Your SlideShare is downloading. ×
0
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×
Saving this for later? Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime – even offline.
Text the download link to your phone
Standard text messaging rates apply

Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática

381

Published on

Apresentação do artigo Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática, apresentado no Simpósio Brasileiro de Sistemas de Informação - SBSI - 2013. Para obter o …

Apresentação do artigo Requisitos Não-Funcionais em Modelos de Processos de Negócio: Uma Revisão Sistemática, apresentado no Simpósio Brasileiro de Sistemas de Informação - SBSI - 2013. Para obter o artigo, contactar tcp@cin.ufpe.br ou acessar cin.ufpe.br/~tcp

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
381
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. Requisitos Não-Funcionais em Modelos deProcessos de Negócio: Uma RevisãoSistemáticaTarcísio Pereira, Fernanda Alencar, Jackson Silva, JaelsonCastroEmail: tcp@cin.ufpe.brLER – Laboratório de Engenharia de Requisitos1
  • 2. Agenda• Motivação;• Ideia Principal;• Resultados;• Conclusões e Trabalhos Futuros;2
  • 3. Motivação• Processos de negócio cada vez mais complexos;• Abordagens dirigida a contexto;– “Contexto pode ser definido como o estado do mundo que é relevantepara o objetivo de um ator.” [R. Ali, F. Dalpiaz, and P. Giorgini]• Processos de negócio precisam funcionar corretamente semdesprezar requisitos de qualidade;• As linguagens modelagens de processos de negócio atuaisrepresentam aspectos funcionais;• Requisitos Não-Funcionais (RNFs) são importantes para onegócio;3
  • 4. Motivação• As linguagens de modelagens têm alguns problemas:• As linguagens atuais não possuem características degerenciamento de processos flexíveis;• Dificuldade de capturar requisitos não-funcionais durante a fasede modelagem;• Impossibilidade de diferenciar serviços distintos que oferecem amesma funcionalidade levando em consideração a qualidade doserviço.4
  • 5. Ideia Principal• Revisão Sistemática da Literatura5[Teixeira Filho, 2010]
  • 6. Ideia Principal• Fase de Planejamento• Questões de Pesquisa:• (Q1) Requisitos não-funcionais são representados em BPM?• (Q2) Informações de contexto são consideradas em BPM?• Trabalhos são identificados a partir de uma estratégia de buscadefinida em um protocolo6
  • 7. Ideia Principal• Fase de Execução7
  • 8. Fase de Resultados – Q1• (Q1) Requisitos não-funcionais são representados em BPM?– Quais são as linguagens de modelagem utilizadas?– Como os RNFs são representados nas linguagens de modelagensidentificadas?8
  • 9. Resultados – Q19• Quais são as linguagens de modelagem utilizadas?
  • 10. Resultados – Q110• Como os RNF são representados nas linguagens de modelagensidentificadas?
  • 11. Resultados – Q111Tipo de Representação Quantidade deTrabalhosRNF anotado textualmente dentro dos elementos do modelo 4Associação textual entre RNF e elementos do modelo 2Criação de novos artefatos 1Representação externa do RNF ao modelo de negócio 1Criação de símbolos para representar os RNFs 3NFR Framework ou derivados 2
  • 12. Resultados – Q1• NFR anotado textualmente dentro dos elementos do modelo;12[Saeedi et. al. 2010] - BPMN
  • 13. Resultados – Q1• Associação textual entre RNF e elementos do modelo;13[Aburub et. al. 2007] – Role Activity Diagram
  • 14. Resultados – Q1• Extensão da notação BPMN para a criação de novos artefatos;14[Pavlovski and Zou 2008] - BPMN
  • 15. Resultados – Q1• Representação externa do RNF ao modelo de negócio;15[Santos et. al. 2012]
  • 16. Resultados – Q1• Criação de símbolos para representar os RNFs;16[Wolter and Meinel 2010]
  • 17. Resultados – Q1• NFR Framework ou derivados;17[Lapouchnian et. al. 2007]
  • 18. Resultados – Q2• (Q2) Informações de contexto são consideradas em BPM?– Como o contexto é representado?– Como o contexto é capturado?– Quais são as estratégias de adaptação?18
  • 19. Conclusões• [Salles and Fantinato 2012] – SBSI;• Ameaças à validade;– Ausência da Springerlink;– Classificação baseada em nosso julgamento, portanto, pode ocorrer quealguns estudos tenham sido classificados incorretamente;– Limitação das engines de busca;• Revisão sistemática da literatura;• Perguntas de pesquisa respondidas;19
  • 20. Trabalhos Futuros• Refazer a revisão sistemática com o intuito de validar osresultados alcançados;• Realizar uma análise mais crítica dos resultados alcançados;• Utilizar as informações de RNF e Contexto em uma proposta deprocessos autonômicos;20
  • 21. Obrigado!21
  • 22. Requisitos Não-Funcionais em Modelos deProcessos de Negócio: Uma RevisãoSistemáticaTarcísio Pereira, Fernanda Alencar, Jackson Silva, JaelsonCastroEmail: tcp@cin.ufpe.brLER – Laboratório de Engenharia de Requisitos22

×