Portfólio o uso_seguro_da_internet
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Portfólio o uso_seguro_da_internet

on

  • 564 views

 

Statistics

Views

Total Views
564
Views on SlideShare
564
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
21
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment
  • Da página 11 à página 15 da cartilha você encontrará maiores informações sobre o que é a Internet, definições de termos como MSN , skype, online, site, web, email, blog, cyber café, lan houses , dados estatísticos sobre acesso das crianças e adolescentes brasileiros às páginas da internet. Considerando o levantamento de repertório do grupo, veja se é necessário entrar em maiores detalhes a respeito desses termos. Você pode criar um glossário para ambientar a sala do encontro ou promover um jogo para abordar esses conteúdos. Jogo: Recorte pequenas tiras de papel e escreva em três delas apenas um termo (como por exemplo, blog.). Em outras três tiras escreva a definição do termo. Forme três conjuntos de diferentes termos com suas respectivas definições. Organize os pais em três grupos e entregue um conjunto de termos e definições para cada grupo. Peça, então, que os grupos associem cada termo a sua definição correta e depois apresentem o resultado ao grupo. Cabe a você fechar a discussão destacando as definições corretas. Lembre-se: mais importante que o domínio de conceitos e definições é a compreensão da importância que a Internet tem hoje na vida das crianças e adolescentes. A internet, assim como qualquer outro lugar de encontro, também pode expor seus usuários a alguns riscos. Assim, os pais devem saber que cuidados maiores precisam ser tomados em relação a crianças e adolescentes, pois eles são mais vulneráveis a situações de perigo.
  • Retomando... O objetivo do encontro até aqui é que os pais reconheçam e se apropriem dos motivos pelos quais estão reunidos (lembre-se da discussão sobre a importância que a Internet assume hoje na vida das pessoas e sobre o papel de toda a sociedade na defesa da integridade das crianças e adolescentes. Não deixe de conversar com o grupo sobre coisas que eles fazem ou já precisaram fazer utilizando a Internet, quais as mudanças que a Internet provocou em suas vidas e em seus cotidianos, nas relações familiares, amorosas, de trabalho, estudo etc.
  • Leia com os pais os pontos positivos destacados na tela. Retome ou destaque outros pontos que possivelmente tenham citado e que não estejam contemplados na tela. Pergunte aos pais se eles t êm algo para acrescentar ou se eles acham que outras questões são importantes de serem discutidas sobre a internet.
  • É importante apontar que apesar dos benef í cios da internet, ela tamb é m tem seus problemas. As mesmas dicas que os pais e respons á veis dão para os filhos (as) sobre não falar nem aceitar coisas de estranhos na rua, tamb é m se aplica para o ambiente virtual. A pornografia infanto-juvenil, a pedofilia, assim como outras formas de abuso e exploração sexual existem independentemente da internet. Ou seja, a internet é apenas um meio pelo qual se pode cometer os mais variados crimes, como roubo, estelionato etc. Cabe aos adultos dispensar uma atenção cuidadosa com a natureza e a qualidade das relações que crianças e adolescentes estabelecem em todos os espaços onde vivem e circulam. Al é m da pornografia infanto-juvenil e do abuso online, a internet tamb é m serve de palco para outros problemas de racismo, crimes de ó dio, bullying, pirataria, invasão de privacidade, entre outros.
  • Com esta tela encerramos o primeiro bloco de discussão com os pais. Na parte 01 discutimos: - Internet e seus termos principais. - A importância da Internet na vida de crianças e adolescentes. - Pontos positivos e problemas relativos à Internet. Agora passaremos para a parte 02, na qual discutiremos de forma mais aprofundada formas de violência sexual contra crianças e adolescentes.
