• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Aula0 inform petrobras_33099
 

Aula0 inform petrobras_33099

on

  • 452 views

 

Statistics

Views

Total Views
452
Views on SlideShare
452
Embed Views
0

Actions

Likes
0
Downloads
22
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Aula0 inform petrobras_33099 Aula0 inform petrobras_33099 Document Transcript

    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO Aula 0 – Apresentação do Curso – Noções de Informática Olá queridos (as) amigos (as), meus cumprimentos! Como é bom estar aqui! Para realizar grandes conquistas, devemos não apenas 9 AGIR, mas também SONHAR; não apenas planejar, 99 mas também ACREDITAR (Anatole France). 99 9 99 99 É com muita alegria que os recebo no curso de Noções de Informática (em e9 Teoria e Exercícios Comentados) que tem como foco prepará-los para o om certame da Petrobrás. N Agora, força a todos, confiem em Deus e façam a diferença! Estamos aqui para 99 desbravar os atalhos da informática e ensiná-los o caminho dessa trajetória 99 99 que será de MUITO SUCESSO. 99 99 e9 Serão ao todo 5 aulas (com mais 2 aulas gratuitas), em que teremos resumos teóricos contemplando os pontos que om N podem ser explorados pela banca e os comentários de 150 99 questões, para que você possa se antecipar ao estilo de cobrança 99 dessa banca e gabaritar a sua prova! 99 99 99 Tópicos previstos no edital que serão abordados no curso: e9 om Cargo: TÉCNICO(A) DE COMERCIALIZAÇÃO E LOGÍSTICA JÚNIOR N NOÇÕES DE INFORMÁTICA: Conceito de internet e intranet e principais 9 99 navegadores. Principais aplicativos comerciais para edição de textos. Principais 9 aplicativos comerciais para elaboração de planilhas. Principais aplicativos 99 comerciais para elaboração de apresentações de slides, recursos visual e 99 sonoro, entre outros. 99 e9 Cargo: TÉCNICO DE ADMINISTRAÇÃO E CONTROLE JÚNIOR om NOÇÕES DE INFORMÁTICA: Conceito de internet e intranet e principais N 99 navegadores. Principais aplicativos comerciais para edição de textos e 99 planilhas, correio eletrônico, apresentações de slides e para geração de 9 material escrito, visual e sonoro, entre outros. Rotinas de proteção e 99 segurança. Conceitos de organização de arquivos e métodos de acesso. 9 99 e9 om Vou começar com minha breve apresentação! Sou a Profa Patrícia LimaN Quintão, moro em Belo Horizonte e tenho ministrado aulas de informática no Ponto dos Concursos desde 2009 (visando certames como CEF, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Senado Federal, MPU, TCU, Ministério da Fazenda, Petrobrás, MPOG, ABIN, TRE, TRT, TSE, ANEEL, SEFAZ-DF, SEFAZ-RJ, SEFAZ- SC, SEFAZ-SP, ISS-RJ, ISS-BH, SUSEP, CGU, dentre outros), além de lecionar Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 1 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO disciplinas técnicas do curso de Sistemas de Informação e Ciência da Computação, tanto na graduação, quanto na pós-graduação. Também, atuo como Analista na área de Tecnologia da Informação e Comunicação da Prodemge e sou instrutora autorizada CISCO, já tendo ministrando os cursos específicos da área de redes junto à Faculdade Estácio de Sá em Juiz de Fora. 9 Sou mestre em Engenharia de Sistemas e Computação pela COPPE/UFRJ, 99 pós-graduada em Gerência de Informática e bacharel em Informática pela 99 Universidade Federal de Viçosa (UFV). Atuo como editora da revista 9 99 Infra Magazine (DevMedia) e sou membro da Sociedade Brasileira de 99 Computação e do Comitê Brasileiro de Processamento de Dados da ABNT, que e9 cria as normas sobre gestão da Segurança da Informação no Brasil; tenho om certificações técnicas na área de segurança, redes e perícia forense; além de N artigos publicados a nível nacional e internacional com temas da área de 99 informática. 99 99 Ah! Também sou autora do livro de questões comentadas de 99 informática para concursos (Foco: FCC), pela Editora 99 GEN/Método, sob a coordenação dos grandes mestres Vicente e9 Paulo e Marcelo Alexandrino. Neste mês de abril/12 já teremos uma nova tiragem da segunda edição do livro, vide om N http://www.editorametodo.com.br/produtos_descricao.asp?codi 99 go_produto=2303 e aproveitem! Em breve também teremos 99 mais novidades nessa área com foco na banca Cespe/UnB!! 99 99 E como não poderia deixar de ser, nas horas vagas, também concurseira, já 99 tendo sido aprovada em vários concursos, como: e9 om • Analista-TIC, Prodemge (2011); Professora titular do Departamento de Ciência da Computação do Instituto Federal de Educação, Ciência e N 9 Tecnologia (2011); Professora substituta do Departamento de Ciência da 99 Computação da Universidade Federal de Juiz de Fora (2011); 9 99 Analista de Sistemas na Prefeitura de Juiz de Fora (2007); 99 • 99 • Analista de Sistemas no SERPRO (em 2001 e 2005); e9 Analista Judiciário (Área de Informática) no Tribunal Regional Federal - 2ª om • Região (2003) etc. N 99 Bem, passada a apresentação inicial, vamos ao detalhamento do curso. 9 99 99 Planejamento das Aulas 9 99 As aulas deste curso serão agrupadas por assuntos, conforme disposição e9 om listada a seguir.N Em cada aula, além dos resumos teóricos e questões comentadas, apresentarei também uma lista contendo todos os exercícios (sem comentários e sem gabarito) para que possam testar os seus conhecimentos sem a influência imediata da professora. Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 2 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO Aula Descrição 0 Aula demonstrativa e Internet (Parte I). (15/04) 1 Conceito de internet e intranet. 9 (23/04) 99 99 2 Principais navegadores. 99 (24/04) 9 99 3 Principais aplicativos comerciais para edição de textos. e9 om (25/04) N 4 Principais aplicativos comerciais para elaboração de planilhas. 99 99 (26/04) 99 5 Principais aplicativos comerciais para elaboração de apresentações 99 99 (27/04) de slides, recursos visual e sonoro, entre outros. e9 om 6 Aula Extra (Gratuita) - Correio eletrônico. N (30/04) 99 99 7 Aula Extra (Gratuita) - Rotinas de proteção e segurança. 99 (30/04) Conceitos de organização de arquivos e métodos de acesso. 99 99 e9 Bem, passada a apresentação inicial, espero que este curso seja de grande om valia para o seu estudo, fazendo-o superar os desafios vindouros na prova! N Vamos começar então? Força, garra e determinação, e fiquem com 9 99 Deus sempre! 9 99 99 Profa Patrícia Lima Quintão 99 Twitter: http://www.twitter.com/pquintao e9 Facebook: http://www.facebook.com/patricia.quintao om N 99 Como temos um longo caminho pela frente, vamos ao trabalho!! 99 Lembrando que essa é apenas uma aula de degustação, para 9 99 entenderem a dinâmica de nossas aulas, ok! 9 99 Iniciamos o curso com um assunto bastante cobrado nas provas e9 da Cesgranrio - Internet. Totalizamos, nesta aula inaugural, 06 om questões. Até o final deste curso iremos fazer 150 questões, paraN mapeamento do estilo de prova que você irá encontrar. Bons estudos!! Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 3 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO Aula 0 – Internet e Tópicos Relacionados (Parte I) Roteiro da Aula -Protocolos de comunicação. -Internet/Intranet e Extranet. 9 99 -Revisão em tópicos e palavras-chave. 99 -Questões de provas comentadas. 9 99 -Lista das questões apresentadas na aula. 99 e9 om Protocolos de Comunicação N 99 Na maioria das redes, as informações enviadas são quebradas em partes 99 menores chamadas “pacotes”. 99 99 99 e9 om N 99 99 Cada pacote deve conter dados de endereçamento para que possam chegar 99 ao seu destino e serem recompostos. 99 99 Protocolo é um conjunto de regras que definem a forma de construção do e9 pacote. O protocolo também identifica o momento de se enviar o pacote, om quais pacotes devem ser enviados, quais devem ser reenviados devido a N erro de transmissão e o que fazer para que eles sejam reconstruídos. Dessa 9 forma, os dados são trocados de acordo com um protocolo, como, por 9 99 exemplo, o TCP/IP, utilizado na Internet. 99 99 Na verdade o TCP/IP é uma pilha de protocolos, sendo que os 2 protocolos 99 mais importantes dessa pilha são: o TCP (Transmission Control Protocol - e9 Protocolo de Controle de Transmissão) e o IP (Internet Protocol). om N 99 A seguir iremos estudar os protocolos que, disparadamente, são os mais 99 cobrados pela banca. Portanto, dediquem bastante atenção a eles!! 9 99 • HTTP (Hypertext Transfer Protocol – Protocolo de Transferência de 9 Hipertexto) 99 e9 Utilizado para realizar a transferência das páginas Web para nossos om programas navegadores (browsers). Os dados transferidos por esseN protocolo podem conter, por exemplo: texto, áudio ou imagens. Esse protocolo utiliza a porta 80. Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 4 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO Cuidado para não confundir a sigla HTTP com HTML. O HTTP é o protocolo de comunicação para transferir hipertextos, enquanto o HTML é uma linguagem para construir arquivos hipertexto. 9 99 • SMTP (Simple Mail Transfer Protocol - Protocolo de Transferência 99 Simples de Correio) 9 99 É um protocolo de envio de e-mail apenas. Com ele, não é possível que um 99 usuário descarregue suas mensagens de um servidor. Esse protocolo utiliza e9 a porta 25 do protocolo TCP. om N 99 • POP3 (Post Office Protocol Version 3- Protocolo de Agência de 99 Correio “Versão 3”) 99 99 É usado para o recebimento de mensagens de e-mail. Através do POP, um 99 usuário transfere, para seu computador, as mensagens armazenadas em e9 sua caixa postal no servidor. Atualmente esse protocolo encontra-se em sua om terceira versão, daí o termo POP3. Utiliza a porta 110 do protocolo TCP. N 99 99 • IMAP (Internet Message Access Protocol - Protocolo de Acesso ao 99 Correio da Internet) 99 99 Utilizado em substituição ao POP para permitir que uma mensagem seja lida e9 em um cliente de e-mail sem que ela seja retirada do servidor de entrada. om Com a utilização do IMAP as mensagens ficam armazenadas N no servidor e o usuário pode ter acesso a suas pastas e 9 99 mensagens de qualquer computador, tanto por um WebMail 9 99 como por um programa cliente de correio eletrônico, como o 99 Outlook Express!! 