Your SlideShare is downloading. ×
NUMEROLOGIA TÂNTRICA
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Thanks for flagging this SlideShare!

Oops! An error has occurred.

×

Saving this for later?

Get the SlideShare app to save on your phone or tablet. Read anywhere, anytime - even offline.

Text the download link to your phone

Standard text messaging rates apply

NUMEROLOGIA TÂNTRICA

2,718
views

Published on


0 Comments
5 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
2,718
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
207
Comments
0
Likes
5
Embeds 0
No embeds

Report content
Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
No notes for slide

Transcript

  • 1. NUMEROLOGIA TÂNTRICA Inajara Canabarro NNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNN OMNIA IN NUMERIS SITA SUNT (Tudo está velado nos números) NNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNN 1
  • 2. APRESENTAÇÃO Inspirada no fato de que, em nossos dias, existe no coração das pessoas um profundo anseio de compreender não apenas os espaços exteriores, mas também o seu próprio ser interior, procurei apresentar, neste livro, conhecimentos da Numerologia Tântrica, para que as pessoas possam expandir suas consciências, levando-as a compreensão de como elas realmente são. A Numerologia Tântrica foi trazida para o Ocidente em sua forma original pelo Mestre de Kundalini Yoga e Meditação, Yogui Bhajan. . Este método de Numerologia consta de onze números que representam os onze corpos da Numerologia Tântrica e, cinco fatores básicos . A teoria do método acompanha uma prática de meditações e exercícios que nos dão a oportunidade de termos a experiência vital e uma compreensão mais intuitiva de nós mesmo, bem como compreender a infinita relação que temos com o Universo que por sua vez nos permite traduzir com claridade nossa individualidade e com as complexas formas de nossa personalidade. Na vida o plano físico material sempre se manifesta paralelo com o espiritual, por exemplo a maioria das enfermidades físicas e mentais começam no nível mais profundo e só são sintomas de algum mal espiritual, por esta razão Yogui Bhajan ensinou esta Numerologia e com ela simultaneamente a tecnologia para equilibrar o ser humano. Através do autoconhecimeto e do desenvolvimento integral do corpo, mente, e espírito uma consciência expandida surge de forma natural, a qual proporciona uma compreensão mais profunda da própria vida e de todo universo. A luz, o amor e o equilíbrio que vem dessa busca difundem-se e promovem transformação e cura .Assim não se desconhece a alquimia que se processa, no interior do ser,conduzindo-o a sua real condição de dignidade, beleza e espiritualidade. A Numerologia Tântrica inclui um estudo numerológico tântrico ao qual pode ajudar a pessoa alcançar uma melhor compreensão dos valores que tem e dos desafios a que está submetida. Tantra significa,literalmente, um instrumento de expansão. A palavra tan é traduzida como ”expansão” e tra significa “instrumento”. Esta Numerologia apresenta o estudo da teia ( Tantra) dos Números nos vários corpos que formam a nossa essência. Pela Numerologia Tântrica nascemos com 10 corpos espirituais. Esses corpos trazem registros e padrões .O nosso trabalho é reconhecê-los e apagar os registros negativos e caminhar em direção a consciência. Com essa consciência podemos nos transformar e nos curar. .O propósito dessa Numerologia é de possibilitar o conhecimento dos 10 corpos que devem ser desenvolvidos .nos tornando assim seres auto-realizados. Com esta Numerologia , ficamos capacitados a encarar nossas fragilidades, nossos potenciais e nossa consciência humana e assim atingir a elevação espiritual.,como também conduzir-nos com sabedoria a trajetória de nossa vida. Somos uma manifestação Divina e precisamos reconhecer esta capacidade. Partindo deste conhecimento podemos tomar nosso destino nas próprias mãos. Isto é possível. Quando falamos em destino, sempre ligamos a algo que cai sobre nós como uma fatalidade da qual não vamos escapar .Por exemplo , faz parte do meu destino sofrer vários acidentes seja lá quais forem, passar por várias separações, ter sido profundamente mal compreendida e não amada na infância , e ou outra dificuldade e desarmonia, será que não podemos mesmo modificar essa forma de vida que vem vindo, vem se repetindo e fazendo “ o destino” parecer algo ameaçador, vindo de fora? 2
  • 3. Sim, podemos modificar esta forma de viver. Para isso necessitamos primeiro conhecer a nós mesmos, conhecer as nossas potencialidades, nossa trajetória de vida, nossa identidade espiritual,saber por que e como as coisas acontecem. Através do autoconhecimento, podemos nos orientar, acordar para nossa verdadeira essência, e a vontade de modificar o futuro Esta é a meta de um estudo numerológico de uma pessoa .Poder realmente definir o curso de sua vida. E se autoconhecendo, poderá definir o curso de sua vida. Se conhecendo vai construindo seu próprio destino. Ao invés de ser um joguete , um barco sem rumo. Verá que poderá fazer vários percursos, escolhendo o terreno por onde poderá melhor fluir. Aos poucos vai percebendo ser ela mesma que constrói seu próprio destino. Aprenderá a pegar o leme mais firmente na mão e conduzir o navio para o porto que ela mesmo escolher. O estudo dos 11 corpos espirituais representa uma elevação espiritual e permite um mergulho pessoal para a percepção de nosso verdadeiro destino . Yogui Bhajan explica que cada ser humano tem dez corpos espirituais (o décimo primeiro é a totalidade dos outros), cada um deles corresponde a cada um dos dez Gurus (o décimo primeiro guru é o “Livro da Sabedoria”) que configuram o modelo dos sikhs. Segundo a crença sikh, ao nascer cada homem tem nova oportunidade de escapar do ciclo reencarnatório, isso só é possível, porém, através do amor a Deus associado ao amor por todos. Essa visão é semelhante ao “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao teu próximo como a ti mesmo” pregada pelo cristianismo.. Cada guru representa a perfeição de um dos dez corpos espirituais. São minhas as traduções e interpretações dos livros nos quais pesquisei a Numerologia que aqui apresento. Ela possibilita o autoconhecimento e a autotransformação através do estudo numerológico, dos mantras e das técnicas que oferece. O livro está dividido em seis capítulos. O primeiro capítulo traz noções sobre o estudo numerológico. O segundo apresenta os corpos espirituais e os onze gurus. O terceiro capítulo refere-se aos mantras que trabalham cada corpo segundo a Numerologia Tântrica. O quarto capítulo trata dos Ciclos de Vida. No quinto capítulo é abordada a Numerologia Conjunta. O sexto capítulo apresenta um modelo resumido de um estudo numerológico. Inajara Canabarro NNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNN Agradecimentos Agradeço aos meus filhos e irmãos por eles me incentivaram na produção deste livro NNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNN 3
  • 4. Dedicatória Com muito amor, dedico este livro aos meus filhos muito amados, Henriete e Rodrigo Henrique por serem eles os seres mais inspiradores de minha vida. Eles são as pessoas as quais mais tenho amado e de quem tenho também recebido mais amor. Tenho muito a lhes agradecer por tudo que já aprendi com eles e por eles, principalmente a arte de amar. NNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNN INTRODUÇÂO À NUMEROLOGIA TÂNTRICA A Numerologia parte dos principais e mais antigos alfabetos como o sânscrito (Numerologia Tântrica) , o judeu (Numerologia Cabalística) , e o grego ( Numerologia Pitagórica). Cada uma delas descreve cada um dos aspectos de nossa encarnação e nos reporta a uma visão distinta e complementar de nós mesmos. Existem muitas ciências , mas a ciência da Numerologia é a mãe, mediante a qual, a soma, o cálculo e a contabilidade do universo e do homem podem ser experimentados. Ao escrever este livro, como já afirmei, tive a intenção de levar mais esse conhecimento às pessoas que buscam fazer de sua existência um caminho consciente para sua evolução espiritual .e sua realização pessoal. Durante todo o tempo de pesquisa, de curso e também experimentando este método de Numerologia, pensava em passar este conhecimento, por ter sido para mim a mais bela, encantadora e alegre forma de praticar ensinamentos espirituais., alegre porque a musica dos mantras é belíssima. Além disso, acredito que o conhecimento desse método de numerologia, por seu potencial como instrumento de autoconhecimento, comprovadamente valioso, pode abrir novas oportunidades de auto-realização para as pessoas. Trabalhei com muita ternura no coração e afinco ao escrever este livro pois tem sido ao longo de minha experiência desta vida ,os seres humanos os que mais me surpreendem e me fornecem aprendizados e que dedico amor fraternal. Procuro oferecer, nestas páginas, o conhecimento que adquiri ao longo de dezessete anos de estudos e de trabalhos com pessoas e empresas. A isso somo o que aprendi durante os últimos quatro anos com pesquisa no estudo da Numerologia Tântrica. . Meu anseio é que este livro atinja o seu objetivo, sensibilizando as pessoas sobre a importância de integrarem as suas conquistas profissionais e materiais com aquelas de nível íntimo e espiritual, por serem igualmente importantes para a sua evolução e felicidade. A base dessa Numerologia é o ser humano em toda a sua totalidade. No ocidente,cremos que somos mente corpo e alma, mas os ensinamentos orientais dizem que há muito mais que isso. Yogui Bhajan ensina que temos dez corpos espirituais 4
  • 5. Esses corpos são as magníficas faculdades que Deus outorgou ao ser humano. Permitem a ele ser criativo, obedecer à sua consciência superior e ver a espiritualidade em qualquer pessoa. Permitem-lhe avaliar o potencial de sua mente para alcançar o estado de equilíbrio .Dão a ele capacidade para criar ,e viver em harmonia. Conferem- lhe a intuição e concentração, segurança e audácia, tranqüilidade e sutileza. Enfim permitem-lhe viver como um ser radiante, auto-iniciado e ilimitado. Cada corpo possui atributos específicos que comunicam ao ser quando ele está forte e também quando certas deficiências se manifestam nele, tornando-o fraco. O que nunca se deve esquecer é que sempre é possível fortalecer qualquer dos corpos . Tão logo alguém perceba alguma fraqueza em si, procure identificar a qual dos corpos corresponde, pondo em prática a técnica que serve para fortalecer esse corpo . É algo muito simples e direto. No capítulo sobre a explicação de cada corpo, o leitor encontrará muitas sugestões do que pode fazer para fortalecer cada um deles. Todas as virtudes e defeitos humanos podem ser encontrados nesses dez corpos. Cada alma que encarna neste planeta traz consigo condições kármicas totalmente únicas. Tanto as condições que possui nesta vida, quanto as que trouxe ao reencarnar, criou-as em vidas passadas, e formam parte do processo de evolução espiritual.. Quando se vive em conflito, com estresse, preocupações, inseguranças, manias, intranqüilidade, obsessões, angústias, desgostos etc., a corrente energética bloqueia-se e deixa de fluir harmoniosamente pelo corpo. Se a pessoa sabe onde se encontra o bloqueio e por que ele se produz, poderá parar esse processo de desequilíbrio antes que seja demasiadamente tarde. Desfazendo os bloqueios, a pessoa pode dirigir com mais segurança e firmeza seu destino. Mediante a data de nascimento, data que determina certas influências vibracionais de cada pessoa, todos podem tomar consciência de seus anseios e motivações pessoais, como também de suas angústias. O estudo profundo desta ciência dos números, devem ser aplicados constantemente em nossa vida diária. Exige disciplina e determinação no desenvolvimento dos nossos corpos. . A Numerologia Tântrica utiliza os números de um a onze. Cada número corresponde a dez corpos espirituais e também, a dez Gurus. O décimo primeiro número representa a totalidade dos dez corpos espirituais e o siri Guru Granth Sahib ( o grande livro da Sabedoria Infinita) é a manifestação da palavra Divina, o Ser Perfeito. NNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNNN Breve Relato sobre a vida de Yogui Bhajan Yogui Bhajan nasceu na pequena aldeia de Kot Harkarn, em 26 de agosto de 1929, na parte da Índia que se tornou Paquistão em 1948. Era filho de um médico. O nome de Yogui Bhajan era Harbhajan Singh Puri. O mestre mais influente nos seus anos de infância, foi seu avô que contava relatos espirituais, animando-o sempre a viver na Verdade. Quando tinha apenas oito 5
  • 6. anos começou seu treinamento yóguico com o professor iluminado, Sant Hazara Singh, que o proclamou ser um Mestre de Kundalini Yoga quando ele tinha 16 anos e meio. Em 1953 casou com Inderjit Kaur e tiveram dois meninos e uma menina. Depois de muitos anos como estudante nos quais teve como guia vários mestres espirituais, tornou-se um mestre e alcançou os Siddhas (poderes ocultos) como um yogui perfeito. Mas sabia que tinha uma necessidade: a de ter um mestre para ser guiado em sua evolução espiritual e em sua função de mestre. Assim foi. Durante quatro anos lavou cada dia o chão do Templo Dourado em Amristar, Índia, e meditou durante longas horas, alcançando dessa forma a relação com o Guru Ram Das Fundou a Organização 3HO (Happy, Health and Holly Organization), fundação não lucrativa que foi estabelecida na Califórnia. O serviço da 3HO para a humanidade é através da Kundalini Yoga, meditação, e da Ciência da Humanologia que melhora o bem estar físico, assim como a consciência espiritual aprofundada. Sob a orientação dele como diretor de Educação Espiritual, 3HO cresceu rapidamente pelo mundo inteiro, em 300 centros, em 35 países. Em 1994, 3HO tornou-se membro das Nações Unidas como uma ONG (Organização Não-Governamental) na condição de Consultora com o Conselho Econômico e Social, representando questões femininas, promovendo direitos humanos e fornecendo educação em sistemas alternativos de medicina. Viajando extensivamente nos anos setenta e oitenta, Yogi Bhajan empenhou-se em campanha vigorosa, incansavelmente, para instruir, elevar e iluminar a todos que encontrasse. Sua mensagem básica era: “É o seu direito de nascença ser saudável, feliz e santo”. Yogui Bhajan tem formado Instrutores em muitos países e com eles compartilha essa Tecnologia Sagrada e sua Filosofia dentro de uma perspectiva que ele resume dizendo “não vim ao ocidente para acumular discípulos, e sim para formar novos Mestres”. Por isso fornece aos Instrutores as melhores condições para o desenvolvimento da habilidade de ensinar e orientar de forma cada vez mais personalizada a prática do Kundalini Yoga. Para isso passou a ensinar também a Numerologia Tântrica, que permite um diagnóstico das necessidades e potencialidades individuais e os Kriyas e Meditações específicas para cada caso. Ao se tornar Mahan Tântrico (único Mestre de Tantra Yoga Branco vivo) em 1971, ele conduziu “workshops” em cidades no mundo inteiro. Em 1987, transformou esses “workshops” em vídeos, chamando-os de Cursos “Renovar para tornar-se Novo”, que continuarão a ser dados no mundo inteiro. Sempre foi fiel ao seu compromisso inicial: “Eu não vim para reunir alunos, mas para treinar professores”. A International Kundalini Yoga Teachers Association, (Associação Internacional dos Professores de Kundalini Yoga) e o KRI Kundalini Research Institute (Instituto de Pesquisas Kundalini) mantém agora cursos de formação de professores através do mundo. Harbhajan Singh Khalsa Yogiji, conhecido como Yogui Bhajan por centenas de milhares de adeptos pelo mundo inteiro, deixou seu corpo físico às 21 h, horário local, no dia seis de outubro. Sua passagem teve lugar no seu lar em Espanola, New México, rodeado pela família e pelos amigos. A causa da morte foi complicação devido a falha cardíaca. Tinha 75 anos. 6
  • 7. Seu Lema: ”Se você não consegue ver Deus em tudo, não consegue ver Deus de forma alguma.” Seu Credo: “Não é a vida que importa, é a coragem que você traz a ela.” Seu Desafio aos Alunos: “Não me amem, amem os meus ensinamentos. Tornem-se dez.” Capítulo I O QUE É UM ESTUDO NUMEROLÓGICO A partir do conhecimento dos fundamentos da Numerologia Tântrica é possível elaborar um Estudo Numerológico de uma pessoa, empresa ou qualquer tipo de organização ou instituição. Esse estudo corresponde à interpretação dos onze corpos da Numerologia Tântrica. (O décimo primeiro corpo é a totalidade.) “ Cada pessoa tem uma órbita definida baseada na longitude e na latitude do lugar de nascimento. O destino das pessoas é que vida se mova nessa órbita. A vida também depende do movimento da própria pessoa, que é seu ambiente, circunstâncias, habilidades e consciência aplicada. Quando a vida se move harmoniosamente no lugar dessa órbita então se consegue a felicidade.” Y.B. O Estudo Numerológico Tântrico ajuda a alcançar uma melhor compreensão dos valores que tem a vida do ser humano e dos desafios a que está submetido. A data de nascimento compõe um código energético, que, ao ser devidamente traduzido e interpretado, possibilita o conhecimento das características essenciais que definem a identidade, as potencialidades, bem como as áreas de dificuldades e as tendências presentes nos períodos de vida de uma pessoa ou organização. O acesso a esse conjunto valioso de informações transforma o Estudo Numerológico em um poderoso Instrumento de Diagnóstico voltado para o autoconhecimento e auto-realização podendo ser utilizado em nível pessoal e, em vários tipos de aplicações, em nível organizacional. CONCEITOS UTILIZADOS no ESTUDO NUMEROLÓGICO Fatores numerológicos 7
  • 8. A energia cósmica circula equilibradamente. A ordem do Universo, é nossa ordem, não estamos separados dela. Cósmica e universalmente somos parte integrante dessa ordem e não podemos escapar de sua influência. Nascemos, crescemos e morremos sob leis que são iguais para todo o mundo. E regressaremos ao mesmo ciclo tantas vezes quantas nos seja necessário, até chegarmos ao conhecimento total para então nos fundirmos novamente com a energia universal. Estamos imersos na Roda da Vida e, em cada encarnação, recorremos uma parte dessa espiral, a qual nos vai levando pelo caminho do conhecimento. A Numerologia Tântrica, também está integrada dentro da ordem do Universo e, portanto, dentro da ordem de cada um em seu momento atual. Cinco são os fatores de evolução da Numerologia Tântrica., uns marcam as deficiências e outros, as qualidades. Os cinco fatores são : ALMA KARMA ( PERSONALIDADE) DOM ( PRESENTE de DEUS) DESTINO (VIDAS PASSADAS) MISSAO ( CAMINHO) Os Dez Corpos Espirituais Para chegar a ser um Ser Humano completo é necessário ter o domínio dos dez Corpos Espirituais. Somente assim será possível chegar a ser SIRI GURU GRANTH SAHIB (Sabedoria Infinita) Essência Divina: Corpo 1- Corpo da Alma Corpo Mental: Corpo 2-Mente negativa ou Protetora Corpo 3-Mente Positiva ou Projetiva Corpo 4-Mente Neutra ou Meditativa Corpo Físico: Corpo 5-Corpo Físico Corpos Sutis: Corpo 6- Arco de Luz 8
  • 9. Corpo 7-Corpo da Aura Corpo 8- Corpo Prânico Corpo 9-Corpo Sutil Corpo 10-Corpo Radiante Corpo 11-Totalidade O décimo primeiro corpo espiritual representa a harmonia interior dos dez primeiros corpos. (SIRI GURU GRANTH SAHIB) A Importância da Data do Nascimento A Numerologia Tântrica estuda a data de nascimento de uma pessoa por validar esse aspecto como o principal determinante dos aspectos de toda a vida de um ser criado. Pitágoras (apud Maria Lapuente, 2000) também considerava a data de nascimento e dizia: No momento de nascer, o Universo emite uns sons ou vibrações, que marcam o destino do recém-nascido. Essa vibração é o princípio causal de toda uma vida de experiência para o indivíduo. E cada um atua em concordância com um conjunto de sons que vibraram no Universo justo no preciso instante de nascer. A cada som ou vibração o ser assimila um número o qual se converte em uma expressão arquetípica de algo real. Esse “algo real” representa os passos que, justo quando se nasce, vão marcar um caminho com sinalizações de “compreensão”, de “movimento” e de “potencialidades”. Todo esse conjunto de “sons” e de “vibrações” está integrado na Numerologia Tântrica. É uma grande ajuda para seguir um processo muito mais seguro e convincente da realidade que ocorre na terra Portanto, a data de nascimento representa a individualidade em um sentido único. É o fio condutor que une a trajetória de nossas vidas com o sentido mais íntimo do Ser Humano. É a chave de como nos identificamos com nossa alma. Cada Ser é único, cada Ser leva consigo um aspecto evolutivo sempre ligado à sua condição espiritual. A data de nascimento mostra-nos um caminho determinante, um espaço de tempo na qual podemos identificar-nos com uns aspectos muito próprios, muito conectados com as experiências que temos que viver para continuar nosso caminho evolutivo e vivê-lo conscientemente. Representa a realidade “objetiva”, a natureza interna do Homem . A Individualidade. Por que a alma escolhe uma data determinada? Porque essa data está composta de números, sons, vibrações, conectados diretamente com a essência Infinita do Ser e que têm um significado específico relacionado com o momento de superação que esse Ser aceitou viver. É um momento muito importante, já que simboliza o ponto de partida do caminho que a alma vai empreender nesta vida para ascender na sua escala evolutiva. Quando se deve provocar um parto, por qualquer motivo, e a criança nasce no dia e na hora em que o médico escolheu, não devemos crer que isso é errado, porque esse é o dia e a hora, é o momento certo em que o novo Ser escolheu para nascer. Nada é por acaso, tudo acontece no instante que está previsto para a evolução da pessoa. Cada número representa um fator dessa escala evolutiva que a alma decidiu experimentar. Os números podem indicar como seguir o caminho, porque cada um 9
