Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 02)

3,526 views

Published on

Slideshow/apostila da aula 02 da disciplina Métricas em Mídias Sociais, realizada no MBA Gestão Estratégica da Comunicação de Mídias Sociais e Comunicação Digital. Fevereiro 2013.

Published in: Business

Métricas em Mídias Sociais - MBA Gestão Estratégica de Mídias Sociais (aula 02)

  1. 1. Métricas em Mídias Sociais Aula 02 Prof. Msc. Tarcízio Silva tarciziosilva.com.br
  2. 2. Prof. Tarcízio SilvaMestre em Comunicação e Cultura Contemporâneaspela linha de Cibercultura no PPGCCC-UFBa.Profissional especialista em monitoramento de mídiassociais e métodos de pesquisa digitais. Professorconvidado de MBAs e especializações.Pesquisador acadêmico com diversas publicações,incluindo a organização de livros como Para Entendero Monitoramento de Mídias Sociais e Mídias Sociais:Saberes e Representações.Experiência na implementação e coordenação desetores de inteligência em mídias sociais, atendendomarcas como Netshoes, rede AccorHotels, PernodRicard, Tic Tac, Vostu Social Games, Softwell Solutionsentre outras, além de campanhas políticas.
  3. 3. SumárioAula 01• O Desafio dos Dados• Mensuração e Métricas• Mensuração da Comunicação• Objetivos da Comunicação• Métricas Tradicionais e o Mercado da Audiência• Métricas para Web e Publicidade Digital• Sistematizações de Métricas em Mídias Sociais
  4. 4. SumárioAula 02• Métricas e Âmbitos de Métricas• Medindo Alcance e Impressões• Medindo Engajamento• Medindo Relevância e Influência• Medindo Opinião e Advocacia• Medindo Impacto e Valor
  5. 5. SumárioAula 03• Dos Dados ao Conhecimento• Etapas de um Projeto de Mensuração• Analisando Dados• Visualização• Produtos de Inteligência• Para Estudar Mais
  6. 6. Métricas e Âmbitos de Métricas
  7. 7. DADOS, MÉTRICAS, OBJETIVOS E KPISDados são aquelas unidades básicas que serãocoletadas para serem transformadas eminformação.Métricas são os indicadores coletados – ouprocessados – que são mais importantes paraseu trabalho.Ao se definir os Objetivos, é possível identificarquais métricas serão mais relevantes para seutrabalho e definir os KPIs que serão reportadosaos clientes.
  8. 8. KPIsKey Performance Indicators significa"Indicadores-Chave de Performance". Key PerformanceDiversos dados e métricas serão utilizadosna pesquisa, inteligência e monitoramento Indicadotoresdas mídias sociais.Mas os KPIs serão as métricas que serãoutilizadas como, literalmente, osindicadores de performance principais.Devem ser definidos em conjunto com ocliente.
  9. 9. CINCO ÂMBITOS DEMÉTRICAS Alcance e ImpressõesOs cinco âmbitos de métricas quesão prioridade para o SMM EngajamentoStandards abarcam a maior partedo trabalho em métricas de mídiassociais. Relevância e Influência Opinião e Advocacia Valor e Impacto
  10. 10. CINCO ÂMBITOS DEMÉTRICAS Alcance e ImpressõesUsar uma referência de padronizaçãointernacional permitirá: Engajamento• Organizar melhor as entregas• Ajudar a avançar o mercado, ao Relevância e Influência criar um efeito bola de neve• Apresentar consistência interna ao longo do tempo Opinião e Advocacia Valor e Impacto
  11. 11. OBJETIVOS E ÂMBITOS DE MÉTRICAS – AUDIÊNCIA EIMPRESSÕES Criar Audiência, investindo em alcance e impressões gera Consciência sobre o produto, marca ou serviçoAUDIÊNCIA, Mensagens criativas, ao podem conquistar a AtençãoALCANCE E de parte do públicoIMPRESSÕES Um público atento pode ter Interesse por conhecer mais Mensagens especializadas trazem Conhecimento e Informação ao consumidor
  12. 12. OBJETIVOS E ÂMBITOS DE MÉTRICAS - ENGAJAMENTO Percepção dos níveis de Interação a partir do EngajamentoENGAJAMENTO Engajamento enquanto operador da Expectativa Engajamento comparativo enquanto indicador da Preferência Identificação de alto grau de Fidelidade através do engajamento dos usuários
  13. 13. OBJETIVOS E ÂMBITOS DE MÉTRICAS – INFLUÊNCIA ERELEVÂNCIA Pessoas influentes são consultadas em momentos de DecisãoINFLUÊNCIA E A identificação de Ações geradas a partir de umaRELEVÂNCIA pessoa permite encontrar os influenciadores Análise da relevância dos stakeholders para medir o objetivo de dar Conhecimento/Informação
  14. 14. OBJETIVOS E ÂMBITOS DE MÉTRICAS – OPINIÃO EADVOCACIA Satisfação pode ser medida através da opinião nas mídias sociaisOPINIÃO E Advocacia leva à Disseminação de mensagensADVOCACIA positivas sobre a marca A Preferência pode ser medida por métricas de opinião como share de sentimento
  15. 15. OBJETIVOS E ÂMBITOS DE MÉTRICAS – VALOR E IMPACTO Expressão do Desejo como gerador de valor Disseminação gera valor e impacto através do boca-a-VALOR E bocaIMPACTO As Decisões e Ações de consumo representam valor e impacto dos esforços de comunicação
  16. 16. Medindo Alcance e Impressões
  17. 17. ALCANCE E IMPRESSÕESAlcance se refere à quantidade depessoas queleram/visualizaram/escutarampotencialmente ou efetivamente umamensagem.A métrica mais popular e clássica sãoas Impressões: número de vezes emque uma mensagem, anúncio,unidade de conteúdo ou página foicarregada.
