Liderança empreendedora 2013 bb
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Liderança empreendedora 2013 bb

on

  • 5,165 views

aula de liderança empreendedora

aula de liderança empreendedora

Statistics

Views

Total Views
5,165
Views on SlideShare
5,165
Embed Views
0

Actions

Likes
6
Downloads
339
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Liderança empreendedora 2013 bb Liderança empreendedora 2013 bb Presentation Transcript

  • LiderançaEmpreendedora Joyce Ajuz Coelho 2013
  • ObjetivosCONHECIMENTO• Identificar os diversos estilos de liderança, possibilitando desenvolver as características de líder de equipe.• Reconhecer a mudança dos conceitos de liderança desenvolvidos e aplicados ao longo do tempo.• Adquirir informações para influenciar, desenvolver, comprometer pessoas e construir equipes, refletindo sobre a conduta e o comportamento dos indivíduos na organização.
  • ObjetivosHABILIDADETransformar os conceitos em processos de aprendizagem e em práticas de auto- desenvolvimento das competências necessárias para liderar equipes, ampliando a compreensão sobre o papel do líder na dinâmica organizacional.
  • ObjetivosATITUDE• Estimular o desenvolvimento de atitudes éticas e responsáveis nos processos de liderança. Desenvolver a capacidade para selecionar alternativas de forma sistematizada e perspicaz, obtendo e implementando soluções adequadas diante de problemas identificados, considerando limites e riscos, com foco em melhores resultados.
  • Programa• Cenário Atual das organizações• Os principais desafios de um líder• Reflexões sobre a liderança• Líderes x Gestores• Bases do poder
  • Programa• Evolução das Teorias de Liderança• Liderança Situacional• Estilos de Liderança em função da Maturidade da equipe• Auto-Conhecimento em relação ao estilo de liderança
  • Programa• Competências do Líder• Interfaces da liderança• O líder como Coach• O líder como agente de mudanças
  • O DESAFIO DASEMPRESAS MODERNAS 8
  • Segunda Terceira Quarta Quinta Onda Onda Onda Onda (1860-1970) (1975-1995) (2000-09) (2010- .... Rede Web 3.0Industrial Tecnológica Conhecimento Mídias Sociais 9 Estratégia
  • Era da Informação• Rede de comunicação e de relacionamentos• Parceria• Trabalho físico x Trabalho Imaterial• Homogeneidade x heterogeneidade• Trabalho Individual x Trabalho em Equipe• Líderes Tradicionais x Líderes de Pessoas 10
  • A TRANSIÇÃO DA RELAÇÃO EMPREGADO X EMPRESA• Relação de emprego mais estável - Permanência • Mudanças - Temporariedade• Abundância de oportunidades para a média gerência • Organizações mais enxutas• Emprego por toda a vida • Empregável por toda vida• Promoção a cada dois anos • Movimentação lateral• Plano de carreira oferecido e controlado pelas empresas • Auto-gerenciamento da carreira 11
  • No Plano Individual Paternalismo AutogestãoCompromisso Compromisso consigocom a empresa tambémSegurança de Desenvolvimento eemprego realizaçãoCrescimento linear Carreiras múltiplas eda carreira Aprendizado permanente 12
  • Evolução do papel do gestor Liderança Técnico/ GerencialCapacitação do gestor Administrativo Visão Técnico Integrada Visão de Conheciment de Negócios o& Pessoas, Habilidade Gestão de Processos, Conheciment Pessoas Gestão Clientes o Administrativ a Gestão por Resultados 70 80 90 00 13 Instituto Chiavenato
  • PRINCIPAIS DESAFIOS DO LÍDER 14
  • Adaptabilidade PESSOAS INOVAÇÃOCapacidade OportunidadesInterna externas POLÍTICAS MERCADO & PROCEDIMENTOS University of Michigan Estabilidade 15 Business School
  • MERCADO• Pensar e planejar estrategicamente• Melhorar a satisfação do cliente• Estar à frente na competição
  • POLÍTICAS E PROCEDIMENTOS• Alinhar visão estratégica e comportamento• Melhorar processos internos• Produzir produtos e serviços de alta qualidade
  • INOVAÇÃO• Estimular a inovação na organização