  • 10. explica como ela pode se identificar com os desafios para poder entendê-los. Eles também explicam os valores interiores para avançar com segurança e que nível de realização espiritual é possível alcançar. Esses números representam as possibilidades de recordar, reconduzir e consolidar a sabedoria inerente a cada indivíduo desde seu princípio ancestral. É essa a sabedoria que, vida após vida, a alma revive e reconhece para expandir-se. Assim pois, o estudo, em profundidade, da data de nascimento representa uma grande ajuda a todo aquele que quer ser consciente de seu trabalho na terra, para que possa encontrar seu verdadeiro sentido como ser espiritual. COMO CALCULAR as VIBRAÇÕES NUMÉRICAS da CARTA NATAL CHAVES: Dia de nascimento = Alma Mês de nascimento = Karma ( Personalidade) Últimos dois números do ano de nascimento = Dom – Presente de Deus Ano de nascimento = Vida Passada (Destino) Soma do dia, mês e ano de nascimento = Caminho (Missão) Esta Numerologia chega até o número onze, se o número final é maior, volta-se a somar até obter um menor. Por exemplo: 12 + 3 + 1966 = 28 = 2+8= 10 , então o número buscado é 10 . PRIMEIRO ASPECTO : ALMA Marca o dia do nascimento, Exemplo: se a pessoa nasceu no dia onze, sua alma será onze; se nasceu no dia seis, sua alma será seis. O fator ALMA ( as deficiências) é preciso trabalhá-lo interiormente para sentir- se conectado com a própria alma. • Significa a relação que o ser tem consigo mesmo. • Significa como ele é por dentro. • Quando está bem consigo mesmo, tudo está bem por fora e ele terá paz interior. • A Alma é o melhor companheiro que o ser possui. • Normalmente todas as pessoas têm problemas com esse aspecto, Alma. Quem, não puder ir até dentro de si mesmo, em sua fonte, não poderá encontrar seu verdadeiro Ser. SEGUNDO ASPECTO: KARMA – Personalidade O mês do ano marca o número do Karma. Exemplo: se a pessoa nasceu em setembro, seu Karma é nove; se nasceu em abril, seu Karma é quatro. O fator KARMA (as deficiências) precisa ser trabalhado exteriormente para pessoa saber se está no caminho espiritual. KARMA é a maneira como o ser se percebe 10
  • 11. e como se relaciona com o mundo exterior. Esses dois fatores: ALMA e KARMA terão de ser trabalhados conjuntamente para harmonizá-los. * O Karma mostra a relação existente com o mundo externo. *O Karma é a personalidade. *O mês marca a ação que se desenvolve no mundo, a ação sempre vai ligada à personalidade. *A maioria das pessoas vive lutando consigo mesmas. *A luta se dá entre a Alma e o Karma (personalidade). * É difícil chegar a essa reconciliação. TERCEIRO ASPECTO: DOM Obtém-se mediante a soma dos dois últimos dígitos do ano de nascimento. Por exemplo: 1975 (7+5=12) (1+2=3) Nesse exemplo, o DOM corresponde ao número 3. O fator DOM (as qualidades) é a base, as virtudes inatas com as quais o ser nasce neste mundo para conseguir harmonizar a ALMA e o KARMA. *Ao encarnar Deus lhe dá um Dom, uma virtude. *É uma qualidade com que lhe presenteia, pois esforçou-se para alcançar essa virtude, através das encarnações. *O presente de Deus é sempre positivo. * O ser sempre pode confiar em seu Dom. *Conhecê-lo implica realizar um trabalho consigo mesmo para começar a ver o que há dentro de si. *A utilização do presente dependerá do grau de consciência de cada pessoa. QUARTO ASPECTO: DESTINO – Vidas Passadas Obtém-se com a soma dos quatro dígitos do ano de nascimento. Exemplo: 1975 = 1+9+7+5 = 22 = 2+2=4 Nesse caso, o Destino é 4. O fator do DESTINO (as qualidades) é outro pilar, outra força que se tem também, para se conseguir harmonizar os dois primeiros fatores: Alma e Karma. A pessoa deve estar segura sobre os dois últimos fatores: Dom e Destino, segura de que tem essas faculdades, expressá-las e manifestá-las. *Através do aspecto Destino, o ser encontra a chave das encarnações passadas. *Vê aquilo que estava tentando aperfeiçoar nas últimas vidas. *Supõe-se que sejam mais ou menos sete vidas que o ser demora para cultivar e amadurecer um número, uma virtude.Esse aspecto mostra o que projetamos, e como as pessoas nos vêem. *A primeira impressão que se tem, quando se conhece alguém, ocorre através do número do Destino. QUINTO ASPECTO : CAMINHO - Missão Obtém-se mediante a soma total da data de nascimento. Exemplo:12 de outubro de 1982 = 1+2 + 10 + 1 + 9 + 8 + 2 = 33 = 3+3 = 6 O Caminho, nesse exemplo, é 6. 11
  • 12. O fator CAMINHO ou MISSÃO é a conseqüência de a pessoa haver trabalhado os fatores da ALMA e do KARMA, e de haver expressado corretamente os fatores DOM e DESTINO. É o que ela há de obter na vida para chegar à evolução e à plenitude espiritual. O número que marca esse fator representa o que realmente o ser veio para expressar, para viver na encarnação atual e que lhe proporcionará a plenitude espiritual. • O estado de paz e de harmonia permanente consegue-se somente, quando se tem a certeza absoluta de estar cumprindo e desenvolvendo a própria missão. • Se uma pessoa não consegue harmonizar cada um dos seus números ou aspectos, não está cumprindo sua missão e não será feliz. • O quinto aspecto é a fonte de aperfeiçoamento. • É o número guia, uma espécie de Mestre que é preciso ter permanentemente presente em na vida. Primeiro deve-se polir, positivar os primeiros quatro aspectos para logo se dedicar ao quinto aspecto. NUMEROLOGIA REFLEXIVA: Quando o KARMA e a ALMA são iguais. Exemplo: 10 de outubro (10 do 10), a pessoa é um espelho: como é por fora é por dentro. *As pessoas que possuem esse tipo de numerologia têm problema de aceitar e compreender os demais, já que elas não concebem haver diferença entre personalidade (Karma) e Alma. *Quando essas pessoas têm problemas consigo mesmas, imediatamente alteram- se as suas relações com o exterior. * Elas são tudo ou nada, já que estão bem, ou estão mal, em ambos os corpos. NUMEROLOGIA DHÁRMICA Acontece quando o número do presente de Deus (Dom) repete-se em um dos outros aspectos, ou seja, no número da Alma, do Karma (Personalidade), da Missão ou do Destino (Vidas Passadas.) • Esse tipo de numerologia é um dharma, uma benção, já que o presente de Deus, que é sempre é positivo, estará reforçando o aspecto que é igual a ele. NUMEROLOGIA COM PROBLEMAS EM VIDAS PASSADAS Acontece quando o número de Vidas Passadas (Destino) repete-se em qualquer um dos aspectos. • Significa que a pessoa não poliu essa virtude ou fortaleza. • Em algum ponto falhou, portanto terá que iniciar um novo ciclo de encarnações até ter conseguido. SIGNIFICADO DOS NÙMEROS TÂNTRICOS Os números simbolizam e manifestam também o modo de ser da pessoa através da vida. 1 LIDER – Corpo da Alma Representa o conflito entre a Cabeça e o Coração. 12
  • 13. Representa o coração, a paz, a tranqüilidade, a coragem, a criatividade, a visão, o pioneirismo, a humildade, a independência, o espírito de iniciativa e a capacidade para tomar decisões. Manifesta a habilidade de se manter e liderar com consciência. 2 DIPLOMATA – Mente Protetora Representa o anseio da Alma individual de se unir a Deus. Nos relacionamentos, manifesta lealdade e diplomacia. Simboliza dualidade e polaridade. Simboliza o aluno obediente. Representa o desejo de pertencer, o controle da impulsividade e a conexão. 3 –QUE DÁ CARINHO E CUIDA DOS OUTROS - Mente Projetiva Representa o problema entre o Ego e a Alma. Representa a busca das soluções nas situações mais desesperadoras, refere-se a infinitas possibilidades disponíveis, buscando o potencial ilimitado. Manifesta características maternais de guiar e cuidar das pessoas. Preocupa-se com o outro. Representa a capacidade de dar, a sociabilidade, o otimismo, a segurança, a auto-estima, o poder pessoal, o dinamismo e a alegria. 4 – CONSTRUTOR – Mente Meditativa Representa a Mente meditativa e o desenvolvimento do poder da mente através da intuição. Representa a habilidade de reconhecer as verdadeiras oportunidades, de ter a atitude de organização, estrutura e construção , decisão e flexibilidade. 5 – PROFESSOR – Corpo Físico Representa o equilíbrio entre o corpo, a mente e o espírito. Representa o professor, a habilidade de ensinar os demais através da presença e da comunicação. 6 – COMANDANTE – Arco de Luz Representa o processo de interiorização e de concentração, a pessoa em oração, que está em fluxo constante com sua intuição. Representa a energia vital, a auto-estima, a proteção. Simboliza o sistema imunológico, ajudando o ser a se manter positivo, lutando contra bactérias e negatividades, protegendo de tudo que possa dar errado. Representa a capacidade de resolver situações com o domínio da oração. Forte como o aço, firme como uma rocha, íntegro e brilhante como o diamante. 7 – BUSCADOR – Corpo da Aura Representa a capacidade de projeção mental, a inteligência, a facilidade pessoal e mental, conectadas com o pensamento, a forma e a ação. Simboliza impacto. Manifesta o campo eletromagnético. Representa segurança interior, de não perder o sentido de quem é. Busca o conhecimento intelectual e espiritual. Quer saber o porquê de tudo. Representa a capacidade de elevar os outros e a si mesmo. 8 – MENTE EXECUTIVA – Corpo Prânico Representa a relação com o limitado e com o ilimitado. Representa a habilidade de a pessoa ser corajosa, cheia de energia e cheia de vida, vitoriosa nos negócios e nas artes executivas e curativas. Simboliza poder, reconhecimento, autoridade e dinheiro. 13
  • 14. 9 – HUMANITÁRIO- - Corpo Sutil Representa a intuição e a inteligência. Simboliza a capacidade de estar totalmente em quietude interior e, portanto, o conhecimento completo e o domínio de qualquer situação. É um número de conclusão, de capacidade de terminar o que começa. 10 – GUERREIRO - Corpo Radiante Representa o compromisso, a coragem e a nobreza. Representa a pessoa que luta contra qualquer obstáculo, que processa a negatividade, que não tem medo nem vergonha de mostrar sua alma. 11 – GUIA – Totalidade Representa a perfeição da consciência, do físico, de todos os corpos, de tudo. Quando o ser se rende à vontade de Deus, ele é um onze, compreende que é um canal divino e que Deus atua através dele. No Sikh Dharma, os onze “Gurus” são arquétipos dos onze corpos. Há palavras-chaves para cada corpo. Aprendê-las ajudará a pessoa a sintonizar-se com eles de forma rápida e silenciosa. Os sete primeiros corpos estão relacionados com os sete Chakras. Capítulo II OS ONZE CORPOS ESPIRITUAIS E OS ONZE GURUS Não somos somente um corpo físico. Além do corpo físico, estamos compostos por dez corpos espirituais: Alma, Mente Negativa, Mente Positiva, Mente Neutra, Corpo Físico, Arco de Luz, Aura, Corpo Prânico, Corpo Sutil e Corpo Radiante. Cada um desses corpos afeta o funcionamento energético do ser humano. Os obstáculos que se encontram no processo de evolução de nossa vida, estão tanto no nível físico, quanto no nível mental, psíquico e espiritual. Sempre vão ligados a esses dez Corpos Espirituais. O início de toda enfermidade, encontra-se, em primeiro lugar, em um nível espiritual, depois penetra no nível mental e finalmente no físico. Se não se descobre aquilo que funciona mal em cada um desses dez Corpos Espirituais, não se pode ter o diagnóstico real da doença. Por isso é muito importante conhecê-los para a prática da saúde. O estudo desses dez corpos (que não podem ser vistos com os nossos olhos físicos), facilitará, de uma maneira minuciosa, saber onde estão os problemas e como eles determinam nossa personalidade. 14
  • 15. A Numerologia Tântrica de Yogui Bhajan oferece-nos uma visão muito profunda de nosso poder para melhorar os Corpos. Também nos ensina um caminho e ensina-nos umas práticas para cada um dos corpos, a fim de fazê-los atuar de forma positiva. Quando eles estão harmonizados, encontramo-nos em estado de consciência e de existência mais elevado. Veremos a seguir como os corpos afetam nosso comportamento e nossa forma de pensar. PRIMEIRO CORPO - – CORPO DA ALMA 1º Chakra da Base ou Raiz – Cor Vermelha “Cabeça Versus Coração” criador, criatividade ,humildade O Corpo da Alma é um corpo que se relaciona com o ser divino interior, o infinito interior. È a experiência que flui do espírito dentro do ser. Quando o corpo da Alma está forte, a pessoa governa com o coração e não com a cabeça. Quando a pessoa se entrega ao ser espiritual, os atos originam-se com a grande humildade e a criatividade que há no interior de cada um. Cada ser está vinculado de tal maneira ao infinito que pode deixar-se levar pelo fluxo da energia de Deus e utilizá-la para criar beleza em sua vida. Se o primeiro corpo está fraco, pode ser que a pessoa atue com a cabeça e não com o coração e é possível que termine por sentir-se bloqueado, imobilizado, incapaz de entrar em contato com seu fluxo criativo. Nossa cultura Ocidental nos fez crer, que o intelecto é o aspecto mais importante e supremo que tem o ser humano. Assim sendo, nós o servimos e educamos segundo nossas crenças, necessidades, comodidades e nos convertemos em seus escravos. Mas a finalidade da mente é ser uma ferramenta, da qual nós podemos nos servir para compreender e expressar conscientemente nossa experiência espiritual. Nós somos o que podemos ser e temos de dominar a mente, para que possamos nos servir dela e avançar corretamente. Yogui Bhajan disse que a mente nos foi dada, a fim de que a alma possa ter um veículo para conectar-se com Deus, para experimentar Deus. O conflito entre a Mente e o Coração depende do grau de evolução da consciência. Esse é o dilema constante do ser, porque a experiência da alma há de passar através dos resultados conscientes e equilibrados do Coração e da Mente. Se não é assim, segue-se este processo: vem o pensamento na mente, o pensamento dispara a emoção, a emoção dispara o comportamento e em conseqüência a ação: e é aí que se entra em conflito. Se a pessoa não permitir que a mente a influencie, dar-se-á conta de que o Coração lhe permite experimentar a intuição que a leva ao pensamento e à ação corretos. O Coração nunca engana, é limpo, imenso, é o amor incondicional, universal. Realmente é o canal da Alma. A chave para um ser espiritual é valer-se do Coração. O número 1, representante da ALMA, corresponde ao primeiro corpo espiritual. A ALMA é representada pelo Guru Nanak, o guru da humildade. A ALMA é a essência primitiva do ser, é o átomo cósmico, é uma parte completa de Deus. 15
  • 16. Em sânscrito, para descrever a MENTE e para descrever o CORAÇÃO há uma mesma palavra: “MAN”. Segundo Yogui Bhajan a tradução mais correta de “ MAN” seria consciência, porque é a integração do Coração, veículo do amor, com a Mente, veículo da sabedoria. Quando esses dois aspectos se integram em perfeita harmonia, o ser funciona perfeita e equilibradamente com o corpo espiritual que é a ALMA. Nossa Paz Espiritual Depende Da Relação Que Temos Com Nossa ALMA . Nossa alma não é outra coisa que a manifestação de Deus em nós. Nossa alma é a energia mais pura que temos, nossa alma é a fonte de amor, de sabedoria que habita em nós. O fator da Alma é a consciência interior, o processo interno. As ferramentas mais poderosas para alguém desenvolver-se e conectar-se com a Alma são a meditação e os mantras. O QUE FAZER COM O CORPO UM EM DESAFIO Afirmação positiva para melhorar o corpo UM. “Vivo com gratidão , alegria, criatividade e compaixão e estou feliz por sentir o fluir da minha alma. “ As pessoas com este aspecto - ALMA, terão que fazer um trabalho de auto- revisão e de autocontrole constante de suas atitudes e de seus pensamentos, para irem reforçando a essência desse número UM. Devem adquirir uma total segurança em seu desenvolvimento interior. Devem estar atentas, para que não seja nem a mente nem o coração que domine por si só as situações. Os dois terão que fluir na mesma direção, coordenados e imutáveis. Assim é como viverão em paz, atuarão através da consciência e saberão conectar-se com a própria alma. Seguir o exemplo de Guru Nanak: Ter humildade . Essa é a qualidade que deve ser dominada pela pessoa para sentir-se conectada com a própria ALMA. Humildade é a qualidade que o ser humano necessita para se conectar com a essência divina. Entrar em contato com sua alma Se a pessoa não conhece sua alma e não entra em contato com ela, não sabe quem é e não pode seguir adiante. Para entrar em contato com a alma é necessário ter humildade , aceitação e amor próprio. Manter o equilíbrio entra cabeça e o coração A pessoa deve manter, em qualquer situação, o equilíbrio de seu aspecto mental e emocional e seus sentimentos puros. Deve cultivar o amor. Relaxamento A pessoa deve aprender a relaxar, para permitir que seu interior flua com harmonia e sua alma se manifeste. Assim poderá atuar com criatividade e iniciativa. No momento em que a pessoa tocar em sua própria alma, tornar-se-á sem medo, por isso deve Relaxar o mental para a alma vir à tona. Relaxando a mente o corpo relaxa. 16
  • 17. Meditação É importante meditar no primeiro Chakra, senti-lo. Quando alguém pode senti-lo, consegue estimular os 72.000 nervos. No momento em que se concentrar, o fluido espinhal começará a fluir através da massa cinzenta do seu cérebro. Quando a energia do 1º Chakra é estimulada e distribuída ao corpo, a pessoa encontrará uma renovação em si. Então o elemento terra, a força, a coragem fica viva. Sempre que alguém precisar do elemento terra, tudo o que tem a fazer é apertar mentalmente nesta área:os esfíncteres. Seu Chakra o servirá 1º Chakra da base ou Raiz- Cor Vermelha Característica básica: Esse Chakra cria as bases da aceitação ativa que é usar um dos maiores instrumentos de força: aceitação da vida na terra. Aceitação ativa é, pois, escolher e aceitar a vida. Cor: vermelho vivo que caracteriza a FORÇA (vermelho escuro demais lembra o sangue desvitalizado, morto). Sem ela, FORÇA, a espiritualidade dos níveis mais elevados não decola. O vermelho é cor cheia de densidade e intensidade que dá corpo às idéias e ações. Enfim, o vermelho dá o sentido básico, o sentido da própria existência real a tudo que toca, ouve, escuta, capta, ama, vê, percebe, eleva ou ...abaixa. Cor como nível vibratório:Vermelho denso Som base ou mantra: LAM Elemento: Terra Localização: Final da coluna Área do corpo: Órgãos de eliminação Órgão: Glândula : Intestino grosso, reto, e glândula supra-renal O primeiro Chakra está associado ao sentido do olfato. Talento: Aceitação. Qualidades: Centralização em si, segurança, mecanismo de sobrevivência, estabilidade, autoconfiança, impulso para agir, força, coragem para conquistar e produzir, criatividade. O primeiro Chakra é o alicerce de tudo o que acontece com a pessoa. Desafio: Ressentimento e rigidez. Desequilíbrios: Constituição frágil, resistência psicológica e mental, medos, inseguranças, pouca energia, a vida torna-se um fardo, sentimentos que não pertencem à Terra, egocentrismo, inexatidão, falta de coragem. Doenças: Constipação e diarréia, problemas intestinais, hemorróidas, Aspecto funcional: buscar e dar matéria-prima para a criação. 17
  • 18. PRIMEIRO GURU – GURU HUMILDADE ( 1469-1539 ) GURU NANAK deu-nos o exemplo de humildade. ¨”Foi o primeiro guru que começou, deu início ao sikhismo. Foi o ponto de Partida , revelou o que a verdadeira yoga significa. A raiz é yug, que significa unir. A união do homem com Deus mediante meditação. Guru Nanak foi a força criativa do Sikh Dharma, ele começou todo o processo. Ficou conhecido por sua humildade, qualidade espiritual que nasce do aprendizado desse primeiro corpo. O ser torna-se humilde quando reverencia, curva sua cabeça , de modo que literal e simbolicamente seu coração está mais alto que sua cabeça. Humildade é a qualidade que se deve dominar para alcançar a plenitude como ser humano, para sentir a conexão com a própria alma. Os ensinamentos básicos de Guru Nanak foram de saber viver no mundo e ao mesmo tempo, ter a mente conectada com a energia divina. Para consegui-lo, dizia ele: “Viva com humildade e medite o nome de Deus”. SEGUNDO CORPO – MENTE NEGATIVA PROTETORA 2º Chakra Sexual- cor laranja Energia feminina “Anseio de Pertencer”- contenção, obediência, conexão, vínculo. A Mente Negativa ajuda a dar forma à criatividade do corpo espiritual, outorgando à pessoa os dons da contenção, da forma e do discernimento.Também lhe dá um anseio de pertencer, que, em sua mais alta forma de expressão, impulsiona o ser a relacionar-se muito profundamente com seu próprio ser divino. Se a mente negativa não está bem desenvolvida, o anseio de pertencer pode levar a pessoa a estabelecer relações inadequadas, autodestrutivas, por estar influenciada pelos outros e insuficientemente contida em seu próprio centro. É bem fácil de acontecer, nas primeiras etapas da vida, esse o problema de apegar-se tanto às pessoas que as relações com elas se tornam devastadoras. Aquelas que têm o dois espiritual acabam sendo verdadeiramente feridas desde muito jovens; são tão vinculados, que perdem seu próprio centro, seu próprio sentido de individualidade. Nesse caso, é necessário que tenham um mestre espiritual; ou um psicólogo, em nível profundo. É bom ressaltar que, quando a pessoa se relaciona com alguém em nível de alma, não há possibilidade de ferir-se, porque essas relações originam-se no recinto mais seguro e infinito do ser. O segundo corpo dá ao ser muita informação das negatividades acerca de tudo o que surge em sua vida, para que ele possa prevenir qualquer contingência a 18
