Replanejamento ee milton silva rodrigues
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Replanejamento ee milton silva rodrigues

on

  • 7,536 views

 

Statistics

Views

Total Views
7,536
Views on SlideShare
6,545
Embed Views
991

Actions

Likes
0
Downloads
73
Comments
0

6 Embeds 991

http://acoesnorte1.blogspot.com 872
http://www.acoesnorte1.blogspot.com 76
http://acoesnorte1.blogspot.com.br 40
http://www.google.com.br 1
http://www.slideshare.net 1
http://www.acoesnorte1.blogspot.com.br 1

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Replanejamento ee milton silva rodrigues Replanejamento ee milton silva rodrigues Presentation Transcript

  • E.E. Prof. Milton da Silva Rodrigues Edimilson Motta – Direção Janete da Rosa Araujo – Vice-direção José Vanderlei Del Boni – Coordenação Pedagógica
  • ORGANIZAÇÃO DO REPLANEJAMENTO
    • Através da:-
    • Reunião da Equipe Gestora:
      • Verificação , discussão e análise dos problemas pedagógicos e administrativos da escola.
    • Conselho de Classe e Série:
      • Ano de 2011 – implantação da Ficha de Acompanhamento Pedagógico Bimestral da Turma – 05 Competências básicas do Ensino Fundamental e 05 Competências básicas do Ensino Médio juntamente com o Desempenho do Rendimento Escolar do Aluno.
    • HTPC’s:
      • Análise das dificuldades encontradas pelos professores em sala de aula, suas angústias e anseios.
    • Enquete com os alunos:
      • Pesquisa realizada pela Coordenação Pedagógica com os alunos do Ensino Médio do período noturno em 2010.
  • ORGANIZAÇÃO DO REPLANEJAMENTO
    • Expectativa dos Gestores:
      • Melhoria dos índices IDESP ;
      • Necessidade de instrumentos de avaliação dos trabalhos;
      • Indicação das dificuldades específicas dos alunos;
      • Incentivo a projetos interdisciplinares ;
      • Organização de planos de ensino direcionados às dificuldades dos alunos e incentivo à prática de planejamento pedagógico.
    • Expectativa do Professor:
      • Disciplina em sala de aula;
      • Compromisso com os estudos do aluno.
    • Expectativa do Aluno:
      • Aulas dinâmicas e diferenciadas;
      • Relação da teoria com a prática.
  • OBJETIVO:
    • Resgate do Professor:
    • Um dos maiores desafios é o resgate do professor como sujeito de transformação. Acreditar que pode, que tem um papel a desempenhar muito importante, ilimitado. Acreditar na possibilidade de mudança do outro, de si e da realidade.
    • Resgate do sentido para o estudo:
    • Dar sentido no que faz, diante daquela velha pergunta do aluno: “professor, estudar para quê?”
  • RESGATE DO SENTIDO DA TAREFA EDUCATIVA (Professor e Aluno)
    • Compreender o conhecimento como instrumento de transformação: de si, do outro, do mundo.
    • Resgatar o sentido do conhecimento. Conhecer para quê? Para poder compreender o mundo em que vivemos, para poder usufruir dele, mas sobretudo para poder transformá-lo.
  • RESGATE DO SENTIDO DA TAREFA EDUCATIVA (Professor e Aluno)
    • ... Os professores precisam refletir também um pouco sobre esta questão, pois, acaso estão dando aula do jeito que estão – sem preparar muito, sem aprofundamento, sem clareza dos objetivos , sem renovação metodológica , sem articulação interdisciplinar , sem relacionar os conteúdos com as necessidades dos educandos etc – porque decidiram “livremente”? (Vasconcelos, 2006:26)
  • RESGATE DO SENTIDO DA TAREFA EDUCATIVA (Professor e Aluno)
    • Os conflitos entre crianças e adolescentes são inevitáveis. Cabe ao professor identificá-los e administrá-los.
    • O desinteresse e a falta de motivação dos alunos pelo aprendizado têm marcado bastante o fracasso das aulas de nossos professores.
    • Competências (metodologias) que destacam (enriquecem) a organização (a aula) e a fazem ser melhor.
    • Focos de problemas (indisciplina, conflitos, desinteresse etc) da organização (sala de aula).
    • Competências Plano de Aula
    • e Habilidades
  • Replanejar para...
    • Atingir objetivos que atendam aos reais
    • interesses coletivos.
    • Possibilitar a seleção e a reorganização dos conteúdos mais significativos.
    • Garantir a escolha dos melhores procedimentos e recursos.
    • Auxiliar o professor a atuar com mais segurança e flexibilidade na sua prática.
    • Evitar a improvisação, a repetição e a rotina.
  • Trabalho do Professor em Sala de Aula
  • 1.) Por que o Ensino por Competências?
    • Porque...
    • Uma nova cultura modifica as formas de produção e apropriação dos saberes.
    • O mundo mudou – temos decisões a tomar , muitos procedimentos a aprender, muitos problemas a resolver.
    • Crise educacional : os alunos não interessam por saberes sem sentido, sem utilidade .
    • Transformações tecnológicas sociais e culturais.
    • Hoje é preciso saber “aprender a aprender”.
  • 2.) O que embasa o ensino por competência?
    • Conferência Mundial da Educação Para Todos. Tailândia – 1990
    • Quatro pilares da educação: aprender a conhecer, a fazer, a viver, a ser.
    • As Diretrizes Curriculares Nacionais – Parâmetros Curriculares Nacionais enfatizam a necessidade de centrar o ensino e aprendizagem no desenvolvimento por competências e habilidades por parte do aluno, em lugar de centrá-lo no conteúdo conceitual apenas.
    • Leis Diretrizes e Bases da Educação – LDB
  • 3.) Como se definem Competência e Habilidade?
    • Conhecimentos
    •  
    • Atitudes Habilidades
    •  
    •  
    • Competências
  • Para que um Plano de Aula?
    • A elaboração deverá ser estudada para atingir o objetivo e fazer com que o aluno tenha interesse em estudar e cumprir com as atividades em sala de aula e ainda, trazer experiência de fora para tirar eventuais dúvidas.
  • . Plano de Aula em Ação Planejar a Sequencia Didática 1º Passo – Recorte do Tema 2º Passo – As habilidades que espera que os alunos desenvolvam em determinado espaço de tempo 3º Passo – Como irá encaminhar a atividade em sala de aula 4º Passo – Como avaliará o desenvolvimento da aprendizagem prevista
    • Sequencia Didática
    • Sensibilização
    • Problematização
    • Discussão
    • Conteúdos
    • Avaliação
  • O Plano de Aula do professor deve definir:
    • Competências e habilidades a serem desenvolvidas;
    • Conteúdos e temas a serem desenvolvidos;
    • Situações de Aprendizagem:
    • – em sala de aula,
    • – fora de sala de aula.
    • Metodologias adequadas;
    • Recursos didáticos necessários;
    • Formas de avaliação.
  • Modelo de Plano de Aula
    • Três classes de professores:-
      • Professores antigos na rede que são resistentes à mudança;
      • Professores que são flexíveis à mudança independente do tempo na rede;
      • Professores ingressantes na rede, os quais são mais flexíveis de aceitarem as mudanças do sistema educacional.
      • Portanto...
      • Encontramos professores com certa resistência à mudança, má vontade de desenvolver projetos, trabalhando de forma individual deixando de lado o trabalho interdisciplinar, mas no global prevalece a aquele grupo de professores que aceitam os novos desafios.