  18. 18. AUDIÊNCIA PREVISTAA negociação entre organizaçõesde mídia e anunciantes é realizadaa partir de projeções de audiência,a partir de históricos.
  19. 19. AUDIÊNCIA MEDIDAA audiência medida é o nível destaefetivamente medido, mas semprea partir de parâmetros definidospelos players deste mercado
  20. 20. AUDIÊNCIA REALA audiência real, por sua vez, é opúblico exato de um produtomidiático. Quase nunca medidacom exatidão, é sujeita a diferentesinterpretações.
  21. 21. AUDIÊNCIA(S) NAS MÍDIAS SOCIAIS• Audiência Potencial de uma Mídia• Audiência Potencial de um Canal• Audiência de uma Mensagem / Unidade de Conteúdo
  22. 22. AUDIÊNCIA POTENCIAL DE UMAMÍDIA SOCIALApesar de muito utilizada em propostascomerciais, a audiência potencial deuma mídia social/site é extremamenteampla.Em cada mídia apenas uma pequenaparcela segue uma determinada marca,mesmo entre as maiores do país.Recomenda-se evitar seu uso para nãogerar expectativas erradas em clientes.
  23. 23. AUDIÊNCIAPOTENCIAL DEUMA MÍDIA SOCIAL
  24. 24. AUDIÊNCIA POTENCIAL DE UMCANAL/PROPRIEDADESOs canais/propriedades de umamarca/personalidade nas mídiassociais podem ser: um blog, uma fanpage (Facebook) ou um perfil (Twitter).Números como fãs e seguidorespodem representar a quantidade depessoas que já se interessaram peloconteúdo desta marca, mas nãorepresenta a audiência real de cadamensagem.
  25. 25. AUDIÊNCIA DE UMAMENSAGEM/UNIDADE DECONTEÚDOCada mídia social possui um tipo deunidade de conteúdo particular:postagem de blog, post de facebook,tweet, tópico em comunidade etc.Em parte delas, a audiência daunidade específica pode ser medida.
  26. 26. AUDIÊNCIA DE UMAMENSAGEM/UNIDADE DECONTEÚDO
  27. 27. AUDIÊNCIA DE UMAMENSAGEM/UNIDADE DECONTEÚDO x
  28. 28. VARIÁVEIS INTERVENIENTESNA AUDIÊNCIA• Qualidade e Relevância do Conteúdo• Força da Marca / Branding• Investimento em Mídia• Interesse do Público no Tema• Otimização para Buscas• Eventos Exógenos: Socio-ambientais; Políticos; Econômicos; etc• Variações Semanais / Sazonais
  29. 29. AUDIÊNCIA NO FACEBOOKPara se medir a audiência noFacebook, é possível utilizarferramentas gratuitas ou pagas paramaior detalhamento, tais como:• Facebook Insights• Quintly• Graph Monitor• Social Bakers• Ferramentas Plenas de Monitoramento
  30. 30. FACEBOOK INSIGHTSO Facebook Insights é o recurso deweb analytics próprio para fanpages nesta mídia social.Oferece dados sobre a páginacomo um todo, as publicações https://www.facebook.com/FacebookInsightsrealizadas e dados demográficosdos fãs.
  31. 31. FACEBOOK INSIGHTSAs possibilidades de análise doalcance, impressões e audiênciasão bastante amplas, como:• Análise do público que visualizou os posts• Publicações com maior número https://www.facebook.com/FacebookInsights de visualizações• Origem demográfica dos fãs• Gênero e Idade dos fãs• Distribuição de alcance orgânico, viral e pago
  32. 32. FACEBOOK INSIGHTS Um histórico é criado quando alguma pessoa: - curte a sua página, publica algo no O Facebook Insights é uma mural, curte, comenta ou compartilha publicações, responde a uma pergunta ou ferramenta do próprio Facebook evento, menciona a página, marca uma que fornece dados sobre as foto, faz check-in ou recomenda o seu páginas. Assim como ocorre na local maioria das ferramentas, os dados podem ser exportados e trabalhados no excel. O tamanho da bolhas significam a quantidade de publicações do dia.