  • 19. fim de proteger-se. É preciso prestar muita atenção ao segundo corpo, mente negativa, para assim poder utilizá-lo com vantagem.Quando o segundo corpo está em equilíbrio, ajuda a pessoa a crer permanentemente no seu ser espiritual. Ele lhe dá a paciência necessária para obedecer a seu próprio guia interior. Quem tem um dois na ALMA ou no Karma necessita desenvolver o hábito de escutar o seu próprio SER Infinito. O corpo dois dá ao ser a função protetora da mente, sensível aos perigos, que avisa o que pode dar errado. Representa a obediência à intuição. Dá-lhe a paciência de ser obediente à sua intuição. Transforma a emoção em intuição. O QUE FAZER COM O CORPO DOIS EM DESAFIO Afirmação Positiva para melhorar o corpo dois. “Eu sempre me sinto conectado e guiado pelo meu Ser Superior, não ajo cegamente e obedeço aos limites.” Seguir o exemplo do Guru Angad: ser aluno obediente, ou seja, escutar a sua própria alma e obedecer à sua intuição. O número dois, em desafio, precisa neutralizar a necessidade de ser aceito, estando seguro de si, sem depender de pessoas ou coisas, superando todos os apegos. É importante manter a calma e transformar emoção em devoção. O corpo dois em desafio necessita de um mestre espiritual. A chave para harmonizar esse corpo é conectar-se a uma pessoa de consciência elevada como um mestre espiritual, um ensinamento, um método que ensine e oriente a trabalhar espiritualmente. É permitir que a alma infinita dê passagem ao infinito. É uma questão de mudar a emoção pela devoção. Para o número dois seria bom ter um mestre espiritual. Obedecer a um mestre espiritual significa confiar na habilidade dele de ver através do seu ego, de ler o que sua alma necessita. Neutralizar a necessidade de ser aceito A chave para desenvolver o sentido deste número na alma é elaborar esse anseio por pertencer até o ponto de neutralidade. A conexão com seu infinito neutraliza esse anseio. Como, no ser humano, o desejo de ser aceito é forte, é muito importante que a pessoa atue sem estar condicionada pela necessidade de agradar. Deve aprender a atuar a partir do conhecimento de si mesma e sentir a presença de Deus em seu interior, unir-se a Deus. Isso equivale a estar plenamente conectada com o Universo, sem depender de pessoas ou coisas, estando segura de si, superando todos os apegos e as coisas limitadas. Manter a calma Antes de responder a alguém, por impulso, é bom fazer respirações profundas e lentas. Isso permite uma resposta sem precipitação. “Emoções são como convidados. Devem ser tratados gentilmente e mandados embora se não são adequados.” Yogui Bhajan 2º Chakra Sexual- Cor Laranja Característica base do sexual: Criar coragem de entrar em contato com os outros no mundo físico e na intimidade. Criar a sensação e engatilhar o sentido 19
  • 20. de fusão, concretizando no nível físico Sentimento de Unidade e de Continuidade da Criação. O ato de amor prova a cada ser humano que ele é um “criador” da vida, vivendo uma força Divina. Cor : Laranja, esfria as congestões com banho frio, com o prateado azulado, e ganha força com o rosa-shocking. Elemento: Água. Localização:Osso púbico, acima dos órgãos sexuais. Órgão: Glândulas reprodutivas, rins e bexiga. Talento: Criatividade O segundo Chakra está associado ao sentido da palavra. Qualidades: Atitudes positivas e relaxadas quanto às funções sexuais. Paciência. Desafio: Paixão manipulada e culpa. Desejo excessivo de ser amado Desequilíbrios: Falta de carinho e bloqueios na puberdade devido à sensualidade e ternura reprimidas na infância. Falta de auto-estima, emoções muito rígidas, medo. O segundo Chakra representa desejo, paixão, dualidade, movimento, mudanças e criatividade. Doenças: Dificuldades menstruais, infertilidade, problemas no Sistema Urinário (rins, bexiga,) e Reprodutor (Câncer de próstata e ovários), problemas hormonais. Aspecto funcional: jogar o instinto do Chakra base, o conhecimento (que desce do plexo em raios solares) e a conscientização elaboral dos Chakras superiores, nas águas da vida prática, através das sensações, ou seja, das Experiências. As experiências são instrumentos do Chakra sexual. É o desejo que mora nele que dá impulso para que qualquer relação humana aconteça. O Chakra sexual é o tempo, a eternidade que vive o momento. SEGUNDO GURU – GURU ANGAD OBEDIÊNCIA ( 1504- 1552 ) Guru Angad deu-nos o exemplo de obediência. Guru Angad foi o aluno perfeito e obediente. “Todas as provas convenceram Guru Nanak que encontrara em Guru Angad um verdadeiro sucessor. Dirigindo-se a ele, disse: “Você se tornou tão querido para mim, que parece ser uma parte de mim. Você é o meu Angad, uma parte do meu “ang” ou “corpo” . Assim o seu nome foi trocado para Guru Angad e tornou-se o segundo Guru sikh, tendo prioridade de preferência sobre os próprios filhos do mestre. Guru Nanak disse aos seus filhos que somente Angad provou ser digno. Guru Angad criou o Gurmukhi, uma língua espiritual simples de ler e de compreender, para que as pessoas simples pudessem entender o que ele ensinava. Seus ensinamentos e seu exemplo foram de uma atitude de devoção, de entrega e 20
  • 21. obediência ao Guru ( Sabedoria Infinita) . Ensinou que o homem possui um grande tesouro espiritual, embora se apegue cegamente aos prazeres superficiais do mund, mas que Deus que está dentro, não pode se encontrado por essas coisas externas. Guru Angad deu às pessoas o presente da literatura. Teve grande interesse na educação das crianças e abriu muitas escolas para elas. E somando com o templo do pão (langar) e o templo da canção (sangat), apresentados por Guru Nanak , deu o terceiro templo – o templo do aprendizado.” TERCEIRO CORPO : MENTE POSITIVA OU PROJETIVA 3º Chakra do Umbigo e Plexo Solar –cor Amarela “Diabólico ou Divino”- positividade, tua vontade é a minha, tudo ou nada. A mente positiva permite ver a essência positiva de todas as situações e de todos os seres. Dota o ser de uma firme vontade que lhe permite usar seu poder com facilidade e humildade. Faz a pessoa ser espontânea, alegre e otimista, conferindo-lhe um bom sentido de humor. Faz com que sua comunicação seja poderosa e direta. Se a mente positiva está fraca, pode estar desanimada pelo potencial da mente negativa, que pode lhe estar causando depressão e imobilidade. É possível que o três seja irritável e intransigente ou que não se decida a usar seu próprio poder, seu próprio calor, porque tem medo da responsabilidade, ou tema abusar dela. “Mente Positiva” representa a possibilidade de encontrar benefícios e saber que em toda situação escondem-se oportunidades para avançar com otimismo, porque diante de qualquer situação, por mais difícil que seja, sabe que sempre há um aspecto positivo que pode adequá-la na vida cotidiana e ajudá-la a sair de qualquer contratempo. Com esta Mente Positiva, o ser pode expressar-se com alegria, conseguindo positivar as situações e a própria vida. O QUE FAZER COM O CORPO TRÊS EM DASAFIO Afirmação positiva para melhorar o corpo três: “Eu vejo o espírito e a beleza em cada pessoa, a bondade do universo em cada situação. Eu permito que o poder do infinito flua através de mim, e guie minhas ações. *Seguir o exemplo do Guru Amar Das: Ver a igualdade em todas as situações. *Fazer relaxamentos profundos e meditações para aliviar o estresse mental. *Trabalhar a auto-estima substituindo pensamentos negativos por positivos .Gravar afirmações positivas e escutá-las antes de dormir. Uma boa terapia é o bom humor. Rir faz bem. Assistir boas comédias e programas humorísticos. * Perceber Deus em cada situação e ver a luz em todas as coisas . * Fazer exercícios para melhorar a Postura. 21
  • 22. 3ºChakra do Umbigo e Plexo Solar Característica Básica: Vontade e conhecimento como poder. Esse Chakra é o Chakra base do corpo mental (conhecer ou querer saber = poder) Esse Chakra hospeda os tiques nervosos e as manias. Os tiques daqueles que batem o pé em vão, ou a força de quem vai em frente empurrando com a barriga. Quem quiser curá-los tem que compreendê-los e amá-los, aceitá-los e discipliná-los. Agora que o homem já conheceu o poder terreno e seus efeitos, pode então conscientizar o centro desse Chakra como sendo a ponte, a passagem livre das águas do sexual para o cardíaco, e vice-versa. O plexo harmonioso, quando está em sintonia com os outros, serve para espelhar a harmonia geral e metabolizar as energias. Cor: amarelo como a gema do ovo, como o sol. Ou o brilho das almas em Sintonia Harmônica. Elemento:fogo. Localização: área umbilical Área do corpo: estômago (como captar sentimentos, disponibilidade ou fechar-se em si mesmo) Talento: Confiança Qualidades: Centro do poder. Vontade forte para o comando e liderança. Amor à vida e abertura para experimentá-la. Propósito definido e ação. Ego e emoções. Auto-estima. É o local da força interna de equilíbrio, da inspiração, da boa saúde, da tolerância e onde os bons relacionamentos sociais, são desenvolvidos. Desafio: raiva, gula, ganância e avareza. Desequilíbrios:Desânimo, falta de coragem, obstáculos em tudo. Muitas coisas são “engolidas”. A pessoa não tem firmeza e espontaneidade suficientes. Conforma- se apenas em ser reconhecida. Contesta seus próprios desejos e emoções. É distraída, desconcentrada e sente náuseas quando se depara com problemas. Intolerância. O talento humano da confiança está localizado no terceiro Chakra, no ponto do umbigo, abaixo do coração. Inclui o sistema digestivo inteiro do corpo e é associado com o fígado, o pâncreas, os rins e as adrenais. Doenças:deficiências do fígado e da vesícula, úlcera, gastrite. Problemas nos quadris, nos pés e nas articulações, olhos fracos, alergias e dores na parte inferior das costas. Problemas de pele. Náuseas e má digestão. Aspecto funcional: Captar a simplicidade e ter mãos que agem de maneira radiante. TERCEIRO GURU – GURU AMAR DAS IGUALDADE 22
  • 23. ( 1479 – 1574) GURU AMAR DAS deu-nos o exemplo de igualdade. “Guru Amar Das costumava jejuar, ia a peregrinações e observava várias cerimônias. Apesar de tudo isso, sua mente permanecia impaciente, como se procurasse por algo.Talvez sua mente procurasse um Guru. Sua busca interna foi longa e penosa. Colhia dos frutos dos seus bons atos, mas a tristeza permanecia em seu coração. Em seus atos, o “ EU Sou” encontrava-se presente e isso o impedia de ter uma visão do Deus que buscava. Ele mesmo estava atuando como trabalhador incapaz de aquietar sua mente e, à medida que os dias passavam, a busca da verdade continuava. Dentro de seu coração, Amar Das sabia que sem ver Deus, a vida humana passava em vão, por isso procurava por um competente guru. Assim passaram–se 70 anos de sua vida em fervorosa oração, chegando a ficar quase exausto até que a misericórdia de Divina se manifestasse para ele. Precursor da igualdade social e espiritual do homem e da mulher . Instituição do “Guru - Ka – Langar”, refeitório gratuito e aberto, sem distinção de castas, religião ou posição social. Trabalhou constantemente para levar os serviços e as mensagens de seus antecessores , fez com que hindus e mulçumanos , reis e camponeses, sentassem juntos. Através das suas pregações, Guru Amar Das introduziu diversas reformas sociais. Condenou a reclusão das mulheres. Defendeu a monogamia, encorajou as alianças, o casamento entre castas e o casamento de viúvos.” QUARTO CORPO : MENTE NEUTRA ou MEDITATIVA 4º Chakra do Coração –cor Verde “Cálice de Oração” compaixão , integração , serviço A mente neutra governa e integra todas as partes do ser. Ajuda-o a entrar rapidamente em contato com sua alma e a ver com compaixão toda a manifestação da vida,o que permite servir aos demais de um plano mais elevado. A mente neutra pode ver todo o panorama, com todas as partes da vida da pessoa que a conduziram ao bem e que foram necessárias para aperfeiçoá-la. Se a mente está fraca é possível que seja muito difícil de a pessoa tomar decisões. Ela tenderá ao hábito de sentir-se vítima da vida por não saber como integrar suas experiências e encontrar o sentido das mesmas. Talvez sinta dificuldade para ficar em harmonia com o magno projeto cósmico, ao ver as mais altas polaridades da vida sobre a terra. O corpo espiritual, “Mente Neutra”, significa manter diante dos demais, uma atitude flexível, sem envolver-se emocionalmente e, portanto, não permitir que nada se apegue a nada. Assim é uma maneira nobre de relacionar-se com os demais. A vibração que se vive a partir do coração, será seguida de um caminho correto. Isso dá grande oportunidade para o ser manter-se fiel à verdade, sem prejuízo nem falsos juízos, mas também com a disposição de admitir os próprios erros. A Mente Neutra tem uma natureza de flexibilidade, tolerância e aceitação. Isso faz com que não tenha necessidade de julgar, tampouco de justificar, porque isso seria perder sua própria perspectiva, de aceitar as condições necessárias para trabalhar com imparcialidade. 23
  • 24. O QUE FAZER COM O CORPO QUATRO EM DASAFIO: *Seguir o exemplo do Guru Ram Das: fazer serviços desinteressados, com humildade e constância. * Praticar a oração e a meditação para acalmar seu interior, abrir a intuição e atuar de modo neutro. * Fazer exercícios como flexão de coluna. Desenvolver a intuição: O corpo 4 deve praticar a oração e a meditação para abrir a intuição, o que lhe permite atuar de modo correto e neutro. Ações neutras: Essa é sua grande prova: conseguir sua satisfação espiritual através de ações neutras . Não pode ser nem muito exigente nem muito flexível. 4º Chakra do Coração Característica básica: Amor. É o Chakra base do corpo emocional, ou seja, a ponte definitiva com a Origem, com a mente Substancial. É um sentir-se paizão ou mãezona do mundo (no chakra coronário, sentir-se-ão em uníssono com o Pai real, com a fonte Materna e Paterna Única), ou sentir-se em plena Fraternidade. Cor: a cor é o verde com o qual se cria Confiança. Quando o ser confia fica possível tocar o Amor, a quarta dimensão; ou criar a Compaixão, a doação desinteressada. Aí se exprime o rosa como raio de Integração. Quando o ser vai se sentindo integrado ao próprio corpo e à própria essência, reconcilia-se com seu Eu Superior, com a partícula mais íntima que possa se identificar com o individual enquanto parte da humanidade, e não como parte de uma única raça ou credo. O verde é a cura enquanto renascimento e regeneração celular e o rosa é regeneração do emocional. Elemento: Ar. Inspirar o Amor para dentro e para fora torna tudo possível. Localização:Centro do peito. Órgão/glândula: coração, pulmões, glândula do timo. Talento: Compaixão, aceitação , coragem de amar e de sentir Confiança. Amor universal. É o centro que dissolve os medos. A amizade por muitas pessoas torna- se natural. Qualidades: Quando esse centro se abre, a pessoa desperta para a consciência espiritual. As características de compaixão, de doação e de amor são fortalecidas. A pessoa reconhece e compreende as necessidades dos demais, é agradável com todas as pessoas, tem Consciência do outro e do grupo. Sabe perdoar, age com bondade, sabedoria e emoção equilibrada. Desafio: apego, medo, culpa, dúvida e desconfiança. Há o fechar-se em si mesmo, a ansiedade, a superficialidade e a separação. 24
  • 25. Desequilíbrios: A pessoa magoa-se facilmente, é dependente de amor e afeição dos outros. Machuca-se profundamente pelo sentimento de rejeição. Evita envolvimentos mais profundos. Apresenta síndrome do ajudante, crueldade, emoção desequilibrada, visão mental limitada, teimosia. Não tem compaixão. Doenças: Problemas circulatórios (em veias e vasos), doenças cardíacas, hérnia do hiato. Dor nas articulações, pedras nos rins e cisto. Dislexia ou outros distúrbios no aprendizado surgem quando o lado esquerdo e o lado direito do cérebro não estão se comunicando. Indicação Curativa: É pelo amor que os centros superiores se unem aos inferiores. O amor é a base e a essência de qualquer cura. É, simplesmente, a pessoa ver todas as experiências como ocasião de servir e compartilhar amor, de sentir o pulsar da vida em cada uma das experiências, sem julgamentos. Dar peso ao caminho do meio. Uma boa terapia mental e emocional é a de refazer cada experiência do dia-a-dia com imaginação que nasce do amor, com o sentimento do Amor. Soltar as preocupações negativas. Dom supremo: Abre o coração e passa amor à humanidade. Trabalhando com seus raios pode-se tocar o sagrado, ali onde reside a cura. Aspecto funcional: Atuar o princípio búdico ou crístico, colocando elementos de qualquer projeção física, mental e espiritual. O ser humano pensa e o Chakra do coração cola tudo, para que se realize materialmente através do plexo. Vamos dizer que o Chakra-base dá a matéria física de corpos físicos, e o Chakra do coração dá a matéria que constitui os pensamentos, os sentimentos, e, portanto, as projeções. Usar a vibração amorosa realiza todos os pensamentos. QUARTO GURU RAM DAS SERVIÇO ( 1534 1581) GURU RAM DAS deu-nos o exemplo de servir.Guru Ram Das foi um trabalhador incansável de muita humildade. “Trabalhou continuamente a serviço do Mestre com o objetivo de auto- render-se a ele. Freqüentemente era ridicularizado pelos serviçais do mestre. Ram Das descartou todos os pensamentos sobre si mesmo . Se o mundo o louvava ou o condenava, sua mente não era afetada, pois estava em constante oração. Foram a devoção, a paciência e a humildade de Guru Ram Das que venceram. Mesmo o filho mais velho de Guru Nanak, Baba Sri Chand, que criou ressentimento contra seu pai por não ter sido escolhido Guru, sucumbiu a sua doce humildade. Guru Ram Das estabeleceu a cidade de Amiristsar como um centro de peregrinação espiritual. Foi reconhecido em toda a Índia por sua humildade e entrega de serviço a todos. Ele orientou seus discípulos para servir aos seus semelhantes. Como os seus antecessores, compôs vários hinos. Seus hinos estão incorporados no “Adi Granth” e relevam sinceridade, emoção e grande beleza de ritmo” 25
  • 26. QUINTO CORPO: CORPO FÍSICO 5º Chakra da Garganta - cor Azul Claro “Mestre” equilíbrio, sacrifício , ensinamento O corpo físico é o corpo onde são representados os outros nove corpos. Um quinto centro poderoso, faz a pessoa ser capaz de sacrificar-se, de criar o sagrado. Dá-lhe a habilidade de equilibrar todas as partes de sua vida. Se o quinto corpo está forte a pessoa será comunicativa, flexível, eloqüente e de maneira natural compartilhará o que sabe, ensinando os demais. Se o quinto corpo está fraco, a realidade interior e exterior da pessoa estarão fora do equilíbrio. Ela não saberá como lidar com todos os distintos aspectos da vida de forma fluídica e equilibrada. Talvez encontre dificuldades para expressar-se verbalmente e tenha medo de encontrar-se em uma posição na qual tenha ensinar os demais. O Corpo Físico dá ao indivíduo plena segurança de que ele, corpo físico, é a sua é sua ferramenta mais preciosa. É necessário tê-lo em perfeitas condições, pois é ele que permitirá à pessoa expressar seus sentimentos e ter experiências, falando, cantando, escrevendo, dançando, pintando, etc. Também se deve prestar muita atenção aos sinais que ele oferece para seu próprio conhecimento. O QUE FAZER COM O CORPO CINCO EM DASAFIO: *Seguir o exemplo do Guru Arjan: sacrificar-se por um ideal maior. *Cantar, entoar e usar azul para abrir o Chakra da garganta. * Viajar e mudar alguma coisa em sua vida faz muito bem ao corpo 5. *Fazer exercícios físicos, caminhar, academia com disciplina e horários. * Ter disciplina e perseverança para chegar a ser “o seu próprio mestre.” “SE você quer algo, estude; Se quer saber alguma coisa , pratique; Mas, se quiser dominar algo, ensine.” Yogui Bhajan 5º Chakra da Garganta Característica básica: Conscientizar e manifestar o próprio poder, preferivelmente como manifestação divina Superior. A conscientização dessa dimensão, cada Chakra é uma dimensão, faz com que a pessoa perceba que o poder existe na medida em que manifeste o Eu interior feito dessa energia amorosa e superior. Portanto, Poder= manifestação amorosa de Luz Branca ou de Força Vital na Terra. Cor: azul claro. Azul que fixa o que o Chakra cardíaco colocou dentro. Azul que acolhe, manifestando qualquer criação. 26
  • 27. Elemento: éter, sopro divino. Verbo. Área do corpo : garganta. É através dela, bem como de todos os órgãos do pescoço que as pessoas introduzem as energias, físicas ou psíquicas no próprio âmbito interior, ou as fazem sair: boca e orelhas, pescoço, ouvidos e a glândula Tireóide. A tireóide mantém a juventude. Experiências pesadas deprimem a tireóide. Com o desenvolvimento espiritual, com uma vibração mais elevada, a tireóide fica com sua atividade mais acelerada. Num primeiro estágio parece “segurar-se” como ação física, mas depois decola, ajudando até no equilíbrio do peso corpóreo. Quando ela se acelera, os reflexos psíquicos também se aprimoram. Aí é extremamente importante fazer meditação ou cantar mantras. O equilíbrio da cabeça depende do pescoço. Talento: Verdade. Qualidades: É o centro da verdade, da linguagem, do conhecimento e da habilidade de comunicação. É a base da auto-expressão e das interações das pessoas. Desafio: negação, aspereza. Desequilíbrios: Letargia, fraqueza nas habilidades expressivas e descritivas; timidez, sentindo-se em concha. Parece ter um “sapo” na garganta, voz forçada, gagueira, insegurança, medo de opiniões e julgamentos . O 5º Chakra está em desequilíbrio quando não existe fluxo dos Chakras superiores, intuitivo e espiritual. Doenças: Deficiências da tireóide e paratireóide. Sente dores no pescoço, problemas odontológicos e metabólicos, controle muscular e crescimento . Se está em desequilíbrio, as pessoas têm resfriados crônicos e inflamação na garganta, pescoço duro e em idade avançada problema de audição. Aspecto funcional: Transmitir a sabedoria, o amor, o querer, a vontade e disciplinar o Ego. QUINTO GURU – GURU ARJUN AUTO-SACRIFÍCIO ( 1563 – 1606 ) GURU ARJUN deu-nos o exemplo do sacrifício. “O exemplo do Guru Arjun é o sacrifício. Foi torturado e executado por ordem do imperador Jehangui por ser um líder muito convicto de sua liderança. Ele sacrificou-se por um ideal. Possuía o corpo forte para poder suportar a tortura e nos ensinou pelo exemplo. Esta é a qualidade que não se podem esquecer: ensinar e ensinar pelo exemplo. Um professor deve ter um corpo forte e saudável, sacrificar-se a si mesmo, ensinar pelo exemplo e disciplina, para que seu aluno possa aprender. O exemplo de Guru Arjun foi o de sacrifício por um ideal maior, o de ensinar pelo exemplo e cuidar do corpo e mantê-lo são. 27
