• Share
  • Email
  • Embed
  • Like
  • Save
  • Private Content
Protocolos de Acessibilidade do Rede Hoteleiro SCANDIC
 

Protocolos de Acessibilidade do Rede Hoteleiro SCANDIC

on

  • 294 views

 

Statistics

Views

Total Views
294
Views on SlideShare
265
Embed Views
29

Actions

Likes
0
Downloads
1
Comments
0

2 Embeds 29

http://www.rollingrains.com 27
http://rollingrains.com 2

Accessibility

Categories

Upload Details

Uploaded via as Adobe PDF

Usage Rights

© All Rights Reserved

Report content

Flagged as inappropriate Flag as inappropriate
Flag as inappropriate

Select your reason for flagging this presentation as inappropriate.

Cancel
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Your message goes here
    Processing…
Post Comment
Edit your comment

    Protocolos de Acessibilidade do Rede Hoteleiro SCANDIC Protocolos de Acessibilidade do Rede Hoteleiro SCANDIC Document Transcript

    • Scandics PADRÃO DE ACESSIBILIDADEAqui poderá conhecer os nossos 110 pontos que compõem a nossa norma de acessibilidade. Acompanhamos com atenção o percurso de nossos hóspedes, começando pelo parque de estacionamento e percorrendo toda as áreas do hotel. Também conversamos com organizações de pessoas deficientes e com hóspedes com mobilidade limitada, recebemos muitas sugestões de nossos dedicados colaboradores. Embora não sejamos proprietários, mas sim locatários de nossos hotéis, há muito que podemos fazer. Dos 110 pontos, há 81 que temos a obrigatorie- dade de atender em todos os nossos hotéis. E nos projectos de reformas e de construção de novos hotéis, atendemos a todos os 110 pontos. O padrão deve ser observado em todos os nove países onde a Scandic está representada. Além disso, naturalmente, devemos respeitar legislação de cada país. Isto significa que, naqueles países onde a legislação é mais rígida em determinados pontos, ela deverá ser respeitada com primazia. E nos casos em que os nossos padrões são mais severos do que a legislação, são esses os padrões que adoptamos. Os nossos padrões de acessibilidade não contêm tudo aquilo que na realidade já fazemos. As questões relacionadas com a acessibilidade são, na verdade, uma componente óbvia de nosso trabalho diário, não importa o sector. Significa, por exemplo, que as questões da segurança que têm a ver com a acessibilidade já foram incorporadas nas nossas normas de segurança, e as normas sobre sinalização já estão reflecti- das nos nossos padrões, e assim por diante. As questões associadas á acessibilidade são, portanto, uma parte importante de toda a Scandic e todos na nossa equipa recebem formação específica na área. Em todos os sítios internet do hotel, também tratamos da questão da acessibilidade, e como ela se perfila em cada um dos hotéis. Somos a única empresa hoteleira a fazê-lo em todo o mundo. /Magnus Berglund, embaixador das pessoas deficientes dos Hotéis Scandic Número Necessidades/expectativasdohóspede Obrigatório Nasreformase novas conconstruções Comentários PARQUE DE ESTACIONAMENTO E SAGUÃO DO HOTEL 1 Estacionamento para pessoas deficientes, preferivelmente 2 vagas com ao menos 3,6 m de largura cada uma. x Se há parque de estacionamento 2 Vagas para automóveis de pessoas deficientes devem ser claramente sinalizadas com o ícono da cadeira de rodas. x 3 Indicação suplementar nas vagas: ”Se necessita ajuda, entre em contacto com a recepção pelo telefone XXXX”. x 4 Caminho bem iluminado e demarcado entre o parque de estacionamento e a recepção com acesso em cadeira de rodas. x Acessível com cadeira de rodas 5 Rampas com indicação de altura, com inclinação máxima de 1:12 na entrada principal do hotel e de/para parque de estacionamento. x 6 A porta da entrada principal deverá ser de mínimo, 800 mm de largura. x 7 Soleira baixa ou inexistente na entrada principal. x 8 A campainha da noite deve ser acessível de uma cadeira de rodas, e equipada com sinalização e iluminação. x Altura: 1200 mm 9 A porta de entrada deve ser equipada com sistema automático de abertura da porta, altura 120 mm. x Caso a porta não seja totalmente automática. 