99 Portanto, se o servidor de entrada utilizado por um usuário usa o protocolo e9 IMAP, ele poderá baixar as mensagens para o seu cliente de e-mail e, om mesmo assim, ainda poderá acessá-las em um navegador web N posteriormente. Na prática ele poderia ter lido seus e-mails utilizando o 99 99 Outlook em um dia e mais tarde, em uma viagem, voltar a acessar o 9 mesmo e-mail em um outro computador qualquer, em um hotel, em um 99 cyber café, em um shopping etc. 9 99 e9 om • Telnet (Terminal Emulator - Emulador de Terminal)N Permite que uma estação na rede (um micro) realize um acesso interativo (controle remoto) a um servidor como se fosse um terminal deste servidor. Tudo o que for digitado no micro cliente será recebido e processado pelo servidor, que devolverá o resultado ao monitor do “terminal”. Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 5 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO • DHCP (Dynamic Host Configuration Protocol – Protocolo de Configuração Dinâmica de Host) Capaz de identificar automaticamente computadores em uma rede, e atribuir um endereço IP e outros parâmetros de rede, a cada um deles, também de forma automática. 9 99 Em redes locais maiores, ou onde a população de usuários muda 99 frequentemente, o DHCP é preferido. Novos usuários podem chegar com 99 laptops e precisar de uma conexão. Outros têm novas estações de trabalho 9 99 que precisam ser conectadas. Em vez de fazer com que o administrador de e9 rede atribua endereços IP para cada estação de trabalho, é mais eficiente om ter endereços IP atribuídos automaticamente usando o DHCP. N Os endereços distribuídos pelo DHCP não são atribuídos permanentemente 99 aos hosts, mas apenas alugados por um certo tempo. Se o host for 99 desativado ou removido da rede, o endereço volta ao pool para reutilização. 99 Isso é especialmente útil com usuários móveis que vêm e vão em uma 99 99 rede. Os usuários podem se mover livremente de local a local e restabelecer e9 conexões de rede. O host pode obter um endereço IP quando a conexão ao hardware for feita, via LAN, com ou sem fio. om N 99 99 • FTP (File Transfer Protocol - Protocolo de Transferência de 99 Arquivos) 99 Possibilita a transferência de arquivos entre dois computadores através da 99 e9 Internet. Também permite que pastas e arquivos sejam criados, om renomeados, excluídos, movidos e copiados de/para servidores FTP. Desta forma, basicamente tudo aquilo que se pode fazer no seu equipamento por N 9 meio do Windows Explorer é possível de ser feito em um servidor remoto 99 por meio do FTP. 9 99 99 99 e9 om N 99 9 99 9 99 Fonte: Barrere,2011. 99 e9 omN Figura. Portas 20 e 21 utilizadas pelo FTP Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 6 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO • UDP (User Datagram Protocol - Protocolo de Datagrama de Usuário) Um protocolo que trabalha com datagramas, que são mensagens com um comprimento máximo pré-fixado e cuja entrega NÃO é garantida. Caso a rede esteja congestionada, um datagrama pode ser perdido e o UDP não informará às aplicações desta ocorrência. Outra possibilidade é que o 9 congestionamento em uma rota da rede possa fazer com que os pacotes 99 cheguem ao seu destino em uma ordem diferente daquela em que foram 99 enviados. 9 99 99 Para memorizar! e9 O UDP (Protocolo de Datagrama de Usuário) => é não confiável e om não orientado à conexão. N 99 O UDP é um protocolo que trabalha sem estabelecer conexões entre os 99 softwares que estão se comunicando. 99 • TCP (Transmission Control Protocol – Protocolo de Controle de 99 Transmissão) 99 e9 É um protocolo orientado a conexão. Permite que sejam enviadas mensagens de qualquer tamanho e cuida de quebrar as mensagens em om N pacotes que possam ser enviados pela rede. Ele também cuida de 99 rearrumar os pacotes no destino e de retransmitir qualquer pacote que seja 99 perdido pela rede, de modo que o destino receba a mensagem original, da 99 maneira como foi enviada. 99 99 Para memorizar! e9 om O TCP (Protocolo de Controle de Transmissão) => é confiável, orientado à conexão e faz controle de fluxo. N 9 99 • ICMP (Internet Control Message Protocol – Protocolo de Controle de 9 Mensagens na Internet) é o protocolo usado para trocar mensagens de 99 status (estado) e de erro entre os diversos dispositivos da rede. A 99 mensagem ICMP é transmitida usando um datagrama IP. Como o IP não 99 verifica se um datagrama chegou ou não ao destino, pode ocorrer de a e9 om própria mensagem ICMP ser perdida no meio do caminho! N • IP (Internet Protocol) 99 99 Responsável pelo endereçamento dos dados que são transmitidos pelos 9 computadores. O IP foi elaborado como um protocolo com baixo overhead, 99 já que somente fornece as funções necessárias para enviar um pacote 9 99 de uma origem a um destino por um sistema de redes. O protocolo e9 não foi elaborado para rastrear e gerenciar o fluxo dos pacotes. Estas om funções são realizadas por outros protocolos de outras camadas. TambémN cabe destacar que esse protocolo não é confiável. Mas o que significa isso? O significado de não confiável é simplesmente que o IP não possui a capacidade de gerenciar e recuperar pacotes não entregues ou corrompidos. Guardem isso!! Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 7 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO 9 99 99 9 99 99 e9 om N 99 99 99 99 99 e9 om N 99 99 99 99 Fonte: Curso Cisco CCNA Exploration (2010) 99 Chamamos de endereço IP o número que é utilizado por esse protocolo e9 para o endereçamento. om N 9 9 99 99 Qual a diferença entre IPV4 e IPV6? 