  • 28. Coletou os cantos sagrados dos Quatro primeiros gurus e acrescentou os seus cantos. Todos os trabalhos foram escritos em linguagem comum e no alfabeto Punjab (Gurumuki), que foi inventado por Guru Angad. Deixou umas páginas em branco para que fossem completadas pelos nono e décimo Gurus. Guru Arjan encorajou o comércio e a indústria entre os siks. Foi um Guru ativo e empreendedor e o primeiro Guru a se introduzir na política. Também permitiu o casamento de viúvos, condenou o álcool e abriu um centro de leprosos em Taran Taaran. Guru Arjan foi um grande organizador, poeta, pregador zeloso, profeta e um mártir.” SEXTO CORPO – ARCO de LUZ 6º Chakra da Pituitária – Cor Índigo “Pessoa em Oração” projeção O Arco de Luz é o ponto de equilíbrio entre o plano físico e o plano cósmico: coordena o fluxo de conhecimento cósmico proveniente dos chakras superiores integrando-os aos primeiros corpos. Ao regular o sistema nervoso e glandular, o sexto corpo protege o centro do coração. A pessoa pode utilizar a intuição do seu sexto centro para proteger-se e seu poder de projeção para ajudar-se a manifestar qualquer coisa em sua vida. Se o Arco de Luz está fraco, talvez a pessoa padeça desequilíbrios glandulares, que podem ser a causa do seu desânimo e de seu comportamento. Possivelmente fica dispersa e não pode manifestar suas orações. Também é possível que não ela esteja utilizando sua intuição para proteger-se. Pessoa em oração significa pessoa que está sempre conectada, em fluxo constante com sua intuição, e cuja projeção se irradia através do tempo e do espaço. O poder da oração é o poder de criar uma realidade, conforme a necessidade. Quem desenvolve o poder da oração torna-se uma pessoa com grande capacidade de projeção mental. Pode meditar e afetar o processo de sua consciência e de seu destino e dos outros também. Esse número simboliza o processo de interiorização. Representa a relação entre o mundo externo e o mundo interno. Isso significa a capacidade de concentração em tudo que esteja fazendo, o controle de toda a situação, sem necessidade de alterar-se por nada do que possa estar acontecendo, ou seja, estar preparado para poder manter uma postura devota, calma e auto-segura. O que pede esse número é muita meditação, muita concentração, sentir que está sempre no “centro” e o centro quer dizer a alma. A faculdade de meditação dará à pessoa a capacidade de ser consciente, de ser perseverante, de ser responsável nos compromissos, de estar centrada em si mesmo. Isso demonstrará que a maneira de a pessoa de número 6 influir no mundo é construtiva, sem necessidade de se expressar externamente: com a palavra, com as ações... mas sim com a sua projeção psíquica. O QUE FAZER COM O CORPO SEIS EM DASAFIO * Seguir o exemplo do Guru Hargobind: defender a verdade com justiça. 28
  • 29. Seguir um processo de interiorização, conectando-se profundamente com o seu próprio ser, através da oração e da meditação para fortalecer o Arco de Luz e projetar a sua realidade. • Fazer exercícios de concentração mental e meditação 6º Chakra Terceiro Olho ( Ajna) Característica básica: Moradia dos símbolos, a linguagem maia avançada permitida ao homem. Ver, perceber, Integrar, dar harmonia , coordenar aspectos físicos, mentais emotivos e espirituais. É o chakra que garante a ligação entre as funções extra- corpóreas ou funções perceptivas e o corpo físico. Assim sua função primordial é focalizar a percepção. Cor: O azul-pavão é a sua cor, tocando muitas vezes o turquesa. No raio azul- pavão ou lápis-lazúli, a visão dupla harmoniza-se com as polaridades e com a unidade, o olho de Horus, Shiva, do Onipresente. Elemento: Memória pessoal e Cósmica. Órgão/Glândula : Cérebro, glândula pituitária . Talento: Intuição. Qualidades: centro de intuição; é onde se localizam as habilidades de clarividência, visualização, imaginação, concentração e determinação. Desafio: Confusão e depressão . Desequilíbrios: Se esta energia está desequilibrada, ou baixa, pode danificar a função da hipófise. Quando isso acontece, a conexão mente corpo está severamente comprometida. De fato, o corpo não sabe o que a mente está pensando, e a mente não sabe o que o corpo está fazendo. Quando a conexão mente-corpo está desequilibrada, a capacidade de intuição de uma pessoa está obstruída. Ajna significa “comandar”. O Chakra Ajna é o centro do comando. É aqui que a pessoa alcança a integridade de sua personalidade e adquire intuição, no sentido de que direção quer tomar. Os dois olhos dão a dimensão do mundo normal. O terceiro olho mostra a dimensão e a profundidade dos mundos sutis. Doenças: Desequilíbrio glandular e glândulas sensíveis ao som e à luz. A pessoa pode sofrer de insônia e freqüentes dores de cabeça. Problemas nos olhos, sinusite e rinite. Nas formas extremas, pode apresentar uma tendência maníaco-depressiva. Quando a Linha do Arco está fraca, a pessoa está mais propensa a acidentes e enfermidades. Aspecto funcional: decifrar códigos advindos dos cincos sentidos e colocá-los em sintonia com a memória pessoal (=sexto sentido) para criar o que se chama inteligência. Inteligência é, na realidade, o tipo de resposta ao ambiente que a pessoa consegue elaborar e exprimir. Serve também para movimentar energias como concluir, finalizar, atribuir, fazer funcionar, ver e sentir. SEXTO GURU- GURU HARGOBIND 29
  • 30. JUSTIÇA ( 1595 -1644) GURU HAGOBIND deu-nos o exemplo da Justiça. “Guru Hargobind militarizou os sikhs. Foi um militar e também um líder espiritual. Salientou a necessidade de programas de treinamento na arte da luta., caça, esgrima, arco e flecha, equitação e luta romana. A mudança rápida e radical que Hargobind, causou confusão e dúvidas entre os seguidores.Hargobind permaneceu imutável no meio dessas dúvidas e sempre se mantiveram os desejos do Guru. Quando lhe perguntaram porque usava armas, Hargobind disse: “O homem ideal é eternamente um santo e externamente um príncipe, com os poderes espirituais e temporais combinados . As armas são para a proteção do fraco e do pobre e para acabar com a tirania e a crueldade.” Guru Hargobind recusou-se a usar a seli, símbolo da liderança espiritual dos Gurus e disse a Baba Budda : “A seli veste os santos ou homens santos que servem a Deus em tempo de paz. Estes são tempos de guerra. O nosso inimigo quer nos aniquilar e nós temos que defender a nossa honra a todo custo. De agora em diante os sikhs devem ser soldado santos e o Guru deles usará a espada em vez de seli” como o sinal do reinado do Guru. E também acrescentou: “Eu usarei duas espadas, Piri e Miri: a do lado direito, será a espada de Piri – o símbolo de ser seu guia em assuntos religiosos; a do lado esquerdo, será a espada de Miri - o símbolo de ser seu líder e guia nos assuntos terrenos.” Como guerreiro, seu desejo era somente lutar para o bem das pessoas “para restaurar o equilíbrio entre o bem e o mal.” Dizia : “Quando combaterem , pensem somente em Deus e façam somente por amor e legalidade , protegendo o fraco e o oprimido, derrotando os tiranos.” SÉTIMO CORPO - A AURA 7º Chakra: Coroa (Pineal) - Cor Violeta “Plataforma de Elevação” segurança, amor, misericórdia. A AURA é um campo magnético em roda do corpo físico. Quando é forte atua como receptáculo da força vital e permite que essa força vital cresça a ponto de fazer a pessoa sentir-se completamente confiante e segura. Uma vez encontrado esse sentimento de completa segurança o ser poderá abrir realmente seu coração e amar a si mesmo e aos outros incondicionalmente . Jamais se verá ameaçado pela energia de outra pessoa, porque sempre saberá quem é. Já se haverá dado conta de que o lugar em que está é o coração e, portanto, que está sempre em seu lugar. Somente a sua presença servirá de inspiração aos demais. É provável que descubra que o canto é um meio natural para elevar a si mesmo e aos demais. Se a aura é fraca, facilmente a pessoa sentir-se-á atormentada por qualquer forma de energia que a envolva. Talvez descubra que não está sendo fiel a seus próprios princípios e nada a levará a ficar bem com as demais pessoas. 30
  • 31. A AURA representa a consciência inferior e a consciência superior. O Corpo Espiritual “Aura” representa a força interior do homem e, como essa força, ela expande-se até o infinito. Quanto mais resplandecente está a energia áurica, mais se poderá ajudar a si mesmo e ajudar os demais a elevar-se. Deve-se ter em conta tanto o que pensamos, quanto o que fazemos, porque a energia do pensamento pode afetar positivamente ou negativamente a pessoa e também os demais. A pessoa mantendo-se em calma e atenta, não somente superará todos os obstáculos como também melhorará tudo aquilo a que se dedicar, e isso é “elevação” tanto espiritual quanto terrena. Yogui Bhajan considerava a AURA como o oitavo chakra, porque a AURA combina os efeitos de todos os outros chakras. Outros mestres não se referem a um oitavo chakra. O QUE FAZER COM O CORPO SETE EM DASAFIO * Seguir o exemplo do Guru Har Raí: ter Piedade e Compaixão. * Respirar para fortalecer a aura e assim adquirir a capacidade de elevar a si e aos demais. * Cantar - a vibração do som fortalece a AURA. * Meditar: Criar o seu processo de interiorização. Através da meditação e da oração, a pessoa fortalece a Aura e assim assegura a força mental que pode usar, tanto para projeção, quanto para proteção psíquica. A prática da yoga e da meditação é tudo para liberar o corpo e a mente de modo que possa ouvir a voz de Deus e a voz da própria alma. 7º Chakra Coronário Característica básica: Ter consciência da percepção que ronda nos corpos: físico, mental, emocional e espiritual como parte do Todo, que nasce da Energia Suprema, compartilhando calma, inteligência, juventude, compreensão elevada, elegância ( o plexo solar busca o luxo, o coronário a beleza harmônica que se chama elegância), enfim todas as características potenciais do ser humano. Cor: violeta, a cor da temperança feita de vermelho e azul, equilíbrio entre o Céu e a Terra, paixão e inteligência, o corpo e o espírito, o amor e a sabedoria. Elemento:transmutação, transformação dos instintos em Consciência Harmônica, luz e pensamento Correspondências físicas: Pineal ou Epífise: a glândula por excelência do Chakra coronário tem uma estrutura em forma oval ou com a forma de uma noz, e se abriga na parte dorsal do encéfalo ou encaixada no cérebro. Após milênios em que os místicos acreditavam que a glândula pineal fosse a sede da alma, os ocidentais agora começam a compreender a sua importância como agente neuroendócrino. Ela produz um hormônio chamado melatonina com o qual se comunica com todo o corpo. Esse hormônio entra com facilidade no fluxo sangüíneo e do sangue passa a todos os fluidos do corpo e aos tecidos corpóreos. Além disso, a melatonina não necessita de receptores nas membranas, o que significa que entra diretamente no DNA, no núcleo de cada célula. A luz entra pelos olhos, atravessa-os e chega até a pineal. Ultimamente, a própria ciência chama a pineal de terceiro olho ou órgão interno. Essa glândula pode ser considerada a glândula das glândulas, porque está ligada ao timo, a toda função imunológica e a todas as glândulas endócrinas, além 31
  • 32. de ter contato direto com o eixo hipotálamo-pituitária, que se relaciona com todas as glândulas e sistemas do corpo Talento: aceitação e infinito. Qualidades: o assentamento da alma, conexão com o Eu Superior e com Deus; iluminação e unidade. Desafio: tristeza profunda. Desequilíbrios: Sentimento de separação da existência e da abundância; falta de incentivos quando a pessoa não está aberta às realizações espirituais. Medo da morte. As pessoas de número sete possuem as características de humildade, rendição e reverência ante o infinito. Doenças: Desequilíbrio, esquizofrenia, problemas glandulares, problemas de comportamento, dificuldade em ter segurança em sua personalidade. Diabete, hiperglicemia. O corpo sete controla o sistema imunológico (na medicina chinesa é o meridiano baço-pâncreas). Seu sistema imunológico combate as doenças da mesma forma que a AURA combate a negatividade. Aspecto funcional: Conceber e conceder: as águas preenchem totalmente sua função e a luz cheia (terra+água) funde-se ao Sol (=fogo) esculpido pelo ar. SÉTIMO GURU-GURU HAR RAI MISERICÓRDIA ( 1630- 1661) GURU HAR RAI deu-nos o exemplo de Piedade e Compaixão. “Har Raí foi um exemplo de compaixão, devoção e valentia. Desde pequeno destacava-se por seu caráter sensível, jamais arrancava uma flor. Sentia um grande amor pelos animais, chegando a ter um pequeno zoológico no jardim da casa de seu pai. Recebia com grande alegria os convidados e sempre permanecia pacífico em qualquer circunstância. Como discípulo, jamais se permitiu descansar, estava em constante oração e meditação. Não mostrou sinais de orgulho em relação ao seu nascimento, como neto do Guru. Ao contrário, foi humilde e com desejo intenso de servir. Em vez de desejar ser o sucessor do Guru, como seu irmão mais velho, desejava e procurou somente paz espiritual aos pés do mestre. Por isso Hargobind manteve Har Raí sempre ao seu lado. Sabendo que só ele estava preparado para as difíceis responsabilidades confiadas ao Guru, Hargobind disse a Har Raí: “Não tenha medo, nada prevalecerá contra você. Deus estará sempre com você e o ajudará. Mantenha sempre dois mil soldados completamente armados, mas não provoque disputa e confrontações. Não vacile em chamar seu exército para proteger o pobre, o indefeso e o oprimido”. Essas foram as últimas palavras de Hargobind ao seu filho espiritual. Guru Har Hai – continuou com os ensinamentos de seus antecessores. Foi um exemplo de devoção, amor e misericórdia, permanecendo inalterável em todas as circunstâncias.” 32
  • 33. OITAVO CORPO – CORPO PRÂNICO “Finito versus Infinito” começo e fim, energia, audácia, auto- iniciação Por meio da respiração, o corpo prânico enche o organismo de força vital e energia. Isso permite que a pessoa sinta-se livre do medo e inteiramente viva, sinta que é um com toda criação. Quando o corpo prânico está forte e a respiração é profunda e tranqüila, nada pode inquietá-la. O ser sabe como usar a energia quando for necessário e como retraí-la quando assim lhe convém. Aprecia de tudo na vida e a desfruta ao máximo . A pessoa estabelece então uma relação consciente com e através da respiração, alcançando a auto-iniciação e a auto-iluminação. Sua própria presença é curativa para os demais, devido à grande quantidade de energia prânica que a acompanha, pois um corpo prânico vigoroso automaticamente estabelece o equilíbrio da mente positiva, da mente negativa e da neutra. Todas as enfermidades começam com um desequilíbrio do corpo prânico . Se oitavo corpo é fraco é possível que a pessoa padeça de constante ansiedade, de baixo nível, assim como fadiga crônica. Deverá tratar de obter energia através de alimentos ou estimulantes. Talvez o centro do coração esteja fechado, porque constantemente o ser não tem suficiente energia para mantê-lo aberto e fluindo. Possivelmente ele sinta muito medo e por isso sempre está na defensiva. O Corpo Prânico representa a energia vital finita. É a energia cósmica que através do homem flui constantemente para dar força e consistência à própria natureza. É a “quintessência”, é o alento divino que dá a possibilidade de não somente respirar oxigênio para que as funções do corpo estejam com suas faculdades plenas, mas também para que exista uma dinâmica muito mais sutil. Representa o que dá vida ao espírito: sentir, captar, alimentar os centros superiores de consciência, para que o homem seja consciente de sua energia. É um número de cura por excelência. O QUE FAZER COM O CORPO OITO EM DESAFIO *Seguir o exemplo do Guru Har krishnan: ser puro e estar satisfeito, para que o sentimento de compaixão flua. *Respirar, respirar e respirar... A respiração fortalece a AURA. Ela é dependente da respiração *Trabalhar com cura. Qualquer curso de cura holística equilibra e canaliza a energia. *Fortalecer a aura: Yogui Bhajan disse: “A pessoa pode ter palavras muito bonitas, um aspecto excelente, muitos títulos, ter muito dinheiro, ser uma pessoa influente, mas a força, o impacto de sua presença reside na aura”. Assim, mesmo que a pessoa seja tudo isso, se não tem a AURA bem resplandecente, não consegue elevar a ninguém, nem a si mesma. • Comer alimentos amarelos tais como laranja, açafrão e alimentos doces. Tudo isso faz bem ao corpo sete. 33
  • 34. • Usar roupas brancas e de fibra natural faz com que a AURA aumente trinta centímetros, porque a cor branca é neutra, contém todas as cores no seu interior e representa a luz que permite à energia fluir. 8º Chakra Aura Elemento do oitavo corpo: não tem. Área do corpo: Campo eletromagnético(AURA) Cor: Branca (Reunião de todas as cores) Talento: Radiância Para perceber a AURA, imagine-se flutuando acima de seu corpo físico. Olhando para baixo, a pessoa tem a luz radiante da AURA, que aparece de forma ovulada. A AURA é associada a um campo circunvalente, a força de concha que cerca todos os outros Chakras. Ela também é um Chakra, uma roda, um vértice de energia, um lugar para focalizar os fluxos de energia universal. O oitavo Ckakra ou corpo da AURA estende-se em torno do corpo inteiro. A qualidade que emana desse último chakra é o talento humano da radiância. Quando o campo circunvalente está forte e os outros Chakras estão alinhados e funcionando bem, a sua própria presença será pura e verdadeira para trabalhar e direcionar as forças universais que realizam os desejos e as necessidades da pessoa. A pessoa, então, automaticamente filtra as influências negativas. Quando está fraco, a pessoa fica vulnerável a tudo que passa por e através dela. Quando está doente, ele fica ondulado e com vários buracos onde a radiância está mais fraca. As doenças são visíveis primeiro na AURA. OITAVO GURU – GURU HAR KRISHAN ( 1656- 1664 ) GURU HAR KRISHAN é um exemplo de pureza . “Guru Har Krishan nasceu em 7 de julho de 1556, foi o sucessor de Har Raí, desde 1661, com apenas cinco anos.Seu irmão mais velho, Ram Rai, recebeu a notícia da nomeação do irmão com esperança de ter a oportunidade de tirar-lhe o título de Guru. Por esse motivo pediu que o imperador o chamasse para ir à corte imperial. Mas seu mestre advertiu-o para não ir à presença do imperador. Como ele se recusou a ir, alguns discípulos temiam a conseqüências dessa sua decisão e pediram que ele reconsiderasse. Ele se manteve firme em sua decisão, até que alguns devotos e muitos seguidores que viviam em Dehli precisaram da presença do Guru. 34
  • 35. Se a força do exército não amedrontou o jovem Guru, uma pequena quantidade de amor foi como uma força magnética que atraiu a sua presença. Enquanto Har Krishan estava em Dehli , uma peste infestou a cidade. Sem cuidar do seu próprio bem-estar, ele trabalhou incansavelmente para dar alívio aos enfermos e a multidões de sikhs que vinham vê-lo para receber conselhos espirituais.” NONO CORPO – CORPO SUTIL “ Domínio do mistério” sutileza, tranqüilidade , domínio. O corpo sutil ajuda o ser a ver acima das realidades imediatas da vida e a penetrar no sublime cenário universal que está bem além das realidades imediatas. Quando o corpo sutil está forte, a pessoa tem uma grande sutileza e uma poderosa tranqüilidade. Sempre vê mais adiante do óbvio, nada na vida é um mistério para ela. Aprende com rapidez e facilmente domina as situações. Se o corpo sutil está fraco, é possível que a pessoa seja ingênua e a enganem com muita facilidade. Mesmo que ela não se dê conta, é brusca e grosseira no seu modo de falar e em seu comportamento. Fica inquieta porque lhe falta a paz que nasce ao aprendermos a conviver com a realidade presente. O Corpo Sutil representa a possibilidade de enfrentar as provas com serenidade, seguindo os muitos sinais que o ser, tendo a capacidade de manter-se em silêncio, percebe do alto. Com a capacidade de usar esse Corpo Sutil ele pode seguir seu caminho começando a conquista de si mesmo, seguindo sua própria realização porque isso equivale a continuar adquirindo maestria e a afastar o mistério. E é ver a “luz” de onde antes havia obscuridade. Assim pode manter o domínio de qualquer situação. Essa vibração é uma energia que dá à pessoa a capacidade de valorizar a si mesma com humildade, e isso é, precisamente, o que lhe torna possível ajudar os demais com delicadeza e respeito, permitindo-lhe crescer em consciência. O QUE FAZER COM O CORPO NOVE EM DESAFIO: *Seguir o exemplo do Guru Teg Bahadur: manter-se calmo e sereno. Estudar com profundidade , observar, pintar quadros , etc. para desenvolver a percepção. *Ensinar sem mistério é a missão do corpo oito. *Evitar estimulantes , até mesmo chás e café. *Fazer exercícios de respiração . praticar yoga, ou kundalini Yoga. *Ensinar: o Corpo nove tem como missão ensinar, igual ao Corpo cinco e, além disso, de ser mestre. NONO GURU - GURU TEG BAHADUR 35
  • 36. SERENIDADE ( 1621- 1675 ) GURUTEG BAHDUR deu-nos o exemplo de Serenidade “Serenidade vem da experiência profunda, dos mistérios do Universo. Quando nós alcançamos a maestria e não temos mistérios, nós alcançamos a serenidade e a tranqüilidade. Antes de morrer, Guru Teg Har Krishan disse as palavras “Baba Bakale” significando que o seu sucessor seria encontrado na vila de Bakala. Surgiram então vários pretendentes ao título. Um rico comerciante chamado Makan Shah, orou ao Guru Nanak, prometendo que se o Guru salvasse a sua embarcação prestes a afundar, ele lhe daria quinhentas moedas de ouro. Suas preces foram ouvidas. Para pagar a sua promessa, o comerciante foi a Bakala e ficou confuso ao encontrar tantos Gurus. Decidiu então fazer uma triagem dos pretendentes, oferecendo 2 moedas de ouro para cada um que aceitasse a oferta. Nenhum sabia das quinhentas moedas para o verdadeiro Guru. Finalmente uma senhora disse que existia um homem santo chamado Teg Bahadur , filho de Guru Hargobind. O mercador procurou Teg Bahadur e ofereceu o mesmo valor que oferecera aos outros supostos Gurus e ele lhe disse: “onde está sua honestidade? Em seu desespero, quando estava naufragando, você ofereceu 500 moedas de ouro.” Antes que o mercador respondesse, Teg Bahadur ergueu a camisa e mostrou as cicatrizes que adquirira ao salvar o barco. Makan Shah, o comerciante, prostrou-se diante de Teg Bahadur e o presenteou com as quinhentas moedas de ouro que havia prometido. Guru Teg Bahadur percorreu o país para pregar a mensagem da Verdade. Ofereceu sua vida para garantir o direito aos hindus de praticar sua religião livremente. Morreu torturado pelo imperador muçulmano, Aurangzeb.” DÉCIMO CORPO - CORPO RADIANTE “Tudo ou Nada” valentia real, nobreza, refulgência. O Corpo Radiante confere ao ser uma esfera de luz gloriosa e resplandecente que se estende em todas as direções, ao redor do seu corpo, a uma distância de três metros. Essa esfera é brilhante e impenetrável: nenhum tipo de negatividade exterior poderá penetrá-la. Ela neutraliza toda classe de negatividade exterior.Um corpo radiante e forte faz com que a pessoa proteja-se com majestade e graça magnética, o que provoca o respeito de todas as pessoas com quem ela trata, pois tem grande fortaleza, determinação e vigor. Yogui Bajhan chama o décimo corpo, “um mais um”: o corpo da alma mais a sua refulgência. Se o décimo corpo não está bem desenvolvido, a pessoa talvez tema enfrentar qualquer tipo de conflito. Talvez evite também chamar a atenção das pessoas, por temer responsabilidade que implica conhecer sua própria nobreza interior. É possível que se sinta insegura e incapaz de enfrentar certas situações. O Corpo Espiritual - Corpo Radiante - é um campo de energia resplandecente. Representa a manifestação da própria energia: física, mental, emocional. É o resultado do estado de consciência do homem. É uma energia protetora e ao mesmo tempo de projeção. O interessante é manter um estado de calma, para poder enfrentar os desafios com valentia, decisão e responsabilidade, por isso se consagra à condição de “guerreiro”. 36
