Estudo acao elearning_vodafone_final

  • 440 views
Uploaded on



Apresentação do Estudo de Caso" O e-learning na Vodafone Portugal”, realizado no âmbito do Estudo “Utilidade e eficácia pedagógico-didática das plataformas de formação a distância”, IEFP/ /CNQF Lisboa, 2010.

More in: Business
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Be the first to comment
    Be the first to like this
No Downloads

Views

Total Views
440
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1

Actions

Shares
Downloads
0
Comments
0
Likes
0

Embeds 0

No embeds

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
    No notes for slide

Transcript

  • 1. Selma Vedor Fernandes www.selmavedor.net IEFP/ /CNQF Lisboa, 2010
  • 2. e-learning da Vodafone Objecto de actividade: Telecomunicações LMS (principal):TotalLMS, da SumTotal Systems Data de criação da entidade (ano): 1991
  • 3. e-learning na Vodafone Início da prática do e-learning de forma institucionalizada/sistemática: 2004 Estádio de desenvolvimento da formação a distância/elearning: utilização consolidada e regular
  • 4. Tipo de cursos/nível de formação Formação profissional inicial - acolhimento de novos colaboradores; Aperfeiçoamento profissional nas áreas de negócio - produtos e serviços, aplicações, tecnologia – e em áreas de apoio - saúde e segurança, aspectos legais, políticas da companhia (anti-corrupção, protecção de dados, segurança da informação, etc.); Certificação de agentes empresariais e outras empresas colaboradoras
  • 5. Marcos do desenvolvimento do e-learning na Vodafone 2005 – 2008: 1999 – 2003: 2004: 2009 – 2010: Consolidação da Primeiras Implementação Presente Estratégia de Abordagens Plataforma TotalLMS e Futuro e-learning •Comunidade de •Plataforma Learning•SGF – Sistema de TotalLMS (ASPEN e TechnologiesGestão da Formação •Programa de BAXTER) •Novas abordagens:•Cursos Net G (Ms Certificação •Lançamento 3G – da aprendizagemOffice) de Agentes Disponibilização de formal à•Novo sistema de •Curso Mobile Plus currículo sobre aprendizagemfacturação Oferta e Tecnologia informal •M-learning
  • 6. Números 2009* N.º de horas de formação N.º de Participantes 2775 40039 1967 14501 e-learning Presencial *Colaboradores internos
  • 7. Evolução do e-learning* 16000 13765 14000 12195 12000 11012 10000 8000 6000 3858 4000 2000 0 2005/2006 2006/2007 2008/2009 2008/2009 N.º de participações * Colaboradores internos, outsourcing e rede de agentes
  • 8. Abrangência do e-learning O e-learning abrange cerca de 30% da formação realizada*. *a colaboradores internos
  • 9. Abrangência do e-learning O e-learning visa sobretudo acompanhar o lançamento de novos serviços e produtos: “O crescimento do e-learning, com especial ênfase no apoio ao lançamento de novos produtos e serviços, tem permitido, de uma forma rápida, flexível e eficaz, manter os colaboradores preparados para dar resposta às necessidades dos nossos clientes e exigências do mercado.” Relatório e Contas 2005, Vodafone Portugal
  • 10. Abrangência do e-learning Recentemente, o e-learning estende-se a outras áreas:  conhecimento de políticas transversais : anticorrupção, protecção de dados, segurança da informação, etc.;  conhecimento do negócio (tecnologias, estratégia, etc.);  acolhimento de novos colaboradores;  atendimento;  higiene, saúde e segurança;  certificação de parceiros comerciais.
  • 11. Estratégia pedagógica que a instituiçãoconsidera eficaz Forte aposta nos conteúdos: apelativos, dinâmicos, interactivos; estreita ligação entre os conteúdos e a prática profissional: os cursos essenciais - não obrigatórios; envolvimento das chefias (comunicação dos cursos, formação avançada para acompanharem a realização dos cursos, etc.).
  • 12. Aspectos mais valorizados nos cursos e-learning
  • 13. Factores críticos de sucesso do e-learning envolvimento do top management; forte ligação ao negócio; cultura de inovação na empresa; impacto na comunicação; recolha de feedback com vista à melhoria contínua; procura constante de novas formas de estimular a aprendizagem.
  • 14. Metodologias preferenciais de e-learning E-learning em auto-estudo (maioritariamente) B-learning (ocasionalmente)
  • 15. Plataformas principais de suporte ao e-learning Total LMS da Sum Total Systems Total LCMS da Sum Total Systems
  • 16. Plataformas principais de suporte ao e-learning AspenColaboradores Todos os CursosVodafone TotalLMS by SumTotal SystemsColaboradores Produtos & Serviços, AplicaçõesOutsourcing BaxterAgentes Produtos & Serviços (segmento TotalLMS by SumTotalConsumo consumo) SystemsAgentes Produtos & Serviços (segmentoEmpresariais empresarial)
  • 17. Factores críticos que contribuem para aeficácia pedagógica na plataforma Tracking (registo dos acessos, progressão e conclusão da aprendizagem dos formandos, análise de percursos e necessidades de aprendizagem); simplicidade do interface; facilidade no acesso imediato aos conteúdos; SCORM.
  • 18. Instrumentos na avaliação da utilidadee eficácia das plataformas de FaD Questionários de avaliação da satisfação; Relatórios da plataforma (indicadores de acesso e conclusão dos cursos); Diálogo sistemático entre colaboradores e chefias e chefias/departamento de RH.
  • 19. Obrigada  www.selmavedor.netselmafernandes@gmail.com Selma Vedor Fernandes