  • Leia com atenção os conteúdos da página 17 a 25. O objetivo dessa parte é que os grupos saibam mais sobre o que são e como se caracterizam os crimes de abuso online e pornografia infanto-juvenil na internet. Além disso, é preciso que os pais conheçam bem prejuízos que isso tipo de violência pode causar à saúde física e psíquica das crianças e adolescentes e as artimanhas utilizadas pelos abusadores para seduzir, cooptar e aliciar crianças e adolescentes. Você pode começar a aquecer o grupo para essa discussão sugerindo o seguinte trabalho: Organize os pais em subgrupos de 5 ou 6 pessoas. Proponha que grupo elabore um texto coletivo. O texto – uma história fictícia – deve partir do seguinte depoimento: Meu nome é William e tenho 10 anos. Eu só queria fazer amigos. Eu pensava que ela era uma garota de 14 anos e não um homem velho de 40 anos... Dê algumas pistas para apoiar os pais na criação da história.Fale ao grupo: - Imaginem um menino de 10 anos chamado William... - Como é o cotidiano dele na família, na escola etc.? - O que aconteceu com ele? Por que ele se enganou? O que a internet tem a ver com isso...? - Que sentimentos e afetos ele experimentou ao viver esse episódio? - Houve crime? Qual? - Como é a vida de William hoje? Dê um tempo para os grupos elaborarem e registrarem a história. Terminada a atividade peça que apresentem a história a todo o grupo. Com certeza essas histórias trarão muitos elementos que poderão ser retomados para ilustrar ou exemplificar os conteúdos que serão discutidos na seqüência.
  • O que são e como se caracterizam as práticas de pedofilia, abuso sexual on-line e pornografia infanto-juvenil na internet são conteúdos fundamentais para que os pais possam reconhecer quando essas situações acontecem. Cuidado com exemplos e casos verídicos que possam começar a tomar conta da conversa. Esse tema em geral provoca polêmicas e pode levar a exposições e constrangimentos desnecessários.
  • O que são e como se caracterizam as práticas de pedofilia, abuso sexual on-line e pornografia infanto-juvenil na internet são conteúdos fundamentais para que os pais possam reconhecer quando essas situações acontecem. Cuidado com exemplos e casos verídicos que possam começar conta da conversa. Esse tema em geral provoca polêmicas e pode levar a exposições e constrangimentos desnecessários.
  • Atenção com essa parte! Aqui você vai ajudar os pais e responsáveis com orientações que os ajudem a entender como abusadores e criminosos atuam via internet colocando os seus filhos e filhas em risco. Com referência na cartilha retome: Essas pessoas utilizam salas de bate-papo na internet, conhecidas como chats, mensagens no celular; programas de bate-papo (MSN, skype, NetMeeting); blogs, sites de relacionamentos (Orkut, Uol, Terra e outros). Valem-se da curiosidade natural das crianças e adolescentes por coisas e pessoas novas. As informações que são dadas inocentemente servem ainda para que o abusador construa uma falsa imagem, com a qual vai se apresentar à vítima.
  • Convide os pais e responsáveis para ler os trechos apresentados. Alerte-os mais uma vez com referência na cartilha: Os abusadores utilizam salas de bate-papo na internet, conhecidas como chats, mensagens no celular; programas de bate-papo (MSN, skype, NetMeeting); blogs, sites de relacionamentos (Orkut, Uol, Terra e outros) Valem-se da curiosidade natural das crianças e adolescentes por coisas e pessoas novas. As informações que são dadas inocentemente servem ainda ao abusador para construir a sua falsa imagem, com a qual vai se apresentar à vítima. Esse tipo de violência deixa marcas para vida toda: Adultos que envolvem crianças ou adolescentes em práticas de sedução, assédio, abuso ou exploração causam sérios prejuízos à saúde deles e danos às possibilidades de vivências prazerosas da sexualidade, tanto no momento em que sofrem o abuso como em seu futuro, quando adultos.
