Apresentação do projeto Zona Noroeste

2,131
-1

Published on

Apresentação do Projeto Tecendo Redes para a Educação Integral.

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
2,131
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Apresentação do projeto Zona Noroeste

  1. 1. Tecendo Redes para Educação Integral Projeto Tecendo Redes para Educação Integral
  2. 2. Histórico Ações da Área Educação e Comunidade do Cenpec em Santos <ul><li>2005/2006 – Projeto Gestores de Aprendizagem socioeducativa : </li></ul><ul><ul><li>parceria com a DRADS para formação de técnicos do poder público e educadores e coordenadores de 13 Ongs dos seis municípios envolvidos:Santos, Guarujá, São Vicente, Peruíbe, Cubatão e Itanhaém; </li></ul></ul><ul><ul><li>total de participantes: 39 </li></ul></ul>
  3. 3. <ul><li>Demandas de novas ações de formação, tanto do poder público quanto das ONGs, representadas pela Rede Sementeira: </li></ul><ul><ul><li>encontros com a Rede Sementeira em 19/01/2006 e 03/05/2006; </li></ul></ul><ul><ul><li>encontros conjuntos entre o Programa Santos Criança e a Rede Sementeira em 20/10/2006; 07/03/2007 e 30/05/2007. </li></ul></ul>Histórico Ações da Área Educação e Comunidade do Cenpec em Santos
  4. 4. <ul><li>Janeiro 2007 – 4 Colóquios de Educação Integral: </li></ul><ul><ul><li>22/01/2007: Centro; </li></ul></ul><ul><ul><li>23/01/2007: Zona Noroeste; </li></ul></ul><ul><ul><li>23/01/2007: Zona Leste e Ilha Diana; </li></ul></ul><ul><ul><li>24/01/2007: Morros, Comitê Santos Criança e Conselhos </li></ul></ul><ul><ul><li>Total de participantes: 111 profissionais das Secretarias Municipais de Educação e Assistência Social de Santos, da DRADS, de escolas e centros de saúde, agentes da Rede Sementeira, outras ONGs e conselheiros tutelares. </li></ul></ul>Histórico Ações da Área Educação e Comunidade do Cenpec em Santos
  5. 5. <ul><li>Maio/2007 – Apresentação do Projeto Tecendo Redes para a Educação Integral na reunião do Programa Santos Criança – parceiro estratégico no município de Santos. </li></ul>Histórico Ações da Área Educação e Comunidade do Cenpec em Santos
  6. 6. <ul><ul><li>Maio a Outubro: </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>Definição dos territórios de atuação do Projeto; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Visitas aos equipamentos governamentais dos territórios; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Mapeamento e visitas a Organizações da Sociedade Civil. </li></ul></ul></ul>Histórico Ações da Área Educação e Comunidade do Cenpec em Santos
  7. 7. <ul><li>Critérios para a escolha dos territórios de </li></ul><ul><li>atuação: </li></ul><ul><li>Mapa de vulnerabilidade – (índices de autonomia de renda; desenvolvimento humano; qualidade de vida e equidade); </li></ul><ul><li>Oferta de equipamentos governamentais e não governamentais; </li></ul><ul><li>Número de crianças e adolescentes atendidos no território. </li></ul>Histórico Ações da Área Educação e Comunidade do Cenpec em Santos
  8. 8. <ul><li>Territórios: </li></ul><ul><li>Zona Noroeste </li></ul><ul><li>Centro, Vila Nova, </li></ul><ul><li>Paquetá e Área Continental </li></ul>Histórico Ações da Área Educação e Comunidade do Cenpec em Santos
  9. 9. Justificativas <ul><li>do Projeto Tecendo Redes para Educação Integral: </li></ul><ul><ul><li>Conceito de educação integral na LDB </li></ul></ul><ul><ul><li>(artigo 34 e 87); </li></ul></ul><ul><ul><li>Valorização das ações socioeducativas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Articulação entre diferentes espaços de aprendizagens. </li></ul></ul>
  10. 10. Nosso ponto de vista <ul><li>Diferentes valores sociopolíticos: </li></ul><ul><ul><li>Combinação entre desenvolvimento integral de crianças e adolescentes com o desenvolvimento local sustentável; </li></ul></ul><ul><ul><li>Desenhos de programas multisetoriais; </li></ul></ul><ul><ul><li>Centralidade no território; </li></ul></ul><ul><ul><li>Foco nas potencialidades; </li></ul></ul><ul><ul><li>Valorização da participação, circulação e convivência na diversidade. </li></ul></ul>
  11. 11. Educação Integral <ul><li>Propicia o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes e acontece por meio de situações de aprendizagens que promovem simultaneamente: </li></ul><ul><ul><ul><li>Ampliação de capacidade para a convivência e participação da vida pública; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Ampliação de repertórios de competências e habilidades; </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Acesso e usufruto aos serviços sociais básicos. </li></ul></ul></ul>
