Dicas para a entrevista de emprego
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Dicas para a entrevista de emprego

on

  • 7,648 views

 

Statistics

Views

Total Views
7,648
Views on SlideShare
7,648
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
183
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment
  • A roupa ao contrário do que muitos possam apregoar é muito importante, de maneira especial em algumas ocasiões, pois através das roupas que vestimos o entrevistador ou o ouvinte estará formando uma opinião a nosso respeito, antes mesmo que possamos falar. A roupa é uma importante ferramenta de comunicação não verbal,  existem roupas adequadas para quem quer seduzir que com certeza não precisam de palavras, roupas masculinas e femininas da moda que nos mostram o estilo dos jovens, se patricinha, se rebelde, etc.,  A roupa revela muito sobre nossa identidade, por isso a escolha da roupa certa para a entrevista é tão importante, ela reflete a nossa imagem, assim devemos analisar a imagem que queremos passar e as expectativas geradas. Existem inúmeros livros que tratam desse assunto, escrito por pessoas entendidas em moda e que dão dicas importantes para quem está preocupado com este assunto, mas em suma, o mais importante é refletir sobre a imagem que você quer passar e assim definir a sua roupa. Evite sobretudo usar roupas da moda as quais você não está acostumada, com certeza se sentirá insegura. Um tailler ou um terno ainda são opções corretas em quase todas as circunstancias, roupas que compõe a moda jovem só devem ser usadas por jovens que buscam empregos em lojas de departamentos e outros similares, jamais em um ambiente mais formal. Decotes, fendas, saias curtas, bijuterias chamativas ou em excesso também devem ser abolidos Não existe uma regra única e imutável para se vestir para uma entrevista de emprego, o melhor conselheiro é o bom senso e o espelho, use a roupa de acordo com sua profissão, um engenheiro agrônomo por exemplo dificilmente vai usar terno e gravata para vistoriar uma lavoura. leve em conta a formalidade da entrevista e da empresa e a época em que vivemos, época de globalização, de internet, de universalidade, e por ultimo encontre seu próprio estilo de roupa, pois a roupa certa, além de vestir bem precisa se identificar com seu usuário .
  • Para a maioria dos cargos comuns, a seleção é deixada a cargo da área de pessoal da empresa, ou de uma empresa externa contratada especialmente para isso, e eles tendem a adotar uma série de técnicas de entrevista e redação comuns e bem conhecidas, para as quais há respostas “certas” e “erradas” também comuns e bem conhecidas. As técnicas infelizmente incluem uma série de pegadinhas e outros expedientes que, a pretexto de excluir candidatos despreparados, acabam dificultando a criação de um ambiente em que os candidatos estejam aptos a oferecer respostas diretas e desarmadas. Já apliquei a minha cota de entrevistas - nunca com pegadinhas! -, e já vi todo tipo de nível de preparo dos candidatos, desde aqueles extremamente aptos a assumir a vaga mas incapazes de se comunicar devido ao nervosismo, até aqueles completamente inadequados para a vaga, mas tão bons comunicadores que esperam convencer o entrevistador de que são sua melhor escolha - sem contar os mentirosos, os lisos, os nervosos e várias outras categorias.
