Riftia (vermes gigantes) que vivem a 2500 m deprofundidade, no oceano Pacífico e a uma temperaturasuperior a 300 ºC
BIOSFERAConjunto de todos os seresvivos que habitam o planetaTerra, oambiente onde essa vida sedesenrola e as relações que...
Actualmente, pensa-se que existam entre  30 a 50 milhões de espécies deorganismos vivos, sendo conhecidas    ≈ 1 milhão e ...
o              t ituiçã       Crescem e          Cons ular        Desenvolvem            Cel                        -seReg...
a) diversidade ecológica ou de ecossistema =  depende da diversidade de características físicas e    químicas de um determ...
As diversas espécies não se distribuem igualmente   nas diferentes zonas da superfície terrestre.                  Maior B...
b) diversidade de espécies = conjunto de     espécies de organismos vivos.  Refere-se ao número de espécies (riqueza espec...
c) diversidade genética =   corresponde à diversidade que cada indivíduo       apresenta no interior de uma espécie.Cada u...
BIODIVERSIDADE                 Número aproximado de                 espécies vivas                 conhecidas (e previsão ...
A existência de biodiversidade é essencial para aspopulações humanas, principalmente ao nível daagricultura e da saúde:   ...
Biodiversidade
Biodiversidade
Biodiversidade        Manatim                             Anfíbio da Mata AtlânticaFoca-monge ou Lobo-marinho
BiodiversidadeSapo-dourado – Bufo periglenesTer-se-á extinguido devido apenas a alteraçõesclimáticas. Foi visto pela últim...
1. Ambientes Terrestres    A) Floresta tropical
B) Deserto
C) Savana
D) Tundra
E) Taiga
2. Ambientes Aquáticos         A) Mar
B) Estuário
C) Rio
D) Lago
Parte da Terra habitada pelos seres vivos,  BIOSFERA         ou seja, todos os ecossistemas da Terra.           Conjunto f...
Conjunto de diferentes sistemas deORGANISMO   órgãos que cooperam entre si,            funcionando como um todo.          ...
Mata Atlântica – um Bioma          exuberante-Um dos Biomas mais ricos embiodiversidade do mundo;-Quando os portugueses ch...
Madagáscar
Madagáscar                                                                      Indri indri – maior de todos os           ...
A Indonésia possui a 3ª maior Biodiversidade                                              do planeta                      ...
As relações que se estabelecem entre os seres vivos da mesmacomunidade denominam-se relações bióticas e têm quase sempre p...
Os seres vivos de um ecossistema estabelecemRelações Tróficas, que envolvem transferências de matéria e de energia, entre ...
Relações Tróficas numEcossistema Terrestre   Relações Tróficas num                        Ecossistema Aquático
Todas as espécies são interdependentes – a perda de umaespécie pode ter consequências inimagináveis sobre osoutros membros...
EXTINÇÃO = Redução gradual donúmero de indivíduos de uma espécie,até ao momento em que a mesma deixade existir.   É um fen...
Reconhecida a importância dabiodiversidade e constatando-sea sua irremediável perda econsequências da mesma, éurgente a in...
1º Identificar as espécies que se encontram em vias de extinção (avaliação da evolução populacional, que reflecte a variaç...
2º Identificar as causas do declínio para assim conhecer quais os factores que estão a provocar a extinção de uma espécie ...
Medidas para a conservação/preservação do Lince-ibérico                                          Foi criado “o corredor ve...
Criação de Áreas Protegidas:Reservas e Parques NaturaisRecuperação de ÁreasDegradadas
03 biodiversidade ii
03 biodiversidade ii
03 biodiversidade ii
03 biodiversidade ii
03 biodiversidade ii
03 biodiversidade ii
03 biodiversidade ii
03 biodiversidade ii
03 biodiversidade ii
03 biodiversidade ii
03 biodiversidade ii
03 biodiversidade ii
03 biodiversidade ii
03 biodiversidade ii
03 biodiversidade ii
03 biodiversidade ii
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×

03 biodiversidade ii

685

Published on

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total Views
685
On Slideshare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
0
Actions
Shares
0
Downloads
28
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

