Your SlideShare is downloading. ×
18001
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

18001

454

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
454
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
26
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST LOCAL
  • 2. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST Evolução Histórica ⇒ BS 8800 (BSI) ⇒ Safety Cert (BVQI) ⇒ SMS 8800 (LQRA) ⇒ ISA 2000 (SGS + ISMOL) ⇒ OHSHS (DNV) ⇒ NSAI SR 320 (NSAI) ⇒ AS/NZ 4801 (AS + NZ) ⇒ UNE 81900 (AENOR)
  • 3. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST Evolução Histórica (cont.) Reunião do ISO TMB (Genebra, 27 e 28 de Janeiro de 1997) “O TMB decidiu não empreender, de momento, nenhuma acção, para iniciar actividades da ISO no domínio da normalização de Sistemas de Gestão da Segurança e Saúde Ocupacional”
  • 4. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST Evolução Histórica (cont.) Entre 1998 e 1999 •BSI •BVQI •ISMOL •SGS •NSAI •DNV •SFS •ICS •SA •SABS •SNZ •AENOR •SIRIM •LQRA OHSASOHSAS 18 00118 001
  • 5. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST Política S&SO Planeamento Implementação e Operação Verificação e Acções Correctivas Revisão pela Direcção Melhoria Contínua Elementos de Sistema de Gestão de S & SO
  • 6. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST Política S&SO Revisão pela Direcção Auditoria Feedback da Medição de Performance Planeamento •Compromisso com a melhoria contínua •Documentada, implementada e mantida •Compromisso de cumprimento da legislação •Apropriada à natureza e escala dos Riscos •Disponível para as partes interessadas POLÍTICA S&SO
  • 7. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST Planeamento Política S&SO Auditoria Feedback da Medição de Performance Implementação e Operação •Identificação e avaliação de riscos •Requisitos legais e outros requisitos •Objectivos •Programa de gestão de S&SO PLANEAMENTO
  • 8. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST Planeamento Auditoria Feedback da Medição de Performance Verificação e Acções Correctivas •Estrutura e responsabilidade •Formação, sensibilização e competência •Consulta e comunicação •Documentação •Controlo de documentos e dados •Controlo operacional •Prevenção e resposta a emergências IMPLEMENTAÇÃO E OPERAÇÃO Implementação e Operação
  • 9. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST Implementação e Operação Auditoria Feedback da Medição de Performance Revisão pela Direcção VERIFICAÇÃO E ACÇÕES CORRECTIVAS Verificação e Acções Correctivas •Monitorização e medição do desempenho •Acidentes, incidentes, não conformidades e acções correctivas e preventivas •Registo e gestão de registos •Auditoria
  • 10. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST Verificação e Acções Correctivas Factores Internos Factores Externos Politica Revisão pela direcção Política S&SO Planeamento Implementação e Operação Verificação e Acções Correctivas Revisão pela Direcção Melhoria Contínua
  • 11. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.2 POLÍTICA SST Deve existir uma política de SST, autorizada (aprovada) pelo mais alto nível da organização, que indique claramente os objectivos globais da Segurança e Saúde, e um compromisso para o respectivo desempenho. A política deve: a) ser apropriada à natureza e à escala dos riscos de SST da Organização; b) incluir um compromisso de melhoria contínua; c) incluir o compromisso para, no mínimo, cumprir a legislação de SST em vigor aplicável à Organização, e dar cumprimento às demais exigências que a Organização subscreva; d) ser documentada, implementada e actualizada; e) ser comunicada a todos os trabalhadores, com a intenção que fiquem cientes das suas obrigações individuais em matéria de SST; f) estar disponível para as partes interessadas; e g) ser periodicamente revista para garantir que continua a ser relevante e adequada para a Organização.
  • 12. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.3 PLANEAMENTO 4.3.1 Identificação de Perigos e Avaliação e Controlo de Riscos A organização deve estabelecer e manter procedimentos para a identificação dos perigos, avaliação de riscos e a implementação das medidas de controlo necessárias, de forma sistemática. Estes procedimentos devem incluir : −actividades de rotina e ocasionais; −actividades de todo o pessoal que tem acesso ao local de trabalho (incluindo prestadores de serviços e visitantes); −instalações onde existam postos de trabalho (tanto da organização como de terceiros). A organização deve assegurar-se que os resultados destas avaliações e os efeitos destes controlos são considerados quando estabelecer os seus objectivos de SST. A organização deve documentar e manter esta informação actualizada.
