• Save
Manual do Roscoe
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Manual do Roscoe

on

  • 1,870 views

Manual do Roscoe - Mianframe

Manual do Roscoe - Mianframe

Statistics

Views

Total Views
1,870
Views on SlideShare
1,870
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
0
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Manual do Roscoe Manual do Roscoe Document Transcript

  • COMANDOS DO ROSCOE - RELEASE 5.5 FUNCAO : FAZ COM QUE UM OU MAIS COMANDOS PRIMARIOS, COMANDOS MONITOR E/OU NOMES DE PROGRAMAS RPF EXECUTADOS PREVIAMENTE SEJAM MOSTRADOS NOVAMENTE NO TERMINAL. SINTAXE : + < N1 > < F / B > < ,N2 > + < N1 > < F / B > < ,N2 > + < N1 > < F / B > < ,N2 > N1 - NUMERO RELATIVO DO COMANDO PREVIAMENTE EXECUTADO. F - MOSTRA O COMANDO MAIS RECENTEMENTE EXECUTADO. B - MOSTRA O PRIMEIRO COMANDO EXECUTADO. N2 - NUMERO DE COMANDOS/NOMES DE PROGRAMAS PREVIAMENTE EXECUTADOS. FUNCAO : FAZ COM QUE O ULTIMO COMANDO PRIMARIO, COMANDO MONITOR OU PROGRAMA RPF SEJA RE-EXECUTADO. SINTAXE : - FUNCAO : SUBSTITUI OU APAGA OS DADOS DA LINHA INDICADA,NA AWS. SINTAXE : =N < STRING > =N < STRING > =N < STRING > N - NUMERO DE SEQUENCIA, DE 1 A 6 DIGITOS. STRING - DADOS A SEREM INSERIDOS NA AWS. SE SPACES APAGA A A LINHA INFORMADA. 54126930.doc Página 1 de 89 22/03/11
  • ALL FUNCAO : ESCREVE NA AWS OU MEMBRO DA BIBLIOTECA OS NOMES, DESCRICOES E ATRIBUTOS DE MEMBROS DA BIBLIOTECA DO USUARIO DESIGNADO. SINTAXE : ALL<M> < CHARSTR / =PFX > ALL<M> < CHARSTR / =PFX > ALL<M> < CHARSTR / =PFX > ALLM - A INFORMACAO DA BIBLIOTECA NAO E' MOSTRADA, E' GRAVADA NO MEMBRO ZZZZZALL NA BIBLIOTECA DO USUARIO. CHARSTR - CHAVE SIGNON DO USUARIO CUJA BIBLIOTECA E' PARA SER LISTADA. =PFX - PREFIXO DO USUARIO CUJA BIBLIOTECA E' PARA SER LISTADA. OBS : 1. MEMBROS DA BIBLIOTECA COM ACESSO RESTRITO NAO SAO LISTADOS. 2. A INFORMACAO E' MOSTRADA NO MESMO FORMATO DO COMANDO DIR. 54126930.doc Página 2 de 89 22/03/11
  • ALTER MEM FUNCAO : MODIFICA DESCRICAO E/OU ATRIBUTOS DE UM MEMBRO DA BIBLIOTECA. SINTAXE : ALTER MEM < 'CHARSTR' > < SEQ < S <L> / COBOL > / NOSEQ > < SHARED / EXECONLY / RESTRICTED > MEM - NOME DO MEMBRO NA BIBLIOTECA A SER ALTERADO. 'CHARSTR' - DESCRICAO DO MEMBRO, DE 1 A 30 CARACTERES, ENTRE DELIMITADORES. SEQ - COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR A INSERCAO DE NUMEROS DE SEQUENCIA QUANDO O MEMBRO E' SUBMETIDO. AS QUALIFICACOES SAO: S - COLUNA INICIAL DO CAMPO. O DEFAULT E' 73. L - TAMANHO DO CAMPO. MAXIMO E 8; DEFAULT E' 8. COBOL - O CAMPO DE NUMERO DE SEQUENCIA VAI DA COLUNA 1 ATE' A 6. (ABREVIA-SE C). NOSEQ - COLOCA ATRIBUTOS PARA EVITAR A INSERCAO DE NUMEROS DE SEQUENCIA QUANDO O MEMBRO E' SUBMETIDO PARA EXECUCAO. SHARED - COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR A QUALQUER UM ACESSAR OU EXECUTAR UM MEMBRO. SOMENTE O DONO PODE ALTERAR OU EXCLUIR. (ABREVIA-SE COMO S). EXECONLY - COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR A QUALQUER UM EXECUTAR UM MEMBRO; SOMENTE O DONO PODE ACESSAR, ALTERAR OU EXCLUIR. (ATRIBUTO PARA PROGRAMAS RPF). (ABREVIA-SE COMO E). RESTRICTED- COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR SOMENTE AO DONO EXECUTAR, ACESSAR, ALTERAR OU DELETAR UM MEMBRO. (ABREVIA-SE COMO R). OBS : 1. FORMA REDUZIDA: ALT 2. ALTER NAO TEM EFEITO NO CONTEUDO DO MEMBRO OU NOS ATRIBUTOS NAO ESPECIFICADOS COM O COMANDO. 3. SOMENTE O DONO DO MEMBRO PODE MUDAR OS ATRIBUTOS DO MEMBRO. 4. A DESCRICAO E OS ATRIBUTOS TAMBEM PODEM SER ALTERADOS ATRAVES DOS COMANDOS RENAME OU UPDATE. 54126930.doc Página 3 de 89 22/03/11
  • ALTER JOB FUNCAO : MODIFICA ATRIBUTOS DE UM FILE DE OUTPUT DE JOB PREVIAMENTE SELECIONADO. SINTAXE : ALTER JOB ( ALL / FILE V ) < NOPRINT / PRINT > < CLASS CHARSTR > < DEST CHARSTR > < FORM V > < COPIES V > ALL - FAZ COM QUE TODOS OS FILES SEJAM ALTERADOS. FILE V - NUMERO DO FILE A SER ALTERADO. NOPRINT - MARCA O(S) FILE(S) DESIGNADO(S) PARA DELECAO QUANDO O JOB E' LIBERADO. (ABREVIA-SE COMO NOP). PRINT - MARCA O(S) FILE(S) DESIGNADO(S) PARA IMPRESSAO QUANDO O JOB E' LIBERADO. (ABREVIA-SE COMO P). CLASS CHARSTR - CLASSE DE SYSOUT PARA SER CONSIDERADA PARA O FILE. (ABREVIA-SE COMO C). DEST CHARSTR - NOME DA LOCALIZACAO DA IMPRESSORA ONDE O(S) FILE(S) DEVE(M) SER IMPRESSOS. (ABREVIA-SE COMO D). FORM V - (MVS/JES2). IDENTIFICACAO DO FORMULARIO A SER UTILIZADO PARA O(S) FILE(S) COM 4 DIGITOS. (ABREVIA-SE COMO F). COPIES V - (MVS/JES2). NUMERO DE COPIAS DO(S) FILE(S) DESIGNADO(S) PARA SER(EM) IMPRESSOS, ENTRE 1 E 255. OBS : 1. FORMA REDUZIDA: ALT E J. 2. OS ATRIBUTOS DE FILE DE OUTPUT DE JOB SELECIONADO TAMBEM PODEM SER ALTERADOS PELO COMANDO STATUS. 54126930.doc Página 4 de 89 22/03/11
  • ALLOCATE DSN FUNCAO : CRIAR E, OPCIONALMENTE, CATALOGAR UM ARQUIVO. SINTAXE : ALLOCATE DSN DSN<(+V)> < LIKE DSN<(V)> > < VOLUME CHARSTR1 <...CHARSTR6> > < UNIT CHARSTR > INCR CHARSTR PRIMARY V < SECONDARY V > < DIR V > < DSORG CHARSTR > < RECFM CHARSTR > < LRECL V > < BLKSIZE V > < KEYLEN V > < EXPDT CHARSTR > < CATLG CHARSTR > < ENDALLOC > DSN DSN - NOME DE 1 A 44 CARACTERES DO ARQUIVO A SER ALOCADO. (ABREVIA-SE COMO D). QUALIFIQUE COM: +V - NUMERO DE GERACAO RELATIVO A SER ALOCADO, ENTRE 1 E 255. LIKE DSN - NOME DE 1 A 44 CARACTERES DE ARQUIVO JA' EXISTENTE CUJOS ATRIBUTOS DE DCB E VOLUME/UNIT SEJAM USADOS COMO MODELO PARA ALOCACAO DE NOVO ARQUIVO. QUAISQUER OPERANDOS RELACIONADOS COM DCB E/OU VOLUME/UNIT PREVALECEM SOBRE OS ATRIBUTOS DO ARQUIVO MODELO. QUALIFIQUE COM: V - NUMERO DE GERACAO RELATIVO A SER USADO COMO MODELO. VOLUME CHARSTR - IDENTIFICACAO DO VOLUME NO QUAL O ARQUIVO DEVERA' SER ALOCADO (DE 1 A 6 DIGITOS). ATE' 6 VOLUMES PODEM SER ESPECIFICADOS. (ABREVIA-SE COMO VOL). UNIT CHARSTR - (MVS SOMENTE). NOME DA UNIDADE DE 1 A 8 CARACTERES ASSOCIADO COM O(S) TIPO(S) DE DISPOSITIVO(S) NO(S) QUAL(IS) O ARQUIVO DEVERA' SER ALOCADO. 54126930.doc Página 5 de 89 22/03/11
  • INCR CHARSTR - TIPO DE UNIDADE DE ALOCACAO, ESPECIFICADO COMO BLK, TRK OU CYL. (ABREVIA-SE COMO INC). -> VOLUME/UNIT E INCR SAO NECESSARIOS SE LIKE NAO FOR ESPECIFICADO. PRIMARY V - NUMERO DE UNIDADES PARA ALOCACAO DE ESPACO PRIMARIO. O DEFAULT E' 0. (ABREVIA-SE COMO PRI). SE 0 FOR ESPECIFICADO SEM ESPACO SECUNDARIO, NENHUM ESPACO SERA' ALOCADO NO VOLUME OU UNIDADE DESIGNADA; ENTRETANTO, O DSCB FORMAT-1 SERA' CRIADO NO VTOC. SECONDARY V - NUMERO DE UNIDADES PARA ALOCACAO DE ESPACO SECUNDARIO O DEFAULT E' 0. (ABREVIA-SE COMO SEC). DIR V - NUMERO DE BLOCOS A SEREM RESERVADOS PARA O DIRETORIO. VALIDO SOMENTE PARA ALOCACAO DE ARQUIVOS PO. O DEFAULT E' 0. DSORG - ORGANIZACAO DO ARQUIVO, ESPECIFICADO COMO DA, DAU, PO, POU, PS OU PSU. O DEFAULT E' INDEFINIDO. RECFM CHARSTR - QUALQUER FORMATO DE REGISTRO VALIDO. SE OMITIDO, O FORMATO DO REGISTRO SERA' INDEFINIDO. LRECL CHARSTR - TAMANHO DO REGISTRO LOGICO DO ARQUIVO A SER ALOCADO, DE 0 ATE 32760. O DEFAULT E' 0. BLKSIZE V - TAMANHO DO BLOCO DO ARQUIVO A SER ALOCADO, DE 0 ATE' 32760. O DEFAULT E' 0. -> SE INCR BLK FOR ESPECIFICADO, O BLKSIZE E' NECESSARIO E NAO PODE EXCEDER 65535. KEYLEN V - TAMANHO DA CHAVE DO ARQUIVO A SER ALOCADO, DE 0 ATE' 32760. O DEFAULT E' 0. EXPDT CHARSTR - DATA DE EXPIRACAO DO ARQUIVO A SER ALOCADO, FORMATO YYDDD. SE OMITIDO, NAO TERA' DATA DE EXPIRACAO. CATLG CHARSTR - CATALOGAR OU NAO O ARQUIVO. O DEFAULT E' YES. (YES) CATALOGA. (NO) NAO CATALOGA. ENDALLOC - INDICA FIM DA ENTRADA DE ALOCACAO. VALIDO SOMENTE PARA PROGRAMA RPF. OBS : 1. FORMA REDUZIDA: ALLOC. 2. ALLOCATE NAO SUPORTA ARQUIVOS VSAM. 54126930.doc Página 6 de 89 22/03/11
  • ATTACH FUNCAO : CHAMA PARA O TERMINAL E MOSTRA TODO OU PARTE DO CONTEUDO DO MEMBRO DA BIBLIOTECA OU AWS. SINTAXE : ATTACH < < MEM > < 'STRING' > <P <Q> <CONTEXT> > / AWS <*> / LIB <*> > - SEM OPERANDOS, O ATTACH MOSTRA O CONTEUDO DA AWS. MEM - NOME DO MEMBRO A SER ATACHADO. SE OMITIDO, A AWS E' ATACHADA. 'STRING' - ARGUMENTO DE PESQUISA (1 A 255 CARACTERES), ENTRE DELIMITADORES. P - LINHA NA QUAL A PESQUISA DO STRING E/OU DISPLAY INICIA. Q - LINHA NA QUAL A PESQUISA DO STRING E/OU DISPLAY TERMINA. CONTEXT - QUALIFICA O STRING DE PESQUISA. SE OMITIDO, O ROSCOE PESQUISA PELO STRING EXATAMENTE COMO ENTRADO. ESPECIFIQUE COMO: WORD O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO OU SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO WOR). PREFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO PRE) SUFFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO SUF). LITERAL O STRING NAO ESTARA' SUJEITO A INTERPRETACOES. (ABREVIA-SE COMO LIT). AWS - FAZ COM QUE O CONTEUDO DA AWS SEJA REATACHADO E MOSTRADO. (ABREVIA-SE COMO A). SE ESPECIFICADO COM *, O DISPLAY INICIA NA LOCALIZACAO PREVIAMENTE MOSTRADA. SE * OMITIDO, O DISPLAY INICIA NA PRIMEIRA LINHA DA AWS. 54126930.doc Página 7 de 89 22/03/11
  • LIB - FAZ COM QUE O MEMBRO DA BIBLIOTECA ATACHADO PREVIAMENTE SEJA REATACHADO E MOSTRADO. ABREVIA-SE COMO L). SE ESPECIFICADO COM *, O DISPLAY INICIA COM A LOCALIZACAO PREVIAMENTE MOSTRADA. SE * OMITIDO, O DISPLAY INICIA NA PRIMEIRA LINHA DO MEMBRO DA BIBLIOTECA. OBS : 1. FORMA REDUZIDA: ATT OU A. 2. SE OS DADOS NA AWS CONTEM CARACTERES BINARIOS, SAO MOSTRADOS COMO BRANCOS QUANDO A AWS E ATACHADA. 3. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVE SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', ONDE O STRING EM HEXADECIMAL DEVE TER UM NUMERO PAR DE CARACTERES. QUALIFIQUE CONTEXT COMO LITERAL QUANDO O STRING FOR HEXADECIMAL. 54126930.doc Página 8 de 89 22/03/11
  • ATTACH DSN FUNCAO : CHAMA PARA O TERMINAL E MOSTRA O CONTEUDO DO ARQUIVO SINTAXE : ATTACH DSN < * / DSN< (DSNMEM) / (V) > > < VOLUME CHARSTR1 <...CHARSTR6> > < UNIT CHARSTR1 <...CHARSTR6> > < PSWD CHARSTR1 <CHARSTR2> > < MCD CHARSTR > < ARC CHARSTR > < PGMR CHARSTR > < MODTYPE CHARSTR > < LANG CHARSTR > < HIST > < QUICK / SHORT / LONG > < CONFIRM CHARSTR > < LINE V > - SEM OPERANDOS, MOSTRA DATA SET FACILITY MENU. * - FAZ COM QUE O ARQUIVO, MEMBRO DO PDS OU MODULO DO LIBRARIAN ATACHADO PREVIAMENTE SEJA REATACHADO. DSN - NOME DE 1 A 44 CARACTERES DO ARQUIVO A SER ATACHADO. PODE SER QUALIFICADO COM: DSNMEM NOME DE 1 A 8 CARACTERES DO MEMBRO DO PDS O DO MODULO DO LIBRARIAN A SER ATACHADO. V NUMERO RELATIVO A SER ATACHADO, ESPECIFICADO COMO 0 OU NUMERO NEGATIVO. VOLUME CHARSTR - IDENTIFICACAO DO VOLUME NO QUAL RESIDE O ARQUIVO. DE 1 A 6 VOLUMES PODEM SER ESPECIFICADOS. E' NECESSARIO SE O ARQUIVO NAO FOR CATALOGADO. SE UM VOLUME FOR ESPECIFICADO E DSN FOR OMITIDO OU CONTIVER CARACTERES WILDCARD, UMA LISTA DE SELECAO VTOC SERA' MOSTRADA. (ABREVIA-SE COMO VOL OU V). UNIT CHARSTR - NOME DE 1 A 8 CARACTERES DA UNIDADE ASSOCIADA COM O(S) TIPO(S) DE DISPOSITIVO NO QUAL O ARQUIVO RESIDE E NECESSARIO SE O ARQUIVO NAO FOR CATALOGADO E RESIDE EM DISPOSITIVO DE MEMORIA DE MASSA. 54126930.doc Página 9 de 89 22/03/11
  • PSWD CHARSTR - PASSWORD(S) ESTABELECIDA(S) PELO AMBIENTE. SE UMA PASSWORD E' ESPECIFICADA, E' TRATADA COMO PASSWORD DO ARQUIVO OU DO MODULO DO LIBRARIAN. SE DUAS PASSWORDS SAO ESPECIFICADAS, A PRIMEIRA E' TRATADA COMO PASSWORD DO ARQUIVO E A SEGUNDA COMO PASSWORD DO LIBRARIAN. (ABREVIA-SE COMO PSW). MCD CHARSTR - CODIGO DE GERENCIA DO MASTER FILE DO LIBRARIAN. E' NECESSARIO QUANDO SE ATACHA MODULO PROD2. ARC CHARSTR - NIVEL DE ARQUIVO DO MODULO DO LIBRARIAN A SER ATACHADO. (O MODULO DEVE ESTAR NO FORMATO ARCHIE). SE OMITIDO, O NIVEL MAIS ATUAL E ATACHADO. O NIVEL PODE SER ESPECIFICADO COMO: LX NUMERO DO NIVEL ABSOLUTO (ENTRE 0 E 65535) COMO RELATADO NO LIBRARIAN UPDATE REPORT. -Y NUMERO DO NIVEL RELATIVO (ENTRE 0 E 255). O NIVEL ATUAL E' 0; -1 E' O NIVEL ANTERIOR. YYMMDDHHMMSS DATA E HORA QUANDO O NIVEL DE ARQUIVO FOI CRIADO. NUMEROS PARES DE DIGITOS COMECANDO A DIREITA PODEM SER OMITIDOS. PGMR CHARSTR - NOME DO PROGRAMADOR DE 1 A 15 CARACTERES A SER USADO QUANDO SE SELECIONA MODULOS PARA INCLUSAO NA LISTA DE SELECAO DO LIBRARIAN. SE OMITIDO, TODOS OS MODULOS QUALIFICADOS POR OUTROS PARAMETROS SERAO INCLUIDOS. (ABREVIA-SE COMO PGM). MODTYPE - DESIGNA OS TIPOS DE MODULOS A SEREM INCLUIDOS NA LISTA DE SELECAO DO LIBRARIAN, ESPECIFICANDO-SE PROD0 PROD1, PROD2 OU TEST. SE OMITIDO, TODOS OS MODULOS QUALIFICADOS POR OUTROS OPERANDOS SERAO INCLUIDOS. (ABREVIA-SE COMO MOD). LANG CHARSTR - DESIGNA O TIPO DE LINGUAGEM DE PROGRAMACAO DOS MODULOS A SEREM INCLUIDOS NA LISTA DE SELECAO DO LIBRARIAN. SE OMITIDO, TODOS OS MODULOS QUALIFICADOS POR OUTROS OPERANDOS SERAO INCLUIDOS. 54126930.doc Página 10 de 89 22/03/11
  • HIST - MOSTRA SOMENTE OS REGISTROS DE HISTORICO PARA O MODULO DO LIBRARIAN ESPECIFICADO. AS 8 PRIMEIRAS POSICOES DO REGISTRO CONTEM A DATA DE GRAVACAO. QUICK/SHORT/LONG - DESIGNA A EXTENSAO DA INFORMACAO A SER INCLUIDA NO DISPLAY DA LISTA DE SELACAO INICIAL. -> HISTORICO, QUICK, SHORT E LONG SAO MUTUAMENTE EXCLUSIVOS. CONFIRM - CONFIRMA OU NAO A DELECAO DE UM ARQUIVO. (YES) E' SOLICITADO CONFIRMACAO NA DELECAO. (NO) NAO E' SOLICITADO CONFIRMACAO NA DELECAO. (ABREVIA-SE COMO CONF OU CON). LINE - DESIGNA A LOCALIZACAO INICIAL DO DISPLAY. SE OMITIDO O DISPLAY COMECA COM A PRIMEIRA LINHA. ESPECIFIQUE COMO: V NUMERO DA LINHA NA QUAL O DISPLAY DEVE COMECAR. * REATACHA NA LINHA DE TOPO ATUAL. *+V REATACHA NA LINHA DE TOPO ATUAL MAIS V LINHAS. *-V REATACHA NA LINHA DE TOPO ATUAL MENOS V LINHAS. (ABREVIA-SE COMO L). OBS : 1. FORMA REDUZIDA: ATT OU A E D. 2. PARA UM ARQUIVO SER ATACHADO, ELE NAO DEVE ESTAR SOB CONTROLE EXCLUSIVO DE OUTRA TAREFA, NEM ALOCADO COM DISP=OLD EM JCL DO ROSCOE, NEM TER FORMATO DE REGISTRO VARIAVEL ESPANDIDO. 54126930.doc Página 11 de 89 22/03/11
  • ATTACH JOB FUNCAO : CHAMA PARA O TERMINAL E MOSTRA OUTPUT DE JOB. SINTAXE : ATTACH JOB ( * / CHARSTR <V> ) ATTACH JOB ( * / CHARSTR <V> ) ATTACH JOB ( * / CHARSTR <V> ) < FILE V > < PAGE V > < LINE V > < FILE V > < PAGE V > < LINE V > < FILE V > < PAGE V > < LINE V > < CC / NOCC > < CC / NOCC > < CC / NOCC > * - FAZ COM QUE O JOB ATACHADO PREVIAMENTE SEJA REATACHADO. CHARSTR - NOME DO JOB A SER EXAMINADO. V - NUMERO DO JOB A SER EXAMINADO. USE QUANDO VARIOS JOB TEM O MESMO NOME. SE OMITIDO, O PROXIMO JOB DISPONIVEL SERA' SELECIONADO. (OBS: EM JES2 E JES3 UM JOB PODERA' SER ATACHADO APENAS POR SEU NUMERO). FILE V - NUMERO DO FILE NO QUAL O DISPLAY COMECA. O DEFAULT E' 1. (ABREVIA-SE COMO FIL OU F). PAGE V - NUMERO DA PAGINA DO FILE NA QUAL O DISPLAY COMECA. O DEFAULT E' 1. (ABREVIA-SE COMO PAG OU P). LINE V - NUMERO DA LINHA DO FILE NA QUAL O DISPLAY COMECA. O DEFAULT E' 1. (ABREVIA-SE COMO LIN OU L). CC - FORNECE DISPLAY DE CARACTERES DE CONTROLE ASA. NOCC - INIBE DISPLAY DE CARACTERES DE CONTROLE ASA. 54126930.doc Página 12 de 89 22/03/11
  • BOTTOM FUNCAO : POSICIONA O POINTER DA AWS NA ULTIMA LINHA. SINTAXE : BOTTOM OBS : - FORMA REDUZIDA: B. BREAK FUNCAO : DISPOSITIVOS DE DIGITACAO SOMENTE. CONTROLA O NUMERO DE LINHAS ESCRITAS ANTES DA PAUSA. SINTAXE : BREAK <V> BREAK <V> OBS : - SEM OPERANDO, RESTAURA A FUNCAO BREAK. V - NUMERO DE LINHAS ESCRITAS. CATALOG FUNCAO : CATALOGA ARQUIVOS NO SISTEMA OPERACIONAL. SINTAXE : CATALOG DSN DSN<(+V)> VOLUME CHARSTR1 <...CHARSTR6> < UNIT CHARSTR1 <...CHARSTR6> > DSN DSN - NOME, DE 1 A 44 CARACTERES, DO ARQUIVO A SER CATALOGADO. (ABREVIA-SE COMO D). QUALIFIQUE COM: +V NUMERO RELATIVO NA GDG A SER CATALOGADO, ATE' 255. VOLUME CHARSTR - INDENTIFICACAO DO VOLUME ONDE O ARQUIVO RESIDE. ATE' 6 VOLUMES PODEM SER ESPECIFICADOS. (ABREVIA-SE COMO VOL OU V). UNIT CHARSTR - NOME DE 1 A 8 CARACTERES DA UNIDADE ASSOCIADA COM O(S) VOLUME(S) ESPECIFICADO(S). ATE' 6 UNIDADES PODEM INFORMADAS. (ABREVIA-SE COMO U). OBS : 1. FORMA REDUZIDA: CATLG. 2. CATALOG NAO SUPORTA ARQUIVOS VSAM. 54126930.doc Página 13 de 89 22/03/11
  • CHAIN FUNCAO : CONCATENA MEMBROS DA BIBLIOTECA ESPECIFICADOS NA AWS SINTAXE : CHAIN MEM-1 < MEM-2 ... MEM-21 > MEM - NOME DO MEMBRO DA BIBLIOTECA A SER CONCATENADO. ATE' 21 NOMES PODEM SER ESPECIFICADOS EM APENAS UMA LINHA. COB FUNCAO : VERIFICA SINTAXE DE ITENS DE ENTRADA COBOL. SINTAXE : COB<STRING><-P> - SEM OPERANDOS, ASSUME QUE A FONTE COBOL ESTA' NA AWS E VERIFICA-O COMO COBOL IBM OS/VS ANSI, RELEASE 2. STRING - NIVEL DO COBOL USADO PARA VERIFICACAO. SE OMITIDO, O DEFAULT SERA' USADO. ESPECIFIQUE COMO: D COBOL IBM DOS NIVEL D. E COBOL IBM OS NIVEL E. F COBOL IBM OS NIVEL F. A COBOL IBM OS/VS ANSI. V COBOL IBM OS/VS ANSI. W COBOL IBM OS/VS ANSI, RELEASE 2 (DEFAULT). 1 COBOL IBM OS/VS ANSI,NIVEL 1. 2 COBOL IBM OS/VS ANSI,NIVEL 2. 3 COBOL IBM OS/VS ANSI,NIVEL 3. 4 COBOL IBM OS/VS ANSI,NIVEL 4. -P - DIVISAO DO PROGRAMA A SER VERIFICADO, ESPECIFICADO COMO: -I IDENTIFICATION DIVISION. -E ENVIRONMENT DIVISION. -D DATA DIVISION. -P PROCEDURE DIVISION. OBS : 1. USE -P SOMENTE QUANDO HOUVER UMA UNICA DIVISAO COBOL NA AWS. SE HOUVER MAIS DE UMA DIVISAO NA AWS, MENSAGENS DE ERRO SERAO PRODUZIDAS. 2. CARTOES DE JCL SERAO IGNORADOS. 54126930.doc Página 14 de 89 22/03/11
  • COPY COMANDO PRIMARIO: FUNCAO : COPIA TODA OU PARTE DA AWS, MEMBRO DA BIBLIOTECA,FILE DE OUTPUT DE JOB OU CONTEUDO DE ARQUIVO NA AWS. SINTAXE : COPY < DSN / JOB / MEM > < P <Q> > O < NV > < NOHDR >< FULL > DSN - COPIA O CONTEUDO DO ARQUIVO MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO D). JOB - COPIA FILE DE OUTPUT DO JOB MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO J). MEM - NOME DO MEMBRO DA BIBLIOTECA A SER COPIADO. P - LINHA NA QUAL A OPERACAO INICIA. Q - LINHA NA QUAL A OPERACAO TERMINA. O - DESTINO DA OPERACAO, ESPECIFICADO COMO NUMERO DA LINHA, * (LINHA ATUAL DA AWS), T (ANTES DA PRIMEIRA LINHA DA AWS, B (DEPOIS DA ULTIMA LINHA DA AWS) OU R (SUBSTITUI CONTEUDO DA AWS). NV - NUMERO DE VEZES (V) EM QUE AS LINHAS ESPECIFICADAS SAO DUPLICADAS. O DEFAULT E N1. NOHDR - (SOMENTE QUANDO SE COPIA CONTEUDO DE ARQUIVO). EVITA QUE AS LINHAS DE CABECALHO DA LISTA DE SELECAO SEJAM COPIADAS. FULL - (SOMENTE QUANDO SE COPIA CONTEUDO DE ARQUIVO). FAZ COM QUE A LISTA DE SELECAO SENDO COPIADA INCLUA TODA INFORMACAO DISPONIVEL. SE OMITIDO, SOMENTE A INFORMACAO INCLUIDA NO FORMATO ATUAL E COPIADA. 54126930.doc Página 15 de 89 22/03/11
  • COMANDO DE LINHA: FUNCAO : COPIA UMA OU MAIS LINHAS, UMA OU MAIS VEZES, NO DESTINO. SINTAXE : C<V> C<V> C<V> CC CB CT C - COPIA 1 OU V NUMERO DE LINHAS COMECANDO DESTA LINHA NO DESTINO. CC - COPIA BLOCO DE LINHAS NO DESTINO. ENTRE NA PRIMEIRA NA ULTIMA LINHA DO BLOCO A SER COPIADO. CB - COPIA DESTA LINHA ATE A ULTIMA DA AWS NO DESTINO. CT - COPIA DA PRIMEIRA LINHA DA AWS ATE' ESTA LINHA NO DESTINO. 54126930.doc Página 16 de 89 22/03/11
  • COPYS FUNCAO : COPIA UMA OU MAIS LINHAS CONTENDO UM STRING DESIGNADO DE ARQUIVO, MEMBRO DA BIBLIOTECA OU FILE DE OUTPUT DE JOB NA AWS. SINTAXE : COPYS ( DSN / JOB / MEM ) < <S> E> /STRING/ <P <Q> > O < NV > < CONTEXT > < NOHDR > < FULL > DSN - COPIA O CONTEUDO DO ARQUIVO MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO D). JOB - COPIA FILE DE OUTPUT DO JOB MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO J). MEM - NOME DO MEMBRO DA BIBLIOTECA A SER COPIADO. S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO COMECA. E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO TERMINA; NAO PODE EXCEDER 255 OU O TAMANHO DO REGISTRO DO ARQUIVO. /STRING/ - STRING DE PESQUISA, ATE 80 CARACTERES, LIMITADO POR DELIMITADORES. P - LINHA NA QUAL A PESQUISA PARA O STRING INICIA. Q - LINHA NA QUAL A PESQUISA PARA O STRING TERMINA. O - DESTINO DA OPERACAO, ESPECIFICADO COMO NUMERO DA LINHA, * (LINHA ATUAL DA AWS), T (ANTES DA PRIMEIRA LINHA DA AWS), B (DEPOIS DA ULTIMA LINHA DA AWS) OU (SUBSTITUI CONTEUDO DA AWS). NV - NUMERO DE VEZES (V) EM QUE AS LINHAS ESPECIFICADAS SAO DUPLICADAS. O DEFAULT E N1. CONTEXT - QUALIFICA O STRING DE PESQUISA. ESPECIFIQUE COMO: WORD O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO WOR). PREFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO PRE). SUFFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COM SUF). LITERAL O STRING NAO ESTARA' SUJEITO A INTERPRETACAO. (ABREVIA-SE COMO LIT). NOHDR - (SOMENTE QUANDO SE COPIA CONTEUDO DE ARQUIVO). EVITA QUE AS LINHAS DE CABECALHO DA LISTA DE SELECAO SEJAM COPIADAS. FULL - (SOMENTE QUANDO SE COPIA CONTEUDO DE ARQUIVO). FAZ COM QUE A LISTA DE SELECAO SENDO COPIADA INCLUA TODA INFORMACAO DISPONIVEL. SE OMITIDO, SOMENTE A INFORMACAO INCLUIDA NO FORMATO ATUAL E COPIADA. OBS : 1. FORMA REDUZIDA: CS. 2. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. 54126930.doc Página 17 de 89 22/03/11