  12. 12. <ul><li>2. Constituída da diversidade de arranjos que combinam: </li></ul><ul><ul><li>Espaços; </li></ul></ul><ul><ul><li>Sujeitos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Objetos de Conhecimento e </li></ul></ul><ul><ul><li>Tempos. </li></ul></ul>Educação Integral
  13. 13. <ul><li>3. Considera a cidade – seus espaços, recursos e acontecimentos – como campo “estratégico” de aprendizagem; </li></ul><ul><li>4. Conjuga investimentos de diversos atores governamentais e não-governamentais, espaços e práticas escolares e socioeducativas. </li></ul>Educação Integral
  14. 14. <ul><ul><li>Articular e mobilizar agentes públicos governamentais e não-governamentais ligados à temática da criança e adolescente fomentando um pacto no município em prol da Educação Integral; </li></ul></ul><ul><ul><li>Formar um quadro diversificado de profissionais do território para atuar na implantação da Educação Integral de crianças e adolescentes de 6 a 14 anos. </li></ul></ul>Objetivos
  15. 15. <ul><li>No município : </li></ul><ul><li>18 meses de ação e 12 meses de acompanhamento (30 meses); </li></ul><ul><li>Nos dois territórios : </li></ul><ul><li>12 meses de ações de formação e articulação. </li></ul>Duração
  16. 16. Desenho Geral do Projeto Ações Iniciais Elaboração do Plano de Ação Conjunta e Colóquio Implementação e Publicização do Plano de Ação Conjunta Encontro do Desenho de Educação Integral Acompanhamento 12 meses Maio Out Nov Jul Ago Dez 12 meses
  17. 17. Ações do Projeto 1ª Ações Iniciais de Implementação do Projeto 2ª Mobilização do Município em prol da Educação Integral 3ª Construção do Plano de Ação Conjunta no Microterritório 4ª Implementação do Plano de Ação Conjunta no Microterritório 5ª Recomendações ao Município para consolidação e ampliação da implantação da Educação Integral 6ª Acompanhamento das Ações no Município a partir das Recomendações
  18. 18. Duas principais linhas de ação <ul><ul><li>ARTICULAÇÃO </li></ul></ul><ul><ul><li>FORMAÇÃO – 35 participantes </li></ul></ul><ul><ul><li>um representante de cada instituição </li></ul></ul>
  19. 19. FORMAÇÃO – ARTICULAÇÃO 2 TERRITÓRIOS MUNICIPAL Universidades Conselhos Secretarias de políticas setoriais Imprensa Redes Sociais Ministério Público LOCAL ONGs Projetos sociais Equipamentos governamentais de proteção a criança e adolescente Ações comunitárias
  20. 20. Formação <ul><li>Dois Momentos: </li></ul><ul><li>Módulos 1º ao 4º– Cada módulo compreende: Encontros presenciais (3 dias- 96 horas/total), Ações de Educação à Distância (96 horas/total) e Atividades conjuntas com Articulação. </li></ul><ul><li>Produto: Plano de Ação Conjunta no território ; </li></ul><ul><li>Módulos 5º ao 8º – Cada módulo compreende: Encontros presenciais (2 dias – 64 horas/total), Ações de Educação à Distância (72 horas/total) e Atividades conjuntas com Articulação. </li></ul><ul><li>Produto: Execução do Plano de Ação Conjunta no território. </li></ul>
  21. 21. Articulação <ul><li>5 Encontros presenciais de 4 horas durante os 6 meses iniciais; </li></ul><ul><li>Ações de Educação à Distância (média – 1 hora semanal); </li></ul><ul><li>Atividades Conjuntas com a Formação. </li></ul><ul><li>Produto: Elaboração e Execução do Plano de Mobilização para implantação da educação integral no território. </li></ul>
  22. 22. Atividades Conjuntas <ul><li>Atividades Conjuntas entre formação e articulação, para além dos encontros presenciais: </li></ul><ul><ul><li>Visitas de intercâmbio; </li></ul></ul><ul><ul><li>Pesquisa Cartográfica; </li></ul></ul><ul><ul><li>Visitas técnicas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Roteiro comunitário; </li></ul></ul><ul><ul><li>Encontro de Mobilização; </li></ul></ul><ul><ul><li>Encontro de Publicização; </li></ul></ul><ul><ul><li>Colóquio; </li></ul></ul><ul><ul><li>Encontro Desenhos de Educação Integral no Município. </li></ul></ul>
  23. 23. 1º Encontro Presencial: 28,29 e 30 de NOV/2007 Visitas de Intercâmbio: 07 a 29 de FEV/2008 2º Encontro Presencial: 05,06 e 07 de MAR/2008 Pesquisa Cartográfica: 10 de MAR a 11 de ABR/2008 Visita técnica: 14 a 30 de ABR/2008 Encontro de Compartilhamento: 15 de MAI/2008 3º Encontro Presencial: 28,29 e 30 de MAI/2008 Roteiro Comunitário: 02 a 20 de JUN/2008 4º Encontro Presencial: 25,26 e 27 de JUN/2008 Cronograma - Formação ZONA NOROESTE
  24. 24. 5º Encontro Presencial: 21 e 22 de AGO/2008 6º Encontro Presencial: 18 e 19 de SET/2008 7º Encontro Presencial: 23 e 24 de OUT/2008 8º Encontro Presencial: 13 e 14 de NOV/2008 Encontros de Mobilização e Publicização: datas a definir Colóquio: data a definir Encontro Desenhos de Educação Integral no Município: data a definir. Cronograma - Formação ZONA NOROESTE