99 Um endereço IP (padrão IPV4) é um código formado por quatro números 99 que vão de 0 a 255, separados por pontos, como 200.198.20.62. Este e9 om número não pode se repetir em uma mesma rede. Portanto, na Internet NÃO há dois computadores com o MESMO endereço IP!! N 99 A figura seguinte ilustra um exemplo de endereço IP, o 131.108.122.204. 9 99 9 99 99 e9 omN Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 8 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO Os octetos, quando representados, são separados por pontos. Veja abaixo dois exemplos de endereço IP: 00001010 . 00000000.00000000. 00000001 1 1 0 0 10 0 0 .11111111 .10001110 . 00001010 9 99 99 Na verdade, a forma mais usual de representação do endereço IP é em 99 números decimais. Esta notação divide o endereço IP em quatro 9 grupos de 8 bits (octeto) e representa o valor decimal de cada 99 octeto binário, separando-os por um ponto. e9 om Dessa forma, podemos transformar os endereços acima nos endereços N seguintes, respectivamente: 99 10.0.0.1 99 99 200.255.142.10 99 Disso tudo, concluímos que o menor octeto possível é o 00000000, que é 99 e9 igual a 0 em decimal, e que o maior octeto possível é 11111111, que é igual a 255 em decimal. Ou seja, cada octeto pode ir de 0 a 255. om N Endereços IP podem ser atribuídos dinâmica ou 99 estaticamente. 99 99 Um computador pode receber seu endereço IP (e outros parâmetros) de 99 duas maneiras: 99 e9 om • Fixo: quando é configurado manualmente para isso (pelo N administrador do equipamento); 9 99 • Dinâmico: quando recebe esses parâmetros automaticamente de 9 99 um servidor apropriado (chamado servidor DHCP - Dynamic Host 99 Configuration Protocol –Protocolo de Configuração Dinâmica de Host- 99 ) na rede. Esse servidor é o responsável por distribuir endereços IP e9 (dentro de uma margem de endereços previamente configurada) om cada vez que um host solicita. N 99 Esse sistema de endereçamento conhecido como IPv4 (IP versão 4) utiliza 99 endereços de 32 bits e os divide em classes de acordo com a necessidade de 9 números IP que uma organização tenha. 9 99 A seguir um quadro-resumo sobre o assunto, que será detalhado no decorrer 99 deste curso. e9 om Classe 1º octeto Objetivo ExemploN A 1 a 126 Grandes redes. 100.1.240.28 B 128 a 191 Médias redes. 157.100.5.195 C 192 a 223 Pequenas redes. 205.35.4.120 Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 9 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO D 224 a 239 Multicasting – propagação - de pacotes especiais para a comunicação entre os computadores. E 240 a 254 Reservado p/aplicações - 9 futuras ou experimentais. 99 99 99 Classes IP Reservadas 9 99 Os endereços disponíveis na Internet são cada vez mais escassos, requerendo e9 om dos administradores de rede uma criatividade cada vez maior para acomodar o número crescente de computadores com cada vez menos endereços. N 99 Uma forma de resolver este problema é utilizar, dentro das empresas ou nas 99 redes domésticas, classes de endereços IP reservadas. Estas classes de 99 endereços não são encontradas na Internet. Qualquer endereço pertencente a 99 estas redes que forem encontrados em pacotes IP circulando na Internet são 99 descartados pela maioria dos roteadores. e9 A vantagem de se utilizar estes endereços é que o administrador precisa om N apenas de UM endereço REAL, para conectar o seu gateway principal à 99 Internet. Este gateway atua como um tradutor de endereços entre as duas 99 redes, a intranet de sua empresa e a Internet. Esta tradução é necessária visto 99 que sua rede interna utiliza endereços reservados. O protocolo que realiza esta 99 tradução denomina-se NAT, ou Network Address Translator. 99 e9 O papel do NAT consiste em traduzir os endereços om privados que NÃO são válidos na Internet para um N endereço válido, ou seja, que possa navegar na 9 99 Internet. 9 99 Dos mais de 4 bilhões de endereços IPs disponíveis, três faixas são 99 reservadas para redes privadas. Essas faixas NÃO podem ser roteadas 99 para fora da rede privada, ou seja, NÃO podem se comunicar e9 diretamente com a Internet. Importante om Dentro das classes A, B e C foram reservadas redes, definidas pela RFC 1918, N 99 que são conhecidas como endereços de rede privados. 99 São eles: 9 99 Endereço Faixa de IP 9 99 10.0.0.0/8 (10.0.0.0 – 10.255.255.255) e9 om 172.16.0.0/12 (172.16.0.0 – 172.31.255.255)N 192.168.0.0/16 (192.168.0.0 – 192.168.255.255) Uma nova versão de sistema de endereçamento IP surge como alternativa ao IPv4. O IPv6 utiliza endereços de 128 bits disponibilizando 2128 endereços possíveis. Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 10 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO O endereço IP (padrão IPv6) possui 128 bits. O endereço IP (padrão IPv4) possui 32 bits. Os endereços IPv6 são normalmente escritos como oito grupos de 4 dígitos hexadecimais. O padrão hexadecimal comporta as seguintes representações: 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, A, B, C, D, F. Como exemplo, 9 99 2001:0db8:85a3:0000:0000:0000:0000:7344 é o mesmo endereço IPv6 que: 99 2001:0db8:85a3::7344. 