  33. 33. FACEBOOK INSIGHTS Essa porcentagem é feita com base nos dados inseridos nos perfis dos usuários. As porcentagens não chegam a 100, já que nem todos especificam seu gênero. Públicos em destaque no exemplo: Essa informação baseia-se na configuração de idioma do Isso é feito com base no local usuário. de domicílio estimado do usuário.
  34. 34. FACEBOOK INSIGHTS É importante prestar atenção nos picos e em suas motivações investimentos de mídias são, quase sempre, os grandes motivadores
  35. 35. FACEBOOK INSIGHTS Mostra quantas pessoas viram qualquer conteúdo sobre a página e se essas pessoas foram alcançadas através de um canal orgânico, pago ou viral. Elas podem ver o conteúdo de uma página através de mais de um desses canais: a soma do alcance orgânico, pago ou viral pode ser muito maior que o alcance total da página. Quantidade de pessoas que viram seu conteúdo no Feed de Notícias, no recurso Novidades ou na página. Essa categoria inclui pessoas que curtiram ou que não curtiram a página. Número de pessoas únicas que viram um Anúncio ou Historia Patrocinada que direcionava para a página. O número de pessoas únicas que viram uma história sobre essa página publicada por um amigo. Essas histórias incluem opções Curtir na página, publicação no mural da página, comentários ou compartilhamentos de uma das publicações e outras ações relacionadas à página disponibilizadas aos amigos do fãs.
  36. 36. FACEBOOK INSIGHTS ABA 1 É importante prestar atenção nos picos e ABA 2 em suas motivações ABA 3 ORIGEM 1 ORIGEM 2 ORIGEM 3 ORIGEM 4
  37. 37. FACEBOOK INSIGHTS Atenção: Os dados de Gênero e Idade da página e do “Falando sobre isso” podem ser diferentes. Países e Cidades: Essa informação baseia-se no endereço de IP do usuário.
  38. 38. AUDIÊNCIA EM BLOGSPara se medir a audiência em blogs, asmelhores alternativas são asferramentas de web analytics, quepermitem a coleta de uma amplitudede métricas:• Google Analytics• Wordpress.com Stats• Omniture Fonte: WA Consulting
  39. 39. GOOGLE ANALYTICSO Google Analytics é aferramenta utilizada por mais dametade dos sites do mundo.Pode ser utilizada amplamenteem alguns tipos de mídias sociais(blogs e aplicativos) ou nos sites,lojas etc para analisar o impactodas mídias sociais.
  40. 40. GOOGLE ANALYTICS -APLICAÇÕESPara a análise de mídias sociaisproprietárias, como blogs eaplicativos sociais, o GoogleAnalytics oferece uma amplitudede dados e métricas.Aqui estamos falando de MídiaPrópria (Owned Media) e asmétricas de audiência sãoessenciais para blogs de sucesso.
  41. 41. GOOGLE ANALYTICS -APLICAÇÕES
  42. 42. GOOGLE ANALYTICS -APLICAÇÕES
  43. 43. GOOGLE ANALYTICS -APLICAÇÕES
  44. 44. GOOGLE ANALYTICS -APLICAÇÕES
  45. 45. GOOGLE ANALYTICS -APLICAÇÕES
  46. 46. GOOGLE ANALYTICS -APLICAÇÕESO impacto das mídias sociais naaudiência de outros tipos de sites,como sites corporativos, lojasonline, portais de notícia e afinstambém pode ser medido com oGoogle Analytics.Se trata do impacto da MídiaEspontânea (Earned Media).
  47. 47. GOOGLE ANALYTICS -APLICAÇÕES
  48. 48. WORDPRESS.COMSTATSPlugin para métricas simplesem blogs Wordpress.• Visualizações• Visitas por Origem• Visitas por Busca• Cliques nos links do blogA grande vantagem é arapidez para visualizar métricassimples.
  49. 49. WORDPRESS.COMSTATSExemplo da distribuiçãode cliques nos links doblog
  50. 50. AUDIÊNCIA YOUTUBEO YouTube Insights é uma ferramentade analytics disponível para canais.O YouTube Insights é uma ferramentade analytics disponível para canais,tqis como:• Exibições & Popularidade• Caminhos de entrada• Dados demográficos• Hot Spots
  51. 51. AUDIÊNCIA YOUTUBE VISÃO GERAL A Visão Geral do YouTube Insights possibilita a visualização de dados do Canal. Ao selecionar um vídeo publicado, podemos entrar em contato com relatórios NOME DO personalizados. USUÁRIO Campo de Pesquisa para a busca de Vídeos do Canal. Variação líquida de inscritos: a diferença no total de inscritos, resultado da subtração do número de inscritos perdidos do número de novos inscritos para o período e região selecionados.