  • COPYX FUNCAO : COPIA UMA OU MAIS LINHAS NAO CONTENDO UM STRING DESIGNADO DE ARQUIVO, MEMBRO DA BIBLIOTECA OU FILE DE OUTPUT DE JOB NA AWS. SINTAXE : COPYX ( DSN / JOB / MEM ) < <S> E> /STRING/ <P <Q> > O < NV > < CONTEXT > < NOHDR > < FULL > DSN - COPIA O CONTEUDO DO ARQUIVO MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO D). JOB - COPIA FILE DE OUTPUT DO JOB MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO J). MEM - NOME DO MEMBRO DA BIBLIOTECA A SER COPIADO. S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO COMECA. E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO TERMINA; NAO PODE EXCEDER 255 OU O TAMANHO DO REGISTRO DO ARQUIVO. /STRING/ - STRING DE PESQUISA, ATE 80 CARACTERES, LIMITADO POR DELIMITADORES. P - LINHA NA QUAL A PESQUISA PARA O STRING INICIA. Q - LINHA NA QUAL A PESQUISA PARA O STRING TERMINA. O - DESTINO DA OPERACAO, ESPECIFICADO COMO NUMERO DA LINHA, * (LINHA ATUAL DA AWS), T (ANTES DA PRIMEIRA LINHA DA AWS), B (DEPOIS DA ULTIMA LINHA DA AWS) OU (SUBSTITUI CONTEUDO DA AWS). NV - NUMERO DE VEZES (V) EM QUE AS LINHAS ESPECIFICADAS SAO DUPLICADAS. O DEFAULT E N1. CONTEXT - QUALIFICA O STRING DE PESQUISA. ESPECIFIQUE COMO: WORD O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO WOR). PREFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO PRE). SUFFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COM SUF). LITERAL O STRING NAO ESTARA' SUJEITO A INTERPRETACAO. (ABREVIA-SE COMO LIT). NOHDR - (SOMENTE QUANDO SE COPIA CONTEUDO DE ARQUIVO). EVITA QUE AS LINHAS DE CABECALHO DA LISTA DE SELECAO SEJAM COPIADAS. FULL - (SOMENTE QUANDO SE COPIA CONTEUDO DE ARQUIVO). FAZ COM QUE A LISTA DE SELECAO SENDO COPIADA INCLUA TODA INFORMACAO DISPONIVEL. SE OMITIDO, SOMENTE A INFORMACAO INCLUIDA NO FORMATO ATUAL E COPIADA. OBS : 1. FORMA REDUZIDA: CX. 2. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. 54126930.doc Página 18 de 89 22/03/11
  • DELETE COMANDO PRIMARIO: FUNCAO : DELETA CONTEUDO DA AWS OU MEMBRO DA BIBLIOTECA. SINTAXE : DELETE < P <Q> / MEM > - SEM OPERANDO,DELETA O CONTEUDO DA AWS. P - NUMERO DA LINHA NA AWS ONDE A OPERACAO COMECA. Q - NUMERO DA LINHA NA AWS ONDE A OPERACAO TERMINA. MEM - NOME DO MEMBRO DA BIBLIOTECA A SER DELETADO. A DELECAO DE MEMBROS DE OUTROS USUARIOS PODE SER RESTRITA. OBS : - FORMA REDUZIDA: DEL DELETE COMANDO DE LINHA: FUNCAO : DELETA UMA OU MAIS LINHAS. SINTAXE : D<V> DD DB DT DS<V> < 'STRING' > DSB < 'STRING' > DST < 'STRING' > DU < 'STRING' > DX<V> < 'STRING' > DXB < 'STRING' > DXT < 'STRING' > D - LINHA A SER DELETADA. DD - DELETA BLOCO DE LINHAS. ENTRE NA PRIMEIRA E NA ULTIMA LINHAS DO BLOCO A SER DELETADO. DB - DELETA DESTA LINHA ATE A ULTIMA DA AWS. DT - DELETA DA PRIMEIRA LINHA DA AWS ATE' ESTA. DS<V> - DELETA 1 OU V LINHAS CONTENDO O STRING. DSB - DELETA LINHAS CONTENDO O STRING DESTA LINHA ATE' A ULTIMA DA AWS. DST - DELETA LINHAS CONTENDO O STRING DA PRIMEIRA LINHA DA AWS ATE' ESTA. DU - DELETA TODAS AS LINHAS DESTA LINHA ATE' A PRIMEIRA CONTENDO O STRING. DX<V> - DELETA 1 OU V LINHAS NAO CONTENDO O STRING. DXB - DELETA LINHAS NAO CONTENDO O STRING DESTA LINHA ATE' A ULTIMA DA AWS. DXT - DELETA LINHAS NAO CONTENDO O STRING DA PRIMEIRA LINHA DA AWS ATE ESTA. 'STRING' - STRING DE PESQUISA. NAO DEVE EXCEDER O TAMANHO DA LINHA DO TERMINAL; DEVE SER LIMITADO POR DELIMITADORES. 54126930.doc Página 19 de 89 22/03/11
  • PAGINA 023 DELETE DSN FUNCAO : DELETA CONTEUDO DE ARQUIVO. SINTAXE : DELETE DSN DSN < (DSNMEM) / (V) > < VOLUME CHARSTR1 <...CHARSTR6> > < UNIT CHARSTR1 <...CHARSTR6> > < PSWD CHARSTR1 <CHARSTR2> > < MCD CHARSTR > < PURGE > DSN DSN - NOME, ATE' 44 CARACTERES, DO ARQUIVO A SER DELETADO. QUALIFIQUE COMO: DSNMEM NOME, ATE' 8 CARACTERES, DO MEMBRO DO PDS OU DO MODULO DO LIBRARIAN. V NUMERO RELATIVO A SER DELETADO. ESPECIFIQUE COMO 0 OU NUMERO NEGATIVO. (ABREVIA-SE COMO D). VOLUME CHARSTR - IDENTIFICACAO DO VOLUME NO QUAL O ARQUIVO RESIDE. ATE' 6 VOLUMES PODEM SER ESPECIFICADOS. E' NECESSARIO SE O ARQUIVO NAO FOR CATALOGADO. (ABREVIA-S COMO V OU VOL). UNIT CHARSTR CHARSTR - NOME ATE 8 CARACTERES DA UNIDADE ASSOCIADA COM O(S) TIPO(S) DE DISPOSITIVO(S) NO(S) QUAL(IS) O ARQUIVO RESIDE. E' NECESSARIO SE O ARQUIVO NAO FOR CATALOGADO E RESIDE EM DISPOSITIVO DE MEMORIA DE MASSA. 0 PSWD CHARSTR - SE UMA PASSWORD E ESPECIFICADA, SERA' TRATADA COMO PASSWORD DO ARQUIVO E DO MODULO DO LIBRARIAN. SE DUAS PASSWORDS SAO ESPECIFICADAS, A PRIMEIRA SERA' TRATADA COMO DO ARQUIVO E A SEGUNDA COMO DO LIBRARIAN. (ABREVIA-SE COMO PSW). MCD CHARSTR - CODIGO DE GERENCIA DO MODULO DO LIBRARIAN, NECESSARIO PARA MODULO PROD2. PURGE - DELETA O ARQUIVO SEM CONSIDERAR AS DATAS DE EXPIRACAO/RETENCAO. (NAO SE APLICA AO LIBRARIAN). OBS : 1. ARQUIVOS VSAM NAO SAO SUPORTADOS. 2. FORMA REDUZIDA: DEL. 54126930.doc Página 20 de 89 22/03/11
  • DELETES FUNCAO : DELETA UMA OU MAIS LINHAS DA AWS CONTENDO UM STRING ESPECIFICO. SINTAXE : DELETES < <S> E> 'STRING' <P <Q> > <CONTEXT> S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO COMECA. E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO TERMINA. NAO PODE EXCEDER 255. 'STRING' - STRING DE PESQUISA; ATE 80 CARACTERES; LIMITADO POR DELIMITADORES. P - LINHA NA QUAL A PESQUISA PARA O STRING COMECA. Q - LINHA NA QUAL A PESQUISA PARA O STRING TERMINA. CONTEXT - QUALIFICA O STRING DE PESQUISA. ESPECIFIQUE COMO: WORD O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO OU SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO WOR). PREFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO PRE). SUFFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO SUF). LITERAL O STRING NAO ESTARA' SUJEITO A INTERPRETACOES (ABREVIA-SE COMO LIT). OBS : 1. FORMAS REDUZIDAS: DS OU DELS. 2. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. DELETEX 0 FUNCAO : DELETA UMA OU MAIS LINHAS DA AWS QUE NAO CONTENHAM O O STRING ESPECIFICADO. 0 SINTAXE : DELETEX < <S> E> 'STRING' <P <Q> > <CONTEXT> 0 S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO COMECA. 0 E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO TERMINA. NAO PODE EXCEDER 255. 0 'STRING' - STRING DE PESQUISA; ATE 80 CARACTERES; LIMITADO POR DELIMITADORES. 0 P - LINHA NA QUAL A PESQUISA PARA O STRING COMECA. 0 Q - LINHA NA QUAL A PESQUISA PARA O STRING TERMINA. 0 CONTEXT - QUALIFICA O STRING DE PESQUISA. ESPECIFIQUE COMO: 0 WORD O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO OU SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO WOR). 0 PREFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO PRE). 0 SUFFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO SUF). 0 LITERAL O STRING NAO ESTARA' SUJEITO A INTERPRETACOES (ABREVIA-SE COMO LIT). 0 OBS : 1. FORMAS REDUZIDAS: DX OU DELX. 0 2. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. 54126930.doc Página 21 de 89 22/03/11
  • DETACH FUNCAO : LIBERA AWS, CONTEUDO DE ARQUIVO, JOB OU MEMBRO DA BIBLIOTECA ATACHADO. SINTAXE : DETACH < DSN / JOB <NOACT / HOLD > / LIB > - SEM OPERANDO, LIBERA AWS, CONTEUDO DE ARQUIVO, JOB O MEMBRO DA BIBLIOTECA ATUALMENTE ATACHADO E MOSTRADO. DSN - LIBERA CONTEUDO DE ARQUIVO ATACHADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO D). JOB - LIBERA JOB ATACHADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO J). SEM MAIS QUALIFICACOES, TODOS OS FILES SAO LIBERADOS DA FILA E DELETADOS. AS QUALIFICACOES SAO: NOACT MANTEM TODOS OS FILES ASSOCIADOS COM O JOB. (ABREVIA-SE COMO N OU NOA). HOLD LIBERA TODOS OS FILES MARCADOS COMO NOPRINT; MANTEM TODOS OS FILES MARCADOS COMO PRINT; (ABREVIA-SE COMO H OU HOL). LIB - LIBERA MEMBRO DA BIBLIOTECA ATACHADO NO MOMENTO. (PARA USO EM PROGRAMAS RPF). (ABREVIA-SE COMO L). OBS : - FORMA REDUZIDA: DET. DIR FUNCAO : FORNECE NOMES, DESCRICOES E ATRIBUTOS DE TODOS OS MEMBROS DA BIBLIOTECA DO USUARIO. SINTAXE : DIR < >AWS > - SEM OPERANDOS, A INFORMACAO DA BIBLIOTECA E' GRAVADA NO MEMBRO ZZZZZDIR E O MEMBRO E' EXIBIDO. >AWS - INFORMACAO DA BIBLIOTECA E' GRAVADA NA AWS. DISPLAY FUNCAO : MOSTRA INFORMACOES DO SISTEMA OPERACIONAL PARA JOBS EM EXECUCAO, INICIALIZADORES, FILAS DE JOBS E DISPOSITIVOS. SINTAXE : DISPLAY<-A / X > < CHARSTR > - SEM OPERANDOS, MOSTRA STATUS DE TODOS OS JOBS CUJOS NOMES CONTEM A IDENTIFICACAO DO USUARIO. -A - COLOCA A INFORMACAO NA AWS. -X - PREPARA PERGUNTAS SOBRE OPERANDOS. CHARSTR - SUBCOMANDO OU NOME DE JOB. OBS : - FORMA REDUZIDA: DIS. 54126930.doc Página 22 de 89 22/03/11
  • DISPLAY ACTIVE FUNCAO : MOSTRA JOBS ATUALMENTE ATIVOS NO SISTEMA. SINTAXE : ACTIVE < ,ALL / ,CHARSTR / ,STC / ,TSO > - SEM OPERANDOS, MOSTRA INFORMACAO APROPRIADA PARA O SISTEMA OPERACIONAL DO AMBIENTE: VS1 MOSTRA TODOS OS JOBS E TAREFAS EM INICIALIZADORES, INCLUINDO JOBS SUBMETIDOS EM BATCH E TAREFAS INICIADAS. MVS/JES2 MOSTRA TODOS OS JOBS SUBMETIDOS PELO JES2. TAREFAS INICIADAS OU USUARIOS DE TSO ATIVOS NAO SAO MOSTRADOS. MVS/JES3 MOSTRA TODOS OS JOBS SUBMETIDOS PELO JES3. TAREFAS INICIADAS OU USUARIOS DE TSO ATIVOS NAO SAO MOSTRADOS. ALL - VS1 MOSTRA TODOS OS JOBS E TAREFAS EM INICIALIZADORES E TODAS AS SUB-TAREFAS JES MVS/JES2 MOSTRA TODOS OS JOBS ATIVOS, TAREFAS INICIADAS E USUARIOS DE TSO. MVS/JES3 MOSTRA TODOS OS JOBS ATIVOS, TAREFAS INICIADAS E USUARIOS DE TSO. (ABREVIA-SE COMO A). CHARSTR - (MVS/JES2 SOMENTE). NOME DE DESTINO REMOTO ATE' 7 CARACTERES. TODOS OS JOBS SUBMETIDOS DO DESTINOS REMOTOS SAO MOSTRADOS. STC - (MVS/JES2 E MVS/JES3). MOSTRA SOMENTE TAREFAS INICIADAS. (ABREVIA-SE COMO S). TSO - (MVS/JES2 E MVS/JES3). MOSTRA SOMENTE USUARIOS DE TS ATIVOS. (ABREVIA-SE COMO T). OBS : - FORMA REDUZIDA: A. DISPLAY AWS FUNCAO : DIRECIONA TODA A OUTPUT SUBSEQUENTE PARA A AWS AO INVES DO TERMINAL. SINTAXE : AWS OBS : 1. INFORMACAO E MENSAGENS DE ERRO NAO PODEM SER DIRECIONADAS PARA A AWS. 2. USE O SUBCOMANDO NOAWS PARA FIXAR O DESTINO DE SAIDA DISPLAY DEVICES FUNCAO : MOSTRA TODOS OS DISPOSITIVOS DE ACESSO DIRETO E FITAS QUE ESTAO ON-LINE E MONTADOS. SINTAXE : DEVICES OBS : - FORMA REDUZIDA: D. DISPLAY END FUNCAO : ENCERRA A EXECUCAO DO DISPLAY. SINTAXE : END OBS : - END E NECESSARIO QUANDO A EXECUCAO FOR INICIADA POR DISPLAY-X. 54126930.doc Página 23 de 89 22/03/11
  • DISPLAY INIT FUNCAO : MOSTRA STATUS DE TODOS OS INICIALIZADORES. SINTAXE : INIT OBS : - FORMA REDUZIDA: I. DISPLAY JOB FUNCAO : MOSTRA INFORMACAO DE JOB. SINTAXE : < JOB= >CHARSTR<+> CHARSTR - NOME DO JOB. + - DESIGNA QUE A INFORMACAO SOBRE OS JOBS CUJOS NOMES COMECAM COM OS CARACTERES PRECEDENDO O SINAL + SEJAM MOSTRADOS. OBS : 1. SEM OPERANDOS, E MOSTRADA INFORMACAO SOBRE TODOS OS JOBS CONTENDO A IDENTIFICACAO DO USUARIO. 2. FORMA REDUZIDA: J. DISPLAY MASK FUNCAO : (MVS SOMENTE). MOSTRA INFORMACAO SOBRE JOB(S) CUJO(S) NOME(S) SE IGUALA(M) A MASK. SINTAXE : MASK=CHARSTR MASK=CHARSTR MASK=CHARSTR CHARSTR - NOME ATE 8 CARACTERES DO JOB PARA O QUAL A INFORMACAO E' DESEJADA. INCLUA UM OU MAIS ASTERISCOS NO STRING PARA REPRESENTAR QUALQUER CARACTER VALIDO NO NOME DO JOB. PELO MENOS UM CARACTER VALIDO DEVE SER ESPECIFICADO. OBS : - FORMA REDUZIDA: M. DISPLAY NAME FUNCAO : MOSTRA OS NOMES DE TODOS OS JOBS PARA A CLASSE OU DESTINO REMOTO DO JOB ESPECIFICADO. SINTAXE : NAME(,CHARSTR1 / ,CHARSTR2) CHARSTR1 - CLASSE DO JOB EM UM CARACTER. TODOS OS NOMES DE JOBS NESTA CLASSE SERAO MOSTRADOS. CHARSTR2 - NOME DO DESTINO REMOTO, ATE' 7 CARACTERES. SOMENTE NOMES DE JOBS PARA ESTE DESTINO REMOTO SERAO MOSTRADOS. OBS : - FORMA REDUZIDA: N. DISPLAY NOAWS FUNCAO : DIRECIONA TODA A OUTPUT SUBSEQUENTE PARA O TERMINAL. SINTAXE : NOAWS 54126930.doc Página 24 de 89 22/03/11
  • DISPLAY QUEUE FUNCAO : MOSTRA O NUMERO DE JOBS QUE NAO ESTAO SENDO EXECUTADOS, IMPRESSOS OU SENDO LIDOS PARA A CLASSE OU DESTINO REMOTO. SINTAXE : QUEUE<,CHARSTR1 / ,CHARSTR2> CHARSTR1 - CLASSE DO JOB EM UM CARACTER. SOMENTE JOBS NESTA CLASSE SERAO MOSTRADOS. CHARSTR2 - NOME DO DESTINO REMOTO ATE' 7 CARACTERES. SOMENTE JOB NESTE DESTINO REMOTO SERAO MOSTRADOS. OBS : - MVS/JES3: O SUBCOMANDO QUEUE E' IGNORADO. DROP FUNCAO : DELETA UM NOME DE COMENTARIO. SINTAXE : DROP < DSN / JOB > CHARSTR DSN - A OPERACAO SERA APLICADA A ARQUIVO SEQUENCIAL, MEMBRO DE PDS OU MODULO DO LIBRARIAN ATACHADO MAS NAO MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO D). JOB - A OPERACAO SERA' APLICADA A JOB ATACHADO MAS NAO MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO J). -> SE DSN E JOB NAO FOREM ESPECIFICADOS, A OPERACAO SE APLICARA' AOS DADOS ATACHADOS E MOSTRADOS NO MOMENTO. CHARSTR - NOME PREVIAMENTE DEFINIDO PELO COMANDO NOTE. DSN FUNCAO : ATACHA O DATA SET FACILITY MENU PARA O TERMINAL E, OPCIONALMENTE, MOSTRA O PAINEL DE FUNCAO RELACIONADA. SINTAXE : DSN < CHARSTR > < DSN < (DSNMEM) / (V) > < VOLUME CHARSTR1 < ...CHARSTR6 > > < UNIT CHARSTR1 < ...CHARSTR6 > > - SEM OPERANDOS, MOSTRA O DATA SET FACILITY MENU. CHARSTR - UM OU MAIS CODIGOS DE FUNCAO DO DATA SET FACILITY. DEVE SER UM DOS SEGUINTES: A MOSTRA O DATA SET FACILITY MENU COM O CODIGO ATTACH NO CAMPO DE OPCAO. AL MOSTRA O PAINEL DA FUNCAO ALLOCATE. C MOSTRA O PAINEL DA FUNCAO COPY. CT MOSTRA O DATA SET FACILITY MENU COM O CODIGO CATALOG NO CAMPO DE OPCAO. D MOSTRA O PAINEL DA FUNCAO DELETE. I MOSTRA O DATA SET FACILITY MENU COM O CODIGO INFO NO CAMPO DE OPCAO. P MOSTRA O PAINEL DA FUNCAO PRINT. R MOSTRA O PAINEL DA FUNCAO RENAME. RL MOSTRA O DATA SET FACILITY MENU COM O CODIGO RELEASE NO CAMPO DE OPCAO. UC MOSTRA O DATA SET FACILITY MENU COM O CODIGO UNCATALOG NO CAMPO DE OPCAO. DSN - NOME ATE' 44 CARACTERES DO ARQUIVO A SER ENVOLVIDO NA OPERACAO. QUALIFIQUE COM: DSNMEM NOME, ATE' 8 CARACTERES, DO MEMBRO DO PDS OU DO MODULO DO LIBRARIAN A SER ENVOLVIDO. V NUMERO DE GERACAO RELATIVO DE GDG, ESPECIFICADO COMO 0 OU NUMERO NEGATIVO. 54126930.doc Página 25 de 89 22/03/11
  • VOLUME CHARSTR - IDENTIFICACAO DO VOLUME NO QUAL RESIDE O ARQUIVO. ATE' 6 VOLUMES PODEM SER ESPECIFICADOS. E' NECESSARIO SE O ARQUIVO NAO FOR CATALOGADO.(ABREVIA-SE COMO V OU VOL). UNIT CHARSTR - NOME DE 1 A 8 CARACTERES DA UNIDADE ASSOCIADA COM O(S) TIPO(S) DE DISPOSITIVO NO QUAL O ARQUIVO RESIDE E NECESSARIO SE O ARQUIVO NAO FOR CATALOGADO E RESIDE EM DISPOSITIVO DE MEMORIA DE MASSA. OBS : - SE A FUNCAO ESPECIFICADA SUPORTA CODIGOS DE SUB- FUNCAO, ESTES PODEM SER CONCATENADOS AO COMANDO PRIMARIO, NUM MAXIMO DE 4 CODIGOS, SEPARADOS POR PONTOS. EDIT COMANDO PRIMARIO: FUNCAO : SUBSTITUI UM STRING ENCONTRADO NA AWS POR OUTRO. SINTAXE : EDIT <F> < <S> E> <'<STRING1>'<STRING2>' < P <Q> > > < CONTEXT > F - ENCERRA O EDIT APOS A PRIMEIRA SUBSTITUICAO DO STRING1 POR STRING2. S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO COMECA. E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO TERMINA; NAO PODE EXCEDER 255. /STRING1/STRING2/ - STRING DE PESQUISA SEGUIDO PELO STRING DE SUBSTITUICAO. NENHUM DOS DOIS PODE EXCEDER 80 CARACTERES CADA, E 110 CARACTERES JUNTOS. P - LINHA NA QUAL A PESQUISA PARA O STRING1 INICIA. Q - LINHA NA QUAL A PESQUISA PARA O STRING1 TERMINA. CONTEXT - QUALIFICA O STRING DE PESQUISA. ESPECIFIQUE COMO: WORD O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO OU SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO WOR). PREFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO PRE). SUFFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO SUF). LITERAL O STRING NAO ESTARA' SUJEITO A INTERPRETACOES (ABREVIA-SE COMO LIT). OBS : 1. PELO MENOS UM OPERANDO E EXIGIDO; F NAO PODE SER O UNICO. 2. FORMA REDUZIDA: E. 3. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. 54126930.doc Página 26 de 89 22/03/11
  • 0 EDIT COMANDO DE LINHA: FUNCAO : SUBSTITUI UMA OU MAIS OCORRENCIAS DO STRING POR OUTRO SINTAXE : E<V> < 'STRING1'STRING2' > EB < 'STRING1'STRING2' > ET < 'STRING1'STRING2' > E<V> - EDITA 1 OU V LINHAS CONTENDO O STRING. EB - EDITA DESTA LINHA ATE' A ULTIMA DA AWS. ET - EDITA DA PRIMEIRA LINHA DA AWS ATE' ESTA. /STRING1/STRING2/ - STRING DE PESQUISA SEGUIDO PELO STRING DE SUBSTITUICAO. SE OMITIDOS, SERAO USADOS OS STRINGS DE COMANDO EDIT ANTERIOR. OBS : - SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. EXCL COMANDO PRIMARIO: FUNCAO : LOCALIZA E MOSTRA TODAS AS LINHAS NAO CONTENDO O STRING DE PESQUISA ESPECIFICADO. SINTAXE : EXCL < SCOPE > < <S> E > < STRING <N> > EXCL < SCOPE > < <S> E > < STRING <N> > EXCL < SCOPE > < <S> E > < STRING <N> > < <POSITION> <CONTEXT> > < <POSITION> <CONTEXT> > < <POSITION> <CONTEXT> > - SEM OPERANDOS, LOCALIZA E MOSTRA TODAS AS LINHAS NAO CONTENDO O STRING PREVIAMENTE ESPECIFICADO. SCOPE - QUALIFICA A FAIXA DE OPERACAO. SE OMITIDO, A OPERACAO SE APLICARA AOS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. PODE SER: AWS A AWS SERA REATACHADA E PESQUISADA PELO STRING. (ABREVIA-SE COMO A). DSN O ARQUIVO ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO D). JOB O JOB ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO J). LIB O MEMBRO DA BIBLIOTECA ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO L). S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO COMECA. E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO TERMINA; NAO PODE EXCEDER 255 OU O TAMANHO DO REGISTRO DO ARQUIVO. STRING1 - STRING DE PESQUISA ATE' 80 CARACTERES. SE OMITIDO, O STRING SERA ESPECIFICADO COM O COMANDO PRIMARIO OU DE LINHA EXCL, FIRST, INCL, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADOS ANTERIORMENTE OU O COMANDO ATTACH USADO. N - NUMERO DE LINHAS A SEREM PESQUISADAS. SE OMITIDO, O DEFAULT SERA O FIM DA AWS OU DO MEMBRO OU O LIMITE DE PESQUISA DEFINIDO PELO SISTEMA PARA O ARQUIVO OU JOB 54126930.doc Página 27 de 89 22/03/11
  • POSITION - POSICIONA A TELA APOS A EXECUCAO DO COMANDO. PODE SER: CJUSTIFIED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS SOMENTE SE O STRING ENCONTRADO NAO ESTIVER DENTRO DAS MARGENS ATUAIS. (ABREVIA-SE COMO CJUST OU CJ). JUSTIFIED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS DE MODO QUE O PRIMEIRO CARACTER DO STRING ENCONTRADO COMECE NA POSICAO MAIS A ESQUERDA DA LINHA. (ABREVIA-SE COMO JUST OU JUS). CENTERED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS PARA CENTRALIZAR O STRING ENCONTRADO NA LINHA SERA' IGNORADO SE CAUSAR MARGEM ESQUERDA INVALIDA. (ABREVIA-SE COMO CENT OU CEN). LOCKED AS MARGENS DO DISPLAY NUNCA SAO ALTERADAS MESMO SE O STRING OCORRER A ESQUERDA OU A DIREITA DAS MARGENS ATUAIS (ABREVIA-SE COMO LOCK OU LOC). CONTEXT - QUALIFICA O STRING DE PESQUISA. ESPECIFIQUE COMO: WORD O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO OU SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO WOR). PREFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO PRE). SUFFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO SUF). LITERAL O STRING NAO ESTARA' SUJEITO A INTERPRETACOES (ABREVIA-SE COMO LIT). OBS : 1. SET DISPLAY NUMX DEVE ESTAR EM EFEITO. 2. A PESQUISA COMECA COM A PRIMEIRA LINHA MOSTRADA OU COM A LINHA ONDE ESTEJA O CURSOR. 1 PAGINA 038 EXCL COMANDO DE LINHA: FUNCAO : LOCALIZA E MOSTRA TODAS AS LINHAS NAO CONTENDO O STRING ESPECIFICADO. SINTAXE : EXCL < 'STRING1' > 'STRING' - STRING DE PESQUISA. SE OMITIDO, O STRING SERA' ESPECIFICADO COM O COMANDO PRIMARIO OU DE LINHA EXCL, FIRST, INCL, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADOS ANTERIORMENTE OU O COMANDO ATTACH USADO. OBS : 1. A PESQUISA COMECA COM A LINHA CONTENDO O COMANDO. 2. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. 54126930.doc Página 28 de 89 22/03/11
