Comenius história

1,264 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,264
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
14
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Comenius história

  1. 2. <ul><li>Era uma vez um menino que se chamava Pinóquio. Este menino era especial porque era feito de madeira. Sempre que o Pinóquio mentia o seu nariz crescia. Isso acontecia muitas vezes… </li></ul>
  2. 3. Certa altura, a caminho de casa, o Pinóquio encontrou três porquinhos…
  3. 4. Um dos porquinhos estava muito empenhado a construir uma casa de tijolo. Os outros dois, enquanto construíam as suas casas, uma de madeira e outra de palha, iam brincando sem darem muita importância ao trabalho que tinham pela frente.
  4. 5. O Pinóquio olhou para os três porquinhos e perguntou: – Porque é que vocês estão a construir três casas diferentes?
  5. 6. <ul><li>– Estou a construir uma casa de palha porque dá menos trabalho e eu preciso de muito tempo para brincar – respondeu um dos irmãos. </li></ul>
  6. 7. – Mas vocês nunca pensaram que podiam trabalhar em conjunto?
  7. 8. <ul><li>– Nunca tinha pensado nisso – afirmou o porquinho que estava a construir a casa de madeira. </li></ul>
  8. 9. <ul><li>Entretanto o porquinho que estava a trabalhar na casa de tijolo perguntou: </li></ul><ul><li>– Porque é que não me vêm ajudar. Com a ajuda de todos podemos construir uma casa melhor e mais segura. No final, também nos vai sobrar mais tempo para brincarmos juntos. </li></ul>
  9. 10. <ul><li>– Está bem! – responderam os dois irmãos muito animados . </li></ul>
  10. 11. – Eu consigo fazer magia e construir um casarão num instante! – disse o Pinóquio. Depois destas palavras o nariz do Pinóquio começou logo a crescer.
  11. 12. Os três porquinhos perceberam que o Pinóquio estava a mentir mas mantiveram-se calados pois queriam dar-lhe uma lição. Marcaram um encontro para o dia seguinte …
  12. 13. Quando o Pinóquio chegou, os três porquinhos estavam muito assustados. – Ai Pinóquio! O Lobo Mau anda à tua procura! Diz que não vai descansar enquanto não te encontrar. O Pinóquio ficou com muito medo. Não conseguiu aguentar e começou a chorar. Pensou logo em ir a correr pedir ajuda ao seu pai.
  13. 14. Quando virou costas os três porquinhos desataram a rir. O Pinóquio ouviu-os e ficou muito confuso pois não percebia o que se estava a passar.
  14. 15. Um dos irmãos disse: – Pregámos-te uma partida! Não vem aí o Lobo Mau. Já há algum tempo que o Lobo Mau deixou de ser mau, casou com a Carochinha e nunca mais andou a assustar as pessoas e os animais .
  15. 16. – Apanhei um grande susto! – disse o Pinóquio.
  16. 17. – Ontem, quando disseste que conseguias construir um casarão com a tua magia, estavas a mentir. O teu nariz começou logo a crescer! – disse outro dos irmãos. – Com esta partida quisemos-te mostrar que não se deve mentir – acrescentou outro.
  17. 18. O Pinóquio, muito sentido com tudo aquilo que tinha acontecido, pediu desculpa aos três Porquinhos. Entretanto, combinaram todos ir lanchar a casa da Carochinha e do Lobo que, afinal, já não era mau.
  18. 19. A partir desse dia o Pinóquio aprendeu a lição. Passou a ser um menino mais feliz e nunca mais precisou de mentir.
  19. 20. Os Três Porquinhos ficaram todos a viver na casa que construíram com a ajuda do Pinóquio. Passaram a ajudar-se uns aos outros e perceberam que quando o trabalho é feito em conjunto tudo se torna mais fácil.
  20. 22. Trabalho realizado por: Alunos do 2.º ano Turma OA4 - 4 EB1 de Oliveira de Azeméis n.º 4

×