Your SlideShare is downloading. ×
Coesão e coerência
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

Coesão e coerência

5,653
views

Published on

Material para estudo - Profa. Bárbara

Material para estudo - Profa. Bárbara


0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
5,653
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
109
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. 22/9/2011 FATORES DE TEXTUALIDADE Coesão e Coerência Coesão – anafóricos / catafóricosAnafóricos – quando há Retomada de termos em umtexto. Evita a repetição de algo que já foi escrito.Exemplo:As crianças são o espelho de uma educação. Elas nosoferecem os parâmetros para uma reflexão social. 1
  • 2. 22/9/2011 Coesão – anafóricos / catafóricosCatafóricos – antecipa ou anuncia um fato ainda aser apresentado.Exemplo:O aluno disse isto: vale a pena estudar parasaber e crescer profissionalmente. Coesão - Processo de desenvolvimento do discursoGradação – direciona os argumentos para umaconclusão. E o mais forte será enfatizado por conectivoscomo: no mínimo, inclusive.Exemplo:Todos os brasileiros preocupam-se com a criseeconômica, inclusive os jovens sem o primeiro emprego. 2
  • 3. 22/9/2011 Coesão - Processo de desenvolvimento do discursoConclusão – acontece entre dois enunciados.Utilizam-se conectivos como: logo, portanto, pois...Exemplo:O meio ambiente é uma questão mundial, portantoo país deve ter políticas para sua preservação. Coesão - Processo de desenvolvimento do discursoArgumento decisivo - é um acréscimo de informaçãopara enfatizar um argumento contrário. Há conectivoscomo: aliás, além do mais, além de tudo.Exemplo:Há muitos discursos vazios sobre o meio ambiente.Além do mais, em quais políticos a sociedade podeconfiar diante dos diferentes escândalos. 3
  • 4. 22/9/2011 Coerência narrativaOcorre quando há lógica entre as partes danarrativa.Para uma personagem realizar uma ação precisaapresentar um poder e um saber, na narrativa. Coerência narrativaAssim, o que é posterior depende do que éanterior.Constitui incoerência narrativa uma açãorealizada por um sujeito que não tem condiçõesde executá-la. 4
  • 5. 22/9/2011 Coerência narrativaExemplo: “Lá dentro havia uma fumaça espessa que não deixava que víssemos ninguém. Na festa, havia pessoas de todos os tipos: ruivas, brancas, pretas, amarelas, altas, baixas etc.”Incoerência narrativa, pois a personagem não podia vere viu. Coerência argumentativa São relações de implicação ou adequação que se estabelecem entre certos pressupostos ou afirmações explícitas, colocadas no texto e as conclusões que se tira deles 5
  • 6. 22/9/2011 Coerência argumentativaExemplo: Se no tema há o descontrole orçamentário como causa da inflação e este é o problema mais grave do país, será contraditório concluir que o governo deve aumentar os gastos públicos para aquecer a economia. Coerência temporal Respeita as leis da sucessividade dos eventos. Há compatibilidade entre os enunciados do texto sob o ponto de vista temporal. Exemplo: Maria pôs o arroz no fogo, depois o escolheu. (é incoerente, pois subverte a sucessividade dos eventos do processo de preparo do arroz: escolher e depois pôr no fogo). 6
  • 7. 22/9/2011 Coerência espacial Compatibilidade entre os enunciados sob a ótica do espaço. Exemplo: “Embaixo do único lustre, no meio do teto, um grupo de pessoas conversava animadamente. Quando ela entrou, todos pararam de falar e a olharam. (continua) Coerência espacial (continuação)Ela não se importou e foi também postar-seembaixo do lustre num dos cantos do salão.(Há incoerência pois o único lustre, no meio dosalão, não poderia estar em um dos cantos). 7
  • 8. 22/9/2011Os assuntos da prova são:Língua e LinguagemInteração autor-texto-leitorSistemas de ConhecimentoTexto e Contexto - contextualizaçãoIntertextualidade e Fatores de TextualidadePressuposto e SubentendidoPara quem desejar aprofundar os itens acima,recomendo a leitura dos capítulos 1, 2, 3 e 4 dolivro LER E COMPREENDER: OS SENTIDOS DOTEXTO (autores: Ingedore Villaça Koch e VandaMaria Elias), a consulta ao material anexo e àsanotações feitas em sala de aula. 8