Orientações para a pós graduação - reunião semestral - orientandos - 2014.1

509 views
361 views

Published on

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
509
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
11
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Orientações para a pós graduação - reunião semestral - orientandos - 2014.1

  1. 1. Pós-Graduação CIn/UFPE Orientandos: IC/Mestrado/Doutorado Reunião Semestral 2014.1 Stênio Fernandes
  2. 2. “Is it not a strange fate that we should suffer so much fear and doubt for so small a thing? So small a thing!” Boromir - J.R.R. Tolkien, The Fellowship of the Ring
  3. 3. “Implicações” do avanço científico • IC: o 1990’s: Desenvolver uma ULA de 16bits o 2000’s: Comparar desempenho de TCPs no ns-2 o 2010’s: Desenvolver heurística de alocação de recursos em redes virtuais • Pós-Graduação: o 1990-1999: publicar em boa conferência nacional o 2000-2009: publicar em boas conferências (nac e intl) + journal (qualquer) o 2010-2014: publicar em bom journal (A1-A2-B1) o previsão 2020: publicar 8 papers journal A1 e/ou ganhar o Prêmio Turin (Nobel da Computação)
  4. 4. Mensagem Importante #1 “Enquanto você dorme, tem 228 chineses e indianos trabalhando no mesmo tema que você. Enquanto você trabalha, os mesmos 228 chineses e indianos continuam trabalhando no mesmo tema que você.” (Eu)
  5. 5. Arbeit Macht Frei! E conhecereis a verdade e a verdade vos libertará! João 8:32 Trabalho x Liberdade
  6. 6. Expectativas de trabalho (1/4) • Contando o prazo em semanas úteis (-férias/recessos, feriadão etc) o Mestrado: 100 semanas o Doutorado: 200 semanas • Leitura e Compreensão o Média  Mestrado: 2 artigos científicos semanais  Doutorado: 4 artigos científicos semanais o Total  Mestrado: 200 artigos. 30-35% estarão na dissertação (60-70)  Doutorado: 800 artigos. 20-30% estarão na dissertação (160-240) o No início, alguns artigos vão levar uma semana inteira para serem entendidos completamente
  7. 7. Expectativas de trabalho (2/4) • Organização o Mantenha registro e anotações das leituras o Anote idéias  95% delas serão descartadas. Então, tenha muitas! o Use ferramentas de software  Mendeley ou Zotero  Moovia  Google Calendar, Drive, Hangout, Keep o Estude metodologias para ser produtivo  GTD - Getting Things Done (David Allen) (basta usar 50% do método)  The 80/20 Principle (Richard Koch)
  8. 8. Expectativas de trabalho (3/4) • Organização o Escala semanal  A agenda do pesquisador é determinada por prazos • deadlines de submissão de artigos • entrega de relatórios • entrega de códigos • resultados de experimentos • revisão de artigos de conferências (atribuidos por mim, ocasionalmente - só doutorandos) o O conceito de fim de semana é vago  O que considero essencialmente bom • você negocia seu “fim de semana” • você pode abdicar de uns “fins de semana” pra usar depois o Observe que defini um ano como sendo de 50 semanas  2 semanas (não contínuas) são pra retomar fôlego
  9. 9. Expectativas de trabalho (4/4) • Participação ativa: o Eventos científicos  Conferências e Workshops Nacionais, Internacionais o Forúns de discussão  IEEE, IETF, IRTF o Projetos de P&D  Membro de projeto (participação ocasional, pois este não é o foco do seu trabalho)  Melhor se o tema do projeto casar com seu tema de pesquisa • Cursos extracurriculares: Coursera • Comunicação o Aperfeiçoar na arte de comunicação  Enfatize na melhoria do Inglês (leitura, escrita e conversação) • EnglishTown, OpenEnglish, Aulas particulares
  10. 10. Mensagem Importante #2 “Você será outra pessoa quando terminar suas pesquisas. Talvez você nem se reconheça mais. Sugiro manter um log de fotos e filmagens… selfies” (Eu) + Orientador cobrando aluno -> situação ruim Aluno cobrando orientador -> situação boa (Prof. Carlos Kamienski, UFABC)
  11. 11. “It's the job that's never started as takes longest to finish.” Sam - J.R.R. Tolkien, The Lord of the Rings
  12. 12. Metas de conclusão 1/4 • Prazos: o Mestrado:  24 meses (oficial)  18 meses (nosso alvo)  30 meses (prorrogação em casos excepcionais) o Doutorado  48 meses (oficial)  42 meses (nosso alvo)  60 meses (prorrogação em casos excepcionais) • Disciplinas o A (preferencialmente) e B (ocasionalmente) o C trás uma pequena mancha no CV o D significa desligamento do programa