9 99 O IPv6 é diferente do IPv4. O IPv6 (novo) e o IPv4 99 (antigo) são interoperáveis. O IPv6 é o conjunto de e9 08 blocos hexadecimais, ou seja, existe a combinação om de números e letras. N 99 99 99 99 99 e9 om N 99 99 99 Figura. Um Endereço IPv6 99 99 Internet/Intranet e Extranet e9 • Internet: rede mundial de computadores interconectados acessíveis a om qualquer um que saiba o número IP de um computador. N 9 • Intranet: rede baseada em protocolos TCP/IP, pertencente a uma 99 empresa, acessível apenas por membros da organização, empregados 9 99 ou terceiros com autorização. 99 99 Uma rede restrita que utiliza os protocolos e tecnologias utilizados pela e9 Internet para a troca e o processamento de dados internos. om Consequentemente, todos os conceitos da Internet aplicam-se também N numa intranet, como por exemplo o modelo cliente-servidor. 99 9 99 Importante 9 99 A Intranet pode ser definida como uma “miniatura” 99 da Internet dentro da empresa, ou seja, uma rede e9 om corporativa interna, baseada nos protocolos e serviços da Internet, de acesso restrito dosN funcionários. Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 11 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO • Extranet: é uma intranet que está parcialmente acessível a pessoas de fora do mundo interno. Geralmente, conecta redes internas das organizações por meio da Internet. Imagine uma empresa que possui diversas filiais. Cada filial possui uma rede de computadores e a matriz possui uma rede do tipo intranet. É 9 possível fornecer acesso à intranet da matriz para as filiais da empresa, 99 formando, assim, uma extranet. 99 9 99 99 A partir deste momento vamos revisar a aula por intermédio de e9 quadros sinóticos, mapas mentais ou colocação de tópicos e om palavras-chave, para ajudá-los na memorização de pontos importantes N da disciplina, o que teremos em todas as aulas desse curso. 99 99 99 99 99 e9 om N 99 99 99 99 99 e9 om N 9 9 99 99 99 99 e9 om N 99 9 99 9 99 99 e9 omN Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 12 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO Revisão em Tópicos e Palavras-chave • Acesso remoto: Ingresso, por meio de uma rede, aos dados de um computador fisicamente distante da máquina do usuário. 9 • Cliente de e-mail: Software destinado a gerenciar contas de correio 99 eletrônico, possibilitando a composição, envio, recebimento, leitura e 99 arquivamento de mensagens. 9 99 • DNS (Domain Name System – Sistema de Nomes de Domínio): 99 Possibilita a associação de nomes amigáveis (nomes de domínio) aos e9 endereços IPs dos computadores, permitindo localizá-los por seus nomes om em vez de por seus endereços IPs e vice-versa. N 99 • Endereço IP: Número especialmente desenvolvido para acessar um 99 computador na Internet. 99 99 • HTML (Hyper Text Markup Language – Linguagem de Marcação de 99 Hipertexto): uma das linguagens utilizadas para se criar páginas da e9 Internet. • om IP (Internet Protocol): Protocolo responsável pelo roteamento de pacotes N entre dois sistemas que utilizam a família de protocolos TCP/IP, 99 desenvolvida e usada na Internet. É considerado o mais importante dos 99 protocolos em que a Internet é baseada. 99 99 • MTA (Mail Transfer Agent – Agente de Transferência de Correio): 99 Termo utilizado para designar os servidores de Correio Eletrônico. e9 om • MUA (Mail User Agent – Agente Usuário de Correio): Programas clientes de e-mail, como o Mozilla Thunderbird, Microsoft Outlook Express, N 9 etc. 9 99 • Nó: Qualquer dispositivo ligado a uma rede, como servidores e estações de 99 trabalho. 99 99 • Porta: Dispositivo lógico que serve para realizar a conexão de um e9 determinado protocolo, como por exemplo as portas 80 do HTTP, a 110 do om POP3 ou a 25 do SMTP. N • Protocolo de comunicação: Conjunto de regras (software) que permite a 99 99 troca de informações entre os nós de uma rede. Em outras palavras, 9 99 é um conjunto de regras preestabelecidas para que os 9 computadores possam comunicar-se entre si. 99 e9 • Webmail: Serviço de gerenciamento de e-mails que utiliza um navegador om Web como interface ao invés de um software cliente de e-mail.N Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 13 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO • Protocolos Relacionados ao Ambiente de Correio Eletrônico: 9 99 99 Fonte: Barrere, 2011. 9 99 • SMTP (Simple Mail Transfer Protocol - Protocolo de Transferência 99 e9 Simples de Correio): é um protocolo da camada de aplicação do om modelo TCP/IP, e tem como objetivo estabelecer um padrão para envio de correspondências eletrônicas (e-mails) entre computadores. Entrega e N 99 armazena no servidor do destino. 