  • Mas ao longo destas entrevistas, percebi que os candidatos experientes e traquejados se dão bem melhor que os mais “verdes”, porque acabam percebendo o segredo do sucesso em entrevistas de emprego, que é: perceber (ou deduzir razoavelmente) quais as qualificações necessárias para a vaga em disputa, e aí moldar as respostas sobre suas características pessoais a ela, sempre dizendo a verdade, mas escolhendo criteriosamente quais aspectos destacar. Como no caso de um vendedor de carros que, ao vender o seu modelo mais importante, sabe que para um cliente deve dar destaque ao baixo consumo de gasolina, ao outro precisa chamar a atenção para o espaço interno, e a um terceiro precisa falar especificamente sobre a potência do motor, em uma entrevista de emprego você tem de identificar quais as suas características que a empresa está buscando, e colocá-las em destaque na vitrine, como veremos a seguir. Perguntas de entrevista de emprego O que temos a seguir é um conjunto de perguntas comuns em entrevistas elaboradas por profissionais típicos. Não existe uma única resposta certa para cada uma delas, e você deve responder sempre com naturalidade e de forma espontânea - nada de respostas decoradas! Mas em muitas das perguntas há um teste oculto, e estes testes acabam eliminando muitos candidatos. Por isso, para cada pergunta foi acrescentada uma sugestão de resposta, e eventualmente um comentário sobre qual o teste oculto. Você não deve decorar estas respostas e usá-las na próxima entrevista; a idéia é que você as use como base para compor sua própria resposta, que deve ser sincera e espontânea. Assim, você não será pego despreparado por nenhuma destas perguntas comuns, muitas delas difíceis de serem respondidas de improviso. Lembre-se que o entrevistador muitas vezes tentará impor um ritmo artificial à entrevista, pressionando você, antagonizando, questionando tudo. Faz parte da experiência, e nestes casos provavelmente ele deseja ver como você se comporta quando pressionado. Mas a sua posição sempre é o resultado de uma escolha pessoal - você pode antagonizá-lo de volta, mas pode escolher também manter a tranquilidade e continuar oferecendo respostas calmas e completas. De qualquer maneira, quanto mais preparado você estiver, mais apto estará a se sair bem mesmo que seja colocado contra a parede e levado a responder tudo sem tempo para pensar. Uma dica é essencial: sempre que for possível, tente fazer com que a entrevista seja uma conversação bidirecional, e não apenas um questionário. Já no início, após a apresentação inicial por parte do entrevistador, faça alguma pergunta inteligente sobre algum aspecto da vaga ou do processo seletivo. Se ele responder, você terá não apenas um ambiente mais favorável, mas também alguma informação adicional que poderá ser útil durante a própria entrevista. Ou seja: nos primeiros minutos, momento em que o candidato típico está procurando falar sobre si às cegas, você já terá conseguido criar um clima favorável e obtido informações sobre o que o entrevistador está procurando, para saber o que oferecer a ele.
  • Sobre você Fale sobre você . Isto não é propriamente uma pergunta, mas freqüentemente as entrevistas começam assim, e o candidato desata a falar sem parar, e o avaliador presta atenção à sua capacidade de se concentrar nas prioridades, encadear idéias, e comunicar-se livremente. Lembra quando falamos sobre o “discurso do elevador”, no artigo anterior? Aqui ele será muito útil. Se você não sabe o que é um “discurso do elevador”, imagine que você encontrou no elevador o responsável pela seleção da vaga dos seus sonhos, e tem apenas o tempo do trajeto entre 10 andares para fazê-lo se interessar em selecioná-lo para a vaga. O que você diria? Estas 2 ou 3 frases, que você deve desenvolver, memorizar e ensaiar com antecedência, são importantíssimas, e este é um bom momento para usá-las. Personalidade e atitudes que agradam Enérgico : candidatos que comuniquem grande energia e disposição; Motivado : você deve transmitir entusiasmo para trabalhar e para superar dificuldades; Persistente : aquele que vence pelo cansaço e que não desista da tarefa até atingir o objetivo desejado é muito querido pelas empresas; Responsável : aquele que mostra sua preocupação em arcar com suas responsabilidades e nunca "deixa a peteca cair" é muito desejado; Honestidade : apresentar referências convincentes que comuniquem sua integridade é a melhor maneira para falar de sua honestidade; Dedicação: aquele que veste a camisa da empresa é peça fundamental na organização; Analítico: hoje em dia, é preciso ser calculista, analisar profundamente as alternativas, é uma qualidade que deve ser comunicada; Orientação para objetivos : queremos pessoas que definam e procurem atingir objetivos.
  • 3. Que bons livros (ou bons filmes) você tem lido (ou assistido) ultimamente? Seu avaliador não está apenas querendo puxar papo. Ele quer saber algo sobre o seu nível cultural, e também se você é um mentiroso quando sob pressão (caso não tenha lido nenhum livro que possa mencionar, e aí invente que leu algum). Não importa qual livro você indique, ele vai lhe fazer perguntas sobre ele. Portanto, fica a dica: se você está procurando emprego, é bom ler algum bom livro sobre o qual você fique à vontade para discorrer em uma entrevista. De preferência, um livro que vá interessar ao seu entrevistador, e que seja recente o suficiente para ele não poder pensar que você não lê um livro há 4 anos! 4. Qual seu ponto forte? Escolha previamente, e esteja preparado para exemplificar e detalhar, sem mentir. Eis uma lista de atributos estritamente pessoais mas que costumam ser valorizados pelos entrevistadores. Identifique quais deles você tem em maior grau, e passe esta idéia (ou afirme diretamente) em seu texto ou na entrevista: Motivado; Racional; Energético (atenção: não é a mesma coisa que enérgico. Tem relação com a disposição para realizar trabalho); Dedicado (veste a camisa); Honesto; Capaz de liderar; Com iniciativa; Com objetivos; Com visão; Com empatia; Persistente; Bom comunicador; Bom técnico. Qual o seu ponto forte? Fale das características universalmente desejadas, tais como entusiasmo, persistência, dedicação, responsabilidade e competência na área técnica.