  52. 52. AUDIÊNCIA YOUTUBE VÍDEO 1 VÍDEO 2DEMOGRÁFICOS VÍDEO 3 DADOS VÍDEO 4 VÍDEO 5 VÍDEO 6 LOCAIS DE REPRODUÇÃO ORIGENS DO TRÁFEGO VÍDEO 7 VÍDEO 8 VÍDEO 9 VÍDEO 10
  53. 53. AUDIÊNCIA YOUTUBEVISÃO DETALHADA
  54. 54. AUDIÊNCIA NO TWITTERO Twitter disponibiliza poucos dados deaudiência. As ferramentas apresentamgraus diferentes de detalhe sobre aaudiência e alcance das mensagens:• Tweetreach• Crowdbooster• Sequaz• Followerwonk
  55. 55. TWEETREACHFerramenta para análise de impactono Twitter.Gratuitamente, analisa apenas osúltimos 50 tweets. https://tweetreach.com/Cada report = 20 dólares oumensalidade a partir de 89 dólares.
  56. 56. TWEETREACH
  57. 57. TWEETREACH
  58. 58. SEQUAZFerramenta brasileira de análise decontas Twitter, seus seguidos eseguidores.http://sequaz.com
  59. 59. SEQUAZ• Analisar porcentagem ativa dos seguidores• Identificar, de forma panorâmica, o perfil médio dos seguidores• Descobrir a localização dos seguidores• Identificar seguidores influentes
  60. 60. SEQUAZ
  61. 61. FOLLOWER WONKO Follower Wonk é um aplicativo deanálise de perfis e dados no Twitter queganha destaque e está sendoaprimorado.Hoje oferece diversas possibilidades deanálise dos perfis, conteúdo e seusseguidores, assim como comparações.
  62. 62. FOLLOWER WONKSearch Twitter bios: permite procurar por palavras-chave nas biosde usuários do TwitterCompare users: permite comparar diversos dados e visualizar listasde seguidos e seguidores de até três perfis simultaneamenteAnalyze followers: gera análise do total ou amostragem deseguidos e seguidores de um perfil em diversas variáveis e osdistribui em porcentagensTrack and Sort Followers: recursos pro que permite rastrear dadose organizar os seguidores de acordo com diversas métricas
  63. 63. FOLLOWER WONKAtravés de gráficos de Venn, oFollower Wonk mostra visualmente adiferença na quantidade deseguidos e seguidores e, maisimportante, a quantidade que écompartilhada pelos perfis sendocomparados.Os seguidores na sobreposiçãoestão recebendo conteúdo etweets de ambos concorrentes. Ouseja, pode ser o tipo de consumidormais informado e menos fiel.
  64. 64. FOLLOWER WONK
  65. 65. STATIGRAMO Statigram é uma ferramenta paravisualização, gerenciamento eanalytics para perfis Instagram. http://statigr.am
  66. 66. STATGRAM http://statigr.am
  67. 67. Medindo Engajamento
  68. 68. ENGAJAMENTOO Engajamento é uma das buzzwords maisgastas no marketing. Porém, quandoutilizada de forma coerente, trazbenefícios.Katie Paine define engajamento como"uma ação que vai além do consumo damensagem".Definição bastante ampla, como amaioria das definições em comunicação,mas o que importa é comooperacionalizar o engajamento.
  69. 69. ENGAJAMENTO DECONSUMIDORESOs consumidores pode estar maisou menos engajado com umdeterminado tema, marca, página,perfil etc.Existem diversas medidas deengajamento do consumidor. Demodo geral, identificar os maisengajados permite encontrarpessoas que sejam relevantes paraa marca.
  70. 70. ENGAJAMENTO EM UMCANAL / CONTEÚDOA média de engajamento de umcanal e suas modalidades deconteúdo podem ser um dos KPIsdo canal e ainda gerar muitasinformações para a melhoriacontínua da atuação.
  71. 71. ENGAJAMENTO NO TWITTERO Engajamento no Twitter pode sermedido de diversos modos, como:• Crowdbooster• Favstar.fm• Ferramentas de Monitoramento
  72. 72. CROWDBOOSTERFerramenta para análise e publicaçãoem mídias sociais.Planos a partir de 8 dólares (1 página https://crowdbooster.comFB e 1 perfil TW).
  73. 73. CROWDBOOSTER
  74. 74. CROWDBOOSTER
  75. 75. CROWDBOOSTER
  76. 76. CROWDBOOSTER
  77. 77. FAVSTAR.FMFerramenta para analisar quaistweets foram mais favoritos em umperfil Twitter.