  • PESSOAS Atrair, manter e desenvolver bons profissionais Manter a motivação Gerenciar tempo e pressão Manter o equilíbrio entre trabalho e vida Liderar a mudança da cultura organizacional Desenvolver os futuros líderes 19
  • Existe um modo latino de Administrar? Cultura Brasileira e GestãoAs práticas de gestão são universais? 20
  • Diferenças Culturais• A abordagem convergente (universalista)• A abordagem divergente (relativista)• A divergência convergente: mais integradora 21
  • Principais Pilares da Cultura Brasileira• O Poder – hierarquia e centralização do poder decisório• As relações – coletivista e emocional – evita-se o conflito• Flexibilidade – adaptabilidade, criatividade e indisciplina 22
  • Novas Organizações de Trabalho, seus objetivos e estratégias• Estrutura tradicional• Estruturas em rede e o Teletrabalho 23
  • LiderançaÉ o processo de influenciar um grupoorganizado em direção ao alcance deobjetivos (Roach & Behling, 1984)
  • Liderança• “Uma relação interpessoal na qual os outros se engajam porque querem, e não porque têm que se engajar” (Merton, 1969)• Liderança é o uso da influência não coercitiva para dirigir as atividades dos membros de um grupo e levá- los à realização dos objetivos do grupo. (JAGO, A – 1982)• “Liderança diz respeito a mudar a ordem das coisas” (Fiorina, 2007)25
  • Para reflexão:• Diálogo entre dois personagens de Bertold Brecht:_ Feliz o povo que possui heróis._ Infeliz o povo que necessita de heróis.As organizações geralmente fazem a apologia do heroísmo, do martírio e da genialidade.Todavia heróis, mártires e gênios são anti-líderes, não desenvolvem equipes.Mais do que líderes carismáticos, uma organização precisa de liderança.
  • Liderança x Gestão
  • Líder Administrador• Trabalha criativamente com integração e coesão grupais (criatividade e improvisação);• Induz à motivação espontânea, à ampla participação, ao poder decisório compartilhado, ao planejamento estratégico coletivo; às avaliações frequentes e às reformulações estratégicas periódicas (visão, inspiração, mudança)• É um estrategista
  • Administrador líder (Gestor)• Trabalha com objetivos definidos por instância superior;(planejamento,• Estimula a motivação e coesão grupais; (estrutura e consistência)• Faz cumprir o planejamento estratégico; (controle e eficiência)• Delega e avalia desempenhos;(coordenação e consistência) MATOS, FG• É um tático (2002)
  • Liderança: Combinação de 4 variáveis Douglas McGregor1. As Características do líder2. As atitudes, necessidades e outras características dos liderados3. As características da organização (cultura, tarefas, missão)4. Conjuntura social, econômica e política
  • Bases do Poder• Poder coercitivo – é baseado no medo. As pessoas cumprem as tarefas com medo de punições.• Poder de conexão – é baseado nas “ligações” do líder com pessoas importantes e influentes dentro ou fora da organização. 31
  • • Poder da Competência Técnica – é baseado na especialização, habilidade ou conhecimento do líder.• Poder de informação – é baseado na posse ou acesso pelo líder, da informação que é percebida como valiosa para os demais.• Poder legítimo – é baseado na posiçãoque é mantida pelo líder, na estruturaorganizacional. 32
  • • Poder de referência – é baseado nos traços pessoais do líder. É admirado e apreciado por suas características de personalidade.• Poder de recompensa – é baseado na capacidade do líder em prover recompensas. As pessoas acreditam que a sua aprovação irá levá -las a ganhar incentivos positivos, tais como aumento, promoção ou reconhecimento. 33
  • Teorias sobre Liderança 1900 Estudo dos tempos e movimentos (Taylor)• O bom líder é o que consegue melhorar métodos e técnicas para o aumento da produção;• A administração deve ser separada dos problemas humanos. Foco nas necessidades da organização