  • EXEC FUNCAO : INICIA A EXECUCAO DE UM PROGRAMA QUANDO ENTRADO PELO TERMINAL. TRANSFERE O CONTROLE PARA OUTRO PROGRAMA QUANDO ENCONTRADO DENTRO DE UM PROGRAMA. SINTAXE : EXEC MEM <EXPR1...EXPR8> MEM - NOME DO MEMBRO DA BIBLIOTECA CONTENDO O PROGRAMA A SER EXECUTADO. EXPR - VALOR PASSADO PARA O PROGRAMA COMO PARAMETRO. MAXIMO DE 8 EXPRESSOES. USE APOSTROFES PARA DELIMITAR EXPRESSOES NAO-NUMERICAS. OBS : - UM NINHO DE ATE' 8 NIVEIS DE EXEC E' PERMITIDO. A CHAMADA IMPLICITA OU EXPLICITA DE UM PROGRAMA PELO TERMINAL E UM EXEC DE PRIMEIRO NIVEL. - CHAMANDO UM PROGRAMA: - SE EXEC E' OMITIDO E: 1. NENHUM PREFIXO ESPECIFICADO, A BIBLIOTECA DO USUARIO E' VERIFICADA PELO PROGRAMA. SE O MEMBRO NAO FOR ENCONTRADO, UMA BIBLIOTECA DE EXECUCAO OPCIONAL SERA' PESQUISADA. 2. O PREFIXO E' ESPECIFICADO, A BIBLIOTECA ASSOCIADA COM O PREFIXO DESIGNADO SERA' PESQUISADA PARA O MEMBRO. - SE O PROGRAMA E ESPECIFICADO NA FORMA .PROG-NAME, O MEMBRO DEVERA ESTAR NA BIBLIOTECA COM RE.PREFIX - ENCERRANDO UM PROGRAMA: QUANDO O PROGRAMA E' CHAMADO, O CONTROLE E' TRANSFERIDO PARA O MEMBRO CONTENDO O PROGRAMA. SEUS COMANDOS SAO EXECUTADOS SEQUENCIALMENTE ATE' O FIM DO PROGRAMA, RETURN OU STOP. SE O PROGRAMA E' CHAMADO POR OUTRO PROGRAMA, O CONTROLE RETORNA AO PROGRAMA QUE CHAMOU; A EXECUCAO CONTINUA COM O COMANDO SEGUINTE AO EXEC. SE O PROGRAMA E' CHAMADO DO TERMINAL, O CONTROLE RETORNA AO TERMINAL DO USUARIO. - A EXECUCAO DE UM PROGRAMA PODE SER INTERROMPIDA: 1. ENTRANDO-SE INTERROGACAO (?) EM RESPONSTA A PROMPT OU NO PRIMEIRO CAMPO SOMENTE DO PAINEL. 2. VIA CHAVE ATTENTION. 54126930.doc Página 29 de 89 22/03/11
  • - VARIAVEIS DE ARGUMENTO: CADA PROGRAMA TEM UM MAXIMO DE 8. CONTEM GRUPO DE EXPRESSOES PASSADAS COM EXEC. (OS VALORES SAO COLOCADOS SEQUENCIALMENTE NAS VARIAVEIS A1 ATE' A8. VARIAVEIS NAO USADAS CONTEM VALORES NULOS). QUANDO O PROGRAMA E' CHAMADO DO TERMINAL, AS EXPRESSOES PODEM SER: - STRINGS DE CARACTER. (DELIMITAR SE TIVER BRANCO). - VALORES NUMERICOS. - VALORES ALFA-NUMERICOS. (DELIMITAR SE TIVER CARACTERES ALFA-NUMERICOS E COMECAR COM NUMERICO) QUANDO O PROGRAMA E' CHAMADO POR OUTRO PROGRAMA, AS EXPRESSOES PODEM SER: - STRINGS DE CARACTER. (DELIMITAR SE DISTINTO DA VARIAVEL NAMEADA). - VALORES NUMERICOS. - VALORES ALFA-NUMERICOS. (DELIMITAR SE TIVER CARACTERES ALFA-NUMERICOS E COMECAR COM NUMERICO) - VARIAVEL. - RESULTADO DE EXPRESSAO ARITMETICA. - PARA MAIORES INFORMACOES VEJA EXPR. EXPORT FUNCAO : GRAVA EM ARQUIVO OU MASTER FILE DO LIBRARIAN JA' EXISTENTE A AWS E/OU UM OU MAIS MEMBROS DA BIBLIOTECA TAMBEM PERMITE ATUALIZACAO ON-LINE DO MASTER FILE DO LIBRARIAN. SINTAXE : EXPORT DSNAME=DSN<(DSNMEM)> < ,MEMBER=DSNMEM > < ,INPUT=CHARSTR1</.../CHARSTR10> > < ,UNIT=CHARSTR > < ,VOLUME=CHARSTR > < ,DISP=CHARSTR > < ,RANGE=<P></Q> > < ,PSWD=CHARSTR > < ,PASSWORD=CHARSTR > DSNAME= DSN - NOME DO MASTER FILE DO LIBRARIAN OU DO ARQUIVO. (ABREVIA-SE COMO DSN). (DSNMEM) NOME DO MODULO DO LIBRARIAN OU DO MEMBRO DO PDS. PODE SER ESPECIFICADO COM DSNAME OU MEMBRO MAS NAO COM AMBOS. MEMBER= DSNMEM - NOME DO MODULO DO LIBRARIAN OU DO MEMBRO DO PDS A SER GRAVADO. (ABREVIA-SE COMO MEM). -> SE DSNAME OU MEMBER ESPECIFICAM O NOME DO MODULO DO LIBRARIAN, A OPCAO LIBAUDIT DO LIBRARIAN E' ACIONADA. SE LIBAUDIT NAO ESTIVER DISPONIVEL, OCORRERA' ERRO. 54126930.doc Página 30 de 89 22/03/11
  • INPUT= CHARSTR - LOCALIZACAO DOS DADOS A SEREM GRAVADOS. SE OMITIDO, INPUT SERA O CONTEUDO DA AWS. (ABREVIA-SE COMO INP). PODE SER: * CONTEUDO ATUAL DA AWS. <PFX.>MEM CONTEUDO DO MEMBRO DA BIBLIOTECA. QUAISQUER COMBINACOES DE AWS E/OU MEMBROS PODEM SER ESPECIFICADAS ATE' 10 FONTES DE INPUT. A MESMA FONTE PODE SER ESPECIFICADA MAIS DE UMA VEZ. AS FONTES DEVEM SER SEPARADAS POR BARRAS (/). UNIT= CHARSTR - (MVS SOMENTE). E' REQUERIDA PARA DISPOSITIVOS DE MEMORIA DE MASSA. ESPECIFIQUE 3330V OU VIRTUAL. VOLUME= CHARSTR - IDENTIFICACAO DO VOLUME NO QUAL O ARQUIVO DEVERA' SER GRAVADO. E' NECESSARIO SE O ARQUIVO NAO FOR CATALOGADO. (ABREVIA-SE COMO VOL). DISP= CHARSTR - DISPOSICAO DO ARQUIVO. SE OMITIDO, O DEFAULT E' OLD. DEVE SER MOD OU OLD. (MOD SOMENTE PARA ARQUIVOS SEQUENCIAIS). RANGE=P/Q - NUMERO DA LINHA INICIAL (P) E FINAL (Q) NO PRIMEIRO FONTE DE INPUT (OU DEFAULT) QUE E' PARA SER GRAVADO. P TAMBEM PODE SER FIRST E Q PODE SER LAST. SE AMBOS OMITIDOS, TODO O CONTEUDO DO FONTE DE INPUT E' GRAVADO. FIRST E LAST SAO DEFAULT. SE SOMENTE UM NUMERO E' ESPECIFICADO, SUA POSICAO E' DETERMINADA PELA AUSENCIA OU PRESENCA DA BARRA. PSWD= CHARSTR - PASSWORD PARA O MODULO DO LIBRARIAN. E' NECESSARIO SE O MODULO E PROTEGIDO POR PASSWORD. PASSWORD= CHARSTR - (MVS SOMENTE). PASSWORD DO ARQUIVO. SE OMITIDO, SERA' ENVIADO UM PROMPT SE O ARQUIVO FOR PROTEGIDO POR PASSWORD. (ABREVIA-SE COMO PAS). OBS : - FORMA REDUZIDA: EXP. 54126930.doc Página 31 de 89 22/03/11
  • FETCH FUNCAO : TRAZ TODO OU PARTE DO MEMBRO DA BIBLIOTECA PARA AWS. SINTAXE : FETCH MEM < P <Q> > MEM - NOME DO MEMBRO. P - LINHA NA QUAL A OPERACAO FETCH COMECA. Q - LINHA NA QUAL A OPERACAO FETCH TERMINA. OBS : - FORMA REDUZIDA: F. FILL FUNCAO : FORCA STRING DE CARACTERES EM COLUNAS ESPECIFICAS DA AWS. SINTAXE : FILL <F> < <S> E > < 'STRING' < P <Q> > > < LITERAL SINTAXE : FILL <F> < <S> E > < 'STRING' < P <Q> > > < LITERAL F - ENCERRA O FILL APOS FORCAR O STRING NA PRIMEIRA LINHA ENCONTRADA DENTRO DA FAIXA ESPECIFICA. S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO COMECA. E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO TERMINA. ATE' 255 'STRING' - STRING ATE' 80 CARACTERES E ENTRE DELIMITADORES. P - LINHA NA QUAL A OPERACAO COMECA. Q - LINHA NA QUAL A OPERACAO TERMINA. LITERAL - DESIGNA QUE O STRING NAO E' PARA SER INTERPRETADO. (ABREVIA-SE COMO LIT). OBS : 1. PELO MENOS UM OPERANDO DEVE SER ESPECIFICADO. F NAO PODE SER O UNICO. 2. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. FIRST COMANDO PRIMARIO: FUNCAO : COMECA O DISPLAY COM A PRIMEIRA LINHA CONTENDO UM STRING PARTICULAR. SINTAXE : FIRST < SCOPE > < <S> E > < STRING <N> > < < POSITION > < CONTEXT > > - SEM OPERANDO, LOCALIZA E MOSTRA A PRIMEIRA OCORRENCIA DO STRING PREVIAMENTE ESPECIFICADO NOS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. SCOPE - QUALIFICA A FAIXA DE OPERACAO. SE OMITIDO, A OPERACAO SE APLICARA AOS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. PODE SER: AWS A AWS SERA' REATACHADA E PESQUISADA PELO STRING (ABREVIA-SE COMO A). DSN O ARQUIVO ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO D). JOB O JOB ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO J). LIB O MEMBRO DA BIBLIOTECA ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO L). S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO COMECA. E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO TERMINA; NAO PODE EXCEDER 255 OU O TAMANHO DO REGISTRO DO ARQUIVO. STRING - STRING DE PESQUISA, ATE' 80 CARACTERES. SE OMITIDO, O STRING SERAESPECIFICADO COM O COMANDO PRIMARIO OU DE LINHA EXCL, FIRST, INCL, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADOS ANTERIORMENTE OU O COMANDO ATTACH USADO. N - NUMERO DE LINHAS A SEREM PESQUISADAS. SE OMITIDO, O DEFAULT SERA' O FIM DA AWS OU DO MEMBRO, OU O LIMITE DE PESQUISA PARA O ARQUIVO OU JOB. POSITION - POSICIONA A TELA APOS A EXECUCAO DO COMANDO. PODE SER CJUSTIFIED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS 54126930.doc Página 32 de 89 22/03/11
  • SOMENTE SE O STRING ENCONTRADO NAO ESTIVER DENTRO DAS MARGENS ATUAIS. (ABREVIA-SE COMO CJUST OU CJ). JUSTIFIED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS DE MODO QUE O PRIMEIRO CARACTER DO STRING ENCONTRADO COMECE NA POSICAO MAIS A ESQUERDA DA LINHA. (ABREVIA-SE COMO JUST OU JUS). CENTERED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS PARA CENTRALIZAR O STRING ENCONTRADO NA LINHA SERA' IGNORADO SE CAUSAR MARGEM ESQUERDA INVALIDA. (ABREVIA-SE COMO CENT OU CEN). LOCKED AS MARGENS DO DISPLAY NUNCA SAO ALTERADAS MESMO SE O STRING OCORRER A ESQUERDA OU A DIREITA DAS MARGENS ATUAIS (ABREVIA-SE COMO LOCK OU LOC). CONTEXT - QUALIFICA O STRING DE PESQUISA. ESPECIFIQUE COMO: WORD O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO OU SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO WOR). PREFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO PRE). SUFFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO SUF). LITERAL O STRING NAO ESTARA' SUJEITO A INTERPRETACOES (ABREVIA-SE COMO LIT). OBS : - SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. FIRST COMANDO DE LINHA: FUNCAO : LOCALIZA E POSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR NA PRIMEIRA OCORRENCIA DO STRING ESPECIFICADO NA AWS. SINTAXE : FIRST < 'STRING' > FIRST < 'STRING' > FIRST < 'STRING' > 'STRING' - STRING DE PESQUISA. SE OMITIDO, O STRING SERA' ESPECIFICADO COM O COMANDO PRIMARIO OU DE LINHA EXCL, FIRST, INCL, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADOS ANTERIORMENTE OU O COMANDO ATTACH USADO. OBS : 1. A PESQUISA COMECA COM A LINHA CONTENDO O COMANDO. 2. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. 54126930.doc Página 33 de 89 22/03/11
  • FIRST JOB FUNCAO : COMECA O DISPLAY NA PRIMEIRA LINHA NA OUTPUT DO JOB DESIGNADO. SINTAXE : FIRST < JOB > < FILE / PAGE / > - SEM OPERANDOS, USA O VALOR ESPECIFICADO COM O COMANDO FIRST, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADO ANTERIORMENTE. JOB - REATACHA O JOB ATACHADO ANTERIORMENTE NA LOCALIZACAO DESIGNADA. (ABREVIA-SE COMO J). FILE - REPOSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR NO PRIMEIRO FILE DO JOB ATACHADO E MOSTRADO. ABREVIA-SE COMO FIL OU F. PAGE - REPOSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR NA PRIMEIRA PAGINA DO FILE DE OUTPUT DO JOB MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO PAG OU P). LINE - REPOSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR NA PRIMEIRA LINHA DO FILE DE OUTPUT DO JOB MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO LIN OU L). HELP FUNCAO : FORNECE INFORMACAO SOBRE COMANDOS DE ROSCOE, MONITOR E RPF E FACILIDADES. SINTAXE : HELP < COMMAND < LEVEL > > < FUNCTION / SYNTAX / LEVEL > - SEM OPERANDOS, MOSTRA DESCRICAO DA FACILIDADE HELP. COMMAND - NOME DO COMANDO OU FACILIDADE. LEVEL - NOME DO SUBCOMANDO OU QUALIFICACAO DO COMANDO OU FACILIDADE. FUNCTION - MOSTRA SOMENTE A DESCRICAO. (ABREVIA-SE COMO F). SYNTAX - MOSTRA SOMENTE A SINTAXE DO COMANDO. (ABREVIA-SE COMO S). LEVEL - MOSTRA LISTA DE NIVEIS DISPONIVEIS DO COMANDO OU FACILIDADE. (ABREVIA-SE COMO L). OBS : 1. FORMAS REDUZIDAS OU ALTERNATIVAS DO COMANDO OU NIVEL PODEM SER ESPECIFICADAS. POR EXEMPLO, HELP C, FORNECE INFORMACAO SOBRE O COMANDO COPY. AS FORMAS REDUZIDAS DOS COMANDOS FETCH, LIST E SAVE (F, L E S) SAO EXCESSOES A REGRA. ESTES CARACTERES SAO TAMBEM ABREVIACOES DOS OPERANDOS DO COMANDO HELP. SE HELP E' ENTRADO COM F, L OU S, A ABREVIACAO DO OPERANDO E' ASSUMIDA E NAO A FORMA REDUZIDA. 2. FORMA REDUZIDA: H. 54126930.doc Página 34 de 89 22/03/11
  • HEXIN / HEXOUT FUNCAO : CONVERTE O CONTEUDO DA AWS DO FORMATO CARACTER PARA A REPRESENTACAO HEXADECIMAL OU DA REPRESENTACAO HEXADECIMAL PARA O FORMATO CARACTER. SINTAXE : HEXIN<-X> / HEXOUT<-X> HEXIN - CONVERTE DA REPRESENTACAO HEXADECIMAL PARA O FORMATO CARACTER. SOMENTE NUMEROS DE SEQUENCIA E STRING HEXADECIMAL EXTERNO SAO PROCESSADOS. HEXOUT - CONVERTE DO FORMATO STRING PARA REPRESENTACAO HEXADECIMAL EXTERNA. 0 -X - CONVERSAO A SER EXECUTADA EM LINHAS COM UM MAXIMO DE 255 CARACTERES DE TAMANHO. SE OMITIDO, O TAMANHO MAXIMO DA LINHA ASSUMIDO SERA 80. OBS : - A EXPANSAO DO HEXOUT CRIA 5 LINHAS PARA CADA LINHA DE ENTRADA. ENTAO, O NUMERO DE LINHAS NA AWS DEVE SER MENOR OU IGUAL AO TAMAHO MAXIMO DA AWS DIVIDIDO POR 5 IMPORT FUNCAO : COPIA TODO OU PARTE DO ARQUIVO OU MASTER FILE DO LIBRARIAN NA AWS. SINTAXE : IMPORT DSNAME=DSN< (DSNMEM) / (*) / (V) > < ,TO=MEM <UPDATE> > < ,ASIS > < ,HEX > < ,INCLUDE=(CHARSTR) > < ,EXCLUDE=(CHARSTR) > < ,LIBRARIAN-CHARSTR > < ,ARC=CHARSTR > < ,PGMR=CHARSTR > < ,RANGE='DSNMEM1<,DSNMEM2>' > < ,RECORDS=(P<,Q>) > < ,SEQFLD<(=S,L / =COBOL)> > < ,UNIT=CHARSTR > < ,VOLUME=CHARSTR > < ,PASSWORD=CHARSTR > < ,NOTTR > < <,OFFSET=S> <,TRUNC=E> > < ,WRAP=V > DSNAME= DSN - NOME DO ARQUIVO. (ABREVIA-SE COMO DSN). PODE SER: (DSNMEM) NOME DO MODULO DO LIBRARIAN OU DO MEMBRO DO PDS. (*) MOSTRA LISTA FORMATADA DO INDICE DO LIBRARIAN OU DO DIRETORIO DO PDS. (V) NUMERO RELATIVO DE GDG, QUE PODE SER 0 OU UM NUMERO NEGATIVO. TO= MEM - NOME DO MODULO DA BIBLIOTECA QUE CONTEM OS DADOS. SE O MEMBRO EXISTE, PODE SER QUALIFICADO COM: UPDATE FAZ COM QUE O CONTEUDO DO MEMBRO SEJA SOBRE- POSTO. SE OMITIDO, O MEMBRO NAO E' SOBRE- POSTO E O IMPORT FALHA. SE O MEMBRO NAO EXISTE, ELE E' CRIADO. (SE UPDATE FOR ESPECIFICADO, SERA IGNORADO). ASIS - OS DADOS BINARIOS SAO CARREGADOS SEM SUBSTITUICAO. SE OMITIDO, TODOS OS CARACTERES NAO-PRINTAVEIS E NAO- MOSTRADOS SAO SUBSTITUIUDOS POR BRANCOS. (ABREVIA-SE COMO ASI). -> HEX E ASIS SAO MUTUAMENTE EXCLUSIVOS. SE AMBOS SAO ENTRADOS, ASIS SERA IGNORADO. HEX - PARTE OS REGISTROS EM SEGMENTOS DE 32 BYTES E APRESENTA SERIES DE LINHAS COM DISPLAY HEXADECIMAL ALTERNADAS COM LINHAS COM DISPLAY EBCDIC. CADA 54126930.doc Página 35 de 89 22/03/11
  • REGISTRO E' PRECEDIDO POR UM CAMPO QUE IDENTIFICA SEU OFFSET RELATIVO DE INICIO DE REGISTRO. (NAO E' VALIDO COM FILES LIBRARIAN). INCLUDE=/EXCLUDE= CHARSTR - CRITERIO PARA COPIA NA AWS. E ' IGNORADO SE FOR REQUISITADO PARA DIRETORIO DO PDS OU LISTA DE INDICE DO LIBRARIAN. (ABREVIA-SE COMO INC E EXL). PODE SER: (<NOT,>/CHARSTR1/<S<,E>><,(OR,/AND,)...>) OS PARAMETROS PODEM OU NAO ESTAR ENTRE PARENTESES E NAO DEVEM CONTER BRANCOS. NOT NEGA O STRING QUE O PRECEDE. SE O STRING FOR ENCONTRADO E A OPERACAO FOR INCLUDE, O REGISTRO NAO E' COPIADO; SE A OPERACAO FOR EXCLUDE, O REGISTRO SERA COPIADO. CHARSTR1 STRING ATE' 35 CARACTERES QUE APARECE NO(S) REGISTRO(S) A SER(EM) COPIADO(S). ATE' 10 STRINGS PODEM SER DEFINIDOS, COMBINADOS POR AND'S OU OR'S. S E COLUNAS INICIAL E FINAL A SEREM PESQUISADAS NO REGISTRO. SE A COLUNA INICIAL FOR MAIOR QUE O TAMANHO DO REGISTRO, O REGISTRO SERA' REJEITADO PARA INCLUDE E' ACEITO PARA EXCLUDE. SE A COLUNA FINAL FOR MAIOR QUE O TAMANHO DO REGISTRO REAL, O IMPORT VARRERA' ATE A ULTIMA POSICAO DO REGISTRO. SE A COLUNA FINAL FOR OMITIDA, A PESQUISA COMECARA' NA COLUNA INICIAL E IRA ATE I FIM. AND OS STRINGS DE AMBOS OS LADOS DEVEM SER ENCONTRADOS PARA O REGISTRO SER INCLUIDO/ EXCLUIDO. OR SOMENTE UM STRING DE CADA LADO DO OR DEVE SER ENCONTRADO PARA O REGISTRO SER INCLUIDO EXCLUIDO. LIBRARIAN- CHARSTR - TIPO DE DADOS A SEREM COPIADOS DO MODULO DO LIBRARIAN. (ABREVIA-SE COMO LIB). ESPECIFIQUE: H COPIA APENAS OS REGISTROS DE HISTORICO. AS 6 PRIMEIRAS POSICOES CONTEM A DATA DE GRAVACAO NA FORMA YYMMDD. I COPIA APENAS INFORMACAO DE INDICE, NA FORMA: NOME DO MODULO, PASSWORD, DATA DA ULTIMA ATUALIZACAO (MMDDYYHHMM), NOME DO PROGRAMADOR E DESCRICAO. SE USADO COM NOME OU QUALIFICADORES DO MODULO, SOMENTE A INFORMACAO DE INDICE PARA O(S) MODULO(S) DESIGNADO(S) SERA FORNACIDA. E SAO EXPANDIDOS ITENS -INC. N NAO SAO EXPANDIDOS ITENS -INC. (DEFAULT). 54126930.doc Página 36 de 89 22/03/11
  • ARC= CHARSTR - NIVEL DO MODULO LIBRARIAN A SER COPIADO. (O MODULO DEVE ESTAR NO FORMATO ARCHIE). YYMMDDHHMMSS (DATA E HORA) QUANDO FOI CRIADO. NUMERO PAR DE DIGITOS PODEM SER CORTADOS DA DIREITA. LX NUMERO DO NIVEL ABSOLUTO MOSTRADO NO RELATORIO DE ATUALIZACAO DO LIBRARIAN; X PODE SER DE 0 ATE' 65535. -Y NUMERO DO NIVEL RELATIVO. Y PODE SER DE 0 ATE' 255. SE OMITIDO E O MODULO ESTA NO FORMATO ARCHIE, O NIVEL MAIS RECENTE SERA COPIADO. PGMR= CHARSTR - NOME DO PROGRAMADOR ATE' 15 CARACTERES. USADO PARA QUALIFICAR LISTA DE INDICE DO LIBRARIAN CRIADA POR LIB-I. (ABREVIA-SE COMO PGM). RANGE= DSNMEM1 - NOME DO PRIMEIRO (DSNMEM1) E ULTIMO (DSNMEM2 ) MEMBRO DSNMEM2 DO PDS OU MODULO DO LIBRARIAN A SER ACESSADO. SE SOMENTE UM NOME ESPECIFICADO, ESTE MEMBRO/MODULO E TODOS OS OUTROS COMECANDO COM AQUELE NOME SERAO ACESSADOS. LIMITE DE ACESSO AO DIRETORIO DO PDS OU AO INDICE DO LIBRARIAN A FAIXA ESPECIFICA. (ABREVIA-SE COMO RAN). RECORDS= P Q - NUMERO DO PRIMEIRO (P) E ULTIMO (Q) REGISTRO A SER COPIADO. P E Q PODE SER ESPECIFICADO COMO FIRST E LAST, RESPECTIVAMENTE. SE SOMENTE UM NUMERO FOR ESPECIFICADO, A ENTRADA SERA COPIADA DAQUELE REGISTRO ATE' O FIM. SE AMBOS OMITIDOS, TODOS OS REGISTROS SAO COPIADOS. OS REGISTROS SAO SELECIONADOS PELOS SEUS NUMEROS DE REGISTROS RELATIVO DENTRO DO ARQUIVO DE ENTRADA A MENOS QUE O OPERANDO SEQFLD SEJA USADO, NO CASO EM QUE OS REGISTROS SAO SELECIONADOS PELOS SEUS NUMEROS DE SEQUENCIA NOS DADOS. (ABREVIA-SE COMO REC) SEQFLD - LOCALIZACAO DO NUMERO DE SEQUENCIA PRE-EXISTENTE NO REGISTRO DE ENTRADA. SE OMITIDO OU ESPECIFICADO IS, A NUMERACAO SERA' DA COLUNA 73 A 80. (ABREVIA-SE SEQ) PARA USAR LOCALIZACAO DIFERENTE, INCLUA: =S L COLUNA INICIAL E TAMANHO DO CAMPO. =COBOL CAMPO DE NUMERO DE SEQUENCIA DA COLUNA 1 A 6 IMPORT TERMINA SE A LOCALIZACAO DO CAMPO ESTIVER FOR DO REGISTRO OU NAO CONTIVER CARACTERES NUMERICOS. USE SEQFLD COM RECORDS PARA COPIAR REGISTROS PELO NUMERO DO REGISTRO EXISTENTE. SE RECORDS NAO FOR ESPECIFICADO, SEQFLD NAO TERA' EFEITO. UNIT= CHARSTR - (MVS SOMENTE). E' REQUERIDA PARA DISPOSITIVOS DE MEMORIA DE MASSA. ESPECIFIQUE 3380V OU VIRTUAL. (ABREVIA-SE UNI). 54126930.doc Página 37 de 89 22/03/11
  • VOLUME= CHARSTR - NUMERO SERIAL DO VOLUME NO QUAL O ARQUIVO RESIDE. (ABREVIA-SE VOL). SE OS OPERANDOS SAO ENTRADOS PELO TERMINAL E O VOLUME OMITIDO, UMA PESQUISA NO CATALOGO E EXECUTADA. SE O ARQUIVO NAO ESTIVER NO CATALOGO, IMPORT PERGUNTARA' PELO NUMERO SERIAL DO VOLUME. - O VOLUME E REQUISITADO SE UNIT ESPECIFICADO. PASSWORD= CHARSTR - (MVS SOMENTE). PASSWORD DO ARQUIVO. SE OMITIDO, PROMPT E TENTADO SE O ARQUIVO FOR PROTEGIDO POR PASSWORD. (ABREVIA-SE COMO PAS). NOTTR - IMPORT IGNORA A VERIFICACAO PARA O ULTIMO PONTEIRO TTR DE 000 NO DSCB DO ARQUIVO. USE QUANDO, POR EXEMPLO, O ARQUIVO TIVER SIDO ATUALIZADO MAS O PONTEIRO TTR NAO. OFFSET=S - LOCALIZACAO INICIAL DAQUELA PORCAO DO REGISTRO QUE E' PARA SER COPIADA NA AWS. SE OMITIDO, O DEFAULT E' 0. NAO PODE SER MENOR QUE 0 NEM MAIOR QUE O TAMANHO DO REGISTRO OU O VALOR ESPECIFICADO EM TRUNC=. TRUNC= E - LOCALIZACAO FINAL DAQUELA PORCAO DO REGISTRO QUE E' PARA SER COPIADA. SE OMITIDO, O DEFAULT E' 32767. NAO PODE SER MENOR QUE 0 OU MENOR QUE O VALOR DE OFFSET=. WRAP= V - NUMERO MAXIMO DE CARACTERES A SEREM INCLUIDOS NA LINHA DA AWS ANTES DA SEGMENTACAO OCORRER. SE OMITIDO O DEFAULT E' 255. O VALOR PODE SER ATE' 255. (SE O TAMANHO DO REGISTRO FOR MAIOR QUE 255 OU O VALOR DE SEGMENTACAO ESPECIFICADO, OS REGISTROS SERA' GRAVADOS NA AWS COMO SERIES DE SEGMENTOS NAO EXCEDENDO 255 OU O VALOR DA SEGMENTACAO). OBS : - ANTES DO REGISTRO SER GRAVADO NA AWS, CARACTERES NAO PRINTAVEIS SAO SUBSTITUIDOS POR BRANCOS. SOMENTE OS SEGUINTES CARACTERES SAO MANTIDOS: NUMERICOS, ALFABETICOS (MAIUSCULOS E MINUSCULOS), E CARACTERES ESPECIAIS. ESPECIFIQUE ASIS PARA EVITAR SUBSTITUICAO DE CARACTERES. 54126930.doc Página 38 de 89 22/03/11
  • INCL COMANDO PRIMARIO: FUNCAO : LOCALIZA E MOSTRA TODAS AS LINHAS CONTENDO O STRING DE PESQUISA ESPECIFICO. SINTAXE : INCL < SCOPE > < <S> E > < STRING <N> > < < POSITION > < CONTEXT > > - SEM OPERANDO, LOCALIZA E MOSTRA TODAS AS LINHAS CONTENDO O STRING PREVIAMENTE ESPECIFICADO NOS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. SCOPE - QUALIFICA A FAIXA DE OPERACAO. SE OMITIDO, A OPERACAO SE APLICARA AOS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. PODE SER AWS A AWS SERA' REATACHADA E PESQUISADA PELO STRING (ABREVIA-SE COMO A). DSN O ARQUIVO ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO D). JOB O JOB ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO J). LIB O MEMBRO DA BIBLIOTECA ATACHADO PREVIAMENTE SERA REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO L). S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO COMECA. E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO TERMINA; NAO PODE EXCEDER 255 OU O TAMANHO DO REGISTRO DO ARQUIVO. STRING - STRING DE PESQUISA, ATE' 80 CARACTERES. SE OMITIDO, O STRING SERA ESPECIFICADO COM O COMANDO PRIMARIO OU DE LINHA EXCL, FIRST, INCL, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADOS ANTERIORMENTE OU O COMANDO ATTACH USADO. N - NUMERO DE LINHAS A SEREM PESQUISADAS. SE OMITIDO, O DEFAULT SERA' O FIM DA AWS OU DO MEMBRO, OU O LIMITE DE PESQUISA PARA O ARQUIVO OU JOB. POSITION - POSICIONA A TELA APOS A EXECUCAO DO COMANDO. PODE SER CJUSTIFIED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS SOMENTE SE O STRING ENCONTRADO NAO ESTIVER DENTRO DAS MARGENS ATUAIS. (ABREVIA-SE COMO CJUST OU CJ). JUSTIFIED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS DE MODO QUE O PRIMEIRO CARACTER DO STRING ENCONTRADO COMECE NA POSICAO MAIS A ESQUERDA DA LINHA. (ABREVIA-SE COMO JUST OU JUS). CENTERED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS PARA CENTRALIZAR O STRING ENCONTRADO NA LINHA SERA' IGNORADO SE CAUSAR MARGEM ESQUERDA INVALIDA. (ABREVIA-SE COMO CENT OU CEN). LOCKED AS MARGENS DO DISPLAY NUNCA SAO ALTERADAS MESMO SE O STRING OCORRER A ESQUERDA OU A DIREITA DAS MARGENS ATUAIS (ABREVIA-SE COMO LOCK OU LOC). CONTEXT - QUALIFICA O STRING DE PESQUISA. ESPECIFIQUE COMO: WORD O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO OU SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO WOR). PREFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO PRE). SUFFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO SUF). LITERAL O STRING NAO ESTARA' SUJEITO A INTERPRETACOES (ABREVIA-SE COMO LIT). OBS : 1. SET DISPLAY NUMX DEVE ESTAR EM EFEITO. 2. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. 54126930.doc Página 39 de 89 22/03/11
  • USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. COMANDO DE LINHA: FUNCAO : LOCALIZA E MOSTRA TODAS AS LINHAS CONTENDO O STRING ESPECIFICO. SINTAXE : INCL < 'STRING' > 'STRING' - STRING DE PESQUISA. SE OMITIDO, O STRING SERA' ESPECIFICADO COM O COMANDO PRIMARIO OU DE LINHA EXCL, FIRST, INCL, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADOS ANTERIORMENTE OU O COMANDO ATTACH USADO. OBS : 1. A PESQUISA COMECA COM A LINHA CONTENDO O COMANDO. 2. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. INFO FUNCAO : FORNECE INFORMACAO SOBRE UM ARQUIVO. SINTAXE : INFO < DSN > DSN<(V)> < VOLUME CHARSTR1 < ...CHARSTR6 > > < UNIT CHARSTR1 < ...CHARSTR6 > > < PSWD CHARSTR1 < CHARSTR2 > > < NODSPLY > DSN DSN - NOME ATE' 44 CARACTERES DO ARQUIVO CUJA INFORMACAO E DESEJADA. QUALIFIQUE COM: V NUMERO RELATIVO DE GDG, ESPECIFICADO COMO 0 (MAIS RECENTE) OU NUMERO NEGATIVO. VOLUME CHARSTR - NUMERO ATE' 6 CARACTERES DO VOLUME NO QUAL O ARQUIVO RESIDE. ATE' 6 VOLUMES PODEM SER ESPECIFICADOS. E NECESSARIO SE O ARQUIVO NAO FOR CATALOGADO. (ABREVIA-SE COMO V OU VOL). UNIT CHARSTR - NOME ATE' 8 CARACTERES DA UNIDADE ASSOCIADA COM O(S) TIPO(S) DE DISPOSITIVO(S) NO(S) QUAL(IS) O ARQUIVO RESIDE. E' NECESSARIO SE O ARQUIVO NAO FOR CATALOGADO E RESIDE EM DISPOSITIVO DE MEMORIA DE MASSA. PSWD CHARSTR - PASSWORD. SE OMITIDA E FOR NECESSARIA, O ACESSO SERA' NEGADO. (ABREVIA-SE PSW). NODSPLY - NAO MOSTRA DISPLAY DE INFORMACAO. (USADO POR PROGRAMAS RPF PARA ATUALIZAR VARIAVEIS DE ARQUIVO). 54126930.doc Página 40 de 89 22/03/11
  • INPUT COMANDO PRIMARIO: FUNCAO : INSERE LINHAS NA AWS PELO TERMINAL. SINTAXE : INPUT <O> - SEM OPERANDOS, INSERE TODAS AS LINHAS DO TERMINAL NA AWS. SE A AWS NAO ESTA' VAZIA, AS LINHAS SAO INSERIDA APOS A ULTIMA LINHA DA AWS. O - DESTINO DA OPERACAO, ESPECIFICADO COMO NUMERO DA LINHA, * (LINHA ATUAL DA AWS), T (ANTES DA PRIMEIRA LINHA DA AWS), B OU ,, (DEPOIS DA ULTIMA LINHA DA AWS). OBS : - FORMA REDUZIDA: I. COMANDO DE LINHA: FUNCAO : ABRE UM NUMERO ESPECIFICADO DE LINHAS NA TELA PARA INSERCAO DE DADOS. SINTAXE : I<V> IB<V> IM<V> I - ABRE A TELA APOS ESTA LINHA PARA INSERCAO DE DADOS. IB - ABRE A TELA ANTES DESTA LINHA PARA INSERCAO DE DADOS. IM - INSERE UMA MARCARA APOS ESTA LINHA. V - NUMERO DE LINHAS A SEREM INSERIDAS. SE OMITIDO, UMA LINHA SERA' INSERIDA. 54126930.doc Página 41 de 89 22/03/11
  • JCL FUNCAO : VERIFICA SE OS CARTOES DE ENTRADA DO JCL ESTAO DE ACORDO COM AS REGRAS DO JCL. SINTAXE : JCL<-J> - SEM OPERANDO, VERIFICA OS CARTOES DE ENTRADA SEM CONSIDERAR SUAS SEQUENCIAS NO JOB. -J - VERIFICA OS CARTOES DE ENTRADA QUANTO A SEQUENCIA. (O PRIMEIRO DEVE SER JOB, SEGUIDO PELO CARTAO JOBLIB OU EXEC, ETC.). OS NOMES DE ARQUIVOS (INCLUINDO REFERENCIAS ANTERIORES EXCETO ARQUIVO NULO) SAO MOSTRADOS EM DISPLAY, PRECEDIDOS PELOS NUMEROS DAS LINHAS EM QUE FORAM ENCONTRADOS. OBS : - SAO IGNORADAS TODAS AS LINHAS: QUE NAO COMECEM COM / ENTRE DD * OU DD DATA E O DELIMITADOR FINAL; ENTRE O CARTAO CNTL E ENDCNTL; E TODOS OS CARTOES DE CONTROL DE JES2 E JES3. LAST FUNCAO : COMECA O DISPLAY COM A ULTIMA LINHA CONTENDO O STRING PARTICULAR. SINTAXE : LAST < SCOPE > < <S> E > < STRING <N> > < < POSITION > < CONTEXT > > - SEM OPERANDO, LOCALIZA E MOSTRA A ULTIMA OCORRENCIA DO STRING PREVIAMENTE ESPECIFICADO NOS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. SCOPE - QUALIFICA A FAIXA DE OPERACAO. SE OMITIDO, A OPERACAO SE APLICARA' AOS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. PODE SER AWS A AWS SERA' REATACHADA E PESQUISADA PELO STRING (ABREVIA-SE COMO A). DSN O ARQUIVO ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO D). JOB O JOB ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO J). LIB O MEMBRO DA BIBLIOTECA ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO L). S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO COMECA. E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO TERMINA; NAO PODE EXCEDER 255 OU O TAMANHO DO REGISTRO DO ARQUIVO. STRING - STRING DE PESQUISA, ATE 80 CARACTERES. SE OMITIDO, O STRING SERAESPECIFICADO COM O COMANDO PRIMARIO OU DE LINHA EXCL, FIRST, INCL, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADOS ANTERIORMENTE OU O COMANDO ATTACH USADO. N - NUMERO DE LINHAS A SEREM PESQUISADAS. SE OMITIDO, O DEFAULT SERA' O FIM DA AWS OU DO MEMBRO, OU O LIMITE DE PESQUISA PARA O ARQUIVO OU JOB. 54126930.doc Página 42 de 89 22/03/11
  • POSITION - POSICIONA A TELA APOS A EXECUCAO DO COMANDO. PODE SER CJUSTIFIED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS SOMENTE SE O STRING ENCONTRADO NAO ESTIVER DENTRO DAS MARGENS ATUAIS. (ABREVIA-SE COMO CJUST OU CJ). JUSTIFIED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS DE MODO QUE O PRIMEIRO CARACTER DO STRING ENCONTRADO COMECE NA POSICAO MAIS A ESQUERDA DA LINHA. (ABREVIA-SE COMO JUST OU JUS). CENTERED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS PARA CENTRALIZAR O STRING ENCONTRADO NA LINHA SERA' IGNORADO SE CAUSAR MARGEM ESQUERDA INVALIDA. (ABREVIA-SE COMO CENT OU CEN). LOCKED AS MARGENS DO DISPLAY NUNCA SAO ALTERADAS MESMO SE O STRING OCORRER A ESQUERDA OU A DIREITA DAS MARGENS ATUAIS (ABREVIA-SE COMO LOCK OU LOC). CONTEXT - QUALIFICA O STRING DE PESQUISA. ESPECIFIQUE COMO: WORD O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO OU SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO WOR). PREFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO PRE). SUFFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO SUF). LITERAL O STRING NAO ESTARA' SUJEITO A INTERPRETACOES (ABREVIA-SE COMO LIT). OBS : - SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. COMANDO DE LINHA: FUNCAO : LOCALIZA E POSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR COM A ULTIMA OCORRENCIA DO STRING ESPECIFICADO NA AWS. SINTAXE : LAST < 'STRING' > 'STRING' - STRING DE PESQUISA. SE OMITIDO, O STRING SERA' ESPECIFICADO COM O COMANDO PRIMARIO OU DE LINHA EXCL, FIRST, INCL, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADOS ANTERIORMENTE OU O COMANDO ATTACH USADO. OBS : - A PESQUISA COMECA COM A LINHA CONTENDO O COMANDO. - SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. 54126930.doc Página 43 de 89 22/03/11
  • LAST JOB FUNCAO : COMECA O DISPLAY NA ULTIMA LINHA NA OUTPUT DO JOB DESIGNADO. SINTAXE : LAST < JOB > < FILE / PAGE / > - SEM OPERANDOS, USA O VALOR ESPECIFICADO COM O COMANDO FIRST, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADO ANTERIORMENTE. JOB - REATACHA O JOB ATACHADO ANTERIORMENTE NA LOCALIZACAO DESIGNADA. (ABREVIA-SE COMO J). FILE - REPOSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR NO PRIMEIRO FILE DO JOB ATACHADO E MOSTRADO. (ABREVIA-SE COMO FIL OU F). PAGE - REPOSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR NA PRIMEIRA PAGINA DO FILE DE OUTPUT DO JOB MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO PAG OU P). LINE - REPOSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR NA PRIMEIRA LINHA DO FILE DE OUTPUT DO JOB MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO LIN OU L). LET FUNCAO : USADO COM UM OPERADOR (=) PARA ATRIBUIR UM VALOR A UMA VARIAVEL. SINTAXE : LET VARIABLE = EXPR VARIABLE - NOME DE UMA VARIAVEL LOCAL OU PERMANENTE, UMA VARIAVEL MODIFICAVEL DO SISTEMA OU UMA VARIAVEL PANEL. = - OPERADOR DE ATRIBUTO; NUNCA USADO COMO TESTE DE IGUALDADE. EXPR - QUALQUER EXPRESSAO VALIDA. OBS : - BRANCOS ENCONTRADOS DENTRO DOS DELIMITADORES DO STRING SAO RETIDOS. - UM STRING NULO E REPRESENTADO COMO DOIS APOSTROFOS CONSECUTIVOS. - DOIS APOSTROFOS CONSECUTIVOS ENCONTRADOS DENTRO DE DELIMITADORES DO STRING SAO TRADUZIDOS COMO UM APOSTROFO SIMPLES QUANDO O VALOR E' ATRIBUIDO. - A VARIAVEIS MULTIPLAS PODE SER ATRIBUIDO UM VALOR DENTRO DO MESMO COMANDO LET. LIBRARY FUNCAO : COLOCA NA AWS UMA LISTA DE NOMES, DESCRICOES E ATRIBUTOS DE TODOS OS MEMBROS DA BIBLIOTECA. SINTAXE : LIBRARY <N> <B> <S> - SEM OPERANDOS, COLOCA NA AWS E MOSTRA OS NOMES, DESCRICOES E ATRIBUTOS DOS MEMBROS DO USUARIO. N - GRAVA A INFORMACAO NA AWS SEM DISPLAY. B - GRAVA E MOSTRA INFORMACAO DE MEMBROS INCLUIDOS POR BATCH. S - GRAVA E MOSTRA INFORMACAO DE MEMBROS CRIADOS POR COMANDOS MONITORES. OBS : 1. FORMA REDUZIDA: LIB. 2. USE O COMANDO DIR PARA OBTER A DATA DE CRIACAO DO MEMBRO DA BIBLIOTECA. 54126930.doc Página 44 de 89 22/03/11
  • LIST FUNCAO : MOSTRA TODA OU PARTE DA AWS OU MEMBRO DA BIBLIOTECA NO TERMINAL. SINTAXE : LIST < MEM > < 'STRING' > < P <Q> > < CONTEXT > - SEM OPERANDOS, MOSTRA O CONTEUDO DA AWS. MEM - NOME DO MEMBRO DA BIBLIOTECA A SER LISTADO. 'STRING' - STRING DE PESQUISA, ATE' 80 CARACTERES, ENTRE DELIMITADORES. P - LINHA NA QUAL A PESQUISA PELO STRING COMECA. Q - LINHA NA QUAL A PESQUISA PELO STRING TERMINA. CONTEXT - QUALIFICA O STRING DE PESQUISA. ESPECIFIQUE COMO: WORD O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO OU SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO WOR). PREFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO PRE). SUFFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO SUF). LITERAL O STRING NAO ESTARA' SUJEITO A INTERPRETACOES (ABREVIA-SE COMO LIT). OBS : 1. FORMA REDUZIDA: L. 2. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. LSHIFT FUNCAO : DESLOCA PARA A ESQUERDA TODA OU UMA FAIXA DE LINHAS NA AWS. SINTAXE : LSHIFT V < P <Q> > V - NUMERO DE POSICOES A LINHA E PARA SER DESLOCADA. P - LINHA NA QUAL A OPERACAO DE DESLOCAMENTE COMECA. Q - LINHA NA QUAL A OPERACAO DE DESLOCAMENTE TERMINA. OBS : - FORMA REDUZIDA: LSH. - QUAISQUER DADOS DESLOCADOS A ESQUERDA DA COLUNA 1 (OU ALEM DE COLUNA MAIS A ESQUERDA NA FAIXA SETADA) SAO PERDIDOS. MASK FUNCAO : SETA OU RESETA DEFINICAO DE MASK. SINTAXE : MASK < CHARSTR > CHARSTR - DEFINICAO DE MASK. NAO DEVE EXCEDER O TAMANHO DA LINHA DO TERMINAL. DEVE HAVER SOMENTE DADOS NA LINHA. OBS : 1. APOS A DEFINICAO DE MASK, USE UM COMANDO DE LINHA PARA INSERIR UMA OU MAIS VEZES. 2. PARA ELIMINAR A DEFINICAO DE MASK, ENTRE MASK SEM STRING OU REATTACH AWS. 54126930.doc Página 45 de 89 22/03/11
  • MERGE FUNCAO : ORDENA MEMBROS DA BIBLIOTECA NA AWS PELO NUMERO DA LINHA NA ORDEM ESPECIFICADA. SINTAXE : MERGE MEM-1 < ... MEM-21 > MEM - NOMES DOS MEMBROS DA BIBLIOTECA, ATE' 21, A SEREM ORDENADOS. TODOS OS NOMES DEVEM ESTAR NA MESMA LINHA. OBS : - EM CASOS DE NUMEROS DE LINHAS DUPLICADOS, AS LINHAS DO ULTIMO MEMBRO SOBREPOEM AS LINHAS JA' NA AWS. - OS MEMBROS SAO CHAMADOS PARA A AWS NA ORDEM ESPECIFICADA E OS ATRIBUTOS DO ULTIMO MEMBRO SAO CONSIDERADOS. MESSAGE COMANDO PRIMARIO: FUNCAO : ENVIA MENSAGEM PARA O CONSOLE DO OPERADOR. SINTAXE : MESSAGE STRING STRING - STRING DE MENSAGEM, QUE NAO PODE EXCEDER O TAMANHO DO TERMINAL (OU 255 CARACTERES SE TENTADO DE UM PROGRAMA RPF). OBS : - USE O COMANDO SEND PARA ENVIAR MENSAGENS PARA OUTROS TERMINAIS. DESCRICOES DE MENSAGEM: FUNCAO : DESCRICOES DE MENSAGENS DO USUARIO PRODUZIDAS PELO ROSCOE. SINTAXE : HELP MESSAGE AAANN AAA - IDENTIFICADOR DA MENSAGEM. NN - NUMERO DA MENSAGEM. SE OMITIDO, A PRIMEIRA MENSAGEM NA SERIE DESIGNADA SERA' MOSTRADA. TECLE PF11/23 PARA VER CADA MENSAGEM SEGUINTE, E PF10/PF22 PARA VER CADA MENSAGEM ANTERIOR. OBS : - SE A MENSAGEM NAO TEM IDENTIFICADOR OU NUMERO, ENTRE O NOME DO COMANDO CUJA EXECUCAO CAUSOU A MENSAGEM (POR EXEMPLO, COB). MONITOR FUNCAO : MOSTRA INFORMACAO DE STATUS DE UMA OU TODAS AS ROTINAS DEFINIDAS PELA EXECUCAO ATUAL DO ROSCOE. SINTAXE : MONITOR<-A> < CMD > 0 -A - DIRECIONA A INFORMACAO DE STATUS PARA AWS. SE OMITIDO DIRECIONA PARA O TERMINAL. CMD - OS 3 PRIMEIROS CARACTERES DO MONITOR SOBRE O QUAL A INFORMACAO E DESEJADA. SE OMITIDO, A INFORMACAO SOBRE TODOS OS MONITORES E FORNECIDA. OBS : 1. FORMA REDUZIDA: MON. 2. MONITOR E UM COMANDO MONITOR. QUANDO DISTRIBUIDO, O USO DESTE COMANDO NAO E RESTRITO. 54126930.doc Página 46 de 89 22/03/11
  • MONITOR DISPLAY FUNCAO : INFORMACAO DE STATUS FORNECIDA PARA UMA OU TODAS AS ROTINAS MONITOR DEFINIDAS PARA A EXECUCAO ATUAL DO ROSCOE. NAME - NOME DO MONITOR DEFINIDO PARA USO DURANTE A EXECUCAO ATUAL. CURRENT USERS - NUMERO DE INDIVIDUOS QUE ESTEJAM USANDO O MONITOR NO MOMENTO. TOTAL USERS - NUMERO TOTAL DE INDIVIDUOS QUE TENHAM USADO O MONITOR DURANTE ESTA EXECUCAO. STATUS - STATUS DO MONITOR, MOSTRADO COMO ACTIVE OU LOCKED. UM CODIGO DE RAZAO E INCLUIDO SE O MONITOR ESTIVER LOCKED. OS CODIGOS SAO: ABEND ABEND S0CX OCORREU. ERROR ERRO INTERNO OCORREU. ROZAP LOCKED PELO COMANDO ROZAP LOCK. BLDL FALHA DE BLDL OCORREU. NOTEXEC MONITOR MARCADO COMO NAO-EXECUTAVEL PELO LINKEDITOR. ROSX FALHA OCORREU DURANTE A INICIALIZACAO EXTENDIDA (FALHA ROSXINIT). GBLINIT FALHA OCORREU DURANTE A INICIALIZACAO DO CONSOLE OU DISPLAY (FALHA GBLINIT). VTPINIT FALHA OCORREU DURANTE A INICIALIZACAO DO MONITOR COM ATRIBUTO V. EPA - 1) ENDERECO DO PONTO DE ENTRADA DO MONITOR; 2) VPE SE O MONITOR FOI DEFINIDO COM ATRIBUTO V; 3) N/A SE O MONITOR FOI DEFINIDO MAS NAO ENCONTRADO. RELOADS - NUMERO DE RECARGAS ROZAP TENTADAS PARA O MONITOR DURANTE ESTA EXECUCAO. LOCKS - NUMERO DE VEZES EM QUE O MONITOR TENHA SIDO TRANCADO DURANTE ESTA EXECUCAO. O MONITOR PODE SER TRANCADO DEVIDO A: 1) COMANDOS ROZAP LOCK, 2) ERRO INTERNO, 3) ABEND 0CX. UNLOCKS - NUMERO DE VEZES EM QUE O MONITOR TENHA SIDO DESTRANCADO VIA COMANDO ROZAP UNLOCK. SPIE - INDICA SE O MONITOR TEM PSEUDO-SAIDA SPIE. FOLD - INDICA SE A ENTRADA DO USUARIO DO TERMINAL E' PARA SER TRADUZIDA PARA LETRAS MAIUSCULAS OU DEIXADA COMO ENTRADA. 54126930.doc Página 47 de 89 22/03/11
  • MOVE COMANDO PRIMARIO: FUNCAO : MOVE LINHAS DE UM LOCAL PARA OUTRO DENTRO DA AWS. SINTAXE : MOVE P < Q > O SINTAXE : MOVE P < Q > O P - LINHA NA QUAL A OPERACAO MOVE COMECA. Q - LINHA NA QUAL A OPERACAO MOVE TERMINA. O - DESTINO DOS MOVES. PODE SER O NUMERO DA LINHA, T (TOP), B OU ,, (BOTTOM). OBS : - FORMA REDUZIDA: MOV OU M. COMANDO DE LINHA: SINTAXE : M<V> MM MB MT M<V> - MOVE 1 OU V LINHAS COMECANDO COM ESTA LINHA PARA O DESTINO. MM - MOVE BLOCO DE LINHAS PARA O DESTINO. ENTRE MM NA PRIMEIRA E NA ULTIMA LINHA DO BLOCO. MB - MOVE DESTA LINHA ATE' A ULTIMA LINHA DA AWS PARA O DESTINO. MT - MOVE DA PRIMEIRA LINHA DA AWS ATE' ESTA PARA O DESTINO. OBS : - O COMANDO DE LINHA DESTINO TAMBEM DEVE SER ESPECIFICADO. NEXT COMANDO PRIMARIO: FUNCAO : COMECA O DISPLAY COM A PROXIMA LINHA CONTENDO O STRING PARTICULAR. SINTAXE : NEXT < SCOPE > < <S> E > < STRING <N> > < < POSITION > < CONTEXT > > - SEM OPERANDO, LOCALIZA E MOSTRA A PROXIMA OCORRENCIA DO STRING PREVIAMENTE ESPECIFICADO NOS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. SCOPE - QUALIFICA A FAIXA DE OPERACAO. SE OMITIDO, A OPERACAO SE APLICARA AOS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. PODE SER AWS A AWS SERA' REATACHADA E PESQUISADA PELO STRING (ABREVIA-SE COMO A). DSN O ARQUIVO ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO D). JOB O JOB ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO J). LIB O MEMBRO DA BIBLIOTECA ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO L). S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO COMECA. E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO TERMINA; NAO PODE EXCEDER 255 OU O TAMANHO DO REGISTRO DO ARQUIVO. STRING - STRING DE PESQUISA, ATE 80 CARACTERES. SE OMITIDO, O STRING SERA ESPECIFICADO COM O COMANDO PRIMARIO OU DE LINHA EXCL, FIRST, INCL, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADOS ANTERIORMENTE OU O COMANDO ATTACH USADO. N - NUMERO DE LINHAS A SEREM PESQUISADAS. SE OMITIDO, O DEFAULT SERA' O FIM DA AWS OU DO MEMBRO, OU O LIMITE DE PESQUISA PARA O ARQUIVO OU JOB. 54126930.doc Página 48 de 89 22/03/11
  • POSITION - POSICIONA A TELA APOS A EXECUCAO DO COMANDO. PODE SER CJUSTIFIED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS SOMENTE SE O STRING ENCONTRADO NAO ESTIVER DENTRO DAS MARGENS ATUAIS. (ABREVIA-SE COMO CJUST OU CJ). JUSTIFIED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS DE MODO QUE O PRIMEIRO CARACTER DO STRING ENCONTRADO COMECE NA POSICAO MAIS A ESQUERDA DA LINHA. (ABREVIA-SE COMO JUST OU JUS). CENTERED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS PARA CENTRALIZAR O STRING ENCONTRADO NA LINHA SERA' IGNORADO SE CAUSAR MARGEM ESQUERDA INVALIDA. (ABREVIA-SE COMO CENT OU CEN). LOCKED AS MARGENS DO DISPLAY NUNCA SAO ALTERADAS MESMO SE O STRING OCORRER A ESQUERDA OU A DIREITA DAS MARGENS ATUAIS (ABREVIA-SE COMO LOCK OU LOC). CONTEXT - QUALIFICA O STRING DE PESQUISA. ESPECIFIQUE COMO: WORD O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO OU SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO WOR). PREFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO PRE). SUFFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO SUF). LITERAL O STRING NAO ESTARA' SUJEITO A INTERPRETACOES (ABREVIA-SE COMO LIT). OBS : - SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. COMANDO DE LINHA: FUNCAO : LOCALIZA E POSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR COM A PROXIMA OCORRENCIA DO STRING ESPECIFICADO NA AWS. SINTAXE : NEXT < 'STRING' > 'STRING' - STRING DE PESQUISA. SE OMITIDO, O STRING SERA' ESPECIFICADO COM O COMANDO PRIMARIO OU DE LINHA EXCL, FIRST, INCL, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADOS ANTERIORMENTE OU O COMANDO ATTACH USADO. OBS : - A PESQUISA COMECA COM A LINHA CONTENDO O COMANDO. - SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. 54126930.doc Página 49 de 89 22/03/11
  • NEXT JOB FUNCAO : COMECA O DISPLAY NA PROXIMA LINHA NA OUTPUT DO JOB DESIGNADO. SINTAXE : NEXT < JOB > < FILE / PAGE / > - SEM OPERANDOS, USA O VALOR ESPECIFICADO COM O COMANDO FIRST, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADO ANTERIORMENTE. JOB - REATACHA O JOB ATACHADO ANTERIORMENTE NA LOCALIZACAO DESIGNADA. (ABREVIA-SE COMO J). FILE - REPOSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR NO PROXIMO FILE DO JOB ATACHADO E MOSTRADO. (ABREVIA-SE COMO FIL OU F). PAGE - REPOSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR NA PROXIMA PAGINA DO FILE DE OUTPUT DO JOB MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO PAG OU P). LINE - REPOSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR NA PROXIMA LINHA DO FILE DE OUTPUT DO JOB MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO LIN OU L). NOSEQ FUNCAO : DESIGNA QUE OS NUMEROS DE SEQUENCIA NAO DEVEM SER INSERIDOS NA OUTPUT QUANDO O CONTEUDO DA AWS E SUBMETIDA. SINTAXE : NOSEQ OBS : - NOSEQ PERMANECE EM EFEITO ATE QUE SEJA MODIFICADO POR SEQ OU UM MEMBRO DA BIBLIOTECA COM ATRIBUTO DIFERENTE SEJA CHAMADA. VEJA ALTER PARA ALTERAR ATRIBUTOS DO MEMBRO DA BIBLIOTECA. NOTE COMANDO PRIMARIO: FUNCAO : ATRIBUI NOME A UMA LINHA ESPECIFICA NOS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. SINTAXE : NOTE < DSN / JOB > < * < +V / -V > > CHARSTR DSN - DESIGNA QUE A OPCAO SE APLICA A ARQUIVO SEQUENCIAL, MEMBRO DO PDS OU MODULO DO LIBRARIAN ATACHADO MAS NA MOSTRADO. JOB - DESIGNA QUE A OPERACAO SE APLICA A JOB ATACHADO MAS NAO MOSTRADO. -> SE NEM DSN NEM JOB ESPECIFICADO, A OPERACAO SE APLICA AOS DADOS ATACHADOS E MOSTRADOS NO MOMENTO. * - LOCALIZACAO DA LINHA QUE E' PARA SER NOMEADA. SE OMITIDA OU ESPECIFICADA SEM QUALIFICACAO, O NOME SER ATRIBUIDO A PRIMEIRA LINHA MOSTRADA. QUALIFIQUE COMO +V PRIMEIRA LINHA MOSTRADA MAIS V LINHAS. +V PRIMEIRA LINHA MOSTRADA MENOS V LINHAS. CHARSTR - NOME ATE 6 CARACTERES A SER ATRIBUIDO. OBS : - USE O COMANDO DROP PARA REMOVER UM NOME DE NOTE. 54126930.doc Página 50 de 89 22/03/11
