Your SlideShare is downloading. ×
0
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 03)

2,972

Published on

Slideshow/apostila da aula 03 da disciplina Métricas em Mídias Sociais, realizada no MBA Gestão Estratégica da Comunicação de Mídias Sociais e Comunicação Digital. Fevereiro 2013.

Slideshow/apostila da aula 03 da disciplina Métricas em Mídias Sociais, realizada no MBA Gestão Estratégica da Comunicação de Mídias Sociais e Comunicação Digital. Fevereiro 2013.

Published in: Business
1 Comment
19 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
2,972
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
1
Likes
19
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Métricas em Mídias Sociais Aula 03 Prof. Msc. Tarcízio Silva tarciziosilva.com.br
  • 2. Prof. Tarcízio SilvaMestre em Comunicação e Cultura Contemporâneaspela linha de Cibercultura no PPGCCC-UFBa.Profissional especialista em monitoramento de mídiassociais e métodos de pesquisa digitais. Professorconvidado de MBAs e especializações.Pesquisador acadêmico com diversas publicações,incluindo a organização de livros como Para Entendero Monitoramento de Mídias Sociais e Mídias Sociais:Saberes e Representações.Experiência na implementação e coordenação desetores de inteligência em mídias sociais, atendendomarcas como Netshoes, rede AccorHotels, PernodRicard, Tic Tac, Vostu Social Games, Softwell Solutionsentre outras, além de campanhas políticas.
  • 3. SumárioAula 01• O Desafio dos Dados• Mensuração e Métricas• Mensuração da Comunicação• Objetivos da Comunicação• Métricas Tradicionais e o Mercado da Audiência• Métricas para Web e Publicidade Digital• Sistematizações de Métricas em Mídias Sociais
  • 4. SumárioAula 02• Métricas e Âmbitos de Métricas• Medindo Alcance e Impressões• Medindo Engajamento• Medindo Relevância e Influência• Medindo Opinião e Advocacia• Medindo Impacto e Valor
  • 5. SumárioAula 03• Dos Dados ao Conhecimento• Etapas de um Projeto de Mensuração• Analisando Dados• Visualização• Produtos de Inteligência• Para Estudar Mais
  • 6. Dos Dados aoConhecimento
  • 7. INTELIGÊNCIA DE NEGÓCIOSA Inteligência de Negócios é “um conjunto demetodologias, processos, arquiteturas e tecnologias paratransformar dados brutos em informação significante eútil que pode ser utilizada como insights e decisõesestratégicas, técnicas e operacionais”. B. Evelson Métricas, Inteligência Dados Informações e Aplicações de Insights Negócios
  • 8. TIPOS DE DADOS Navegação Transações Relacional Audiência Opinativo Demográfico
  • 9. DADOS NAVEGACIONAIS  Taxa de RejeiçãoDados navegacionais são aqueles  Cliquesreferentes às trajetórias e usos  Páginas Vistasrealizados pelos visitantes de uma  Regiões depropriedade online. Páginas  Páginas/Visita  Novos Visitantes  Tags Clicadas  Produtos Vistos  Editorias Acessadas  Tempo de Acesso  Horários de Acesso  …
  • 10. DADOS NAVEGACIONAIS
  • 11. DADOS TRANSACIONAIS  ProdutosDados transacionais estão Compradosrelacionados a padrões de venda e  Produtoscompra. Desejados  Compras Repetidas  Ticket Médio  Funil de Compra  …
  • 12. DADOS TRANSACIONAIS
  • 13. DADOS DE ALCANCE  SeguidoresO consumo de conteúdo e  Fãspublicidade nas mídias sociais  Membrospossui características específicas,  Impressões deampliadas com a abundância de Anúnciodados pessoais e demográficos  Visualizações de Vídeodisponíveis.  …
