Your SlideShare is downloading. ×
0
Vittorio de Sica - Realizador
Vittorio de Sica - Realizador
Vittorio de Sica - Realizador
Vittorio de Sica - Realizador
Vittorio de Sica - Realizador
Vittorio de Sica - Realizador
Vittorio de Sica - Realizador
Vittorio de Sica - Realizador
Vittorio de Sica - Realizador
Vittorio de Sica - Realizador
Vittorio de Sica - Realizador
Vittorio de Sica - Realizador
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Vittorio de Sica - Realizador

923

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
923
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
12
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Vittorio de SicaRealizador
  • 2. Biografia
    Itália
    Nasceu a: 07-07-1901
    Faleceu a: 13-11-1974
    Vittorio De Sica (Sora, 7 de Julho de 1901 — Paris, 13 de Novembro de 1974) foi um dos mais importantes directores e actores do cinema italiano.
    Como actor estreou em 1932, no filme Dois Corações Felizes. Como diretor sua estréia foi em 1939, com o filme Rosas Escarlates. Em 42 anos de carreira recebeu três prêmios Oscar de melhor filme estrangeiro: em 1946 por Vítimas da Tormenta, em 1948 por Ladri di Biciclette, e em 1971 por O Jardim dos Finzi-Contini.
    É considerado o precursor do neorrealismo italiano e seu último filme foi A Viagem, com Richard Burton e Sophia Loren, e que estreou dias depois de sua morte, em Paris.
    De Sica também se destacou pela direção de Umberto D., em 1951; Boccaccio 70, de 1962; Ontem, Hoje e Amanhã, de 1963; Matrimônio à Italiana, de 1964 e Os Girassóis da Rússia, de 1970.
  • 3. Direção: Vittorio De Sica
    Ano: 1948 
    País: Itália
    Gênero: Drama
    Duração: 93 min. / p&b
    Títuloeminglês: The Bicycle Thief 
    Ladri di biciclette
    (Ladrões de bicicletas)
    O filme se passa na Itália durante o período pós-guerra, sendo um dos exemplos do neo-realismo italiano. Foi um dos primeiros longas-metragens a vencer o Oscar de melhor filme estrangeiro, que na época ainda não era uma categoria própria.
    Cidade de Deus, de Fernando Meirelles, é um das centenas de filmes cujos procedimentos de filmagem são inspirados no espetacular Ladrões de Bicicletas, de Vittorio De Sica, o diretor italiano que revolucionou o cinema nas primeiras décadas do século 20.
    Um dos filmes mais premiados até então, com seu elenco formado por actores não profissionais.
  • 4. Direção: Vittorio De Sica
    Ano: 1952
    País: Itália
    Gênero: Drama
    Duração: 91 min. / p&b
    Títuloeminglês: Umberto D.
    Humberto D.
    Na Itália do início dos anos 50, idosos sofrem com miseráveis pensões dadas pelo governo enquanto a economia do país renasce. Em Roma, Umberto Domenico Ferrari, um funcionário público aposentado, é despejado por não conseguir pagar o aluguel de seu quarto.  É um clássico inesquecível sobre o drama da velhice e marca o apogeu da parceria entre Vittorio De Sica e o roteirista Cesare Zavattini, a dupla responsável por obras-primas do neo-realismo italiano.
    Tecnicamente belo, o trabalho do diretor italiano encontra-se situado em um momento de transformação do cinema. O filme encontra resquícios do cinema clássico, do expressionismo (longas sombras projetadas), mas serve para apresentar, de certa forma, o novo cinema, o cinema que ficaria famoso.
    Agora, independente da técnica utilizada, o filme deixa sua marca na história do cinema é pela sua belíssima história.
  • 5. Direção: Vittorio De Sica
    Ano: 1947
    País: Itália
    Gênero: Drama
    Duração: 93min. / p&b
    Títuloeminglês: Shoe-Shine 
    Sciuscià 
    (Vítimas da tormenda)
    Um retrato das crianças de rua na Itália pós-guerra. Giuseppe e Pasquale são duas das crianças, dois grandes amigos que vivem de lustrar os sapatos de soldados americanos. Eles dividem suas esperanças e seus sonhos inocentes de um futuro melhor, mas acabam presos numa terrível instituição para menores. 
    Primeiro filme da trilogia neo-realista de Vittorio De Sica (os restantes filmes são Ladrões de Bicicletas e Umberto D.), Sciuscià é um relato da decadência social provocado pelo período fascista de Mussolini, na Itália do pós II Guerra Mundial. A realidade dos meninos de rua (o tema central do filme) é perfeita para os princípios do neo-realismo e De Sica utiliza-os para construir um retrato cru e realista, completamente oposto ao cinema de Hollywood, que, à época, invadia o país.
  • 6. Direção: Vittorio De Sica
    Ano: 1960
    País: França, Itália
    Gênero: Drama , Guerra
    Duração: 100 min. / p&b
    Títuloeminglês: Two women
    La Ciociara