  25. 25. ZONA NOROESTE Extensão comunitária Unifesp Parceiros da Bola Unisantos Conselho Tutelar da Zona Noroeste Ação de Recuperação Social – ARS Fundação Educativa Albert Schweitzer Projeto Educacional de Conscientização e Orientação (PROECO) ACMD Sociedade Melhoramentos de Vila Gilda Instituto Arte no Dique Casa Vó Benedita Centro Evangélico de Apoio à Vida Convidados Centro Comunitário Maria das Graças CREAS Alemoa CVC Núcleo Oswaldo Justo UME Oswaldo Justo UME 28 de Fevereiro Núcleo Portuários UME Maria Patrícia UME José Carlos UME José da Costa Núcleo Areia Branca
  26. 26. <ul><li>Quanto aos participantes: </li></ul><ul><ul><li>Ter acesso e disponibilidade para uso de equipamento conectado à internet; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ter disponibilidade para participar de 160 horas de formação presencial; 168 horas de formação à distância e 112 horas nas Atividades conjuntas com a Articulação (média de 16 horas por atividade); </li></ul></ul><ul><ul><li>Efetuar atendimento de crianças e adolescentes de 6 a 14 anos. </li></ul></ul><ul><ul><li>Ser servidor municipal efetivo ou admitido estável e atuar na política de atendimento para crianças e adolescentes. (governamental) </li></ul></ul><ul><li>Quanto ao grupo: </li></ul><ul><ul><li>Composição entre atendimento direto a crianças e adolescentes e profissionais ligados à gestão; </li></ul></ul><ul><ul><li>Profissionais de nível intermediário das políticas setoriais (governamental) </li></ul></ul><ul><li>Quanto às organizações não governamentais: </li></ul><ul><ul><li>Ter estrutura para equacionar o afastamento do profissional para os módulos presenciais; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ter rede de relações na comunidade (desempate). </li></ul></ul>Critérios para participação: Formação
  27. 27. <ul><li>Quanto aos participantes: </li></ul><ul><ul><li>Ter acesso e disponibilidade para uso de equipamento conectado à internet; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ter disponibilidade de tempo para participar de 160 horas de formação presencial; 168 horas de formação à distância e 112 horas nas Atividades conjuntas com a Articulação (média de 16 horas por atividade); </li></ul></ul><ul><ul><li>Efetuar atendimento de crianças e adolescentes de 6 a 14 anos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ser servidor municipal efetivo ou admitido estável e atuar na política de atendimento para crianças e adolescentes (governamental). </li></ul></ul>Critérios para participação: Formação
  28. 28. <ul><li>Quanto ao grupo: </li></ul><ul><ul><li>Composição entre atendimento direto a crianças e adolescentes e profissionais ligados à gestão; </li></ul></ul><ul><ul><li>Profissionais de nível intermediário das políticas setoriais (governamental). </li></ul></ul>Critérios para participação: Formação
  29. 29. <ul><li>Quanto às organizações não governamentais: </li></ul><ul><ul><li>Ter estrutura para equacionar o afastamento do profissional para os módulos presenciais; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ter rede de relações na comunidade (desempate). </li></ul></ul>Critérios para participação: Formação
  30. 30. <ul><li>Quanto aos participantes: </li></ul><ul><ul><li>Ter acesso e disponibilidade para uso de equipamento conectado à internet; </li></ul></ul><ul><ul><li>Ter disponibilidade de tempo para participar de 24 horas de encontros presenciais; 48 horas de ações de educação à distância e 112 horas nas Atividades conjuntas com a Formação (média de 16 horas por atividade);; </li></ul></ul><ul><ul><li>Atuar na área de gestão (das organizações participantes da formação ou presentes no território); </li></ul></ul><ul><ul><li>Profissionais de nível intermediário das políticas setoriais (governamentais). </li></ul></ul>Critérios para participação: Articulação
  31. 31. <ul><li>Quanto ao grupo: </li></ul><ul><li>Ter rede de relações na comunidade </li></ul><ul><li>(não governamental - desempate). </li></ul>Critérios para participação: Articulação
  32. 32. Cronograma - Articulação ZONA NOROESTE <ul><li>1º Encontro Presencial: 13 DEZ/2007 </li></ul><ul><li>2º Encontro Presencial: 11 FEV/2008 </li></ul><ul><li>3º Encontro Presencial: 17 MAR/2008 </li></ul><ul><li>4º Encontro Presencial: 09 JUN/2008 </li></ul><ul><li>5º Encontro Presencial: 07 JUL/2008 </li></ul><ul><li>Encontros de Mobilização e Publicização: datas a definir </li></ul><ul><li>Colóquio: data a definir </li></ul><ul><li>Encontro Desenhos de Educação Integral no Município: data a definir </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×