  • 13. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.3.1 Identificação de Perigos e Avaliação e Controlo de Riscos (cont.) A metodologia da organização para a identificação de perigos e avaliação e controlo de riscos deve: –ser definida tendo em conta o âmbito, natureza e tempo para garantir a proactividade em vez da reacção; –estabelecer formas para a classificação dos riscos e identificação daqueles que são para ser eliminados ou controlados por medição como está definido nos pontos 4.3.3 e 4.3.4.; –ser consistente com a experiência operacional e com a capacidade de controlo e medição de riscos implementada; –prover-se de dados para determinação dos requisitos das instalações, identificação de necessidades de formação e/ou desenvolvimento do controlo operacional; –prover-se para a monitorização das acções requeridas garantido a eficácia e a oportunidades para a sua implementação.
  • 14. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.3.2 Requisitos legais e outros requisitos A organização deve estabelecer e manter procedimentos para identificar e ter acesso à legislação e a outros requisitos de SST que lhe são aplicáveis. A organização deve manter essa informação actualizada. Deve comunicar as informações pertinentes sobre requisitos legais e outros requisitos aos seus trabalhadores e às outras partes interessadas 4.3.3 Objectivos A organização deve estabelecer e manter Objectivos de SST documentados, em cada nível e função relevante da organização.
  • 15. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.3.3 Objectivos (cont.) Ao estabelecer e rever os seus objectivos, a organização deve considerar os requisitos legais e outros requisitos, os perigos e riscos de SST, as suas opções tecnológicas, os seus requisitos financeiros, operacionais e de negócios, bem como a posição das partes interessadas. Os objectivos devem ser consistentes com política de SST, incluindo o compromisso com a melhoria contínua. Exemplo: Objectivo Indicador Meta Redução da sinistralidade laboral Índice de frequência dos acidentes de trabalho Redução em 10% em relação ao ano anterior
  • 16. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.3.4 Programa(s) de Gestão da SST A organização deve estabelecer e manter programa(s) de gestão da SST para atingir os seus objectivos. Esse(s) programa(s) deve(m) incluir a documentação para: a) atribuição de responsabilidades e autoridades em cada função e nível pertinente da organização, visando atingir os objectivos; e b) os recursos e o prazo dentro do qual os objectivos devem ser atingidos. O(s) programa(s) de gestão da SST deve(m) ser revistos em intervalos planeados e regulares. Deve(m) ser alterado(s), onde e quando necessário, para responder a alterações nas actividades, produtos, serviços ou condições operacionais da organização.
  • 17. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.3.4 Programa(s) de Gestão da SST (cont.) Política Objectivo Meta Prevenção de riscos profissionais Minimizar a exposição ao ruído Exposição do Lep’d < 85 dB(A) Acção Recursos Responsável Instalar barreiras acústicas 12.000 €uros Chefe do Departamento Conclusão Março de 2002
  • 18. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.4 IMPLEMENTAÇÃO E OPERAÇÃO 4.4.1 Estrutura e Responsabilidade As funções, responsabilidades e autoridades de todo o pessoal que gere, executa e verifica actividades que têm influência sobre os riscos de SST das actividades, instalações e processos da organização, devem ser definidas, documentadas e comunicadas, afim de facilitar a eficácia da gestão da SST. A responsabilidade final pela SST é da alta administração que deve ao seu mais alto nível nomear um dos seus membros, com responsabilidade específica para assegurar que o SGSST está adequadamente implementado e responde em todos os locais de operação dentro da organização. A administração deve providenciar os recursos necessários para a implementação, controlo e melhoria do SGSST.
  • 19. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.4.1 Estrutura e Responsabilidade (cont.) O representante da administração da organização deve ter funções, responsabilidades e autoridade documentada para: a) assegurar que os requisitos do SGSST são definidos, implementados e mantidos, em conformidade com a especificação; b) reportar à administração o desempenho do SGSST para a revisão e como base para a melhoria do SGSST A Administração deve demonstrar o seu compromisso para a melhoria contínua do desempenho da SST.