  • 5. Qual seu maior ponto negativo? Cuidado! A maioria das pessoas que já leu dicas de entrevista acha que deve escolher algo que não seja tão negativo assim, como “ser muito perfeccionista”, ou “exigir demais de si mesmo”. Na minha opinião, quando eu mesmo entrevisto, essas respostas prontas que disfarçam um ponto positivo como se fosse negativo passam uma idéia de artificialidade, e de ausência de respeito pelo interlocutor e pela empresa. Diga que não consegue lembrar de uma característica profissional que possa comprometer seu desempenho no cargo para o qual está sendo considerado, e aí acrescente um ponto negativo real (no qual você pensou com antecedência), que faça sentido no contexto da empresa, mas que não vá comprometer suas chances de aprovação. Se possível, equilibre-o explicando a forma como você lida com este ponto negativo, e mencione um ponto positivo forte já em seguida. Mas não exagere escolhendo algo que possa soar pior do que é na realidade. 6. Qual seu maior arrependimento? Como no caso do “maior ponto negativo”, aqui o entrevistador não espera que você realmente confesse algo, mas ele quer saber como você lida com esse tipo de situação. Confessar um arrependimento verdadeiro em geral não é positivo para a sua pontuação, mesmo que seja algo inocente. E tentar mascarar uma vitória como se fosse arrependimento também é um truque manjado. Eu diria que não tenho arrependimentos, e que tenho um princípio, que também aplico na vida profissional, de agir de acordo com a minha consciência, e de sempre decidir de forma equilibrada, o que me permite prosseguir sem deixar espaço para arrependimento ou para o desejo de que eu tivesse decidido de forma diferente. 7. Você aceitaria mudar algum aspecto importante da sua vida (por exemplo, mudar de cidade)? Não feche portas já na entrevista, mas ao mesmo tempo não mostre ser irrefletido ou desesperado por uma vaga. Diga que estudaria com prazer uma proposta, que decidirá quando souber dos detalhes, mas que não vê nenhum problema grave que o impeça de tomar esta decisão, se for a correta.
  • 8. Qual sua pretensão salarial? Raramente a empresa pergunta isso para lhe oferecer o que você está pedindo, caso ache que você está à altura - a entrevista de seleção raramente inclui negociação salarial, que ocorre em uma fase posterior, apenas com os aprovados. Aqui você está apenas sendo avaliado, e perde ponto quem se valoriza demais, ou de menos, em relação à estimativa do avaliador. Se você estiver empregado, pode dizer quanto ganha hoje, e que sua intenção é progredir, mas que aguarda para saber mais sobre as condições da vaga para a qual está sendo selecionado. Se não estiver trabalhando, ou estiver em situação instável, simplesmente diga que você é flexível e tem interesse em ganhar de acordo com o mercado, e que não tem dúvida de que o plano de cargos e salários da empresa é adequado. Se julgar relevante, pode mencionar quanto ganhava no emprego anterior. 9. Qual seu objetivo de longo prazo? O entrevistador quer saber seu objetivo pessoal em um contexto profissional, e dentro da empresa. Não há problema em ser bastante objetivo e dizer simplesmente que deseja vir a ser o diretor operacional, ou o responsável pela sucursal do Centro-Oeste. Mas se você conhecer bem a empresa, pode ser mais amplo, dizendo por exemplo que deseja conhecer bem a realidade de todas as regiões em que a empresa atua, porque sua intenção é vir a ser o responsável pela logística. Não diga que quer ter um salário compatível, um bom plano de aposentadoria, ou outro objetivo que seja vantajoso apenas para você, e não para a empresa, mesmo que seja decorrência da vaga que você pleiteia. 10. Quais suas metas de curto prazo? lembre-se de que metas são mais precisas, e que incluem datas, ou mesmo quantificações, quando for o caso. O entrevistador quer saber suas metas pessoais em um contexto profissional, e dentro da empresa. O ideal é poder dizer que quer chegar a ser gerente de uma filial já no ano que vem, ou que pretende conhecer a fundo o processo produtivo nos próximos 2 anos, para embasar uma carreira executiva na área de gestão fabril. 11. Suas qualificações não são excessivas para esta vaga? Nenhum empregador gosta de contratar uma pessoa que logo vá ficar descontente com um trabalho que pode ser visto como abaixo do seu potencial, e acabe saindo da empresa logo após ter sido contratado. Se suas qualificações forem mesmo acima do que a vaga exige, esclareça as razões pelas quais a vaga é exatamente o que você deseja agora, que tem certeza de que a médio prazo surgirão oportunidades de prosseguir sua carreira dentro da própria empresa, e que as qualificações que você tem em excesso são do interesse da empresa.