  • Teorias sobre Liderança 1920/30 Movimento das relações humanas (Elton Maio)• A produtividade melhora se os líderes se voltarem aos problemas humanos;• A função do líder é facilitar a realização de objetivos e dar oportunidade para o crescimento pessoal de seus liderados. Foco nas necessidades individuais
  • Teorias sobre Liderança 1960• Managerial Grid (Grade gerencial) - (Blake/Mouton) – Visão bidimensional da liderança, considerando ênfase nas pessoas e na produção em gradações diferenciadas.• Crítica: Não há um estilo que seja melhor que os outros qualquer que seja a situação. A idéia de que a eficácia do estilo é condicionada pela situação resultou no desenvolvimento da teoria da Liderança Situacional.
  • Liderança Situacional• Para ser eficaz o estilo tem que se ajustar à situação.• O principal problema é descobrir qual estilo ajusta-se a qual situação e como avaliar a situação.• Liderança Situacional (Fiedler, P.Hersey/K.Blanchard) Foco na situação
  • Teorias sobre Liderança 1990 • Ausência de liderança formal (Co- gestão)Foco nas informações e competências das pessoas Foco em talentos e competências
  • Liderança Situacional• Liderança: capacidade de influenciar pessoas para a realização de um objetivo comum. Envolve a realização do objetivo com e através de pessoas.• Processo de liderança: função do líder, do liderado e de variáveis situacionais. É dinâmico.
  • Liderança Situacional Maturidade: capacidade e disposição da pessoa de assumir a responsabilidade de dirigir seu próprio comportamento:1-Maturidade de Trabalho: capacidade de fazer alguma coisa (conhecimento e capacidade técnica). Saber fazer.2-Maturidade psicológica: disposição ou motivação para fazer alguma coisa (confiança em si mesmo e no empenho). Querer fazer.
  • Modelo de Hersey e Blanchard• A maturidade do subordinado, avaliada em termos de grau de capacidade e interesse de fazer um bom trabalho, é a principal característica da situação que qualquer líder enfrenta.• O uso da autoridade deve ser inversamente proporcional à maturidade dos liderados.
  • Os Estilos de LiderançaDiretivo – Adequado a grupos/funcionários novos (baixa maturidade e insegurança), ou quando são introduzidos novos objetivos ou tarefas.• É caracterizado pelo controle, direção, por tarefas altamente estruturadas, instruções específicas e alta supervisão.
  • Persuasivo – Adequado a grupos que embora ainda tenham baixa maturidade, possuem alto envolvimento e identificação.• É caracterizado pela alta/moderada supervisão. Permite questionamentos, troca de informações, explica decisões, obtém compromisso.
  • Participativo – Considerado o estilo mais atual, é adequado a grupos que já dominam as habilidades essenciais e agem com maturidade.• É caracterizado pela moderada/baixa supervisão. O líder atua como mediador, obtendo idéias do grupo e facilitando o processo de decisão. Ele dá suporte, reconhece, encoraja, reduz tensões, avalia e fornece feedback constante.
  • Delegador – Adequado a grupos com alta maturidade e seguros.• É caracterizado pela baixa supervisão, pelo monitoramento à distância, pela delegação da responsabilidade para tomada e implementação de decisões.• O líder ouve atentamente, demonstra interesse, obtém informações e participa.
  • A dinâmica dos estilos de liderança Identificação Dono do Definição Dono da Grau de /definição do problema da solução solução participação problema do grupo e de influência no líder Líder O líder Líder define O líder Baixo identifica/defiDIRETIVO ne Líder define, O líder, com Líder O líder, mas Baixo para explana e apoio do define, com o grupo moderadoPERSUASIVO discute com o grupo informação identifica-se grupo e possível com a discussão solução com o grupo