10 Placa de sinalização visível, se a entrada para pessoas deficientes não estiver localizada junto à entrada principal/da recepção do hotel/edifício. x 11 Distância recomendada até à entrada para pessoas deficientes: máx. 25 m. x 12 Sinalização com contraste - em todas as áreas públicas internas. x 2012-01-01 Copyright by Scandic
    • Número Necessidades/expectativasdohóspede Obrigatório Nasreformase novas construções Comentários RECEPÇÃO 13 Ao menos 2 bengaleiros instalados na recepção. x 14 Cadeiras e mesa nas proximidades do balcão da recepção para que os hóspedes possam sentar-se enquanto efectuam o registo. x 15 Amplificadores auditivos disponíveis na recepção, identificados com o ícono respectivo. x Indicados com sinalização. 16 Despertador e dispositivo de alarma por vibração para empréstimo, disponíveis na recepção. x TIndicações claras no balcão. PARQUE DE ESTACIONAMENTO E SAGUÃO DO HOTEL 17 Alcatifa à entrada da recepção em cor contrastante com o piso. x 18 Parte da área do balcão da recepção com altura adequada para hóspedes em cadeira de rodas. x SAGUÃO DE ENTRADA 19 Tomada em altura adequada para carregamento de cadeira de rodas. x Altura: 1200 mm 20 Loja - área livre de pelo menos 800 mm. Mercadoria ao alcance de hóspede em cadeira de rodas. x 21 Passagem desobstruída entre a recepção e o elevador (para cadeira de rodas). x 22 Cadeiras disponíveis nas proximidades da entrada principal para, por ex., clientes que esperam táxi. x FÁCIL PONTO DE ACESSO 23 Critério mínimo é uma estação de trabalho acessível em cadeira de rodas. x 24 Uma estação de trabalho ”em pé” x ELEVADORES 25 Indicações claras para elevador que acomoda cadeira de rodas. x Quando nem todos os elevadores são adaptados 26 Puxadores de portas (quando as portas não são automáticas) x 27 Painel e botões do elevador devem ser acessíveis em cadeira de rodas. x 28 Botões e painéis dos elevadores devem incluir escrita em Braille e botões tácteis em todos os elevadores e em todos os andares. x 29 Anúncio auditivo para indicar os andares e direcção do elevador. x 30 O hotel deverá possuir no mínimo um elevador com largura de portas de 800 mm. x ESCADARIA PRINCIPAL (E ESCADAS ENTRE OS ANDARES) 31 Primeiro e último degraus devem ser claramente identificados com cores contrastantes. x Patamares e patamares intermediários das escadas 32 Corrimãos em ambos os lados das escadas (quando tiverem largura superior a 105 cm) x 33 Os corrimãos em ambos os lados das escadas, com 300mm de cada lado. x 34 Escadas de betão ou pedra devem ter protecção antideslizante nas extremidades dos degraus. x VESTUÁRIO 35 Cabides/ganchos devem poder ser alcançados a partir de cadeira de rodas, altura 1200 mm. x CORREDORES 36 Os corredores devem ter largura mínima de 1300 mm. x 37 Outras passagens internas devem ter largura mínima de 800 mm. x 2012-01-01 Copyright by Scandic