  • Sobre sua carreira e posicionamento profissional 1. O que você fez de bom no seu emprego anterior? Aumentou faturamento? Lucro? Reduziu custos? Motivou a equipe? Criou um novo departamento? Esteja preparado para responder objetivamente, com exemplos claros, datas e números. 2. Conte-me sobre uma situação em que seu trabalho tenha sido criticado . Dessa não dá para escapar: todo mundo que toma decisões acaba sendo criticado, mais cedo ou mais tarde. Escolha antecipadamente uma situação em que você foi criticado por um superior (nunca por um cliente ou por um subordinado), mas comece dizendo o quanto é mais freqüente você receber feedback positivo do que negativo. Se possível, conte algo do início da sua carreira, e aproveite para explicar o que você aprendeu com o episódio, ou como teria agido hoje para evitar cometer a falha criticada - NÃO tente dizer que a crítica foi injusta ou imerecida. E não escolha uma situação que possa colocar em dúvida seu desempenho para a posição que você estiver pleiteando! 3. Você consegue trabalhar sob pressão e com prazos curtos? É bom que consiga, porque você nunca deve mentir em entrevistas, e a resposta certa para esta pergunta dificilmente pode ser algo diferente de “Sim”. Venha preparado, já com um exemplo previamente escolhido de situação em que você se destacou sob pressão.
  • Com que tipo de pessoa você tem dificuldade de trabalhar? A resposta mais óbvia é perigosa - nada de dizer que você tem problemas com pessoas irresponsáveis, preguiçosas, ou qualquer outro adjetivo negativo. Se o entrevistador estiver procurando alguém com potencial de liderança, este tipo de atitude não é desejável, e ele vai selecionar aquela pessoa que estiver apta a trabalhar com quem for necessário para realizar a missão, ou mesmo que esteja apta a ser um bom exemplo e uma inspiração para elas. Portanto, o ideal é dizer que na sua experiência, você acabou descobrindo que tem facilidade de trabalhar com as equipes variadas que a vida nos traz, e que sempre percebe que é bem recebido por elas, e as admira. 6. Quais decisões são mais difíceis para você? Aqui podem perder pontos os que dão respostas puramente egoístas ou que dizem que nenhuma decisão é difícil (mostrando que não estão acostumados a ter responsabilidade, ou que decidem irrefletidamente). O ideal é poder dizer que sempre decide de forma ponderada, considerando todos os fatos disponíveis, a estratégia da empresa (missão, visão, valores, objetivos), a ética profissional e os recursos disponíveis, e que as decisões mais difíceis de tomar são as que afetam a vida da equipe, em aspectos pessoais.
  • 7. Se pudesse começar tudo de novo, o que faria diferente? A não ser que algo muito sério no seu passado seja de conhecimento público, mostre equilíbrio dizendo que não mudaria nada de essencial. Mesmo o que aconteceu de negativo agregou experiência e ajudou a formar o seu caráter. 8. Por que está saindo do emprego atual? (se estiver trabalhando) Esta é uma pergunta importante. Lembre-se de que o entrevistador vai se perguntar se você não faria o mesmo com a empresa para a qual você está se candidatando. Fale a verdade, mas não fale mal da empresa atual, nem do chefe. Você pode responder que está em busca de novas oportunidades e desafios, mais responsabilidades, crescimento pessoal e profissional, ou que tem interesse específico em alguma característica que a nova empresa tem, e que seja incompatível com a empresa anterior. Não invente que é por diferenças de visão com o chefe atual, nem por conflitos com a administração da empresa. 9. Por que saiu do emprego anterior? (se estiver sem emprego) Diga a verdade, sabendo que pode ser verificado. Se foi em uma demissão coletiva por corte de custos, fechamento da empresa, absorção por outra empresa, etc., simplesmente diga isso, sem criticar a decisão. Se foi por outro motivo, diga de forma curta e objetiva. Se foi por sua causa, acrescente que aprendeu a lição e não cometerá o mesmo erro novamente. Não se alongue.
