Como fazer campanhas em redes sociais?

0 views
2,048 views

Published on

Curso para a Escola de Comunicação do Comunique-se sobre como realizar campanhas em redes sociais. Esta é uma versão de 3 horas do curso presencial que farei em agosto:

http://www.escoladecomunicacao.com.br/conteudo/teor.asp?id_curso=1118

Published in: Business, Technology

Como fazer campanhas em redes sociais?

  1. 1. Campanhas em redes sociais Tiago Cordeiro
  2. 2. Quem? <ul><li>Tiago Cordeiro Ferreira </li></ul><ul><ul><li>Formado em jornalismo pela PUC-Rio </li></ul></ul><ul><ul><li>Trabalha e estuda redes sociais desde 2006 </li></ul></ul><ul><ul><li>Atende clientes de esportes, tecnologia e cultura, entre outros segmentos </li></ul></ul><ul><ul><li>Palestrante da Campus Party 2010, maior evento de tecnologia e internet do mundo, e de eventos da ABRP-SP </li></ul></ul><ul><ul><li>Fonte de diversos veículos, como Uol, Infomoney e Yahoo!, a respeito do tema Redes Sociais </li></ul></ul>
  3. 3. O quê? Ambiente colaborativo onde cada usuário pode publicar seu próprio conteúdo. Divide-se em diferentes canais e cada um pode atingir um determinado número de pessoas, dependendo de sua relevância .
  4. 4. O quê? Relevância divide-se entre o volume (quantidade de seguidores, número de visualizações e comentários), qualidade (importância de quem lê, segue ou acompanha você) e conteúdo (estilo, diferencial, know-how, etc).
  5. 5. Perguntas? Não sejam tímidos! :)
  6. 6. O quê? Ferramentas disponíveis fazem cálculos para precisarmos como estamos, dependendo do canal. O desafio é tornar uma medida, que costuma ser mais subjetiva, no mais objetiva possível. No exemplo acima, o Klout calcula quantos “pontos de relevância” o perfil oficial da Microsoft no Brasil tem no Twitter e traça uma comparação com outros perfis que falam de assuntos relacionados, fazendo um comparativo entre os perfis seguidos e seus seguidores.
  7. 7. Como (obter relevância)? <ul><ul><li>Comunicação por conteúdo: torne-se uma fonte de informações do que seus eleitores querem saber; </li></ul></ul><ul><ul><li>Responda todas as dúvidas; </li></ul></ul><ul><ul><li>Posicione-se sobre temas polêmicos; </li></ul></ul><ul><ul><li>Atualize os canais que você se propõe a estar. </li></ul></ul>
  8. 8. Usar ou estar? <ul><ul><li>Se a sua empresa tem funcionários treinados para usar redes sociais em todas as áreas e fora do ambiente de trabalho e uma equipe focada em produzir conteúdo para os canais colaborativos ela está nas redes sociais. </li></ul></ul><ul><ul><li>Se tudo o que você tem é uma pessoa/equipe produzindo conteúdo para canais institucionais sua empresa usa as redes sociais. </li></ul></ul>
  9. 9. Usar ou estar: Uol X TV Globo
  10. 10. Exemplos? Cite uma empresa que está nas redes sociais e uma que de fato usa
  11. 11. Por que (se inserir nas redes sociais)? (Deloitte) <ul><ul><li>85% das empresas brasileiras que usam redes sociais querem aumentar a reputação da sua marca. </li></ul></ul><ul><ul><li>60% das empresas que investem em redes sociais pretendem ampliar seu investimento nos próximos meses. </li></ul></ul><ul><ul><li>86% dos executivos que não investem em social media querem passar a investir dentro de três anos. (Deloitte) </li></ul></ul><ul><ul><li>46% das empresas que trabalham com redes sociais através de agências de comunicação se dizem satisfeitas, 19% consideram o trabalho excelente e apenas 6% julgam ruim. O percentual indica boas possibilidades do RP digital agregado às redes sociais para valorizar as marcas. </li></ul></ul>
  12. 12. Ações
  13. 13. Definições para a campanha <ul><ul><li>Quais canais o cliente quer usar? </li></ul></ul><ul><ul><li>Relação do público alvo X Usuários </li></ul></ul><ul><ul><li>Idéias legais e canais fortes não adiantam se o seu público não estiver lá. </li></ul></ul>
