Tolerância   reflexão
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

Tolerância reflexão

on

  • 688 views

 

Statistics

Views

Total Views
688
Views on SlideShare
688
Embed Views
0

Actions

Likes
1
Downloads
5
Comments
0

0 Embeds 0

No embeds

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

Tolerância   reflexão Tolerância reflexão Document Transcript

  • Cidadania e Profissionalidade TolerânciaReflexão:Os valores não surgem na vida em sociedade como um trovão no céu. Sãoconstruídos na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nas escolas, nasmanifestações culturais, nos movimentos e organizações locais. Conhecê-los,compreendê-los e praticá-los é uma questão fundamental da sociedade actual. A lutapor um mundo melhor, por uma civilização mais humana, mais democrática e maisjusta tem sido, historicamente, construída pelo homem. Actualmente, os governos, asorganizações não-governamentais e os cidadãos do mundo lutam pela equidade, aforma de praticar a Justiça, isto é, o respeito à igualdade de direito de cada um, queindepende do que está escrito nos códigos jurídicos. No século 21, a sociedade civil epolítica quer que todos pratiquem a equidade como expressão de um sentimento doque se considera justo, que seja expressa em forma de virtude de quem ou do que(atitude, comportamento, fato etc.) manifesta senso de justiça, imparcialidade, respeitoà igualdade de direitos dos homens. Por isso, na Filosofia, a ética é o ramo de estudosque cuida particularmente de investigar os princípios que motivam, distorcem,disciplinam ou orientam o comportamento humano. Ela reflecte especialmente arespeito da essência das normas, valores, prescrições e exortações presentes emqualquer realidade social. Podemos observar que as acções humanas, em face desentimentos, estímulos sociais ou de necessidades íntimas, requerem, para a boaconvivência na vida social, bons costumes, boa conduta, segundo os preceitossocialmente estabelecidos pela sociedade. Uma pessoa, mesmo com as maiscontundentes e sensíveis justificativas, em situação de privação material ou de fome,comete um crime ao roubar para alimentar-se. Roubaré um acto que fere a moral e osbons costumes. Entre as diferentes ambiências humanas, a escola tem sido,historicamente, a instituição escolhida pelo Estado e pela família, como o melhor lugarpara o ensino-aprendizagem dos valores, de modo a cumprir (em se tratando deeducação para a vida em sociedade) a finalidade do pleno desenvolvimento doeducando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o mundodo trabalho. Sem a prática de valores, não podemos nem falar em cidadania. Sendoassim, caberá às instituições de ensino a missão de ensinar valores no âmbito dodesenvolvimento moral dos educandos. Através da selecção de conteúdos emetodologias que favoreçam temas transversais (Justiça, Solidariedade, Ética etc.),presentes em todas as matérias do currículo escolar, os valores podem serconhecidos e aplicados na vida diária.Justina Silva, Junho de 2011 Página 1