  • 14. DADOS DE ALCANCE
  • 15. DADOS DEMOGRÁFICOS  SeguidoresNas mídias sociais, dados  Fãsdemográficos estão  Membrosconstantemente disponíveis, por  Impressões defazerem parte da identidade dos Anúncioindivíduos.  Visualizações de Vídeo  …
  • 16. DADOS DEMOGRÁFICOS
  • 17. DADOS OPINATIVOS  VotosOs dados opinativos são aqueles  Gostei/Não Gosteique envolvem julgamento de valor.  Valência  Saliência de Temas  Expressão de Sentimentos  …
  • 18. DADOS OPINATIVOS
  • 19. DADOS RELACIONAIS  Tamanho da RedeOs dados relacionais referem-se à  Centralidadeposição de um indivíduo nas redes  Número de RTsonline e sua capacidade de ser  Comentáriosvisto nos ambientes digitais. Recebidos  …
  • 20. DADOS RELACIONAIS
  • 21. PIRÂMIDE DADOS >INFORMAÇÃO > ConhecimentoCONHECIMENTO Informação Dados
  • 22. DADOS > INFORMAÇÃO >CONHECIMENTO• Dados são elementos coletados sobre coisas, eventos, atividades Conhecimento e processos Informação• Informações são dados com contexto e propósito Dados• Conhecimento é a compreensão de dados e informações com propósitos de tomadas de decisão
  • 23. DADOS• Dados são elementos coletados sobre coisas, eventos, atividades e processos• São dados brutos que podem ser expressos de modo numérico• Ainda não possuem camadas simbólicas
  • 24. INFORMAÇÕES• Informações são dados com contexto e propósito• “Informação é a diferença que faz diferença” – Gregory Bateson
  • 25. CONHECIMENTO• Conhecimento é a compreensão de dados e informações com propósitos de tomadas de decisão• Transformar dados e informações em conhecimento também envolve armazená-los
  • 26. NECESSIDADES ANALÍTICAS
  • 27. DADOS À APLICAÇÃO: REDUÇÃO DE INCERTEZA ANÁLISE DE SENTIMENTO A categorização do conteúdo gerado pelo usuário em temas e em positivo/negativo permite avaliar opiniões
  • 28. DADOS À APLICAÇÃO: REDUÇÃO DE INCERTEZA Menções a Questões Relevantes ↓ Sentimento x Tópico ↓ Planejamento de Conteúdo e Relações Públicas ANÁLISE DE SENTIMENTO A categorização do conteúdo gerado pelo usuário em temas e em positivo/negativo permite avaliar opiniões
  • 29. DADOS ÀAPLICAÇÃO:REDUÇÃO DEINCERTEZA DADOS OPINATIVOS Influência das promoções de compras coletivas nas resenhas de restaurantes no Yelp (Byers, Mitzenmacher e Zervas).
  • 30. DADOS ÀAPLICAÇÃO:REDUÇÃO DEINCERTEZA Classificações no Yelp x Ação de Marketing ↓ Qualidade Percebida ↓ ROI das Compras Coletivas em Longo Prazo DADOS OPINATIVOS Influência das promoções de compras coletivas nas resenhas de restaurantes no Yelp (Byers, Mitzenmacher e Zervas).
  • 31. COLETA, PROCESSAMENTO ECLASSIFICAÇÃO• As ferramentas de métricas e inteligência nas mídias sociais oferecem como output três tipos de dados: dados coletados, dados processados e dados classificados• Entender a diferença entre os três é fundamental para um bom uso dos dados• Coleta, Processamento e Classificação também são três
  • 32. QUALIDADE DOS DADOS X ESFORÇO
  • 33. REGISTROO registro é padrão nos serviçosweb. Quase tudo que é publicadofica armazenado de um modo oude outro;Os usuários dos serviços webpossuem diferentes níveis degovernança de sua informaçãopessoal, mas cada vez mais opadrão é que as informações sejampúblicas e buscáveis.