  • Nada mais atraente para uma criança ou adolescente curioso do que explorar esse mundo da internet e as possibilidades que ele oferece, como entrar em contato com pessoas novas, conversar, trocar idéias e perceber similaridades e diferenças, enfim, conhecer pessoas, fazer amigos. Enfatize que quanto mais uma criança se sentir sozinha, mais vulnerável ficará: Pais, professores e pessoas próximas devem estar presentes como modelos e orientadores. Ao deixar vazio o lugar de autoridade e de proteção, outro o ocupará. Esse tipo de violência deixa marcas para vida toda: Adultos que envolvem crianças ou adolescentes em práticas de sedução, assédio, abuso ou exploração causam sérios prejuízos à saúde deles e danos às possibilidades de vivências prazerosas da sexualidade, tanto no momento em que sofrem o abuso como em seu futuro, quando adultos.
  • Nada mais atraente para uma criança ou adolescente curioso do que explorar esse mundo da internet e as possibilidades que oferece, como entrar em contato com pessoas novas, conversar, trocar idéias e perceber similaridades e diferenças, enfim, conhecer pessoas, fazer amigos. Apresente os cuidados que os jovens devem ter. Pergunte a eles se conhecem outras formas de se proteger na internet. Faça uma lista com essas recomendações. Ao final da apresentação você pode sugerir a produção de folhetos para serem distribuídos nas escolas, telecentros e lan houses do bairro, bem como ser um material a ser discutido com os irmãos e familiares.
  • Caso suspeite de que alguém está fazendo algo ilegal on-line , denuncie-o. A DENÚNCIA é a principal arma para frear as atividades ilegais. Mesmo quando você tem dúvida, procure pessoas e organizações competentes que se incumbirão de fazer a devida apuração. Lembre-se de alertar os pais sobre o cuidado ao fazer denúncias! Não existe um consenso sobre os perfil dos abusadores, por isso deve-se ter cuidado para não levantar falsas acusações contra pessoas inocentes, atribuindo-lhes culpa de forma leviana. Todo cuidado é pouco ao fazer uma denúncia! Outros lugares para recorrer em caso de suspeita de violência sexual contra crianças e adolescentes s ão os: 1) Conselhos Tutelares — Os Conselhos Tutelares foram criados para zelar pelo cumprimento dos direitos das crianças e adolescentes. A eles cabe receber a notificação e analisar a procedência de cada caso. Se for confirmado o fato, o Conselho deve levar a situação ao conhecimento do Ministério Público e do Poder Judiciário. 2) Varas da Infância e da Juventude — Em município onde não há Conselhos Tutelares, as Varas da Infância e Juventude podem receber as denúncias. Outros órgãos que também estão preparados para ajudar são as Delegacias de Proteção à Criança e ao Adolescente e as Delegacias da Mulher. Busque os telefones e endereços de contatos no seu munic í pio e disponibilize aos pais e respons á veis. É importante que os pais também possam receber a cartilha ou cópias da apresentação. Em todo caso, entregue a eles registros escritos com informações sobre os programas de proteção e os locais onde podem buscar apoio e fazer denúncias. Chegamos ao final do encontro! Pense em estratégias bacanas de encerramento. Uma sugestão: faça um círculo e peça que cada um dos participantes diga uma palavra que possa representar o encontro. Agradeça a presença de todos e não se esqueça de fazer uma avaliação que pode ser feita oralmente ou por escrito. Dicas para a avaliação: Que bom! Que pena! Proponho... Boa sorte!

Portfólio o uso_seguro_da_internet Portfólio o uso_seguro_da_internet Presentation Transcript

  • Escola Municipal Consulesa Margarida Maksoud Trad PCTEs: Ana Claudia, Ana Cristina, Ana Paula, Ataíde, Mair e Marcelo
  •  Órgão/Escola: Secretaria Municipal de Educação– Escola Consulesa Margarida Maksoud Trad Diretora: Marcia Ferreira Domingues Diretora Adjunta: Helena Pinto Supervisora: Creuza Mathias Orientadora: Maria Solange de Oliveira Coordenadoras Pegagógicas: Alessandra Maria Rosa e Márcia Maria Dorigon Público Alvo: Alunos do 6º ao 9ºs Anos do Ensino Fundamental Final Professores responsáveis: Ana Claudia Rocha Amaral Figueiredo, Ana Cristina Rocha Amaral, Ana Paula, Ataíde Oliveira Conceição, Mair Valdovino Junior e Marcelo Saraiva Ferreira.