     (Duas mulheres)
    O filme conta a história de Cesira, viúva dona de uma loja em Roma, e Rosseta, a filha adolescente dela que é muito devota do catolicismo. A história se passa durante a Segunda Guerra Mundial, quando a capital italiana estava sendo intensamente bombardeada pelos Aliados, razão pela qual Cesira decide abandonar a cidade e levar sua filha para Ciociaria.
    Sophia Loren fez história ao receber o Oscar de melhor atriz por La ciociara em 1962. Esta foi a primeira vez que alguém recebeu algum prêmio de atuação pelo desempenho em um filme falado completamente em outra língua além da inglesa.
  • 7. Direção: Vittorio De Sica
    Ano: 1970
    País: Alemanha, Itália
    Gênero: Drama
    Duração: 94 min. / cor
    Títuloeminglês: The Garden of the Finzi-Continis 
    Il gilardino dei finzi contini
     (O jardim dos Finzi Contini)
    O jardim de uma rica família de judeus italianos, os Finzi-Contini, foi o último símbolo de resistência usado pela jovem Nicole contra as leis anti-judaicas outorgadas pelo regime fascista, até que todos de sua família fossem presos.
    O Jardim dos Finzi-Contini ganhou o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro e foi nomeado para Melhor Roteiro Baseado em Material de outro meio. Ele ganhou o Urso de Ouro no 21 º Festival Internacional de Berlim em 1971. Foi o penúltimo filme de De Sica.
  • 8. Direção: Vittorio De Sica
    Ano: 1951
    País: Alemanha, Itália
    Gênero: Comédia, Drama, Fantasia
    Duração: 92 min. / p&b
    Títuloeminglês:Miracle in Milan 
    Miracolo a Milano
     (Milagre em Milão)
    Após a morte da sua mãe adoptiva, um miúdo vive num orfanato até os 18 anos, quando se muda para Milão. Descobre petróleo no terreno onde mora com alguns miseráveis, mas diante das ameaças de reintegração de posse do proprietário, a sua única saída são os milagres que passa a fazer após receber um presente milagroso.
    A Catedral de Milão serve como localização central no filme, e também pode ser vista como símbolo do milagre a que o título do filme se refere.Americana efeitos especiais especialista Ned Mann foi contratado para o filme. Vittorio De Sica, de forma neo-realista, utilizando tanto actores profissionais como não profissionais.
  • 9. Direção: Vittorio De Sica
    Ano: 1963
    País: França, Itália
    Gênero: Comédia
    Duração: 117 min. / cor
    Títuloeminglês:Yesterday, Today and Tomorrow  
    Ieri, Oggi, Domani   
    (Ontem, Hoje e Amanhã)
    Histórias sobre três mulheres diferentes e os homens por elas atraídos, de três lugares diferentes da Itália: Nápoles, Milão e Roma. Cada uma representando um tipo, de diferentes camadas da sociedade, com sonhos e desejos longe da realidade em que vivem.
    O filme é dividido em três partes, fixado em 3 grandes cidades da Itália (Nápoles, Roma e Milão), todos jogados pela dupla Sophia Loren - Marcello Mastroianni.
  • 10. Direção: Vittorio De Sica
    Ano: 1964
    País: França, Itália
    Gênero: Comédia , Drama, Romance
    Duração: 102 min. / cor
    Títuloeminglês:Marriage Italian-Style 
    Matrimonio all'Italiana     
    (Casamento italiano)
    Aos 17 anos, Filumena Marturano é uma bela prostituta num bordel de Nápoles.  Com um corpo escultural e um olhar provocante, é impossível passar despercebida.  Certa noite, durante a 2ª Guerra Mundial, Domenico Soriano, proprietário de uma rede de confeitarias, a conhece quando de um ataque aéreo.
    Partindo de um roteiro bem construido, De Sica nos brinda com um belo trabalho de direcção, no que é facilitado pelas excepcionais actuações de Marcello Mastroianni e Sophia Loren.
    A fotografia de Roberto Gerardi e a música de Armando Trovajoli são dois quesitos que merecem ser destacados. 
  • 11. Direção: Vittorio De Sica
    Ano: 1973
    País: Espanha, Itália
    Gênero: Drama
    Duração: 112 min. / cor
    Títuloeminglês:A Brief Vacation   
    A Brief Vacation     
    (Amargo Despertar)
    Uma árdua trabalhadora, explorada pelo seu mau marido, tem uma relação temporária com um jovem elegante. Isto acontece numa estância de verão onde ela faz uma cura de descanso (paga pela firma).
    Um, apesar de desconhecido, filme no qual Vittorio de Sica junta dois dos seus mais queridos temas: um amor sem esperança e as condições sociais. Todos queriam o papel principal, mas este foi entregue a Florinda Bolkan que faz uma actuação brilhante, o que não acontece muitas vezes.
  • 12. BiBLIografia
    http://melhoresfilmes.com.br/
    http://www.cineweb.com.br/
    http://pt.wikipedia.org/
    http://www.cinedica.com.br/

×