  • PARTICI- Grupo e O grupo, Grupo O grupo, ModeradoPATIVO líder com define, com com suporte para alto definem envolvimen assistência e do líder to e acordo acordo do do líder líderDELEGA- O líder O grupo O grupo O grupo AltoDOR estabelece a com apoio e define com linha. O revisão do o consenso grupo ident. líder do líder. E define o Líder é problema. membro do Líder revê e grupo concorda.
  • Ganhos com Envolvimento• Qualidade na Tomada de Decisão – Melhor identificação de problemas – Melhor identificação de soluções• Maior Comprometimento com Decisões – Menor resistência – Maior empenho na implementação – Aumenta a percepção de justiça• Maior Satisfação e Empoderamento
  • Práticas importantes no exercício da liderança• Desenvolver pessoas• Tomar decisões• Orientar a visão e dar a direção• Comunicar bem• Obter resultados• Ser modelo na função• Impulsionar mudanças• Estabelecer uma relação de confiança, credibilidade e justiça 49
  • Liderança e ConfiançaPrincipais tipos de relacionamento no trabalho Relacionamento Elemento -chave Colaborador Confiança Liderança Colaborador Orgulho Trabalho Colaborador Camaradagem Colaborador
  • Confiança• Credibilidade – Qualidade da liderança• Jogo Limpo - Regras justas, transparência nas ações, objetivos claros• Respeito - atitudes básicas expressas na ação da liderança em relação aos subordinados Fonte: Levering, R. Um excelente lugar para trabalhar, 2000.
  • Liderança e MotivaçãoPrincípio: Cada um traz dentro de si suas próprias motivaçõesPapel do líder• Encontrar e adotar recursos organizacionais capazes de não sufocar as forças motivacionais inerentes às pessoas• Agir de tal forma que as pessoas não percam a sua sinergia motivacional
  • Liderança e MotivaçãoConhecer as pessoasIncentivar as pessoasReconhecer o bom trabalhoEstabelecer metas difíceismas atingíveisFestejar o alcance de metasParticipar dos resultados
  • Liderança e Motivação• Princípio: Há diferenças individuais na motivaçãoPapel do líder Basear-se na justiça e não na igualdade quando se tratar de recompensas e punições – garantir que as recompensas sejam proporcionais ao desempenho e não equitativas
  • Liderança e MotivaçãoDiagnóstico de problemas motivacionais• As metas e expectativas de desempenho foram claramente comunicadas e entendidas?• A (s) pessoa (s) tem as habilidades, treinamento e autoconfiança necessários para apresentar o desempenho solicitado?• O desempenho é recompensado claramente e a tempo?
  • Liderança e MotivaçãoDiagnóstico de problemas motivacionais• O resultado é importante para a pessoa?• Como eu sei o que essa pessoa valoriza nessa ocasião?• As recompensas são proporcionais ao esforço e aplicadas de um modo direto e a tempo?• O trabalho está estruturado para maximizar as dimensões centrais do trabalho? O que pode ser feito para tornar o trabalho uma fonte de motivação?
  • Liderança e Comunicação• Centralização ou descentralização da informação.Redes de Pequenos Grupos Roda Todos os Cadeia canais
  • As Redes e o Critério de EficáciaCritério Cadeia Roda Todos os canaisVelocidade Moderada Rápida RápidaAcurácia Moderada Alta ModeradaLiderança Moderada Alta BaixaSatisfação Moderada Baixa Altaequipe
  • • Redes informais – rede de rumores: rádio- peão, rádio-corredorAções para reduzir as consequências negativas:1. Antecipar as notícias2. Explicar decisões e comportamentos que possam parecer inconsistentes ou misteriosos.3. Discutir abertamente as piores possibilidades, para evitar ansiedade e fantasia4. Enfatizar vantagens e desvantagens de decisões e planos futuros
  • Liderança on-line• Liderança de pessoas fisicamente distantes, cujas interações dependem da comunicação escrita – situação que tende a aumentar.• Como substituir o contato face a face e verbal pelas interações informatizadas?• O componente não-verbal que muitas vezes suaviza palavras mais duras não existe nas interações on-line.