  • Relatório Os professores responsáveis ministraram uma oficina com o título “O Uso Seguro da Internet” para os alunos do 6º ao 9º Ano, dos períodos matutino e vespertino. Devido a vários eventos da escola e a avaliação externa, não foi possível trabalhar com outras turmas, conforme estava previsto na proposta de trabalho. Nesta oficina foram mostrados os benefícios e principalmente os perigos que a internet apresenta. A oficina deu-se por meio de apresentação de slides do PowerPoint e vídeos relacionados aos assunto e também foram feitos questionamentos para os alunos, para que os mesmos respondessem oralmente refletindo assim a sua prática no uso das redes sociais. Percebeu-se que muitos não tinham a noção de como estavam expostos nas redes
  • Vídeos apresentados naoficina:https://www.youtube.com/ https://www.youtube.com/watch?watch?v=631FUK2oBaI v=mhc-IxtWug4https://www.youtube.com/watch? https://www.youtube.com/watch?v=zOeufAduVxg v=OoI9kobd1Q0 https://www.youtube. com/watch?v=B- FSU0Yqoas
  • A internet está cada vez mais presente na vida de crianças e adolescentesAtualmente, milhões de usuáriosestão conectados à internet em todoo mundo, enviando e recebendo e-mails, navegando, trocandomensagens, arquivos de textos,músicas, vídeos e imagens, muitasvezes em tempo real.Grande parte dos usuários de interneté formada por crianças eadolescentes. A internet estimula suacuriosidade natural e permite queescolham caminhos diferentes einteressantes para construir um novosaber, ampliar os relacionamentos ese comunicar.
  • Por que a internet se tornou tãoimportante na vida das pessoas? Cada vez mais, meios A facilidade de A internet é um de comunicação de comunicação e acesso a meio de massa tradicionais informações ecomunicação que como jornais e conhecimentos faz comengloba diversos revistas estão que muitas pessoas outros que já adaptando seus substituam o existiam, como conteúdos e formatos telefonema, as visitas e atelefone, correio, e oferecendo-os na ida à banca de jornais etc. internet. por um acesso à internet.
  • Pontos positivos da internet• A internet é um meio de comunicação rápido, econômico e eficiente. É uma porta para o mundo da informação, disponível a todos.• É uma forma de comunicação sem intermediários e sem barreiras de tempo e espaço.• Possibilita entrar em contato com pessoas em qualquer lugar do planeta, partilhar informações, trocar idéias, enviar e receber mensagens, participar de discussões.• Disponibiliza informações sobre qualquer assunto, como o acesso a dicionários, a temas históricos, geográficos, sociais, culturais, atualidades, notícias do dia-a-dia, etc.• Permite o acesso virtual a inúmeras bibliotecas e museus do mundo inteiro.• Oferece facilidades para compras, serviços bancários, negócios, diversões, relacionamentos, cursos a distância, etc.• Auxilia crianças e adolescentes nos estudos, aliando rapidez, diversidade e qualidade na busca de material para as pesquisas escolares.• É um meio a mais para as crianças entrarem em contato com a leitura, mediante o acesso a conteúdos interessantes, como histórias infantis, poesias, atualidades, esportes e outros.
  • A internet também apresenta riscos... A internet é um novo modelo de comunicação que devemosaprender a utilizar com qualidade e segurança.O problema não está na tecnologia, mas sim no uso que fazemos dela. A expansão do uso da internet por crianças e adolescentes apresenta inúmeros benefícios, mas também riscos que precisam ser conhecidos para que possam ser evitados.