  • COMANDO DE LINHA: FUNCAO : CRIA BOX CONTENDO UMA OU MAIS LINHAS DE COMENTARIOS CONFORME REQUERIMENTOS DA LINGUAGEM ESPECIFICA. SINTAXE : NA<V> NNA NB<V> NNB NC<V> NNC NF<V> NNF NJ<V> NNJ NM<V> NNM NP<V> NNP NR<V> NNR NA<V> - GERA BOX DE COMENTARIO PARA ASSEMBLER CONTENDO DE 1 V LINHAS. NNA - GERA BLOCO DE BOXES DE COMENTARIOS PARA ASSEMBLER. NB<V> - GERA BOX DE COMENTARIO PARA BASIC CONTENDO DE 1 A V LINHAS. NNB - GERA BLOCO DE BOXES DE COMENTARIOS PARA BASIC. NC<V> - GERA BOX DE COMENTARIO PARA COBOL CONTENDO DE 1 A V LINHAS. NNC - GERA BLOCO DE BOXES DE COMENTARIOS PARA COBOL. NF<V> - GERA BOX DE COMENTARIO PARA FORTRAN CONTENDO DE 1 A V LINHAS. NNF - GERA BLOCO DE BOXES DE COMENTARIOS PARA FORTRAN. NJ<V> - GERA BOX DE COMENTARIO PARA JCL CONTENDO DE 1 A V LINHAS. NNJ - GERA BLOCO DE BOXES DE COMENTARIOS PARA JCL. NM<V> - GERA BOX DE COMENTARIO PARA MACROS CONTENDO DE 1 A V LINHAS. NNM - GERA BLOCO DE BOXES DE COMENTARIOS PARA MACROS. NP<V> - GERA BOX DE COMENTARIO PARA PL/I CONTENDO DE 1 A V LINHAS. NNP - GERA BLOCO DE BOXES DE COMENTARIOS PARA PL/I. NR<V> - GERA BOX DE COMENTARIO PARA RPF CONTENDO DE 1 A V LINHAS. NNR - GERA BLOCO DE BOXES DE COMENTARIOS PARA RPF. NOTRACE FUNCAO : DESATIVA A FACILIDADE TRACE. SINTAXE : NOTRACE EDIT OBS : - NOTRACE EDIT DESATIVA O DISPLAY DE LINHAS MODIFICADA POR UM COMANDO EDIT OU FILL. - PARA ACIONAR A FACILIDADE TRACE, USE O COMANDO TRACE EDIT. 54126930.doc Página 51 de 89 22/03/11
  • OFF FUNCAO : TERMINA A SESSAO ROSCOE. SINTAXE : OFF < VTAMID < CHARSTR1 / 'CHARSTR2' > > SINTAXE : OFF < VTAMID < CHARSTR1 / 'CHARSTR2' > > - SEM OPERANDOS, ENCERRA SESSAO DO USUARIO. VTAMID - (VTAM SOMENTE). IDENTIFICACAO DA APLICACAO VTAM. SE ROSCOE VTAM APPLID ESPECIFICADO, A TELA DE SIGNON DO ROSCOE E MOSTRADA, AO INVES DA TELA VTAM. CHARSTR1 - STRING NAO DELIMITADO, ESPECIFICADO COMO: KEY</PASS</CODE/>> KEY CHAVE SIGNON DO USUARIO OU ASTERISCO (*). SE ESPECIFICADO, A CHAVE SIGNON DO USUARIO USADA NO MOMENTO SERA' REUSADA. SE AMBOS INFORMADOS, AS TELAS VTAM E DE SIGNON DO ROSCOE SERAO BYPASSADAS. PASS PASSWORD DO USUARIO OU *. SE * ESPECIFICADO, PASSWORD DO USUARIO NO MOMENTO ACIONADO SERA' REUSADO. CODE CODIGO DE GRUPO DO USUARIO OU *. SE * ESPECIFICADO, O CODIGO DE GRUPO DO USUARIO NO MOMENTO ACIONADO SERA' REUSADO. 'CHARSTR2' - QUALQUER STRING DE CARACTERES ENTRE DELIMITADORES. USE PARA PASSAR INFORMACOES A APLICACAO VTAM QUE NAO ESTEJA LIGADA AO ROSCOE. OFFON FUNCAO : TERMINA A SESSAO ROSCOE E MOSTRA A TELA DE SIGNON. SINTAXE : OFFON <KEY</PASS</CODE>>> - SEM OPERANDOS, ENCERRA SESSAO DO USUARIO E MOSTRA A TELA SIGNON DO ROSCOE. KEY - CHAVE SIGNON DO USUARIO OU ASTERISCO (*). SE * ESPECIFICADO, A CHAVE SIGNON DO USUARIO USADA NO MOMENTO SERA' REUSADA. SE AMBOS INFORMADOS, AS TELAS VTAM E DE SIGNON DO ROSCOE SERAO BYPASSADAS. PASS - PASSWORD DO USUARIO OU *. SE * ESPECIFICADO, A PASSWORD DO USUARIO NO MOMENTO ACIONADO SERA' REUSADO CODE - CODIGO DE GRUPO DO USUARIO OU *. SE * ESPECIFICADO, O CODIGO DE GRUPO DO USUARIO NO MOMENTO ACIONADO SERA' REUSADO. OMIT FUNCAO : MOSTRA SOMENTE AS LINHAS DA AWS QUE NAO CONTEM STRING ESPECIFICO. SINTAXE : OMIT < F > < <S> E > < 'STRING' < P <Q> > > < CONTEXT > F - ENCERRA OMIT APOS MOSTRAR A PRIMEIRA LINHA NAO CONTENDO O STRING. S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO COMECA. E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO TERMINA; NAO PODE EXCEDER 255. 'STRING' - STRING DE PESQUISA, ATE' 80 CARACTERES, ENTRE PARENTESES. P - LINHA NA QUAL A PESQUISA COMECA. Q - LINHA NA QUAL A PESQUISA TERMINA. CONTEXT - QUALIFICA O STRING DE PESQUISA. ESPECIFIQUE COMO: WORD O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO WOR). PREFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO 54126930.doc Página 52 de 89 22/03/11
  • PRE). SUFFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COM SUF). LITERAL O STRING NAO ESTARA' SUJEITO A INTERPRETACAO. (ABREVIA-SE COMO LIT). OBS : - FORMA REDUZIDA: O. - PELO MENOS UM OPERANDO DEVE SER ESPECIFICADO; F NAO PODE SER O UNICO OPERANDO. - AS LINHAS MOSTRADAS NAO SAO MODIFICAVEIS. USE O COMANDO PRIMARIO OU DE LINHA EXCL SE DESEJAR LINHAS MODIFICAVEIS. PASSWORD FUNCAO : ESTABELECE OU CANCELA PASSWORD DE SIGNON. SINTAXE : PASSWORD < CHARSTR > - SEM OPERANDO, CANCELA A PASSWORD EXISTENTE. CHARSTR - STRING ATE 10 CARACTERES. NAO USE / COMO PASSWORD NEM COMO CARACTER DENTRO DE PASSWORD. PDS FUNCAO : COLOCA NA AWS OS NOMES DOS MEMBROS DO PDS E DATA E HORA EM QUE CADA MEMBRO FOI LINKEDITADO. SINTAXE : PDS < DSN<,CHARSTR> > - SEM OPERANDO, PREPARA ENTRADA DO NOME DO ARQUIVO. DSN - NOME DO ARQUIVO. CHARSTR - CRITERIO PARA SELECAO DOS MEMBROS LINKEDITADOS APOS UMA CERTA DATA. SE OMITIDO, TODOS OS MEMBROS SAO SELECIONADOS. ESPECIFIQUE NO FORMATO: <YY<MM<DD<HH<SS>>>>>. 0 PLI 0 FUNCAO : VERIFICA SINTAXE DE ITENS DE ENTRADA PL/I. 0 SINTAXE : PLI < CHARSTR > 0 - SEM OPERANDO, VERIFICA O CONTEUDO DA AWS COM RELACAO AO PL/I CHECKOUT E O COMPILADOR DE OTIMIZACAO, VERSAO 1, RELEASE 3. 0 CHARSTR - NIVEL DO PL/I USADO DURANTE VERIFICACAO. OS NIVEIS SAO: 0 F PL/I NIVEL F. 1 PL/I CHECKOUT E COMPILADOR DE OTIMIZACAO, VERSAO 1, RELEASE 1. 3 PL/I CHECKOUT E COMPILADOR DE OTIMIZACAO, VERSAO 1, RELEASE 3. (DEFAULT). 0 OBS : - TODOS OS ITENS JCL SAO IGNORADOS. - O VERIFICADOR DE SINTAXE PL/I ACEITA TODAS AS OPCOES DE COMPILACAO DO PL/I. PARA ACESSAR ESTAS OPCOES, INCLUA O ITEM PROCESS COMO PRIMEIRO ITEM NA FONTE PL/I. POINT FUNCAO : POSICIONA O PONTEIRO DA AWS NA LINHA ESPECIFICADA DA AWS. SINTAXE : POINT < P <Q> > SINTAXE : POINT < P <Q> > - SEM OPERANDO, O PONTEIRO E' POSICIONADO NA PRIMEIRA LINHA DA AWS. P - LINHA NA QUAL O PONTEIRO E POSICIONADO OU A FAIXA 54126930.doc Página 53 de 89 22/03/11
  • COMECA. Q - LINHA NA QUAL A FAIXA TERMINA. OBS : - COMANDO USADO PARA PROGRAMAS RPF. POINT DSN FUNCAO : COMECA O DISPLAY DO ARQUIVO ATACHADO EM POSICAO ESPECIFICA. SINTAXE : POINT < DSN > < CHARSTR / LINE V > DSN - DESIGNA QUE O ARQUIVO ATACHADO PREVIAMENTE SEJA REATACHADO NA LOCALIZACAO ESPECIFICA. (ABREVIA-SE D). CHARSTR - NOME PREVIAMENTE ATRIBUIDO PELO COMANDO NOTE. LINE V - LINHA NA QUAL O DISPLAY DEVE COMECAR, ESPECIFICADO COMO VALOR NUMERICO, OU: * LINHA NA QUAL O PONTEIRO DO ARQUIVO ESTA' POSICIONADO. *+V LOCALIZACAO ATUAL DO PONTEIRO MAIS V LINHAS. *-V LOCALIZACAO ATUAL DO PONTEIRO MENOS V LINHAS. OBS : - USE O COMANDO DROP PARA REMOVER O NOME DE NOTE. POINT JOB FUNCAO : MOSTRA DADOS ATACHADOS DE LOCALIZACAO ESPECIFICA. SINTAXE : POINT < JOB > < CHARSTR / <FILE V> <PAGE V> <LINE V> JOB - DESIGNA QUE O JOB ATACHADO PREVIAMENTE SEJA REATACHADO NA LOCALIZACAO ESPECIFICA. (ABREVIA-SE J). CHARSTR - NOME PREVIAMENTE ATRIBUIDO PELO COMANDO NOTE. FILE V - FILE NO QUAL O DISPLAY DEVE COMECAR, ESPECIFICADO COMO VALOR NUMERICO, OU: * FILE NO QUAL O PONTEIRO DO JOB E POSICIONADO. *+V LOCALIZACAO ATUAL DO PONTEIRO MAIS V FILES. *-V LOCALIZACAO ATUAL DO PONTEIRO MENOS V FILES. (ABREVIA-SE FILE, FIL OU F). PAGE V - PAGINA NA QUAL O DISPLAY DEVE COMECAR, ESPECIFICADO COMO VALOR NUMERICO, OU: * PAGINA NO QUAL O PONTEIRO DO JOB E' POSICIONADO *+V LOCALIZACAO ATUAL DO PONTEIRO MAIS V PAGINAS. *-V LOCALIZACAO ATUAL DO PONTEIRO MENOS V PAGINAS. (ABREVIA-SE PAGE, PAG OU P). LINE V - LINHA NA QUAL O DISPLAY DEVE COMECAR, ESPECIFICADO COMO VALOR NUMERICO, OU: * LINHA NA QUAL O PONTEIRO DO ARQUIVO E POSICIONADO. *+V LOCALIZACAO ATUAL DO PONTEIRO MAIS V LINHAS. *-V LOCALIZACAO ATUAL DO PONTEIRO MENOS V LINHAS. (ABREVIA-SE LINE, LIN OU L). OBS : - USE O COMANDO DROP PARA REMOVER O NOME DE NOTE. POP FUNCAO : RESTABELECE AS FIXACOES DE OPCOES DE SESSAO QUE FORAM SALVAS COM UM COMANDO PUSH. SINTAXE : POP < ( INCL / EXCL ) STR1 ... STRN > - SEM OPERANDOS, RESTABELECE TODAS AS OPCOES DE SESSAO DO PUSH. INCL STR - CODIGO QUE INDICA AS OPCOES DE SESSAO ESPECIFICAS A SEREM RESTABELECIDAS. AS OPCOES OMITIDAS NAO SAO RESTABELECIDAS. EXCL STR - CODIGO QUE INDICA AS OPCOES DE SESSAO ESPECIFICAS A NAO SEREM RESTABELECIDAS. AS OPCOES OMITIDAS SAO RESTABELECIDAS. OBS : - NAO HA LIMITE PARA O NUMERO DE NIVEIS DE NINHO PUSH E POP QUE PODEM SER USADOS NUM UNICO PROGRAMA. - MULTIPLOS COMANDOS POP SEM INTERVENCAO DE COMANDOS 54126930.doc Página 54 de 89 22/03/11
  • PUSH CREATE NAO TEM EFEITO. QUANDO PUSH CREATE E' USADO, CADA POP RESTAURA O NIVEL ANTERIOR DA OPCAO. - SE UM PROGRAMA QUE SALVOU AS OPCOES DE SESSAO TERMINA SEM TER RESTAURADO ESTAS OPCOES, AS OPCOES DE SESSAO QUE ELE FIXOU ESTARAO EM EFEITO QUANDO O USUARIO DO TERMINAL OU O PROXIMO PROGRAMA ASSUMIR O CONTROLE. - AS OPCOES SALVAS PARA UM PROGRAMA QUE TRANFERE O CONTROLE PARA UM SUBPROGRAMA ESTARAO EM EFEITO QUANDO O PROGRAMA ORIGINAL REASSUME O CONTROLE DEVIDO AO SUBPROGRAMA TENTAR O POP ANTES DELE TERMINAR. - OPCOES DE SESSAO: - QUALQUER NUMERO DE OPCOES DE SESSAO PODE SER ESPECIFICADO COM O OPERANDO INCL OU EXCL DESDE QUE O COMANDO NAO EXCEDA 255 CARACTERES DE TAMANHO. - PARA UMA LISTA DAS OPCOES SALVAS POR PUSH E OS CODIGOS QUE PODEM SER ESPECIFICADOS COM O OPERANDO INCL OU EXCL, ENTRE HELP POP OPTIONS. PREFIX FUNCAO : PREFIXA TODA OU GRUPO DE LINHAS DA AWS COM UM STRING. SINTAXE : PREFIX 'STRING' <P <Q>> <LITERAL> /STRING/ - STRING, ATE 80 CARACTERES, ENTRE DELIMITADORES. P - LINHA NA QUAL A OPERACAO COMECA. Q - LINHA NA QUAL A OPERACAO TERMINA. LITERAL - DESIGNA QUE O STRING NAO E PARA SER INTERPRETADO. (ABREVIA-SE LIT). OBS : 1. FORMA REDUZIDA: PRE. 2. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. 54126930.doc Página 55 de 89 22/03/11
  • PREV COMANDO PRIMARIO: FUNCAO : COMECA O DISPLAY COM A LINHA ANTERIOR CONTENDO O STRING PARTICULAR. SINTAXE : PREV < SCOPE > < <S> E > < STRING <N> > < < POSITION > < CONTEXT > > - SEM OPERANDO, LOCALIZA E MOSTRA A OCORRENCIA ANTERIOR DO STRING PREVIAMENTE ESPECIFICADO NOS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. SCOPE - QUALIFICA A FAIXA DE OPERACAO. SE OMITIDO, A OPERACAO SE APLICARA AOS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. PODE SER AWS A AWS SERA' REATACHADA E PESQUISADA PELO STRING (ABREVIA-SE COMO A). DSN O ARQUIVO ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO D). JOB O JOB ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO J). LIB O MEMBRO DA BIBLIOTECA ATACHADO PREVIAMENTE SERA' REATACHADO E PESQUISADO. (ABREVIA-SE COMO L). S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO COMECA. E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO TERMINA; NAO PODE EXCEDER 255 OU O TAMANHO DO REGISTRO DO ARQUIVO. STRING - STRING DE PESQUISA, ATE 80 CARACTERES. SE OMITIDO, O STRING SERAESPECIFICADO COM O COMANDO PRIMARIO OU DE LINHA EXCL, FIRST, INCL, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADOS ANTERIORMENTE OU O COMANDO ATTACH USADO. N - NUMERO DE LINHAS A SEREM PESQUISADAS. SE OMITIDO, O DEFAULT SERA' O FIM DA AWS OU DO MEMBRO, OU O LIMITE DE PESQUISA PARA O ARQUIVO OU JOB. POSITION - POSICIONA A TELA APOS A EXECUCAO DO COMANDO. PODE SER CJUSTIFIED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS SOMENTE SE O STRING ENCONTRADO NAO ESTIVER DENTRO DAS MARGENS ATUAIS. (ABREVIA-SE COMO CJUST OU CJ). JUSTIFIED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS DE MODO QUE O PRIMEIRO CARACTER DO STRING ENCONTRADO COMECE NA POSICAO MAIS A ESQUERDA DA LINHA. (ABREVIA-SE COMO JUST OU JUS). CENTERED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS PARA CENTRALIZAR O STRING ENCONTRADO NA LINHA SERA' IGNORADO SE CAUSAR MARGEM ESQUERDA INVALIDA. (ABREVIA-SE COMO CENT OU CEN). LOCKED AS MARGENS DO DISPLAY NUNCA SAO ALTERADAS MESMO SE O STRING OCORRER A ESQUERDA OU A DIREITA DAS MARGENS ATUAIS (ABREVIA-SE COMO LOCK OU LOC). CONTEXT - QUALIFICA O STRING DE PESQUISA. ESPECIFIQUE COMO: WORD O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO OU SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO WOR). PREFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO PRE). SUFFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO SUF). LITERAL O STRING NAO ESTARA' SUJEITO A INTERPRETACOES (ABREVIA-SE COMO LIT). OBS : - SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. 54126930.doc Página 56 de 89 22/03/11
  • COMANDO DE LINHA: FUNCAO : LOCALIZA E POSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR COM A OCORRENCIA ANTERIOR DO STRING ESPECIFICADO NA AWS. SINTAXE : PREV < 'STRING' > 'STRING' - STRING DE PESQUISA. SE OMITIDO, O STRING SERA' ESPECIFICADO COM O COMANDO PRIMARIO OU DE LINHA EXCL, FIRST, INCL, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADOS ANTERIORMENTE OU O COMANDO ATTACH USADO. OBS : 1. A PESQUISA COMECA COM A LINHA CONTENDO O COMANDO. 2. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. PREV JOB FUNCAO : COMECA O DISPLAY NA LINHA ANTERIOR NA OUTPUT DO JOB DESIGNADO. SINTAXE : PREV < JOB > < FILE / PAGE / > - SEM OPERANDOS, USA O VALOR ESPECIFICADO COM O COMANDO FIRST, LAST, NEXT OU PREV EXECUTADO ANTERIORMENTE. JOB - REATACHA O JOB ATACHADO ANTERIORMENTE NA LOCALIZACAO DESIGNADA. (ABREVIA-SE COMO J). FILE - REPOSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR NO FILE ANTERIOR DO JOB ATACHADO E MOSTRADO. (ABREVIA-SE COMO FIL OU F). PAGE - REPOSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR NA PAGINA ANTERIOR DO FILE DE OUTPUT DO JOB MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO PAG OU P). LINE - REPOSICIONA O DISPLAY PARA COMECAR NA LINHA ANTERIOR DO FILE DE OUTPUT DO JOB MOSTRADO NO MOMENTO. (ABREVIA-SE COMO LIN OU L). 54126930.doc Página 57 de 89 22/03/11
  • + PRINT 0 FUNCAO : IMPRIME TODA OU PARTE DA AWS, CONTEUDO DE ARQUIVO ATACHADO, FILE DE OUTPUT DE JOB ATACHADO E/OU MEMBRO DA BIBLIOTECA. 0 SINTAXE : PRINT < 'TAG' > < AWS > <P <Q> > < DSN < P <Q> > < NOHDR > < FULL > > < JOB < P <Q> > < <LIB> MEM1 <P1 <Q1> > <...MEM12 <P12 <Q12>> > < DEST CHARSTR > < CLASS V > < NUM / NONUM > < COPY V > < FORMAT ( DUMP / CHEX / VHEX ) > < TYPE ( DEF / ANS / MCC ) > < TM V > < BM V > < DBL > < FPA > < NOSEP > < PW V > < PL V > - SEM OPERANDOS, IMPRIME UMA COPIA DO CONTEUDO DA AWS NA LOCALIZACAO DE IMPRESSAO NO MOMENTO. TAG - NOME A SER ATRIBUIDO A REQUISICAO DE IMPRESSAO. PODE CONTER ATE 8 CARACTERES, DEVENDO COMECAR COM ALFABETICO E ENTRE APOSTROFES. AWS - DESIGNA QUE TODA A AWS DEVE SER IMPRESSA. (ABREVIA-SE A). QUALIFIQUE COM: P<Q> LINHAS NAS QUAIS A OPERACAO COMECA E TERMINA. DSN - DESIGNA QUE TODO O CONTEUDO DO ARQUIVO ATACHADO NO MOMENTO SEJA IMPRESSO. (ABREVIA-SE D). QUALIFIQUE COM: P<Q> LINHAS NAS QUAIS A OPERACAO COMECA E TERMINA. NOHDR EVITA QUE AS LINHAS DE CABECALHO DA LISTA DE SELECAO SEJAM IMPRESSAS. FULL FAZ COM QUE A LISTA DE SELECAO SENDO IMPRESSA INCLUA TODA A INFORMACAO DISPONIVEL. SE OMITIDO, SOMENTE A INFORMACAO INCLUIDA NO FORMATO ATUAL E' IMPRESSO. (USE SELECT ALT PARA MUDAR O FORMATA). JOB - DESIGNA QUE TODO O FILE DE OUTPUT DE JOB ATACHADO NO MOMENTO SEJA IMPRESSO. (ABREVIA-SE J). QUALIFIQUE COM: P<Q> LINHAS NAS QUAIS A OPERACAO COMECA E TERMINA. LIB - DESIGNA QUE TODO O MEMBRO SEJA IMPRESSO. (ABREVIA-SE L; MEM E' SINONIMO). QUALIFIQUE COM: P<Q> LINHAS NAS QUAIS A OPERACAO COMECA E TERMINA. MEM - NOME DO MEMBRO A SER IMPRESSO, NUM MAXIMO DE 12. DEST CHARSTR - NOME DA LOCALIZACAO DE IMPRESSAO ONDE A REQUISICAO E' PARA SER IMPRESSA. USE PARA OVERRIDAR A LOCALIZACAO DE IMPRESSAO ATUAL PARA ESTA EXECUCAO. (ABREVIA-SE DES). CLASS V - NUMERO DA CLASSE DE IMPRESSAO A SER USADA NA LOCALIZACAO ONDE A REQUISICAO E' PARA SER IMPRESSA. PODE SER DE 0 A 8. O DEFAULT E' 0, QUE SIGNIFICA QUALQUER CLASSE. (ABREVIA-SE CLA). NUM - DESIGNA QUE OS NUMEROS DE SEQUENCIA SEJAM IMPRESSOS. NONUM - DESIGNA QUE OS NUMEROS DE SEQUENCIA NAO SEJAM IMPRESSOS. -> NUM E NONUM SAO MUTUAMENTE EXCLUSIVOS. COPY V - NUMERO DE COPIAS DA REQUISICAO A SEREM IMPRESSAS. O NUMERO MAXIMO E DEFINIDO PELO SISTEMA ENTRE 1 E 255. 54126930.doc Página 58 de 89 22/03/11
  • O DEFAULT E 1. (ABREVIA-SE COP). FORMAT - FORMATO DE OUTPUT, ESPECIFICADO COMO: DUMP CADA LINHA E FORMATADA COM OFFSETS, DADOS EM HEXA E DADOS EM EBCDIC A DIREITA DA LINHA. CHEX CADA LINHA E FORMATADA COM OFFSETS E DADOS EM HEXA A DIREITA DA LINHA. VHEX CADA LINHA E FORMATADA COM DADOS CARACTER COM DADOS EM HEXA MOSTRADOS EM BAIXO. TYPE - FORMATO DE OUTPUT, ESPECIFICADO COMO: DEF (DEFAULT). A FORMA DE PSEUDO-COMANDOS DE CONTROLE E' RECONHECIDA. AS MARGENS TOP E BOTTOM PODEM SER SETADAS (PELOS OPERANDOS TM BM). OS PSEUDO-COMANDOS SAO: .SK V OU :SK V ONDE V E' O NUMERO DE LINHAS A SEREM PULADAS (SKIPPED). .TOP OU :TOP PARA PULAR UMA NOVA PAGINA. ANS OS CARACTERES DE CONTROLE DE IMPRESSAO ANSI SAO RECONHECIDOS. BRANCO UMA LINHA EM BRANCO. 0 DUAS LINHAS EM BRANCO. - TRES LINHAS EM BRANCO. + RETIRA LINHA EM BRANCO. 1 EJECT. MCC OS CARACTERES DE CONTROLE DA IMPRESSORA SAO RECONHECIDOS. TM V - (RECONHECIDO SOMENTE COM TYPE DEF). NUMERO DE LINHAS EM BRANCO A SEREM PULADAS DO TOPO DA PAGINA ANTES DO INICIO DA IMPRESSAO. PODE SER DE 0 A 99. O DEFAULT E' DEFINIDO PELO SISTEMA. BM V - (RECONHECIDO SOMENTE COM TYPE DEF). NUMERO DE LINHAS EM BRANCO A SEREM PULADAS NO FIM DA PAGINA. PODE SER DE 0 A 99. O DEFAULT E DEFINIDO PELO SISTEMA. DBL - LINHAS COM ESPACO DUPLO CONTENDO DADOS. O DEFAULT E' ESPACEJAMENTO SIMPLES. FPA - FORCA ALINHAMENTO FISICO DE PAGINA. NOSEP - OS SEPARADORES NAO SAO NECESSARIOS PARA ESSA REQUISICAO. PW V - LARGURA DO PAPEL EM COLUNAS DE IMPRESSAO. PODE SERDE 0 A 132. PL V - TAMANHO DO PAPEL EM NUMERO DE LINHAS DE IMPRESSAO. DEVE REFLETIR O TAMANHO REAL DO PAPEL NA IMPRESSORA. EM IMPRESSORAS COM CAPACIDADE DE HARDWARE PARA SETAR TAMANHO DE PAGINA, DEVE SER O MESMO TAMANHO ESPECIFICADO PARA A IMPRESSORA. PODE SER DE 0 A 99. OBS : 1. OS OPERANDOS PODEM SER ESPECIFICADOS EM QUALQUER ORDEM, MAS EM UMA UNICA LINHA. 2. UMA VEZ ESQUEMATIZADA, TODAS AS REFERENCIAS A REQUISICAO DEVEM SER POR TAG OU NUMERO ATRIBUIDO PELO ROSCOE. 3. FORMA REDUZIDA: PRI OU P. 54126930.doc Página 59 de 89 22/03/11
  • PRINT CANCEL FUNCAO : ENCERRA UMA OU MAIS REQUISICOES DE IMPRESSAO ESQUEMATIZADA(S) ANTERIORMENTE. SINTAXE : PRINT CANCEL ( ALL / REQUEST / DEST < CLASS V > ) ALL - ENCERRA TODAS AS REQUISICOES DE IMPRESSAO PENDENTES DO USUARIO. REQUEST - REQUISICAO(OES) A SER(EM) ENCERRADA(S), ESPECIFICADA COMO: TAG NOME ATRIBUIDO PELO USUARIO A REQUISICAO. NUMBER NUMERO ATRIBUIDO PELO ROSCOE A REQUISICAO. OS ZEROS INICIAIS NAO SAO NECESSARIOS. UM MAXIMO DE 12 REQUISICOES PODEM SER ESPECIFICADAS, DESDE QUE ESTEJAM EM UMA UNICA LINHA. DEST STRING - NOME DA LOCALIZACAO DE IMPRESSAO ONDE A REQUISICAO E' PARA SER ENCERRADA. (ABREVIA-SE DES OU D). CLASS V - NUMERO DA CLASSE DA IMPRESSORA NA LOCALIZACAO DE IMPRESSAO ONDE A REQUISICAO DE IMPRESSAO E' PARA SER ENCERRADA. PODE SER DE 0 A 8. SE OMITIDA, TODAS AS CLASSES DA IMPRESSORA SERAO AFETADAS. (ABREVIA-SE CL OU C). OBS : 1. NAO SE PODE CANCELAR REQUISICOES DE IMPRESSAO DE OUTRO USUARIO. 2. SE TAG FOR ESPECIFICADO E HOUVER MULTIPLAS REQUISICOES COM O MESMO TAG, A PRIMEIRA REQUISICAO SERA CANCELADA. 3. FORMA REDUZIDA: PRI OU P E CAN OU C. PRINT DEVICE FUNCAO : FORNECE UMA LISTA DE TODAS AS IMPRESSORAS E SEUS STATUS. SINTAXE : PRINT DEVICE < CHARSTR < PHY > > < NOATTACH > < REPLY MEM > - SEM OPERANDOS, COLOCA A INFORMACAO SOBRE TODAS AS IMPRESSORAS NO MEMBRO ZZZZZDEV. CHARSTR - NOME DA IMPRESSORA PARA O QUAL A INFORMACAO DE STATUS LOGICO E' MOSTRADO. PHY - MOSTRA STATUS DE NODE FISICO. (ABREVIA-SE P). NOATTACH - NAO FORNECE DISPLAY DE INFORMACAO GRAVADA NO MEMBRO DA BIBLIOTECA. (ABREVIA-SE NOATT OU NOA). REPLY MEM - NOME DO MEMBRO QUE CONTERA' INFORMACAO DE STATUS. SE OMITIDO, O NOME DEFAULT SERA' ZZZZZDEV. (ABREVIA-SE REP). OBS : - FORMA REDUZIDA: PRI OU P E DEV. 54126930.doc Página 60 de 89 22/03/11