  • 34. COLETA• Através da Coleta, é possível coletar as informações públicas em ambientes como sites, portais e mídias sociais.• É o nível mais básico de um software de monitoramento/mensuração externo.• Idealmente coleta-se de forma integrada de determinado tipo de conteúdo, como: – Conteúdo de um perfil específico – Conteúdo de um grupo/comunidade específica – Conteúdo contendo determinada palavra-chave ou tag
  • 35. PROCESSAMENTO• Com as capacidades computacionais, o processamento é uma importante facilidade oferecida;• A maioria das ferramentas disponíveis no mercado se focam nesta etapa do manejo dos dados;• Processamento das variáveis de quantidade x tempo são as mais frequentes;• O processamento é a etapa em que os dados são cruzados de alguma forma usável e complexificadora;• Exemplos: a medição do volume de conteúdo ao longo do tempo; distribuição demográfica; adição de métricas básicas
  • 36. CLASSIFICAÇÃO• Através de parâmetros, métricas e referenciais, algumas ferramentas oferecem modos de classificação dos dados e ou usuários;• A classificação é o processo pelo qual o conteúdo coletado recebe uma camada de informação extra, automatizada ou adicionada pelo analista;• Pode ser de pontuações, rankings ou categorias;• Adicionar categorias de forma inteligenge é o grande diferencial do bom analista.
  • 37. Etapas da Atividadede Mensuração
  • 38. PROCESSO Exploração Classificação e Produção de Briefing Inicial Processamento Relatórios Demanda de Ferramenta e Análise dos Informação Configuração Dados
  • 39. PROCESSOBriefing / AtendimentoDurante o atendimento, énecessário entenderprofundamente o cliente, deconhecimentos gerais a específicos.
  • 40. PROCESSO• Histórico da Empresa• Missão / Visão / Valores• Objetivos• Público-Alvo• Objetivo do Monitoramento• Histórico da Comunicação Digital da Empresa• Plano de Comunicação e Mídia da Empresa• Lista de Stakeholders
  • 41. PROCESSO• O briefing é também o processo pelo qual a equipe de análise de monitoramento e métricas identifica o cliente, seus concorrentes, substitutos e principais influenciadores conhecidos. É preciso saber:• Nome e variantes oficiais da marca e produtos do cliente• Objetivos de negócio e comunicação do cliente• Histórico de ações e campanhas recentes• Nome e variantes oficiais da marca e produtos concorrentes• Nome e variantes dos substitutos possíveis
  • 42. PROCESSO• E também…• Distribuição geográfica do produto/serviço• Público-alvo da marca/produto e suas características• Público online da marca/produto e suas características• Influenciadores relacionados aos temas de interesse do público• Influenciadores relacionados a marca/produto
  • 43. CENÁRIO INTERNONesta fase, se conhece melhor o cenáriointerno da agência/equipe de trabalho,seja ela focada ou não em mídias sociais.Deve ser realizado com questionamentose conversas com a equipe/empresa.
  • 44. CENÁRIO INTERNO• É interessante descobrir o seguinte:• Quais são as mídias de atuação, objetivos e estratégias?• Como a equipe planeja e agenda as ações e conteúdo nas mídias sociais?• Qual o processo de inspiração e produção de conteúdo?• Quais são os padrões e práticas de resposta aos interagentes?• A quem o trabalho deve ser reportado internamente?• Quais métricas, ferramentas e práticas de análise são realizadas no cotidiano?
  • 45. CENÁRIO INTERNONeste momento, é preciso entender quais são osdados e ferramentas já utilizados pela equipe e queestão disponíveis, assim como os dados que já sãocoletados de forma automática.• Que dados são coletados com o apoio de softwares que necessitam de configuração?• Quais mídias já coletam dados de forma automática?• Que dados são coletados de forma manual e qual a periodicidade?• Quais usos são dados a estes dados coletados?• Que ferramenta(s) vou contratar?
  • 46. CENÁRIO INTERNONeste momento, é preciso definir muito bem ocliente do produto informacional a ser produzido.• O cliente é a empresa?• O cliente é agência contratante?• O cliente é planejamento?• O cliente é outro setor da empresa?
  • 47. DEFINIÇÃO DE QUESTÕESA demanda informacional pode ser simplificada eoperacionalizada através de perguntas, cujasrespostas possíveis devem estar ligadas a decisõesfuturas.
  • 48. DEFINIÇÃO DE QUESTÕES Exemplos:• De quem os usuários falam melhor nas mídias sociais? Minha marca ou concorrentes?• A campanha de mídia online está sendo comentada?• Qual o tipo de conteúdo que dá mais resutado em minha fan page?• Qual o perfil demográfico dos advogados e detratores do meu produto?• Em que horários as pessoas mais visitam meu blog?