  78. 78. ENGAJAMENTOFACEBOOK
  79. 79. ENGAJAMENTOFACEBOOK
  80. 80. FAVSTAR.FM
  81. 81. FACEBOOK INSIGHTSO Facebook Insights oferece diversasmétricas que podem ser associadas aoengajamento, tais como: • Interações (Curtir, Comentários, Compartilhamentos) • Clicks, Visualizações de Imagens e Plays • Taxa de Usuários Engajados • Feedback Negativo e taxa de Feedback Negativo • "Pessoas Falando sobre Isto"
  82. 82. QUINTLY• Coleta dados de páginas Facebook e faz comparações;• A conta gratuita permite o acompanhamento de até 3 http://www.quintly.com páginas do Facebook;• Envia relatórios semanais com as taxas de crescimento das páginas analisadas;• Para Engajamento, facilita a comparação através de métricas de interação.
  83. 83. QUINTLY
  84. 84. QUINTLY
  85. 85. GRAPH MONITOR• Ferramenta brasileira de análise competitiva de presença no Facebook;• Faz comparações com páginas do segmento para oferecer notas de performance.• Analisa Crescimento, Conteúdo, http://graphmonitor.com/dashboard Engajamento e Fãs.
  86. 86. GRAPH MONITOR
  87. 87. GRAPH MONITOR
  88. 88. GRAPH MONITOR
  89. 89. ENGAJAMENTO NO YOUTUBEO YouTube Insight permite identificaralgumas métricas de engajamento, taiscomo:• Likes / Dislikes http://www.youtube.com/t/advertisin• Favoritos g_insight• Adição a playlists• Incorporação e linkagem
  90. 90. ENGAJAMENTO NO YOUTUBE
  91. 91. VISÃO DETALHADA Descubra mais sobre o YouTube Insights em: http://support.google.com/youtube/b in/static.py?hl=pt- BR&topic=1728599&guide=171416 9&page=guide.cs VÍDEO 1 VÍDEO 2 VÍDEO 3 VÍDEO 4 VÍDEO 5 VÍDEO 6 VÍDEO 7
  92. 92. ENGAJAMENTO EM BLOGO engajamento em blogs pode sermedido através de métricas como:• Número e qualidade de comentários• Compartilhamentos de links do blog em outras mídias sociais• Favoritamentos e links recebidos
  93. 93. PLUGIN SOCIAL METRICS• Plugin Gratuito• Permite exportar dados na versão Pro, com licença para um site por 27 http://socialmetricspro.com dólares ou ilimitada por 47 dólares
  94. 94. PLUGIN SOCIAL METRICS
  95. 95. Medindo Relevância eInfluência
  96. 96. RELEVÂNCIA E INFLUÊNCIARelevância e Influência são dois conceitosaltamente imbricados.Podemos dizer que Relevância é aadequação de uma mensagem adeterminado público. Pessoas ou canaisrelevantes são sempre relativos: sãorelevantes para um público mas não sãopara outro.
  97. 97. RELEVÂNCIA NO FACEBOOKO conceito de Relevância noFacebook é um dos principaisformatadores do fluxo de informaçõesnaquela rede.O Facebook utiliza um algoritmo,chamado Edge Rank, para definir oque aparece mais ou menos nastimelines de cada pessoa.
  98. 98. RELEVÂNCIA NOFACEBOOK Afinidade: um Peso: importância Declínio Temporal: índice que leva em atribuída àquele tipo conteúdos mais conta o histórico de conteúdo (texto, recentes e tendo de interações imagem, vídeo etc) recebido interações entre perfil-perfil ou tem para o usuário em mais recentes são mais página-perfil. particular. provavelmente exibidos.
  99. 99. EDGERANKCHECKER www.edgerankchecker.com
  100. 100. EDGERANKCHECKER www.edgerankchecker.com
  101. 101. O QUE É UMINFLUENCIADOR?“Uma pessoa que tem umalcance ou impacto maior quea média de suas opiniões emum mercado específico” -WOMMA
  102. 102. INFLUÊNCIA NA WEB SOCIAL(Geoff Livingston)
  103. 103. Fluxos da Influência (Philip Sheldrake)1. Sua marca faz comunicação para alcançar os indivíduos2. Os indivíduos conversam entre si sobre suas marcas3. Os indivíduos demandam informação e criam sobre sua marca4. Concorrentes buscam alcançar os indivíduos5. Os indivíduos conversam entre si sobre concorrentes6. Os indivíduos demandam informação e criam sobre os concorrentes
  104. 104. ELEMENTOS DAINFLUÊNCIA
  105. 105. ELEMENTOS DA INFLUÊNCIAALCANCEPopularidade: ser admirado, curtido ou apoiadopor muitas pessoas.Proximidade: a localização de um indivíduo élevada em consideração quando o efeito énecessário em um ambiente específico.Prontidão/Iniciativa: ter iniciativa em umacomunidade aumenta o apreço recebido e aprobabilidade de colaboração e ação.