  • A internet também apresentariscos... • Existem sites, pessoas e redes criminosas que enganam seduzem ou incitam crianças e adolescentes a acessar conteúdos inadequados, como pornografia, incluindo a infanto-juvenil • Alguns sites também estimulam a violência e o preconceito, divulgando mensagens de racismo, intolerância e ódio • Por meio das ferramentas de bate-papo, como chats, e-mails ou sites de relacionamento, podem chegar mensagens e apelos para que crianças e adolescentes participem de jogos on-line, assim como convites marcando encontros secretos. Essas mensagens podem esconder intenções de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes. • Existem casos de crianças e adolescentes que foram aliciados, cooptados ou raptados para fins sexuais, levados de um local para outro com ofertas de trabalho de falsas agências de modelo ou empregos.
  • Parte 02: A ameaça - O que é violência sexual infanto-juvenil? A violência sexual pode ser classificada como abuso ou exploração sexual. Violência Sexual Abuso Exploração O abuso sexual é uma situação em A exploração sexual é que uma criança ou adolescente é caracterizada pela relação sexualinvadido em sua sexualidade e usado de uma criança ou adolescente para gratificação sexual de um com adultos, mediada por dinheiro adulto. O abuso sexual pode ocorrer ou troca de favores (comida, mesmo sem contato físico. presentes, drogas, etc.). A internet é apenas outro ambiente onde o abuso e a exploração sexual acontecem — os dois ocorrem também fora da internet!
  • A pedofilia e o abuso on-line Pedofilia Pornografia infanto-juvenilÉ uma doença, um desvio da É uma forma de exploração sexual e ésexualidade que leva o indivíduo definida pela produção, utilização,adulto a se sentir sexualmente exibição, comercialização de materialatraído por crianças eadolescentes, podendo levar ao (fotos, vídeos, desenhos) com cenas deabuso sexual. sexo envolvendo crianças e adolescentes. Um abusador pode produzir, vender ou trocar pornografia infantil, até mesmo ter relações com uma criança em situação de exploração sexual, sem que seja necessariamente um pedófilo. Abusadores na A pornografia infantil alimenta os “clubes de pedofilia” e outros internet: grupos, que servem para “associar” abusadores pelo mundo. Adultos não portadores de pedofilia também praticam o abuso on-line e produzem, difundem e comercializam imagens de pornografia infanto-juvenil na internet.
  • Pornografia infanto-juvenil• É uma forma de exploração sexual e é definida pela produção, utilização, exibição, comercialização de material (como fotos, vídeos e desenhos) com cenas de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes ou imagens, com conotação sexual, das partes genitais de uma criança.• O artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente tipifica o crime de pornografia infantil como aquela situação em que há : o utilização de imagens de criança ou adolescente em cena de sexo explícito o fotos ou imagens modificadas, simuladas, Atenção! montadas ou adulteradas, expondo criança ou Fotos de crianças em adolescente em cena de sexo explícito ou de poses sensuais pode nudez insinuante constituir crime.
  • Algumas táticas utilizadas por abusadores / criminosos Contatos iniciais Como a violênciaFazem-se passar por jovens ou Usam informações fornecidas acontececrianças da mesma idade. por crianças, adolescentes e jovens durante o contato pela Usam como forma de coação osAbordam assuntos que internet ou nos perfis criados “segredos” que estabelecem com a vítima,agradam suas vítimas nos sites de relacionamento. acuando-a para manter o silêncio, fazendopotenciais. ameaças à criança em relação à família Enviam por e-mail ou a ela própria.Oferecerem algum benefício propagandas atrativas, “iscas”monetário ou presentes. com temas de interesse infantil Podem sugerir às crianças e adolescentes que ou juvenil. liguem a câmara de vídeo/foto (webcam) eTornam-se “amigos”, criando transmitam suas imagens, as quais sãouma atmosfera de acolhimento Podem buscar esse contato gravadas. Muitos abusadores utilizam essase dependência. fora da internet, pessoalmente, imagens para chantagear as crianças em nas escolas, clubes, lan busca de mais fotos ou de encontros, sob houses e cyber cafés ameaça de divulgação. Abordam temas sexuais nas conversas, com o propósito de acabar paulatinamente com as inibições das crianças e adolescentes.