  • 49. DEFINIÇÃO DE QUESTÕES Exemplos:• De quem os usuários falam melhor nas mídias sociais? Minha marca ou concorrentes?• A campanha de mídia online está sendo comentada?• Qual o tipo de conteúdo que dá mais resutado em minha fan page?• Qual o perfil demográfico dos advogados e detratores do meu produto?• Em que horários as pessoas mais visitam meu blog?
  • 50. DEFINIÇÃO DE DADOS, MÉTRICAS E KPIsA partir da definição das questões e objetivos, épreciso listas:• Os dados que serão coletados para gerar inteligência de curto, médio e longo prazo;• As métricas que serão utilizadas para avaliar performance e otimizar continuamente o trabalho;• Os KPIs serão as métricas essenciais para o negócio do cliente.
  • 51. DEFINIÇÃO DE DADOS, MÉTRICAS E KPIs Dados Evolução de Visualizações Seguidores Lista de Blog Emissores Evolução de Assinantes Métricas Menções Marca Menções • Audiência Somada Concorrentes A, • Taxa de Engajamento BeC • Índice de Sentimento Distribuição de Evolução Likes Horários Interações em cada Postagem KPIs Interações em Links em Mídias • Share de conversações cada Tweet Sociais • Vendas via Mídias Sociais Comentários Blog
  • 52. BENCHMARKINGSÉ preciso encontrar referências paracomparar o trabalho.• Referências públicas (relatórios de outras agências e consultorias, por ex.);• Histórico de outras marcas/clientes;• Histórico da atuação da própria marca/empresa;• Dados de concorrentes diretos.
  • 53. ESCOLHA ECONFIGURAÇÃO DEFERRAMENTAS• Precisão e clareza• Conferir confiabilidade• Exportação de dados• Custo-benefício• Customização
  • 54. ESCOLHA ECONFIGURAÇÃO DEFERRAMENTAS
  • 55. ESCOLHA ECONFIGURAÇÃO DEFERRAMENTAS Ferramentas (20 mais citadas)42,80% 32,90% 16,50% 16,50% 13,70% 12% 8,70% 8,70% 7,60% 7,60% 7,10% 6% 5,50% 5,50% 4,90% 4,90% 4,90% 4,90% 4,90% 4,40%
  • 56. COLETA DOS DADOS• Configuração da coleta dos dados – Armazenamento próprio da mídia social? – Compra e configuração da ferramenta• Coleta manual dos dados – Definir responsáveis – Criar periodicidade alertas• Formato – Criar formato para coleta e armazenamento dos dados – Definir questões de segurança: backups, senhas e acesso
  • 57. COLETADOSDADOSUma planilha doFacebook Insightstraz os dadoscoletados eorganizados
  • 58. PROCESSAMENTO DOS DADOSA etapa de processamento dos dadossignifica juntar uma massa de dados em umtodo coerente – distribuído no tempo,agregado em conjuntos.As operações matemáticas mais simples sãoúteis no momento, como soma, distribuição emédias.
  • 59. PROCESSAMENTO 400 PTA 350 300 250 200 150 100 50 0 Média "PTA" Mês: 185
  • 60. CLASSIFICAÇÃO• O processo de classificação dos dados ASPECTO envolve adicionar mais camadas de informação;• Cruzamentos, comparações e USOS EMISSOR distribuição dos dados de acordo com FRAMEWORK os objetivos de informação; BÁSICO• O importante é a inventividade, com rigor, para extrair o máximo dos dados; OFICIAL INTERAÇÃO• Processamento e Classificação podem ocorrer simultaneamente.
