Agricultura
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Agricultura

on

  • 6,752 views

 

Statistics

Views

Total Views
6,752
Views on SlideShare
2,496
Embed Views
4,256

Actions

Likes
6
Downloads
44
Comments
0

9 Embeds 4,256

http://umolharpelageografia.blogspot.pt 4056
http://umolharpelageografia.blogspot.com.br 101
http://www.umolharpelageografia.blogspot.pt 48
http://umolharpelageografia.blogspot.com 32
http://www.blogger.com 6
http://umolharpelageografia.blogspot.co.uk 5
http://www.google.pt 4
http://umolharpelageografia.blogspot.fr 2
http://umolharpelageografia.blogspot.nl 2
More...

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Agricultura Agricultura Presentation Transcript

  • TEMA 2- “ATIVIDADES ECONÓMICAS” AGRICULTURAAGRICULTURA Profª Susana Barreiros
  • Contextualizações Histórica eContextualizações Histórica e GeográficaGeográfica dos primeiros vestígios de práticados primeiros vestígios de prática agrícola no Mundoagrícola no Mundo • A agricultura surgiu há cerca de 12 mil anos (Período Neolítico) no Crescente Fértil. • Esta área correspondia aos rios Nilo, Jordão, Tigre e Eufrates e ocuparia uns 500.000 km². • A região estava compreendida entre o vale do Nilo, a orla oriental do Mar Mediterrâneo até ao norte do Deserto da Síria; e desde o norte da Arábia, toda Mesopotâmia até ao Golfo Pérsico. • Estas áreas equivaliam aos atuais territórios: Egipto, Israel, Cisjordânia, Faixa de Gaza, Líbano, Iraque, sudeste da Turquia e sudoeste do Irão.
  • Crescente Fértil
  • O Delta do Rio Nilo corresponde a uma das primeiras áreas de produção agrícola.
  • A agriculturaA agricultura – é a atividade que visa retirar do solo recursos alimentares para a sobrevivência do Homem e insere-se no SETOR PRIMÁRIO. A atividade agrícola é condicionada por vários fatores: Fatores Físicos Fatores Humanos Clima Relevo Solos Tradições culturais Desenvolvimento tecnológico e científico Estabilidade política e social
  • Fatores Físicos O Clima – as necessidades de calor e de água variam de planta para planta. O Relevo – os solos das altitudes elevadas são pobres (devido à erosão) e difíceis de cultivar e impedem o uso de máquinas. Os climas temperados são os mais propícios para a prática de agricultura. As regiões mais apropriadas para a agricultura são: planícies, planaltos de baixa altitude e vales. A construção de socalcos atenua as condições naturais adversas. Os Solos – Nem todos os solos são aptos para a prática da agricultura.
  • Desenvolvimento tecnológico e científico – A existência de recursos financeiros e económicos permitem o investimento em máquinas e produtos químicos que aumentam a produtividade e o rendimento. Fatores Humanos Tradições culturais - são transmitidas de geração em geração, têm uma grande influência tanto nas espécies cultivadas, bem como nas técnicas utilizadas no seu cultivo, ou seja, na forma de organização do espaço agrário. Estabilidade política e social – Nas regiões onde existem conflitos armados, as pessoas fogem, abandonando os campos e as culturas.
  • Distribuição Geográfica da Agricultura Tradicional Págs. 40 e 41
  • Distribuição Geográfica da Agricultura Moderna Págs. 44 e 45
  • TIPOS DE AGRICULTURA Características Agricultura tradicional Agricultura moderna Morfologia Agrária Dimensão da propriedade Minifúndio Latifúndio Sistema de cultura Variedade de culturas Policultura Monocultura Aproveita- mento do solo Extensivo (com rotação de culturas) Intensivo Técnicas agrícolas Rudimentares: enxada, arado, charrua… Mecanização, produtos químicos, estufas, sistemas de rega… Destino da produção Autoconsumo Mercado Rendimento/Produtividade Baixo/Baixa Elevado/Elevada Mão-de-obra Tracção animal – é necessário muita mão-de-obra Mecanização – libertação de mão-de-obra Tipos de países Países em desenvolvimento Países desenvolvidos
  • Exemplos de Agricultura Tradicional Agricultura itinerante de queimada  É praticada por povos nómadas da seguinte maneira: o agricultor lança o fogo a uma clareira (depois de cortar as árvores), servindo-se das cinzas para fertilizar o solo. Faz o cultivo desse terreno durante 2 ou 3 anos (até os solos ficarem esgotados) e depois procura novos lugares onde repete todo o processo. Agricultura itinerante em África