  • 37. O QUE FAZER COM O CORPO DEZ EM DESAFIO: *Seguir o exemplo do Guru Gobind Singh: demonstrar a coragem real. *Não ter medo de errar e comprometer-se, viver as experiências e, se der errado, aprender com os erros e se comprometer novamente. *Esforçar-se em tomar decisões que sejam necessárias, com segurança, e aceitar as conseqüências, para saber a plenitude espiritual no compromisso de seguir o seu caminho. *Tomar banhos gelados para fortalecer o sistema nervoso. Deixar os cabelos longos. Os cabelos são condutores de energia. *Fazer exercícios como os de artes marciais e os de kundalini yoga. DÉCIMO GURU – GURU GOBIND SINGH ( 1666- 1708 ) GORU GOBINB SNGH deu-nos o exemplo da Coragem Real. “Guru Gobind Singh, o mais carismático dos gurus, nasceu em Patna, em 26 de dezembro de 1666. Foi um menino muito ativo e desde pequeno demonstrou muita coragem. Guru Teg Bahadur, pai do guru Gobind Singh, retornou a Patna, após várias viagens e descobriu que Aurangzeb fazia um reinado de terror. Forçava os não- mulçumanos a abraçar o Islã . Aqueles que resistiam eram mortos sem piedade. Aurangzeb destruiu vários templos e baniu as feiras e festivais hindus. A situação piorava a cada dia, até o imperador ordenar que os hindus brâmanes se convertessem em massa ao Islã. Guru Teg Bahdur foi colocado a par da situação pelos brâmanes que o procuraram para pedir ajuda e solução para esses acontecimentos. O Guru estava muito triste com o que ouvia, quando seu filho de 8 anos Gobind Singh entrou e vendo seu rosto triste, perguntou o motivo. O Guru explicou o motivo e Gobind Singh indagou que solução ele havia dado aos brâmanes. O pai respondeu que algumas almas nobres devem dar suas vidas para salvar o “dharma” e a honra de pessoas pobres. Prontamente Gobind Singh disse: “Para esse sacrifício, querido pai, quem melhor que você?”. Guru Tegh Bahadur ficou atordoado e feliz por essas palavras sábias de seu filho e pela sua coragem moral. Chamou então os brâmanes de Khashemir e lhes disse: “Digam ao governador que todos os brâmanes estão prontos a abraçar o Islã, se o líder deles, o Guru Tegh Bahadur, for convertido.” Certa ocasião, Gobind Singh , para pôr a prova os seus discípulos, reuniu todos e lhes disse que aqueles que o amavam deviam entregar as suas cabeças . A maioria guardou silêncio aterrorizada, mas cinco deles se levantaram e ofereceram suas cabeças. O Guru os levou consigo a uma habitação e com sua devoção revelou-lhes o Pahul ( Conhecimento ) e a verdadeira religião. Consciente de que os sikhs tinham muitos adversários, ele os preparou a uma ordem disciplinada, treinada e militante, fundamentada nos conceitos de total igualdade e fraternidade, ordem essa unida pela aceitação voluntária de um código de ética estabelecido por ele que a denominou: A KHALSA. Sikkh Dharma ensina as virtudes do amor, da coragem, da dedicação e da honestidade e que todos, por nascimento, têm o direito de serem , Felizes, Sãos e Santos.” 37
  • 38. DÉCIMO PRIMEIRO CORPO – CORPO DA TOTALIDADE O Centro de Mando “Eterno Centro de Mando” realização, flexibilidade O undécimo corpo é o centro de mando das atividades dos dez corpos anteriores. Permite ao ser dominar o corpo físico e lhe dá livre acesso ao plano espiritual. Dota-o de absoluta flexibilidade e consciência. É a partir do centro de mando que a pessoa tem a realização do seu ser, pois exerce seu poder sobre todos os dez corpos e pode utilizá-los em qualquer combinação e em qualquer momento, como instrumento de superação de sua própria vida e como fonte de inspiração para os demais. O indivíduo pode dirigir todas as partes do seu ser a partir do espaço impessoal e expansivo que permite o infinito fluir através dele em todos os momentos. Essa vibração não tem um Corpo Espiritual associado porque representa cada um dos dez Corpos Espirituais anteriores, mas tem outro nome simbólico que o determina: “GURU”. Essa palavra vem de GU (obscuridade) e RU (luz). Ela representa, portanto, que o número onze é o que saiu da obscuridade para entrar na luz. O Guru é uma energia muito poderosa, é a Sabedoria Infinita que levamos dentro e que nos guia, que nos leva da nossa obscuridade interior à luz, que nos transporta da ignorância ao conhecimento. O número onze é o número de proteção, equivale a poder superar qualquer obstáculo. Assim é que essa vibração dá a oportunidade de a pessoa poder viver de uma maneira simples, equânime, responsável e com segurança interior. Representa saber viver a vida em um nível de consciência divina. Há uma citação muito adequada para essa vibração: “Viva com um objetivo e deixe o resultado à grande lei do Universo.” O QUE FAZER COM O CORPO ONZE EM DESAFIO *Seguir o exemplo de Siri Guru Granth Sahib: Encarnação de cada Guru. Conectar-se com a sabedoria interior e infinita para experimentar sua totalidade, converter-se em um ser imutável. *Trabalhar, seguir um caminho e ter paciência de saber que o resultado virá quando tiver que acontecer. DÉCIMO PRIMEIRO GURU SIRI GURU GRANTH SAHIB ( o livro sagrado dos Sikhs) “Guru Gobind SINGH foi o último Guru na forma humana, um escritor inspirado e um poeta. Ele disse que depois dele não haveria mais Gurus na forma humana. Antes de morrer, passou o legado de Guru a uma versão reeditada do Adi Granth e completada por ele, dando o nome de Siri Granth Sahib (0 livro sagrado 38
  • 39. dos Sikhs, com 1.430 páginas). Desde o dia em que a primeira cópia do Granth Sahib foi introduzida, com cerimônias, até hoje, são lidos todos os dias, entremeadas com cantos. Os que vêm escutar saem enriquecidos pelas palavras dos antepassados espirituais. Guru Gobind Shingh, fez seus adeptos considerarem o Granth Sahib como o Supremo Guru. Com ele, a linhagem dos Gurus chegou ao fim, e Guru Granth Sahib foi considerado como o Guru vivente. “ Capítulo III MANTRAS DA NUMEROLOGIA TÂNTRICA O poder do mantra decorre do fato de ele expressar, em forma de palavra e de som , o seu significado. Uma palavra-mantra é a expressão sonora de uma realidade. Ao se entoar a palavra entra-se em contato com a realidade significada no mantra. O Mantra no Yoga visa a criar um estado de harmonia corpo-emoção-mente que facilite o despertar de um estado de Ser atemporal, realizando, assim, o propósito essencial do Yoga. Já foi observado em laboratório que os mantras atuam inclusive no plano celular, ordenando a órbita dos elétrons e interferindo positivamente nas funções orgânicas. No plano emocional e mental, os mantras atuam dissipando a negatividade das energias emanadas pelos conteúdos psicológicos, ajudando a dissolver os padrões negativos do subconsciente. Os Mantras ajudam a superar os desafios desta vida e dão realização espiritual. Os Mantras abrem o canal da energia protetora. Corpo UM - Corpo da Alma Existência, criatividade, equilíbrio , mente e coração. Virtude: humildade. HAR- Infinito Criador HARE- O Uno em União ( Indivisível) 39
  • 40. HARI- Fluxo do Infinito criador (Ação) WAHE GURU- Êxtase da Sabedoria Esse Mantra ajudará a pessoa a desenvolver a criatividade prática e a gerar o que ela projeta, organizá-lo adequadamente e manifestá-lo na realidade concreta. HAR – é o som puro de Deus Criativo. E ao cantá-lo, limpa-se o karma. Corpo Dois - Mente Negativa Cálculo dos perigos, sentir e pertencer. Virtude: obediência . ONG é a energia infinita e criativa. NAMO possui a mesma raiz que a palavra NAMASTE, que quer dizer saudações respeitosas. Juntos ONG NAMO significa: “Eu chamo a consciência criativa infinita”, abrindo-se a pessoa para a consciência universal que guia toda ação. GURU é o mestre da sabedoria que o indivíduo está buscando DEV significa Divino. Deus em sentido não-terreno, transparente. Energia sutil. NAMO, ao terminar o mantra, reafirmar a reverência humilde. GURU DEV NAMO significa “EU chamo a sabedoria Divina”. Ao cantar deve-se manter o espírito humilde ante o Ser Superior e o Mestre. Esse Mantra abre o canal de energia protetora. Corpo Três - Mente Positiva Ver o divino em tudo, esperança, ação. Virtude: igualdade. ARDAS BHAI AMARDAS GURU (2x) ARDAS BHAI RAM DAS GURU (3x) Reza irmão ao Gamar Das 40
  • 41. Guru Ram Das o selará. As respostas de tuas orações Está garantido pela esperança E o rei doador de bênçãos, Por virtude te ajuda no duelo entre o ego e a alma. Corpo Quatro - Mente Neutra Não julga. Objetividade. Mente meditativa. Virtude: serviço. SAT SIRI AKAL – Grande Verdade, Grande Imortal SIRI AKAL MAHA AKAL - Grande Imortal, grande sem morte MAHA AKAL SAT NAM – Grande sem morte, verdade é seu nome. AKAL MOORAT WAHE GURU – Imagem de Deus sem morte, grande e indescritível. Corpo Cinco - Corpo Físico Professcor, disciplina, fortaleza. Virtude: auto–sacrifício. AP SAHEE HOA SATCHI DA SATCHE DHOA HAR, HAR, HAR O próprio Deus torna-se nosso protetor, mais verdadeira verdade vem Cuidar de nós . Deus, Deus, Deus. Mantra para tirar a negatividade do nosso interior e do meio ambiente. Libera de pressões financeiras. 41
  • 42. Estimula a experiência da prosperidade. Recorda que Deus é origem de tudo. Corpo Seis – Arco de luz Intuição, poder de oração. Virtude: justiça AAD GURU NAMEH – guiado pelo princípio central e inicial. JUGAAD GURAY NAMEH – Através de cada momento da experiência e da atividade. SAT GURAY NAMEH – guiado, nos seus corações, através da profunda verdade. SIREE GUROO DEV NAMEH - Através do infinito de seu mais elevado ser. Essa meditação coloca o ser em contato com sua consciência intuitiva, para estar consciente dos eventos externos nos momentos de crise. É uma meditação para proteção e prosperidade também. NOTA; Essa meditação pode ser feita para PROTEÇÃO. Canta-se o mantra três vezes, antes de sair de casa ou de ligar a chave do carro. Corpo Sete - Corpo da Aura Elevação, liderança, projeção e luz. Virtude: misericórdia. EK ONG KAAR – Um criador criou esta criação. SAT NAM SIRI – A verdade é seu nome. WAAHY GURU – Sua sabedoria infinita está muito além de qualquer descrição. Corpo Oito - Corpo Prânico Energia, poder de cura, pureza e inocência. Virtude: valentia. RA – significa a energia do sol - brilhante e quente. MA é a energia da lua com as qualidades de receptividade, frescor e nutrição. DA é a energia da terra. Segura, pessoal: é o terreno da ação. 42
  • 43. SA é o infinito impessoal. SAY é a totalidade da experiência e é pessoal, tem o sentido do sagrado TU. SO é o sentido pessoal da fusão e da identidade. HUNG é a vibração infinita e verdadeira. Meditação para a cura. È o único mantra que capta a radiante energia de cura do cosmo, e pode ser usado para diferentes propósitos e ocasiões. O mantra é chamado de shushmana mantra. Ele tem oito sons que estimulam a kundalini no canal central da coluna e nos Chakras. Esse mantra ativa a mente neutra. O cérebro também é envolvido. Corpo Nove - Corpo Sutil Percepção e sutileza. Virtude: Serenidade. AAP-Em si mesmo SAHAEE - Protetor e salvador . HOA-Ha chegado a ser SACHA DAA SACHA - O mais verdadeiro da verdade. DHOA - O que usa. HAR – Infinidade criativa, Deus. SÍNTESE: “O mesmo Deus se transformou em protetor, a mais verdadeira das verdades, cuida de nos.” EFEITO: Esse mantra extrai toda a negatividade que reside no interior da pessoa e toda a que pode existir no meio ambiente que a rodeia. Desvanece toda oposição. Liberta-a das pressões financeiras extremas e das inseguranças econômicas que ela acredita serem insuperáveis. Quando a pessoa não obtiver sucesso cante esse mantra diariamente durante 62 minutos. 43
  • 44. Corpo Dez - Corpo Radiante Mantra: Har, Har, Har, Gobinde ( “Guru Gaitri” o “Saruba Shakti” Mantra): Har, Har, Har, Gobinde Har, Har, Har, Mukande Har, Har, Har, Udaare Har, Har, Har, Apaare Har, Har, Har, Hariang Har, Har, Har, Kariang Har, Har, Har, Nirname Har, Har, Har, Akame CATERÍSTICAS GERAIS Esse “Guru Gaitri” mantra tem uma qualidade muito especial: elimina obstáculos kármicos, aflições do passado e limpa a aura, tanto assim que se torna fácil meditar e unir-se ao infinito. Com ele, o ser chamará todos os poderes para que o sirvam. Ele lhe dará habilidade de resistir à irritação e à dor. SIGNIFICADO: HAR Significa “Energia criadora de Deus.”. E os outros vocábulos são oito, o nome de Deus. GOBINDE Sustentador. Sustenta a pessoa com cada respiração. MUKANDE Liberador. UDAARE Iluminador. Eleva e exalta o espírito APAARE Infinito. Transporta a pessoa através dos dramas da vida. HARIANG Destruidor de tudo. KARIANG Criador de tudo. NIRNAAME O Sem Nome. AKAAME Sem desejo. O amor e a compaixão de Deus estão além de todo desejo. EFEITO: Esse é um mantra que faz circular a enegia Shakti em cada uma das fibras nervosas. Para quem se sente bloqueado, limpa o caminho. Essa meditação é a mais elevada louvação a Deus e traz gozo e prosperidade a quem a pratica. As quatro repetições de “ Har” dão ao praticante poder para romper barreiras do passado. 44
  • 45. INSPIRAÇAO: Esse é um mantra de proteção . Foi dado por Guru Gobind Singh. Encontra-se no “Jaap Shaib”, que é a segunda oração devocional da tradição Sikh. É tambem um mantra de proteção “Asthanga”, pois tem oito componentes maiores . Se for praticado diariamente, por 31 minutos, concede que o poder de que todos os poderes ocultos sirvam à pessoa. Corpo Onze – Totalidade EK ONG KAR – Um criador da criação. SAT NAM – A verdade na identidade. KARTAA PURKH – O que faz todas as coisas. NIRBHAO NIRVAIR – O destemido, não-vingativo. AKAA MORAT – O que não morre. AJOONEE – O que não nasce. SAIBHANG - O auto-iluminado GUR PRASSAD – A graça do Guru (dádiva ) JAP – Recita. Medita. AAD SACHI - Verdadeiro através dos tempos. HAIBHEE SACH – Verdadeiro mesmo agora. NANAK HOSEE BHEE SACH – Nanak diz que Ele sempre será a Verdade. O Mul Mantra dá ao ser a capacidade de reter o domínio de governo. Há 108 elementos no Universo e há 108 letras nesse Mantra. Enfatizar o som CH ao final da palavra SUCH , mas sem prolongá-la. Isso pontencializa o Mantra. Deixar um leve espaço entre AJOONEE e SAIBHANG. Esses Mantras podem ser encontrados em CD e são belíssimos, pois a música e o som deles são originários da Índia. 45
  • 46. Capítulo IV CICLOS DE VIDA Maria Lapuente (2000) define os Ciclos como uma série de fenômenos que se sucedem numa ordem determinada, seguindo uma determinada evolução. Esotericamente, Carter Scott (apud Maria Lapuente, 2000) o define como “fase de regresso”, e alguns iniciados consideram que o Ciclo é como a roda do mundo. Especialistas desse tema afirmam que a vida está sujeita a trocas cíclicas e periódicas. Portanto, dizem que tudo que faz referência ao desenvolvimento do homem segue essa ordem cíclica, também definida como Ritmo Vital. O médico alemão Wilhem Fliesds (apud Maria Lapuente, 2000) dizia, com convicção, que esses ciclos estão regidos por um “relógio mestre” que opera no interior de cada pessoa, e que ele marca a medida de sua vida. Significa que o Criador permitiu ao Universo a possibilidade de reger-se por um perfeito e contínuo movimento cíclico. Isso quer dizer que as forças da criação seguem uma ordem cíclica que vai dando conteúdo à existência da pessoa, a qual se pode traduzir em números fixos encontrados a partir da faixa de nascimento, esses números configuram e explicam, através de seus significados, seus passos pela terra conjuntamente com suas oscilações rítmicas. Esses Ciclos ou ritmos representam espaços repetidos de movimento e descanso que vão seguindo a ordem compassada da repetição de acontecimentos dentro do processo de crescimento interno Esse processo vai se repetindo de uma forma rítmica e funciona com uma perfeita precisão matemática . O “número é uma entidade viva com conteúdo e forma”. Cada um de seus significados faz entender a necessidade de cada um dos acontecimentos da vida, dentro do sentido de cada ciclo ou período que marca nossa trajetória individual e coletiva unida completamente, numa ordem cósmica. Yogui Bhajan , disse que cada ser humano, durante sua vida, dando-se ou não conta, passa por ciclos de crescimento interno-externos. Tais ciclos realizam-se a cada sete, onze e dezoito anos. O indivíduo deve, portanto, saber viver de acordo, em harmonia com o sentido de cada ciclo, porque do contrário não seguirá corretamente seu processo evolutivo. CICLOS de vida de sete, onze e dezoito anos Cada sete anos: ciclo de Troca de Consciência . Esses ciclos são de suma importância na vida de cada um, por isso é preciso vivê-los conscientemente e com muita responsabilidade. Durante o ciclo de sete anos, a 46
  • 47. pessoa tem que se preparar para ir entendendo os diferentes aspectos de sua vida: físicos, emocionais e mentais. Cada um deve, pois, estar seguro de ter trabalhado suficientemente a cada sete anos, para estar preparado para o seguinte ciclo de consciência e poder seguir adiante na mesma linha. Yogui Bhajan chama muito a atenção dos pais: “Se até a idade de sete anos, que é a primeira etapa, início para aprender a adquirir responsabilidades, os pais não prepararem seus filhos, para que possam integrar-se ao meio em que vivem, podem ver alterada a personalidade deles. Isso equivalerá aos filhos não estarem preparados para seguirem corretamente o próprio desenvolvimento, e durante o resto da vida lhes será mais difícil vivê-la em plenitude e livres de medos e ameaças”. Os primeiros anos de vida da criança determinarão a possibilidade de o ser seguir evoluindo corretamente nos próximos “ciclos de consciência”. Por isso os pais teriam que ser muito conscientes da importância de seu papel na vida de seus filhos. A adolescência é a etapa mais adequada para se começar a compreender o porquê das emoções e para sabê-las controlar sem enganar-se a si mesmo. Isso é fundamental para o indivíduo ir adquirindo uma visão muito mais ampla do funcionamento, tanto do corpo físico quanto do intelecto e ir, assim, assimilando a própria importância ligada estreitamente ao Todo, do qual não podemos nos separar. É essa primeira etapa que pode começar a dar sentido à vida do adolescente, aproveitando as muitas indagações que nascem em sua consciência e que pedem respostas silenciosas, mas sem confusões . Cada onze anos: ciclo de Crescimento da Inteligência. Determina-se como “Crescimento da Inteligência”, porque o número onze tem uma vibração superior. É a vibração que ajuda o ser a compreender que aconteça o que acontecer, terá de estar por cima das circunstâncias . Isso quer dizer: poder ver, seja o que for, com uma perspectiva sem emoções, se a pessoa for criativa e estiver no nível de crescimento que lhe oferece este ciclo. É conveniente que o sistema nervoso esteja são e forte, para que permita canalizar sua energia para a criatividade, faculdade que se deve manter viva durante todos os ciclos de onze anos. Essa energia canalizada adequadamente facilitará à pessoa continuar adiante com valentia, convencida de que o verdadeiro sentido da sua vida é crescer interiormente. Por isso ela tem que entender que tudo que passa não são conflitos, mas direitos, conforme a Numerologia Tântrica. Se durante esse ciclo, a pessoa utilizar sua capacidade para adquirir conhecimento e entender o sentido da vida, assumindo as responsabilidades necessárias a cada situação a partir dela mesma, a energia fluirá para ela viva com força criativa. Esse é o sentido básico desse ciclo de onze anos. Cada dezoito anos: ciclo de Atitude diante a Vida. Se observarmos, veremos que esse ciclo é a soma dos ciclos de sete e de onze anos: 7 + 11 = 18. E é evidente que, se o indivíduo não puder fazer as “Trocas de Consciência” e o “Crescimento da Inteligência” conjunta e harmonicamente, a “Atitude Diante a Vida” ficará congelada e o processo de crescimento interno-externo também. Assim não poderá seguir o curso natural dentro da sua evolução de ser humano. A pessoa dar-se-á conta de que esse ciclo não está bem realizado se, quando se olhar interiormente, começar a fazer perguntas sobre o futuro. A esse processo Yogui 47
  • 48. Bhajan chama de “conflito interno-externo”, porque sempre se busca a resposta para as inseguranças e as insatisfações fora de si próprio. Em vez disso, porém, é necessário estar seguro de que o que se tem que fazer é olhar no próprio interior, porque a maneira de resolver um conflito externo é solucionando-o interiormente . Quando alguém tem um conflito, é bom sentar-se em estado de silêncio interno para poder conectar sua alma e encontrar a paz e a segurança interna. Então, dar-se-á conta de que Deus aparece, precisamente nos momentos de conflitos e para fazer-lhe entender que uma metade de seu caminho relaciona-se com a energia terrena, com o ego (personalidade); e a outra metade relaciona-se com sua alma individual que quer unir-se com a Alma Suprema Universal. A alma representa a realidade da pessoa como ser humano aqui na terra, mas também a sua união com a energia Infinita, Cósmica. Se o indivíduo, por conseguinte, for capaz de entender que há outra dimensão em sua vida e que essa dimensão é em nível espiritual, poderá começar a entender o porquê de seus conflitos interno-externos e tentar solucioná-los mediante afirmações positivas, meditação e sobretudo com um trabalho contínuo de auto-conhecimento. Dessa maneira poderá reprogramar seus padrões mentais, que são os que realmente impedem que flua a energia criativa. A pessoa pode também fazer uma oração, pedindo a intuição que lhe cabe naquele momento” Nota de rodapé: Tradução minha. Inajara CICLO ANUAL – CICLO PESSOAL Esse estudo denomina-se Ano Pessoal, porque cada aniversário dá ao ser uma possibilidade de “nascer de novo”. É preciso entender que é um círculo que termina e outro que se inicia novamente e, em que se abrem novas possibilidades, porque cada novo ano representa uma nova vibração numérica. Dentro da Numerologia do Ciclo Pessoal do ano, soma-se somente até o nove. Como Calcular: ANO PESSOAL - Soma-se o dia do nascimento mais o mês de nascimento ao ano a ser calculado. A soma total reduzida (Missão) será, portanto, o número do Ano Pessoal. Exemplo: Uma pessoa que nasceu em 21-08–1947 e quer calcular a sua numerologia para o ano 2007. Numerologia do Ano Pessoal de 2007: 21-08-2007 3 7 48