  • 20. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.4.2 Formação, Sensibilização e competência O pessoal deve ser competente para desempenhar as tarefas que possam ter impacto sobre a SST. A competência deve ser definida em termos de educação apropriada, formação e/ou experiência. A organização deve estabelecer e manter procedimentos para assegurar que os seus trabalhadores que tenham funções relevantes estejam conscientes: –da importância da conformidade com a política e procedimentos de SST e com os requisitos do sistema; –as consequências reais ou potenciais para a SST das actividades do seu trabalho e os benefícios da SST decorrentes da melhoria do seu desempenho pessoal; –das suas funções e responsabilidades para atingir a conformidade com a política e procedimentos de SST, e com os requisitos do SGSST, inclusive os requisitos de prevenção e resposta a emergências (ver 4.4.7); –das potências consequências da inobservância dos procedimentos operacionais especificados.
  • 21. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.4.2 Formação, Sensibilização e competência (cont.) Os procedimentos de formação devem ter em conta os diferentes níveis de : -responsabilidade, capacidade e literacia; e -risco. 4.4.3 Consulta e Comunicação A organização deve possuir procedimentos que permitam garantir que a informação pertinente sobre SST seja comunicada de e para os trabalhadores e partes interessadas.
  • 22. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.4.3 Consulta e Comunicação (cont) Os procedimentos para a participação e consulta dos trabalhadores devem estar documentados e as partes interessadas devem ser informadas. Os trabalhadores devem: -ser envolvidos no desenvolvimento e na revisão dos procedimentos de gestão de riscos; -ser consultados sobre todas as mudanças que possam afectar a SST no local de trabalho; -estar representados em matérias de SST; e -estar informados a respeito de quem são os representantes dos trabalhadores em matéria de SST e especificadas as pessoas nomeadas pela gestão (ver 4.4.1).
  • 23. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.4.4 Documentação A organização deve estabelecer e manter a informação num meio apropriado, em forma de papel ou electrónico, que: a) descreva os elementos essenciais do sistema de gestão e a sua interacção; e b) indique qual a documentação relacionada. 4.4.5 Controlo de Documentos e Dados A organização deve estabelecer e manter procedimentos para controlar todos os documentos e dados relativos aos requisitos da presente especificação para garantir que: a) possam ser localizados;
  • 24. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.4.5 Controlo de Documentos e Dados (cont) b) sejam periodicamente analisados, revistos, quando necessário e aprovados quanto à adequabilidade, por pessoas autorizadas; c) os documentos e os dados relevantes se encontrem disponíveis em todos os locais onde sejam efectuadas operações essenciais ao funcionamento eficaz do SGSST; d) os documentos e os dados obsoletos sejam prontamente retirados de todos os pontos de emissão e de utilização, ou de qualquer outra forma protegidos contra utilização indevida; e e) todos os documentos e dados conservados por motivos legais e/ou para preservação de conhecimento se encontrem devidamente identificados.
  • 25. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.4.6 Controlo Operacional A organização deve identificar as operações e actividades que estão associadas aos riscos identificados e em que seja necessário aplicar medidas de controlo. A organização deve planear estas actividades, incluindo a manutenção, afim de assegurar que são realizadas sob condições especificadas através: a) da definição e manutenção de procedimentos documentados que abranjam situações nas quais a sua inexistência possa conduzir a desvios da política e dos objectivos da SST. b) da definição de critérios operacionais nos procedimentos; c) da definição e manutenção de procedimentos relacionados com riscos para a SST identificáveis em bens, equipamentos e serviços adquiridos e/ou utilizados pela organização e da comunicação dos procedimentos e dos requisitos relevantes aos fornecedores e subcontratados.
  • 26. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.4.6 Controlo Operacional (cont) d) da definição e manutenção de procedimentos projectos de locais de trabalho, processos de fabrico, instalações, máquinas, procedimentos operativos e de organização de trabalho, incluindo a sua adaptação às capacidades humanas, a fim de eliminar ou reduzir riscos para a SST na fonte. 4.4.7 Prevenção e Capacidade de Resposta a Emergências A organização deve estabelecer e manter procedimentos para identificar o potencial de ocorrência de respostas a acidentes e situações de emergência, e ser capaz de reagir de modo a prevenir e mitigar as possíveis doenças e lesões que lhe possam estar associadas. A organização deve analisar e rever, o seu estado de prontidão para emergências, bem como procedimentos e planos de resposta, particularmente após a ocorrência de acidentes ou situações de emergência.
