Samba e Samba Canção

8,641
-1

Published on

A história do Samba

Published in: Education
1 Comment
4 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total Views
8,641
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
283
Comments
1
Likes
4
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Samba e Samba Canção

  1. 1. Samba & Samba Canção
  2. 2. A ORIGEM DO SAMBA <ul><li>O samba surgiu da mistura de estilos musicais de origem africana e brasileira. </li></ul><ul><li>O termo samba é de origem africana, e tem seu significado ligado às danças típicas tribais do continente. </li></ul>
  3. 3. A HISTÓRIA <ul><li>As raízes do samba foram inserido em solo brasileiro na época do Brasil Colonial, com a chegada da mão-de-obra escrava em nosso país. </li></ul><ul><li>O primeiro samba gravado no Brasil foi  Pelo Telefone, no ano de 1917, cantado por Bahiano. </li></ul><ul><li>Tempos depois, o samba toma as ruas e espalha-se pelos carnavais do Brasil. Neste período, os principais sambistas são: Sinhô Ismael Silva  e Heitor dos Prazeres . </li></ul>
  4. 4. A HISTÓRIA <ul><li>NA DÉCADA DE 1930: as estações de rádio, em plena difusão pelo Brasil, passam a tocar os sambas para os lares. Os grandes sambistas e compositores desta época são: Noel Rosa autor de Conversa de Botequim; Cartola de As Rosas Não Falam; Dorival Caymmi de O Que É Que a Baiana Tem?; Ary Barroso, de Aquarela do Brasil; e Adoniran Barbosa, de Trem das Onze.  </li></ul>
  5. 5. <ul><li>Noel Rosa, Dorival Caymmi, Ary Barroso e Adoniran Barbosa </li></ul>
  6. 6. A HISTÓRIA <ul><li>Na década de 1970 e 1980, começa a surgir uma nova geração de sambistas. Podemos destacar: Paulinho da Viola, Jorge Aragão, João Nogueira, Beth Carvalho, Elza Soares, Dona Ivone Lara, Clementina de Jesus, Chico Buarque, João Bosco e Aldir Blanc. </li></ul>
  7. 8. A HISTÓRIA <ul><li>Outros importantes sambistas de todos os tempos: Pixinguinha, Ataulfo Alves, Carmen Miranda (sucesso no Brasil e nos EUA), Elton Medeiros, Nelson Cavaquinho, Lupicínio Rodrigues, Aracy de Almeida, Demônios da Garoa, Isaura Garcia, Candeia, Elis Regina, Nelson Sargento, Clara Nunes, Wilson Moreira, Elizeth Cardoso, Jacob do Bandolim e Lamartine Babo.  </li></ul>
  8. 10. CARACTERÍSTICAS MUSICAIS <ul><li>COMPASSO: Binário </li></ul><ul><li>ANDAMENTO: Rápido </li></ul><ul><li>ACOMPANHAMENTO: Frases Melódicas </li></ul>
  9. 11. ALGUNS TIPOS DE SAMBA <ul><li>SAMBA-ENREDO: Surge no Rio de Janeiro durante a década de 1930. O tema está ligado ao assunto que a escola de samba escolhe para o ano do desfile. Geralmente segue temas sociais ou culturais. Ele que define toda a coreografia e cenografia utilizada no desfile da escola de samba. </li></ul>
  10. 12. ALGUNS TIPOS DE SAMBA <ul><li>SAMBA DE PARTIDO ALTO: Com letras improvisadas, falam sobre a realidade dos morros e das regiões mais carentes. É o estilo dos grandes mestres do samba. Os compositores de partido alto mais conhecidos são:  Moreira da Silva, Martinho da Vila e Zeca Pagodinho. </li></ul>
  11. 13. ALGUNS TIPOS DE SAMBA <ul><li>SAMBA DE GAFIEIRA: Foi criado na década de 1940 e tem acompanhamento de orquestra. Rápido e muito forte na parte instrumental, é muito usado nas danças de salão. </li></ul>
  12. 14. BAHIA, RIO DE JANEIRO E SÃO PAULO <ul><li>Os tipos de samba mais conhecidos e que fazem mais sucesso são os da Bahia , do Rio de Janeiro e de São Paulo . </li></ul><ul><li>O samba baiano é influenciado pelo lundu e maxixe, com letras simples, balanço rápido e ritmo repetitivo. A lambada, por exemplo, é neste estilo, pois tem origem no maxixe.  </li></ul>
  13. 15. BAHIA, RIO DE JANEIRO E SÃO PAULO <ul><li>No Rio de Janeiro, o samba está ligado à vida nos morros, sendo que as letras falam da vida urbana, dos trabalhadores e das dificuldades da vida de uma forma amena e muitas vezes com humor. </li></ul><ul><li>Entre os paulistas, o samba ganha uma conotação de mistura de raças. Com influência italiana, as letras são mais elaboradas e o sotaque dos bairros de trabalhadores ganha espaço no estilo do samba de São Paulo. </li></ul>
  14. 16. INSTRUMENTOS DO SAMBA <ul><li>O samba é tocado basicamente por instrumentos de percussão e acompanhado por instrumentos de corda. Em vertentes como o samba-exaltação e o samba-de-gafieira, foram acrescentados instrumentos de sopro. </li></ul>
  15. 17. SAMBA NO SÉCULO XXI <ul><li>A partir do ano 2000, surgiram alguns artistas que buscavam se reaproximar do samba mais vinculado à estilo consolidado nos morros cariocas, muitas vezes chamado &quot;samba de raiz&quot;. Foram os casos de Marquinhos de Oswaldo Cruz, Teresa Cristina e Grupo Semente, entre outros, que contribuíram para a reabilitação da região da Lapa, no Rio de Janeiro.  </li></ul>
  16. 18. SAMBA EM OUTRAS PARTES DO MUNDO <ul><li>Além de ser um dos gêneros musicais mais populares do Brasil, o samba é bastante conhecido no exterior. É reconhecido também como símbolo brasileiro, ao lado do futebol e o carnaval.  </li></ul>
  17. 19. SAMBA CANÇÃO <ul><li>É um subgênero musical originário do samba, que surgiu no final da década de 1920 no seio da modernização do samba urbano do Rio de Janeiro, quando este iniciava seu processo de distanciamento do maxixe. </li></ul>
  18. 20. ORIGENS <ul><li>Como o próprio nome sugere, o samba-canção indica uma aproximação do samba com a canção, Surgiu na década de 1920, com ritmos lentos e letras sentimentais e românticas. </li></ul><ul><li>O samba-canção é resultado de experiências iniciadas por compositores semieruditos como Henrique Vogeler, Heckel Tavares e Joubert de Carvalho, mas passaria paulatinamente ao domínio de compositores oriundos das camadas mais baixas da população, muitos dos quais ignorantes de música. </li></ul>
  19. 21. HISTÓRIA <ul><li>A primeira canção reconhecidamente a fazer sucesso como samba-canção foi &quot;Linda Flor (Ai Ioiô) </li></ul><ul><li>Auge nas décadas de 1940 e 1950 </li></ul><ul><li>Declínio na década de 1960 </li></ul>
  20. 22. ALUNOS <ul><li>Larissa, 16 </li></ul><ul><li>Raíssa, 23 </li></ul><ul><li>Tainara, 26 </li></ul><ul><li>Wilson, 29 </li></ul><ul><li>Professora: Silvana Smania </li></ul><ul><li>Arte </li></ul>

×