  • 49. = 9 8 9 Numerologia do ano 2008: 21-08-2008 3 8 = 2 8 1 Essa operação seguirá assim em cada ano por cujo Ano Pessoal haja interesse em saber o número do Ano Pessoal. O número que corresponde ao Ano Pessoal, estende-se de um aniversário a outro aniversário. Significados dos Números na Interpretação do Ano Pessoal Ano Pessoal Um/Dez - Esse ano pede impulso, segurança para que se saiba tomar as decisões adequadas para tudo que represente uma oportunidade de avançar, sabendo discernir, sem dúvida nenhuma, o que se pensa, o que se sente. É um Tempo para começar coisas novas, para ter coragem, aproveitando as oportunidades que este ano trará. O UM significa o primeiro passo no começo de um plano, de uma nova maneira de ver a vida, ou de abertura de uma nova consciência . É bom ter espírito de iniciativa no ciclo do UM e permitir-se diferentes horizontes de vida. Ano Pessoal Dois/Onze - O dois é a continuação do que se começou no um. É um tempo para cooperação, equilíbrio e relacionamentos é um tempo calmo, um tempo que será compartilhado com alguém . É bom selecionar através dos detalhes e eliminar o que já não serve mais. Construir um espírito de camaradagem e suporte mútuo formará uma base para futuros planos, para assuntos relacionados com trabalhos de sociedade, acordos. Formação de grupos ou participação em grupos fica beneficiada, pois será positivo para a pessoa utilizar as idéias dos outros companheiros para enriquecer as suas próprias idéias . É um período positivo para o casamento, pois ele não deixa de ser uma forma de associação. Os relacionamentos são importantes num ciclo dois, e muitas lições aprendidas nesse ano envolverão outros, quer seja o cônjuge, os irmãos, os vizinhos, os amigos ou os mestres. A pessoa necessitará de cooperação para progredir e realizar. Calma, paciência e modéstia ajudarão nas soluções de problemas que tiver de enfrentar durante esse período . Ano Pessoal Três - Esse período é de expansão, de criatividade e de alegrias. A tendência principal é de êxito, de sucesso em suas realizações. É bom dar um toque de inspiração e imaginação em tudo que se fizer. E acabar tudo que iniciar. 49
  • 50. É importante ter alegria, pois esse ciclo é considerado altamente social. É uma estação fértil, onde muitos projetos, planos e idéias podem criar raízes e crescer. É um tempo para iniciar uma família. É período de crescimento e processo criativo. Não é de mudança; é de variedade. Pode também ser um período de agitação, por isso seria melhor moderar e usar a “Mente Neutra”. Ano Pessoal Quatro - Esse é um ano bom para a disciplina, a organização e a produtividade. Favorece a concretização e a realização material. É um tempo de construção, de trabalho e de responsabilidade. É importante trabalhar bastante, para permitir uma grande expansão em ciclos futuros. É importante colocar tudo em ordem e verificar os menores detalhes dos projetos em andamento. É bom fazer da autodisciplina uma regra, evitar a tendência à ociosidade e dar atenção especial aos horários e compromissos. deve procurar ter certeza de que tudo esteja bem planejado, para facilitar a construção. Nesse ano a pessoa está se estruturando para o futuro e, se quiser ter sucesso, Quanto maior for o esforço, maior será o benefício e maiores serão as recompensas. Quando tudo está em ordem, tudo corre melhor e os problemas podem ser evitados. Neste período, é importante procurar fazer planejamento cuidadoso com relação ao que se refere aos assuntos de ordem econômica, procurando não arriscar dinheiro quando não se está bem seguro. Não gastar mais do que o programado. Esse período promete ser de trabalho duro, que poderá vir a ser aumentado, independentemente da vontade da pessoa. É importante Não fugir dos compromissos e responsabilidades que poderão vir. Esse ano não é favorável para mudanças em geral, principalmente de trabalho. È um ano para fazer crescer os dotes pessoais e de preparação tendo em vista as realizações no futuro. É um ano para semear com a visão de no futuro colher bons frutos. No nível espiritual, o número quatro representa a atitude de servir. Por isso seria bom encontrar uma maneira de doar algum tempo ou energia para o bem-estar dos outros e devolver algo para o Universo. Isso ajudará os planos pessoais a se realizarem com maior fluidez e receberem as bênçãos de Deus. Ano Pessoal Cinco: Esse é um período de mudanças, de flexibilidade, de versatilidade, de liberdade e de curiosidade. A pessoa sentirá necessidade de viver o prazer da vida., saindo da rotina. Nada é permanente. Algo muda nesse ciclo, freqüentemente de forma inesperada. O ciclo de cinco está sempre mudando, pode ser um período de agitação, onde a pessoa pode querer trocar de trabalho, de carreira ou mesmo de casa. A agitação inerente a esse período leva à impulsividade ou a ações precipitadas, das quais a pessoa pode arrepender-se mais tarde. Por outro lado, pode ser um ciclo de grandes oportunidades e de crescimento pessoal, tudo dependerá do bom senso nos negócios. O ciclo de número cinco é propenso a viagens. A flexibilidade é importante nesse ciclo, pois permite o reconhecimento de oportunidades escondidas que podem ser muito úteis . Se a pessoa for muito rígida na forma de ser, pode ter problemas de saúde . Isso é apenas um alerta, para que a pessoa faça a conexão entre sua mente e seu corpo e entre seu mundo de fora e o sistema de crenças internas. Feito isso, ela estará caminhando novamente. É um tempo de crescimento, de expansão e de novas experiências. Não é bom para a pessoa ser impaciente, é bom procurar canalizar as energias para exercícios físicos, procurando não ficar tensa 50
  • 51. Ano Pessoal Seis : O seis é um ciclo de serviço, assim como o quatro e o nove. É um ciclo de casa e responsabilidades tradicionais. É um ciclo de estabelecer. Período de aprendizado. O seis é uma escola de aprendizado e de sabedoria. É geralmente um ciclo de muita ocupação, onde outros precisarão do tempo e da energia da pessoa. É ciclo para receber e dar conselho. É necessário ter harmonia e fazer alguns ajustes. O foco e o aconchego da família são importantes e poderá haver um elemento de sacrifício envolvido para o bem comum. Ciclo para lidar com o casamento. Positivo para casar ou para melhorar seu relacionamento já existente, sanando dificuldades, tendo atitudes despojadas e significativas. É bom investir em uma relação duradoura, aprofundando os laços já existentes. Como esse tema está em destaque, pode simbolizar a melhora do relacionamento, mas também pode trazer a finalização de um processo, caso o relacionamento já esteja ruim. É um tempo para lidar com a justiça. É um bom tempo para observar detalhes legais. “As apólices de seguro estão em ordem? Há algum documento para ser atualizado, como por exemplo: testamento? São boas perguntas para serem feitas num ciclo de seis. O número seis também representa a proteção, por isso uma pergunta pode ser feita: “Meus entes queridos estão protegidos?” A saúde pessoal deverá ser avaliada agora, também. O número seis representa o sistema imunológico, por isso é bom que a saúde seja mantida. É um tempo para criar beleza e desfrutar a amizade e companheirismo. É importante ter auto-estima num ciclo de seis. Tudo o que o número seis significa vem à tona. Não há tempo para nada. É um tempo em que se recebe exatamente o necessário, especialmente se é época de estudos ou de compromissos a serem cumpridos. Não é um bom tempo para investir. É bom para passar os finais de semana com a família, os amigos e para participar de clubes e de associações, cumprindo um papel social. Ano Pessoal Sete: Um ciclo sete é para se ter menos atividade externa e mais pensamentos internos e contemplação. Um ciclo antes (seis), nem um segundo para si e, no sete muito, tempo. É um ciclo intelectual, quando a pessoa estará analisando e classificando cada coisa. É um ano bom para fazer arrumação e não ser muito crítico, pois algumas vezes a intensidade da análise pessoal, pode levar ao julgamento dos outros ou à impaciência com eles. É um ciclo de paciência. É um tempo em que as pessoas sentem-se bem 51
  • 52. sozinhas. É muito relaxante retirar-se para a natureza e tocar ou ouvir música . É um bom tempo para fazer um retiro espiritual e experimentar a profundidade da alma. O número sete tem um aspecto muito espiritual e, nesse tempo, costuma encontrar-se contemplando mais a sua espiritualidade. Um grupo espiritual ou intelectual ou ambos também é importante, pois permite mudanças internas que levarão a maiores sucessos e a realizações nos próximos ciclos. Tempo propício para reflexão, revisão e análise da filosofia de vida e do conjunto de crenças pessoais. Esse é um ano quando o “eu” interior deve ser desenvolvido ao máximo. É bom tempo para escrever. É um tempo para estudo de si mesmo. Se um dos cônjuges está no ciclo sete, necessita de espaço. O parceiro, então, não deve se aborrecer. Durante esse ano, é bom procurar não se deixar levar por uma exagerada sensibilidade nem por demasiada suscetibilidade. Não é aconselhável para casar-se, divorciar-se, ou concentrar-se em aspectos financeiros. Por isso aproveitar para reforçar a percepção de que a vida não é feita somente daquilo que se vê e se toca, mas também das coisas que transcendem os cinco sentidos é uma atitude inteligente. Ano Pessoal Oito: Esse é um ano de trabalho, propício para todas as conquistas materiais e para que a pessoa possa ter muito sucesso em seus empreendimentos. Pode ser um período em que se realizem grandes negócios e possam ser vistos resultados tangíveis de esforços feitos em anos anteriores. Um ciclo oito é de finanças pessoais, dinheiro, autoridade, reconhecimento e cura. É um tempo em que a pessoa estará pensando em dinheiro, como obtê-lo e como gastá–lo. É um excelente tempo de negócios, quando a pessoa deverá usar a sua mente executiva para alcançar melhores resultados financeiros. Pode ser um ciclo empresarial também. Freqüentemente uma pessoa é promovida ou reconhecida de alguma forma num ciclo oito. Esse ciclo também representa a cura e diferentes sintomas podem surgir, somente para serem reconhecidos e cuidados. O número oito significa poder, e para serem poderosas e vibrantes, as pessoas precisam ter saúde. Também representa a audácia, e muitas vezes é necessário superar velhos medos, mantendo-os para trás para viver o presente com plena consciência. Isso permitirá uma boa saúde e grande fortuna financeira. Freqüentemente, amizades importantes e longas são iniciadas num ciclo oito, assim como sociedades. Nesse ano, é necessário saber utilizar a própria energia para o bem de si mesmo e, em conseqüência , dos demais. Dinheiro, poder e cura são os temas. Ano Pessoal Nove : Esse é um tempo propício para iniciar o “processo de limpeza”, a fim de preparar-se para um novo ciclo de vida, mas em um grau acima na espiral evolutiva. Um ciclo de nove representa a conclusão e a maestria. É um tempo para terminar coisas e mostrar o que a pessoa já conhece em um estilo completo e de mestre. Pode ser um tempo de reconhecimento, como o ciclo oito, mas de uma forma mais madura. Pode ser um pouco frustrante, porque o ciclo anterior foi o oito, cheio de poder. O ciclo nove significa a maestria de si mesmo e de seu ambiente. É um tempo de desenvolvimento da consciência em um novo nível. Algumas vezes esse ciclo de 52
  • 53. conclusão pode ser um tempo de perdas também. Isso não significa uma perda total, mas uma retirada ou remoção daquilo que não é apropriado para a pessoa no nível da alma, podendo ser relacionamentos, trabalho ou um estilo de vida. Um ciclo de nove é um excelente tempo para limpar a casa, literal e figurativamente. É o melhor tempo para ter paciência e não para grandes planos e idéias, isso é para o ciclo do UM. O ciclo de nove é tempo para pensar e avaliar os processos ocorridos no ciclo oito . Proporciona tempo para refletir como fazer as coisas diferentes no futuro e que espécie de mudanças fazer na abordagem da sua vida. É também um bom tempo para dar algo em troca ou doar parte de sua energia ou recursos para uma boa causa, como construir casa para desabrigados ou doar uma soma de dinheiro para caridade. Um ciclo de nove é como um final de dia, é tempo de concluir. Se a pessoa está viajando, chega ao destino. É fim de um tempo. É preciso deixar para trás tudo o que não lhe serve e preparar-se para entrar no seguinte ciclo com segurança, porque vai começar um novo, e é preciso entrar nele livre de medos, com renovação interior, com amor a si e aos demais. Assim irá avançando com plenitude pessoal. Capítulo V NUMEROLOGIA CONJUNTA Quando se entra em contato com uma pessoa, esse contato pode se converter em uma relação na qual certas afinidades podem ser notadas, mas, apesar disso, podem ser vistos também certos pontos de desacordo. Essa relação pode continuar ou pode finalizar porque as incompatibilidades superam as afinidades. Para entender os possíveis fatores que intervêm em cada tipo de relação, pode-se recorrer a um sistema numerológico muito interessante: A Numerologia Conjunta. Através desse sistema é possível detectar o tipo de relação que existe entre duas pessoas: uma amizade, uma relação de trabalho, de negócios, de pais e filhos, de irmãos, de casais, etc. Essa técnica pode ajudar a entender as afinidades e as possíveis incompatibilidades entre as pessoas. Para interpretar a Numerologia Conjunta é importante ter sempre presente a numerologia pessoal de cada uma das pessoas, para se ter uma primeira idéia de comparação entre elas e ver que vibrações numéricas pessoais se repetem, ou não, na Numerologia Conjunta. Essa observação permitirá ver que vibrações as pessoas dominam na conjunta e que podem favorecer ou dificultar a relação. É evidente que 53
  • 54. isso não determinará se a relação tem que continuar ou finalizar, pois tal decisão somente cabe às pessoas envolvidas. Para poder ajustar-se mais acertadamente a relação que existe entre as duas pessoas, é necessário conhecer a fundo como é a maneira de ser de cada uma. Esse sistema somente será válido para diagnosticar as tendências favoráveis ou não dessa relação. A fórmula da Numerologia Conjunta é a seguinte: somam-se os números das Almas, dos Karmas, dos Dons, dos Destinos e dos Caminhos (sempre tirando fora 9 quando ultrapassar 11), para formar uma única numerologia. Exemplo: Pessoa A = 25/ 04/ 1963 Pessoa B = 20/10/ 1960 Alma Dom Alma Dom 7 9 2 6 + = 3 Caminho + = 10 Caminho Karma Destino Karma Destino 4 10 10 7 . Almas 7+2 = 9; Karmas 4+10=14(14-9=5); Dons 9+6=15 (15-9=6); Destinos 10+7=17 (17-9=8); Caminhos 3+10=13 (13-9=4) Alma Dom Conjunta: 9 6 4 Caminho Karma Destino 5 8 Definição dos Cinco fatores na Numerologia Conjunta Alma: Representa as possíveis limitações na compreensão mútua. Representa também os possíveis fatores que atraíram as duas almas e qual a energia que deve se realizar para um tocar a alma do outro. Também significa a atração das duas almas para seguir um trabalho de aprofundamento da relação a partir da compreensão individual. Karma: É o que quer demonstrar um ao outro. Representa o aprendizado das duas pessoas no seu relacionamento. De que maneira elas se relacionam entre si e o que precisam fazer para se relacionarem melhor. 54
  • 55. Dom: Representa o potencial que o infinito outorga a essa relação, para que ambos possam se compreender e se relacionar harmonicamente. Representa também a finalidade da união. Pode indicar o potencial de duas pessoas para o que realizam ou realizarão juntas. Destino: Representa o novo destino que se formou no momento em que começou a relação. Representa também como atuam e se mostram aos outros. É o mínimo utilizado para as situações e questões que terão de compartilhar ou trocar. É outro potencial que recebem do infinito, para que possam ir consolidando a relação através das situações e das questões que tenderão a compartilhar ou a trocar. Caminho: Representa o sentido da relação, a ajuda pessoal que as pessoas deverão pôr a serviço uma da outra pessoa para conseguirem a finalidade da relação. É a vibração espiritual mais profunda que pode ascender como totalidade do trabalho terreno. É o caminho que terão que percorrer para elevar a relação. É importante usar essa energia quando a relação não está bem. Numerologia Conjunta na prática As pessoas envolvidas na Numerologia Conjunta, se quiserem trabalhar a relação, podem praticar as meditações correspondentes às vibrações dos números em questão, individual ou conjuntamente. Se praticarem conjuntamente, podem ascender c a experiências interessantes porque, nesse momento, serão duas almas que se atraíram a níveis muito sutis que lhes permitirá chegar a um crescimento de consciência e, portanto, estabelecer laços de respeito e tolerância mútuos. Esta Meditação é muito aconselhável: Hari Nam Sat Nam Hari Nam Hari Hari Nam Sat Nam Sat Nam Hari Sat Nam = Tua identidade é a verdade. Hari = Poder criador divino. Hari Nam= identidade deste poder criativo. Quando alguém meditar esse mantra é bom tentar conectar-se com a sua identidade espiritual, com a sua energia divina, para que ajude a despertar sua consciência. Para se ter uma boa relação, é preciso ser muito criativo, ter a capacidade de flexibilidade e tolerância, para que a sabedoria flua e guie o ser nessa relação. Postura Postura de Lótus. A coluna reta. Colocar a mão direita na altura do coração e a esquerda sobre a mão direita. Sentir que está trazendo a energia divina para o coração, que se cobre com essa luz. Fechar os olhos e começar a cantar o mantra durante onze minutos no mínimo. Quando acabar, inspirar profundamente e reter o ar por uns segundos. Expirar. Inspirar. Expirar e ir abrindo lentamente os olhos, mover os olhos, o corpo e os braços. Inspirar. Expirar. 55
  • 56. NUMEROLOGIA DO CASAL O Amor não tem limites. Quando tem algum limite, não é amor. Yogui Bhajan Há um aspecto muito interessante que explica o sentido da união de um casal no momento em que decidem seguir uma vida comum. Normalmente o que acontece é que o casal tem uma idéia equivocada do que realmente representa uma união.Cada envolvido pensa que os dois devem ter as mesmas opiniões, as mesmas crenças, viverem as mesmas situações, terem as mesmas reações, chegarem às mesmas conclusões, etc. Um casamento é muito mais que isso. Trata-se de assumir um compromisso num sentido mais profundo, mais espiritual. Ambos precisam ajudar-se mutuamente a transcender as próprias imperfeições para chegarem a estabelecer uma relação harmoniosa. A chave de uma união é saber trabalhar em comum. Para isso a Numerologia do Casal determina o sentido do trabalho de cada um para, a partir das vivencias cotidianas, saber corrigir e polir o ego pessoal, a fim de aprender a aceitar-se, a ser tolerante, a amar-se, aceitando o outro como ele é, a fim de um ajudar o outro a crescer, a evoluir. Tudo isso, porém, sem perder a própria liberdade, pois é fundamental saber ser independente com responsabilidade, respeito e amor. Assim, a relação poderá ser verdadeiramente harmoniosa. Cada um cumpre seu papel dentro desta grande obra Universal. Cada um ocupa seu lugar aqui e agora. Por isso ambos devem entender que nenhum dos dois é mais importante que o outro. O melhor seria que os dois tivessem o mesmo propósito: elevação da alma e, em conjunto, realizassem esse propósito . Para a interpretação da Numerologia do Casal, devemos utilizar a data de nascimento dessa união, isto é, data do casamento. Podemos também utilizar datas para analisar qualquer outro fato das nossas vidas: início de uma sociedade (data do início da sociedade), um concurso (data do concurso), um emprego (data do contrato), uma entrevista, etc. Exemplo: Ana e Luís casaram-se no dia 10 de março de 1999. Alma 10 Dom 9 (soma dos dois últimos algarismos do ano) = 5 Karma 3 Destino 1 (soma de todos os algarismos do ano) Definição dos Cinco Fatores na Numerologia do Casal Alma: Representa o trabalho que tem que realizar cada um para superar as diferenças individuais: compreendê-las e conscientizá-las. (Compreensão) Karma: representa o trabalho que tem que realizar cada um conjuntamente: na comunicação, na inter-relação, na compreensão da forma de atuar do outro. Na ajuda 56
  • 57. dos momentos difíceis, como se utilizam os próprios interesses: de uma forma altruísta ou egoisticamente? Como compartilham as próprias experiências comuns? (Ação) Dom: Representa a ajuda de Deus que recebem os dois. A força com que o Infinito dotou essa união, para que cada um, utilizando-a, possa superar as diferenças que há entre os dois. Destino: Representa o compromisso assumido no momento da união, compromisso que ambos devem honrar sempre, para poderem pô-lo em prática conjuntamente. Caminho: Representa a finalidade da união. É importante que o casal não perca de vista o compromisso assumido, para não se desviar dele. Assim poderá cumprir o propósito que sua convivência significa para a evolução espiritual de ambos. COMPATIBILIDADE DAS ALMAS NA COMUNICAÇÃO A linguagem para ser efetiva e tocar o coração da outra pessoa deve estar orientada para o número da sua alma.O número da alma (dia do nascimento da pessoa) é a base para esta comunicação. Quando se fala para a alma do outro,cria-se uma zona de comunicação e de conforto entre ambas, assim estabelece-se uma energia positiva, com a qual se pode determinar uma compreensão mútua que criará confiança e boa vontade na comunicação. Alma UM A pessoa de número UM, na alma, gosta de ser reconhecida. O número UM é independente. . É preciso respeitar isso e permitir que a pessoa use o seu espírito de iniciativa. É imprescindível perguntar-lhe sempre o que acha sobre determinado assunto, pois com certeza você obterá uma resposta. Esta pessoa não gosta de ser dirigida, se isso acontece torna-se inflexível. Essas pessoas sentem-se muito bem na direção de qualquer situação, buscando novos caminhos e conquistando seus espaços, pois a independência é muito importante.Um exemplo de frase a ser dita: “Como você acha que deve ser executado esse trabalho?”. Alma DOIS A comunicação com a pessoa de alma DOIS precisa fazer com que ela se sinta incluída. Muito sensível, magoa-se facilmente, sentindo-se traída e abandonada. É importante que estejamos atentos se dizem “sim” somente para nos agradar ou se estão sempre dizendo “não” para se proteger, separando-se assim das pessoas e das situações. É muito importante usar com essas pessoas uma linguagem não ameaçadora, de modo que elas sintam aconchego e harmonia. Também é importante transmitir para a alma DOIS que ela é aceita, que ela pode confiar, pois não vai ser traída, fará com que a comunicação flua. Uma boa frase para dizer ao DOIS em alma é esta: “Vamos preparar este evento juntos?” 57