  • O abusador Reconhecer esses abusadores é Não existe um uma tarefa difícil, pois muitas consenso sobre seu vezes são pessoas com as quais perfil e, por isso se convive socialmente, sem mesmo, deve-se ter motivo específico para cuidado. desconfiança. Medo Seduz com promessasO abusador age de forma mágicas e vantajosas e assedutora, conquistando a criança, adolescente ou confiança das pessoas. jovem, acabam cedendo aos Sedução pedidos do abusador. Quanto mais a criança, Constrangimento O abusador atua no sentido de adolescente ou jovem, anular a capacidade de decisão se sentirem sozinhos, mais estarão sujeitos a da criança, adolescente ou entrar nesse jogo de jovem, sugerindo um pacto de sedução. silêncio que pode transformar- se em ameaça. Quando ocorre uma situação de medo ou de constrangimento, criança, adolescente ou jovem, reage pela paralisia: não é capaz de reagir normalmente e o abusador sabe e se vale disso.
  • Por que as crianças e adolescentes ficam vulneráveis?• Quando ocorre uma situação de medo ou de constrangimento, a criança reage pela paralisia: não é capaz de reagir normalmente como faria em outro tipo de situação, dizendo “não quero” ou “não faço isso”, e o abusador sabe e se vale disso.• Crianças e adolescentes são facilmente induzidos a se identificar com promessas mágicas e vantajosas e, algumas vezes, acabam cedendo aos pedidos do abusador.• A criança costuma ficar impotente diante de um abusador que atua no sentido de anular sua capacidade de decisão, sugerindo um pacto de silêncio que pode transformar-se em ameaça.• Quanto mais a criança se sentir sozinha, mais estará sujeita a entrar nesse jogo de sedução.
  • Como se protegerem na internet? Não divulgar dados pessoais, como Há muitas pessoas usando a internet. Elas nome, endereço, telefone, podem se apresentar de verdade como fotografias, escola e endereço podem estar mentido. Assim oriente-os a eletrônico (e-mail) em locais não falar com quem não conhecem. Nunca públicos da internet. falar com estranhos também serve para o ambiente virtual! Usar apelido sempre! Da Agindo Oriente-os a conversar apenas sobremesma forma que não sabemosquem está do outro lado, quem com assuntos públicos preservando a privacidade sempre! Sua intimidadeestá do outro lado também não precisa saber quem somos. responsabilidade sexual só diz respeito a você. Lembre- os que tudo que falar ou divulgar poderá ser exposto mundialmente na internet ou usado para os chantagear! Ler sempre as políticas de Oriente-os a ficarem sempre atentos e privacidade dos sites. Nesse espaço sem medo de dizer NÃO, mesmo que você encontrará formas de proteger seja uma pessoa conhecida. Se alguém suas informações e só divulgá-las não os deixou à vontade ou fez algo que para amigos reais. os incomodou, diga para parar.
  • Denúncias Caso suspeite de que Onde encaminhar uma denúncia: alguém está fazendo algo ilegal on-line, denuncie-o. A Central de Denúncias de Crimes DENÚNCIA é a Cibernéticos principal arma para www.denunciar.org.br frear as atividades ilegais. (denuncia anônima e segura)Lugares para recorrer em caso de Por telefone, Ligue 100 - ligação gratuitasuspeita de violência sexual contra de qualquer lugar do território nacionalcrianças e adolescentes: (denuncia anônima e segura)• Conselhos Tutelares• Varas da Infância e da Juventude
  • Retirado do site: CONTATO R. Funchal, 160 – 13º andar 04551-903 – São Paulo – SP Tel: 55 (11) 3841-4826 Fax: 55 (11) 3841-4830 wcf@wcf.org.br