Educação Onipresente: Exemplo Bem-sucedido de Uso de Celulares no Ensino

2,373 views
2,093 views

Published on

Educação Onipresente: Exemplo Bem-sucedido de Uso de Celulares no Ensino

Published in: Education
1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
2,373
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
5
Actions
Shares
0
Downloads
81
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Educação Onipresente: Exemplo Bem-sucedido de Uso de Celulares no Ensino

  1. 1. Educação Onipresente: Um Exemplo Bem Sucedido de Uso de Celulares no Ensino Prof. Suintila V. Pedreira www.seraoextra.blogspot.com - suintila@gmail.com
  2. 2. Celulares em sala de aula: Um caso de amor e ódio Principais reclamações: A. Celulares distraem os alunos; B. Alunos usam celulares para colar; C. Alunos usam os celulares para “zoarem” nas aulas; D. Celulares permitem uma série de “violações” às regras e normas éticas e morais; E. Constrangedor para quem não têm celular conviver com outros que os têm; Lei estadual 2.807, de 18 de fevereiro de 2004Lei estadual 2.807, de 18 de fevereiro de 2004 “Art. 1º. Fica proibido, em todo o território do Estado de Mato Grosso do Sul, o uso de telefones celulares, walkmans, diskmans, Ipods, MP3, MP4, game boy, aparelhos portáteis de TV, agendas eletrônicas e quaisquer outros aparelhos portáteis capazes de produzir sons e ruídos, nos seguintes ambientes: I - postos de gasolina; II - cinemas, teatros e concertos; III - salas de aula, audiências e conferências; IV - bibliotecas. Parágrafo único. Caso o ambiente esteja em estabelecimento de ensino, ou evento com fins pedagógicos, a utilização dos aparelhos referidos poderá ser permitida pelos responsáveis pelo estabelecimento ou evento.”
  3. 3. Nossa experiência com os celulares Março de 2009: 1. Após o término do primeiro bimestre, e com a divulgação dos resultados ruins das notas dos alunos, provoquei discussão em sala de aula tentando levantar os motivos e vislumbrar soluções para esse problema; 2. Ouvi relatos de alguns alunos descrevendo suas condições de vida, suas ocupações e suas dificuldades em estudarem fora do horário de sala de aula; 3. Iniciei busca por uma solução que complementasse o livro didático e pudesse ser utilizada a qualquer hora, em qualquer local, pelos alunos; 4. Após me decidir por usar os celulares, comecei testes usando mensagens SMS com resumo do conteúdo, mas logo abandonei essa prática; 5. Após demorada busca pela Internet, encontrei um site que oferecia a possibilidade de criar Applets Java para serem instalados exatamente como se instalam jogos e aplicativos nos celulares, o site Mobile StudyMobile Study;
  4. 4. Nossa experiência com os celulares No site Mobile Study é possível criar Quizzes, com uma introdução teórica e uma bateria de perguntas com múltiplas alternativas, que podem receber explanações após a realização de cada uma delas. Ainda é possível anexar pequenas fotos em cada uma das perguntas. Ao final da atividade, ainda é possível solicitar que cada aluno envie por SMS seu escore obtido. Esses Quizzes criados podem ser salvos em um PC, e enviados ao celular do professor por meio do cabo de dados, cartão de memória ou navegação no site da atividade e download direto ao celular. Em sala de aula, esses Applets podem ser enviados pelo celular do professor através de bluetooth ou cartão de memória, para os celulares dos alunos. Nos celulares dos alunos, esses Applets devem ser instalados e normalmente vão parar nas mesmas pastas onde ficam os jogos ou aplicativos.
  5. 5. Nossa experiência com os celulares Exemplo de atividade feita para celulares: QUIZZQUIZZ
  6. 6. Nossa experiência com os celulares Exemplo de atividade feita para celulares:
  7. 7. Nossa experiência com os celulares Envio dos Quizzes por Bluetooth
  8. 8. Nossa experiência com os celulares Auxílio na instalação dos Quizzes
  9. 9. Nossa experiência com os celulares Um dos Quizzes, após instalado
  10. 10. Nossa experiência com os celulares Leitura do texto de apoio
  11. 11. Nossa experiência com os celulares Resolução das perguntas
  12. 12. Nossa experiência com os celulares Resolução das perguntas
  13. 13. Nossa experiência com os celulares Finalização da atividade
  14. 14. Nossa experiência com os celulares Atualmente: 1. Devido a algumas limitações nos aparelhos celulares dos alunos, iniciei pesquisa para utilizar arquivos produzidos em HTML, em substituição aos Applets Java (utilizando o software gratuito Hot Potatoes); 2. Além de Quizzes, comecei a enviar aos celulares dos alunos alguns vídeos do TV Escola e do Telecurso 2000, baixados da Internet e convertidos para o formado 3GP (extensão usada nos celulares); 3. Desde 2006 possuo um Blog, onde tradicionalmente publico informações aos alunos, além de disponibilizar também os Quizzes feitos para os celulares (www.seraoextra.blogspot.comwww.seraoextra.blogspot.com); 4. Procuro parceiros para desenvolvermos juntos um site genuinamente brasileiro, que gere código Java exatamente como o Mobile Study o faz.
  15. 15. Outros possíveis usos pedagógicos dos celulares A. Contas usando a calculadora deles; B. Anotações de datas importantes na agenda do celular; C. Gravação das aulas em áudio ou vídeo; D. Fotografias da lousa ou do livro; E. Distribuição de vídeos complementares às aulas.
  16. 16. Alguns cuidados importantes A. propor atividades que envolvam o uso de celulares para grupos de alunos em que pelo menos um aluno do grupo disponha do celular com o recurso que será utilizado; B. permitir que os alunos aprendam a usar o recurso antes de propô-lo como parte de uma atividade. Geralmente os alunos dominam os celulares melhor do que seus professores e aprendem rápido a usá-lo, por isso é uma boa ideia “deixar que eles mesmos ensinem e aprendam a usar o recurso entre eles mesmos” (e aproveite para aprender também!); C. discutir as questões éticas e morais envolvidas no uso de imagens e registros, bem como o uso indevido dos celulares e de outros equipamentos de mídia; D. estabelecer claramente no planejamento da sua atividade, e descrever em detalhes no seu planejamento de aula, os objetivos do uso do celular nas atividades propostas. Haverá sempre alguém para se indignar com o fato do celular estar sendo usado na sua aula, infelizmente; E. e, por último, estabelecer claramente as regras de uso dos celulares na escola de maneira geral e, em particular, durante as aulas em que não estarão usando o celular “como parte da aula”.
  17. 17. Créditos Fragmentos do texto foram retirados do artigo “Uso pedagógico do telefone móvel (Celular)Uso pedagógico do telefone móvel (Celular)”, do professor José Carlos Antonio Fotos de Edmir Rodrigues, retiradas do Portal de Notícias do Governo do Estado de Mato Grosso do SulPortal de Notícias do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul Templates fornecidos pelo NTE – Núcleo de Tecnologia Educacional de Campo GrandeNTE – Núcleo de Tecnologia Educacional de Campo Grande Esta apresentação de slides tem todo o seu conteúdo protegido por uma licença da Creative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0 BrCreative Commons Attribution-Noncommercial-Share Alike 3.0 Br
  18. 18. Muito obrigado a todos!

×