  • 58. Alma TRÊS A alma TRÊS, criativa, travessa e brincalhona precisa ser capaz de se expressar. Sua sociabilidade faz com que necessite conectar-se com o grupo, tornando-se a vida do grupo. Preocupam -se muito com os outros e por isso muitas vezes passam por controladores. Uma pessoa de alma TRÊS gosta de nutrir e dar segurança aos outros e, quando não consegue expressar-se dessa maneira, fica frustrada e insegura. Ela precisa expressar-se com alegria e criatividade, é aconselhável permitir-lhe que ela expresse-se assim e que sinta que os outros precisam de seus cuidados. Por isso não se deve passar por cima de seu poder pessoal. Um exemplo de frase a ser dita é: “Preciso de você”. Alma QUATRO As pessoas com QUATRO na alma gostam de tudo perfeito e de enquadrarem tudo pois gosta de método, estrutura , forma e organização.. Se ela perceber que você trabalha desse modo é uma boa maneira de deixá-la com uma ótima impressão e dará abertura para uma comunicação agradável. Quando está motivada é muito trabalhadora. Gosta de ser útil e sente prazer em ajudar sem esperar nada em troca. Em desafio, é muito teimosa em suas opiniões e incansável no debate, é bom não discutir com ela. Dê- lhe algo para organizar, para estruturar e ela ficará feliz. Alma CINCO Viagens e aventuras, movimento, mudanças e ideais são assuntos que tocam a alma cinco. Gosta de conhecer pessoas e lugares novos e podem se adaptar facilmente em qualquer comunicação. Um CINCO na alma não pode ser podado e tolhido. Torna- se uma fera enjaulada. Adeus conversa. Não se deve fazer isso com essas pessoas a não ser que se queira começar uma guerra. Não gostam de estar presas a uma situação. Às vezes são relutantes no início, mas depois encontram uma maneira de criar cooperação. Sentem-se bem em grupo. Precisam muito de se comunicar, então é bom deixá-los falar. Precisam externar seus ideais e sonhos. São muito motivados, se algo é feito por um ideal. Alma SEIS Justiça, integridade e família são importantes para a alma seis. Embora goste de ajudar os outros, não gostam de ser ludibriada nem de injustiças,mesmo que não sejam com eles.. Quando uma pessoa de alma SEIS está centrada em sua intuição, é excelente conselheiro e pode influenciar a sua vida e a dos outros com a sua oração. Em desafio fica confusa, não consegue externar o seu mundo interior. O que ele pensa e fala não se encaixa com a realidade externa. O belo a atrai, assim como as coisas feitas de maneira justa e corretas. Uma boa maneira de envolver alguém de alma SEIS é esta: “Você acha isto justo?” Alma SETE A alma SETE é filósofa, é intelectual, sempre pergunta: “Por quê?” Seu intelecto é ávido de conhecimento. São pessoas muito inteligentes e sabem aplicar bem seus conhecimentos. Estão sempre em busca de informações e apreciam tanto o lógico e o analítico, quanto o espiritual e filosófico Uma boa estratégica para se comunicar com a alma sete é pedir-lhe sua opinião, pois sempre está estudando e gosta muito de ler. Em desafio, as almas seis mudam de idéia a cada minuto, concordando rapidamente com todos. As pessoas de alma SETE são boas para trabalhar em grupo, e estão sempre em alta freqüência quando estão envolvidas com algum projeto, ajudando e elevando todo o grupo. Frase mágica : “Preciso da sua ajuda”. 58
  • 59. Alma OITO A fama e o sucesso são o seu grande sonho da alma OITO. Gosta de reconhecimento e de poder. Para uma boa comunicação com alguém de alma número OITO, é não deixar que sintam seu poder em perigo. São pessoas que necessitam controlar a situação e precisam de espaço livre para sua expansão.Vivenciam experiências de perdas e lucros de dinheiro e de poder até que aprendam a lidar melhor com essas áreas . Geralmente são pessoas vitoriosas e empreendedoras. Um número OITO não gosta de ser pressionado com relação a tempo. É bom deixá-lo decidir quando o foco é tempo, bem como sempre consultá-lo antes de qualquer iniciativa. Quando se propõe a fazer algo, torna-se uma dinamite em atividade e realização. Alma NOVE Quer se dar bem com a alma NOVE? Seja sempre gentil e elegante. Não se deve conversar muito, fazer rodeios ou mistérios. É bom ter uma comunicação clara e precisa e nunca deixar o NOVE em dúvida sobre algo, pois logo se tornará rude e reativo.O NOVE é sofisticado, por isso é interessante falar de artes e assuntos elegantes, para se comunicar bem com sua alma, sempre de forma calma e suave. Em desafio, a pessoa de alma NOVE acha que sabe muito ou torna-se muito ingênua, acreditando nas coisas mais absurdas. O NOVE detesta receber ordens. Ele já sabe o que fazer. Assim sendo, para se comunicar bem com ele, é preciso ser sutil e suave. Em vez de dizer: “Entre à direita”, é melhor perguntar: “Que caminho você pretende fazer?” Alma DEZ Para se comunicar bem com a alma DEZ, é importante usar sempre superlativos. Ela é o rei, a rainha, o guerreiro nobre. Sua natureza precisa de muita luz e água . Seu lema é “tudo ou nada” e precisa de cuidado para que não se anule. A pessoa de alma DEZ tem o coração nobre, torna-se TUDO quando não tem medo nem vergonha de mostrar sua alma. Quando se compromete, o DEZ é um guerreiro vitorioso. Gosta de ser elogiado, jamais criticado. Deve-se falar com ele, como se falaria com um nobre guerreiro. Alma ONZE A comunicação com um número ONZE deve ser elevada, com uma visão espiritual. Não gosta de ser questionado em sua integridade. Com grande sabedoria, pode ser um farol, mostrando a todos o caminho a seguir. Quando está com a consciência elevada, sabe que Deus flui através dele e torna-se divino. Em desafio, sente muita angústia e tem muitos conflitos. Exige perfeição de si mesmo e dos outros. 59
  • 60. Capítulo VI Exemplo de um Estudo Numerológico Cada ser, em seu processo espiritual, passa por cinco estágios, antes de chegar à sua totalidade. O primeiro estágio é o momento em que a pessoa começa a se questionar, a questionar a vida, o mundo. Começa a ter muitas inquietudes e decide buscar temas espirituais. O segundo estágio é quando o ser começa a viver, a seguir um caminho espiritual. O terceiro estágio é um momento em que se pode cair na tentação do ego, pois o ser e vive com mais êxito, mais segurança. Sente-se mais valorizado, porque seguiu os ensinamentos e os praticou, crendo assim que não precisa fazer mais nada. 60
  • 61. O quarto estágio significa “sem esforço”. O ser começa a fluir através da sabedoria divina, seguro do caminho escolhido, vivendo-o conscientemente. O quinto estágio é o estado de união com o universo. Significa a verdade. É quando a pessoa é sempre verdadeira, vive a verdade em qualquer circunstância e em todos os momentos. A Numerologia Tântrica também está integrada na ordem do universo e, portanto, cada pessoa no seu momento atual. Cinco, como já dissemos , são os estágios de evolução e cinco são os fatores da evolução da Numerologia Tântrica., uns marcam as deficiências e outros as qualidades. Os fatores que precisamos trabalhar com mais firmeza e profundidade e, conscientemente, são a ALMA e o KARMA. O fator Alma (as deficiências) é preciso trabalhar interiormente para sentir-se conectado com ele. O fator Karma (as deficiências) é preciso trabalhar exteriormente. É a maneira como o ser relaciona-se com o mundo exterior. São fatores que se deve trabalhar paralelamente com muita consciência e discernimento até harmonizá-los. O fator DOM (as qualidades) é a base, são as virtudes inatas que se traz de outras vidas e que ajudarão a harmonizar a ALMA e o KARMA. O fator DESTINO (as qualidades) é outro fator de suma importância, outra força que se pode ter também para conseguir harmonizar os dois primeiros fatores. O fator CAMINHO ou MISSÃO é a conseqüência do trabalho que se realiza com os fatores ALMA e KARMA, e por se haver expressado corretamente os fatores DOM e DESTINO. É o que se obtém nesta vida para chegar à realização espiritual. Aquilo que representa o número que marca esse fator é o que realmente o ser veio expressar nesta encarnação atual e que lhe proporcionará a paz e a plenitude espiritual.’ Por tudo isso, é muito importante a pessoa se autoconhecer através da Numerologia Tântrica para viver com mais coerência e integridade, para poder se conhecer verdadeiramente e assim não precisar voltar na Roda das reencarnações. Vejamos o estudo numerológico de uma pessoa nascida em 21-08-1975 Considerando os fatores já estudados. Data de Nascimento: 21-08-1975 Alma = 3 Dom=3 Caminho ( Missão) = 6 Karma=8 Destino=4 DESTINO e Experiência O número do destino representa uma força que se manifesta como uma experiência de vida previamente aprendida em vidas passadas. Indica o tipo de circunstâncias que o ser atrai para a sua vida e a estratégia que usa para enfrentar 61
  • 62. essas circunstâncias com êxito. A pessoa deste estudo numerológico tem QUATRO como número do destino. DESTINO – quatro Por que estou aqui? O que devo realizar nesta vida? A pessoa em estudo está aqui para agir com neutralidade, para isso deve ouvir sua mente negativa também, considerando o que pode resultar em mal; deve igualmente ouvir a mente positiva a respeito do que pode resultar em bem próprio e agir para o melhor interesse de todos. É uma pessoa que desenvolveu o poder da mente através da intuição, do poder da oração , e do poder da projeção mental. Exercitou a neutralidade. Encaminhou suas atitudes e os pensamentos com uma conduta correta , sem deixar-se levar por emoções . Assim adquiriu o poder da intuição. As pessoas que a rodeia a vê como uma pessoa neutra e tendem a pedir-lhe conselhos. Toda a fonte de conhecimento que adquiriu lhe assegura o poder de ser uma pessoa correta, sem paixões , é uma pessoa neutra .Nao será difícil praticar a meditação , o que a ajudara muito; tão pouco colocar-se a serviço de um procedimento justo,sempre em beneficio dos outros para o progresso interno; porque o sentido do numero quatro é o serviço. Essa pessoa traz em evidencia nessa vida os dons e os desafios do quarto corpo. CORPO QUATRO Mente Neutra ou Meditativa Representa a Mente Meditativa e o desenvolvimento do Poder da mente através da intuição. Representa a habilidade de reconhecer as verdadeiras oportunidades; de ter a atitude de servir, de humildade e de compaixão. Representa grande capacidade de trabalho e de organização. Representa estrutura e construção, flexibilidade, decisão. Em Talento Possui equilíbrio mental. Cria equilíbrio ao seu redor. Toma as decisões corretas. Pessoa Intuitiva e humilde no seu serviço desinteressado. Sabe escutar. Não julga as pessoas nem os acontecimentos. Sabe dar bons conselhos. Em Desafio Pessoa radical e teimosa no processo de pensamento. Indecisa entre o sim e o não. Inflexível e crítica. O que fazer com o corpo quatro em desafio Fazer serviços desinteressados, com humildade e constância. Praticar a oração e a meditação para acalmar seu interior, abrir a intuição e atuar de modo neutro. 62
  • 63. RECOMENDAÇOES PARA O NÚMERO QUATRO Serviço.Mente equilibrada e yóguica DECRETO: EU SOU meu equilíbrio mental, físico e emocional. AÇOES : Visualizar o corpo com uma luz verde e um turbante verde circundando a cabeça, para dar claridade e verdade à mente objetiva. O verde é a cor da verdade e da cura. Pode usar um cristal verde em distintos pontos da cabeça, menos no chakra sete (coronário). ALMA - Representa a identidade infinita da pessoa. Significa a relação que ela tem consigo mesma. Significa como o ser é por dentro. Quando se está bem consigo mesmo, tudo fica bem por fora, não se perde a paz interior. A alma é o melhor companheiro que a pessoa possui. Normalmente todas as pessoas têm problemas com seu aspecto de alma, porque tem dificuldade de conectar-se com ela. ALMA – três Quem sou eu? Uma pessoa cuidadosa e carinhosa. Trata e vê todos com igualdade. Em conflito tenderá a viver com sua natureza mais limitada, isto é , sempre lhe será mais fácil comprometer-se sem atuar. Se a Mente Positiva atuar equilibradamente, esta pessoa sempre tenderá a uma inspiração harmonicamente em qualquer situação. Como também , poderá viver e pensar corretamente, espiritualmente, porque poderá obter segurança a partir do momento que possa controlar as reações impulsivas . Assim resolverá qualquer situação positivamente e equilibradamente. Tenderá sempre ser uma pessoa positiva pois tendera ter pensamentos divinos e positivos desde que tenha a mente positiva equilibrada. Terá pensamentos fora do ego, fora das emoções. Saberá falar compassivamente, sem ferir ou atacar, sem fazer juízos. Será objetiva e poderá ajudar , oferecer a justa medida e necessária ajuda a qualquer pessoa. Este será o resultado do trabalho profundo e consciente deste três na alma. Em vez de ver-se como pecador, se olhará como uma alma que é parte de Deus, que vive e pensa espiritualmente. CORPO 3 Mente Positiva ou Projetiva 63
  • 64. Representa o problema entre o Ego e a Alma. Representa a busca das soluções nas situações mais desesperadoras, refere-se a infinitas possibilidades disponíveis, buscando o potencial ilimitado. Manifesta características maternais de guiar e cuidar das pessoas. Preocupa-se pelo outro. Capacidade de dar. Manifesta sociabilidade, otimismo, segurança, confiança, auto-estima, poder pessoal, dinamismo. Em Talento Otimista, projeta esperança. Percebe as soluções. Manifesta grande dinamismo direcionado para a ação. Possui poder pessoal. Tem determinação: eu posso, eu consigo. Possui senso de humor e vê o lado bom das situações. Tem tolerância. Em Desafio Será uma pessoa pessimista e mal-humorada. Também é tensa, intolerante e manipuladora. Não manifesta, nem realiza: não posso, não consigo. Possui expectativas irreais. Fará promessas que não poderá cumprir. Não consegue dizer não. Demonstra falta de esperanças. Apresenta descontrole de peso. O que fazer com o corpo três em desafio Ver a igualdade em todas as situações. Fazer relaxamentos profundos e meditações para aliviar o estresse mental. Trabalhar a auto-estima, substituindo pensamentos negativos por positivos. Gravar afirmações positivas e escutá-las antes de dormir. Uma boa terapia para o corpo três é o bom humor. Rir faz bem. É importante perceber Deus em cada situação e ver a luz em todas as coisas. RECOMENDAÇOES PARA NÚMERO TRÊS Mente positiva. Otimismo e amor. DECRETO: EU SOU o Amor Divino, iluminando minha Mente e meu Coração.(afirmar sete vezes ao dia em voz alta). AÇOES: Usar uma pirâmide rosa nos chakras seis e quatro; ou uma planta, para despertar o amor, a compaixão e a igualdade. 64
  • 65. KARMA – Personalidade O Karma mostra a relação que se tem com o mundo externo. O Karma vem a ser a personalidade. O Karma é a ação que se pratica no mundo e a ação sempre vem ligada à personalidade. A maior parte das pessoas vive lutando consigo mesma. A luta se dá entre a alma e o Karma (personalidade). É difícil a conciliação. KARMA – oito - O que eu escolhi aprender e aperfeiçoar? A pessoa cuja data de nascimento é o modelo deste estudo numerológico veio para aprender o equilíbrio entre o que é finito e infinito. Finito é o mundo material. Infinito é a alma, a idéia curativa, ou seja, o mundo sutil. Também veio para aperfeiçoar a mente executiva. Esta pessoa tenderá ser muito consciente de suas necessidades , de ser justa, e agir por necessidade e não por simples prazer. Não devera se esconder por detrás de superficialidades, porque mais tarde que imagina se dará conta que isto não suprira suas necessidades, a necessidade de sentir-se plena, segura e completa. Há de saber que tudo aquilo que alimenta o ego , se resumira no vazio do ser. Terá que trabalhar a nível espiritual e vigia para não cair em fanatismo .Tudo tem seu ponto justo. O que fazer com o corpo oito em desafio Ser puro e estar satisfeito, para que o sentimento de compaixão flua. Respirar, respirar, respirar... Cantar para controlar a respiração. Dançar para adquirir energia e vitalidade. Trabalhar com cura. Qualquer curso de cura holística equilibra e canaliza a energia. RECOMENDAÇÕES PARA NÚMERO OITO Vencer os medos. Deve procurar interessar-se por mais coisas do que apenas seus próprios negócios, adquirindo uma ampla visão da vida e aprendendo a encontrar prazer nos divertimentos. Pode criar um sentimento de entusiasmo que lhe permitirá apreciar as boas qualidades dos outros e a corrigir seus defeitos. Se conservar o desejo de progredir em certas linhas, sem dar demasiado valor apenas ao ouro e ao poder, terá mais prazer em seus triunfos. DOM 65
  • 66. Representa a virtude inata. É o que a alma veio realizar nesta vida para sentir-se plena. DOM – três Qual é o mínimo que devo realizar nesta vida? Tratar a todos com igualdade. Esta pessoa tem um grande otimismo, criatividade, desejo de servir, de dar aos demais com a medida certa. E equilibradamente. Em qualquer situação , mesmo nas negativas , poderá superar, encaminha-la para positividade, buscara sempre a parte criativa, divina. Se expressa com criatividade , sem necessidades de discussões . Sua resposta são sempre equilibradas , justas e respeitosas para com todos. As pessoas com que entrar em contato , mesmo que sejam negativas, saberá vê-la de outro ponto de vista e assim poder ajudá-la. Devera projetar naturalmente a luz, a esperança e o humor. Tudo agradecer – mostrar otimismo. CAMINHO – ( MISSÃO) O estado de paz e harmonia permanente consegue-se só quando se tem a certeza absoluta de que se está cumprindo e realizando a própria Missão. Mesmo que a pessoa esteja harmonizando cada um de seus números em todos os aspectos, se não estiver cumprindo sua missão, será muito difícil para ela ser feliz verdadeiramente. O número do caminho, é o número guia, uma espécie de Mestre que se deve ter permanentemente presente na vida. Primeiro é preciso polir, positivar os primeiros quatro aspectos para, em seguida dedicar-se ao quinto, que é a missão. CAMINHO – SEIS Como eu posso elevar e mudar a minha vida? Falando com a projeção do seu arco de luz e usando a sua intuição, mesmo que seja com poucas palavras. É uma pessoa que nesta vida há de seguir um processo de interiorização . Há de conectar-se muito profundamente com o seu ser interior. Há de ser uma pessoa realmente em oração., se assim não for terá dificuldade de encontrar seu próprio caminho. Terá que estar sempre conectada com sua própria alma para encontrar seu verdadeiro caminho. Para a pessoa, deste estudo, realizar-se é importante . desenvolver seu poder de oração e meditação 66
  • 67. -Se viver com atitude de uma pessoa em oração, elevará a sua própria consciência e a dos demais. - Deve ter equilíbrio, honestidade consigo mesmo e com os outros. - A exigência desse caminho é alta: se a pessoa não buscar a HONESTIDADE, a INTEGRIDADE, e o EQUILÍBRIO, poderá cair. Deve ser auto-segura. Ser uma pessoa meditativa, concentrada, justa, devota e calma. Manter uma postura inalterável para poder controlar as situações. Esta conduta a fará converter-se em um representante de Deus. CORPO SEIS Linha do Arco Representa o processo de Interiorização, de concentração. Simboliza a pessoa em Oração – Pessoa que está em fluxo constante com a sua intuição, e que tem capacidade de resolver situações com o domínio da oração. Representa a auto-estima, o sistema imunológico, ajudando a pessoa a se manter positiva, lutando contra bactérias e a negatividade. Representa o ser forte como o aço, firme como a pedra, íntegro e brilhante como o diamante. Em Talento A pessoa tem um campo de proteção. Possui o poder de oração, da maestria e da palavra. Tem integridade. Faz o que fala. É equilibrada e tem capacidade de concentração. Manifesta justiça, proteção, projeção (capacidade para atrair o que deseja). Possui amor à família e à Comunidade. Em Desafio Mostra inabilidade em ser consistente com o que fala e faz. Mostra também ineficiência, divagação e confusão. Sua realidade interna não se encaixa com a realidade externa. Não consegue realizar o que deseja. Manifesta baixa auto-estima. O que significa Pessoa em Oração. A Linha do Arco pode ser reforçada com a oração. A pessoa em oração está em fluxo constante com a sua intuição, cria a realidade que deseja para si e para os outros. Uma Linha de Arco forte protege das doenças e dos perigos. 67
  • 68. O que fazer com o corpo seis em desafio Defender a verdade com justiça. Seguir um processo de interiorização, conectando-se profundamente com o seu próprio ser, através da oração e da meditação para fortalecer o Arco de Luz e projetar a sua realidade. Fazer meditação e exercícios como os de concentração mental. RECOMENDAÇÕES PARA NÚMERO SEIS Oração, fé e intuição. DECRETOS: EU SOU minha intuição desperta e ativa. EU SOU minha palavra justa, equilibrada e harmoniosa. AÇÕES: Aprender a arte da Oração como uma criação constante, que deve surgir espontaneamente. Realizar uma oração diferente durante 33 dias seguidos. Orar é uma Ação de Graças, para sentir-se ao lado da Divindade. È recomendável escrever a oração. É importante usar um cristal de ametista com topázio no Chakra quatro, para que a voz surja dali e se chegue à capacidade de orar. Também se pode usar um cristal verde que ajuda a restaurar a Linha do Arco e selar a Aura. O cristal deve ter ponta. É importante ressaltar, concluindo, a necessidade de a pessoa deste exemplo de estudo numerológico, trabalhar com consciência o sentido dos seus números. O número da Alma e do Karma pedem serenidade, reflexão e segurança. É fundamental praticar, com a máxima lucidez, o significado dos números do Dom e do Destino: o primeiro é de recolhimento e de observação; o segundo é de firmeza e segurança. A pessoa poderá cumprir, assim, adequadamente a finalidade de sua presente vida, que não é outra coisa que ajudar a desenvolver a capacidade de compaixão e de amor. É a única maneira como ela poderá expressar com naturalidade e coerência a finalidade de sua existência como ser espiritual que é. Chegar à completa compreensão experimentando cada virtude, de cada um dos onze números que configuram esta Numerologia Tântrica, significa chegar ao estágio de um Ser completo, elevado e infinito. 68
