways.  <br /> A Internet é de longe a maior WAN existente, mas não é a única. É constituída por uma infinidade de nós computacionais (hosts ou servidores), permanentemente conectados entre si através de linhas arrendadas. Todos eles se encontram permanentemente ligados e podem-se substituir nas funções uns dos outros em caso de falha de alguns dos nós. Finalmente existem pelo menos alguns milhões de computadores clientes, conectados à rede de hosts. Continuamente ou de forma temporária estes computadores passam a fazer parte da Internet.   A Internet não significa necessariamente que existe uma ligação permanente a esta. Só entidades que sejam responsáveis por hosts, como universidades, empresas, organizações é que normalmente possuem ligações contínuas. O utilizador “normal” efectua o seu acesso à Internet via ISDN ou através de um modem analógico trabalhando de uma forma online/off-line. Este efectua de tempos a tempos uma ligação a um  host de forma a aceder à Internet. <br />-296545191135<br />Figura 3 (ligações entre várias redes) <br />O que são IP?<br />Endereços IP (Internet Protocol):<br /> O uso de computadores em rede e na internet, requer que cada máquina tenha um identificador que a distinga. Para isso, é necessário, que cada computador tenha um endereço, e ter alguma forma de ser encontrado. É nesse ponto que entra o endereço IP.<br /> Endereços IP são números que identificam computadores e equipamentos conectados à Internet. Endereços IP estão para os computadores como números para telefones. Os números de telefone possuem códigos que indicam as áreas às quais o telefone pertence.<br /> O endereço IP (Internet Protocolo) trata-se de uma especificação que permite a comunicação consistente entre computadores, mesmo que estes sejam de plataformas diferentes ou estejam distantes. <br /> A comunicação entre computadores é feita através do uso de modelos, isto é, uma espécie de " idioma" que permite que todas as máquinas se entendam. Em outras palavras, é necessário fazer uso de um protocolo que indique como os computadores devem se comunicar. No caso do IP, o protocolo aplicado é o TCP/IP (Transmission Control Protocol/Internet Protocol). Existem outros, mas o TCP/IP é o mais conhecido, além de ser o protocolo básico usado na internet.<br /> O uso do protocolo TCP/IP não é completo se um endereço IP não for utilizado. Se, por exemplo, dados são enviados de um computador para outro, o primeiro precisa saber o endereço IP do destinatário e este precisa saber o IP do emissor, caso a comunicação exija uma resposta. Sem o endereço IP, os computadores não conseguem ser localizados em uma rede, e isso se aplica à própria internet, já que ela funciona como uma " grande rede" .<br />1872615104140 <br /> Figura 4 (ligação de IP) <br />Servidores na Internet<br /> A Internet, maior rede de computadores do mundo, utiliza o modelo cliente-servidor. Muitos servidores em todo o mundo são interligados e processam informações simultaneamente.<br />Alguns serviços oferecidos por servidores de internet são: páginas Web, correio electrónico, transferência de arquivos, acesso remoto, mensagens instantâneas e outros. É interessante notar que qualquer acção efectuada por um usuário envolve o trabalho de diversos servidores espalhados pelo mundo.<br />Existem diversos tipos de servidores, os mais conhecidos são:<br />Servidor de fax: Servidor para transmissão e recepção automatizada de fax pela Internet, disponibilizando também a capacidade de enviar, receber e distribuir fax em todas as estações da rede. <br />Servidor de arquivos: Servidor que armazena arquivos de diversos usuários. <br />Servidor Web: Servidor responsável pelo armazenamento de páginas de um determinado site, requisitados pelos clientes através de browsers. <br />Servidor de e-mail: Servidor responsável pelo armazenamento, envio e recebimento de mensagens de correio electrónico. <br />Servidor de impressão: Servidor responsável por controlar pedidos de impressão de arquivos dos diversos clientes. <br />Servidor de banco de dados: Servidor que possui e manipula informações contidas em um banco de dados, como, por exemplo, um cadastro de usuários. <br />Servidor DNS: Servidores responsáveis pela conversão de endereços de sites em endereços IP e vice-versa. <br />Servidor de imagens: Tipo especial de servidor de banco de dados, especializado em armazenar imagens digitais. <br />Servidor FTP: Permite acesso de outros usuários a um disco rígido ou servidor. Esse tipo de servidor armazena arquivos para dar acesso a eles pela internet. <br />Servidor Web mail: servidor para criar emails na Web. <br />Hardware<br /> Servidores dedicados, que possuem uma alta requisição de dados por partes dos clientes e que actuam em aplicações críticas utilizam hardware específico para servidores. Já servidores que não possuam essas actuações podem utilizar hardware de um computador comum.