  • 61. CLASSIFICAÇÃO ASPECTO USOS EMISSOR FRAMEWORK BÁSICO OFICIAL INTERAÇÃO
  • 62. Analisando Dados
  • 63. PADRÕES"O matemático identifica e analisapadrões abstratos / padrõesnuméricos, padrões de forma,padrões de movimento, padrões decomportamento, padrões de voto emuma população, padrões de chancede repetição de eventos e assim pordiante…
  • 64. PADRÕES"Estes padrões podem ser reais ouimaginados, visuais ou mensais,estáticos ou dinâmicos, qualitativos ouquantitativos, utilitários ourecreacionais. Eles podem surgir domundo em torno de nós, da buscapela ciência ou dos trabalhos internosda mente humana". Quando você identifica padrões e/ou encontra o que foge do padrão, você está gerando informação.
  • 65. PADRÕES http://www.google.com/trends/
  • 66. ANÁLISE E RELAÇÃO ENTREFENÔMENOS• Correlação é a relação matemática entre duas coisas que estão sendo medidas.• Identificar Causalidade possui graus diferentes de precisão, mas deve ser buscada pelos analistas. Cuidado com os dados – nem sempre estão ligados e correlação não é causalidade!!! (Gráfico por Nathan Yu)
  • 67. ANÁLISE E RELAÇÃO ENTREFENÔMENOS
  • 68. ANÁLISE E RELAÇÃO ENTREFENÔMENOS http://irishliberty.wordpress.com/2009/10/09/more-on-inequality-and-misuse-of-statistics/
  • 69. PROCEDIMENTOS DE ANÁLISE• Identificar e aprender com os padrões;• Perceber ocorrências fora do padrão;• Comparar dados do público/amostra com os dados gerais da população;• Comparar os dados com os números dos concorrentes;• Descobrir variáveis intervenientes;• Refletir sobre as diversas variáveis que podem estar em jogo, especialmente as variáveis "escondidas";
  • 70. DEZ MODELOS DE ANÁLISE(Monteiro e Azarite) Dados Dados Absolutos Dados Progressivos Comparativos • Termos mais Citados • Hypes nos Gráficos • Análise por • Análise por • Sazonalidade Concorrência Sentimento Simples • Exposição versus • Categorização das • Sazonalidade por Vendas/Cliente Menções Mineração de Dados • Audiência e • Horário das Menções Relevância de Autores
  • 71. 1. TERMOS MAIS CITADOS(Monteiro e Azarite)Os termos mais citados podemindicar a popularidade de umaentidade. Ao cruzar com ocontexto e sentimento, geraminformações. http://visual.ly/social-oscars
  • 72. 2. ANÁLISE POR SENTIMENTO(Monteiro e Azarite) Fevereiro Junho Outubro 15,84% 14,40% 40,09 9,22% Positivo 3,82% Positivo Positivo % 50,23 Negativo Negativo Negativo % Neutro 74,94% Neutro Neutro 9,68% 81,79%A distribuição de sentimento pode ser uma métrica importante e um dos KPIs a seremreportados. Os dados acima, baseados em um case real, mostram a evolução de uma marcano período de oito meses.
  • 73. 3. CATEGORIZAÇÃO DASMENÇÕES(Monteiro e Azarite) 25000A categorização das menções é o 20000núcleo do trabalho de 15000 Neg.monitoramento de mídias sociais, 10000 Neu.uma vez que permite organizar o 5000 Pos.conteúdo em diversos níveis de 0informação. Pré-compra Compra Pós-compra
  • 74. 3. CATEGORIZAÇÃO DAS MENÇÕES(Monteiro e Azarite) 60Exemplo de distribuição de 50menções de acordo comAspectos valorizados sobre um 40hotel, por exemplo. Negativo 30 Neutro 20 Positivo 10 0 Check-in Check-out Quartos Limpeza Equipamentos / eletros Serviço Valor Wi-fi Segurança Atendimento Conforto Restaurante
  • 75. 4. HORÁRIO DAS MENÇÕES(Monteiro e Azarite)A) Hotel para público profissionalB) Hotel para baixo custoC) Empresa de intercâmbio
  • 76. 4. HORÁRIO DAS MENÇÕES(Monteiro e Azarite)Gráfico resultado doprograma SocialBro,analisando oshorários de atividadedos seguidores deum perfil Twitter.