    • Número Necessidades/expectativasdohóspede Obrigatório Nasreformase novas construções Comentários SALAS DE REUNIÃO 38 As portas devem ter largura mínima de 800 mm. x 39 Ao menos uma sala de reunião deve ter piso de madeira (sem alcatifas). x Para acomodar pessoas alérgicas. 40 Os telefones devem ser acessíveis a partir de uma cadeira de rodas. x 41 Os ganchos ou cabides para toalhas devem ser acessíveis a partir de uma cadeira de rodas, altura: 1200 mm. x 42 Amplificadores auditivos para empréstimo durante conferências. x 43 Indicações de disponibilidade de amplificadores auditivos para conferências. x AUDITÓRIO 44 Palco - acessível em cadeira de rodas. x Inclinação máxima da rampa: <1:12. 45 Pódio - acesso alternativo em cadeira de rodas deve estar disponível x 46 Área para cadeiras de rodas na sala, de fácil acesso em cadeiras de rodas. x 47 Não deve haver soleiras. x ÁREA DE DESCANSO 48 Deve haver cadeiras nas áreas adjacentes à sala de conferência. x ALIMENTOS & BEBIDAS, ÁREA DO RESTAURANTE 49 Altura do bufê: 850-900 mm. x 50 Chávenas e copos devem ser acessíveis em cadeira de rodas. x 51 Pequeno almoço - mesa especial com produtos isentos de glúten e lactose. x Casa de banho – Casa de banho para portadores de deficiência 52 Sinalização que mostra localização da casa de banho para pessoas deficientes. x 53 Passagem livre nas portas de 800 mm. x Recomenda-se largura de 900 mm 54 Corrimão na parte interna da porta, abaixo da maçaneta. x 55 ISem soleiras (saliência no piso). x 56 Alarmes x De acordo com o Manual Scandic de Segurança 57 Os espelhos devem ser posicionados em altura acessível em cadeira de rodas. x Pia 58 Altura mínima da pia: 780 mm. x 59 A cadeira de rodas deve poder posicionar-se sob a pia. x 60 Misturadores de água x 61 Recipiente de sabão padrão do tipo de ”apertar”, acessível em cadeira de rodas. x 62 Recipiente de sabão, conveniente para utentes de cadeira de rodas, acessível da cadeira. x 63 Toalhas de mão acessíveis em cadeira de rodas. x 64 Cabides/ganchos acessíveis em cadeira de rodas (altura: 1200 mm). x 65 Bengaleiro, 1 unidade, com 1200 mm de altura. x 2012-01-01 Copyright by Scandic
    • Número Necessidades/expectativasdohóspede Obrigatório Nasreformase novas construções Comentários RETRETE 66 Braco rebatível x 67 Porta papel higiénico no braco. x Indicadores 68 Indicadores visíveis e em cores contrastantes. x 69 Fixados em altura de 1400 - 1600 mm. x DORMITÓRIO - DORMITORIO PARA PESSOAS DEFICIENTES 70 Telefone sobre mesa de cabeceira. x 71 Comando à distância sobre mesa de cabeceira. x 72 Cama com elevação da cabeceira e pés x 73 Altura total recomendada da cama 550 mm. x Incluindo colchão 74 Mínimo de 800 mm de área livre em um dos lados da cama. x 75 Ao menos 80 mm de área livre à volta da cama. x Em três lados da cama OUTROS QUARTO PARA PORTADORES DE DEFICIÊNCIA 76 Dois olhos mágicos nas portas, um deles a 1200 mm. de altura. x 77 Passagem livre pela porta para o quarto de ao menos 800 mm. x 78 O guarda roupas deve ser aberto a partir da cadeira de rodas. x 79 Chapeleira/ganchos, altura de 120 mm. x 80 Prateleira do guarda roupas acessível em cadeira de rodas. x 81 Todos os contactos para iluminação devem ser acessíveis em cadeira de rodas. x 82 Secretária - acessível em cadeira de rodas. x 83 Tomada da secretária acessível em cadeira de rodas. x 84 Guarda roupa com portas de correr ou sem portas. x DORMITÓRI O - QUARTO PARA PESSOAS PORTADORAS DE DEFICIÊNCIA 85 Passagem livre nas portas de 800 mm. x 86 Corrimão na parte interna da porta abaixo da maçaneta. x 87 Sem soleiras (saliência no piso). x 88 Alarmes x De acordo com o Manual Scandic de Segurança 89 Portas de correr x Recomendado em novas construções ou reformas. 90 Altura mínima da pia: 780 mm. x 91 Área sob a pia deve ser suficiente para acomodar cadeira de rodas x 92 Misturadores de água x 93 Recipiente de sabão padrão do tipo de "apertar", acessível em cadeira de rodas. x 94 Recipiente de sabão, conveniente para utentes de cadeira de rodas, acessível da cadeira. x 95 Toalhas de mão acessíveis em cadeira de rodas. x 96 Cabides/ganchos acessíveis em cadeira de rodas (altura: 1200 mm). x 2012-01-01 Copyright by Scandic