  • PRINT HOLD FUNCAO : SEGURA UMA OU MAIS REQUISICOES NA FILA DE REQUISICAO DE IMPRESSAO. SINTAXE : PRINT HOLD ( ALL / REQUEST / DEST STRING < CLASS V > ) ALL - SEGURA TODAS AS REQUISICOES DE IMPRESSAO PENDENTES DO USUARIO. REQUEST - REQUISICAO(OES) A SER(EM) MANTIDA(S), ESPECIFICADA COMO: TAG NOME ATRIBUIDO PELO USUARIO A REQUISICAO. NUMBER NUMERO ATRIBUIDO PELO ROSCOE A REQUISICAO. OS ZEROS INICIAIS NAO SAO NECESSARIOS. UM MAXIMO DE 12 REQUISICOES PODEM SER ESPECIFICADAS, DESDE QUE ESTEJAM EM UMA UNICA LINHA. DEST STRING - NOME DA LOCALIZACAO DE IMPRESSAO ONDE A REQUISICAO E' PARA SER MANTIDA. (ABREVIA-SE DES OU D). CLASS V - NUMERO DA CLASSE DA IMPRESSORA NA LOCALIZACAO DE IMPRESSAO ONDE A REQUISICAO DE IMPRESSAO E' PARA SER MANTIDA. PODE SER DE 0 A 8. SE OMITIDA, TODAS AS CLASSES DA IMPRESSORA SERAO AFETADAS. (ABREVIA-SE CL OU C). OBS : 1. NAO SE PODE MANTER REQUISICOES DE IMPRESSAO DE OUTRO USUARIO. 2. SE TAG FOR ESPECIFICADO E HOUVER MULTIPLAS REQUISICOES COM O MESMO TAG, A PRIMEIRA REQUISICAO SERA' MANTIDA. 3. USE PRINT RELEASE PARA COLOCAR A(S) REQUISICAO(OES) PRONTA(S) PARA IMPRESSAO NA FILA. 4. FORMA REDUZIDA: PRI OU P E HOL OU H. PRINT LOCATION FUNCAO : FORNECE INFORMACAO SOBRE LOCALIZACAO(OES) DE IMPRESSAO. SINTAXE : PRINT LOCATION < DLIST STRING1 / * / STRING2 / SYSTEM <STRING3> > < NOATTACH > < REPLY MEM > - SEM OPERANDOS, COLOCA A INFORMACAO SOBRE LOCALIZACOES DA LISTA DESTINO ASSOCIADAS COM O TERMINAL NO MEMBRO ZZZZZLOC. DLIST STRING1 - NOME DA LISTA DESTINO SOBRE A QUAL A INFORMACAO E' DESEJADA. * - FAZ COM QUE A INFORMACAO DA LOCALIZACAO ATUAL OU DEFAULT SEJA MOSTRADA. STRING2 - NOME REAL OU ALIAS DA LOCALIZACAO DENTRO DA LISTA DESTINO ASSOCIADA COM O TERMINAL. SYSTEM - FAZ COM QUE INFORMACAO SOBRE CADA LOCALIZACAO DE IMPRESSAO DEFINIDA PELO SYSTEMA SEJA MOSTRADA. (ABREVIA-SE SYS OU S). QUALIFIQUE COM: STRING3 NOME REAL OU ALIAS DA LOCALIZACAO SOBRE A QUAL A INFORMACAO E DESEJADA. NOATTACH - NAO MOSTRA DISPLAY DA INFORMACAO GRAVADA NO MEMBRO DA BIBLIOTECA. (ABREVIA-SE NOATT OU NOA). REPLY MEM - NOME DO MEMBRO QUE E' PARA CONTER A INFORMACAO DE STATUS. SE OMITIDO, O NOME DEFAULT E' ZZZZZLOC. (ABREVIA-SE REP). OBS : 1. A LOCALIZACAO DE IMPRESSAO CONSISTE DE UMA OU MAIS IMPRESSORAS. LISTA DESTINO CONSISTE DE UMA OU MAIS LOCALIZACOES DE IMPRESSAO. O SISTEMA TEM A OPCAO DE AGRUPAR LOCALIZACOES DE IMPRESSAO E ATRIBUIR UM NOME A CADA GRUPO. ESSE NOME VEM A SER NOME DE LISTA DESTINO. 54126930.doc Página 61 de 89 22/03/11
  • 2. QUANDO SE MOSTRA A LISTA DESTINO, A PRIMEIRA LOCALIZACAO DE IMPRESSAO NA LISTA E A LOCALIZACAO DESTINO. O ASTERISCO INDICA A LOCALIZACAO DE IMPRESSAO ATUAL. 3. FORMA REDUZIDA: PRI OU P E LOC. PRINT MOD FUNCAO : DEFINE A LOCALIZACAO DE IMPRESSAO ATUAL. SINTAXE : PRINT MOD DEST < STRING > DEST STRING - NOME DA LOCALIZACAO DE IMPRESSAO QUE E' PARA SER A LOCALIZACAO ATUAL. SE STRING OMITIDO, A LOCALIZACAO DE IMPRESSAO ATUAL PASSA A SER O DEFAULT. (ABREVIA-SE DES OU D). DES OU D). OBS : 1. QUANDO A LOCALIZACAO DE IMPRESSAO E' MODIFICADA VIA PRINT MOD, A LOCALIZACAO PERMANECE EM EFEITO DURANTE A SESSAO TERMINAL OU ATE' QUE OUTRO PRINT MOD SEJA EXECUTADO. 2. FORMA REDUZIDA: PRI OU P. PRINT RELEASE PRINT RELEASE PRINT RELEASE PRINT RELEASE FUNCAO : LIBERA UMA OU MAIS REQUISICOES NO FILA DE REQUISICAO DE IMPRESSAO. SINTAXE : PRINT RELEASE < TOP > ( ALL / REQUEST < TOP > / DEST STRING < CLASS V > ) TOP - FAZ COM QUE A REQUISICAO RESUMA A IMPRESSAO NA PRIMEIRA LINHA DA PRIMEIRA PAGINA. (SE OMITIDO, A REQUISICAO RESUMA NA PRIMEIRA LINHA DA ULTIMA PAGINA IMPRESSA). SE ESPECIFICADO FIRST,TODAS AS REQUISICOES LIBERADAS RESUMEM NA PRIMEIRA LINHA DA PRIMEIRA PAGINA. SE ESPECIFICADO AFTER REQUEST, SOMENTE ESTE RESUME NA PRIMEIRA LINHA DA PRIMEIRA PAGINA. ALL - LIBERA TODAS AS REQUISICOES DE IMPRESSAO PENDENTES DO USUARIO. REQUEST - REQUISICAO(OES) A SER(EM) LIBERADA(S), ESPECIFICADA COMO: TAG NOME ATRIBUIDO PELO USUARIO A REQUISICAO. NUMBER NUMERO ATRIBUIDO PELO ROSCOE A REQUISICAO. OS ZEROS INICIAIS NAO SAO NECESSARIOS. UM MAXIMO DE 12 REQUISICOES PODEM SER ESPECIFICADAS, DESDE QUE ESTEJAM EM UMA UNICA LINHA. DEST STRING - NOME DA LOCALIZACAO DE IMPRESSAO ONDE A REQUISICAO E' PARA SER LIBERADA. (ABREVIA-SE DES OU D). CLASS V - NUMERO DA CLASSE DA IMPRESSORA NA LOCALIZACAO DE IMPRESSAO ONDE A REQUISICAO DE IMPRESSAO E' PARA SER LIBERADA. PODE SER DE 0 A 8. SE OMITIDA, TODAS AS CLASSES DA IMPRESSORA SERAO AFETADAS. (ABREVIA-SE CL OU C). OBS : 1. NAO SE PODE LIBERAR REQUISICOES DE IMPRESSAO DE OUTRO USUARIO. 2. SE TAG FOR ESPECIFICADO E HOUVER MULTIPLAS REQUISICOES COM O MESMO TAG, A PRIMEIRA REQUISICAO SERA LIBERADA. 3. FORMA REDUZIDA: PRI OU P E REL OU R. 54126930.doc Página 62 de 89 22/03/11
  • PRINT ROUTE FUNCAO : MODIFICA A LOCALIZACAO DE IMPRESSAO PARA UMA OU TODAS AS REQUISICOES DE IMPRESSAO MANTIDAS PELO USUARIO. SINTAXE : PRINT ROUTE ( REQUEST / ALL / DEST STRING1 ) TO STRING2 REQUEST - REQUISICAO(OES) A SER(EM) REDIRECIONADA(S), ESPECIFICADA COMO: TAG NOME ATRIBUIDO PELO USUARIO A REQUISICAO. NUMBER NUMERO ATRIBUIDO PELO ROSCOE A REQUISICAO. OS ZEROS INICIAIS NAO SAO NECESSARIOS. UM MAXIMO DE 12 REQUISICOES PODEM SER ESPECIFICADAS, DESDE QUE ESTEJAM EM UMA UNICA LINHA. ALL - TODAS AS REQUISICOES DE IMPRESSAO PENDENTES DO USUARIO SAO REDIRECIONADAS. DEST STRNIG1 - NOME DA LOCALIZACAO DE IMPRESSAO. TODAS AS REQUISICOES MANTIDAS PELO USUARIO NESTA LOCALIZACAO SAO REDIRECIONADAS. (ABREVIA-SE DES OU D). TO STRING2 - NOME DA LOCALIZACAO DE IMPRESSAO PARA A QUAL A REQUISICAO E PARA SER REDIRECIONADA. OBS : 1. A REQUISICAO A SER REDIRECIONADA DEVE SER COLOCADA EM HOLD ANTES. ELA SERA' LIBERADA AUTOMATICAMENTE QUANDO REDIRECIONADA. 2. SE TAG FOR ESPECIFICADO E HOUVER MULTIPLAS REQUISICOES COM O MESMO TAG, A PRIMEIRA REQUISICAO SERA' LIBERADA. 3. FORMA REDUZIDA: PRI OU P E ROU. PRINT STATUS FUNCAO : FORNECE INFORMACAO SOBRE STATUS DE REQUISICOES DE IMPRESSAO PENDENTES. SINTAXE : PRINT STATUS < ALL / REQUEST / SYSTEM / < DEST STRING> <CLASS V> <SYSTEM> > < NOATTACH > < REPLY MEM > - SEM OPERANDOS, AGE COMO PRINT STATUS ALL. A INFORMACAO E GRAVADA NO MEMBRO ZZZZZSTA. ALL - FORNECE INFORMACAO SOBRE TODAS AS REQUISICOES DE IMPRESSAO PENDENTES DO USUARIO. REQUEST - REQUISICAO(OES) PARA A(S) QUAL(IS) A INFORMACAO E' DESEJADA. ESPECIFIQUE COMO: <PFX.>TAG NOME ATRIBUIDO PELO USUARIO A REQUISICAO. <PFX.>NUMBER NUMERO ATRIBUIDO PELO ROSCOE A REQUISICAO. OS ZEROS INICIAIS NAO SAO NECESSARIOS. UM MAXIMO DE 12 REQUISICOES PODEM SER ESPECIFICADAS, DESDE QUE ESTEJAM EM UMA UNICA LINHA. AS REQUISICOES DEVEM PERTENCER AO USUARIO QUE TENHA DADO SIGNON A MENOS QUE O PREFIXO SEJA ESPECIFICADO. PFX.* INFORMACAO FORNECIDA A TODAS AS REQUISICOES DE IMPRESSAO PENDENTES DO USUARIO COM PREFIX DESIGNADO. DEST STRING - NOME DA LOCALIZACAO DE IMPRESSAO PARA O QUAL A INFORMACAO E DESEJADA. SE ESPECIFICADO COM SYSTEM, A INFORMACAO SERA' SOBRE TODAS AS REQUISICOES NEQUELE DESTINO. SE SYSTEM OMITIDO, A INFORMACAO SERA SOBRE AS REQUISICOES PENDENTES DO USUARIO. (ABREVIA-SE DES OU D). CLASS V - NUMERO DA CLASSE DA IMPRESSORA PARA A QUAL A 54126930.doc Página 63 de 89 22/03/11
  • INFORMACAO E DESEJADA. PODE SER DE 0 A 8. SE OMITIDA TODAS AS CLASSES DA IMPRESSORA SERAO AFETADAS. (ABREVIA-SE CLA OU C). SYSTEM - FORNECE INFORMACAO SOBRE TODAS AS REQUISICOES NA LOCALIZACAO DE IMPRESSAO. (ABREVIA-SE SYS OU S). NOATTACH - NAO MOSTRA DISPLAY DA INFORMACAO GRAVADA NO MEMBRO DA BIBLIOTECA. (ABREVIA-SE NOATT OU NOA). REPLY MEM - NOME DO MEMBRO QUE E' PARA CONTER A INFORMACAO. SE OMITIDO, O NOME DEFAULT E ZZZZZLOC. (ABREVIA-SE REP). OBS : - FORMA REDUZIDA: PRI OU P E STA OU S. PURGE FUNCAO : (MVS SOMENTE). CANCELA JOB NA FILA DO SISTEMA. SINTAXE : PURGE<-K> <STRING<,V>> - SEM OPERANDOS, PREPARA ENTRADA DO NOME DO JOB. -K - PRODUZ LISTA DE OUTPUT DO JOB CANCELADO. STRING - NOME DO JOB. V - NUMERO DO JOB. E NECESSARIO QUANDO MULTIPLOS JOBS TEM O MESMO NOME. OBS : - FORMA REDUZIDA: PUR. PUSH FUNCAO : SALVA OS VALORES DAS OPCOES DE SESSAO EM EFEITO NO MOMENTO. SINTAXE : PUSH < OVERLAY / CREATE > - SEM OPERANDOS, AGE COMO PUSH OVERLAY. OVERLAY - FAZ COM QUE AS OPCOES DE SESSAO PREVIAMENTE SALVAS DENTRO DESTE PROGRAMA SEJAM SOBREPOSTAS POR QUAISQUER OPCOES ESPECIFICADAS SUBSEQUENTEMENTE. (ABREVIA-SE OVE). CREATE - FAZ COM QUE AS OPCOES DE SESSAO PREVIAMENTE SALVAS DENTRO DESTE PROGRAMA SEJAM RETIDAS SE OPCOES SUBSEQUENTES FOREM ESPECIFICADAS. (ABREVIA-SE CRE). OBS : 1. VEJA O COMANDO POP PARA UMA LISTA DAS OPCOES DE SESSAO QUE SAO SALVAS POR PUSH. 2. USE PUSH E POP PARA SE ASSEGURAR DE QUE AS OPCOES DE SESSAO QUE TENHAM SIDO MUDADAS DURANTE A EXECUCAO DO PROGRAMA ESTEJAM GUARDADAS COM SEUS VALORES PROPRIOS. 3. MULTIPLOS COMANDOS PUSH PODEM SER USADOS DENTRO DO MESMO PROGRAMA. SEM O OPERANDO CREATE, CADA PUSH SALVA AS OPCOES ATUAIS, SOBREPONDO ALGUMAS OPCOES. POP RESTAURA OS VALORES SALVOS PELO ULTIMO COMANDO PUSH. COM O OPERANDO CREATE, CADA PUSH SALVA AS OPCOES EM EFEITO NO MOMENTO. POP ENTAO RESTAURA OS VALORES SALVOS PELO ULTIMO PUSH. 4. QUANDO SE TRANSFERE O CONTROLE PARA OUTRO PROGRAMA, QUAISQUER OPCOES EM EFEITO NO PROGRAMA QUE CHAMA SAO RETIDAS E SERAO RESTAURADAS DESDE QUE O PROGRAMA CHAMADO COMECE E TERMINE COM UM COMANDO PUSH A POP. REFRESH FUNCAO : MOSTRA DE NOVO A LISTA DE SELECAO. SINTAXE : REFRESH <DSN> DSN - DESIGNA QUE A OPERACAO SE APLICA A LISTA DE SELACAO QUE ESTA ATACHADA MAS NAO MOSTRADA. OBS : - QUANDO REFRESH FOR EXECUTADO, A LISTA DE SELECAO CONTERA' O(S) RESULTADO(S) DE TODAS AS FUNCOES EXECUTADAS. 54126930.doc Página 64 de 89 22/03/11
  • RELEASE FUNCAO : LIBERA ESPACO ALOCADO EM DASD NAO USADO PELO ARQUIVO. SINTAXE : RELEASE DSN DSN<(V)> < VOLUME CHARSTR > < UNIT CHARSTR1 > < PSWD CHARSTR1 > DSN DSN - NOME ATE' 44 CARACTERES DO ARQUIVO SEQUENCIAL OU PARTICIONADO CUJO ESPACO NAO UTILIZADO E' PARA SER LIBERADO. QUALIFIQUE COM: V NUMERO DE GERACAO RELATIVO DE GDG PARA O QUAL O ESPACO NAO UTILIZADO E' PARA SER LIBERADO, ESPECIFICADO COMO 0 OU NUMERO NEGATIVO. VOLUME CHARSTR - NUMERO ATE 6 CARACTERES DO VOLUME ONDE O ARQUIVO RESIDE. NECESSARIO SE O ARQUIVO NAO FOR CATALOGADO. (ABREVIA-SE VOL). UNIT CHARSTR - NOME DA UNIDADE ATE 8 CARACTERES ASSOCIADO COM O TIPO DE DISPOSITIVO ONDE O ARQUIVO RESIDE. E NECESSARIO SE O ARQUIVO NAO FOR CATALOGADO E RESIDIR EM DISPOSITIVO DE MEMORIA DE MASSA. PSWD CHARSTR - PASSWORD, ESTABELECIDA PELO SISTEMA. SE OMITIDO E A PASSWORD FOR EXIGIDA, A LIBERACAO SERA' NEGADA. OBS : - RELEASE NAO SUPORTA ARQUIVOS VSAM. USE COMANDOS DOS SERVICOS DO METODO DE ACESSO DA IBM. RENAME FUNCAO : RENOMEIA MEMBROS DA BIBLIOTECA E, OPCIONALMENTE, MUDA SUA DESCRICAO E ATRIBUTOS. SINTAXE : RENAME MEM1 MEM2 < 'CHARSTR' > < SEQ < S <L> /COBOL > / NOSEQ > < SHARED / EXECONLY / RESTRICTED > MEM1 - NOME DO MEMBRO EXISTENTE NA BIBLIOTECA. MEM2 - NOVO NOME PARA O MEMBRO. DEVE ESTAR DE ACORDO COM AS CONVENCOES DE NOMEACAO DE MEMBRO DO ROSCOE E NAO EXISTIR NA BIBLIOTECA DO USUARIO NO MOMENTO. 'CHARSTR' - DESCRICAO DO MEMBRO, ATE' 30 CARACTERES, ENTRE DELIMITADORES. SEQ - COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR A INSERCAO DE NUMEROS DE SEQUENCIA QUANDO O MEMBRO E' SUBMETIDO. AS QUALIFICACOES SAO: S - COLUNA INICIAL DO CAMPO. O DEFAULT E 73. L - TAMANHO DO CAMPO. MAXIMO E 8; DEFAULT E 8. COBOL - O CAMPO DE NUMERO DE SEQUENCIA VAI DA COLUNA 1 ATE' A 6.(ABREVIA-SE C). NOSEQ - COLOCA ATRIBUTOS PARA EVITAR A INSERCAO DE NUMEROS DE SEQUENCIA. SHARED - COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR A QUALQUER UM ACESSAR OU EXECUTAR UM MEMBRO; SOMENTE O DONO PODE MUDA-LO OU DELETE-LO. (ABREVIA-SE COMO S). EXECONLY - COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR A QUALQUER UM EXECUTAR UM MEMBRO; SOMENTE O DONO PODE ACESSA-LO, MUDA-LO OU DELETA-LO.(ATRIBUTO PARA PROGRAMAS RPF). (ABREVIA-SE COMO E). RESTRICTED- COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR SOMENTE AO DONO EXECUTAR, ACESSAR, ALTERAR OU DELETAR UM MEMBRO. (ABREVIA-SE COMO R). RENAME DSN FUNCAO : RENOMEIA ARQUIVO OU MEMBRO/MODULO. 54126930.doc Página 65 de 89 22/03/11
  • SINTAXE : RENAME DSN DSN< (DSNMEM) / (V) > NEWNAME DSN< (DSNMEM) / (+V) > < VOLUME CHARSTR1 <...CHARSTR6> > < UNIT CHARSTR1 <...CHARSTR6> > < PSWD CHARSTR1 <CHARSTR2> > DSN DSN - NOME ATE' 44 CARACTERES DO NOME DO ARQUIVO A SER RENOMEADO. QUALIFIQUE COM: DSNMEM NOME ATE' 8 CARACTERES DO MEMBRO DO PDS OU MODULO DO LIBRARIAN A SER RENOMEADO. V NUMERO RELATIVO DE GDG A SER RENOMEADO, ESPECIFICADO COMO 0 OU NUMERO NEGATIVO. NEWNAME DSN - NOVO NOME ATE' 44 CARACTERES DO ARQUIVO. QUALIFIQUE COM: DSNMEM NOVO NOME ATE' 8 CARACTERES DO MEMBRO/MODULO +V NUMERO DE GERACAO RELATIVO A SER ATRIBUIDO AO GDG, ESPECIFICADO ENTRE 1 E 255. VOLUME CHARTSR - NUMERO ATE' 6 CARACTERES DO VOLUME NO QUAL O ARQUIVO RESIDE. ATE' 6 VOLUMES PODEM SER ESPECIFICADOS. E' NECESSARIO SE O ARQUIVO NAO FOR CATALOGADO. (ABREVIA-SE COMO V OU VOL). UNIT CHARSTR - NOME ATE' 8 CARACTERES DA UNIDADE ASSOCIADA COM O(S) TIPO(S) DE DISPOSITIVO(S) NO(S) QUAL(IS) O ARQUIVO RESIDE. E' NECESSARIO SE O ARQUIVO NAO FOR CATALOGADO E RESIDE EM DISPOSITIVO DE MEMORIA DE MASSA. PSWD CHARSTR - PASSWORD. SE OMITIDA E FOR NECESSARIA, O ACESSO SERA' NEGADO. SE UMA PASSWORD ESPECIFICADA, SERA' TRATADA COMO PASSWORD DO ARQUIVO OU DO MODULO DO LIBRARIAN. SE DUAS PASSWORDS ESPECIFICADAS, A PRIMEIRA SERA' TRATADA COMO PASSWORD DO ARQUIVO E A SEGUNDA COMO DO MODULO DO LIBRARIAN. OBS : - RENAME NAO SUPORTA ARQUIVOS VSAM. USE O COMANDO ALTER DOS SERVICOS DO METODO DE ACESSO DA IBM. RENUMBER 0 FUNCAO : RENUMERA LINHAS NA AWS; MUDA O INCREMENTO USADO POR COPY, INPUT E MOVE. SINTAXE : RENUMBER < <V>I > - SEM OPERANDOS, MUDA O VALOR INICIAL E O INCREMENTO PARA 100 E RENUMERA AS LINHAS DA AWS. V - VALOR INICIAL DA OPERACAO RENUMBER. I - INCREMENTO ATE 6 DIGITOS. OBS : 1. FORMA REDUZIDA: R. 2. SE SOMENTE I ESPECIFICADO, SERA USADO COMO INCREMENTO PARA TODAS AS LINHAS INCLUIDAS NO FIM DA AWS. A AWS NAO SERA' RENUMERADA. RESET FUNCAO : CANCELA TODOS OS COMANDOS DE LINHA PENDENTES E/OU INVALIDOS. SINTAXE : RESET - SEM OPERANDOS. OBS : 1. QUANDO RESET E' ENTRADO, - CANCELA QUAISQUER COMANDOS DE LINHA NAO EXECUTADOS. - IGNORA QUAISQUER COMANDOS PRIMARIOS NAO EXECUTADOS. - IGNORA QUAISQUER MUDANCAS FEITAS EM DADOS NA AREA DE EXECUCAO. 2. COMANDOS PRIMARIOS QUE CHAMAM NOVAMENTE A TELA TAMBEM 54126930.doc Página 66 de 89 22/03/11
  • CANCELAM COMANDOS DE LINHA PENDENTES E ERROS. 3. PARA CANCELAR O COMANDO DE LINHA PENDENTE SEM ENTRAR RESET, DELETE A ENTRADA USANDO EOF KEY OU DEL KEY, OU DIGITE BRANCOS SOBRA A ENTRADA. RESPONSE FUNCAO : EM TERMINAIS DO TIPO 3270,GRAVA UMA MENSAGEM NA LINHA DE RESPOSTA. SINTAXE : RESPONSE EXPR EXPR - QUALQUER EXPRESSAO VALIDA. OBS : 1. A INTERROGACAO (?) E' UMA FORMA ALTERNATIVA DESTE COMANDO. 2. SE O TAMNAHO DA RESPOSTA EXCEDER O TAMANO DA LINHA DE RESPOSTA, O RESULTADO DA EXPRESSAO SERA' TRUNCADA A DIREITA. RSHIFT FUNCAO : DESLOCA PARA A DIREITA TODA OU UM GRUPO DE LINHAS NA AWS. SINTAXE : RSHIFT V < P <Q> > V - NUMERO DE POSICOES EM QUE A LINHA DEVE SER DESLOCADA. P - LINHA NA QUAL A OPERACAO DE DESLOCAMENTO COMECA. Q - LINHA NA QUAL A OPERACAO DE DESLOCAMENTO TERMINA. OBS : - FORMA REDUZIDA: RSH. - QUAISQUER DADOS DESLOCADOS A DIREITA DA COLUNA 72 (OU ALEM DE COLUNA MAIS A DIREITA NA FAIXA SETADA) SAO PERDIDOS. SAVE FUNCAO : COLOCA O CONTEUDO DA AWS NA BIBLIOTECA COMO MEMBRO. SINTAXE : SAVE MEM < P < Q > > < 'CHARSTR' > < SEQ < S <L> / COBOL > / NOSEQ > < SHARED / EXECONLY / RESTRICTED > MEM - NOME A SER ATRIBUIDO AO MEMBRO SENDO CRIADO. DEVE ESTAR DE ACORDO COM AS CONVENCOES DE NOMEACAO DE MEMBRO DO ROSCOE E NAO EXISTIR NA BIBLIOTECA DO USUARIO NO MOMENTO. P - PRIMEIRA LINHA DA AWS A SER SALVA. Q - ULTIMA LINHA DA AWS A SER SALVA. 'CHARSTR' - DESCRICAO DO MEMBRO, ATE' 30 CARACTERES, ENTRE DELIMITADORES. SEQ - COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR A INSERCAO DE NUMEROS DE SEQUENCIA QUANDO O MEMBRO E' SUBMETIDO. AS QUALIFICACOES SAO: S - COLUNA INICIAL DO CAMPO. O DEFAULT E 73. L - TAMANHO DO CAMPO. MAXIMO E' 8; DEFAULT E' 8. COBOL - O CAMPO DE NUMERO DE SEQUENCIA VAI DA COLUNA 1 ATE' A 6. (ABREVIA-SE C). NOSEQ - COLOCA ATRIBUTOS PARA EVITAR A INSERCAO DE NUMEROS DE SEQUENCIA. SHARED - COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR A QUALQUER UM ACESSAR OU EXECUTAR UM MEMBRO; SOMENTE O DONO PODE MUDA-LO OU DELETE-LO. (ABREVIA-SE COMO S). EXECONLY - COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR A QUALQUER UM EXECUTAR UM MEMBRO; SOMENTE O DONO PODE ACESSA-LO, MUDA-LO OU DELETA-LO. (ATRIBUTO PARA PROGRAMAS RPF). (ABREVIA-SE COMO E). RESTRICTED- COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR SOMENTE AO DONO EXECUTAR, ACESSAR, ALTERAR OU DELETAR UM MEMBRO. (ABREVIA-SE COMO R). OBS : - FORMA REDUZIDA: S. 54126930.doc Página 67 de 89 22/03/11
  • SCREEN FUNCAO : PERMITE AO USUARIO DO TERMINAL ALTERAR O NUMERO DE LINHAS E COLUNAS DE DISPLAY. SINTAXE : SCREEN < 2 / 3 / 4 / 5 / PRIMARY / ALTER / FLIP / < ROW V > < COLUMN V > > < CLEAR > - SEM OPERANDOS, RESETA A TELA A SEU TAMANHO ORIGINAL. 2 - SETA O TAMANHO DA TELA A 24 LINHAS POR 80 COLUNAS. 3 - SETA O TAMANHO DA TELA A 32 LINHAS POR 80 COLUNAS. 4 - SETA O TAMANHO DA TELA A 43 LINHAS POR 80 COLUNAS. 5 - SETA O TAMANHO DA TELA A 27 LINHAS POR 132 COLUNAS. PRIMARY - SETA A TELA AO TAMANHO PRIMARIO COMO DEFINIDO PELO SISTEMA. (ABREVIA-SE PRI OU P). ALTER - SETA A TELA AO TAMANHO ALTERNATIVO COMO DEFINIDO PELO SISTEMA. (ABREVIA-SE ALT OU A). FLIP - REVERTE O TAMANHO DA TELA DE PRIMARIO PARA ALTERNATIVO OU VICE-VERSA. (ABREVIA-SE F). ROW V - NUMERO DE LINHAS A SEREM INCLUIDAS NO DISPLAY, ENTRE 11 E O TAMANHO MAXIMO DA TELA. (ABREVIA-SE R). COLUMN V - NUMERO DE COLUNAS A SEREM INCLUIDAS NO DISPLAY, ENTRE 80 E O TAMANHO MAXIMO DA TELA. (ABREVIA-SE COL OU C). CLEAR - LIMPA O BUFFER DE OUTPUT DA TELA ANTES DO COMANDO SE EXECUTADO. A EXECUCAO NAO E' INTERROMPIDA QUANDO O COMANDO E EXECUTADO DE DENTRO DE UM PROGRAMA RPF. OBS : - FORMA REDUZIDA: SCR. SCROLL DE LINHA FUNCAO : DESLOCA O DISPLAY DA TELA POR LINHA. SINTAXE : *< +V / -V > V * - A LINHA CONTENDO O * SERA' DESLOCADA PARA O TOPO DO DISPLAY. +V - NUMERO DE LINHAS ADIANTE DA LINHA CONTENDO O * PARA OBTER A LOCALIZACAO DO DESLOCAMENTO. -V - NUMERO DE LINHAS ATRAS DA LINHA CONTENDO O * PARA OBTER A LOCALIZACAO DO DESLOCAMENTO. V - NUMERO DA LINHA QUE E' PARA SER DESLOCADA PARA O TOPO OS ZEROS INICIAIS SAO OPCIONAIS. 54126930.doc Página 68 de 89 22/03/11
  • SCROLL DE PAGINA FUNCAO : DESLOCA O DISPLAY DA TELA POR PAGINA. SINTAXE : +P<V> +P - DESLOCA PARA PAGINA ADIANTE. -P - DESLOCA PARA PAGINA ATRAS. V - NUMERO DE PAGINAS A SEREM DESLOCADAS. SE OMITIDO, UMA PAGINA E' DESLOCADA. OBS : - AS CHAVES DE FUNCAO DE PROGRAMA TAMBEM PODEM SER USADAS PARA DESLOCAR O DISPLAY. SCROLL PARA TOPO DA AWS FUNCAO : DESLOCA O DISPLAY DA TELA PARA O TOPO DA AWS. SINTAXE : T+<V> T+ - DESLOCA PARA O TOPO DA AWS. V - NUMERO DE LINHAS A SEREM SOMADAS AO TOPO PARA SE OBTER A LOCALIZACAO DO DESLOCAMENTO. SE OMITIDO, DESLOCA PARA O TOPO. OBS : - AS CHAVES DE FUNCAO DE PROGRAMA TAMBEM PODEM SER USADAS PARA DESLOCAR O DISPLAY. SCROLL PARA FIM DA AWS FUNCAO : DESLOCA O DISPLAY DA TELA PARA O FIM DA AWS. SINTAXE : B-<V> B- - DESLOCA PARA O FIM DA AWS. V - NUMERO DE LINHAS A SEREM SUBTRAIDAS DO FIM DA AWS PARA SE OBTER A LOCALIZACAO DO DESLOCAMENTO. SE OMITIDO, DESLOCA PARA O FIM. OBS : - AS CHAVES DE FUNCAO DE PROGRAMA TAMBEM PODEM SER USADAS PARA DESLOCAR O DISPLAY. SEARCH FUNCAO : PESQUISA TODA OU PARTE DA AWS PELO STRING E MOSTRA AS LINHAS CONTENDO O STRING. SINTAXE : SEARCH < F > < <S> E > < 'STRING' < P <Q> > > < CONTEXT > F - ENCERRA SEARCH APOS MOSTRAR A PRIMEIRA LINHA CONTENDO O STRING. S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO COMECA. E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO TERMINA; NAO PODE EXCEDER 255. 'STRING' - STRING DE PESQUISA, ATE' 80 CARACTERES, ENTRE DELIMITADORES. P - LINHA NA QUAL A PESQUISA COMECA. Q - LINHA NA QUAL A PESQUISA TERMINA. CONTEXT - QUALIFICA O STRING DE PESQUISA. ESPECIFIQUE COMO: WORD O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. (ABREVIA-SE COMO WOR). PREFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER ALFANUMERICO. ABREVIA-SE COMO PRE). SUFFIX O STRING SERA' TRATADO COMO PRECEDID O POR CARACTER ALFANUMERICO E SEGUIDO POR CARACTER NAO-ALFANUMERICO. ABREVIA-SE COMO SUF). LITERAL O STRING NAO ESTARA' SUJEITO A INTERPRETACAO. (ABREVIA-SE COMO LIT). 54126930.doc Página 69 de 89 22/03/11