  • Liderança on-line• A estrutura do texto na comunicação on-line também tem o poder de desmotivar o receptor ou incentivá-lo. Cuidado com textos lacônicos.• O tom da mensagem reflete as emoções. É preciso ler as entrelinhas e não usar a comunicação digital para se “esconder” ao dar más notícias.• As habilidades de redação devem se tornar uma extensão das habilidades interpessoais.
  • Liderança de nível 5 Referência bibliográfica:Empresas feitas para vencer Jim Collins 62
  • Hierarquia de nível 5• Executivo de nível 5 - Constrói excelência duradoura – humildade e força de vontade.• Nível 4 - Líder eficaz – Estimula padrão elevado de desempenho. Visão clara e forte.• Nível 3 - Gerente competente – Organiza pessoas e recursos na busca de objetivos determinados.• Nível 2 – Membro colaborador da equipe - com capacidades individuais para atingimento dos objetivos. Forma equipe.• Nível 1 – Indivíduo altamente capacitado – Faz contribuições produtivas através das suas competências. 63
  • Características• Primeiro quem...depois o quê – selecionar as pessoas certas• Verdade nua e crua• Conceito do porco-espinho – paixão, motor econômico e ser o melhor do mundo.• Cultura da disciplina• Aceleradores tecnológicos• O volante e o círculo da destruição 64
  • Competências do líder atual• Selecionar, formar e manter uma equipe;• Treinar e desenvolver continuamente as pessoas, mantendo um elevado grau de habilidades e de conhecimentos;
  • • Analisar e planejar o trabalho de modo a assegurar um desenho de tarefas sintonizado com as capacidades individuais dos membros de sua equipe e gerenciar as mudanças necessárias;
  • • Liderar pessoas e grupos de trabalho, traçando e revendo os objetivos a serem alcançados.• Conseguir o comprometimento sincero com relação a objetivos e metas individuais, grupais e organizacionais.
  • • Manter pessoas e grupos motivados através da própria tarefa e do clima organizacional adequado, elevando a sua auto-estima, a sua criatividade e o seu sentimento de realização.
  • • Monitorar e avaliar o desempenho das pessoas e grupos, fornecendo feedback sincero e constante.• Recompensar para garantir reforço positivo do desempenho eficiente e eficaz dos subordinados e da equipe.
  • Outras Características• Foco nos objetivos• Orientação para ação• Autoconfiança• Habilidade no relacionamento humano• Criatividade e inovação• Flexibilidade• Tomada de decisão• Busca da excelência• Visão de futuro• Agente de mudanças
  • Características de um líder de mudança • Compromisso com uma forma melhor de fazer as coisas • Coragem de desafiar as bases do poder e as normas existentes • Iniciativa para transpor barreiras • Motivação própria e persuasão • Preocupação com as pessoas e com o desempenho • Modéstia • Sadiamente insatisfeito
  • O que é Coach ?É o processo contínuo de munir pessoas com ferramentas, conhecimentos e oportunidades que elas precisam para se desenvolverem no seus cargos atuais
  • O papel do “Coach” na integração da equipe e no desenvolvimento da criatividade e da motivação• O que caracteriza o coach são suas atitudes.• Sua comunicação é fácil, ele é tratado como um “igual”, um “colega” de trabalho.• É alguém sempre aberto e disposto a ouvir novas idéias.
  • • Fornece feedback direto e sincero. Sua crítica é confiável e construtiva.• É um excelente ser humano. Com humildade demonstra profundo respeito pelo outro.
  • • Responde todas as perguntas, mesmo as mais simples e aparentemente óbvias.• É exigente – não deixa passar um trabalho de má qualidade, preservando sua equipe.• É um catalisador ativo do processo de mudança - envolve o grupo nas decisões e busca o comprometimento de todos. Cria condições para verdadeiros líderes emergirem.
  • • Equipes lideradas por pessoas assim têm liberdade de ação, em geral se sentem impulsionadas a criar e são altamente motivadas.