  106. 106. ELEMENTOS DAINFLUÊNCIA
  107. 107. ELEMENTOS DA INFLUÊNCIARESSONÂNCIAFrequência: a taxa em que um objeto social, tópicoou pessoa se materializa nos fluxos de informação.Período: a duração em que a mensagem fica visíveldepois de sua aparição inicial.Amplitude: o nível de engajamento dentro de umarede.
  108. 108. ELEMENTOS DA INFLUÊNCIARELEVÂNCIAAutoridade: valor recebido depois de investimentocognitivo em determinado tópico, através dereconhecimento.Confiança: crença firme na confiabilidade,precisão, habilidade ou poder de alguém.Afinidade: empatia ou predisposição a gostar dealguém ou alguma marca.
  109. 109. PROCESSO DAINFLUÊNCIA
  110. 110. TIPOS DE INFLUENCIADORES• Autoridade• Experts Institucionais• Elite de Mídia• Elite Cultural• Conectados Socialmente
  111. 111. COMO IDENTIFICAR UMINFLUENCIADOR NAS MÍDIASSOCIAIS?Táticas:• Pessoas muito mencionadas como fonte de informação;• Pessoas com ideias muito disseminadas;• Pessoas com grande alcance potencial;• Pessoas engajadas em torno de um tema, tópico ou causa;• Pessoas altamente conectadas com o público de interesse.
  112. 112. COMO IDENTIFICAR UMINFLUENCIADOR NAS MÍDIASSOCIAIS?Ferramentas:• Rankings (Klout, PeerIndex etc);• Buscadores (Topsy, Seekr Search);• Ferramentas de Monitoramento Pleno (Scup, Seekr, Livebuzz);• Surveys e Pesquisa de Mercado;• Análise Estrutural de Redes Sociais (NodeXL).
  113. 113. RANKINGS DE PRESENÇAONLINEFerramentas de rankeamento depresença online procuram categorizare dar notas a indivíduos eorganizações, oferecendo os outputs:• Nota/Ranking de influência• Tipos de Atuação• Temas de Influência• Influenciadores / Influenciados
  114. 114. KLOUTFerramenta que busca ser opadrão internacional para análisede influência nas mídias sociais.Coleta dados de mais de umadúzia de fontes e oferece váriostipos de métricas e categoriasúteis.Sua métrica de influência foiincorporada por diversasferramentas de monitoramentocomo padrão para classificar osusuários.
  115. 115. KLOUT
  116. 116. PEERINDEXConcorrente do Klout, temmuitos recursos semelhantescomo o ranking geral eatribuições de tópicos aosusuários. http://www.peerindex.com
  117. 117. PEERINDEXLista de influenciadorese influenciados por umperfil.
  118. 118. PERKS - KLOUT
  119. 119. PERKS - PEERINDEX
  120. 120. KLOUT E PEERINDEX NOMONITORAMENTODiversas ferramentas demonitoramento permitem vermétricas de influência, como oKlout Score, integradas nainterface.
  121. 121. BUSCADORESSEGMENTADOSBuscadores segmentados permitemencontrar pessoas muitomencionadas e/ou com poder derepercussão.
  122. 122. TOPSYBuscador em diversas mídias, comfoco no Twitter. http://topsy.com/Recurso de busca por "Experts"calcula volume e repercussão paraidentificar os influenciadores.Limitado e impreciso, não deve serúnica fonte.
  123. 123. TOPSY
  124. 124. SEEKR SEARCH / SOCIALMENTION / KURRENTLYBuscadores focados em mídiassociais.
  125. 125. SEEKR SEARCH
  126. 126. SOCIAL MENTION
  127. 127. RAZÕES PARA ENCONTRAROS INFLUENCIADORES• Identificar inícios de crises• Saber o que se fala sobre o ambiente competitivo• Desenvolver campanhas de relacionamento
  128. 128. CAMPANHAS COMINFLUENCIADORES
  129. 129. CAMPANHAS COMINFLUENCIADORES
  130. 130. BANCO DEINFLUENCIADORESUm banco de influenciadores podeser uma ferramenta útil paraidentificar quem são as pessoasque interferem na opinião daspessoas sobre sua marca, produtoou mercado.