  • 77. 5. HYPES NOS GRÁFICOS (Monteiro e Azarite) Quando um dado foge do padrão, é porque aconteceu algo extraordinário – ou seja, fora do ordinário, do comum,25000 211672000015000 13808 13974 Daily Organic Reach10000 Daily Viral Reach5000 0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
  • 78. 6/7. SAZONALIDADE SIMPLES /MINERAÇÃO DE DADOS(Monteiro e Azarite)Identificação das sazonalidades no volume de umdado, como menções à marca.
  • 79. 8. ANÁLISE POR CONCORRÊNCIA(Monteiro e Azarite)Quando um dado foge do padrão, é porqueaconteceu algo extraordinário – ou seja, fora doordinário, do comum, 0,5 0,45 0,4 0,35 0,3 Marca 0,25 Concorrente Direto 0,2 Concorrente Indireto 0,15 0,1 0,05 0 mar abr mai jun jul ago set out
  • 80. 9. EXPOSIÇÃO VERSUS VENDA /CLIENTE(Monteiro e Azarite)Comparação de indicadores Concorrente Cde mídias sociais comindicadores de mercadopermite analisar se oresultado está aquém ou Concorrente Balém do esperado. Share de Posts Próprios Share de Menções Concorrente A Market Share Marca 0 10 20 30 40
  • 81. 10. AUDIÊNCIA E RELEVÂNCIA DEAUTORES 0 5000 10000 15000(Monteiro e Azarite)Cruzamento da audiência de 5145influenciadores x menções à marca. Influenciador 1 6 730 Influenciador 2 5 12543 Audiência Influenciador 3 12 Postagens sobre a Empresa 7680 Influenciador 4 4 430 Influenciador 5 30
  • 82. PRODUÇÃO DO RELATÓRIOA produção do relatório é a etapaseguinte. Qualquer relatório deve seguir ospadrões:• Estrutura clara e consistente• Declaração Metodologia e Ferramentas• Âmbitos de Métricas e Métricas bem definidas (SMM Standards opcional)• Gráficos e Visualização de Dados• Informação Acionável durante o relatório e nas conclusões
  • 83. Visualização
  • 84. VISUALIZAÇÃO DEINFORMAÇÕESVisualização de informação são osconjuntos de técnicas gráficas ecomputacionais para comunicaruma mensagem.No campo dos negócios e dacomunicação, idealmente deve serutilizada como recurso analítico.
  • 85. VISUALIZAÇÃO DE INFORMAÇÕES
  • 86. TIPOS DE GRÁFICOS• Comparar um conjunto de valores• Relação entre pontos de dados• Definir partes de um todo• Localizar em mapas• Crescimento e decréscimo• Análise de texto
  • 87. COMPARANDO OSVALORESComparar um conjunto de valoresComparar dois ou mais valores é atarefa mais básica para umavisualização de informações. No mundodos negócios e comunicação:• Divisão de tipos de público-alvo• Distribuição de tipos de publicação• Interações realizadas
  • 88. COMPARANDO OSVALORESColunas– Separa em colunas os valores colocados;– Valores lineares;– Permite a fácil comparação entre valores numéricos;– Permite a inclusão de mais de uma Fonte: TecMundo categoria.
  • 89. COMPARANDO OSVALORESColunas– Também pode-se incluir os dados de mesma categoria na mesma coluna;– Esse formato pode ser útil para exibição de muitas categorias no mesmo gráfico;– Pode-se usar cones, cilindros ou Fonte: TecMundo pirâmides para fazer a representação.
