Aqueci gaia Marketing Industrial e Serviços

288 views

Published on

Trabalho desenvolvido na Licenciatura de Marketing, publicidade e Relações Publicas, no Isvouga. Na unidade curricular de Marketing Industrial e Serviços

Published in: Marketing
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
288
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
2
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aqueci gaia Marketing Industrial e Serviços

  1. 1. AQUECIGAIA Marketing industrial AQUECIGAIA
  2. 2. Apresentação da empresa - AQUECIGAIA • Empresa criada a 28 de dezembro de 1998, por dois jovens engenheiros eletrotécnicos recém-licenciados, iniciou a sua laboração em março 1999. As instalações iniciais eram na Rua Padre Ferrer, em Ovar e em Crestuma, Vila Nova de Gaia. • É constituída por uma equipa jovem, dinâmica, sendo a máxima satisfação do cliente o vértice estratégico de toda a organização. Garantido assim a máxima qualidade pelos produtos que concebe, serviços que presta e pelas marcas que comercializa. • O futuro avizinha-se promissor, tendo em conta o fortalecimento económico e financeiro registado ao longo da sua existência, sobretudo pela constante preocupação na disponibilização de produtos e soluções inovadores, sempre com elevados padrões de qualidade e com um nível de preços muito competitivos. • A Aquecigaia é uma empresa PME Líder, e com várias certificações. • Prestadora de serviços de ar condicionado, aquecimento central, redes de gás, ventilação mecânica e energias renováveis e fabricação de condutas de ar. Os seus trabalhos vão desde a elaboração de projeto, sua execução, manutenção, remodelação e assistência.
  3. 3. • A Aquecigaia é uma empresa PME Líder, e com várias certificações. • Prestadora de serviços de ar condicionado, aquecimento central, redes de gás, ventilação mecânica e energias renováveis e fabricação de condutas de ar. Os seus trabalhos vão desde a elaboração de projeto, sua execução, manutenção, remodelação e assistência.
  4. 4. MARKETING INDUSTRAL • Principais obras realizadas: • 2007: Arranca com o fabrico de condutas máquinas e acessórios para as instalações de Avac. Realiza obras cirúrgicas remodela-se instalações em apenas um fim de semana. Caso do BCP de Júlio Dinis - Potência 500Kw; Millennium BCP de Gonçalo Sampaio; Edifício da IBM - Potência de 1200KW; Sibs de Viseu; BBVA, BCP Guimarães • Realiza a obra dos Paços da Cultura em São João da Madeira, sistema de climatização a 4 tubos com unidade de recuperação de calor Agua/Agua, ventiloconvectores, unidades de tratamento de ar com recuperação de calor, unidade close control para o arquivo da bandoteca, desenfumagem, QE com GTC • 2008: Internacionalização - Faz a primeira obra em Espanha – Madrid e Encerra a especialidade de instalações elétricas.
  5. 5. • 2009:Faz as primeiras obras do Parque Escolar e realiza a primeira obra Hospitalar de relevo - Hospital Santos Silva, unidade 1de bronco pneumologia e cardiologia - Vila Nova de Gaia. • 2010: Realiza a primeira obra de frio industrial - Doca Pescas em Matosinhos • 2011: Inicia a maior obra até a data. Edifício do IPAM no Porto, Edifício com sistema de climatização a 4 tubos, unidades de tratamento de ar com recuperação de calor por roda térmica, ventilação e desenfumagem do parque de estacionamento QE e GTC. • 2012: Finaliza a Primeira Obra no Continente Africano - Alfandega de Luanda • Executa a primeira obra de despoeiramento industrial do Grupo PreBuild
  6. 6. • O que é marketing industrial? “ devemos produzir só o que podemos vender com lucro e não procurar vender a todo o custo o que sabemos produzir”
  7. 7. • Marketing Industrial, no nosso entender é a passagem da economia de produção para a economia de mercado, isto é uma economia que está sempre em constante mudança, que só é possível acompanhar o ritmo da sua evolução se estivermos atentos e preparados a essas mudanças. • O Marketing Industrial é composto por três cadeias diferentes, estas podem ser produtores de matérias industriais (matéria-prima), transformadoras (utiliza a matéria prima) e incorporadoras (executa o trabalho final, complementa o produto).
  8. 8. • As empresas do sector industrial operam em mercados mistos constituídos por uma clientela de empresas e de particulares. Em certos casos provou os mesmos produtos a estes dois tipos de consumidores. Quando os produtos e serviços são idênticos para mercados distintos, o seu modo de comercialização (distribuição, promoção e preço) são diferentes. Noutros casos o mais frequente é as empresas que trabalham em mercados mistos propõem produtos e serviços a cada mercado.