03 biodiversidade ii

  1. 1. Riftia (vermes gigantes) que vivem a 2500 m deprofundidade, no oceano Pacífico e a uma temperaturasuperior a 300 ºC
  2. 2. BIOSFERAConjunto de todos os seresvivos que habitam o planetaTerra, oambiente onde essa vida sedesenrola e as relações queestabelecem entre si. Subsistema entre ≈9000 macima do nível do mar até aos 11000 m abaixo desse nível
  3. 3. Actualmente, pensa-se que existam entre 30 a 50 milhões de espécies deorganismos vivos, sendo conhecidas ≈ 1 milhão e setecentas mil ⇓ Diversidade dos seres vivos = Biodiversidade com características comuns o que lhes confere Unidade
  4. 4. o t ituiçã Crescem e Cons ular Desenvolvem Cel -seRegulam oMeio Interno Usam Matéria e Energia Res p a E ondem stím do M ulos Reprod uzem-se eio
  5. 5. a) diversidade ecológica ou de ecossistema = depende da diversidade de características físicas e químicas de um determinado ecossistema, das associações de espécies que podem encontrar-se nos diferentes habitats e das interaçõesque estas espécies desenvolvem entre si e com o meio (ex. papel ecológico que desempenham, forma como reagem a perturbações do ambiente em que vivem, …) Ex. diversidade do ecossistema floresta, do ecossistema lago ou do ecossistema deserto.
  6. 6. As diversas espécies não se distribuem igualmente nas diferentes zonas da superfície terrestre. Maior Biodiversidade: Imagem extraída de http://www.fantom-xp.com/en_11__Coral_reef_life_Fish_wallpapers.htmlFlorestas Tropicais Húmidas Recifes de Corais
  7. 7. b) diversidade de espécies = conjunto de espécies de organismos vivos. Refere-se ao número de espécies (riqueza específica) e à sua abundância relativa numa determinada comunidade. Ex. animais, plantas, fungos, algas, bactérias,... ica? e es pecíf idad ior divers rá m a pres entaQu al a Eucaliptal Montado
  8. 8. c) diversidade genética = corresponde à diversidade que cada indivíduo apresenta no interior de uma espécie.Cada um é geneticamente diferente de outros, ou seja, tem a sua informação hereditária própria.
  9. 9. BIODIVERSIDADE Número aproximado de espécies vivas conhecidas (e previsão de espécies por descobrir)
  10. 10. A existência de biodiversidade é essencial para aspopulações humanas, principalmente ao nível daagricultura e da saúde: • Ao nível da agricultura é essencial na defesa contra pestes, doenças, alterações climáticas, na produção de novos alimentos para uma população humana crescente e na reprodução (muitas espécies vegetais dependem de insectos ou outros organismos para se reproduzirem, principalmente ao nível da polinização); • Ao nível da saúde, os organismos poderão contribuir com novos compostos com potencial farmacológico que poderão ser utilizados no diagnóstico e tratamento de doenças.
  11. 11. Biodiversidade
  12. 12. Biodiversidade
  13. 13. Biodiversidade Manatim Anfíbio da Mata AtlânticaFoca-monge ou Lobo-marinho
  14. 14. BiodiversidadeSapo-dourado – Bufo periglenesTer-se-á extinguido devido apenas a alteraçõesclimáticas. Foi visto pela última vez em 1989 naReserva de Monteverde (Costa Rica) Fungos da Amazónia Leopardo nebuloso
  15. 15. 1. Ambientes Terrestres A) Floresta tropical
  16. 16. B) Deserto
  17. 17. C) Savana
  18. 18. D) Tundra
  19. 19. E) Taiga
  20. 20. 2. Ambientes Aquáticos A) Mar
  21. 21. B) Estuário
  22. 22. C) Rio
  23. 23. D) Lago
  24. 24. Parte da Terra habitada pelos seres vivos, BIOSFERA ou seja, todos os ecossistemas da Terra. Conjunto formado pelos seres vivos de uma dada área e pelas interacções que estabele-ECOSSISTEMA cem entre si e com o meio abiótico que os rodeia. Indivíduos de espécies diferentes queCOMUNIDADE habitam uma mesma área e estabelecem relações entre si. Conjunto de seres vivos pertencentes à POPULAÇÃO mesma espécie e que habitam uma determinada área. Conjunto de seres vivos semelhantes ESPÉCIE capazes de se reproduzirem, originando descendentes férteis.
  25. 25. Conjunto de diferentes sistemas deORGANISMO órgãos que cooperam entre si, funcionando como um todo. Grupo de órgãos que realizam em SISTEMA conjunto determinadas funções. ÓRGÃO Conjunto de tecidos que interactuam. Conjunto de células idênticas e com TECIDO funções semelhantes. Unidade fundamental da Vida CÉLULA (isoladas ou associadas entre si).
  26. 26. Mata Atlântica – um Bioma exuberante-Um dos Biomas mais ricos embiodiversidade do mundo;-Quando os portugueses chegaramao Brasil, em 1500, a Mata Atlânticacobria 15% do território brasileiro(área equivalente a 1 306 421 Km²);-Distribuída ao longo da CostaAtlântica; nas zonas do sul e sudeste,chega a atingir a Argentina e oParaguai;-Actualmente, a Mata Atlântica estáreduzida a 7,84% (cerca de 102 000Km²);-É o 2º Ecossistema mais ameaçadode extinção. O 1º é a quase extintaFloresta de Madagáscar, na costa deÁfrica;