  131. 131. BANCO DE INFLUENCIADORES - BUSCAR• Coletar de três a seis meses de dados em uma ferramenta de monitoramento• Google News e buscadores de forma regular para encontrar e listar• Tabular numa planilha• Deletar duplicadas e o que for irrelevante• Criar colunas com variáveis: data, fonte, autor, assunto• Número de comentários/interações em cada• Adicionar métricas
  132. 132. BANCO DE INFLUENCIADORES -ARMAZENAR
  133. 133. BANCO DE INFLUENCIADORES -VERIFICAR• Ao final do período de pesquisa, fazer uma triagem• Conferir quais "influenciadores em potencial" permanecem gerando notícias e discussões sobre o tema• Identificar quais citaram a organização ou algum stakeholder interno• Analisar se o tom das mensagens estão próximas do que a organização procura• Manter e consultar a lista como tática
  134. 134. Medindo Opinião e Advocacia
  135. 135. OPINIÃO E ADVOCACIAUma das principais "revoluções" da web 2.0 e dasmídias sociais é a chamada liberação do pólo deemissão.Qualquer pessoa com acesso a tecnologiasdigitais, internet e motivação pode emitir opiniõesatravés de textos, áudio, vídeos etc. As própriasredes decidem o que ganha popularidade ou ficaesquecido.Neste contexto, o marketing boca-a-boca, sejapositivo ou seja negativo, ganhou muito maisimportância e visibilidade.
  136. 136. OPINIÃO E ADVOCACIAAs pessoas emitem opiniões sobre seussentimentos, avaliação e ideias sobreacontecimentos, produtos, marcas, serviços,organizações, políticos etc.Em alguns casos, estas opiniões sãorealizadas por pessoas mobilizadas cominclinação de sentimento. Chama-seAdvocacia a mobilização positiva ounegativa em relação a algo.
  137. 137. IDENTIFICANDO OPINIÕESNAS MÍDIAS SOCIAISO monitoramento de mídias sociaissurgiu para permitir o relacionamentode empresas com clientes e uma novamodalidade de inteligência demercado através das mídias sociais.Hoje é um mercado com grandedemanda e amplas aplicações emdiversos países do mundo.
  138. 138. MONITORAMENTO DE MÍDIASSOCIAIS"O Monitoramento de Mídias Sociaisconsiste na coleta, armazenamento,classificação, categorização, adiçãode informações e análise de mençõesonline públicas a determinado(s)termo(s) previamente definido(s) e seusemissores" (SILVA, 2010).
  139. 139. MONITORAMENTO DE MÍDIASSOCIAISQuando se fala de Monitoramento deMídias Sociais, o foco é maisqualitativo, voltado especialmente Produto Praçapara analisar o boca a boca.Dados qualitativos, nas mídias sociais,devem ser interpretados a partir doconteúdo publicado pelos indivíduos. Preço PromoçãoO panorama dos 4Ps do marketing nosdá uma ideia deste conteúdo.
  140. 140. MONITORAMENTO DEMÍDIAS SOCIAISObjetivos:(a) identificar e analisarreações, sentimentos edesejos relativos a produtos,entidades e campanhas;(b) conhecer melhor ospúblicos pertinentes;(c) realizar ações reativas epró-ativas para alcançar osobjetivos da organização oupessoa.
  141. 141. MONITORAMENTO DEMÍDIAS SOCIAIS(a) identificar e analisarreações, sentimentos edesejos relativos a produtos,entidades e campanhas;
  142. 142. MONITORAMENTO DEMÍDIAS SOCIAIS(b) conhecer melhor ospúblicos pertinentes;
  143. 143. MONITORAMENTO DE Planejamento eMÍDIAS SOCIAIS Desenvolvimento de Estratégias(c) realizar ações reativas epró-ativas para alcançar osobjetivos da organização ou Monitoramento Produção depessoa Conteúdo Relacionamento
  144. 144. MONITORAMENTO DEMÍDIAS SOCIAIS Qual o foco do monitoramento?As principais aplicações para SAC ou Relacionamento 55,49%o monitoramento de mídias Analisar Desempenho 53,30%sociais apontadas em recente Analisar Imagem/Reputaçãoestudo são: Analisar 65,93%Imagem/Reputação (65,9%), Comparação com Concorrentes 46,70%Estudos de Conteúdo (56%) e Estudos de Conteúdo 56,04%SAC ou Relacionamento Pesquisa/Planejamento(55,4%). 54,40%
  145. 145. FERRAMENTAS PLENAS DEMONITORAMENTOO Monitoramento de Mídias Sociais éidealmente realizado por profissionaiscapacitados em interpretar os dados etransformá-los em conhecimento, como apoio de softwares plenos demonitoramento, como Scup, Seekr,SocialMetrix, Livebuzz, E.Life monitor,Radian6, UberVU e outros.
  146. 146. FERRAMENTAS PLENAS DEMONITORAMENTOScupLíder no monitoramento no país, plataforma horizontal.Ferramentas de relacionamento e SAC embutidas.Métricas de alcance dos emissores cobrado através de“Plugin de Abrangência”.Recurso Identificador Social permite coletar dados debases de e-mail.Está desenvolvendo uma metodologia e certificação emmonitoramento, Social Methodology Center.Principal ponto negativo é o modo de cobrança, quecalcula uma busca em cada mídia.