99 99 99 • Protocolo de acesso: recupera mensagens do servidor 99 POP3 (Post Office Protocol - Protocolo de Agência de Correio e9 • “Versão 3”): protocolo padrão para receber e-mails. om N 99 IMAP (Internet Message Access Protocol - Protocolo de Acesso 99 • ao Correio da Internet): Permite o acesso às mensagens de correio 99 99 eletrônico diretamente no servidor de correio. Ao contrário do POP, 99 pelo IMAP, as mensagens não são trazidas ao computador do usuário, e9 mas permanecem no servidor e de lá são apagadas, lidas, movidas, om etc. Com o uso desse protocolo, as mensagens ficam armazenadas no N servidor e o usuário pode ter acesso a suas pastas e mensagens de 9 qualquer local e em qualquer computador, pelo Webmail ou por um 99 programa cliente de correio eletrônico, como o Microsoft Outlook. A 9 99 leitura do correio deve ser feita on-line. 99 99 e9 • HTTP: Hotmail , Yahoo! Mail etc. om N 99 9 99 9 99 99 e9 omN Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 14 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO 9 99 99 9 99 99 e9 om N 99 99 99 99 99 e9 om N 99 99 99 99 99 e9 om N 9 9 99 99 99 99 e9 om N 99 9 99 9 99 99 e9 omN Figura. Protocolos Mais Cobrados em Provas (Quintão, 2011) Assim, terminamos a parte teórica da nossa aula demonstrativa. Vamos às questões comentadas!!! Aproveitem! Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 15 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO Lista de Questões de Provas Comentadas 1- (Cesgranrio/Petrobrás/Técnico de Administração e Controle/2011) Atualmente, a Intranet é utilizada nas empresas, escritórios, escolas, etc. Uma das características da Intranet, é o fato de ser uma rede 9 99 a) de compartilhamento de informações entre os departamentos de uma 99 empresa, que utiliza obrigatoriamente o protocolo VOIP. 9 99 b) particular, utilizada no compartilhamento de informações entre os 99 departamentos de uma empresa. e9 om c) particular, que tem como principal diferença para a Internet, o protocolo N utilizado para comunicação. 99 d) pública, desenvolvida especificamente para compartilhamento de 99 99 informações de empresas dessa natureza. 99 e) pública, com objetivo de compartilhar informações entre empresas, em 99 nível mundial. e9 om N Comentários 99 99 Item a. Item errado. VoIP não é um protocolo, e pode ser utilizado também 99 em uma intranet, mas não obrigatoriamente! De forma geral, o serviço de Voz 99 sobre IP (VoIP) permite usar a Internet para realizar chamadas telefônicas 99 com custo reduzido. A ideia básica é, ao invés de estabelecer uma conexão e9 direta e dedicada entre o emissor e o receptor (telefone), o VoIP realiza uma om conexão via Internet por meio do protocolo TCP/IP. Basta que o usuário possua N um modo de converter o sinal enviado via Internet para um sinal sonoro. É 9 99 possível utilizar o computador para fazer esta conversão e já existem no 9 mercado aparelhos que fazem a conversão da voz em sinal digitalizado sem a 99 necessidade de computadores. 99 99 Importante e9 Voice over Internet Protocol (VoIP) é a tecnologia om que torna possível a comunicação de voz sobre a rede N 99 IP permitindo, assim, a realização de chamadas 99 telefônicas pela Internet. 9 99 Item b. Item correto, eis a resposta da questão! Intranet é uma rede 9 baseada em protocolos TCP/IP, pertencente a uma empresa, acessível 99 apenas por membros da organização, empregados ou terceiros com e9 om autorização, que permite entre as suas diversas funções o compartilhamento de informações entre os departamentos da empresa.N Item c. Item errado. O protocolo utilizado na Intranet é o MESMO da Internet, o TCP/IP. Guarde isso, é muito importante! Itens “d” e “e”. Itens errados. A intranet é privada. Gabarito: letra B. Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 16 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO 2- (Cesgranrio/Petrobrás/Técnico de Administração e Controle Júnior/2011) Um navegador é um software de computador que possibilita a visualização de páginas na Internet. Considere os softwares abaixo. I – Google Chrome II – Windows Explorer 9 99 III – Skype 99 99 IV – Mozilla Firefox 9 99 V – Mozilla Thunderbird e9 São navegadores APENAS os softwares om N a) I e IV. 99 b) II e III. 99 99 c) I, II e IV. 99 d) I, III e V. 99 e9 e) II, IV e V. om N 99 Comentários 99 O navegador (ou Browser) é o programa utilizado para navegar na Web, 99 permitindo, portanto, a visualização das páginas da Internet. Exemplo: Mozilla 99 99 Firefox, Google Chrome. e9 O Mozilla Thunderbird é um programa cliente de correio eletrônico, que om permite a composição, envio, recebimento, leitura e arquivamento de N mensagens. 9 99 O Windows Explorer é o programa gerenciador de arquivos que acompanha 9 99 o Windows. Com ele, é possível: criar, renomear, excluir, mover e copiar 99 pastas e arquivos. 99 O Skype é um software que permite comunicação pela Internet através de e9 conexões de voz sobre IP (VoIP). om N Gabarito: letra A. 99 99 3- (Cesgranrio/Caixa/Escriturário/2008) HTTPS pode ser definido como 9 99 um protocolo utilizado para 9 99 a) acessar páginas com transferência criptografada de dados. e9 om b) atribuir endereços IP aos computadores da intranet.N c) enviar e receber e-mails. d) permitir o gerenciamento dos nós de uma intranet. e) realizar o armazenamento de páginas da World Wide Web. Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 17 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO Comentários O HTTPS (HyperText Transfer Protocol Secure - Protocolo de Transferência de Hipertexto Seguro) é uma variação do protocolo HTTP que utiliza mecanismos de segurança. Ele permite que os dados sejam transmitidos através de uma conexão criptografada e que se verifique a 9 autenticidade do servidor e do cliente. Diferentemente do HTTP (porta 80), a 99 porta padrão usada pelo protocolo HTTPS é a porta 443. Geralmente o HTTPS 99 é utilizado para evitar que a informação transmitida entre o cliente e o servidor 9 99 seja visualizada por terceiros. O endereço dos recursos na Internet que estão 99 sob o protocolo HTTPS inicia-se por https://. Um bom exemplo é o uso do e9 HTTPS em sites de compras online. om N O HyperText Transfer Protocol Secure - HTTPS - é 99 uma variação do protocolo HTTP que utiliza 99 mecanismos de segurança. 