  • 90. COMPARANDO OS VALORES - EIXO
  • 91. COMPARANDO OS VALORES - EIXO Participação dos Salários no PIB 60,00% 51,40% 49,20% 50,00% 46,30% 40,00% 30,00% 20,00% 10,00% 0,00% 1995 1996 1997 1998 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009
  • 92. COMPARANDO OSVALORESBarrasMuito semelhante ao de colunas;Valores lineares;Melhor para rótulos longos;Facilita a visualização de dados emuma linha temporal; Fonte: TecMundo
  • 93. COMPARANDO OSVALORESTem subtipos (também se aplicamaos de colunas):Barras agrupadas: grupo de barrasde mesma categoria;Barras empilhadas: uma barra quecontém dados de segmentos damesma categoria; Fonte: TecMundo
  • 94. ASPECTOSMenções por Aspectos 200 Durante o mês de outubro, a relação dos números de menções positivas, negativas e 180 neutros se manteve similar os meses 160 anteriores. Exceto por região do hotel, que tornou-se o aspecto mais citado, com menções 140 neutras a estabelecimentos que localizam-se Negativo próximos aos hotéis ibis e eventos nas 120 proximidades dos hotéis, utilizando-os como Neutro 100 referência. Positivo 80 Dentre os demais aspectos, destacaram-se o Atendimento, Valor, Wi-fi e Quartos, 60 divididos entre positivos e negativos, com 40 menor volume de menções neutras. 20 Serviço e Equipamentos/eletrodomésticos possuíram maioria negativa, com reclamações 0 Check-in Check-out Quartos Limpeza Equipamentos / eletros Serviço Valor Wi-fi Segurança Atendimento Conforto Região do hotel Restaurante do funcionamento dos artigos. Limpeza foi um dos aspectos que apresentou maior volume positivo, porém ainda possui reclamações em relação à manutenção dos quartos.
  • 95. ASPECTOSExemplos de Menções por Aspectos Atendimento Positivo 47% 43% Neutro Negativo 10% Check-in 20% Positivo Neutro 60% 20% Negativo Check-out Positivo 50% 50% Neutro Negativo 0%
  • 96. COMPARANDO OSVALORESRadarA forma depende da quantidade decategorias escolhidas;Quanto maior o valor de determinadacategoria, mais perto do vértice fica alinha;Capacidade de comparar várias sériesao mesmo tempo. Fonte: TecMundo
  • 97. RELAÇÃO ENTRE PONTOSDE DADOSDiagramas de redes, nos quais ospontos de dados são pessoas;Distribuição de entidades ao longode uma matriz.
  • 98. RELAÇÃO ENTRE PONTOSDE DADOSBolhaPermite analisar a concentração emuma determinada categoria;Quanto maior a bolha, maior aconcentração. Fonte: TecMundo
  • 99. RELAÇÃO ENTRE PONTOS DE DADOS
  • 100. DEFINIR PARTES DE UMTODOEntender um todo nas suas minúciaspode ser feito de forma rápida e fácilatravés de visualizações como Gráficode Pizza, Treemaps e outros.
  • 101. DEFINIR PARTES DE UM TODOPizza• Permite uma fácil visualização das partes de um todo;• Útil para comparação de dados porcentuais;• Pode tornar a visualização complicada Fonte: TecMundo para grande quantidade de dados ou dados com valores muito pequenos;• A versão 3D permite extrair as partes do todo facilitando a visualização de pequenas fatias.
  • 102. DEFINIR PARTES DE UM TODORosca• Muito semelhante ao gráfico pizza;• Também útil para partes de um todo;• A soma das partes é sempre 100%. Fonte: TecMundo
  • 103. LOCALIZAR EM MAPASLocalizar em mapas• Identificação de tendências geolocalizadas• Percepção demográfica dos públicos
  • 104. CRESCIMENTO E DECRÉSCIMOCrescimento e decréscimoA atribuição de eventos eacontecimentos a consequências nasmétricas é uma questão temporal.Medir dados antes e depois de ações,investimento e acontecimentos permiteavaliar e atribuir causas.
  • 105. CRESCIMENTO E DECRÉSCIMOÁreaÚteis para destacar mudanças eoscilações ao longo do tempo;A visualização dos dados é facilitadapelo preenchimento de toda área entreo eixo e a linha de oscilação; Fonte: TecMundoTambém pode ser empilhado.
  • 106. CRESCIMENTO E DECRÉSCIMOLinhaBons para representar sequencias dedados em intervalos de tempoconstantes;Permite a fácil comparação entre aevolução de diferentes séries;Permite a identificação de pontos deinflexão e ultrapassagem e Fonte: TecMundoidentificação de tendências.
  • 107. ANÁLISE DE TEXTOAnálise de textoProcessamento do conteúdo textual apartir de ocorrências ou estruturasrepetidas.Permite identificar padrões deargumentação, estilo ecomportamento.
