Your SlideShare is downloading. ×
Cadeias musculares
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Cadeias musculares

10,018
views

Published on


0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
10,018
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
149
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. CADEIAS MUSCULARES E AVALIAÇÃO POSTURALFrançoise Mézières - supremacia do tônus muscular da cadeia posterior em função da necessidade de sustentação Herman Kabat Movimentos em espirais para levar ao completo estiramento e contração de uma cadeia muscular Godelieve Denys-Struyf Análise morfológica e psicológica como responsáveis pelas deformações e algias do aparelho locomotor 1
  • 2. Philippe Shouchard - tratamento das alterações posturais através de postura de alongamento das cadeias musculares em campo fechado RPG- Relaciona a tonicidade muscular às hegemonias: respiração, alimentação e locomoção bípede- Define cadeias musculares: inspiratória, posterior, antero-interna de quadril, anterior do braço e antero-interna do ombro Cadeias respiratória Peitoral menor: ombro protraído Escalenos: anterior, médio e posterior – anteriorização e/ou rotação da cabeça Intercostais externos: eleva as costelas Intercostais internos: controversia Diafragma: porção esternal (aumenta cifose), costal (eleva últimas costelas) e lombar (acentua lordose lombar) 2
  • 3. Cadeia posterior Músculos da planta do pé: – abdutor do hálux: pé varo – adutor do hálux: hálux valgo – flexor curto dos dedos: limita extensão interfalangiana – flexor curto do hálux: flexão falange proximal – flexor longo dos dedos: flexão da falanges distais – flexor longo do hálux : hálux em marteloMúsculos da perna e da coxa:– Gastrocnêmio: dorso-flexão tornozelo, semiflexão joelhos, ângulo tíbio-társico fechado– Sóleo: hiperextensão dos joelhos, dorso-flexão tornozelo, ângulo tíbio-társico aberto– Poplíteo: flexão do joelho com rotação medial– Semitendineo: retroversão pélvica, diminuição lordose– Semimembranáceo: retroversão pélvica, diminui lordose e faz varo de joelho– Biceps da coxa: retroversão pélvica e valgo de joelho– Grande glúteo: rotação lateral do quadril e retroversão pélvica 3
  • 4. Coluna vertebral : – Transverso-espinhais: rotadores, multífidos – Semi-espinhal do tórax, pescoço e cabeça – Esplênio da cabeça e do pescoço – Iliocostal: lombar, torácico e cervical – Longo do tórax, do pescoço e da cabeça – Espinhal do tórax e do pescoço Alterações posturais: escoliose, hiperlordose lombar, retificação torácica, extensão e/ou rotação da cabeça, inclinação lateral do tronco, pescoço e cabeça CADEIA ANTERO-INTERNA DE ANTERO- QUADRIL Iliopsoas Pectíneo Grácil Adutor magno Adutor curto Adutor longoAlterações posturais: hiperlordose,adução e/ou flexão de quadril,anteversão da pelves 4
  • 5. CADEIA ANTERIOR DO BRAÇO BRAÇTrapézio fibras superiores: eleva ombrosDeltóide porção média: abduz ombroCoracobraquial: adução com flexão de ombroBíceps braquial: flexão de cotoveloBraquiorradial: flexão de cotoveloBraquial: flexão de cotoveloPronador redondo: flexão do cotovelo e pronaçãoFlexores do punho e dedos: flexão do punho ededos CADEIA ANTERO-INTERNA DO ANTERO- OMBROPeitoral maior: rotação medial do úmerocom elevação do ombroCoracobraquial: adução e flexãoSubescapular: rotação medial do úmero 5
  • 6. Ação muscular em cadeiaDesenvolvimento motor baseado nashegemoniasA gravidadeEquilíbrio x horizontalidade do olharDiferença entre músculos tônicos e fásicosA postura é base de toda a compreensãofuncionalNorteia procedimentos terapêuticosALTERAÇÕES POSTURAIS 6
  • 7. AVALIAÇÃO POSTURAL* Traça diagnóstico postural determinando otipo de intervenção terapêutica para o quadro* Relaciona a postura estática no momentoda avaliação com a assumida durante asatividades cotidianas * Identifica origens das queixas de dor, casoexistam PRINCÍPIOS BÁSICOSAlinhamento defeituoso resulta emsobrecargaAs posições articulares indicammúsculos alongados ou encurtadosA postura prolongada levará aalterações permanentes 7
  • 8. CRITÉRIOS PARA AVALIAÇÃO POSTURAL•Indivíduo minimamente vestido•Postura confortável e relaxada• Portadores de órteses deverão seravaliados com e sem a órtese• Examinador deverá utilizarinstrumentos necessários: fita métricafios de prumo, goniômetros, etc 8