99 99 Gabarito: letra A. 99 e9 4- (Cesgranrio/Petrobrás - Técnico de Contabilidade/2010) A Internet om pode ser vista como um enorme espaço para troca de informações, gerando N 99 uma infinidade de benefícios a seus usuários. Entre esses benefícios, 99 pode-se incluir: 99 I - acesso a uma infinidade de especialistas e especialidades; 99 99 II - obtenção de atualizações constantes sobre tópicos de interesse; e9 III - formação de equipes para trabalhar em conjunto, independente das om distâncias geográficas; N 9 IV - obtenção de hardwares e softwares específicos da Internet, de forma 99 fácil e gratuita. 9 99 99 Estão corretos os benefícios 99 a) I e IV, apenas. e9 om b) II e III, apenas. N c) I, II e III, apenas. 99 99 d) I, II e IV, apenas. 9 99 e) I, II, III e IV. 9 99 e9 Comentários om Os itens I, II e III são benefícios da Internet, fácil não é mesmo!! A únicaN assertiva considerada incorreta é a letra ”e”. Nesse ponto podemos inicialmente mostrar a diferença entre hardware e software. Vamos lá!! Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 18 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO • Hardware — é o conjunto dos componentes eletrônicos e mecânicos que formam a parte física dos computadores. Exemplos: CPU, teclado, mouse, monitor, disco rígido. • Software — é a parte lógica do computador. O software é composto de programas que são uma seqüência de ordens, instruções. Exemplos: 9 99 editores de texto, planilhas eletrônicas, jogos, navegadores etc. 99 99 Nesse contexto, podemos adquirir softwares da Internet, que podem ser 9 99 baixados para o seu computador (esse processo é conhecido como download), e9 mas nem sempre serão gratuitos!! No que diz respeito ao hardware, você om poderá realizar a compra via Internet com entrega presencial, no endereço por N você especificado na transação. 99 99 Dica!! 99 Para quem ainda tem dificuldade em saber a diferença 99 entre Software e Hardware, aí vai uma dica do Garfield! 99 (Blig, 2011) e9 Software é a parte que você “xinga”. om Hardware é a parte que você chuta!! N 99 Gabarito: letra C. 99 99 99 5- (CESGRANRIO/IBGE/Agente/2009) Na Internet, fazer o upload de um 99 arquivo consiste em e9 om a) copiar um arquivo de um servidor. N b) enviar um arquivo para um servidor. 9 99 c) gravar um arquivo em um domínio. 9 99 d) ler um texto em um host virtual. 99 99 e) reduzir o tempo de acesso a um site. e9 om N Comentários 99 99 Download => Do inglês, significa baixar; copiar o 9 conteúdo de um arquivo residente em outro computador 99 para o seu computador, independentemente da distância. 9 99 e9 om Upload => Transferência (envio) de um arquivo, deN qualquer natureza, do computador do usuário para algum equipamento da Internet. Gabarito: letra B. Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 19 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO 6- (CESGRANRIO/2008/Caixa/Escriturário/2008) As páginas disponíveis na World Wide Web podem ser classificadas em estáticas e dinâmicas. Considerando o tipo de processamento realizado no servidor, o que caracteriza uma página dinâmica, em comparação a uma estática? a) Permitir a exibição de figuras animadas no navegador. 9 99 b) Realizar processamento otimizado da página no navegador. 99 c) Ser capaz de exibir objetos de áudio e vídeo sincronizados 99 dinamicamente no navegador. 9 99 d) Ser interpretada no servidor, para retornar um resultado capaz de ser e9 exibido pelo navegador. om N e) Traduzir o código HTML da página, para apresentar o seu conteúdo no 99 navegador. 99 99 99 Comentários 99 Chamamos de estática uma página web (arquivo .HTML) cujo conteúdo NÃO e9 varia em função dos dados fornecidos pelo visitante. Ou seja, qualquer pessoa que acesse uma página estática visualiza o mesmo conteúdo. Para que o om N conteúdo de uma página estática mude, um novo arquivo deve ser carregado 99 (upload) para o servidor web. 99 99 99 Uma página dinâmica, por outro lado, é sensível à interação com o visitante, 99 e9 como por exemplo, as páginas de transações bancárias. Quando recebem uma om requisição, as páginas dinâmicas normalmente consultam dados armazenados em bancos de dados e enviam ao usuário um conteúdo de acordo com os N 9 dados consultados. Assim, uma página de uma loja virtual que exibe as 99 promoções da hora, de acordo com o relógio do sistema, sem que tenha sido 9 99 necessário alterar a página web armazenada no servidor, é uma página 99 dinâmica. 99 Gabarito: letra D. e9 om N Considerações Finais 99 99 Bem, por hoje é só!!! 9 99 Desejo-lhes muito sucesso nos estudos! Tenham a certeza e a convicção 9 99 de que qualquer esforço feito nessa fase será devidamente compensado. Em e9 outras palavras, esforce-se, mantenha-se focado e determinado, pois, om certamente, valerá à pena!N Para aqueles que venham a se matricular no curso, ainda teremos o fórum para troca de informações e/ou esclarecimento de dúvidas que porventura surgirem. Críticas e/ou sugestões são bem-vindas! Fiquem com Deus, e até a nossa próxima aula aqui no Ponto dos Concursos!! Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 20 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO Referências Bibliográficas Informática-FCC-Questões Comentadas e Organizadas por Assunto, de Patrícia Lima Quintão, 2012. 2ª. Edição. Editora Gen/Método. Novo! Notas de aula, Profa Patrícia Lima Quintão.2011. 9 Curso Cisco, CCNA Exploration v. 4.0, 2010. 99 99 Redes de Computadores, de Andrew S. Tanenbaum, 4ª. edição, 2003. 99 Redes de Computadores e a Internet, por James F. Kurose e Keith W. 9 99 Ross, 2010. e9 Interligação de Redes com TCP/IP, por Douglas E. Comer. om N TCP/IP Illustrated – Vol. 1, por W. Richard Stevens. 99 99 99 99 99 e9 om N 99 99 99 99 99 e9 om N 9 9 99 99 99 99 e9 om N 99 9 99 9 99 99 e9 omN Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 21 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO Lista das Questões Apresentadas na Aula 1- (Cesgranrio/Petrobrás/Técnico de Administração e Controle/2011) Atualmente, a Intranet é utilizada nas empresas, escritórios, escolas, etc. Uma das características da Intranet, é o fato de ser uma rede a) de compartilhamento de informações entre os departamentos de uma 9 99 empresa, que utiliza obrigatoriamente o protocolo VOIP. 99 b) particular, utilizada no compartilhamento de informações entre os 99 departamentos de uma empresa. 9 99 c) particular, que tem como principal diferença para a Internet, o protocolo e9 utilizado para comunicação. om N d) pública, desenvolvida especificamente para compartilhamento de 99 informações de empresas dessa natureza. 99 99 e) pública, com objetivo de compartilhar informações entre empresas, em 99 nível mundial. 99 e9 2- (Cesgranrio/Petrobrás/Técnico de Administração e Controle om N Júnior/2011) Um navegador é um software de computador que possibilita 99 a visualização de páginas na Internet. Considere os softwares abaixo. 99 I – Google Chrome 99 99 II – Windows Explorer 99 III – Skype e9 om IV – Mozilla Firefox N V – Mozilla Thunderbird 9 99 São navegadores APENAS os softwares 9 99 a) I e IV. 99 99 b) II e III. e9 c) I, II e IV. om N d) I, III e V. 99 e) II, IV e V. 9 99 9 99 3- (Cesgranrio/Caixa/Escriturário/2008) HTTPS pode ser definido como 99 e9 um protocolo utilizado para om a)acessar páginas com transferência criptografada de dados.N b)atribuir endereços IP aos computadores da intranet. c)enviar e receber e-mails. d)permitir o gerenciamento dos nós de uma intranet. e)realizar o armazenamento de páginas da World Wide Web. Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 22 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO 4- (Cesgranrio/Petrobrás - Técnico de Contabilidade/2010) A Internet pode ser vista como um enorme espaço para troca de informações, gerando uma infinidade de benefícios a seus usuários. Entre esses benefícios, pode-se incluir: I - acesso a uma infinidade de especialistas e especialidades; 9 99 II - obtenção de atualizações constantes sobre tópicos de interesse; 99 III - formação de equipes para trabalhar em conjunto, independente das 99 distâncias geográficas; 9 99 IV - obtenção de hardwares e softwares específicos da Internet, de forma e9 fácil e gratuita. om N Estão corretos os benefícios 99 a) I e IV, apenas. 99 99 b) II e III, apenas. 99 c) I, II e III, apenas. 99 e9 d) I, II e IV, apenas. e) I, II, III e IV. om N 99 99 99 5- (CESGRANRIO/IBGE/Agente/2009) Na Internet, fazer o upload de um 99 arquivo consiste em 99 a) copiar um arquivo de um servidor. e9 om b) enviar um arquivo para um servidor. N c) gravar um arquivo em um domínio. 9 99 d) ler um texto em um host virtual. 9 99 e) reduzir o tempo de acesso a um site. 99 99 e9 6- (CESGRANRIO/2008/Caixa/Escriturário/2008) As páginas disponíveis om na World Wide Web podem ser classificadas em estáticas e dinâmicas. N Considerando o tipo de processamento realizado no servidor, o que 99 caracteriza uma página dinâmica, em comparação a uma estática? 9 99 a) Permitir a exibição de figuras animadas no navegador. 9 99 b) Realizar processamento otimizado da página no navegador. 99 e9 c) Ser capaz de exibir objetos de áudio e vídeo sincronizados om dinamicamente no navegador.N d) Ser interpretada no servidor, para retornar um resultado capaz de ser exibido pelo navegador. e) Traduzir o código HTML da página, para apresentar o seu conteúdo no navegador. Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 23 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.
    • Nome99999999999 NOÇÕES DE INFORMÁTICA P/PETROBRÁS (TEORIA/EXERCÍCIOS) PROFESSORA PATRÍCIA LIMA QUINTÃO Gabarito 1- Letra B. 2- Letra A. 3- Letra A. 9 99 4- Letra C. 99 5- Letra B. 9 99 6- Letra D. 99 e9 om N 99 99 99 99 99 e9 om N 99 99 99 99 99 e9 om N 9 9 99 99 99 99 e9 om N 99 9 99 9 99 99 e9 omN Profa. Patrícia Lima Quintão www.pontodosconcursos.com.br 24 O conteúdo deste curso é de uso exclusivo de Nome99999999999, vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, cópia, divulgação e distribuição, sujeitando-se os infratores à responsabilização civil e criminal.