  • Exemplos de Agricultura Tradicional Agricultura sedentária de sequeiro  Predomina nas regiões de savana;  A população concentra-se em pequenas povoações, rodeada de campos que são propriedade da comunidade; Faz-se em sistema de policultura extensiva associada à criação de gado; Pratica-se o sistema de rotação de culturas para evitar o esgotamento dos solos. Agricultura sedentária de sequeiro em Madagáscar
  • Exemplos de Agricultura Tradicional Agricultura da Ásia das Monções ou Rizicultura Intensiva (ou agricultura intensiva de subsistência)  Praticada nas regiões de clima tropical húmido no Sul e Sudeste Asiático, submetidas às Monções.  O arroz é o alimento base desses povos.  Praticada de forma intensiva, com campos de pequena dimensão e frequentemente em socalcos. Campos alagados para produção de arroz na China
  • Exemplos de Agricultura Moderna Agricultura de plantação  É praticada nos países em desenvolvimento;  Localizam-se junto ao litoral, rios navegáveis e boas redes de transporte, para facilitar o escoamento dos produtos;  As plantações pertencem a empresas (multinacionais) dos países desenvolvidos, para onde vai quase todo o seu lucro;  Cultivam-se produtos tropicais (café, cacau, cana do açúcar, algodão) em regime de monocultura, destinados à exportação;  São utilizadas tecnologias modernas com a utilização de mão- de-obra local (mais barata). Plantação de café no Brasil
  • Exemplos de Agricultura Moderna Distribuição Geográfica da Agricultura de Plantação
  • Problemas Agricultura Tradicional vs Agricultura Moderna Nos países desenvolvidos – na agricultura moderna  a mecanização dispensa o trabalho manual, provocando o desemprego;  a utilização de produtos químicos provoca a poluição dos solos e das águas superficiais e subterrâneas;  e a mecanização excessiva e a monocultura intensiva provocam o esgotamento dos solos. Nos países em desenvolvimento – a agricultura tradicional  não permite a subsistência dos agricultores e família, e é mais dependente das variações climáticas. originando fomes e abandono dos campos em direção à cidade.
  • Vídeo Ver no blogue da Profª: “Um olhar pela Geografia”
  • Solução? A Agricultura Biológica Horta Biológica no Algarve
  • Solução? A Agricultura Biológica • Agricultura extensiva muito diversificada, com rotações equilibradas; • Recupera técnicas e práticas tradicionais, mas tendo presente algumas das novas tecnologias; • Não utiliza produtos químicos para a fertilização ou para o combate às pragas; • A fertilização é feita à base de compostos orgânicos – (não polui o solo, nem o ar, nem as águas superficiais e subterrâneas); • Na sua produção houve controlo e certificação; • É dada prioridade às variedades regionais na produção; • Os alimentos são mais saborosos e mais benéficos para a saúde.
  • Solução? No entanto… há desvantagens… • São mais caros que os produtos feitos pela agricultura convencional; • São produtos de baixo rendimento e baixa produtividade; • E existem ainda poucos locais de venda destes produtos.
  • Logótipos da Agricultura Biológica
  • Socalcos - patamares construídos nas vertentes das elevações. Produtividade – relação entre a produção e o número de trabalhadores. Rendimento – relação entre a produção e a superfície. Monções – sistemas de ventos periódicos, que geram chuvas intensas na estação do Verão. Durante a Monção de Verão, começa a estação das chuvas. O ar quente e húmido proveniente do mar, é responsável por chuvas torrenciais que mudam drasticamente toda a paisagem. Glossário
  • Variedade de cultura: Monocultura – Quando só existe uma cultura numa parcela de terreno. Policultura – Quando numa parcela de terreno coexistem várias culturas. Aproveitamento do solo: Extensivo – Ocupação descontínua da parcela que poderá estar sujeita a rotação de culturas (bienal ou trienal com ou sem pousio) Intensivo – Ocupação contínua da parcela de terra que recebe mais de uma cultura. Morfologia agrária: Dimensão da propriedade: Latifúndio – Propriedade de grande dimensão. Minifúndio – Propriedade pequena dimensão. Sistema de Cultura:
  • Voltar