  • 108. ANÁLISE DE TEXTOAnálise de textoProcessamento do conteúdo textual apartir de ocorrências ou estruturasrepetidas.Permite identificar padrões deargumentação, estilo ecomportamento.
  • 109. Produtos deInteligência
  • 110. PRODUTOS DEINTELIGÊNCIAProdutos de Inteligência sãodocumentos, apresentações,alertas, e-mails, relatos etc voltadosaos diferentes tipos de clientes.
  • 111. Longo Prazo Desempenho Insights de Marca Comparativo Codificação e análise Relatórios comporativos das conversações para para melhoria de insights de marca processosMédio Prazo Otimização da Análise de Insights de Produto Presença Online Desempenho Codificação e análise Estudos sobre horários, Análise de métricas de das conversações para conteúdo e atuação Audiência, Participação insights de produto e SentimentoCurto Prazo Relacionamento Ativo Benchmarking Rastreamento e Mapeamento e análise resposta de menções da presença da sobre marcas e produtos concorrência Operacional Tático Estratégico
  • 112. RELATÓRIO DERELACIONAMENTORelacionamento Ativo: SAC 2.0;Prospecção de Clientes; Resoluçãode Problemas.Estrutura• Metodologia• Número de Menções• Número e % de Interações• Relacionamento Ativo• Relacionamento Receptivo• Sentimento por Fase• Conclusões
  • 113. OTIMIZAÇÃO DA PRESENÇA ONLINERelatório que busca orientar analistas de mídiassociais, redatores e diretores de arte sobre osmelhores temas, formatos e horários.Estrutura• Metodologia e Amostra• Objetivos• Estudo de Horários• Comparativo Marca x Rede• Estudo de Tipo de Conteúdo• Taxa de Interação por Tipo• Matriz Horário + Conteúdo• Conclusões e Recomendações
  • 114. OTIMIZAÇÃO DAPRESENÇA ONLINEVariável – Tempo
  • 115. BENCHMARKING• Metodologia e Amostra• Presença Online Concorrentes/Referências• Métricas Comparativas Principais• Análise Concorrente/Referência [A, B, C, D...• Conclusões e Recomendações
  • 116. ANÁLISE DE DESEMPENHOEstrutura• Metodologia e Amostra• Métricas de Audiência• Métricas de Participação• Métricas de Reputação• Advogados, Detratores e Influenciadores• Menções, Polaridade e Destaque por Categorias• Destaques / Excertos• Análise e Recomendações
  • 117. DESEMPENHO COMPARATIVOEstrutura• Metodologia e Amostra• Métricas Comparativas de Audiência Métricas de Participação Comparativas• Métricas Comparativas de Imagem• Taxa Comparativa de Advogados, Detratores e Influenciadores• Destaques / Excertos• Análise e Recomenda
  • 118. INSIGHTS MARCA/PRODUTORelatório focado em entender como osconsumidores se relacionam com a marca. Osentimento e seus desdobramentos são avaliados.Estrutura• Metodologia e Amostra• Métricas Comparativas de Audiência Métricas de Participação Comparativas• Métricas Comparativas de Imagem• Taxa Comparativa de Advogados, Detratores e Influenciadores• Destaques / Excertos• Análise e Recomenda
  • 119. DÚVIDAS? COLABORAÇÕES?COMENTÁRIOS? RELATOS? ? QUESTÕES?
  • 120. REFERÊNCIAS• HUBBARD, Douglas. Como mensurar qualquer coisa. São Paulo: Qualitymark, 2009. 376p.• PAINE, Katie Delahaye. Measure What Matters: Online Tools for Understanding Customers, Social Media, Engagement, and Key Relationships. New Jersey: John Wiley & Sons, 2011.• SILVA, Tarcízio (org.). Para Entender o Monitoramento de Mídias Sociais. Editora Bookess, Online, 2012.• YANAZE, Mitsuru; FREIRE, Otávio; SENISE, Diego. Retorno de Investimentos em Comunicação: Avaliação e Mensuração. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2010.• SMM Standards• Research Methods – Data Analysis• Chart Suggestions - a thought-starter

×