  • OBS : 1. PELO MENOS UM OPERANDO DEVE SER ESPECIFICADO; F NAO PODE SER O UNICO OPERANDO. 2. AS LINHAS MOSTRADAS NAO SAO MODIFICAVEIS. USE O COMANDO PRIMARIO OU DE LINHA INCL SE DESEJAR LINHAS MODIFICAVEIS. 3. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. PAGINA 109 SEND FUNCAO : ENVIA MENSAGEM A OUTRO USUARIO DE TERMINAL ROSCOE. SINTAXE : SEND < AWS / MEM > ( KEY=KEY / PFX=PFX ) < 'STRING' AWS - DESIGNA QUE O CONTEUDO DA AWS SEJA USADO COMO MENSAGEM. MEM - NOME DO MEMBRO DA BIBLIOTECA CONTENDO A MENSAGEM. SE NEM O MEMBRO DA BIBLIOTECA NEM AWS SAO ESPECIFICADOS O OPERANDO STRING SERA' NECESSARIO. KEY= KEY - CHAVE SIGNON DA PESSOA A RECEBER A MENSAGEM. PFX= PFX - PREFIXO DA PESSOA A RECEBER A MENSAGEM. STRING - COMENTARIO A SER ENVIADO, ENTRE DELIMITADORES, ATE' 6 CARACTERES. OBS : - USE SET SEND PARA NAO HAVER DISPLAY DA MENSAGEM. - A MENSAGEM E' ACRESCENTADA NO MEMBRO ZZZZZMSG DA BIBLIOTECA DO USUARIO NA FORMA: MENSAGEM DE UMA LINHA: DATA, HORA, CHAVE SIGNON DE QUEM ENVIA A MENSAGEM E A MENSAGEM. MENSAGEM DE MULTIPLAS LINHAS: DATA, HORA, CHAVE SIGNON DE QUEM ENVIA A MENSAGEM E': MESSAGE IN MEMBER: ZMDDHHMM ONDE, Z CONSTANTE, M E' O MES EM HEXA, DD E' O DIA, HH E' A HORA, MM E' O MINUTO, EM QUE O MEMBRO FOI CRIADO NA BIBLIOTECA DO USUARIO. SEQ FUNCAO : DESIGNA QUE OS NUMEROS DE SEQUENCIA SAO PARA SEREM INSERIDOS NOS REGISTROS DO JOB QUANDO O CONTEUDO DA AWS E' SUBMETIDO. SINTAXE : SEQ < S <L> / COBOL > - SEM OPERANDOS, SETA O CAMPO DE SEQUENCIA PARA COMECAR NA COLUNA 72 COM TAMANHO DE 8. S - COLUNA INICIAL DO CAMPO DE SEQUENCIA. O DEFAULT E' 73 L - TAMANHO DO CAMPODE SEQUENCIA. MAXIMO E'8; DEFAULT E'8 COBOL - O CAMPO DE NUMERO DE SEQUENCIA VAI DA COLUNA 1 ATE' A 6. (ABREVIA-SE C). OBS : - FORMA REDUZIDA: S. SET X / OFF FUNCAO : MUDA OU DESATIVA CARACTER ESPECIAL COMO DELIMITADOR DE COMANDO. SINTAXE : SET ( X / OFF ) X - QUALQUER CARACTER ESPECIAL. OFF - DESATIVA O DELIMITADOR DO COMANDO. 54126930.doc Página 70 de 89 22/03/11
  • - SET ATTACH FUNCAO : DESATIVA/REATIVA A PAUSA NA EXECUCAO DO COMANDO QUANDO A AWS E' ATACHADA. SINTAXE : SET ATTACH ( PAUSE / NOPAUSE) PAUSE - REATIVA A FACILIDADE PAUSE. NOPAUSE - DESATIVA A FACILIDADE PAUSE. SET AUTOFF FUNCAO : ALTERA A QUANTIDADE DE TEMPO ANTES DO TERMINAL SER AUTOMATICAMENTE DESLIGADO. SINTAXE : SET AUTOFF < V / MAX > - SEM OPERANDO, RESETA O LIMITE DE TEMPO PARA O DEFAULT DO SISTEMA. V - NUMERO DE MINUTOS DE INATIVIDADE A SER PERMITIDA ANTES DO TERMINAL SER DESLIGADO. DEVE SER ENTRE 1 E MAXIMO DEFINIDO PELO SISTEMA. MAX - SETA O LIMITE DE TEMPO PARA O MAXIMO DEFINIDO PELO SISTEMA. SET AWSDSPLY FUNCAO : (TERMINAIS DO TIPO 3270 SOMENTE). ESPECIFICA PROTECAO DE DADOS E ATRIBUTOS DE HIGH-LIGHT PARA AWS. SINTAXE : SET AWSDSPLY ( U / UH / S / SH ) 0 U - O CONTEUDO DA AWS E' DESPROTEGIDO QUANDO MOSTRADO. UH - O CONTEUDO DA AWS E' DESPROTEGIDO E COLOCADO EM HIGH-LIGHT QUANDO MOSTRADO. S - O CONTEUDO DA AWS E' PROTEGIDO QUANDO MOSTRADO. SH - O CONTEUDO DA AWS E' PROTEGIDO E COLOCADO EM HIGH-LIGHT QUANDO MOSTRADO. SET BOUNDS FUNCAO : SETA LIMITES DE COLUNA QUE PODEM SER USADOS POR QUALQUER COMANDO PRIMARIO OU DE LINHA SUBSEQUENTE QUE EDITE, LOCALIZE OU DESLOQUE DADOS. SINTAXE : SET BOUNDS < SCOPE > < OFF / < S <,E> > - SEM OPERANDOS, RESETA A FAIXA PARA O MAXIMO PARA OS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. SCOPE - QUALIFICA A FAIXA DE OPERACAO DO COMANDO. SE OMITIDO E OS DADOS ATACHADOS, A OPERACAO SE APLICARA' AOS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. SE OMITIDO E NAO HOUVER DADOS ATACHADOS, A AWS SERA' CONSIDERADA SE O COMANDO FOR ENTRADO PELO TERMINAL; ALL E CONSIDERADO SE O COMANDO FOR EXECUTADO POR UM PROGRAMA RPF. SE ESPECIFICADO, DEVE SER: ALL DESIGNA QUE A OPERACAO SE APLICA A TODAS AS FORMAS DE DADOS ATACHADOS. UMA OU MAIS DAS SEGUINTES PODEM SER ESPECIFICADAS: AWS DESIGNA QUE A OPERACAO SE APLICA SOMENTE A AWS. DSN DESIGNA QUE A OPERACAO SE APLICA SOMENTE AO ARQUIVO ATACHADO. JOB DESIGNA QUE A OPERACAO SE APLICA SOMENTE A OUTPUT DO JOB ATACHADO. LIB DESIGNA QUE A OPERACAO SE APLICA SOMENTE A MEMBROS DA BIBLIOTECA ATACHADOS. OFF - FAZ COM QUE A FAIXA SEJA RESETADA PARA O MAXIMO PARA OS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. (NONE E' SINONIMO DE OFF). S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO COMECA. O DEFAULT E 1. 54126930.doc Página 71 de 89 22/03/11
  • E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A OPERACAO TERMINA. O DEFAULT E O FIM DA LINHA. OBS : - FORMAS REDUZIDAS: SET BNDS E SET BND. SET CHARSET FUNCAO : DESIGNA O GRUPO DE CARACTERES DE LINGUAGEM QUE REPRESENTAM OS DADOS QUE O USUARIO PODE ENTRAR E MOSTRAR NO TERMINAL. SINTAXE : SET CHARSET CHARSTR CHARSTR - UM DOS CODIGOS DO GRUPO DE CARACTERES DE LINGUAGEM QUE A GERENCIA TENHA DEFINIDO COMO VALIDO. SET CURSOR FUNCAO : DESIGNA A POSICAO DO CURSOR APOS EXECUCAO DO COMANDO. SINTAXE : SET CURSOR < HOME / INIT / DATA > - SEM OPERANDO, RESETA O CURSOR PARA O DEFAULT DO SISTEMA. HOME - FAZ COM QUE O CURSOR SEJA COLOCADO NA PRIMEIRA LINHA DA AREA DE COMANDO QUANDO OS DADOS SAO INICIALMENTE ATACHADOS. ENTAO, O CURSOR RETORNA A AREA DE COMANDO SEGUINDO A EXECUCAO DE MAIS COMANDOS PRIMARIOS, DE LINHA OU MONITORES. O CURSOR NAO RETORNA QUANDO O COMANDO ABRE A TELA PARA ENTRADA DE DADOS. (ABREVIA-SE H). INIT - FAZ COM QUE O CURSOR SEJA COLOCADO NA PRIMEIRA LINHA DA AREA DE COMANDO QUANDO OS DADOS SAO INICIALMENTE ATACHADOS. ENTAO, O CURSOR PERMANECE NA AREA APROPRIADA PARA O TIPO DE COMANDO EXECUTADO. (ABREVIA-SE I). DATA - FAZ COM QUE O CURSOR SEJA COLOCADO NO PRIMEIRO CAMPO MODIFICAVEL DA AREA DE EXECUCAO QUANDO OS DADOS SAO INICIALMENTE ATACHADOS. ENTAO, O CURSOR PERMANECE NA AREA APROPRIADA PARA O TIPO DE COMANDO EXECUTADO. (ABREVIA-SE D). OBS : - O COMANDO SET CURSOR E' RECONHECIDO SOMENTE QUANDO SE MODE NUMX ESTIVER EM EFEITO. SET DATEFORM FUNCAO : DESIGNA O FORMATO DAS DATAS MOSTRADAS PELO ROSCOE NO TERMINAL. SINTAXE : SET DATEFORM ( AMERICAN / EUROPEAN / INTERNATIONAL ) ( SHORT / LONG ) AMERICAN - MOSTRA DATA NA FORMA MM/DD/YY. (ABREVIA-SE AMER OU A) EUROPEAN - MOSTRA DATA NA FORMA DD/MM/YY. (ABREVIA-SE EURO OU E) INTERNATIONAL - MOSTRA DATA NA FORMA YY-MM-DD. (ABREVIA-SE INTL OU I) SHORT - SOMENTE OS DOIS ULTIMOS DIGITOS DO ANO SAO MOSTRADOS. LONG - OS QUATRO DIGITOS DO ANO SAO MOSTRADOS. OBS : - OS OPERANDOS SHORT E LONG SOMENTE AFETAM O RESULTADO RETORNADO PELA FUNCAO DATEFUN DE RPF. 54126930.doc Página 72 de 89 22/03/11
  • SET DISPLAY FUNCAO : DEFINE O FORMATO DE DISPLAY DA TELA. SINTAXE : SET DISPLAY < SCOPE > < S <,E> > < < FLIP > CHARSTR1 > < < FLIP > CHARSTR2 < CHARSTR3 > > - SEM OPERANDOS, RESETA AS MARGENS DE DISPLAY PARA OS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO PARA COMECAREM NA PRIMEIRA POSICAO DA LINHA E' USANDO A LARGURA DA TELA. (O FORMATO DOS DADOS E DO DISPLAY NAO SAO MUDADOS). SCOPE - QUALIFICA A FAIXA DE OPERACAO DO COMANDO. SE OMITIDO, E OS DADOS ATACHADOS, A OPERACAO SE APLICARA' AOS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. SE OMITIDO, E NAO HOUVER DADOS ATACHADOS, A AWS SERA' CONSIDERADA SE O COMANDO FOR ENTRADO PELO TERMINAL; ALL E' CONSIDERADO SE O COMANDO FOR EXECUTADO POR UM PROGRAMA RPF. SE ESPECIFICADO, DEVE SER: ALL DESIGNA QUE A OPERACAO SE APLICA A TODAS AS FORMAS DE DADOS ATACHADOS. UMA OU MAIS DAS SEGUINTES PODEM SER ESPECIFICADAS: AWS DESIGNA QUE A OPERACAO SE APLICA SOMENTE A AWS. DSN DESIGNA QUE A OPERACAO SE APLICA SOMENTE AO ARQUIVO ATACHADO. JOB DESIGNA QUE A OPERACAO SE APLICA SOMENTE A OUTPUT DO JOB ATACHADO. LIB DESIGNA QUE A OPERACAO SE APLICA SOMENTE A MEMBROS DA BIBLIOTECA ATACHADOS. S - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A MARGEM ESQUERDA E SETADA. O DEFAULT E' 1. E - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A MARGEM DIREITA E' SETADA. DEFAULT E A LARGURA DA TELA DO TERMINAL. FLIP - PERMITE QUE O DISPLAY SEJA COMBINADO ENTRE O FORMATO CARACTER E SUA REPRESENTACAO HEXADECIMAL. FLIP SOMENTE TEM SIGNIFICADO QUANDO E' ATRIBUIDO A CHAVE PF. CHARSTR1 - DESIGNA COMO OS DADOS SERAO MOSTRADOS. DEVE SER: HEX FAZ COM QUE OS DADOS SEJAM MOSTRADOS NO FORMATO CARACTER E EM SUA REPRESENTACAO HEXA. CHAR FAZ COM QUE OS DADOS SEJAM MOSTRADOS NO FORMATO CARACTER SOMENTE. (DEFAULT). FLIP - PERMITE QUE O DISPLAY DO CAMPO DE NUMERO DE SEQUENCIA SEJA COMBINADO EM VARIOS FORMATOS. FLIP SOMENTE TEM SIGNIFICADO QUANDO E' ATRIBUIDO A CHAVE PF. CHARSTR2 - DESIGNA O FORMATO DO DISPLAY DO NUMERO DE SEQUENCIA. DEVE SER: NUM FAZ COM QUE CADA LINHA MOSTRADA COMECE COM O CAMPO DE NUMERO DE SEQUENCIA DE 6 DIGITOS PROTEGIDO, SEGUIDO PELO CAMPO DE DADOS. NUMX FAZ COM QUE CADA LINHA MOSTRADA COMECE COM O CAMPO DE NUMERO DE SEQUENCIA DE 6 DIGITOS NAO PROTEGIDO, SEGUIDO PELO CAMPO DE DADOS. NONUM FAZ COM QUE CADA LINHA MOSTRADA CONSISTA DE CAMPO DE DADOS SIMPLES SEM CAMPO DE NUMERO DE SEQUENCIA. NUM2 FAZ COM QUE CADA LINHA SEJA APRESENTADA COMO DUAS LINHAS DE DISPLAY ONDE A PRIMEIRA CONTEM O CAMPO DE NUMERO DE SEQUENCIA PROTEGIDO E O SEGUNDO CONTEM CAMPO DE DADOS. CHARSTR3 - DESIGNA UM FORMATO ALTERNATIVO PARA O DISPLAY DO NUMERO DE SEQUENCIA. SO' TEM SIGNIFICADO SE ATRIBUIDO A CHAVE PF. SE ESPECIFICADO, DEVE SER UM DOS OPERANDOS DESCRITOS COM CHARSTR2. SE OMITIDO, OS DEFAULTS SAO : 54126930.doc Página 73 de 89 22/03/11
  • FLIP NUM --> NONUM FLIP NUMX --> NONUM FLIP NONUM --> NUMX SE AWS ATACHADA, SENAO, NUM FLIP NUM2 --> NONUM SET DSNCNT FUNCAO : ALTERA O NUMERO DEFAULT DE LINHAS A SEREM PESQUISADA NO ARQUIVO ATACHADO. SINTAXE : SET DSNCNT < V / MAX > - SEM OPERANDO, RESETA O LIMITE DE PESQUISA PARA O DEFAULT DO SISTEMA. V - NUMERO DE LINHAS A SEREM PESQUISADAS. DEVE SER ENTRE 1 E O MAXIMO DEFINIDO PELO SISTEMA. MAX - SETA O NUMERO DE LINHAS PARA O MAXIMO DEFINIDO PELO SISTEMA. SET DSNEMPTY FUNCAO : DESIGNA SE A FACILIDADE DE ARQUIVO E PARA TENTAR A LEITURA DE ARQUIVOS CUJO DSCB (BLOCO DE CONTROLE DE ARQUIVO) INDICA QUE ELES ESTAO VAZIOS. SINTAXE : SET DSNEMPTY ( ON / OFF ) ON - FAZ COM QUE TENTE SER FEITA LEITURA DE ARQUIVO MARCADO COMO VAZIO. OFF - PROIBE A TENTATIVA DE LEITURA DE ARQUIVO MARCADO COMO VAZIO. SET EOF FUNCAO : DESIGNA A EXTENSAO DA DELECAO QUE E' PARA OCORRER QUANDO A CHAVE ERASE EOF E TECLADA. SINTAXE : SET EOF ( ERASE / DELETE / DELETE1) ERASE - PERMITE QUE O CONTEUDO DA LINHA SEJA DELETADO DA POSICAO DO CURSOR ATE' O FIM DO DISPLAY. A LINHA NAO DELETADA. DELETE - PERMITE QUE A LINHA SEJA DELETADA SE O CURSOR ESTIVER NA PRIMEIRA POSICAO MOSTRADA DA LINHA. SE O CURSOR ESTIVER EM QUALQUER OUTRO LUGAR, O CONTEUDO DA LINHA SERA DELETADO DA POSICAO DO CURSOR ATE O FIM DO DISPLAY. DELETE1 - PERMITE QUE A LINHA SEJA DELETADA SE O CURSOR ESTIVER NA PRIMEIRA POSICAO DA LINHA. SE O CURSOR ESTIVER EM QUALQUER OUTRO LUGAR, O CONTEUDO DA LINHA SERA' DELETADO DA POSICAO DO CURSOR ATE' O FIM DO DISPLAY. SET EXECPFX FUNCAO : PERMITE OU NAO A EXECUCAO DE MULTIPLAS BIBLIOTECAS DE RPF. SINTAXE : SET EXECPFX < STRING1 < STRING2 > > - SEM OPERANDO, RESETA O DEFAULT DO SISTEMA. STRING1 - EXECUTA CONTROLE DA BIBLIOTECA, ESPECIFICADO COMO: PFX PREFIXO ASSOCIADO COM A BIBLIOTECA DO USUARIO QUE E' PARA SER TRATADA COMO BIBLIOTECA DE EXECUCAO. DFLT FAZ COM QUE A BIBLIOTECA DE EXECUCAO DEFINIDA PELO SISTEMA SEJA RECONHECIDA. E' IGNORADO SE NENHUMA BIBLIOTECA FOR DEFINIDA PELO SISTEMA. DFLT EVITA QUE A BIBLIOTECA DE EXECUCAO DEFINIDA PELO SISTEMA SEJA RECONHECIDA. E' IGNORADO SE NENHUMA BIBLIOTECA FOR DEFINIDA PELO SISTEMA. OBS : - NO MAXIMO DUAS BIBLIOTECAS DE EXECUCAO PODEM SER ESTABELECIDAS, ONDE AMBAS SAO DEFINIDAS PELO USUARIO OU UMA DEFINIDA PELO USUARIO E A OUTRA PELO SISTEMA. 54126930.doc Página 74 de 89 22/03/11
  • SET FILL FUNCAO : DEFINE COMO AS LINHAS SAO COMPLETADAS. SINTAXE : SET FILL ( BLANK / NULL ) BLANK - A LINHA E PREENCHIDA COM BRANCOS. (ABREVIA-SE B). NULL - A LINHA E PREENCHIDA COM NULOS. (ABREVIA-SE N). SET JOBCNT FUNCAO : ALTERA O NUMERO DEFAULT DE LINHAS A SEREM PESQUISADAS NA OUTPUT DE JOB ATACHADO. SINTAXE : SET JOBCNT < V / MAX > 0 - SEM OPERANDO, RESETA O LIMITE DE PESQUISA PARA O DEFAULT DO SISTEMA. V - NUMERO DE LINHAS A SEREM PESQUISADAS. DEVE SER ENTRE 1 E O MAXIMO DEFINIDO PELO SISTEMA. MAX - SETA O NUMERO DE LINHAS PARA O MAXIMO DEFINIDO PELO SISTEMA. SET MASTER FUNCAO : CONTROLA A EXPANSAO DE ITENS -INC DE LIBRARIAN ENCONTRADOS EM JOBS SUBMETIDOS. SINTAXE : SET MASTER ( STRING / ON / OFF ) 0 STRING - NOME DO MASTER FILE DO LIBRARIAN A SER USADO PARA EXPANDIR ITENS -INC. (O FILE PERMANECE EM EFEITO ATE' QUE SEJA MODIFICADO POR OUTRO SET MASTER OU POR TERMINO DA SESSAO DO USUARIO). A EXPANSAO -INC E ATIVADA. ON - REATIVA A EXPANSAO -INC. O MASTER FILE DO LIBRARIAN ANTERIORMENTE ESPECIFICADO E USADO. OFF - DESATIVA A EXPANSAO -INC. SET MODE FUNCAO : DESIGNA O MODO DE TRADUCAO DE CARACTER. SINTAXE : SET MODE ( BASIC / STANDARD / XTENDED ) BASIC - O GRUPO DE CARACTERES E ALFABETICO MAIUSCULO, NUMERICO E CARACTERES ESPECIAIS. (TODA ENTRADA EM TERMINAL E TRADUZIDA PARA MAIUSCULA). (ABREVIA-SE B). (DEFAULT). STANDARD - O GRUPO DE CARACTERES E' RESETADO PARA O DEFAULT DO SISTEMA. (ABREVIA-SE S). XTENDED - O GRUPO DE CARACTERES E' ALFABETICO MAIUSCULO E MINUSCULO, NUMERICO E CARACTERES ESPECIAIS. (TODA ENTRADA NO TERMINAL DE ALFABETICO MAIUSCULO E MINUSCULO PERMANECE EXATAMENTE COMO ENTRARAM). (ABREVIA-SE X). 54126930.doc Página 75 de 89 22/03/11
  • SET MONLEVEL FUNCAO : CONTROLA O DISPLAY DE INFORMACAO DE MENSAGENS DE COMANDO MONITOR NO TERMINAL. SINTAXE : SET MONLEVEL ( INFO / ERROR ) INFO - MENSAGENS DE INFORMACAO A SEREM GRAVADAS NO TERMINAL (ABREVIA-SE I). ERROR - MENSAGENS DE INFORMACAO NAO DEVEM SER GRAVADAS NO TERMINAL. (ABREVIA-SE E). (DEFAULT). OBS : - QUANDO SET MONLEVEL ERROR ESTA' EM EFEITO, A MENSAGEM DE INFORMACAO SUPRIMIDA FICA DISPONIVEL PARA PROGRAMA RPF VIA VARIAVEL S.LASTERR. SET MSGLEVEL FUNCAO : CONTROLA O DISPLAY DE INFORMACAO DE MENSAGENS DE COMANDO ROSCOE NO TERMINAL. SINTAXE : SET MSGLEVEL ( INFO / ERROR ) 0 INFO - GRAVA TODAS AS MENSAGENS DE INFORMACAO E ERRO. (ABREVIA-SE I). (DEFAULT). ERROR - GRAVA SOMENTE AS MENSAGENS DE ERRO. (ABREVIA-SE E). SET SAVEATTR FUNCAO : DESIGNA O ATRIBUTO DE ACESSO DEFAULT A SER USADO QUANDO O MEMBRO DA BIBLIOTECA E' CRIADO. SINTAXE : SET SAVEATTR ( SHARED / RESTRICTED ) SHARED - SETA O ATRIBUTO PARA PERMITIR A QUALQUER UM ACESSAR OU EXECUTAR O MEMBRO; SOMENTE O DONO PODE ALTERA-LO OU DELETA-LO. (ABREVIA-SE S). (DEFAULT). RESTRICTED - SETA O ATRIBUTO PARA PERMITIR SOMENTE AO DONO EXECUTAR, ACESSAR, ALTERAR OU DELETAR O MEMBRO. SET SCROLL FUNCAO : (TERMINAIS DO TIPO 3270 SOMENTE). SETA VALORES PARA CAMPO SCROLL. SINTAXE: SET SCROLL ( HALF / FULL / FRAME / V / CSR ) HALF - PROVOCA DISPLAY NA METADE DO NUMERO DE LINHAS NA AREA DE EXECUCAO. (ABREVIA-SE H). FULL - PROVOCA DISPLAY EM UMA LINHA A MENOS DO NUMERO DE LINHAS NA AREA DE EXECUCAO. (ABREVIA-SE F). (DEFAULT). FRAME - PROVOCA DISPLAY EM NUMERO DE LINHAS DE DADOS NA AREA DE EXECUCAO. (ABREVIA-SE FRA). V - NUMERO DE LINHAS DE DISPLAY PARA O SCROLL, ATE' 9999. CSR - FAZ COM QUE O DISPLAY COMECE E TERMINE: NA LINHA CONTENDO O CURSOR QUANDO SE PAGINA PARA FRENTE E PARA TRAS, OU NA COLUNA CONTENDO O CURSOR QUANDO DE PAGINA PARA A ESQUERDA OU PARA A DIREITA. SET SEARCH FUNCAO : DESIGNA: 1) O POSICIONAMENTO DA TELA QUANDO O COMANDO PRIMARIO FIRST, LAST, NEXT, PREV, INCL OU EXCL LOCALIZAM O STRING 2) SE OS DADOS PESQUISADOS PODEM SER CODIFICADOS NO FORMATO DBCS. SINTAXE : SET SEARCH ( <SCOPE> POSITION / ( NODBCS / DBCS ) ) SCOPE - QUALIFICA A FAIXA DE OPERACAO. SE OMITIDO, A OPERACAO SE APLICARA AOS DADOS ATACHADOS NO MOMENTO. PODE SER: 54126930.doc Página 76 de 89 22/03/11
  • AWS DESIGNA QUE O POSICIONAMENTO SE APLICA A AWS. (ABREVIA-SE COMO A). DSN DESIGNA QUE O POSICIONAMENTO SE APLICA AO ARQUIVO ATACHADO. (ABREVIA-SE COMO D). JOB DESIGNA QUE O POSICIONAMENTO SE APLICA AO OUTPUT DO JOB ATACHADO. (ABREVIA-SE COMO J). LIB DESIGNA QUE O POSICIONAMENTO SE APLICA AO MEMBRO DA BIBLIOTECA ATACHADO. (ABREVIA-SE COMO L). POSITION - POSICIONA A TELA APOS A EXECUCAO DO COMANDO. PODE SER CJUSTIFIED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS SOMENTE SE O STRING ENCONTRADO NAO ESTIVER DENTRO DAS MARGENS ATUAIS. (ABREVIA-SE COMO CJUST OU CJ). JUSTIFIED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS DE MODO QUE O PRIMEIRO CARACTER DO STRING ENCONTRADO COMECE NA POSICAO MAIS A ESQUERDA DA LINHA. (ABREVIA-SE COMO JUST OU JUS). CENTERED AS MARGENS DO DISPLAY SAO ALTERADAS PARA CENTRALIZAR O STRING ENCONTRADO NA LINHA SERA' IGNORADO SE CAUSAR MARGEM ESQUERDA INVALIDA. (ABREVIA-SE COMO CENT OU CEN). LOCKED AS MARGENS DO DISPLAY NUNCA SAO ALTERADAS MESMO SE O STRING OCORRER A ESQUERDA OU A DIREITA DAS MARGENS ATUAIS (ABREVIA-SE COMO LOCK OU LOC). NODBCS - DESIGNA QUE OS DADOS NAO INCLUEM GRUPOS DE CARACTERES DE BYTE DUPLO. (DEFAULT). DBCS - DESIGNA QUE OS DADOS INCLUEM GRUPOS DE CARACTERES DE BYTE DUPLO. PAGINA 123 0 SET SEND 0 FUNCAO : CONTROLA DISPLAY DE MENSAGENS RECEBIDAS POR SEND. 0 SINTAXE : SET SEND ( ALL / OPER / NONE ) 0 ALL - PERMITE QUE TODAS AS MENSAGENS CRIADAS PELO COMANDO SEND SEJAM MOSTRADAS NO TERMINAL E AS INCLUI NO MEMBRO ZZZZZMSG DA BIBLIOTECA DO USUARIO. (DEFAULT). 0 OPER - PERMITE QUE SOMENTE AS MENSAGENS ENVIADAS PELO OPERADOR SEJAM MOSTRADAS. ESTAS E TODAS AS OUTRAS MENSAGENS SAO COLOCADAS EM ZZZZZMSG. 0 NONE - PROIBE O DISPLAY DE QUALQUER MENSAGEM. TODAS SAO COLOCADAS EM ZZZZZMSG. SET SUBMIT FUNCAO : DEFINE AS CARACTERISTICAS DOS DADOS A SEREM SUBMETIDOS. SINTAXE : SET SUBMIT ( NOSEQ / SEQ ) ( INCLUDE / NOINCLUDE ) ( CARD / PRT / WIDE / COL V ) NOSEQ - OS NUMEROS DE SEQUENCIA NAO DEVEM SER INCLUIDOS NOS DADOS. E IGNORADO SE O ATRIBUTO DA AWS OU DO MEMBRO FOR NOSEQ. (ABREVIA-SE NOS). SEQ - OS NUMEROS DE SEQUENCIA DEVEM SER INCLUIDOS NOS DADOS E COLOCADOS NA POSICAO DESIGNADA PELO ATRIBUTO. E IGNORADO SE O ATRIBUTO DA AWS OU DO MEMBRO FOR NOSEQ INCLUDE - OS ITENS +INC DEVEM SER EXPANDIDOS QUANDO ENCONTRADO EM JOBS SUBMETIDOS. NOINCLUDE - DESATIVA A EXPANSAO DE ITEM +INC. (ABREVIA-SE NOI). CARD - OS DADOS A SEREM SUBMETIDOS TEM 80 POSICOES. PRT - OS DADOS A SEREM SUBMETIDOS TEM 133 POSICOES. WIDE - OS DADOS A SEREM SUBMETIDOS TEM 254 POSICOES. 54126930.doc Página 77 de 89 22/03/11
  • COL V - VALOR NUMERICO ENTRE 8 E 254 DESIGNANDO A LARGURA DOS DADOS A SEREM SUBMETIDOS. OBS : - SOMENTE UM OPERANDO PODE SER ESPECIFICADO POR COMANDO. - EM AMBIENTES NAO JES2, SERA INVALIDO TENTAR UM VALOR DE LARGURA DIFERENTE DE 80. SET SYSID FUNCAO : PERMITE OU NAO O DISPLAY DE INFORMACAO DE IDENTIFICACAO DE ROSCOE. SINTAXE : SET SYSID ( ON / OFF ) ON - EM AMBIENTES VTAM, MOSTRA APPLID DO ROSCOE NA LINHA DE RESPOSTA. EM AMBIENTES BTAM, MOSTRA O JOBNAME DO ROSCOE. OFF - EVITA O DISPLAY. SET USERID FUNCAO : PERMITE OU NAO O DISPLAY DE INFORMACAO DE IDENTIFICACAO DO USUARIO. SINTAXE : SET USERID ( ON / OFF ) 0 ON - MOSTRA O PREFIXO DO USUARIO E A CHAVE SIGNON NA LINHA DE RESPOSTA. OFF - EVITA O DISPLAY. SET WRITECNT FUNCAO : SETA O NUMERO MAXIMO DE GRAVACOES EM TERMINAL SEM QUALQUER LEITURA INTERMEDIARIA. SINTAXE : SET WRITECNT V V - NUMERO DE GRAVACOES EM TERMINAL QUE PODEM SER EXECUTADAS SEM LEITURA INTERMEDIARIA. O MINIMO E' 1 E O MAXIMO E' 32760. OBS : - SE SET WRITECNT NAO FOR ESPECIFICADO, O DEFAULT E' 50 SHIFT FUNCAO : DESLOCA UMA OU MAIS LINHAS PARA A DIREITA OU ESQUERDA DELETANDO SOMENTE OS BRANCOS INICIAIS OU FINAIS. SINTAXE : >V >V >BV >TV <V <<V <BV <TV >V - DESLOCA A LINHA PARA A DIREITA UMA OU V COLUNAS. >>V - DESLOCA UM BLOCO DE LINHAS PARA A DIREITA UMA OU V COLUNAS. ENTRE >> NA PRIMEIRA E ULTIMA LINHA DO BLOCO A SER DESLOCADO. >BV - DESLOCA PARA A DIREITA UMA OU V COLUNAS DESTA LINHA ATE A ULTIMA LINHA DA AWS. >TV - DESLOCA PARA A DIREITA UMA OU V COLUNAS DA PRIMEIRA LINHA DA AWS ATE ESTA LINHA. <V - DESLOCA A LINHA PARA A ESQUERDA UMA OU V COLUNAS. <<V - DESLOCA UM BLOCO DE LINHAS PARA A ESQUERDA UMA OU V COLUNAS. ENTRE << NA PRIMEIRA E ULTIMA LINHA DO BLOCO A SER DESLOCADO. <BV - DESLOCA PARA A ESQUERDA UMA OU V COLUNAS DESTA LINHA ATE A ULTIMA LINHA DA AWS. <TV - DESLOCA PARA A ESQUERDA UMA OU V COLUNAS DA PRIMEIRA 54126930.doc Página 78 de 89 22/03/11