  • Sobre a vaga e a empresa Por que acha que devemos lhe contratar? Esteja preparado para esta, e mencione de forma objetiva 2 ou 3 diferenciais seus que você considera essenciais, e a forma como eles podem gerar resultado para a empresa. Por que enviou seu currículo para esta empresa? Esta é uma oportunidade para fazer valer a pena as horas de pesquisa que você fez sobre a empresa antes da entrevista. Fale sobre notícias recentes de sucessos da empresa, perspectivas de crescimento do seu mercado, e como acredita que o posicionamento dela a torna atraente para qualquer profissional. Quanto tempo pretende permanecer na empresa? Aqui em geral o entrevistador quer remover qualquer pessoa que afirme que tem, de fato outra oportunidade em vista, ou que tem planos para daqui a alguns anos ir fazer alguma outra coisa. Se for um bom entrevistador, ele também pode dar pontos negativos se entender que você é acomodado e só deseja um lugar para se encostar até a aposentadoria. A resposta segura é dizer que pretende permanecer enquanto houver perspectivas de desenvolvimento pessoal e profissional, e enquanto estiver apto a oferecer uma genuína contribuição, mas que pelo que você entendeu sobre a vaga e sobre a empresa, não vê qualquer motivo para que a relação não seja duradoura.
  • Sobre a empresa anterior Aqui você precisa lembrar que o objetivo da entrevista é avaliar você - o entrevistador não está nem aí para a sua empresa ou chefe anterior, portanto todas as perguntas desta seção são testes ocultos, um verdadeiro campo minado. Ele quer saber se você tem uma postura ética, se é leviano com informações internas da empresa, se trata os conflitos de trabalho como se fossem pessoais, se é maduro nos relacionamentos profissionais, etc. É seguro assumir que o entrevistador imaginará que você falaria sobre a nova empresa as mesmas coisas que falar a ele sobre a empresa anterior.
  • Qual sua opinião sobre a empresa ou chefe anterior? Nunca fale mal, evite até mesmo críticas construtivas, e nem mesmo pense em fazer comparações, mesmo que as 2 empresas sejam concorrentes diretas - aqui quem está sendo avaliado é você, e não o ex-chefe, e falar mal dele em sua ausência raramente conta ponto a seu favor neste contexto. Era uma boa empresa, e o chefe sempre agiu com você como um excelente profissional. O que você não gostava no emprego anterior? Não se queixe, e não se esqueça de que quem está sendo avaliado aqui é apenas você, e não o emprego anterior. Você gostava de tudo. Avalie honestamente seu antigo chefe e empresa, pontos positivos e negativos. Mesma rotina: você lembra de pontos positivos, e eles são todos sinceros, honestos - e pensados de antemão. O seu avaliador não está nem aí para a empresa anterior, ele quer saber se você é leal, se leva as coisas para o lado pessoal, se fala sobre a empresa quando está fora dela, etc.
  • Se for possível colocar site you tube entrevista de emprego fantastico max gehringer.

Dicas para a entrevista de emprego Dicas para a entrevista de emprego Presentation Transcript

  • Dicas para a entrevista de emprego e permanência no trabalho Sumã Pedrosa1
  • Arrumando-se para a entrevista2
  • Dicas importantes ao se vestir Para o homem: * prefira ternos; * a meia é uma extensão da calça; * evite gravatas de bichinhos, de crochê, frouxa no colarinho; * a barba deve ser feita todos os dias; * cuidado com a combinação calçado e calça.3
  • Dicas importantes ao se vestir Para a mulher: * evite decotes e transparências; * prefira batom e esmalte claros, * saias na altura do joelho; * cuidado com babados e rendas; * nunca deixe o sutiã visível; * prefira cores discretas; * a maquiagem deve ser discreta e funcional; * escolha sapatos fechados.4
  • Ao chegar para uma entrevista de emprego  Caprichena educação, na empatia, e na atenção - inclusive com os demais candidatos, sempre pode haver alguém observando.5
  • Perguntas comuns  Nãoexiste uma única resposta certa para as perguntas da entrevista  Respondacom naturalidade e de forma espontânea – nada de respostas decoradas.  Em algumas perguntas há um teste oculto.6
  • Perguntas comuns – sobre você  Fale sobre você: - Avalia a sua capacidade de se concentrar nas prioridades, encadear ideias e comunicar-se livremente.7
  • Perguntas comuns – sobre você  Que bons livros você tem lido ultimamente?  Qual seu ponto forte?8
  • Algumas personalidades e atitudes que agradam Enérgico: candidatos que Responsável: aquele que comuniquem grande energia mostra sua preocupação em e disposição; arcar com suas Motivado: você deve transmitir responsabilidades e nunca entusiasmo para trabalhar e "deixa a peteca cair" é muito para superar dificuldades; desejado; Analítico: aquele que analisa Persistente: aquele que vence profundamente as pelo cansaço e que não alternativas; desiste da tarefa até atingir o Orientação para objetivos: as objetivo desejado é muito empresas querem pessoas querido pelas empresas; que definam e procurem atingir objetivos.9
  • Perguntas comuns – sobre você  Qual seu maior ponto negativo?  Qual seu maior arrependimento?  Você aceitaria mudar um aspecto importante de sua vida (por exemplo, mudar de cidade)?10
  • Perguntas comuns – sobre você  Qual é a sua pretensão salarial?  Qualseu objetivo a longo prazo?  Quaissão suas metas a11 curto prazo?