  • 27. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.4.7 Prevenção e Capacidade de Resposta a Emergências (cont) A organização deve ainda testar periodicamente tais procedimentos, desde que tal se mostre praticável. 4.5 Verificação e Acções Correctivas 4.5.1 Monitorização e Medição do Desempenho A organização deve estabelecer e manter procedimentos documentados para monitorar e medir , periodicamente o desempenho em SST. Estes procedimentos devem incluir: -medidas qualitativas e quantitativas, apropriadas às necessidades da organização; -a monitorização o grau de implementação dos objectivos de SST da organização;
  • 28. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.5.1 Monitorização e Medição do Desempenho (cont) -as medições proactivas do desempenho que monitorizem a conformidade com o programa de gestão de SST, com critérios operacionais e com os requisitos legais e regulamentos aplicáveis; -as medições reactivas do desempenho para a monitorização, acidentes, doenças, incidentes e outras evidências históricas do desempenho deficiente em SST; -o registo dos dados e dos resultados da monitorização e da medição, suficientes para permitirem as subsequentes análise das acções preventivas e correctivas. Se for necessário, a organização deve estabelecer e manter procedimentos documentados para calibração e manutenção de equipamentos de monitorização. Devem ser conservados os registos das actividades de calibração e de manutenção, bem como os respectivos resultados.
  • 29. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.5.2 Acidentes, Incidentes, Não Conformidades e Acções Correctivas e Preventivas A organização deve estabelecer e manter procedimentos para definir responsabilidades e autoridades para: a) analisar e investigar: -acidentes; -incidentes; -não conformidades. b) as acções destinadas a minimizar todas as consequências dos acidentes, dos incidentes ou das não conformidades; c) definir o início e a conclusão de acções correctivas e preventivas;
  • 30. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.5.2 Acidentes, Incidentes, Não Conformidades e Acções Correctivas e Preventivas (cont) Estes procedimentos devem exigir que todas as acções correctivas e preventivas propostas devem ser revistas através do processo de avaliação de riscos antes da sua implementação. Todas as acções , correctivas ou preventivas, destinadas a eliminar as causas de não conformidades reais e potenciais devem ser as apropriadas à dimensão dos problemas e proporcionais aos riscos em presença para a SST. A organização deve implementar e registar todas as alterações dos procedimentos documentados resultantes das acções correctivas e preventivas.
  • 31. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.5.3 Registos e Gestão de Registos A organização deve estabelecer e manter procedimentos para identificação, manutenção, disponibilização e eliminação de registos da SST, bem como dos resultados das auditorias e das análises. Os registos da SST devem ser legíveis, identificáveis e rastreáveis às actividades envolvidas. Os registos da SST devem ser conservados e mantidos por forma a serem facilmente consultáveis e devem estar protegidos contra danos, deterioração ou perda. O tempo de conservação deve ser definido e documentado. Os registos devem ser mantidos, da forma mais adequada ao sistema e à organização, de modo a se poder demonstrar a sua conformidade com os requisitos da presente especificação.
  • 32. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.5.4 Auditorias A organização deve estabelecer e manter um ou mais programas e procedimentos que permitam a realização de auditorias periódicas ao SGSST, por forma a: a) determinar se o SGSST: -está em conformidade com as disposições planeadas para a SST, incluindo os requisitos da presente especificação; -foi adequadamente implementado; -cumpre de forma eficaz com a política e os objectivos; b) fazer a revisão dos resultados de auditorias anteriores; c) fornecer à direcção informações sobre os resultados das auditorias.
  • 33. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.5.4 Auditorias (cont) O programa de auditorias da organização, inclui a sua calendarização, deve basear-se nos resultados das avaliações das actividades da organização, e nos resultados de auditorias anteriores. Para serem abrangentes, os procedimentos da auditoria devem incluir o âmbito, a frequência, as metodologias e as competências, bem como os requisitos e as responsabilidades pela sua realização e pelo relato dos respectivos resultados. Sempre que possível, as auditorias devem ser realizadas por pessoas independentes das que detêm a responsabilidade directa pela actividade que esteja a ser examinada. NOTA: A palavra “independente” aqui não significa necessariamente exterior à organização.
