POPULAÇÃO MUNDIAL
População Mundial Fases de Evolução Indicadores  Demográficos Estrutura(s)  Etária(s) Pirâmides Etárias Consequências Polí...
POPULAÇÃO MUNDIAL
INDICADORES DEMOGRÁFICOS Natalidade  – Nº de nados-vivos ocorridos numa determinada área num determinado período de tempo;...
INDICADORES DEMOGRÁFICOS Taxa de Mortalidade Infantil -  Nº de óbitos de crianças com idades inferiores a 1 ano, em média ...
FASES DE EVOLUÇÃO DA POPULAÇÃO REGIME DEMOGRÁFICO PRIMITIVO – ATÉ 1750 Altas taxas de Natalidade <ul><li>Papel social da m...
FASES DE EVOLUÇÃO DA POPULAÇÃO REVOLUÇÃO DEMOGRÁFICA – 1750 A 1950 (EUROPA e EUA) <ul><li>Avanços na Medicina (descoberta ...
FASES DE EVOLUÇÃO DA POPULAÇÃO EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA – A PARTIR DE 1950 Diminuição das T. Natalidade P.D. <ul><li>Emancipaç...
ESTRUTURA ETÁRIA DA POPULAÇÃO “ COMPOSIÇÃO DA POPULAÇÃO POR IDADES” CONCEITOS-CHAVE Grupos etários:   Jovens (0 aos 14 ano...
PIRÂMIDES ETÁRIAS “ GRÁFICO DE BARRAS QUE REPRESENTA A POPULAÇÃO POR CLASSES ETÁRIAS E POR SEXOS” TIPOS DE PIRÂMIDES ETÁRI...
CONSEQUENCIAS DAS ESTRUTURAS ETÁRIAS ESTRUTURA ETÁRIA JOVEM ESTRUTURA ETÁRIA ENVELHECIDA <ul><li>Excesso de mão-de-obra; <...
POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS NATALISTAS (Medidas para fomentar a natalidade) ANTINATALISTAS (Medidas para controlar a natalidade...
PIRÂMIDES ETÁRIAS “ GRÁFICO DE BARRAS QUE REPRESENTA A POPULAÇÃO POR CLASSES ETÁRIAS E POR SEXOS” TIPOS DE PIRÂMIDES ETÁRI...
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

Populacao e povoamento 2

17,080

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total Views
17,080
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
23
Actions
Shares
0
Downloads
88
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Populacao e povoamento 2