  • Perguntas comuns – carreira O que você fez de bom no seu emprego anterior?  Conte-me sobre uma situação em que seu trabalho tenha sido criticado.  Vocêconsegue trabalhar sobre pressão e com prazos curtos?12
  • Perguntas comuns – carreira  Com que tipo de pessoa você tem dificuldade de trabalhar?  Quais decisões são mais difíceis para você?13
  • Perguntas comuns – carreira  Se pudesse começar tudo de novo, o que faria diferente?  Por que está saindo do emprego atual? (Se estiver trabalhando)  Por que saiu do emprego anterior? (Se estiver sem emprego)14
  • Perguntas comuns – sobre a vaga e sobre a empresa  Por que você quer trabalhar nesta empresa?  Por que acha que devemos lhe contratar?  Quantotempo pretende permanecer na empresa?15
  • Perguntas comuns – sobre a empresa anterior  Todas as perguntas desta seção são testes ocultos. O entrevistador quer saber se você tem uma postura ética, se é leviano com as informações da empresa, se trata os conflitos de trabalho como se fossem pessoais, se é maduro nos relacionamentos profissionais...16
  • Perguntas comuns – sobre a empresa anterior  Qualsua opinião sobre a empresa ou chefe anterior? O que você não gostava no emprego anterior?  Avaliehonestamente seu antigo chefe e empresa, pontos positivos e negativos.17
  • Respostas reais selecionadas por Max Gehringer em entrevistas de emprego  Entrevistador -- E então, você está construindo uma networking? Candidato -- Veja bem, eu não sou engenheiro, sou administrador.  Entrevistador -- Como você administra a pressão? Candidato -- Ah, tranqüilo. 11 por 7, no máximo 12 por 8.18
  • Respostas reais selecionadas por Max Gehringer em entrevistas de emprego  Entrevistador -- Manter sempre o foco é muito importante. E me parece que você tem alguns lapsos de concentração. Candidata -- O senhor poderia repetir a pergunta?  Entrevistador -- Como você se sente trabalhando em equipe? Candidata -- Bom, desde que não tenha gente dando palpite, me sinto muito bem.19
  • Respostas reais selecionadas por Max Gehringer em entrevistas de emprego  Entrevistador -- Como você se definiria em termos de flexibilidade? Candidato -- Ah, eu faço academia. Sou capaz de encostar o cotovelo na nuca.  Entrevistador -- Nós somos uma empresa que nunca pára de perseguir objetivos. Candidato -- Que ótimo. E já conseguiram prender algum?20
  • Respostas reais selecionadas por Max Gehringer em entrevistas de emprego  Entrevistador -- Quais seriam seus pontos fracos? Candidato -- Ah, é só o joelho. Até tive de parar de jogar futebol.  Entrevistador -- Há alguma pergunta que você queira me fazer? Candidato -- Eu parei meu carro aí na rua. Será que eu vou ser multado?21
  • Respostas reais selecionadas por Max Gehringer em entrevistas de emprego  Entrevistador -- Como você pode contribuir para melhorar nosso ambiente de trabalho? Candidato -- Bem, eu começaria trocando a recepcionista, que é muito feia.  Entrevistador -- Quando digo "sucesso", qual é a primeira palavra que lhe vem à mente? Candidato -- Pode ser duas palavras? Entrevistador -- Pode. Candidato -- Milho. Nário.22
  • Para alcançar seus objetivos, peça e confie em Deus. Ele é capaz de ouvir e atender à sua súplica.23
  • Sucesso!!! É o que eu desejo a cada um de vocês! Obrigada!24