  • 69. Capítulo VII Exemplo de um Estudo Numerológico Cada ser, em seu processo espiritual, passa por cinco estágios, antes de chegar à sua totalidade. O primeiro estágio é o momento em que a pessoa começa a se questionar, a questionar a vida, o mundo. Começa a ter muitas inquietudes e decide buscar temas espirituais. O segundo estágio é quando o ser começa a viver, a seguir um caminho espiritual. O terceiro estágio é um momento em que se pode cair na tentação do ego, pois o ser e vive com mais êxito, mais segurança. Sente-se mais valorizado, porque seguiu os ensinamentos e os praticou, crendo assim que não precisa fazer mais nada. O quarto estágio significa “sem esforço”. O ser começa a fluir através da sabedoria divina, seguro do caminho escolhido, vivendo-o conscientemente. O quinto estágio é o estado de união com o universo. Significa a verdade. É quando a pessoa é sempre verdadeira, vive a verdade em qualquer circunstância e em todos os momentos. A Numerologia Tântrica também está integrada na ordem do universo e, portanto, cada pessoa no seu momento atual. Cinco, como já dissemos , são os estágios de evolução e cinco são os fatores da evolução da Numerologia Tântrica., uns marcam as deficiências e outros as qualidades. Os fatores que precisamos trabalhar com mais firmeza e profundidade e, conscientemente, são a ALMA e o KARMA. O fator Alma (as deficiências) é preciso trabalhar interiormente para sentir-se conectado com ele. O fator Karma (as deficiências) é preciso trabalhar exteriormente. É a maneira como o ser relaciona-se com o mundo exterior. São fatores que se deve trabalhar paralelamente com muita consciência e discernimento até harmonizá-los. O fator DOM (as qualidades) é a base, são as virtudes inatas que se traz de outras vidas e que ajudarão a harmonizar a ALMA e o KARMA. O fator DESTINO (as qualidades) é outro fator de suma importância, outra força que se pode ter também para conseguir harmonizar os dois primeiros fatores. O fator CAMINHO ou MISSÃO é a conseqüência do trabalho que se realiza com os fatores ALMA e KARMA, e por se haver expressado corretamente os fatores DOM e DESTINO. É o que se obtém nesta vida para chegar à realização espiritual. 69
  • 70. Aquilo que representa o número que marca esse fator é o que realmente o ser veio expressar nesta encarnação atual e que lhe proporcionará a paz e a plenitude espiritual.’ Por tudo isso, é muito importante a pessoa entender e compreender a Numerologia Tântrica para viver com mais coerência e integridade, para poder se conhecer verdadeiramente e poder assim não precisar voltar na Roda das encarnações. Vejamos o estudo numerológico de uma pessoa nascida em 21-08-1975 Considerando os fatores já estudados. Data de Nascimento: 21-08-1975 Alma = 3 Dom=3 Caminho ( Missão) = 6 Karma=8 Destino=4 DESTINO e Experiência O número do destino representa uma força que se manifesta como uma experiência de vida previamente aprendida em vidas passadas. Indica o tipo de circunstâncias que o ser atrai para a sua vida e a estratégia que usa para enfrentar essas circunstâncias com êxito. A pessoa deste estudo numerológico tem QUATRO como número do destino. DESTINO – quatro Por que estou aqui? O que devo realizar nesta vida? A pessoa em estudo está aqui para agir com neutralidade, para isso deve ouvir sua mente negativa também, considerando o que pode resultar em mal; deve igualmente ouvir a mente positiva a respeito do que pode resultar em bem próprio e agir para o melhor interesse de todos. É uma pessoa que desenvolveu em outras vidas com esforço e metodicamente o poder da oração e da meditação. Exercitou a neutralidade. Encaminhou suas atitudes e os pensamentos com uma conduta correta , sem deixar-se levar por emoções . Assim adquiriu o poder da intuição. As pessoas que a rodeia a vê como uma pessoa neutra e tendem a pedir-lhe conselhos. Toda a fonte de conhecimento que adquiriu lhe assegura o poder de ser uma pessoa correta, sem paixões , é uma pessoa neutra .Nao será difícil praticar a meditação , o que a ajudara muito; tão pouco colocar-se a serviço de um procedimento justo,sempre em beneficio dos outros para o progresso interno; porque o sentido do numero quatro é o serviço. Essa pessoa traz em evidencia nessa vida os dons e os desafios do 70
  • 71. CORPO QUATRO Mente Neutra ou Meditativa Representa a Mente Meditativa e o desenvolvimento do Poder da mente através da intuição. Representa a habilidade de reconhecer as verdadeiras oportunidades; de ter a atitude de servir, de humildade e de compaixão. Representa grande capacidade de trabalho e de organização. Representa estrutura e construção, flexibilidade, decisão. Em Talento Possui equilíbrio mental. Cria equilíbrio ao seu redor. Toma as decisões corretas. Pessoa Intuitiva e humilde no seu serviço desinteressado. Sabe escutar. Não julga as pessoas nem os acontecimentos. Sabe dar bons conselhos. Em Desafio Pessoa radical e teimosa no processo de pensamento. Indecisa entre o sim e o não. Inflexível e crítica. O que fazer com o corpo quatro em desafio Fazer serviços desinteressados, com humildade e constância. Praticar a oração e a meditação para acalmar seu interior, abrir a intuição e atuar de modo neutro. RECOMENDAÇOES PARA O NÚMERO QUATRO Serviço.Mente equilibrada e yóguica DECRETO: EU SOU meu equilíbrio mental, físico e emocional. AÇOES : Visualizar o corpo com uma luz verde e um turbante verde circundando a cabeça, para dar claridade e verdade à mente objetiva. O verde é a cor da verdade e da cura. Pode usar um cristal verde em distintos pontos da cabeça, menos no chakra sete (coronário). ALMA - Representa a identidade infinita da pessoa. Significa a relação que ela tem consigo mesma. Significa como o ser é por dentro. Quando se está bem consigo mesmo, tudo fica bem por fora, não se perde a paz interior. A alma é o melhor companheiro que a pessoa possui. Normalmente todas as pessoas têm problemas com seu aspecto de alma, porque tem dificuldade de conectar-se com ela. 71
  • 72. ALMA – três Quem sou eu? Uma pessoa cuidadosa e carinhosa. Trata e vê todos com igualdade. Em conflito tenderá a viver com sua natureza mais limitada, isto é , sempre lhe será mais fácil comprometer-se sem atuar. Se a Mente Positiva atuar equilibradamente, esta pessoa sempre será tenderá a uma inspiração harmonicamente em qualquer situação. Como também , poderá viver e pensar corretamente, espiritualmente, porque poderá obter segurança a partir do momento que possa controlar as reações impulsivas . Assim resolverá qualquer situação positivamente e equilibradamente. Tenderá sempre ser uma pessoa positiva pois tendera ter pensamentos divinos e positivos desde que tenha a mente positiva equilibrada. Terá pensamentos fora do ego, fora das emoções. Saberá falar compassivamente, sem ferir ou atacar, sem fazer juízos. Será objetiva e poderá ajudar , oferecer a justa medida e necessária ajuda a qualquer pessoa. Este será o resultado do trabalho profundo e consciente deste três na alma. Em vez de ver-se como pecador, ver-se-há como uma alma que é parte de deus, que vive e pensa espiritualmente. CORPO 3 Mente Positiva ou Projetiva Representa o problema entre o Ego e a Alma. Representa a busca das soluções nas situações mais desesperadoras, refere-se a infinitas possibilidades disponíveis, buscando o potencial ilimitado. Manifesta características maternais de guiar e cuidar das pessoas. Preocupa-se pelo outro. Capacidade de dar. Manifesta sociabilidade, otimismo, segurança, confiança, auto-estima, poder pessoal, dinamismo. Em Talento Otimista, projeta esperança. Percebe as soluções. Manifesta grande dinamismo direcionado para a ação. Possui poder pessoal. Tem determinação: eu posso, eu consigo. Possui senso de humor e vê o lado bom das situações. Tem tolerância. Em Desafio 72
  • 73. Será uma pessoa pessimista e mal-humorada. Também é tensa, intolerante e manipuladora. Não manifesta, nem realiza: não posso, não consigo. Possui expectativas irreais. Fará promessas que não poderá cumprir. Não consegue dizer não. Demonstra falta de esperanças. Apresenta descontrole de peso. O que fazer com o corpo três em desafio Ver a igualdade em todas as situações. Fazer relaxamentos profundos e meditações para aliviar o estresse mental. Trabalhar a auto-estima, substituindo pensamentos negativos por positivos. Gravar afirmações positivas e escutá-las antes de dormir. Uma boa terapia para o corpo três é o bom humor. Rir faz bem. É importante perceber Deus em cada situação e ver a luz em todas as coisas. RECOMENDAÇOES PARA NÚMERO TRÊS Mente positiva. Otimismo e amor. DECRETO: EU SOU o Amor Divino, iluminando minha Mente e meu Coração.(afirmar sete vezes ao dia em voz alta). AÇOES: Usar uma pirâmide rosa nos chakras seis e quatro; ou uma planta, para despertar o amor, a compaixão e a igualdade. KARMA – Personalidade O Karma mostra a relação que se tem com o mundo externo. O Karma vem a ser a personalidade. O Karma é a ação que se pratica no mundo e a ação sempre vem ligada à personalidade. A maior parte das pessoas vive lutando consigo mesma. A luta se dá entre a alma e o Karma (personalidade). É difícil a conciliação. KARMA – oito - O que eu escolhi aprender e aperfeiçoar? A pessoa cuja data de nascimento é o modelo deste estudo numerológico veio para aprender o equilíbrio entre o que é finito e infinito. Finito é o mundo material. Infinito é a alma, a idéia curativa, ou seja, o mundo sutil. Também veio para aperfeiçoar a mente executiva. Esta pessoa tenderá ser muito consciente de suas necessidades , de ser justa, e agir por necessidade e não por simples prazer. 73
  • 74. Não devera se esconder por detrás de superficialidades, porque mais tarde que imagina se dará conta que isto não suprira suas necessidades, a necessidade de sentir-se plena, segura e completa. Há de saber que tudo aquilo que alimenta o ego , se resumira no vazio do ser. Terá que trabalhar a nível espiritual e vigia para não cair em fanatismo .Tudo tem seu ponto justo. O que fazer com o corpo oito em desafio Ser puro e estar satisfeito, para que o sentimento de compaixão flua. Respirar, respirar, respirar... Cantar para controlar a respiração. Dançar para adquirir energia e vitalidade. Trabalhar com cura. Qualquer curso de cura holística equilibra e canaliza a energia. RECOMENDAÇÕES PARA NÚMERO OITO Vencer os medos. Deve procurar interessar-se por mais coisas do que apenas seus próprios negócios, adquirindo uma ampla visão da vida e aprendendo a encontrar prazer nos divertimentos. Pode criar um sentimento de entusiasmo que lhe permitirá apreciar as boas qualidades dos outros e a corrigir seus defeitos. Se conservar o desejo de progredir em certas linhas, sem dar demasiado valor apenas ao ouro e ao poder, terá mais prazer em seus triunfos. DOM Representa a virtude inata. É o que a alma veio realizar nesta vida para sentir-se plena. DOM – três Qual é o mínimo que devo realizar nesta vida? Tratar a todos com igualdade. Esta pessoa tem um grande otimismo, criatividade, desejo de servir, de dar aos demais com a medida certa. E equilibradamente. Em qualquer situação , mesmo nas negativas , poderá superar, encaminha-la para positividade, buscara sempre a parte criativa, divina. Se expressa com criatividade , sem necessidades de discussões . Sua resposta são sempre equilibradas , justas e respeitosas para com todos. As pessoas com que entrar em contato , mesmo que sejam negativas, saberá vê-la de outro ponto de vista e assim poder ajudá-la. Devera projetar naturalmente a luz, a esperança e o humor. 74
  • 75. Tudo agradecer – mostrar otimismo. A pessoa em estudo apresenta uma numerologia DHÁRMICA, que é uma bênção, pois o Dom, número do presente de Deus, repete-se em um dos outros aspectos, neste caso, no aspecto Alma. O Dom, que é sempre positivo, reforça o aspecto que é igual a ele. O Dharma é o resultado na vida atual de ações positivas em vidas pretéritas. É como um prêmio, e isso pode se refletir em boas condições na vida atual. Seres que vivem em harmonia com o Dharma libertam-se mais rapidamente do ciclo das reencarnações, segundo o Sikhismo e outros ensinamentos orientais. CAMINHO – ( MISSÃO) O estado de paz e harmonia permanente consegue-se só quando se tem a certeza absoluta de que se está cumprindo e realizando a própria Missão. Mesmo que a pessoa esteja harmonizando cada um de seus números em todos os aspectos, se não estiver cumprindo sua missão, será muito difícil para ela ser feliz verdadeiramente. O número do caminho, é o número guia, uma espécie de Mestre que se deve ter permanentemente presente na vida. Primeiro é preciso polir, positivar os primeiros quatro aspectos para, em seguida dedicar-se ao quinto, que é a missão. CAMINHO – SEIS Como eu posso elevar e mudar a minha vida? Falando com a projeção do seu arco de luz e usando a sua intuição, mesmo que seja com poucas palavras. É uma pessoa que nesta vida há de seguir um processo de interiorização . Há de conectar-se muito profundamente com o seu ser interior. Há de ser uma pessoa realmente em oração., se assim não for terá dificuldade de encontrar seu próprio caminho. Terá que estar sempre conectada com sua própria alma para encontrar seu verdadeiro caminho. Para a pessoa, deste estudo, realizar-se é importante . desenvolver seu poder de oração e meditação -Se viver com atitude de uma pessoa em oração, elevará a sua própria consciência e a dos demais. 75
  • 76. - Deve ter equilíbrio, honestidade consigo mesmo e com os outros. - A exigência desse caminho é alta: se a pessoa não buscar a HONESTIDADE, a INTEGRIDADE, e o EQUILÍBRIO, poderá cair. Deve ser auto-segura. Ser uma pessoa meditativa, concentrada, justa, devota e calma. Manter uma postura inalterável para poder controlar as situações. Esta conduta a fará converter-se em um representante de Deus. CORPO SEIS Linha do Arco Representa o processo de Interiorização, de concentração. Simboliza a pessoa em Oração – Pessoa que está em fluxo constante com a sua intuição, e que tem capacidade de resolver situações com o domínio da oração. Representa a auto-estima, o sistema imunológico, ajudando a pessoa a se manter positiva, lutando contra bactérias e a negatividade. Representa o ser forte como o aço, firme como a pedra, íntegro e brilhante como o diamante. Em Talento A pessoa tem um campo de proteção. Possui o poder de oração, da maestria e da palavra. Tem integridade. Faz o que fala. É equilibrada e tem capacidade de concentração. Manifesta justiça, proteção, projeção (capacidade para atrair o que deseja). Possui amor à família e à Comunidade. Em Desafio Mostra inabilidade em ser consistente com o que fala e faz. Mostra também ineficiência, divagação e confusão. Sua realidade interna não se encaixa com a realidade externa. Não consegue realizar o que deseja. Manifesta baixa auto-estima. O que significa Pessoa em Oração. A Linha do Arco pode ser reforçada com a oração. A pessoa em oração está em fluxo constante com a sua intuição, cria a realidade que deseja para si e para os outros. Uma Linha de Arco forte protege das doenças e dos perigos. O que fazer com o corpo seis em desafio 76
  • 77. Defender a verdade com justiça. Seguir um processo de interiorização, conectando-se profundamente com o seu próprio ser, através da oração e da meditação para fortalecer o Arco de Luz e projetar a sua realidade. Fazer meditação e exercícios como os de concentração mental. RECOMENDAÇÕES PARA NÚMERO SEIS Oração, fé e intuição. DECRETOS: EU SOU minha intuição desperta e ativa. EU SOU minha palavra justa, equilibrada e harmoniosa. AÇÕES: Aprender a arte da Oração como uma criação constante, que deve surgir espontaneamente. Realizar uma oração diferente durante 33 dias seguidos. Orar é uma Ação de Graças, para sentir-se ao lado da Divindade. È recomendável escrever a oração. É importante usar um cristal de ametista com topázio no Chakra quatro, para que a voz surja dali e se chegue à capacidade de orar. Também se pode usar um cristal verde que ajuda a restaurar a Linha do Arco e selar a Aura. O cristal deve ter ponta. É importante ressaltar, concluindo, a necessidade de a pessoa deste exemplo de estudo numerológico, trabalhar com consciência o sentido dos seus números. O número da Alma e do Karma pedem serenidade, reflexão e segurança. É fundamental praticar, com a máxima lucidez, o significado dos números do Dom e do Destino: o primeiro é de recolhimento e de observação; o segundo é de firmeza e segurança. A pessoa poderá cumprir, assim, adequadamente a finalidade de sua presente vida, que não é outra coisa que ajudar a desenvolver a capacidade de compaixão e de amor. É a única maneira como ela poderá expressar com naturalidade e coerência a finalidade de sua existência como ser espiritual que é. CONSIDERAÇÕES FINAIS . Sabe-se hoje que é através da consciência que nos relacionamos com o mundo, e que ela, a consciência, é composta de níveis, que funcionam como “lentes” ou “filtros”, com os quais percebemos e interpretamos a realidade ao nosso redor e em nosso interior. Por isso, vai depender do nível de consciência em que uma pessoa se 77
  • 78. encontre, a percepção e a interpretação que ela tem da realidade em que vive (seja pessoal, social ou mesmo planetária). Os fenômenos observados sofrem alterações de interpretação, pois dependem de seus diferentes observadores e de suas diferentes visões. Objeto observado e observador não estão separados. Isso significa dizer que, à medida que expandimos a consciência, também ampliamos a percepção e a compreensão da realidade em que vivemos, incluindo a nossa realidade interior. Isso servirá em definitivo para o bem de todos e da nossa felicidade tão procurada. Uma das formas de expansão da consciência tão eficaz quanto outras é a prática do autoconhecimento. Quanto mais o ser humano conhecer e exercitar, de forma equilibrada, sua dimensão física, emocional, mental e espiritual, tanto mais terá condições de ter uma vida plena de significados. Quanto mais ele aprofundar os conhecimentos de si mesmo, participando de forma ativa na realidade que o cerca, tanto mais estará em condições de resolver suas dificuldades. É dentro dessa perspectiva que a Numerologia Tântrica tem uma importante contribuição a fazer, porque auxilia o ser humano a elevar o nível de consciência sobre si próprio. É esse o maior propósito deste livro: contribuir apresentando novas possibilidades para a evolução das pessoas e das organizações, através da Numerologia Tântrica, tendo em vista que o seu potencial é comprovadamente valioso. No momento em que a pessoa abre a sua consciência e busca o porquê de sua vida com as lutas pela sobrevivência, o porquê de suas relações, de sua complexidade e de sua cumplicidade com tudo que vive em sua volta e, em definitivo, o porquê de si mesma., quando indaga sobre o porquê do mundo, sobre o porquê do universo. É nesse momento, que ela está em busca de respostas que lhe falem de verdades eternas e na medida em que as vai obtendo, elas lhe vão dando luz para ver o sentido de tudo. Existem muitas áreas de conhecimento tanto terapêutico quanto transcendental. Cada uma delas abre caminho para ajudar a encontrar as respostas tão necessárias para o indivíduo ter a própria experiência em uma direção evolutiva. Na Numerologia Tântrica a pessoa interessada em uma busca interior pode encontrar um instrumento de autoconhecimento para auxiliá-la a estabelecer um contato profundo consigo mesmo. . Assim poderão viver em harmonia com elas mesmas, com a sociedade e com a natureza, para encontrarem a paz e a alegria de estarem vivas nestes tempos de grandes mudanças planetárias O encerramento deste livro será feito com uma homenagem a Yogui Bhajan, bem como a todos os leitores, com esta frase do Mestre ao lado de sua foto. 78
  • 79. ”Nos dias de hoje, as pessoas não compreendem o porquê de ser um ente humano ou o que isso significa. Falar sobre a sua Infinitude, conhecê-la e ter a experiência direta dessa Infinitude é fundamental. Lembre-se de que só o conhecimento não sustenta você. O conhecimento se torna sabedoria quando você o experimenta. Só o experimentar direto lhe dá o Gyan ou Jnana, e isso pode lhe sustentar e apoiar. O fato de você saber ou acreditar em algo não significa que você pode agir de acordo com isso. Mas se você experimenta a verdade e nela caminha, encontra alegria, sucesso e satisfação em você mesmo. Então nenhum poder sobre a terra pode lhe desviar desse caminho”. Yogui Bhajan “QUEM TEM UM “PORQUÊ” PARA VIVER, ENCONTRARÁ QUASE SEMPRE O “COMO”. Nietzsche “A FORÇA DO PODER ESTÁ NO PRESENTE “ INÀJÁRA C E-mail: inajara3@hotmail.com BIBLIOGRAFIA CAMPBELL, Joseph. O Poder do Mito. Editora Palas Athena, ano. CAPRA, Fritjof. O Ponto de Mutação. 23. ed. São Paulo: Editora Cultrix, 2002. CHABOCHE, François-Xavier. Vida e mistério dos números. São Paulo: Editora Hemus, ano. 79
  • 80. BUSCAGLIA, Leo. Amor. Editora Record, 1972. FERGUSON, Marilyn. A Conspiração Aquariana. Editora Record, 1980. HITHCOK, Helyn. A magia dos números ao seu alcance. Editora Pensamento, 1988. JAVANE, Faith & BUNKER, Dusty. La clave secreta de los números.Barcelona: Editorial Martinez Roca, 1984. J IGLESIAS -Janeiro. La Consciência de los Números.Buenos Aires: Editorial Kier, 1946. KAUER. Dharam & kauer Avtar. Curso de Numerologia Tântrica. Apostila 1,2. S São Paulo, 2006. LAPUENTE,Maria. Numerologia Tântrica 1 e 2. Barcelona: Editorial Alas, 2000. MILLAMAN,Dan. Um Novo Sistema de Numerologia. Editora Pensamento, 1999. SOUSA, Walter de. O novo paradigma. Editora Cultrix, 1993. WESTCOTT. W. Wynn. Os números. Editora Pensamento, 1990. RAMOS.SZLIGOWSKI Sonia. Os Chakras Que Falamditora C Roka Ltda,1998 80
  • 81. 81
  • 82. 82