  1. 1. POPULAÇÃO MUNDIAL
  2. 2. População Mundial Fases de Evolução Indicadores Demográficos Estrutura(s) Etária(s) Pirâmides Etárias Consequências Políticas Demográficas Pirâmides Etárias MAPA CONCEPTUAL GERAL A tem diferentes É analisada pelos permitindo caracterizar a originando diferentes que pode ser analisadas através de que reflectem determinadas tornando-se necessário a aplicação de originando novas Clica-me para terminar 
  3. 3. POPULAÇÃO MUNDIAL
  4. 4. INDICADORES DEMOGRÁFICOS Natalidade – Nº de nados-vivos ocorridos numa determinada área num determinado período de tempo; Mortalidade – Nº de óbitos ocorridos numa determinada área, num determinado período de tempo; Crescimento Natural – Diferença entre a Natalidade e a Mortalidade (CN=N-M); Taxa de Natalidade – Nº de nados-vivos, em média por cada mil habitantes, ocorridos numa determinada área num determinado período de tempo (T.N.=___ Natalidade ___x 1000) Pop. Absoluta Taxa de Mortalidade - Nº de óbitos, em média por cada mil habitantes, ocorridos numa determinada área num determinado período de tempo (T.M.=___ Mortalidade ___x 1000) Pop. Absoluta Taxa de Crescimento Natural – Diferença entre a Natalidade e a Mortalidade (T.C.N.= TN-TM);
  5. 5. INDICADORES DEMOGRÁFICOS Taxa de Mortalidade Infantil - Nº de óbitos de crianças com idades inferiores a 1 ano, em média por cada mil nados-vivos, ocorridos numa determinada área num determinado período de tempo ( T.M.= __ Mortalidade < 1 ano _x 1000 Natalidade Índice de Fecundidade – Nº médio de filhos por mulher em idade fértil (15-49 anos); 2,1 filhos – Índice de renovação das gerações; Esperança Média de Vida – Nº de anos que, em média, uma pessoa tem probabilidade de viver;
  6. 6. FASES DE EVOLUÇÃO DA POPULAÇÃO REGIME DEMOGRÁFICO PRIMITIVO – ATÉ 1750 Altas taxas de Natalidade <ul><li>Papel social da mulher reduzido; </li></ul><ul><li>Inexistência de Métodos de Controlo </li></ul><ul><li>do Nascimento; </li></ul><ul><li>Trabalho Infantil Permitido; </li></ul><ul><li>Poligamia; </li></ul><ul><li>Família numerosa sinal de prestígio; </li></ul><ul><li>Utilização dos filhos como mão-de-obra </li></ul><ul><li>não remunerada; </li></ul><ul><li>Epidemias e guerras frequentes; </li></ul><ul><li>Fome; </li></ul><ul><li>Ausência de métodos de cura e prevenção de doenças; </li></ul><ul><li>Inexistência de saneamento básico; </li></ul><ul><li>Falta de hábitos de higiene; </li></ul><ul><li>Não existe escolaridade mínima obrigatória; </li></ul>Altas taxas de Mortalidade
  7. 7. FASES DE EVOLUÇÃO DA POPULAÇÃO REVOLUÇÃO DEMOGRÁFICA – 1750 A 1950 (EUROPA e EUA) <ul><li>Avanços na Medicina (descoberta de vacinas e antibióticos); </li></ul><ul><li>Melhores condições alimentares como resultado da revolução agrícola; </li></ul><ul><li>Melhoria nas condições de higiene; </li></ul><ul><li>Diminuição da ocorrência de conflitos; </li></ul><ul><li>Proibição do trabalho infantil; </li></ul><ul><li>Redução dos horários laborais; </li></ul>Diminuição das taxas de Mortalidade
  8. 8. FASES DE EVOLUÇÃO DA POPULAÇÃO EXPLOSÃO DEMOGRÁFICA – A PARTIR DE 1950 Diminuição das T. Natalidade P.D. <ul><li>Emancipação da mulher; </li></ul><ul><li>Divulgação do planeamento familiar; </li></ul><ul><li>Monogamia; </li></ul><ul><li>Filhos vistos como factor de despesa; </li></ul><ul><li>Casamento tardio; </li></ul><ul><li>Elevado custo das habitações; </li></ul><ul><li>Aumento do nível de instrução. </li></ul><ul><li>Acções de ajuda internacional; </li></ul><ul><li>Campanhas de vacinação; </li></ul><ul><li>Utilização de antibióticos; </li></ul><ul><li>Campanhas alimentares; </li></ul>Diminuição das T. Mortalidade P.E.D.
  9. 9. ESTRUTURA ETÁRIA DA POPULAÇÃO “ COMPOSIÇÃO DA POPULAÇÃO POR IDADES” CONCEITOS-CHAVE Grupos etários: Jovens (0 aos 14 anos); Adultos (15 aos 64); Idosos (65 e mais anos); Classes Etárias: Conjunto da população com idades entre intervalos de cinco anos.
  10. 10. PIRÂMIDES ETÁRIAS “ GRÁFICO DE BARRAS QUE REPRESENTA A POPULAÇÃO POR CLASSES ETÁRIAS E POR SEXOS” TIPOS DE PIRÂMIDES ETÁRIAS JOVEM ENVELHECIDA <ul><li>CARACTERÍSTICAS </li></ul><ul><li>Base larga e topo estreito; </li></ul><ul><li>Alta taxa de Natalidade; </li></ul><ul><li>Alta taxa de Mortalidade; </li></ul><ul><li>Grande Índice de Fecundidade; </li></ul><ul><li>Esperança Média de Vida Baixa. </li></ul><ul><li>CARACTERÍSTICAS </li></ul><ul><li>Base estreita e topo alargado; </li></ul><ul><li>Baixa taxa de Natalidade e Mortalidade; </li></ul><ul><li>Fraco Índice de Fecundidade; </li></ul><ul><li>Esperança Média de Vida elevada; </li></ul><ul><li>Existência de classes ocas. </li></ul>
  11. 11. CONSEQUENCIAS DAS ESTRUTURAS ETÁRIAS ESTRUTURA ETÁRIA JOVEM ESTRUTURA ETÁRIA ENVELHECIDA <ul><li>Excesso de mão-de-obra; </li></ul><ul><li>Desemprego e criminalidade; </li></ul><ul><li>Subnutrição e fome; </li></ul><ul><li>Falta de habitação; </li></ul><ul><li>Má prestação de cuidados de saúde; </li></ul><ul><li>Difícil acesso à educação. </li></ul><ul><li>Falta de mão-de-obra; </li></ul><ul><li>Encerramento de escolas e maternidades; </li></ul><ul><li>Grandes gastos do estado com as reformas; </li></ul><ul><li>Aparecimentos de instituições ligadas à velhice; </li></ul><ul><li>Diminuição da população activa. </li></ul>
  12. 12. POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS NATALISTAS (Medidas para fomentar a natalidade) ANTINATALISTAS (Medidas para controlar a natalidade) <ul><li>Atribuição de subsídios a famílias numerosas; </li></ul><ul><li>Redução de impostos; </li></ul><ul><li>Aumento da licença de maternidade; </li></ul><ul><li>Criação de infantários; </li></ul><ul><li>Prestação gratuita de assistência médica; </li></ul><ul><li>Concessão de facilidades no crédito à habitação. </li></ul><ul><li>LIBERAIS (incentivam a não ter filhos) </li></ul><ul><li>Divulgação dos métodos contraceptivos; </li></ul><ul><li>Divulgação do planeamento familiar; </li></ul><ul><li>Campanha de informação e sensibilização; </li></ul><ul><li>Legalização do aborto; </li></ul><ul><li>REPRESSIVAS (Obrigam a não ter filhos) </li></ul><ul><li>Infanticídio; </li></ul><ul><li>Esterilização forçada de mulheres; </li></ul><ul><li>Aborto selectivo de raparigas; </li></ul><ul><li>Abandono; </li></ul><ul><li>Penalizações. </li></ul>“ Conjunto de medidas que têm como objectivo controlar ou fomentar a natalidade”
  13. 13. PIRÂMIDES ETÁRIAS “ GRÁFICO DE BARRAS QUE REPRESENTA A POPULAÇÃO POR CLASSES ETÁRIAS E POR SEXOS” TIPOS DE PIRÂMIDES ETÁRIAS ADULTA OU DE TRANSIÇÃO REJUVENESCIDA <ul><li>Base fica mais estreita como resultado </li></ul><ul><li>da aplicação de medidas antinatalistas; </li></ul><ul><li>A restante pirâmide assemelha-se a uma pirâmide </li></ul><ul><li>Jovem; </li></ul><ul><li>Característica dos Países em Desenvolvimento. </li></ul><ul><li>Base fica mais larga como resultado da aplicação de medidas natalistas; </li></ul><ul><li>A restante pirâmide assemelha-se a uma pirâmide envelhecida; </li></ul><ul><li>Características dos Países Desenvolvidos. </li></ul>
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×