  27. 27. Madagáscar
  28. 28. Madagáscar Indri indri – maior de todos os Lémur-de-cauda-anelada – Lemur lémuresCamaleão – Chamaeleo pardalis catta Lagartixa-gigante-de-rabo-de-folha Sapo – Mantella aurantiaca – Uroplatus fimbriatus
  29. 29. A Indonésia possui a 3ª maior Biodiversidade do planeta Rafflesia arnoldiiNepenthes rafflesiana Orangotango-de-Sumatra Dragão-de-komod
  30. 30. As relações que se estabelecem entre os seres vivos da mesmacomunidade denominam-se relações bióticas e têm quase sempre porbase a forma de obtenção do alimento, que funciona como fonte deenergia, desde os produtores até aos consumidores edecompositores. PRODUTORES Sintetizam o seu próprio alimento, usando a energia luminosa que transformam em energia química CONSUMIDORES Alimentam-se directa ou indirectamente dos produtores. (consumidores de 1ª ordem e consumidores de 2ª, 3ª…ordem respectivamente DECOMPOSITORESObtêm o seu alimento transformando a matériaorgânica em matéria inorgânica. Repõem assim o equilíbrio nos ecossistemas
  31. 31. Os seres vivos de um ecossistema estabelecemRelações Tróficas, que envolvem transferências de matéria e de energia, entre os seres vivos e o meio envolvente. Constituem as CADEIAS ALIMENTARES, que se inter-relacionam e formam as REDES TRÓFICAS ou TEIAS ALIMENTARES
  32. 32. Relações Tróficas numEcossistema Terrestre Relações Tróficas num Ecossistema Aquático
  33. 33. Todas as espécies são interdependentes – a perda de umaespécie pode ter consequências inimagináveis sobre osoutros membros da comunidade; é o caso da ave dodó,extinta no séc. XVIII, que se alimentava de sementes de umaárvore, a calvária, actualmente também em risco dedesaparecer. A semente desta árvore só conseguia germinardepois do dodó se alimentar do seu fruto e de “gastar”, noseu tracto digestivo, a casca grossa da semente. Hojeexistem apenas treze exemplares da árvore calvária. Dodó (Raphus cucullatus) - ave não-voadora com cerca de um metro de altura que vivia nas ilhas Maurício. A espécie foi extinta devido à caça e à ameaça de espécies exóticas invasoras. O último Dodo terá sido morto em 1681.
  34. 34. EXTINÇÃO = Redução gradual donúmero de indivíduos de uma espécie,até ao momento em que a mesma deixade existir. É um fenómeno natural, mas a taxa actual de extinção de espécies causada pela interferência do Homem nos ecossistemas é preocupante!
  35. 35. Reconhecida a importância dabiodiversidade e constatando-sea sua irremediável perda econsequências da mesma, éurgente a intervenção no sentidoda conservação das espécies emrisco evitando que se extingam.
  36. 36. 1º Identificar as espécies que se encontram em vias de extinção (avaliação da evolução populacional, que reflecte a variação do número de indivíduos e a sua distribuição espacial, analisando casos de fragmentação de habitats ou alteração de factores externos) Animais em vias de extinção que habitam em território portuguêsNome popular: Lince-Ibérico Nome popular: Lobo-Ibérico Nome Científico: Canis lupus Nome popular: LontraNome Científico: Lynx signatus Nome Científico: Lutra lutrapardinus
  37. 37. 2º Identificar as causas do declínio para assim conhecer quais os factores que estão a provocar a extinção de uma espécie (ex: destruição/fragmentação do habitat, introdução de espécies exóticas, a sobreexploração, consanguinidade…)3º Inverter a tendência do declínio, promovendo aneutralização e/ou remoção dos agentes causadores deextinção (ex: gestão de habitats em que se recorre asuplementos alimentares e à protecção de locais de abrigoe de reprodução; controlo de perdas populacionais, atravésde uma correcta educação ambiental e de legislaçãoespecífica; criação de áreas protegidas)
  38. 38. Medidas para a conservação/preservação do Lince-ibérico Foi criado “o corredor verde” entre Portugal e Espanha. Tipo de paisagem denominada “Bosque Mediterrâneo”, que consiste em sobreirais com matos intercalados com áreas abertas de pastagens, onde predominam as azinheiras, sobreiros e medronheiros. Este tipo de paisagem cria um habitat ideal tanto para o Lince-ibérico como para a sua presa preferida, o coelho-bravo, sendo muito comum no centro e sul da Península Ibérica. Sites onde podes encontrar notícias actualizadas sobre biodiversidade, extinção e conservação das espécies, com exemplos nacionais http://naturlink.pt e http://icn.pt
  39. 39. Criação de Áreas Protegidas:Reservas e Parques NaturaisRecuperação de ÁreasDegradadas
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×