  13. 13. Metas de conclusão 2/4 • Publicações (como primeiro autor e no tema da pesquisa) - (Qualis A1-A2-B1) o Mestrado:  Nosso alvo: 2 artigos • 1 artigo SBRC/SBC • 1 artigo internacional (versão estendida do SBRC com +30%) • 1 artigo journal (opcional) - (Qualis A1-B2; versão anterior com +30% )  Oficial: nenhum o Doutorado  Nosso alvo: 7 artigos • 2 artigos SBRC/SBC • 1 artigo tipo Survey (International Journal ou Magazine) • 3 artigos em conferência internacional (um por ano; a partir do 2o ano) • 1 artigo em journal/magazine internacional (A1-A2-B1)  Oficial: 1 artigo em journal internacional (A1-A2-B1)
  14. 14. • Publicações (como 2o ou 3o autor) - (Qualis A1-A2-B1) o Mestrado:  Nosso alvo: 1 artigo (em parceria com outro colega) o Doutorado  Nosso alvo: 3 artigos (em parceria com outro colega) • Totais esperados o Mestrado: 3 artigos o Doutorado: 10 artigos • Lembrando das regras: o De artigo nacional para internacional: 30% de material adicional o De artigo internacional para journal: 30-50% de material adicional Metas de conclusão 3/4
  15. 15. • Experiência Internacional o IC: Ciências sem Fronteira (1 ano) o Mestrado:  Não existe financiamento  Alvo: publicar bem, pois abre possibilidade de estágios ou doutorado pleno ou sanduíche no exterior o Doutorado  Período Sanduíche • 6 meses (mínimo) • 1 ano (ideal) • até 2 anos (se houver fontes diferentes de financiamento)  Possíveis locais (onde tenho colegas/cooperação): Metas de conclusão 4/4
  16. 16. Mensagem Importante #3 “Hmmm, aparentemente você ficou devendo sua alma pra mim no final da jornada” (Eu)
  17. 17. “Life is simple. You make choices and don’t look back.” Han Seoul-Oh (Fast and Furious: Tokyo Drift)
  18. 18. Suas fontes de informação • Primeiro Filtro o IEEExplore o ACM Digital Library o Elsevier o Springer • Segundo Filtro o Fator de Impacto do Journal/Magazine  preferência para IF > 1.0 o Número de citações do artigo o Tradição da conferência/workshop • Terceiro Filtro o Comitê organizador: General Chairs, TPC Chairs/Members o Reputação da origem (Universidade/centro de pesquisa/empresa) o Reputação dos autores (muito subjetivo)
  19. 19. Onde publicar? • Conferências alvo (lista não exaustiva) o IEEE: ICC, Globecom, ISCC, INFOCOM, NOMS, IM, AINA etc o ACM: SAC, SIGCOMM, IMC, HPDC, MOBICOM, CCGRID, etc o Nacionais: SBRC, Workshops da SBC o Regionais (América Latina): IEEE LatinCom ou LatinCloud, ACM LANC, CLEI • Magazines o IEEE Network, IEEE Communications, IEEE Wireless etc • Journals o qualquer IEEE ou ACM Transactions o Elsevier Computer Communications, Computer Networks, Network and Computer Applications etc o Springer Wireless Communications
  20. 20. Mensagem Importante #4 “Como tamborete de forró, toco de amarrar jegue ou pintor de rodapé, temos que nos apoiar em ombros de gigantes.” (Eu) Inspirado em: If I have seen further it is by standing on the shoulders of giants. (Isaac Newton)
  21. 21. Ride or Die. Remember? Letty. Fast and Furious (FF3)
  22. 22. Conselhos Gerais • Ou “O que seus pais sempre falaram e você nunca deu ouvidos” :-) • Ou “Conselhos do Stênio ‘Dráuzio Varella’ Fernandes” o Boa alimentação  pare de comer junk food! coma comida de verdade! • definição de junk food inclui aquela barrinha de cereal que você pensa que é saudável o Bom descansos (diários e semanais) o Pratique exercícios físicos o Tenha uma boa rede social (real! facebook não vale!) o Desligue a TV e vá ler livros (não técnicos ou científicos) • Seguindo esses conselhos: o Não só você defende no nosso prazo interno (6 meses antes do oficial), quanto chega saudável aos 120 anos :-)
  23. 23. “… Tired of lying in the sunshine staying home to watch the rain You are young and life is long and there is time to kill today And then one day you find ten years have got behind you No one told you when to run, you missed the starting gun And you run and you run to catch up with the sun but it's sinking Racing around to come up behind you again The sun is the same in a relative way, but you're older Shorter of breath and one day closer to death Every year is getting shorter, never seem to find the time Plans that either come to naught or half a page of scribbled lines Hanging on in quiet desperation is the English way The time is gone, the song is over, thought I'd something more to say …” Início e meio da pós-graduação… ... em versos Time, Pink Floyd (Roger Waters), The Dark Side of the Moon, 1973
  24. 24. “Come with me if you want to live” Kyle Reese (Terminator)
  25. 25. +perguntas?
  26. 26. Slides++ A Desolação do Pesquisador Rumo ao Título de Mestre/Doutor em Ciência da Computação MIRELLA M. MORO - UFMG http://homepages.dcc.ufmg.br/~mirella/doku.php?id=rumo