  • 34. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 4.6 Revisão pela Direcção A direcção, ao mais alto nível da organização, deve, com a periodicidade por si determinada, rever o SGSST, por forma a assegurar que o sistema continua adequado, suficiente e eficaz. O processo de revisão pela direcção deve assegurar que é recolhida toda a informação necessária para permitir que a avaliação seja realizada. Esta análise deve ser documentada. A revisão pela direcção deve ter em conta a eventual alteração da política, dos objectivos e de outros elementos do SGSST, função dos resultados das auditorias de gestão da SST, de alterações das circunstâncias e do compromisso relativo quanto à melhoria contínua.
  • 35. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 3. Segurança e Saúde no Trabalho (SST) O conceito de Segurança está muito relacionado com Prevenção. A evolução da Segurança, antigamente feita a partir dos acidentes ocorridos, progrediu no sentido prevencionista, isto é, antes de o acidente ocorrer.
  • 36. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 3.1.1 Segurança do Trabalho Conjunto de metodologias adequadas à prevenção de acidentes. O objectivo é a identificação e controlo (eliminar/minimizar) dos riscos associados ao local de trabalho e ao processo produtivo.
  • 37. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 3.1.2 Higiene do Trabalho As metodologias da higiene do trabalho têm em vista a prevenção de doenças profissionais. O objectivo é controlar os agentes físicos, químicos e biológicos, através de técnicas e medidas que incidem sobre o ambiente de trabalho.
  • 38. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 3.1.3 Saúde no Trabalho O equilíbrio biopsicossociológico é atingido pela vigilância médica e pelo controlo dos elementos físicos e mentais que possam afectar a saúde.
  • 39. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 3.1.4 Posto de Trabalho Local (confortável) onde se exerce a actividade laboral.
  • 40. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 3.1.5 Ergonomia (Ergo – trabalho, nomos – lei naturais) Estuda a adaptação do posto de trabalho ao Homem.
  • 41. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 3.1.6 Perigo Conjunto de factores dos sistemas de trabalho (Homem, maquina e ambiente de trabalho) com propriedades capazes de causar acidentes ou danos. (Notar a diferença com o conceito de risco).
  • 42. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 3.1.7 Prevenção O objectivo central é evitar ou minimizar (quando não é possível eliminar) através de um conjunto de medidas implementadas em todas as fases (concepção/projecto, produção, comercialização, etc.) da actividade da organização. Neste conceito está implícita a prevenção integrada, cuja integração na estrutura da organização inclui a gestão da SST. A prevenção integrada inclui o planeamento, medidas organizativas e medidas de engenharia.
  • 43. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 3.1.8 Risco O risco é o produto da probabilidade de uma ocorrência pela gravidade (consequências provocadas pela ocorrência): R = P x G R = Risco P = Probabilidade G = Gravidade Definido desta forma, o Risco varia na proporção directa da probabilidade e da gravidade. Quanto maiores a probabilidade e a severidade maior é o risco; quanto menor for a probabilidade e a gravidade, menor é o risco.
  • 44. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 3.1.9 Acidente Acontecimento não intencionalmente provocado, de carácter anormal, súbito e inesperado, que se verifique no local e tempo de trabalho ou ao serviço do empregador, produzindo, directa ou indirectamente, lesão corporal, perturbação funcional ou doença de que morte ou redução na capacidade de trabalho ou de ganho.
  • 45. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 3.1.10 Incidente Acontecimento perigoso que ocorra como resultado de uma acção ou inacção, mas que não origine quaisquer ferimentos ou morte.
  • 46. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST 3.1.11 Actividade Conjunto de tarefas executadas diariamente e sendo estas articuladas para o mesmo output.
  • 47. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ? ?? ? ? ? ? ? ?? ? ? ? ? ? ? ?
  • 48. OHSAS 18001OHSAS 18001 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Occupational Health and SafetyOccupational Health and Safety Assessment Series - 18001 : 1999Assessment Series - 18001 : 1999 Ri cardoRi cardo Barat aBarat a Consultor de HST

×