  14. 14. Vamos analisar? <ul><ul><li>Uma empresa quer lançar um aplicativo que envia sua foto para impressão em uma central que envia para sua casa. </li></ul></ul><ul><ul><li>Um novo grupo de pagode quer lançar seu hit para promover a banda. Seu diferencial são as letras na linha &quot;besteirol&quot;, como os Mamonas Assassinas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Um candidato a prefeito de uma grande capital não sabe qual rede social deve aderir. Sua bandeira é ligada ao movimento verde. </li></ul></ul>
  15. 15. Três etapas para ações em redes sociais <ul><ul><li>Mapeamento </li></ul></ul><ul><ul><li>Relacionamento </li></ul></ul><ul><ul><li>Conteúdo </li></ul></ul>
  16. 16. Ações: Mapeamento <ul><ul><li>Ferramentas de Busca: </li></ul></ul><ul><li>- Twitter Search; </li></ul><ul><li>- Google; </li></ul><ul><li>- Blog Search; </li></ul><ul><li>- Busca das ferramentas... </li></ul><ul><ul><li>Volume X Qualidade </li></ul></ul><ul><ul><li>Público Alvo X Hub Social </li></ul></ul>
  17. 17. O que é um Hub Social? <ul><ul><li>Influenciador digital </li></ul></ul><ul><ul><li>Relevante para um ou mais público-alvo </li></ul></ul><ul><ul><li>Formador de opinião </li></ul></ul><ul><ul><li>Pode movimentar grupos contra ou a favor de sua marca e/ou negócio </li></ul></ul><ul><ul><li>Lembre-se: não existe hub social eclético! </li></ul></ul>
  18. 18. O que é um Hub Social? Rodrigo Von Kampen do blog Peixe Fresco
  19. 19. Perguntas? Um de cada vez...
  20. 20. Vamos analisar? <ul><ul><li>Quais as &quot;hashtags&quot; desses influenciadores?; </li></ul></ul><ul><ul><li>Por que são relevantes?; </li></ul></ul><ul><ul><li>Quais seus pontos fortes?; </li></ul></ul><ul><ul><li>Tempo: 5 minutos  </li></ul></ul>
  21. 21. <ul><ul><li>Ferramentas são essenciais, mas não substituem expertise; </li></ul></ul><ul><ul><li>100 citações podem valer menos que uma; </li></ul></ul><ul><ul><li>Público-alvo é farol, rede social é oceano e você é o capitão. Navegue com cuidado e mapeie o que interessa. </li></ul></ul><ul><ul><li>Seu relatório não pode ter apenas o que o cliente espera, mas também o que ele não conhece. </li></ul></ul>Ações: Mapeamento
  22. 22. O que deve ter no meu relatório? <ul><ul><li>Quais são seus objetivos e KPIs? </li></ul></ul><ul><ul><li>Audiência: volume de citações, audiência que vem das redes sociais, quantidade de comentários, “likes” etc. </li></ul></ul><ul><ul><li>Qualidade: quem são as pessoas que comentaram/twitaram/blogaram a respeito e qual a relevância e área de atuação delas? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quais canais seu cliente é mais citado? Qual o perfil de usuários dessas redes sociais? Está de acordo com o produto? E os pontos fracos precisam melhorar? </li></ul></ul>
  23. 23. Ações: o passo do relacionamento <ul><ul><li>Hubs Sociais que mais interessam: trabalham com informação & opinião; </li></ul></ul><ul><ul><li>Publieditorial é publicidade, não Relações Públicas, mas pode fazer parte da ação; </li></ul></ul><ul><ul><li>Lembre-se: público-alvo é farol, mas o Hub não é marujo. </li></ul></ul>
  24. 24. Como influenciar os influenciadores? <ul><ul><li>Busque a informação que enriqueça seu conteúdo e ajude-o a se diferenciar. </li></ul></ul><ul><ul><li>Convite para evento como imprensa, não como espectador. </li></ul></ul><ul><ul><li>Cortesias. </li></ul></ul>
  25. 25. Vamos analisar? <ul><ul><li>Três influenciadores para o lançamento de &quot;Lanterna Verde&quot; </li></ul></ul><ul><ul><li>Por que são relevantes? </li></ul></ul><ul><ul><li>Como você interagiria com eles? </li></ul></ul><ul><ul><li>Tempo: 10 minutos </li></ul></ul>
  26. 26. O que deve ter no meu relatório? <ul><ul><li>Quais são seus objetivos e Kpis? </li></ul></ul><ul><ul><li>Como os influenciadores vêem a marca? </li></ul></ul><ul><ul><li>Qual a repercussão que a ação gerou na opinião do Hub? Ele passou a ver a marca de forma positiva? Já a conhecia? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quais vale a pena estreitar o relacionamento? </li></ul></ul><ul><ul><li>Existe algum influenciador que têm uma impressão positiva/negativa difícil de reverter? </li></ul></ul>