  147. 147. SCUP scup.com.br
  148. 148. FERRAMENTAS PLENAS DE MONITORAMENTOSeekrSoftware brasileiro de monitoramento, criado pela InMeta.Número grande de mídias coletadasOpção de inserção manual de mençõesDistribuição prévia de número de menções por ambientePlataforma de CRMProblemas:Usabilidade ainda inferior às concorrentesMétricas de Alcance inexatas e confusas
  149. 149. FERRAMENTAS PLENAS DE MONITORAMENTO
  150. 150. Medindo Impacto e Valor
  151. 151. SEIS MODOS DEMEDIR IMPACTOFINANCEIRO Fonte: Social Media ROI Cookbook
  152. 152. SEIS MODOS DE MEDIR IMPACTO FINANCEIRO Fonte: Social Media ROI Cookbook
  153. 153. EXEMPLOS / ANEDOTA • Utilizar exemplos de compras ou leads gerados pelas mídias sociais • Abarca: • Compras/leads gerados por outros fatores, mas expressas nas mídias sociais • Compras/leads causadas pela comunicação nas mídias sociais eFonte: Social Media expressas aliROI Cookbook • Mas não abarca compras geradas pelas mídias sociais, mas que o consumidor não as declarou
  154. 154. EXEMPLOS / ANEDOTA - MENÇÕES
  155. 155. CORRELAÇÃO • Comparação de duas fontes de dados, sendo uma métrica de mídia social e um KPI de negócios • Permite identificar possíveis relações entre investimento em comunicação e objetivos de negócio • Lembrar: correlação não é causalidade • Por ser manual, requer analistas com experiência e background estatístico para ser preciso Fonte: Social Media ROI Cookbook
  156. 156. CORRELAÇÃO Exemplos: • Anúncios CPM x Visitas à Loja • Número de novos likes x aumento de ligações • Conversações nas mídias sociais x share de mercado • Audiência total nas mídias sociais x Lembrança de marca Fonte: Social Media ROI Cookbook
  157. 157. CORRELAÇÃO Comparação entre share de mercado de luxo e de advogados de marca durante 2009-10
  158. 158. TESTES • Testes multi-variados consistem em analisar os resultados de uma ou mais variáveis em determinado grupo, comparando-o a outro grupo sem a presença destas variáveis • Difícil de controlar as variáveis • Manual, não escalável Fonte: Social Media ROI Cookbook
  159. 159. LINKS E TAGGINGS • Uso de links com urls personalizadas • Associado à ferramentas de web analytics permitem identificar as origens e impactos provenientes das mídias sociais • Já estabelecido no mercado, é de fácil compreensão para os clientes experientes • Só funciona para Mídia Própria • Não leva em conta outras variáveis Fonte: Social Media ROI Cookbook
  160. 160. LINKS E TAGGINGS– URL BUILDER
  161. 161. LINKS E TAGGINGS
  162. 162. PLATAFORMAINTEGRADA • Altamente mensurável (se a conversão acontecer no app • Requer investimento em desenvolvimento e compra • Ajuda a gerenciar complexidade • As métricas podem ser inconsistentes com outras métricas Fonte: Social Media ROI Cookbook
  163. 163. PLATAFORMAINTEGRADA Fonte: Social Media ROI Cookbook
  164. 164. COMÉRCIO DIRETO • Adição de recurso de loja própria ou storefront nas mídias sociais • Relativamente populares no Facebook, através de aplicativos sociais • Alguns blogs possuem recursos do tipo • As vantagens são a rapidez e comodidade para ajudar o usuário • Questões de confiabilidade deixam o consumidor menos seguro, elemento-chave no e-commerce • Altamente mensurável • Medição limitada se não se expandir para todas as fases do engajamento Fonte: Social Media ROI Cookbook
  165. 165. COMÉRCIO DIRETO
  166. 166. COMÉRCIO DIRETO
  167. 167. DÚVIDAS? COLABORAÇÕES?COMENTÁRIOS? RELATOS? ? QUESTÕES?
  168. 168. REFERÊNCIAS• SMM Standards• NAPOLI, Philip. Audience Economics: Media Institutions and the Audience Marketplace. New York: Columbia University Press, 2003.• PAINE, Katie Delahaye. Measure What Matters: Online Tools for Understanding Customers, Social Media, Engagement, and Key Relationships. New Jersey: John Wiley & Sons, 2011.• SILVA, Tarcízio (org.). Para Entender o Monitoramento de Mídias Sociais. Editora Bookess, Online, 2012.• YANAZE, Mitsuru; FREIRE, Otávio; SENISE, Diego. Retorno de Investimentos em Comunicação: Avaliação e Mensuração. São Caetano do Sul: Difusão Editora, 2010.• What is a good Engagement Rate on a Facebook Page?• The Rise of Digital Influence• The Social Media ROI Cookbook• The Complete Facebook Success Formula Every Marketer Should Know• Social Media ROI: Advocacy for BMW

×