<br /> Para começar, muitos servidores baseiam-se em entradas e saídas de informações (principalmente gravações e dilecções de arquivos), o que implica interfaces de entrada e saída e discos rígidos de alto desempenho. O tipo de disco rígido mais utilizado possui o padrão SCSI, que permite a interligação de vários periféricos, dispostos em arranjos RAID.<br /> Devido a operar com muitas entradas e saídas de informações, os servidores necessitam de processadores de alta velocidade, algumas vezes alguns servidores são multi-processados, ou seja, possuem mais de um processador. Servidores também tem disponível uma grande quantidade de memória RAM, sendo geralmente usada para caching de dados. <br />Por ter de operar por muito tempo (frequentemente de maneira contínua), alguns servidores são ligados a geradores eléctricos. Outros utilizam sistemas de alimentação (por exemplo, o UPS) que continuam a alimentar o servidor caso haja alguma queda de tensão.<br />192849531115<br /> Figura 5 (Hardware e software) <br />Software<br /> Para que funcione uma rede cliente-servidor, é necessário que no servidor esteja instalado um sistema operacional que reconheça esse tipo de rede. Os sistemas operacionais para redes cliente-servidor são:<br />Windows NT, Windows 2000, Windows 2003, Windows XP, Windows Vista, Windows 7. <br />UNIX. <br />Linux. <br />Solaris. <br />FreeBSD. <br />Mac OS X. <br />Novell Netware. <br /> Em servidores, o sistema Unix e sistemas baseados neste (como Linux e Solaris) são os sistemas mais utilizados, ao passo que os sistemas Windows são bem menos utilizados.<br />2039620240665<br /> Figura 6 (ligação de Software) <br />Fornecedor de serviço<br /> O fornecedor de serviço é entidade que fornece serviços a outras entidades. Geralmente isto consulta a um negócio que forneça subscrição ou serviço da correia foto receptora a outros negócios ou indivíduos. Os exemplos destes serviços incluem Acesso do Internet, Operador de telefone móvel, e aplicação da correia foto receptora hospedar.<br />Tipos de fornecedores de serviço:<br />Fornecedor de serviço da aplicação (ASP) <br />Internet Service Provider (ISP) <br />Fornecedor de serviço controlado (MSP) <br />Fornecedor de serviço controlado mestre (MMSP) <br />Fornecedor de serviço das telecomunicações (TSP) <br />Internet Service Provider controlado (MISP) <br />648970217170<br />334137040640 <br />317881013525564897041275<br />O que são motores de busca?<br /> Um motor de busca, motor de pesquisa ou máquina de busca é um sistema de software projectado para encontrar informações armazenadas em um sistema computacional a partir de palavras-chave indicadas pelo utilizador, reduzindo o tempo necessário para encontrar informações.<br /> Os motores de busca surgiram logo após o aparecimento da Internet, com a intenção de prestar um serviço extremamente importante: a busca de qualquer informação na rede, apresentando os resultados de uma forma organizada, e também com a proposta de fazer isto de uma maneira rápida e eficiente. A partir deste princípio básico, diversas empresas se desenvolveram, chegando algumas a valer milhões de dólares. Entre as maiores empresas encontram-se o Google, o Yahoo, o Lycos, o Cadê e, mais recentemente, a Amazon, como seu mecanismo de busca A9. Os buscadores se mostraram necessários para o acesso e a conquista novos visitantes.<br /> Antes do advento da Web, havia sistemas para outros protocolos, como o Archie para sites FTP anónimos e o Gopher (protocolo de redes de computadores que foi desenhado para indexar repositórios de documentos na Internet, baseados em menus).<br />Vários motores de busca:<br />2939415-635Google;<br />Google Earth;<br />Sapo.pt;<br />Yahoo! Search;<br />MSN Search;<br />Ask.com; <br />Lycos; Figura 10 (motores de busca) <br /> <br />Conclusão<br /> Este trabalho foi elaborado pela aluna Telma Berto, da turma 9ºC. Neste trabalho falei do que e a internet, como funciona, o que e o IP, dos servidores, fornecedores do serviço e o que são motores de busca. Com a realização deste trabalho fiquei a conhecer muitas coisas novas. Foi um trabalho divertido.<br />Bibliografia Web<br />Http://marco.uminho.pt/disciplinas/TELEMEDIA/tp4/sources/op3.html<br />Http://www.malha.net/index.php? Option=com_content&task=view&id=29&Itemid=0<br />Http://www.infowester.com/internetprotocol.php<br />Http://pt.wikipedia.org/wiki/Servidor#Tipos_de_servidores<br />Http://pt.wikipedia.org/wiki/Motor_de_busca<br />

×