  27. 27. Assim que começar 1. Assine listas de discussões a. sbc-l b. IETF, IRTF c. IEEE Technical Committees 2. Atualize seus bookmarks a. IEEExplore b. ACM DL 3. Procure conhecer seus colegas e professores 4. Procure conhecer o trabalho do seu orientador e seus orientandos 5. Tenha certeza de que consegue ler/entender um artigo (qualquer coisa escrita) em inglês
  28. 28. Como se faz pesquisa 1. Lei, leia, leia a. Leia os anais (proceedings) das conferências mais importantes da sua área dos últimos três anos. b. Lembre-se que um aluno de doutorado deveria ler pelo menos um artigo por dia 2. Leia, analise, critique, discuta, implemente 3. Faça anotações durante a leitura a. Tente analisar o assunto que está sendo descrito b. Tente identificar pontos falhos e possíveis melhorias no artigo c. Discuta com seu orientador e colegas d. Se for necessário, tente implementar a solução apresentada e. lembre-se: nem tudo que se publica é a verdade total e absoluta f. Trabalhos falhos/incompletos também são aceitos em grandes conferências
  29. 29. Escrevendo…. … a dissertação, tese, trabalho individual, artigo, relatório de pesquisa 1. Por onde começar? a. selecione algumas na biblioteca e dê uma olhada b. Preste atenção na estruturação, divisão de capítulos, linguagem, abordagem 2. Dividir para conquistar a. Pense nos capítulos, na estrutura do texto b. Uma vez definidos os capítulos, comece a definir subcapítulos 3. Comece a escrever o quanto antes possível. 4. Erro de português é inadmissível 5. Figuras e tabelas são muito úteis
  30. 30. A vida do pós-graduando (1/2) … é um pouco diferente da vida normal… 1. Conferências. a. Participar de conferências/eventos é importante! Vá ao máximo que puder 2. Cartão de visitas a. Quando for a conferência tenha sempre um cartão de visita com seu e-mail 3. Homepage a. Ter uma homepage profissional em inglês também é importante 4. Escreva a. escreva escreva escreva leia leia leia escreva escreva escreva leia leia leia escreva escreva b. escreva artigos para conferências e revistas/journals c. A melhor maneira de aprender a escrever artigos é lendo artigos bem escritos d. Não se substime! Submeta para aquela conferência com nível de aceitação minúsculo. e. Arrisque! no pior das hipóteses, as revisões ainda servirão pra muita coisa 5. Dúvidas
  31. 31. A vida do pós-graduando (2/2) … é um pouco diferente da vida normal… 6. Crise a. na hora da “crise”, uma conversinha com os colegas sempre ajuda b. conhecer e conversar com o pessoal que está no curso há mais tempo é importante c. Como assim crise? i. Ainda há de chegar a manhã na qual acorda e pensa: mas que diabos eu estou fazendo nesse curso mesmo? Essa é a crise! d. Vá a faculdade e converse com o orientador! e. converse com os colegas mais experientes f. Acredite, vida de mestrando/doutorando é meio parecida mesmo, principalmente as aflições 7. Orientador(a) a. Seu melhor parceiro durante o curso deverá ser seu orientador b. Antes de tomar qualquer decisão importante, fale com ele(a) c. por “decisão importante” leia-se: i. decisão de projeto, viagens, férias - como assim férias?, submissão de artigos d. Lembre-se que seu sucesso depende dele e vice-versa
  32. 32. Mestrado x Doutorado (1/2) … uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa… 1. Tamanho do trabalho a. Um doutorado engloba muitos mestrados e abre caminho para futuras teses b. Um mestrado é uma parte pequena de um todo muito maior 2. Orientação a. O orientador tem papel diferente. b. No mestrado, o orientador define o tópico e coordena o trabalho mais diretamente i. é o diretor do roteiro c. No doutorado, é o aluno que praticamente desenvolve tudo i. desde a concepção do tópico até a sua conclusão ii. No doutorado, o orientador fornece uma segunda opinião e cuida de algumas burocracias 1. é o produtor do filme 3. Bolsistas a. Aluno de doutorado não deveria trabalhar sozinho, deveria ter pelo menos um bolsista de IC que ajudasse na programação
  33. 33. Mestrado x Doutorado (2/2) … uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa… 4. Quantidade/Qualidade de artigos a. Um bom mestrando deveria produzir pelo menos um artigo numa conferência de prestígio. b. Um aluno de doutorado deveria produzir pelo menos dois artigos em conferências de grande porte e um artigo em revista/journal internacional. i. Isso seria o mínimo necessário para deixar clara a importância/relevância da tese 5. Tempo a. Por tudo isso que o doutorado requer mais tempo que o mestrado 6. No mais, boa sorte com seu trabalho!
  34. 34. Pós-Graduação CIn/UFPE Orientandos: IC/Mestrado/Doutorado Reunião Semestral 2014.1 Stênio Fernandes

×