  27. 27. RP Digital: o passo do conteúdo <ul><ul><li>Gestão X Produção </li></ul></ul><ul><ul><li>Em redes sociais pode haver adaptação, nunca transposição. </li></ul></ul><ul><ul><li>Canais em redes sociais devem se tornar relevantes para o público-alvo e não empurrar conteúdo institucional. </li></ul></ul>
  28. 28. RP Digital: o passo do conteúdo <ul><ul><li>Colabore. </li></ul></ul><ul><ul><li>Compartilhe. </li></ul></ul><ul><ul><li>Pense mais no segmento do que no produto. </li></ul></ul><ul><ul><li>Seja legal antes de ser direto. </li></ul></ul><ul><ul><li>Todo mundo faz promoção, bom conteúdo é diferencial. </li></ul></ul>
  29. 29. Vamos analisar? <ul><ul><li>Quais as diferenças? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quais os objetivos? </li></ul></ul><ul><ul><li>Qual o melhor? </li></ul></ul><ul><ul><li>Tempo: 5 min. </li></ul></ul>
  30. 30. O que deve ter no meu relatório? <ul><ul><li>Quais são seus objetivos e KPIs? </li></ul></ul><ul><ul><li>Quais os conteúdos que mais se propagaram ? </li></ul></ul><ul><ul><li>Links mais clicados, vídeos com mais views, etc. </li></ul></ul><ul><ul><li>Positivo/negativo? </li></ul></ul>
  31. 31. <ul><ul><li>Confundir perfil com Fanpage. </li></ul></ul><ul><ul><li>Achar que você faz um favor ao influenciador. Ou o contrário. </li></ul></ul><ul><ul><li>Confundir “pegada fun” com MiGuXxXeXxX. </li></ul></ul><ul><ul><li>Publicar conteúdo pessoal em canal corporativo. </li></ul></ul>Erros “comuns”
  32. 32. Cases: Vídeo Eduardo & Monica Vídeo criado para as redes sociais teve propagação absurda no YouTube, Twitter e Facebook.
  33. 33. Cases: Mil Casmurros Espaço coletivo em que amantes de Machado de Assis liam seus trechos favoritos do livro. A campanha divulgava a série “Capitu” da rede Globo.
  34. 34. Blog corporativo sobre saúde com informações sobre doenças, prevenções e campanhas do segmento divulgando o Hospital 9 de Julho. Cases: Por dentro do 9 de julho
  35. 35. Semana sobre ações de sustentabilidade divulgada pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo. A hashtag #4Mostra gerou 250 menções no twitter nos três dias do evento. Cases: 4ª Mostra Socio-Ambiental Fiesp
  36. 36. Mais de 1500 blogs surgem em busca de fevereiro de 2010 ao início de setembro pela 4ª Mostra Fiesp. Maior parte dos posts repetem informações divulgadas para influenciadores ou pelos canais da Fiesp, como Twitter (Média de cliques acima dos 1200 na semana da Mostra) . Cases: 4ª Mostra Socio-Ambiental Fiesp
  37. 37. <ul><ul><li>Produto segmentado e polêmico divulgado em larga escala </li></ul></ul><ul><ul><li>Demora na resposta </li></ul></ul>Anticase Arezzo
  38. 38. Anticase Arezzo <ul><ul><li>Trending Topics Twitter </li></ul></ul><ul><ul><li>Dezenas de posts negativos sobre a marca. </li></ul></ul><ul><ul><li>Mesmo com a retirada de produtos, a imagem negativa permaneceu quase intocada. </li></ul></ul>
  39. 39. <ul><ul><li>O que faríamos diferente? </li></ul></ul><ul><ul><li>Tempo: 5 minutos </li></ul></ul>Anticase Arezzo
  40. 40. <ul><ul><li>Seja criativo, mas isso não quer dizer que você não pode ser simples. </li></ul></ul><ul><ul><li>Aposte no relacionamento, mas não privilegie panelinhas. </li></ul></ul><ul><ul><li>Design e desenvolvimento são imprescindíveis. Nossa principal tarefa é tornar o conteúdo mais importante ainda, seja como editor, curador ou produtor. </li></ul></ul><ul><ul><li>Somos gestores do conteúdo das marcas/empresas/clientes. </li></ul></ul>O que aprendemos?
  41. 41. Obrigado! [email_address] (11) 9654-6370 http://twitter.com/tcordeiro http://www.slideshare.net/tcordeiro

×