  9. 9. • Análise da empresa : A empresa que nos propusemos a estudar é uma empresa industrial, incorporadora e prestadora de serviços de projeto adaptada ao cliente, com uma projeção de economia específica para um determinado segmento (Mercado Institucional). É uma empresa PME Líder e com várias certificações de instalação de ar condicionado painéis de aquecimento fotovoltaicos entre outras. Com instalações próprias (sem encargos elevados de aluguer), começou em 1998 com os dois sócios e passado três meses contrataram os dois primeiros funcionários (que ainda fazem parte dos quadros), e atualmente a Aquecigaia conta com 36 colaboradores.
  10. 10. • Principais atividades desde a sua existência: As Instalações de AVAC de agências bancarias, BCP, BPI, BNC, instalações de AVAC do sector da alimentar, extração e compensação de ar novo das hotes de cozinha, redes de gás, filtros electroestáticos e desenfumagem do Grupo Ibersol (Pans, Costa coffe, Piza Hut, etc.), Serra da Estrela e Brasa Rio. No sector doméstico opera na realização de instalações de climatização: • Aquecimento central a gás, gasóleo, pellets, painéis solares, bombas de calor; • Ar condicionado; • Renovação de ar com recuperadores de calor; Instalações de climatização de escritórios em empresas em Portugal: Celar, CorksRibas,Yasaki Saltano, Sorgal, Siram, Clinicas médicas, Papeis do Ave, Pré Natal, F.Ramada, Barros e Almeida, Vodafone, Tsunami, Europcar, Accenture, etc.
  11. 11. • Pontos fortes: Tem atualmente 8 equipas de trabalho próprias a operar em simultâneo no território nacional e uma em moçambique. • As suas equipas são multidisciplinares • com constante formação interna para estarem atualizadas perante as exigências do mercado, e formação dada por fornecedores (equipamentos de grande sofisticação), tendo como principal objetivo o acompanhamento das evoluções técnicas do setor. • os elementos destas equipas ao estarem bem qualificados são uma mais-valia porque estão em contacto com os clientes, reforçando o elo de ligação de cliente empresa • no terreno são uma boa fonte de captação de informação • estas equipas estão sempre prontas para obras de carácter urgente, dando uma grande capacidade de resposta, sendo um importante fator de diferenciação em relação à sua concorrência.
  12. 12. • Ameaças: • Concorrência focada somente no baixo preço, que desparece do mercado com dívidas e volta a aparecer com outro nome ou designação. • Contexto conjuntural incerto e de recessão, mercado da construção praticamente parado. • Grande dependência dum um segmento (institucional). • Grande dependência do mercado nacional.
  13. 13. • PONTOS FRACOS E OPORTUNIDADES: • Instalações já não satisfazem as necessidades de empresa, visto que tem necessidade de colocar mais maquinaria na parte de produção mas não tem espaço. A parte das oficinas de montagens e desenvolvimento de quadros elétricos também já são pequenas e um pouco ultrapassadas face aos parâmetros standarizados desta empresa • Localização fica na periferia de Ovar e fora de um parque industrial, inserido numa área agrícola, com acessos difíceis nomeadamente para transportes médios, os grandes já têm muita dificuldade em aceder.
  14. 14. • Nas informações que recolhemos no terreno por um dos sócios, neste momento sente que está perder rentabilidade ou a haver um desvio na ordem de uns 15 a 20% na elaboração de orçamentos, por falta de tempo e não ter uma pessoa especializada para esta função.
  15. 15. • PROPOSTA DE MELHORAMENTO: • Sendo as atuais instalações pequenas para a necessidade da empresa, e visto que ainda não conseguiu as licenças de construção dos terrenos em seu redor, propomos uma solução de médio prazo visto que o contexto não é o melhor para grandes investimentos, que é a aquisição ou aluguer de umas instalações que servissem de suporte às atuais próximas dessas mesmas instalações, e transferia o armazém ou a parte oficinal, para poder expandir a parte industrial (fabricação de tubagens) e colocar mais maquinaria necessária.
  16. 16. • Melhoramento dos acessos não só por uma questão de eficiência e imagem da empresa, mas de segurança. • Contratação de um orçamentista (licenciado em contabilidade com especialidade em contabilidade analítica), para execução de orçamentos precisos e poder ter uma noção mais absoluta de rentabilidade e mesmo para ter poder negocial mais eficaz e seguro.
  17. 17. • CONCLUSÕES: • Concluímos que cumprimos os objetivos a que nos havíamos proposto inicialmente. Conseguimos avaliar a empresa ao nível industrial incorporadora e prestadora de serviços de projeto adaptado ao cliente, apoiadas nas informações disponibilizadas na própria empresa e na matéria disponibilizada pela docente da disciplina a que respeita o presente trabalho. • consideramos ser o culminar de todo o conhecimento obtido reside na deteção dos pontos fracos da empresa e nas propostas de resolução que elaboramos na tentativa de superar esses mesmos pontos. Este processo significou o pôr em prática todo o conhecimento adquirido ao longo do semestre.

×