  • LINHA DA AWS ATE ESTA LINHA. OBS : 1. SE A LINHA A SER DESLOCADA CONTEM DADOS QUE SERIAM DESLOCADOS PARA FORA DOS LIMITES DE COLUNA DIREITO E ESQUERDO, A OPERACAO E' REALIZADA E OS DADOS PERDIDOS 2. ESTABELECIMENTO DE LIMITES DE COLUNA: POR DEFAULT, A OPERACAO SHIFT AFETA A LARGURA INTEIRA DA LINHA. USE O COMANDO PRIMARIO SET BOUNDS OU O COMANDO DE LINHA BOUNDS PARA LIMITAR A OPERACAO A COLUNAS ESPECIFICAS. FUNCAO : DESLOCA UMA OU MAIS LINHAS PARA A DIREITA OU ESQUERDA SINTAXE : )V ))V )BV )TV (V ((V (BV (TV )V - DESLOCA A LINHA PARA A DIREITA UMA OU V COLUNAS. ))V - DESLOCA UM BLOCO DE LINHAS PARA A DIREITA UMA OU V COLUNAS. ENTRE )) NA PRIMEIRA E ULTIMA LINHA DO BLOCO A SER DESLOCADO. )BV - DESLOCA PARA A DIREITA UMA OU V COLUNAS DESTA LINHA ATE A ULTIMA LINHA DA AWS. )TV - DESLOCA PARA A DIREITA UMA OU V COLUNAS DA PRIMEIRA LINHA DA AWS ATE ESTA LINHA. (V - DESLOCA A LINHA PARA A ESQUERDA UMA OU V COLUNAS. ((V - DESLOCA UM BLOCO DE LINHAS PARA A ESQUERDA UMA OU V COLUNAS. ENTRE (( NA PRIMEIRA E ULTIMA LINHA DO BLOCO A SER DESLOCADO. (BV - DESLOCA PARA A ESQUERDA UMA OU V COLUNAS DESTA LINHA ATE A ULTIMA LINHA DA AWS. (TV - DESLOCA PARA A ESQUERDA UMA OU V COLUNAS DA PRIMEIRA LINHA DA AWS ATE ESTA LINHA. OBS : 1. SE A LINHA A SER DESLOCADA CONTEM DADOS QUE SERIAM DESLOCADOS PARA FORA DOS LIMITES DE COLUNA DIREITO E ESQUERDO, A OPERACAO E' REALIZADA E OS DADOS PERDIDOS 2. ESTABELECIMENTO DE LIMITES DE COLUNA: POR DEFAULT, A OPERACAO SHIFT AFETA A LARGURA INTEIRA DA LINHA. USE O COMANDO PRIMARIO SET BOUNDS OU O COMANDO DE LINHA BOUNDS PARA LIMITAR A OPERACAO A COLUNAS ESPECIFICAS. FUNCAO : DESLOCA DADOS NO REPLY BUFFER E NUM REPLY PAD. SINTAXE : SHIFT R / L < PV > < S > V R - DESLOCA PARA A DIREITA. L - DESLOCA PARA A ESQUERDA. PV - REPLY PAD CONTENDO DADOS A SEREM DESLOCADOS. SE OMITIDO, O CONTEUDO DO REPLY BUFFER E' DESLOCADO. S - PRIMEIRA COLUNA A SER DESLOCADA. O DEFAULT E' 1. V - NUMERO DE POSICOES DE COLUNA A SEREM DESLOCADAS. 54126930.doc Página 79 de 89 22/03/11
  • SMESSAGE FUNCAO : DESCRICOES DE MENSAGENS DO SISTEMA QUE PODEM SER PRODUZIDAS PELO ROSCOE. SINTAXE : HELP SMESSAGE AAANN 0 AAA - IDENTIFICADOR DA MENSAGEM. NN - NUMERO DA MENSAGEM. SE OMITIDO, A PRIMEIRA MENSAGEM NA SERIE DESIGNADA E' MOSTRADA. OBS : - SE A MENSAGEM NAO TEM IDENTIFICADOR, ENTRE O NOME DO COMANDO CUJA EXECUCAO PROVOCOU A MENSAGEM. - AS MENSAGENS ESTAO ATUALIZADAS PELO RELEASE 5.5 E CORRESPONDEM AS MENSAGENS DOCUMENTADAS NO 'SYSTEM MESSAGES AND CODES'. - FORMAS REDUZIDAS: SERROR, SERR E SMSG. SORT FUNCAO : CHAMA O UTILITARIO DO SISTEMA PARA CLASSIFICAR O CONTEUDO DA AWS. SINTAXE : SORT < <SORT> <FIELDS=>(S,L,F,C) > - SEM OPERANDO, PREPARA PEDIDOS DE ENTRADA. SORT - OPCIONAL. FIELDS= - OPCIONAL. S - NUMERO DA COLUNA INICIAL DO CAMPO DE SORT. L - TAMANHO DO CAMPO DE SORT. F - FORMATO DOS DADOS NO CAMPO DE SORT. CH (CARACTER) OU BI (BINARIO). C - SEQUENCIA, PODENDO SER: A (ASCENDENTE) OU D (DESCENDENTE). OBS : - FORMA REDUZIDA: SOR. SPACE FUNCAO : MOSTRA O NUMERO DE BLOCOS LIVRES NA BIBLIOTECA DO ROSCOE. SINTAXE : SPACE SQRT FUNCAO : RETORNA O VALOR DA RAIZ QUADRADA DE UMA EXPRESSAO. SINTAXE : SQRT(REAL-1) REAL-1 - VALOR CUJA RAIZ QUADRADA E' DESEJADA. NAO DEVE SER MENOR QUE 0. STATUS FUNCAO : FORNECE INFORMACAO SOBRE SESSAO DO USUARIO, FORMATO DE DISPLAY, COMANDOS EXECUTADOS PREVIAMENTE E JOB E/OU ARQUIVOS ATACHADO NO MOMENTO. SINTAXE : STATUS < AWS / COMMAND / DISPLAY / <DSN> NOTES / <JOB> < * / NOTES > / SESSION / SYSTEM > - SEM OPERANDO, MOSTRA INFORMACAO SOBRE O DADO ATACHADO E MOSTRADO NO MOMENTO. AWS - FORNECE INFORMACAO SOBRE O CONTEUDO DA AWS E OPCOES DE SESSAO QUE ESTAO NO MOMENTO EM EFEITO. (ABREVIA-SE A). COMMAND - MOSTRA LISTA DE COMANDOS PRIMARIOS E MONITORES EXECUTADOS ANTERIORMENTE E NOMES DE PROGRAMAS RPF. (ABREVIA-SE C, COM OU CMD). DISPLAY - MOSTRA INFORMACAO SOBRE DEFINICAO DE DISPLAY DA TELA ATUAL. (ABREVIA-SE DIS). DSN NOTES - MOSTRA INFORMACAO SOBRE NOMES NOTE DE ARQUIVO DEFINIDO NO MOMENTO. DSN E' NECESSARIO QUANDO O ARQUIVO E ATACHADO MAS NAO E' MOSTRADO. (ABREVIA-SE D 54126930.doc Página 80 de 89 22/03/11
  • SEGUIDO DE NOTE OU N). JOB - MOSTRA INFORMACAO SOBRE O JOB MAIS RECENTEMENTE ATACHADO. E' NECESSARIO QUANDO O JOB E' ATACHADO MAS NAO E' MOSTRADO. * - MOSTRA DE NOVO INFORMACAO SOBRE JOB MAIS RECENTEMENTE ATACHADO. A INFORMACAO COMECA NA LOCALIZACAO DENTRO DO FILE PREVIAMENTE MOSTRADO. NOTES - MOSTRA INFORMACAO SOBRE NOMES NOTE DA OUTPUT DE JOB DEFINIDO NO MOMENTO. SESSION - MOSTRA INFORMACAO SOBRE COMO A SESSAO ATUAL DO USUARIO E DEFINIDA. (ABREVIA-SE S OU SES). SYSTEM - MOSTRA INFORMACAO SOBRE O DEFAULT DO SISTEMA E VALORES MAXIMOS QUE PODEM SER ESPECIFICADOS COM COMANDOS ESPECIFICOS. (ABREVIA-SE SYS). OBS : - FORMA REDUZIDA: STA. SUBMIT FUNCAO : SUBMETE O CONTEUDO DA AWS E/OU UM OU MAIS MEMBROS DA BIBLIOTECA PARA EXECUCAO. SINTAXE : SUBMIT < AWS / MEM1...MEM21 > - SEM OPERANDO, SUBMETE O CONTEUDO DA AWS. AWS - O CONTEUDO DA AWS E' SUBMETIDO. PODE SER ESPECIFICADO SOZINHO OU EM CONJUNTO COM UM OU MAIS MEMBROS DA BIBLIOTECA. MEM - NOME DO MEMBRO DA BIBLIOTECA A SER SUBMETIDO. ATE' 21 NOMES PODEM SER ESPECIFICADOS, NUMA UNICA LINHA. SUFFIX FUNCAO : COLOCA SUFIXO EM TODAS OU GRUPO DE LINHAS NA AWS COM STRING. SINTAXE : SUFFIX 'STRING' <P <Q>> <LITERAL> 'STRING' - SUFIXO DO STRING, ATE' 80 CARACTERES, ENTRE DELIMITADORES. P - LINHA NA QUAL A PESQUISA COMECA. Q - LINHA NA QUAL A PESQUISA TERMINA. LITERAL - O STRING NAO ESTARA SUJEITO A INTERPRETACAO. (ABREVIA-SE COMO LIT). OBS : 1. FORMA REDUZIDA: SUF. 2. O SUFIXO NAO SERA ACRESCENTADO SE A OPERACAO FIZER COM QUE A LINHA EXCEDA 255 CARACTERES. 3. SE O STRING FOR HEXADECIMAL, DEVERA' SER ESPECIFICADO COMO X'STRING', CONTENDO NUMERO PAR DE CARACTERES. USE CONTEXT QUALIFICADO COMO LITERAL. TAB FUNCAO : ESTABELECE LOCALIZACOES TAB E MODIFICA O CARACTER TAB SINTAXE : TAB < X / V1 <...V8> > - SEM OPERANDO, CANCELA AS POSICOES TAB ESTABELECIDAS ANTERIORMENTE. X - CARACTER ESPECIAL USADO COMO CARACTER TAB. V - NUMERO DA COLUNA NA QUAL A LOCALIZACAO TAB E' SETADA. ATE' 8 LOCALIZACOES TAB PODEM SER ESPECIFICADAS. 54126930.doc Página 81 de 89 22/03/11
  • TIME FUNCAO : MOSTRA HORA E DATA. SINTAXE : TIME OBS : - E' MOSTRADA A DATA CORRENTE, HORA CORRENTE, TEMPO DA SESSAO TERMINAL E O TEMPO DE CPU PARA A SESSAO TERMINAL. TRACE FUNCAO : PERMITE A FACILIDADE TRACE. SINTAXE : TRACE EDIT OBS : 1. FAZ COM QUE TODAS AS LINHAS MODIFICADAS PELO COMANDO EDIT OU FILL SEJAM MOSTRADAS. 2. USE O COMANDO NOTRACE PARA INIBIR A FACILIDADE TRACE UNCATLG FUNCAO : DESCATALOGA UM ARQUIVO. SINTAXE : UNCATLG DSN DSN<(V)> DSN DSN - NOME DE 1 A 44 CARACTERES DO ARQUIVO A SER DESCATALOGADO. (ABREVIA-SE COMO D). QUALIFIQUE COM: V NUMERO RELATIVO NA GDG, ESPECIFICADO COMO 0 OU NUMERO NEGATIVO. OBS : 1. FORMA REDUZIDA: UNCAT. 2. UNCATLG NAO SUPORTA ARQUIVOS VSAM. UPDATE FUNCAO : SUBSTITUI O CONTEUDO DE MEMBRO DA BIBLIOTECA COM TODO OU PARTE DO CONTEUDO DA AWS. SINTAXE : UPDATE ( MEM / * ) < P <Q> > < 'CHARSTR' > < SEQ < S <L> > / < COBOL > / NOSEQ > < SHARED / EXECONLY / RESTRICTED > MEM - NOME DO MEMBRO CUJO CONTEUDO E PARA SER ATUALIZADO. * - ULTIMO MEMBRO DA BIBLIOTECA CHAMADO OU SALVO CUJO CONTEUDO E PARA SER SUBSTITUIDO. P - PRIMEIRA LINHA DA AWS USADA QUANDO SE SUBSTITUI O MEMBRO. Q - ULTIMA LINHA DA AWS USADA QUANDO SE SUBSTITUI O MEMBRO. 'CHARSTR' - DESCRICAO DO MEMBRO, ATE' 30 CARACTERES, ENTRE DELIMITADORES. SEQ - COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR A INSERCAO DE NUMEROS DE SEQUENCIA QUANDO O MEMBRO E' SUBMETIDO. AS QUALIFICACOES SAO: S - COLUNA INICIAL DO CAMPO. O DEFAULT E' 73. L - TAMANHO DO CAMPO. MAXIMO E' 8; DEFAULT E' 8. COBOL - O CAMPO DE NUMERO DE SEQUENCIA VAI DA COLUNA 1 ATE A 6. (ABREVIA-SE C). NOSEQ - COLOCA ATRIBUTOS PARA EVITAR A INSERCAO DE NUMEROS DE SEQUENCIA. SHARED - COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR A QUALQUER UM ACESSAR OU EXECUTAR UM MEMBRO; SOMENTE O DONO PODE MUDA-LO OU DELETE-LO. (ABREVIA-SE COMO S). EXECONLY - COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR A QUALQUER UM EXECUTAR UM MEMBRO; SOMENTE O DONO PODE ACESSA-LO, MUDA-LO OU DELETA-LO. (ATRIBUTO PARA PROGRAMAS RPF). (ABREVIA-SE COMO E). RESTRICTED- COLOCA ATRIBUTOS PARA PERMITIR SOMENTE AO DONO EXECUTAR, ACESSAR, ALTERAR OU DELETAR UM MEMBRO. (ABREVIA-SE COMO R). OBS : 1. FORMA REDUZIDA: U. 2. SE P E Q OMITIDOS, O MEMBRO DA BIBLIOTECA INTEIRO E' 54126930.doc Página 82 de 89 22/03/11
  • SUBSTITUIDO PELO CONTEUDO DA AWS. UTILITY FUNCAO : PERMITE QUE CERTAS FUNCOES DE GERENCIA DE DADOS DO SISTEMA OPERACIONAL SEJAM EXECUTADAS ON-LINE. SINTAXE : UTILITY < CHARSTR / -A > - SEM OPERANDO, PREPARA PEDIDOS DE OPERANDOS. CHARSTR - SUBCOMANDO A SER EXECUTADO. -A - LE O CONTEUDO DA AWS, EXECUTA SUBCOMANDOS E TERMINA. OBS : - FORMA REDUZIDA: UTI. UTILITY ALLOCATE FUNCAO : ALOCA ARQUIVO EM DISPOSITIVO DE ACESSO DIRETO. SINTAXE : UTILITY ALLOCATE DSNAME=DSN ,VOL=STRING ,SPACE=(STRING) <,UNIT=STRING> <,RETPD=STRING> <,BLKSIZE=V> <,LRECL=V> <,DSORG=STRING> <,RECFM=STRING> <,CATLG> <,BLDNDX> <,CVOL=STRING> <,KEYLEN=V> DSNAME= DSN - NOME COMPLETO DO ARQUIVO A SER ALOCADO. VOL= STRING - NUMERO DO VOLUME NO QUAL O ARQUIVO E' PARA SER ALOCADO. ARQUIVOS DE MULTIPLOS VOLUMES NAO SAO SUPORTADOS. SPACE= (STRING) - ESPACO A SER ALOCADO. A UNIDADE DE ALOCACAO PODE SER TRK, CYL OU O VALOR NUMERICO DO TAMANHO DE BLOCO (SE ABSTR). PODEM SER DEFINIDOS ESPACO PRIMARIO, SECUNDARIO E DIRETORIO. CONTIG E ROUND PODEM SER CODIFICADOS EM QUALQUER ORDEM APOS AS QUANTIDADES DE ALOCACAO. UNIT= STRING - UNIDADE PADRAO OU NOME ESPECIAL DEFINIDO PELO PROGRAMADOR DO SISTEMA. RETPD= STRING - DATA DE EXPIRACAO, NA FORMA YYDDD. SE OMITIDA, A DATA E' ZERADA. BLKSIZE= V - TAMANHO DE BLOCO MAXIMO. LRECL= V - TAMANHO DO REGISTRO LOGICO MAXIMO. DSORG= STRING - ORGANIZACAO DO ARQUIVO, ESPECIFICADO COMO PO, PS OU DA. SE OMITIDO, O ESPACO SERA CODIFICADO COMO PS. RECFM= STRING - FORMATO DO REGISTRO, ESPECIFICADO COMO F, FB, V OU VB CATLG - CATALOGA O NOVO ARQUIVO. (ABREVIA-SE CTLG). BLDNDX - CRIA NIVEIS DE INDICE PARA O ARQUIVO QUE ESTA' SENDO CATALOGADO. CVOL= STRING - NUMERO DO VOLUME OU VOLUME CONECTADO QUE E' PARA CONTER O INDICE. E' NECESSARIO SE BLDNDX ESPECIFICADO KEYLEN= V - TAMANHO MAXIMO DA CHAVE. 54126930.doc Página 83 de 89 22/03/11
  • UTILITY BLDNDX FUNCAO : CRIA INDICE OU ALIAS NO CATALOGO DO SISTEMA PRIMARIO OU VOLUME CONECTADO. SINTAXE : UTILITY BLDNDX INDEX=STRING <,ALIAS=STRING> <,CVOL=STRING> INDEX= STRING - INDICE A SER CRIADO OU PARA O QUAL O ALIAS E' PARA SER DESIGNADO. ALIAS= STRING - NOME ALTERNATIVO (ALIAS) ATRIBUIDO PARA O INDICE DE NIVEL MAIS ALTO ESPECIFICADO. CVOL= STRING - NUMERO SERIAL DO VOLUME NO QUAL A OPERACAO REQUISITADA COMECA. SE OMITIDO, A OPERACAO COMECARA' NO CATALOGO DO SISTEMA PRIMARIO. UTILITY CATALOG FUNCAO : ALOCA ARQUIVO. SINTAXE : UTILITY CATALOG DSNAME=DSN ,VOL=STRING <,UNIT=STRING> <,BLDNDX> <,CVOL=STRING> <,LABEL=V> DSNAME= DSN - NOME COMPLETO DO ARQUIVO A SER CATALOGADO. VOL= STRING - NUMERO DO VOLUME CONTENDO O ARQUIVO. E' NECESSARIO SE O ARQUIVO ESTIVER EM VOLUME NAO MONTADO. ATE' 6 VOLUMES PODEM SER ESPECIFICADOS NA FORMA: VOL=(STRING1,...STRING6) UNIT= STRING - UNIDADE PADRAO OU NOME ESPECIAL DEFINIDO PELO PROGRAMADOR DO SISTEMA. BLDNDX - CRIA NIVEIS DE INDICE PARA O ARQUIVO QUE ESTA' SENDO CATALOGADO. CVOL= STRING - NUMERO DO VOLUME OU VOLUME CONECTADO NO QUAL O PONTEIRO DO INDICE E' PARA SER COLOCADO. E NECESSARIO SOMENTE SE BLDNDX TAMBEM FOR ESPECIFICADO. SE OMITIDO E BLDNDX ESPECIFICADO, NOVO NIVEL DE INDICE E ACRESCENTADO AO VOLUME DE RESIDENCIA DO SISTEMA. LABEL= V - (ARQUIVOS DE FITA SOMENTE). NUMERO DE SEQUENCIA DO ARQUIVO NA FITA, ENTRE 1 E 9999. O DEFAULT E' 1. UTILITY CONNECT FUNCAO : CONECTA VOLUMES DE CONTROLE AO VOLUME DE RESIDENCIA DO SISTEMA. SINTAXE : UTILITY CONNECT INDEX=STRING,CVOL=STRING INDEX= STRING - INDICE DE NIVEL MAIS ALTO A SER CONECTADO. CVOL= STRING - NUMERO SERIAL DO VOLUME DE CONTROLE A SER CONECTADO AO VOLUME DE RESIDENCIA DO SISTEMA. 54126930.doc Página 84 de 89 22/03/11
  • UTILITY CREATE FUNCAO : ALOCA E GRAVA ARQUIVO EM DISPOSITIVO DE ACESSO DIRETO DA AWS OU DE MEMBRO DA BIBLIOTECA DO ROSCOE. SINTAXE : UTILITY CREATE DSNAME=DSN<(DSNMEM)> ,VOL=STRING ,SPACE=(STRING) ,BLKSIZE=V ,LRECL=V ,DSORG=STRING ,RECFM=STRING <,FROM=STRING> <,UNIT=STRING> <,RETPD=STRING> <,CATLG> <,BLDNDX> <,CVOL=STRING> <,KEYLEN=V> DSNAME= DSN - NOME COMPLETO DO ARQUIVO A SER CRIADO. PARA CRIAR MEMBRO DO PDS, ESPECIFIQUE: DSNMEM NOME DO MEMBRO A SER GRAVADO, ENTRE PARENTESES. VOL= STRING - NUMERO DO VOLUME NO QUAL O ARQUIVO E' PARA SER CRIADO. ARQUIVOS DE MULTIPLOS VOLUMES NAO SAO SUPORTADOS. SPACE= STRING - ESPACO A SER ALOCADO. A UNIDADE DE ALOCACAO PODE SER TRK, CYL OU O VALOR NUMERICO DO TAMANHO DE BLOCO (SE ABSTR). PODEM SER DEFINIDOS ESPACO PRIMARIO, SECUNDARIO E DIRETORIO. CONTIG E ROUND PODEM SER CODIFICADOS EM QUALQUER ORDEM APOS AS QUANTIDADES DE ALOCACAO. BLKSIZE= V - TAMANHO DE BLOCO MAXIMO. LRECL= V - TAMANHO DO REGISTRO LOGICO MAXIMO. DSORG= STRING - ORGANIZACAO DO ARQUIVO, ESPECIFICADO COMO PO, PS OU DA. SE OMITIDO, O ESPACO SERA CODIFICADO COMO PS. RECFM=STRING - FORMATO DO REGISTRO, ESPECIFICADO COMO F, FB, V OU VB FROM= STRING - LOCALIZACAO DO ARQUIVO A SER GRAVADO. SE OMITIDO, A ENTRADA E' CONSIDERADA COMO SENDO O CONTEUDO DA AWS. ESPECIFIQUE COMO: * CONTEUDO ATUAL DA AWS. PFX.MEM CONTEUDO DO MEMBRO DA BIBLIOTECA, COM PREFIXO. ATE' 7 NOMES ENTRE PARENTESES. UNIT= STRING - UNIDADE PADRAO OU NOME ESPECIAL DEFINIDO PELO PROGRAMADOR DO SISTEMA. RETPD= STRING - DATA DE EXPIRACAO, NA FORMA YYDDD. SE OMITIDA, A DATA E ZERADA. CATLG - CATALOGA O NOVO ARQUIVO. BLDNDX - CRIA NIVEIS DE INDICE PARA O ARQUIVO QUE ESTA' SENDO CATALOGADO. CVOL= STRING - NUMERO DO VOLUME OU VOLUME CONECTADO QUE E' PARA CONTER O INDICE. E NECESSARIO SE BLDNDX ESPECIFICADO. KEYLEN= 54126930.doc Página 85 de 89 22/03/11
  • V - TAMANHO MAXIMO DA CHAVE. UTILITY DLTNDX FUNCAO : DELETA INDICE OU ALIAS DE ALTO NIVEL. SINTAXE : UTILITY DLTNDX ( INDEX=STRING / ALIAS=STRING ) INDEX= STRING - INDICE DE NIVEL MAIS ALTO A SER DELETADO. ALIAS= STRING - ALIAS A SER DELETADO. UTILITY FIND FUNCAO : LOCALIZA O ARQUIVO NO CATALOGO DO SISTEMA OPERACIONAL E RETORNA O NUMERO DOS VOLUMES NOS QUAIS ELE RESIDE E OS NUMEROS DOS VOLUMES ASSOCIADOS. SINTAXE : UTILITY FIND DSNAME=DSN<(V)> DSNAME= DSN - NOME DO ARQUIVO A SER PESQUISADO NO CATALOGO. QUALIFIQUE COMO: V NUMERO RELATIVO DE GDG, ESPQCIFICADO COMO: (0) ULTIMO ARQUIVO CATALOGADO. (-V) NUMERO DO ARQUIVO CATALOGADO ANTES DO ULTIMO. UTILITY LISTVTOC FUNCAO : MOSTRA LISTA FORMATADA DA DSCB PARA UM ARQUIVO EM VOLUME DE ACESSO DIRETO. SINTAXE : UTILITY LISTVTOC DSNAME=DSN <,VOL=CHARSTR> <,UNIT=CHARSTR> DSNAME= DSN - NOME DO ARQUIVO. VOL= CHARSTR - NUMERO DO VOLUME NO QUAL O ARQUIVO RESIDE. UNIT= CHARSTR - DESIGNACAO DE UNIDADE PADRAO OU NOME ESPECIAL DEFINIDO PELO PROGRAMADOR. UTILITY RENAME FUNCAO : RENOMEIA ARQUIVO OU MEMBRO DO PDS, OU ATRIBUI ALIAS AO MEMBRO DO PDS. SINTAXE : UTILITY RENAME DSNAME=DSN<(DSNMEM)> (,NEWNAME=( DSN / DSNMEM ) / ,ALIAS=STRING) <,VOL=STRING> <,UNIT=STRING> <,CATLG> <,UNCATALOG> DSNAME= DSN - NOME DO ARQUIVO A SER RENOMEADO. QUALIFIQUE COMO: DSNMEM NOME DO MEMBRO DO PDS A SER RENOMEADO. NEWNAME= - NOVO NOME, ESPECIFICADO COMO: DSN NOME A SER ATRIBUIDO AO ARQUIVO. DSNMEM NOME A SER ATRIBUIDO AO MEMBRO DO PDS. ALIAS= STRING - NOME ALTERNATIVO A SER ATRIBUIDO AO ARQUIVO OU MEMBRO VOL= STRING - NUMERO DO VOLUME CONTENDO O ARQUIVO OU MEMBRO CUJO NOME E PARA SER MUDADO. UNIT= STRING - DESIGNACAO DE UNIDADE PADRAO OU NOME ESPECIAL DEFINIDO PELO SISTEMA. E' NECESSARIO SE CATLG OU RECATALOG FOR ESPECIFICADO E O ARQUIVO ESTIVER EM 54126930.doc Página 86 de 89 22/03/11
  • DISPOSITIVO DE MEMORIA DE MASSA. CATLG - CATALOGA O NOVO NOME DE ARQUIVO. UNCATALOG - DESCATALOGA O NOME ANTIGO DO ARQUIVO. RECATALOG - DESCATALOGA O NOME ANTIGO DO ARQUIVO E CATALOGA O NOVO NOME. UTILITY SCRATCH FUNCAO : DELETA ARQUIVO OU MEMBRO DO PDS DE VOLUME DE ACESSO DIRETO. SINTAXE : UTILITY SCRATCH DSNAME=DSN<(DSNMEM)> <,VOL=STRING> <,UNIT=STRING> <,PURGE> <,UNCATALOG> <,DLTNDX> DSNAME= DSN - NOME DO ARQUIVO A SER DELETADO. QUALIFIQUE COMO: DSNMEM NOME DO MEMBRO DO PDS A SER DELETADO. VOL= STRING - NUMERO DO VOLUME CONTENDO O ARQUIVO A SER DELETADO. UNIT= STRING - DESIGNACAO DE UNIDADE PADRAO OU NOME ESPECIAL DEFINIDO PELO SISTEMA. E' NECESSARIO SE O ARQUIVO ESTIVER EM DISPOSITIVO DE MEMORIA DE MASSA E NAO FOR CATALOGADO. PURGE - OVERRIDA A DATA DE EXPIRACAO. UNCATALOG - DESCATALOGA O ARQUIVO. (ABREVIA-SE UNCATLG). DLTNDX - REMOVE INDICES QUE SAO PARTE DO DSNAME E NAO MAIS SUPORTAM PONTEIROS DO ARQUIVO. UTILITY SPACE FUNCAO : DETERMINA ESPACO LIVRE EM VOLUME DE ACESSO DIRETO. SINTAXE : UTILITY SPACE VOL=STRING <,UNIT=STRING> VOL= STRING - NUMERO DO VOLUME DE ACESSO DIRETO. UNIT=STRING STRING - DESIGNACAO DE UNIDADE PADRAO OU NOME ESPECIAL DEFINIDO PELO SISTEMA. E' NECESSARIO SE O ARQUIVO ESTIVER EM DISPOSITIVO DE MEMORIA DE MASSA E NAO FOR CATALOGADO. UTILITY WRITE FUNCAO : GRAVA AWS OU MEMBRO DA BIBLIOTECA EM ARQUIVO EXISTENTE DO SISTEMA OPERACIONAL. SINTAXE : UTILITY WRITE DSNAME=DSN<(DSNMEM)> <,FROM=STRING> <,VOL=STRING> <,UNIT=STRING> <,DISP=STRING> <,RECFM=STRING> <,LRECL=V> <,BLKSIZE=V> DSNAME= DSN - NOME COMPLETO DO ARQUIVO A SER GRAVADO. QUALIFIQUE COM: DSNMEM NOME DO NOVO MEMBRO, ENTRE PARENTESES. FROM= STRING - LOCALIZACAO DO ARQUIVO A SER GRAVADO. SE OMITIDO, A ENTRADA E CONSIDERADA SER O CONTEUDO DA AWS. ESPECIFIQUE COMO: 54126930.doc Página 87 de 89 22/03/11
  • * CONTEUDO ATUAL DA AWS. PFX.MEM CONTEUDO DO MEMBRO DA BIBLIOTECA, COM PREFIXO. ATE' 7 NOMES ENTRE PARENTESES. VOL= STRING - NUMERO DO VOLUME NO QUAL O ARQUIVO E' PARA SER CRIADO. ARQUIVOS DE MULTIPLOS VOLUMES NAO SAO SUPORTADOS. UNIT= STRING - UNIDADE PADRAO OU NOME ESPECIAL DEFINIDO PELO PROGRAMADOR DO SISTEMA. E' NECESSARIO SE O ARQUIVO ESTIVER EM DISPOSITIVO DE MEMORIA DE MASSA E NAO FOR CATALOGADO. DISP= STRING - DISPOSICAO DO ARQUIVO. SE CODIFICADO, DEVE SER DISP=MOD. SE OMITIDO, O DEFAULT E' OLD. RECFM= STRING - FORMATO DO REGISTRO, ESPECIFICADO COMO F, FB, V OU VB LRECL= V - TAMANHO MAXIMO DO REGISTRO LOGICO. BLKSIZE= V - TAMANHO MAXIMO DE BLOCO. UTILITY * FUNCAO : LE SUBCOMANDOS SUBSEQUENTES DE FONTE DE ENTRADA ALTERNATIVA DEFINIDA PELO COMANDO RUN. SINTAXE : UTILITY * UTILITY AWS FUNCAO : DIRECIONA A SAIDA SUBSEQUENTE PARA A AWS. SINTAXE : UTILITY AWS UTILITY END FUNCAO : ENCERRA A EXECUCAO DO UTILITY. SINTAXE : UTILITY END - UTILITY PASSWORD 0 FUNCAO : PERMITE QUE O USUARIO EXECUTE SUBCOMANDOS RESTRITOS E/OU EXECUTE OPERACOES SOB CERTOS INDICES DE ARQUIVOS PROTEGIDOS. 0 SINTAXE : UTILITY PASSWORD STRING 0 STRING - PASSWORD ESTABELECIDA PELO PROGRAMADOR DO SISTEMA. - UTILITY NOAWS 0 FUNCAO : NAO DIRECIONA A SAIDA PARA A AWS. 0 SINTAXE : UTILITY NOAWS - UTILITY NOTERM 0 FUNCAO : NAO DIRECIONA A SAIDA PARA O TERMINAL. 0 SINTAXE : UTILITY NOTERM 54126930.doc Página 88 de 89 22/03/11
  • UTILITY TERM FUNCAO : DIRECIONA A SAIDA SUBSEQUENTE PARA O TERMINAL. SINTAXE : UTILITY TERM VTOC FUNCAO : CRIA UMA LISTA NA AWS DE NOMES E ALGUNS ATRIBUTOS DE TODOS OU ARQUIVOS SELECIONADOS EM VOLUME ESPECIFICO. SINTAXE : VTOC VOL=STRING < ,DSORG=STRING > < ,INDEX=STRING > < ,UNIT=STRING > < HELP > - SEM OPERANDO, PREPARA ENTRADA. VOL= STRING - NUMERO DO VOLUME. DSORG= STRING - ORGANIZACAO DO ARQUIVO, ESPECIFICADO COMO IS, PS, PO, DA, VS OU UN. INDEX= STRING - NOMES DE ARQUIVOS COMECANDO COM O INDICE SAO LISTADAS UNIT= STRING - (MVS SOMENTE). NECESSARIO PARA DISPOSITIVOS DE MEMORIA DE MASSA. HELP - MOSTRA OPERANDOS VTOC. OBS : - FORMA REDUZIDA: VTO. 54126930.doc Página 89 de 89 22/03/11